Check list auditoria

3.656 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.656
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
48
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Check list auditoria

  1. 1. ÁREAS DE VIVÊNCIAInstalações sanitárias:Estado de conservaçãoPortas mantendo o resguardo convenienteParede resistentes e lavávelPiso impermeável, lavável e antiderrapanteNão estar ligado a locais com refeiçõesIndependentes para homens e mulheresVentilação e iluminação adequadasInstalações elétricas adequadamente protegidaspé-direito mínimo de 2,50m (dois metros e cinqüentacentímetros), ou respeitando-se o que determina oCódigo de Obras do Município da obra;ser constituída de lavatório, vaso sanitário e mictório,na proporção de 1 (um) conjunto para cada grupo de20 (vinte) trabalhadores ou fração, bem como dechuveiro, na proporção de 1 (uma) unidade para cadagrupo de 10 (dez) trabalhadores ou fração.Lavatóriosa) ser individual ou coletivo, tipo calha;b) possuir torneira de metal ou de plástico;c) ficar a uma altura de 0,90m (noventa centímetros);d) ser ligados diretamente à rede de esgoto, quandohouver;e) ter revestimento interno de material liso,impermeável e lavável;f) ter espaçamento mínimo entre as torneiras de 0,60m(sessenta centímetros), quando coletivos;g) dispor de recipiente para coleta de papéis usados18.4.2.6 Vasos sanitáriosa) área mínima de 1,00m2 (um metro quadrado);b) provido de porta com trinco interno e borda inferiorde, no máximo, 0,15m (quinze centímetros) dealtura;c) divisórias com altura mínima de 1,80m (um metro eoitenta centímetros);d) recipiente com tampa, para depósito de papéisusados, sendo obrigatório o fornecimento de papelhigiênicoe) ser do tipo bacia turca ou sifonado;f) ter caixa de descarga ou válvula automática;g) dispor de recipiente para coleta de papéis usados.18.4.2.7 Mictóriosa) ser individual ou coletivo, tipo calha;b) ter revestimento interno de material liso,impermeável e lavável;c) ser providos de descarga provocada ou automática;d) ficar a uma altura máxima de 0,50m (cinqüentacentímetros) do piso;e) ser ligado diretamente à rede de esgoto ou à fossaséptica, com interposição de sifões hidráulicos
  2. 2. 18.4.2.7.2 No mictório tipo calha, cada segmento de0,60m (sessenta centímetros) deve corresponder a ummictóriotipo cuba.18.4.2.8 Chuveiros18.4.2.8.1 A área mínima necessária para utilização decada chuveiro é de 0,80m2 (oitenta decímetrosquadrados), com altura de 2,10m (dois metros e dezcentímetros) do piso.18.4.2.8.2 Os pisos dos locais onde forem instalados oschuveiros devem ter caimento que assegure oescoamento da água para a rede de esgoto, quandohouver, e ser de material antiderrapante ou provido deestrados de madeira.18.4.2.8.3 Os chuveiros devem ser de metal ou plástico,individuais ou coletivos, dispondo de água quente.18.4.2.8.4 Deve haver um suporte para sabonete ecabide para toalha, correspondente a cada chuveiro.18.4.2.8.5 Os chuveiros elétricos devem ser aterradosadequadamente.18.4.2.9 Vestiárioa) ter paredes de alvenaria, madeira ou materialequivalenteb) ter pisos de concreto, cimentado, madeira oumaterial equivalentec) ter cobertura que proteja contra as intempériesd) ter área de ventilação correspondente a 1/10 (umdécimo) de área do piso;e) ter iluminação natural e/ou artificial;f) ter armários individuais dotados de fechadura oudispositivo com cadeado;g) ter pé-direito mínimo de 2,50m (dois metros ecinqüenta centímetros), ou respeitando-se o quedetermina o Código de Obras do Município, da obra;h) ser mantidos em perfeito estado de conservação,higiene e limpeza;18.4.2.10 Alojamentoa) ter paredes de alvenaria, madeira ou materialequivalente;b) ter piso de concreto, cimentado, madeira oumaterial equivalente;c) ter cobertura que proteja das intempéries;d) ter área de ventilação de no mínimo 1/10 (umdécimo) da área do piso;e) ter iluminação natural e/ou artificial;
