ANO 7 - N.o
111 Tiragem 25 Mil | www.fb.com.br/JornalGuaianas | raleste@gmail.com | Tel.: (11) 2031-2364 2ª QUINZENA DE DE...
Uma publicação do Grupo
Acontece de Jornais e Revista
As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colabor...
Comprometimento Social 2ª QUINZENA DE
DEZEMBRO DE 2014
Quando assisti aquela
gaucha demonstrando toda
sua raiva contra o g...
Política 2ª QUINZENA DE
DEZEMBRO DE 2014
A cidade de São Paulo
acaba de ganhar mais duas
Natal Iluminado em São Paulo: árv...
Cotidiano2ª QUINZENA DE
DEZEMBRO DE 2014
A lesão pode inicialmente
se parecer com uma afta
indolor que dura mais de 15
dia...
Variedade2ª QUINZENA DE
DEZEMBRO DE 2014
Ajude seu filhote a des-
cobrir o mundo por meio
da audição, tato, paladar,
olfat...
2ª QUINZENA DE
DEZEMBRO DE 2014
Cultura & Lazer
Reajuste residencial médio
em toda a cidade é de 3,5%.
Dos 96 distritos, e...
2ª QUINZENA DE
DEZEMBRO DE a2014
Feminissima
Inaugurado o Centro de
Integração da Cidadania do
Imigrante é pioneiro no paí...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Guaianas 111

257 visualizações

Publicada em

Guaianás

Publicada em: Design
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
257
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guaianas 111

  1. 1. ANO 7 - N.o 111 Tiragem 25 Mil | www.fb.com.br/JornalGuaianas | raleste@gmail.com | Tel.: (11) 2031-2364 2ª QUINZENA DE DEZEMBRO DE 2014 Inaugurado o Centro de Integração da Cidadania do Imigrante é pioneiro no país e busca facilitar o acesso a direitos fundamentais a estrangeiros que chegam a São Paulo, unindo diversos serviços num só lugar O governador Geraldo Alckmininaugurou nessa se- gunda-feira, 15, o Centro de Integração da Cidadania do Imigrante (CIC do Imigrante). O posto, instalado na Barra Funda, tem o objetivo de acolher e facilitar o acesso Entre o Ano Novo com o habito de uma boa alimentação Na virada do ano é co- mum as pessoas estipula- rem metas para o ano que se inicia. Alguns objetivos possíveis e fáceis de con- quistar e outros nem tan- to, que requerem força de vontade e determinação. E você? Está realmente preparado para conquistar suas metas 2015? Adquirir o peso ideal, ter uma alimentação saudável, cuidar mais da mente e do corpo. Estes são os sonhos mais... leia na pág 02 Sono e ganho de peso: Saiba a relação entre os dois fatores a direitos fundamentais a estrangeiros que chegam a São Paulo. Leia na pág 08 São Paulo terá atendimento especializado para imigrantes Quando temos um sono adequado, produzimos me- nos grelina, hormônio res- ponsável por aumentar ape- tite. Leia na pág 06 A cidade de São Paulo acaba de ganhar mais duas grandes atrações do Natal Iluminado 2014, promovido pela Prefeitura de São Paulo Natal Iluminado em São Paulo: árvore do Ibira- puera e Papai Noel levado por ciclistas foram as atrações do final de semana por meio da São Paulo Turis- mo (SPTuris) e parceiros da iniciativa privada: a árvore de Natal do Ibirapuera e o Trenó do Papai Noel... leia na pág 04
  2. 2. Uma publicação do Grupo Acontece de Jornais e Revista As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. Diretor e Chefe de Redação: Divaldo Rosa MTb: 42.488 • Jornalista (fl): Silmara Galvão Nunes • Representantes Comerciais: Pastor Odair • Designer: Ademir Rodrigues • Revisora: Prof. Suseli Corumba • Administração Financeira: Ademir Rodrigues • Distribuição: Mart Press Distrib.de Jornais • Redação e Publicidade • Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 • Av. Guachos, 166 • Cep: 08030-360 • Vila Curuçá - SP - E-mail: raleste@gmail.com (fl = Freelancer) Jornal SUB PREF. DE GUAIANASES Estr. Guaianases, 2565 Jd Helena / Guaianases-SP BANCA COQUINHO Rua Hipolito de Camargo, 460 Guaianases-SP BANCA DE JORNAIS A MUSICAL Rua Salvador