SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Psicologia é a chave para uma boa
criação dos filhos
Orientação emocional dos pais ajuda a formar adultos bem resolvidos
Tradução da reportagem: Pedro Moreira
Esqueça os especialistas em educação infantil que pregam rotinas rígidas. Para termos
uma geração de adultos bem resolvidos e felizes, o psicólogo infantil Stephen Briers
afirma que os pais devem se tornar orientadores emocionais dos filhos.
– Não é uma arte mística. Muita gente poderia fazer uma tentativa – diz.
Pelo menos ensaiar a possibilidade de orientar uma criança emocionalmente é tarefa
importante principalmente porque as estatísticas são alarmantes – 10% das crianças com
menos de 16 anos são diagnosticadas com algum distúrbio mental, por exemplo. Mais
exatamente, psicologia é a chave para uma boa criação.
Autor de um guia de bolso – Superpowers for Parents: The Psychology of Great
Parenting and Happy Children – Briers acredita que se você entende seus filhos e, mais
importante, se eles entendem a si mesmos, serão adultos felizes e bem resolvidos.
– Nós nos tornamos muito obcecados com a ideia de que a marca de uma excelente
criação é ter crianças imaculadamente comportadas. Esquecemos que uma das tarefas de
ser pai é tentar preparar os filhos para a vida, dando-lhes os conhecimentos que eles
precisam – lembra o autor.
Para seguir o caminho da orientação, é preciso evitar frases como “Eu mandei e
pronto!” e não apelar para o castigo. A prioridade é a inteligência emocional. Crianças
que são emocionalmente educadas, que demonstram uma grande capacidade de empatia
e têm habilidade para resolver conflitos de relacionamento, tendem a ser imunes de
todas as maneiras a problemas psicológicos. Além disso, ele acredita que este tipo de
inteligência não é apenas a chave para a felicidade futura, mas também uma importante
conquista intelectual. Então, o trabalho dos pais não consiste somente em ensinar as
crianças a como dizer “por favor” e “obrigado” e a saber a tabuada. Eles também devem
expandir o vocabulário emocional dos filhos.
– Leia e discuta com o seu filho como os personagens podem estar se sentindo.
Pergunte: você acha que ele está se sentindo assustado, nervoso, feliz ou chateado? –
aconselha Briers.
Ele também recomenda aos pais que ensinem sobre personalidades que se destacaram
pelo altruísmo, como Madre Teresa e Martin Luther King, e os auxiliem a entender e
interpretar a linguagem do corpo.
De acordo com estudos, se as crianças têm uma educação emocional, estão menos
propensas a ter problemas de relacionamento. Ser uma pessoa gentil não quer dizer que
você tem de ser ingênuo. E, se pensarmos sobre o que realmente valorizamos nas
pessoas que amamos, não é comum citar o desempenho ou o QI.
Estimule o equilíbrio
A ideia de fazer seus filhos ficarem mais em contato com suas emoções (e as dos
outros) é de ajudá-los a controlar a si mesmos. Stephen Briers defende o ponto de vista
de que há uma conexão entre pensamentos, sentimentos e comportamento.
– Olhe além do exterior de uma criança desobediente e malcomportada. Provavelmente
você encontrará uma alma “atormentada” de alguma forma. O comportamento será, em
algum nível, uma forma de comunicação, com um sentido, um contexto – afirma.
O trabalho dos pais será o de mostrar à criança como juntar as peças. A forma como os
pais interpretam uma situação irá determinar como eles se sentem a respeito e o que
farão sobre isso.
Observar para ensinar
Na opinião do psicólogo infantil Stephen Briers, os pais devem ser orientadores
emocionais dos filhos. É preciso ser um bom observador e saber ensinar lições às
crianças no momento certo. Conheça outras dicas do especialista inglês para os pais.
Ensinamento precoce
Certa vez, Shakespeare disse que não há coisa alguma que seja, em si própria, boa ou
má. O pensamento é que seria responsável por isso.
Para o psicólogo, livrar-se de maneiras erradas de pensar é uma coisa que a família pode
ensinar às crianças desde muito pequenas. Por exemplo: na próxima vez que seu filho
fizer alguma coisa errada na escola e voltar para casa dizendo “eu fiz papel de bobo e
não quero ir para aula”, você pode afirmar que ele está fazendo "tempestade em copo
d’água". Explique que o caso está sendo lidado de forma errada, encarado como uma
consequência mais grave do que precisa ser.
Ajudar a criança a manter hábitos mentais saudáveis é um processo particularmente
longo e demorado, pois envolve muitas questões, como “O que você acha?” e “Como tal
coisa fez você se sentir?”.
– Trata-se de desenvolver uma nova forma de relacionamento, tornando-a parte da
interação diária. Se não investirmos o tempo e a energia que temos, só restará culpar a
nós mesmos se produzirmos uma geração de filhos brigões e propensos a ter problemas
– diz Briers.
Escute sempre
Quando se fala em ensinamento, há uma atitude que faz diferença: ouvir. De acordo
com Stephen Briers, passar o tempo escutando os filhos ajuda a desenvolver a
capacidade deles para a empatia e faz eles se sentirem seguros.
Para isso, é preciso manter um bom nível de contato visual, sem mostrar atenção
beirando o sufocamento.
– A louvação em demasia pode facilmente perder valor quando a criança sentir que você
está dando elogios falsos, por exemplo – diz o psicólgo.
O principal é ter atitudes equilibradas. Até a forma de iniciar conversas pode ser crucial.
O ideal é encontrar o momento certo, de forma espontânea.
Autocontrole
As técnicas para a conquista emocional exigem muito autocontrole dos pais. As crianças
irão absorver aquilo que veem no comportamento dos pais e no conteúdo daquilo que
lhes é falado.
Evite gritar com seu filho e tente se acalmar quando evidentemente não está calmo.
Você deve ser o exemplo
Quando os filhos entendem a si mesmos, tornam-se adultos saudáveis