  3. 3. f) ter área mínima de 3,00m2g) ter pé-direito de 2,50m (dois metros e cinqüentacentímetros) para cama simples e de 3,00m (trêsmetros) para camas duplas;h) não estar situados em subsolos ou porões dasedificações;18.4.2.10.8 É proibido cozinhar e aquecer qualquer tipode refeição dentro do alojamento.18.4.2.11. Local para refeiçõesa) ter paredes que permitam o isolamento durante asrefeiçõesb) ter piso de concreto, cimentado ou de outro materiallavávelc) ter cobertura que proteja das intempériesd) ter capacidade para garantir o atendimento de todosos trabalhadores no horário das refeições;e) ter ventilação e iluminação natural e/ou artificial;f) ter lavatório instalado em suas proximidades ou noseu interior;g) ter mesas com tampos lisos e laváveis;h) ter assentos em número suficiente para atender aosusuários;i) ter depósito, com tampa, para detritos;j) não estar situado em subsolos ou porões dasedificações;k) não ter comunicação direta com as instalaçõessanitárias;l) ter pé-direito mínimo de 2,80m (dois metros eoitenta centímetros), ou respeitando-se o quedetermina o Código de Obras do Município, da obra.18.4.2.13. Lavanderia18.4.2.13.1. As áreas de vivência devem possuir localpróprio, coberto, ventilado e iluminado para que otrabalhador alojado possa lavar, secar e passar suasroupas de uso pessoal.18.4.2.13.2. Este local deve ser dotado de tanquesindividuais ou coletivos em número adequado.18.4.2.13.3. A empresa poderá contratar serviços deterceiros para atender ao disposto no item 18.4.2.13.1,sem ônus para o trabalhador.18.4.2.14. Área de lazer18.4.2.14.1. Nas áreas de vivência devem ser previstoslocais para recreação dos trabalhadores alojados,podendo ser utilizado o local de refeições para este fim.
  4. 4. 18.7 Carpintaria18.7.1 As operações em máquinas e equipamentosnecessários à realização da atividade de carpintariasomente podem ser realizadas por trabalhadorqualificado nos termos desta NR.18.7.2 A serra circular deve atender às disposições a seguir:a) ser dotada de mesa estável, com fechamento desuas faces inferiores, anterior e posterior, construídaem madeira resistente e de primeira qualidade,material metálico ou similar de resistência equivalente,sem irregularidades, com dimensionamento suficientepara a execução das tarefas;b) ter a carcaça do motor aterrada eletricamente;c) o disco deve ser mantido afiado e travado, devendoser substituído quando apresentar trincas, dentesquebrados ou empenamentos;d) as transmissões de força mecânica devem estarprotegidas obrigatoriamente por anteparos fixos eresistentes, não podendo ser removidos, em hipótesealguma, durante a execução dos trabalhos;e) ser provida de coifa protetora do disco e cutelodivisor, com identificação do fabricante e ainda coletorde serragem18.7.3 Nas operações de corte de madeira, devem serutilizados dispositivo empurrador e guia dealinhamento.18.7.4 As lâmpadas de iluminação da carpintaria devemestar protegidas contra impactos provenientes daprojeção de partículas.18.7.5 A carpintaria deve ter piso resistente, nivelado eantiderrapante, com cobertura capaz de proteger ostrabalhadores contra quedas de materiais eintempéries.18.8 Armações de Aço18.8.1 A dobragem e o corte de vergalhões de aço emobra devem ser feitos sobre bancadas ou plataformasapropriadas e estáveis, apoiadas sobre superfíciesresistentes, niveladas e não escorregadias, afastadas daárea de circulação de trabalhadores.18.8.2 As armações de pilares, vigas e outras estruturasverticais devem ser apoiadas e escoradas para evitartombamento e desmoronamento.18.8.3 A área de trabalho onde está situada a bancadade armação deve ter cobertura resistente paraproteção dos trabalhadores contra a queda demateriais e intempéries.18.8.3.1 As lâmpadas de iluminação da área detrabalho da armação de aço devem estar protegidascontra impactos provenientes da projeção de
  5. 5. partículas ou de vergalhões.18.8.4 É obrigatória a colocação de pranchas demadeira firmemente apoiadas sobre as armações nasfôrmas, para a circulação de operários.18.8.5 É proibida a existência de pontas verticais devergalhões de aço desprotegidas.18.8.6 Durante a descarga de vergalhões de aço, a áreadeve ser isolada.Ver o que existe de concretagemVer o que existe de estrutura metálica

×