Gianetti, 1156 Guaianases-SP BANCA NOVA COQUEIRO Estr. Itaquera Guaianases, 2423 Jd Helena / Guaianases-SP BANCA TEMAS E LETRAS Av. Salvador Gianetti, 564 Guaianases-SP BANCA DE JORNAL A MUSICAL Rua Salvador Gianetti, 1156 Guaianases-SP Atualidade 2ª QUINZENA DE DEZEMBRO DE 2014 Na virada do ano é comum as pessoas estipularem me- tas para o ano que se inicia. Alguns objetivos possíveis e fáceis de conquistar e outros nem tanto, que requerem força de vontade e determina- ção. E você? Está realmente preparado para conquistar suas metas 2015? Adquirir o peso ideal, ter uma alimentação saudável, cuidar mais da mente e do corpo. Estes são os sonhos mais Subprefeitura de Guaianases convida a todos para o Natal Iluminado na Praça Jesus Teixeira da Costa Desde o dia 06 de dezembro, está montada no local, uma árvore de natal com 5 metros de altura, iluminando tudo ao seu redor A Subprefeitura de Guaianases convida a popula- ção para prestigiar o Natal Iluminado 2014 na Pra- ça Jesus Teixeira da Costa No local, desde o dia 06 de dezembro, está monta- da uma árvore de natal com 5 metros de altura, que ilumina tudo ao seu redor e que ficará exposta até o dia 06 de janeiro de 2015. Entre o Ano Novo com o habito de uma boa alimentação comuns para o ano que se inicia. Para alcançar esses sonhos em 2015, o Grupo Acontece de Jornais e Revis- ta vai te dar algumas dicas: 1) Conscientize-se do que você realmente quer alcançar e do que terá que fazer para cumprir tal objetivo. Força de vontade e paciência não podem faltar. Pense o quanto é importante para você o fato de mudar, ter uma vida sau- dável e estar bem disposto para realizar os demais obje- tivos traçados por você. 2) Não almeje atingir o peso ideal em pouco tempo. É preferível que você elimine peso gradativamente, mas aprenda a se alimentar de forma correta. Assim a pro- babilidade de manter o peso alcançado é muito maior. 3) Mudar hábitos alimen- tares é realmente difícil e aí que entra aquelas palavras chaves citadas a pouco: força de vontade e determinação. Não desista, lembre-se que o ser humano se adapta a tudo. Com o seu organismo acon- tece o mesmo. Pode demo- rar um pouco, mas você vai aprender a comer de forma saudável e sentir prazer com a nova alimentação. 4) Planeje suas compras, dê preferência por fazer uma lista antes, compre somente o que realmente for necessário e claro, saudável. 5) Frutas, verduras e legu- mes são alimentos que não podem faltar na sua despen- sa e devem ser consumidos diariamente. Varie bastante. 6) Acrescente no seu dia- -a-dia os seguintes hábitos: beber bastante água, realizar todas as refeições e praticar exercícios físicos, pelo menos 30 minutos diários. 7) Escolha um ou dois dias da semana para comer um doce de sua preferência, mas não exagere na quantidade. Nos demais dias opte por ali- mentos doces mais saudáveis como frutas, gelatinas, barra de cereais ou picolé de frutas. 8) Arroz, pão e macarrão são alimentos ricos em car- boidratos, mas devem sim ser consumidos. Apenas não extrapole na quantidade. 9) Procure se interessar mais por nutrição. Leia repor- tagens, matérias, textos que sejam realmente confiáveis. Conheça os alimentos que tem propriedades funcionais, ou seja, que fazem bem à saúde, isso vai te ajudar a entender melhor como a ali- mentação interfere na saúde das pessoas. 10) Separe um tempo para você fazer algo que goste, como ler, ouvir música, ver um bom filme, passear, via- jar, conversar com amigos, brincar com os filhos. O lazer proporciona bem-estar ao corpo e à mente, reduzindo a ansiedade e preparando o organismo para o dia-a-dia. 11) Siga os nossos con- selhos e comece a ter uma alimentação mais saudável. Conquiste seu objetivo a cada dia, você vai se sentir muito melhor com seu corpo.