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Grupo saga Parentalidade Positiva
Grupo saga   Parentalidade PositivaGrupo saga   Parentalidade Positiva
Grupo saga Parentalidade Positivasamuel santos
 
Palestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aula
Palestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aulaPalestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aula
Palestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aulaMatheus Fantin
 
2°apresentação reforço e recurso2016
2°apresentação reforço e recurso20162°apresentação reforço e recurso2016
2°apresentação reforço e recurso2016Dalva Pereira Martins
 
Diálogo com os filhos
Diálogo com os filhosDiálogo com os filhos
Diálogo com os filhosdajudaviana
 
Limites e pais
Limites e paisLimites e pais
Limites e paisSussu Ca
 
O Educador do Séc. XXI
O Educador do Séc. XXIO Educador do Séc. XXI
O Educador do Séc. XXIdilsoncatarino
 
Educaçãoo Positiva e Infância
Educaçãoo Positiva e InfânciaEducaçãoo Positiva e Infância
Educaçãoo Positiva e Infânciapsimais
 
LiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos ILiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos Iguest06a00c
 
Educar sem gritos nuno pinto martins
Educar sem gritos   nuno pinto martinsEducar sem gritos   nuno pinto martins
Educar sem gritos nuno pinto martinsElcio Antonio Souza
 
Limites, Autoridade e Disciplina
Limites, Autoridade e DisciplinaLimites, Autoridade e Disciplina
Limites, Autoridade e DisciplinaFrancielle Hilbert
 
Educação dos filhos limites
Educação dos filhos   limitesEducação dos filhos   limites
Educação dos filhos limitesELANIA NUNES
 
O estatuto do evangelizador (2)
O estatuto do evangelizador (2)O estatuto do evangelizador (2)
O estatuto do evangelizador (2)Alice Lirio
 
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAHPalestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAHRaquel Magalhaes de Mello
 