  3. 3. Comprometimento Social 2ª QUINZENA DE DEZEMBRO DE 2014 Quando assisti aquela gaucha demonstrando toda sua raiva contra o goleiro Aranha, fiquei imaginado de quem seria a culpa de tanto racismo, expresso por aquela mulher. A mídia naquele mo- mento com suas câmeras fo- caram aquele rosto bonito de uma descendente européia, ai que ficou mais interessante, pois todos ficaram indigna- dos com aquela atitude e começaram a amaldiçoar ela. Mas, o que chamou mesmo minha atenção foi que muitos que nem mesmo conhecia a história regional, onde ela havia nascido se tornaram historiadores, e foram logo generalizando dizendo que todos da região sul do Brasil são racistas. Ficava pensan- do quanta ignorância! Mas, meus amigos leitores e eleitores a culpa não e dela somente, e nem todos os gaúchos são preconceituosos e o mais interessante, a mídia não levou o assunto para o causador dos problemas As dez Fábricas de Cultura da cidade de São Paulo, progra- ma da Secretaria de Estado da Cultura, abrem inscrições para atividades gratuitas para o 1º semestre de 2015. As vagas são para aulas de iniciação artística nas áreas de música, teatro, cir- co, dança, multimeios (filmagem e edição de vídeos), xadrez e artes plásticas, cada uma com várias modalidades, nos mais diversos estilos. Os cursos co- meçam na segunda quinzena de janeiro e vão até junho. Além das aulas, as unidades também promovem a difusão cultural para os grupos e artistas dos bairros em que estão implantadas, abri- gando espetáculos para toda a comunidade nos fins de semana, além de oferecer biblioteca com mais de dois mil títulos e cinema. A programação completa das Fábricas e as datas de realização dos cursos estão no site www.fabricasdecultura.org. br ewww.fabricadecultura.org.br. Para se inscrever e obter mais informações é necessário ir pes- soalmente até a unidade de in- teresse portando um documento de identificação e comprovante de residência. Menores de idade devem comparecer com pais ou responsáveis. Os cursos são divididos em Os formandos receberam o certificado de capacitação de cursos realizados entre 2013 e 2014. A Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo (SDTE), em parceria com o SENAI, SEBRAE-SP, Escola de Ar- tes, Ciências e Humanidades (EACH-USP) e Singer do Bra- sil, realizou a formatura oficial de 58 alunos do “Projeto São Paulo Costurando o Futuro”, nesta terça, 2, em Guaiana- ses, na Zona Leste. Os formandos receberam o certificado de capacitação de cursos realizados entre 2013 e 2014. Neles, os alunos aprendem a costurar, nomen- claturas e funções das máqui- nas retas e overloque, tipos de linha, agulha e tecidos, entre outras atividades. Criado em 2011, o projeto já capacitou mais de duas mil pessoas. Na abertura do evento, o Coordenador do Desenvolvi- mento Econômico da SDTE, Luiz Barbosa, representando o Secretário Artur Henrique, parabenizou os formandos pela decisão de realizar o curso e ainda lembrou que o convênio firmado com a Projeto Costurando o Futuro forma 58 alunos em Guaianases Caixa Crescer, por meio da ADE SAMPA (Agência São Paulo de Desenvolvimento) concede microcrédito com juros a 0,4% ao mês. “ Uma boa oportunidade para os costureiros poderem prosse- guir com seu negócio”. Sergio Miletto, Presidente da ADE SAMPA, afirmou que a mis- são da Agência é trabalhar o desenvolvimento econômico nas regiões de São Paulo”. A professora Cecília Por- tezan salientou que “o projeto é inovador porque faz a in- clusão social, os alunos que desejam e precisam dessa atividade para trabalhar con- seguem alcance social, além do prazer da habilidade com as mãos”. Amunícipe Francine Teles, sensibilizada com o projeto, compareceu ao evento para, espontaneamente, doar uma máquina de costura reta aos formandos, o que ocorreu após sorteio na plateia. A contemplada foi Rosana Fá- tima Marques que já tem a mesma máquina. Emociona- da, transferiu o prêmio para a colega de turma, Reinalice Alves Inácio. Racismo é crise! Torcedora gaúcha é usada como bode expiatório A boca fala do que a nossa mente esta cheia. raciais do Brasil, que nesse momento é a educação públi- ca oferecida a nós brasileiros como resultado dos impostos altíssimos que pagamos. Seriamos ingênuos se pe- gássemos essa mulher como bode expiatório de nossos problemas étnicos, pois sabe- mos que não somos formados ou educados para dialogar e debater assuntos dessa es- fera, e sim adestrados para somente obedecer aquilo que a industrial cultural brasileira propõe para nós seguirmos. O racismo e o bullying em suas diversas modalidades estão presentes todos os dias em nosso meio social, e não existem manifesta- ções contra isso, e somente ficamos horrorizados com a atitude daquela mulher, pois ela foi flagrada pela mídia, mas quando vemos atitudes como essa no facebook, na escola, na rua, somente cur- timos, mas não comentamos nada para impedir tal atitude. Isso me leva a crer que não somente somos adestrados, mas também somos mario- netes daqueles que governam nossas mentes, dinheiro e crenças. Assim, concluo que não adianta colocar a culpa em uma pessoa pelo racismo his- tórico que o Brasil tem! Pois quando temos a oportunidade de mudar o quadro político do país através das eleições não fazemos isso. Acredito que uma pessoa não muda um país, mas um eleitorado bem instruído poderá e pode fazer a diferença. Enquanto não entendemos que políticas públicas são realizadas atra- vés daqueles que colocamos no poder a mudança não ocorrerá. Para compreen- dermos o multiculturalismo e o sincretismo que existe em nossa nação será necessário construirmos mentes pen- santes através da leitura e da reflexão, debates e diálogos e acima de tudo lutar por uma educação de qualidade. Eduardo Monteiro da Silva Cursos gratuitos nas Fábricas de Cultura para 2015 Ateliês de Criação, destinados a crianças e jovens entre 8 e 21 anos e acontecem duas vezes por semana; Trilhas de Produ- ção, para jovens entre 12 e 29 anos, que ocorrem geralmente à noite, durante a semana, ou aos sábados durante o dia, além do Projeto Espetáculo que propor- ciona uma experiência coletiva de produção artística em que os participantes, jovens entre 12 e 21 anos, vivenciam todos os aspectos da montagem de um espetáculo teatral. As Fábricas instaladas na Zona Leste (Cidade Tiradentes, Itaim Paulista, Parque Belém, Sapopemba e Vila Curuçá) são administradas pela Organização Social Cultural e Educacional – Catavento. As três da Zona Norte (Jaçanã, Brasilândia e Vila Nova Cachoeirinha) e mais duas na Zona Sul (Jardim São Luís e Capão Redondo) são geren- ciadas pela POIESIS – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura. As unidades estão instaladas em bairros com alto índice de vulnerabilidade juvenil, segundo pesquisa da Fundação Seade, e oferecem, também, oportunidades de trabalho para os educadores de seu entorno. Para realizar a inscrição, é necessário que o candidato vá pessoalmente até a Fábrica de Cultura de sua preferência e leve documento de identificação com foto e um comprovante de endereço recente. No caso de aprendizes menores de 18 anos, a inscrição deverá ser feita com a presença de um responsável. Serviço Cidade Tiradentes Exposição e bate papo sobre arte urbana Rua Henriqueta Noguez Brieba, 281. Tel: (11) 2556-3624 Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 21h Sábados das 10h00 às 21h00 e Domingos das 10h00 às 17h00 Vila Curuçá Rua Pedra Dourada, nº 65. Tel: (11) 2016-3316 Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 21h Sábados das 10h00 às 21h00 e Domingos das 10h00 às 17h00 Itaim Paulista Av. Estudantes da China, nº500. Tel: (11) 2025 1991 Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 21h Sábados das 10h00 às 21h00 e Domingos das 10h00 às 17h00