1266884451 comportamento crianca
1266884451 comportamento crianca1266884451 comportamento crianca
1266884451 comportamento criancaameliamarques
 
Família e escola
Família e escolaFamília e escola
Família e escolaBraz Paulo
 
E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)Adri Reis
 

Mais procurados (20)

Grupo saga Parentalidade Positiva
Grupo saga   Parentalidade PositivaGrupo saga   Parentalidade Positiva
Grupo saga Parentalidade Positiva
 
Palestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aula
Palestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aulaPalestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aula
Palestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aula
 
2°apresentação reforço e recurso2016
2°apresentação reforço e recurso20162°apresentação reforço e recurso2016
2°apresentação reforço e recurso2016
 
Diálogo com os filhos
Diálogo com os filhosDiálogo com os filhos
Diálogo com os filhos
 
Limites e pais
Limites e paisLimites e pais
Limites e pais
 
O Educador do Séc. XXI
O Educador do Séc. XXIO Educador do Séc. XXI
O Educador do Séc. XXI
 
Educaçãoo Positiva e Infância
Educaçãoo Positiva e InfânciaEducaçãoo Positiva e Infância
Educaçãoo Positiva e Infância
 
LiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos ILiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos I
 
Educar sem gritos nuno pinto martins
Educar sem gritos   nuno pinto martinsEducar sem gritos   nuno pinto martins
Educar sem gritos nuno pinto martins
 
Limites, Autoridade e Disciplina
Limites, Autoridade e DisciplinaLimites, Autoridade e Disciplina
Limites, Autoridade e Disciplina
 
Educação dos filhos limites
Educação dos filhos   limitesEducação dos filhos   limites
Educação dos filhos limites
 
Limites com Carinho
Limites com CarinhoLimites com Carinho
Limites com Carinho
 
O estatuto do evangelizador (2)
O estatuto do evangelizador (2)O estatuto do evangelizador (2)
O estatuto do evangelizador (2)
 
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAHPalestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
Palestra sobre Transtorno Deficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
 
1266884451 comportamento crianca
1266884451 comportamento crianca1266884451 comportamento crianca
1266884451 comportamento crianca
 
Palestra faixas etarias
Palestra faixas etariasPalestra faixas etarias
Palestra faixas etarias
 
Ebook depressao infantil
Ebook depressao infantilEbook depressao infantil
Ebook depressao infantil
 
Família e escola
Família e escolaFamília e escola
Família e escola
 
E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)
 
Filipa Simoes
Filipa SimoesFilipa Simoes
Filipa Simoes
 

Destaque

Qué hay que cambiar en nuestro mundo
Qué hay que cambiar en nuestro mundoQué hay que cambiar en nuestro mundo
Qué hay que cambiar en nuestro mundoCarmen Holgado Marcos
 
Matenimiento preventivo
Matenimiento preventivoMatenimiento preventivo
Matenimiento preventivodjtitomix
 
Apresentação meetup custódia pe 20.09.2013
Apresentação meetup custódia pe  20.09.2013Apresentação meetup custódia pe  20.09.2013
Apresentação meetup custódia pe 20.09.2013Zenuel Costa Xavier Lins
 
Cómo evitar la corrosión-Alan Dario Uribe Salaza
Cómo evitar la corrosión-Alan Dario Uribe Salaza Cómo evitar la corrosión-Alan Dario Uribe Salaza
Cómo evitar la corrosión-Alan Dario Uribe Salaza Alan Salazar
 
Primero ESO aritmética números naturales
Primero ESO aritmética números naturalesPrimero ESO aritmética números naturales
Primero ESO aritmética números naturalesCienciasferaTusmates
 
convergencia tecnologica
convergencia tecnologicaconvergencia tecnologica
convergencia tecnologicajagt4
 
consumidor industrial. Insights.
consumidor industrial. Insights.consumidor industrial. Insights.
consumidor industrial. Insights.stephyvago
 