  4. 4. Política 2ª QUINZENA DE DEZEMBRO DE 2014 A cidade de São Paulo acaba de ganhar mais duas Natal Iluminado em São Paulo: árvore do Ibirapuera e Papai Noel levado por ciclistas foram as atrações do final de semana grandes atrações do Natal Iluminado 2014, promovido pela Prefeitura de São Paulo por meio da São Paulo Turis- mo (SPTuris) e parceiros da iniciativa privada: a árvore de Natal do Ibirapuera e o Trenó do Papai Noel puxado por bi- cicletas na Avenida Paulista. Ambos foram inaugurados na noite de sábado, dia 13, e atraíram a atenção do público que compareceu em peso nos dois locais. Por volta as 20h15, a ár- vore de 54 metros de altura - instalada na Praça Aldo Chioratto em frente ao Parque do Ibirapuera - ganhou luzes e enfeitou o céu da cidade com uma queima de fogos de arti- fício. O pinheiro, equivalente a um prédio de 20 andares, tem 60 bolas coloridas, 20 estrelas cadentes, 50 estrelas com lâmpadas especiais e cerca de 40 laços vermelhos, além da estrela do topo com 8 metros de estrutura metálica, mangueira de LED e strobe light (luz piscante). Após o acendimento, o público ainda pode conferir gratuitamente o show do cantor Toquinho. Para o secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, Wilson Poit, a árvore do Ibirapuera já é um símbolo da cidade e foi conquistada para os paulistanos. “É uma atração importante, um presente para a cidade. Nos planejamos e a licitação foi um sucesso, pois a árvore custou menos que o esperado.Aestimativa era de até R$ 3 milhões e fechamos por R$ 1,9 milhão”, disse. “Este ano conseguimos fazer mais com o mesmo orça- mento do ano passado, de R$ 8,9 milhões para o Natal Iluminado, graças também à parceria de seis empresas que estão patrocinando ou- tras atrações”, completou. Sadia, Pão de Açúcar, Avon, Vivo, Tecnolamp e Bradesco Seguros estão promovendo iniciativas em conjunto com a Prefeitura de São Paulo, por meio da SPTuris. Outra atração que ganhou vida no final de semana foi o trenó do Papai Noel puxado por quatro ciclistas na Aveni- da Paulista. A ação, realiza- da pela Bradesco Seguros, ocorrerá também nos dias 20 e 21 de dezembro. O veículo do bom velhinho ficará esta- cionado na Praça do Ciclista, das 17h às 22h, e depois, circulará na avenida das 22h às 2h, dentro do período da ciclofaixa de lazer especial de Natal. Hoje será inaugurado o último grande atrativo do Natal Iluminado 2014, a Ponte Octá- vio Frias de Oliveira, a Ponte Estaiada, que será acesa a partir das 19h. A atração tem patrocínio da Vivo e funciona- rá todos os dias, das 19h às 5h, até 6 de janeiro de 2015. Programação comple- ta no site oficial Para acompanhar todas as atrações do Natal Iluminado realizado pela Prefeitura de São Paulo por meio da SP- Turis, está no ar o site oficial. Além do conteúdo exclusivo sobre as ações municipais e projetos especiais, a página contém atividades de toda a cidade, como shoppings, bazares e outras atrações. Acesse www.cidadedesao- paulo.com/natal
  5. 5. Cotidiano2ª QUINZENA DE DEZEMBRO DE 2014 A lesão pode inicialmente se parecer com uma afta indolor que dura mais de 15 dias ou uma lesão na forma de uma placa branca também indolor O câncer de boca se ca- racteriza, na maioria dos casos, pelo descontrole na multiplicação das células que formam a mucosa da boca. Porém, embora esse proces- so seja considerado maligno, se diagnosticado cedo, tem 100% de chance de cura. A cada 100 pacientes com a doença, 94 apresentam o tipo mais comum, o Carci- noma Epidermóide. É mais comum aparecer no lábio inferior, assoalho da boca e borda da língua, mas qual- quer área recoberta por mu- cosa pode ser acometida por esse câncer, que atinge mais homens com idade média entre 50 e 55 anos. Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), ocorrem no Brasil aproximadamente 14.500 novos casos de câncer bucal por ano, com uma mortalida- de anual de cerca de 5.500 pessoas. No entanto, esse número poderia ser menor se a doença fosse diagnosticada mais cedo. Pacientes que são diagnosticados precocemente tem chance de cura de mais de 90%, podendo chegar próximo dos 100% de cura. Porém, casos diagnosticados tardiamente pioram bastante o prognóstico, diminuindo as chances de cura para 20%. Por isso o diagnóstico preco- ce deve ser sempre estimula- do, com visitas regulares ao cirurgião-dentista. Causa Embora a causa seja des- conhecida, existem