Conceito - Ambiente expositivo
Conceito - Ambiente expositivoConceito - Ambiente expositivo
Conceito - Ambiente expositivoprofclaubordin
 
Random photos
Random photosRandom photos
Random photosnanami
 
Praias de Arraial do Cabo
Praias de Arraial do CaboPraias de Arraial do Cabo
Praias de Arraial do CaboPablo Marques
 
Colegio bilingue lancaster
Colegio bilingue lancasterColegio bilingue lancaster
Colegio bilingue lancastersalamandrapopi
 

Destaque (20)

A Importância da Atividade Casa a Casa no Controle de Leptospirose e Roedores
A Importância da Atividade Casa a Casa no Controle de Leptospirose e RoedoresA Importância da Atividade Casa a Casa no Controle de Leptospirose e Roedores
A Importância da Atividade Casa a Casa no Controle de Leptospirose e Roedores
 
Língua portuguesa 2010
Língua portuguesa 2010Língua portuguesa 2010
Língua portuguesa 2010
 
Qué hay que cambiar en nuestro mundo
Qué hay que cambiar en nuestro mundoQué hay que cambiar en nuestro mundo
Qué hay que cambiar en nuestro mundo
 
Conectivismo
ConectivismoConectivismo
Conectivismo
 
Matenimiento preventivo
Matenimiento preventivoMatenimiento preventivo
Matenimiento preventivo
 
Maior abandonado
Maior abandonadoMaior abandonado
Maior abandonado
 
PNBE 2013
PNBE   2013PNBE   2013
PNBE 2013
 
Apresentação meetup custódia pe 20.09.2013
Apresentação meetup custódia pe  20.09.2013Apresentação meetup custódia pe  20.09.2013
Apresentação meetup custódia pe 20.09.2013
 
Cómo evitar la corrosión-Alan Dario Uribe Salaza
Cómo evitar la corrosión-Alan Dario Uribe Salaza Cómo evitar la corrosión-Alan Dario Uribe Salaza
Cómo evitar la corrosión-Alan Dario Uribe Salaza
 
Primero ESO aritmética números naturales
Primero ESO aritmética números naturalesPrimero ESO aritmética números naturales
Primero ESO aritmética números naturales
 
convergencia tecnologica
convergencia tecnologicaconvergencia tecnologica
convergencia tecnologica
 
consumidor industrial. Insights.
consumidor industrial. Insights.consumidor industrial. Insights.
consumidor industrial. Insights.
 
Antes que acabe
Antes que acabeAntes que acabe
Antes que acabe
 
Pilares da-educacao
Pilares da-educacaoPilares da-educacao
Pilares da-educacao
 
Conceito - Ambiente expositivo
Conceito - Ambiente expositivoConceito - Ambiente expositivo
Conceito - Ambiente expositivo
 
Random photos
Random photosRandom photos
Random photos
 
Praias de Arraial do Cabo
Praias de Arraial do CaboPraias de Arraial do Cabo
Praias de Arraial do Cabo
 
Colegio bilingue lancaster
Colegio bilingue lancasterColegio bilingue lancaster
Colegio bilingue lancaster
 
Redes móviles en venezuela
Redes móviles en venezuelaRedes móviles en venezuela
Redes móviles en venezuela
 
Primero ESO Funciones
Primero ESO FuncionesPrimero ESO Funciones
Primero ESO Funciones
 

Semelhante a Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos

Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sSaúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sProf. Marcus Renato de Carvalho
 
cartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdfcartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdfMarceloInacio18
 
Cartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escolaCartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escolaPatrícia Müller
 
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdfDesafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdfbelacorsim
 
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdf
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdfO Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdf
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdfmaviaeldesouza1
 
Como aumentar a auto estima do seu filho
Como aumentar a auto estima do seu filhoComo aumentar a auto estima do seu filho
Como aumentar a auto estima do seu filhoJansen Chagas
 
Cérebro da Criança (Daniel Siegel) (z-lib.org).pdf
Cérebro da Criança (Daniel Siegel) (z-lib.org).pdfCérebro da Criança (Daniel Siegel) (z-lib.org).pdf
Cérebro da Criança (Daniel Siegel) (z-lib.org).pdfRonilsonTakamura
 
Comunicação familiar
Comunicação familiarComunicação familiar
Comunicação familiarREGINA LACERDA
 
Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1Kátia Rumbelsperger
 
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...Marcelo da Rocha Carvalho
 
Aula9 25 maio-exercicio_resenha
Aula9 25 maio-exercicio_resenhaAula9 25 maio-exercicio_resenha
Aula9 25 maio-exercicio_resenhaCybeli Moraes
 
Aula9 25 maio-exercicio_resenha
Aula9 25 maio-exercicio_resenhaAula9 25 maio-exercicio_resenha
Aula9 25 maio-exercicio_resenhaBeatriz Sallet
 
Interação pais-filhos pelas lentes de uma psicóloga!
Interação pais-filhos pelas lentes de uma psicóloga!Interação pais-filhos pelas lentes de uma psicóloga!
Interação pais-filhos pelas lentes de uma psicóloga!Taís Calheiros
 
Cartilha para pais de adolescentes
Cartilha para pais de adolescentesCartilha para pais de adolescentes
Cartilha para pais de adolescentesDjane Almeida
 
Cartilha paisadolescentes
Cartilha paisadolescentesCartilha paisadolescentes
Cartilha paisadolescentesGeraldo Souza
 

Semelhante a Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos (20)

Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sSaúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
 
cartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdfcartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdf
 
Cartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escolaCartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escola
 
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdfDesafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
 
Projeto E- Formador.pptx
Projeto E- Formador.pptxProjeto E- Formador.pptx
Projeto E- Formador.pptx
 
Caratula portugues
Caratula portuguesCaratula portugues
Caratula portugues
 
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdf
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdfO Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdf
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdf
 
Como aumentar a auto estima do seu filho
Como aumentar a auto estima do seu filhoComo aumentar a auto estima do seu filho
Como aumentar a auto estima do seu filho
 
Cérebro da Criança (Daniel Siegel) (z-lib.org).pdf
Cérebro da Criança (Daniel Siegel) (z-lib.org).pdfCérebro da Criança (Daniel Siegel) (z-lib.org).pdf
Cérebro da Criança (Daniel Siegel) (z-lib.org).pdf
 
Compreendendo o Aventureiro.pptx
Compreendendo o Aventureiro.pptxCompreendendo o Aventureiro.pptx
Compreendendo o Aventureiro.pptx
 
Comunicação familiar
Comunicação familiarComunicação familiar
Comunicação familiar
 
Relacionamento Entre Pais E Filhos
Relacionamento Entre Pais E FilhosRelacionamento Entre Pais E Filhos
Relacionamento Entre Pais E Filhos
 
Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1
 
Autoestima - Prof. Dra. Beatriz Acampora
Autoestima - Prof. Dra. Beatriz AcamporaAutoestima - Prof. Dra. Beatriz Acampora
Autoestima - Prof. Dra. Beatriz Acampora
 
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...
COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE OS PAIS PARA TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENT...
 
Aula9 25 maio-exercicio_resenha
Aula9 25 maio-exercicio_resenhaAula9 25 maio-exercicio_resenha
Aula9 25 maio-exercicio_resenha
 
Aula9 25 maio-exercicio_resenha
Aula9 25 maio-exercicio_resenhaAula9 25 maio-exercicio_resenha
Aula9 25 maio-exercicio_resenha
 
Interação pais-filhos pelas lentes de uma psicóloga!
Interação pais-filhos pelas lentes de uma psicóloga!Interação pais-filhos pelas lentes de uma psicóloga!
Interação pais-filhos pelas lentes de uma psicóloga!
 