fatores de risco envolvidos em cerca de 80% dos casos. São eles: o Anote aquilo que quer dar para seu filho comer e pergunte ao pediatra se está liberado Já faz seis meses que seu pequeno nasceu. Você está satisfeita não só por vê-lo saudável, mas por- que conseguiu seguir à risca a orientação de nesse período apenas amamen- ta-lo. É chegada a hora de introduzir alimentos sólidos nas refeições do bebê, porém, vá com calma, nem tudo deve ser oferecido ao seu filhote. Conheça alguns alimentos que são proibidos para crianças pequenas. LEITE – O leite inte- gral contém proteínas que podem afetar a saúde do bebê. Existem relatos tanto de problemas no intestino quanto nos rins. Este últi- mo causado por conta do excesso de sódio existente na bebida. MEL –AAgência Nacio- nal de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomenda que Alguns alimentos não devem ser consumidos por crianças de até dois anos o alimento seja oferecido somente à crianças que tenham mais de um ano. Isso porque há uma forma de butolismo que atinge especificamente crianças com menos de doze me- ses de vida. Essa toxina é encontrada no mel e pode causar além de o abati- mento do pequeno, sinto- mas que se assemelham a crises convulsivas. FRUTOS DO MAR – A possibilidade de a criança apresentar reação alérgica ou de ser contaminada por alguma toxina com a qual o alimento teve contato antes de ir para o prato é grande. Por isso, recomenda-se oferecer esse tipo de ali- mento somente quando o pequeno tiver ao menos dois anos. CAFÉ – Não só a bebi- da, mas qualquer alimen- to que contenha cafeína deve ser evitado. Por ser um estimulante natural pode prejudicar o sono do recém-nascido e deixá-lo excessivamente agitado. Evite! OLEAGINOSAS – No- zes, amendoim, castanhas e amêndoas estão entre os alimentos que mais causam alergia nas pes- soas. Reforce a atenção se há histórico na família de alguém que tenha pro- blemas com esse tipo de alimento. REFRIGERANTES – A bebida é repleta de açúcar, sódio, corante e conser- vantes. Isso não significa que ela pode causar um mal grave ao bebê, mas é certo que bem também não faz. Evite colocar esse tipo de líquido no cardápio de seu pequeno. MORANGO – Após os seis meses é natural que seu filho seja apresentado às frutas. Porém, essa é uma das mais atingidas pelo uso de agrotóxicos. Evite dar morango ao seu bebê. Afta que não cura em 15 dias pode ser sinal de câncer bucal excessivo consumo de álcool e tabaco. Já o câncer de lá- bio, está diretamente ligado à exposição solar. Vale res- saltar que 20% dos pacientes não apresentam fatores de risco e, mesmo assim, de- senvolvem a doença. Estilo de vida e hábitos alimentares saudáveis contribuem com a diminuição da ocorrência do câncer de boca. Vários estudos têm demonstrado que uma boa higiene oral pode contribuir também com uma menor incidência desta doença. Sinais Para ajudar no diagnós- tico precoce, Celso dá al- gumas dicas para que o paciente possa perceber que há algo errado em sua boca. “A lesão pode inicialmente se parecer com uma afta indolor que dura mais de 15 dias ou uma lesão na forma de uma placa branca também indo- lor. Áreas que apresentam aumento de volume devem ser investigadas por um pro- fissional de Saúde”, diz o estomatologista. Se achar necessário, esse profissional da saúde poderá encaminhar o paciente a um estomatologista (dentista es- pecializado em doenças que ocorrem na boca), que fará al- guns exames (possivelmente uma biópsia) para descobrir a gravidade do problema. Serviço gratuito A FOUSP mantém uma campanha permanente de atendimento a paciente com lesões orais suspeitas. O atendimento é gratuito e ime- diato, o diagnóstico é feito na própria faculdade e, se necessário, o paciente é en- caminhado para atendimento médico. Centro de Diagnóstico Oral em Estomatologia da FOUSP Av. Dr. Lineus Prestes 2227 - Cidade Universitária – Butantã - São Paulo. Funcionamento: segundas e quartas a partir das 8 horas da manhã com atendimento imediato, sem a necessidade de encaminhamento durante o ano todo.