Cartilha para pais de adolescentes
Cartilha para pais de adolescentesCartilha para pais de adolescentes
Cartilha para pais de adolescentes
 
Cartilha paisadolescentes
Cartilha paisadolescentesCartilha paisadolescentes
Cartilha paisadolescentes
 

Mais de Colégio Elisa Andreoli (14)

O pre modernismo
O pre modernismoO pre modernismo
O pre modernismo
 
Consumo
ConsumoConsumo
Consumo
 
Atividades de revisão fonética gabarito - 1º ano
Atividades de revisão fonética   gabarito - 1º anoAtividades de revisão fonética   gabarito - 1º ano
Atividades de revisão fonética gabarito - 1º ano
 
Revisão p3-1ºt
Revisão p3-1ºtRevisão p3-1ºt
Revisão p3-1ºt
 
Com convite noite das estrelas
Com convite noite das estrelasCom convite noite das estrelas
Com convite noite das estrelas
 
Aspectos psicologicos em doencas ocupacionais
Aspectos psicologicos em doencas ocupacionaisAspectos psicologicos em doencas ocupacionais
Aspectos psicologicos em doencas ocupacionais
 
Sintese da psicologia e da pedagogia
Sintese da psicologia e da pedagogiaSintese da psicologia e da pedagogia
Sintese da psicologia e da pedagogia
 
Adolescencia
AdolescenciaAdolescencia
Adolescencia
 
Orientações ensino médio
Orientações ensino médioOrientações ensino médio
Orientações ensino médio
 
Orientação fundamental i e ii
Orientação fundamental i e iiOrientação fundamental i e ii
Orientação fundamental i e ii
 
Familia x escolha profissional
Familia x escolha profissionalFamilia x escolha profissional
Familia x escolha profissional
 
Perfil etico e emocional do professor
Perfil etico e emocional do professorPerfil etico e emocional do professor
Perfil etico e emocional do professor
 
A importancia da afetividade na aprendizagem
A importancia da afetividade na aprendizagemA importancia da afetividade na aprendizagem
A importancia da afetividade na aprendizagem
 
Psicologia no colegio elisa andreoli
Psicologia no colegio elisa andreoliPsicologia no colegio elisa andreoli
Psicologia no colegio elisa andreoli
 

Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos

  • 1. Psicologia é a chave para uma boa criação dos filhos Orientação emocional dos pais ajuda a formar adultos bem resolvidos Tradução da reportagem: Pedro Moreira Esqueça os especialistas em educação infantil que pregam rotinas rígidas. Para termos uma geração de adultos bem resolvidos e felizes, o psicólogo infantil Stephen Briers afirma que os pais devem se tornar orientadores emocionais dos filhos. – Não é uma arte mística. Muita gente poderia fazer uma tentativa – diz. Pelo menos ensaiar a possibilidade de orientar uma criança emocionalmente é tarefa importante principalmente porque as estatísticas são alarmantes – 10% das crianças com menos de 16 anos são diagnosticadas com algum distúrbio mental, por exemplo. Mais exatamente, psicologia é a chave para uma boa criação. Autor de um guia de bolso – Superpowers for Parents: The Psychology of Great Parenting and Happy Children – Briers acredita que se você entende seus filhos e, mais importante, se eles entendem a si mesmos, serão adultos felizes e bem resolvidos. – Nós nos tornamos muito obcecados com a ideia de que a marca de uma excelente criação é ter crianças imaculadamente comportadas. Esquecemos que uma das tarefas de ser pai é tentar preparar os filhos para a vida, dando-lhes os conhecimentos que eles precisam – lembra o autor. Para seguir o caminho da orientação, é preciso evitar frases como “Eu mandei e pronto!” e não apelar para o castigo. A prioridade é a inteligência emocional. Crianças que são emocionalmente educadas, que demonstram uma grande capacidade de empatia e têm habilidade para resolver conflitos de relacionamento, tendem a ser imunes de todas as maneiras a problemas psicológicos. Além disso, ele acredita que este tipo de inteligência não é apenas a chave para a felicidade futura, mas também uma importante conquista intelectual. Então, o trabalho dos pais não consiste somente em ensinar as crianças a como dizer “por favor” e “obrigado” e a saber a tabuada. Eles também devem expandir o vocabulário emocional dos filhos. – Leia e discuta com o seu filho como os personagens podem estar se sentindo. Pergunte: você acha que ele está se sentindo assustado, nervoso, feliz ou chateado? – aconselha Briers. Ele também recomenda aos pais que ensinem sobre personalidades que se destacaram pelo altruísmo, como Madre Teresa e Martin Luther King, e os auxiliem a entender e interpretar a linguagem do corpo. De acordo com estudos, se as crianças têm uma educação emocional, estão menos propensas a ter problemas de relacionamento. Ser uma pessoa gentil não quer dizer que você tem de ser ingênuo. E, se pensarmos sobre o que realmente valorizamos nas
  • 2. pessoas que amamos, não é comum citar o desempenho ou o QI. Estimule o equilíbrio A ideia de fazer seus filhos ficarem mais em contato com suas emoções (e as dos outros) é de ajudá-los a controlar a si mesmos. Stephen Briers defende o ponto de vista de que há uma conexão entre pensamentos, sentimentos e comportamento. – Olhe além do exterior de uma criança desobediente e malcomportada. Provavelmente você encontrará uma alma “atormentada” de alguma forma. O comportamento será, em algum nível, uma forma de comunicação, com um sentido, um contexto – afirma. O trabalho dos pais será o de mostrar à criança como juntar as peças. A forma como os pais interpretam uma situação irá determinar como eles se sentem a respeito e o que farão sobre isso. Observar para ensinar Na opinião do psicólogo infantil Stephen Briers, os pais devem ser orientadores emocionais dos filhos. É preciso ser um bom observador e saber ensinar lições às crianças no momento certo. Conheça outras dicas do especialista inglês para os pais. Ensinamento precoce Certa vez, Shakespeare disse que não há coisa alguma que seja, em si própria, boa ou má. O pensamento é que seria responsável por isso. Para o psicólogo, livrar-se de maneiras erradas de pensar é uma coisa que a família pode ensinar às crianças desde muito pequenas. Por exemplo: na próxima vez que seu filho fizer alguma coisa errada na escola e voltar para casa dizendo “eu fiz papel de bobo e não quero ir para aula”, você pode afirmar que ele está fazendo "tempestade em copo d’água". Explique que o caso está sendo lidado de forma errada, encarado como uma consequência mais grave do que precisa ser. Ajudar a criança a manter hábitos mentais saudáveis é um processo particularmente longo e demorado, pois envolve muitas questões, como “O que você acha?” e “Como tal coisa fez você se sentir?”. – Trata-se de desenvolver uma nova forma de relacionamento, tornando-a parte da interação diária. Se não investirmos o tempo e a energia que temos, só restará culpar a nós mesmos se produzirmos uma geração de filhos brigões e propensos a ter problemas – diz Briers. Escute sempre Quando se fala em ensinamento, há uma atitude que faz diferença: ouvir. De acordo com Stephen Briers, passar o tempo escutando os filhos ajuda a desenvolver a capacidade deles para a empatia e faz eles se sentirem seguros. Para isso, é preciso manter um bom nível de contato visual, sem mostrar atenção
  • 3. beirando o sufocamento. – A louvação em demasia pode facilmente perder valor quando a criança sentir que você está dando elogios falsos, por exemplo – diz o psicólgo. O principal é ter atitudes equilibradas. Até a forma de iniciar conversas pode ser crucial. O ideal é encontrar o momento certo, de forma espontânea. Autocontrole As técnicas para a conquista emocional exigem muito autocontrole dos pais. As crianças irão absorver aquilo que veem no comportamento dos pais e no conteúdo daquilo que lhes é falado. Evite gritar com seu filho e tente se acalmar quando evidentemente não está calmo. Você deve ser o exemplo Quando os filhos entendem a si mesmos, tornam-se adultos saudáveis