  6. 6. Variedade2ª QUINZENA DE DEZEMBRO DE 2014 Ajude seu filhote a des- cobrir o mundo por meio da audição, tato, paladar, olfato e visão Qual mulher não fica conversando com seu bebê, mesmo quando ele é bem pequeno e, portan- to, incapaz de responder? De maneira inconsciente, essa mãe está oferecendo estímulos a um dos cinco sentidos do recém-nas- cido. Há outras maneiras de fazer algo que ajude no desenvolvimento de seu filhote, sem forçá-lo a nada. Se quiser conhecer algumas, veja na galeria a seguir. AUDIÇÃO Se você gosta de can- tar, já notou que seu nenê tende a se acalmar quando te escuta entoar uma can- ção. É comprovado que o som da voz da mãe e, às vezes, do papai também Quando temos um sono adequado, produzimos me- nos grelina, hormônio respon- sável por aumentar apetite. Consequentemente, o nível de leptina, hormônio que nos dá a sensação de sacieda- de, aumenta também. Em contrapartida, se o sono é de má qualidade, há aumento da grelina, o queintensifica a fome a redução do hormônio do crescimento, que chama- mos de GH e que ajuda na quebra do tecido adiposo, tipo de tecido conjuntivo onde lipí- dios e gorduras se encontram. Uma consequência da má qualidade do sono é a redução da produção da me- latonina, que é um hormônio produzido pelo cérebro e é um dos maiores antioxidan- tes naturais que auxiliam na recuperação do corpo, além de auxiliarem na melhoria da qualidade do sono. Níveis de açúcar no san- gue, ganho de peso e sono Os níveis de insulina, hor- mônio produzido pelo pâncre- as, aumentam durante a noite para equilibrar os níveis de glicose (açúcar) no sangue. Desta maneira, se de uma forma geral não tivermos um sono de qualidade, a produ- ção de insulina será diminu- ída e os níveis de glicose ( açúcar) no sangue subirão, o que aumenta as chances do desenvolvimento do diabetes e propicia o ganho de peso. Uma boa e equilibrada noite de sono é fundamental, mas sem exageros, já que o sono em excesso contribui para a redução da queima calórica e contribui para o ganho de peso.Portanto, se você quer emagrecer de uma forma saudável, além de uma alimentação equilibrada , que inclui frutas, legumes, cereais e carnes magras, e da prática constante de ati- vidades e exercícios físicos, Evitar comidas gordurosas, refrigerantes e alimentos que contenham açúcar em exces- so, auxiliam na perda de peso, previne e controla o diabetes e a pressão alta. Problemas de insônia O ganho de peso, como já dito, pode ser considerado uma das consequências da má qualidade do sono. Mas a insônia é também con- siderado um problema de saúde, que dependendo dos casos, pode ser resolvido com mudanças de hábitos, como limitar o consumo de cafeína, principalmente nos períodos noturnos, não praticar exer- cícios físicos à noite, praticar atividades de relaxamento, tomar banhos mornos antes de dormir e evitar situações estressantes. É importante lembrar que seu médico seja consultado para maiores ex- plicações sobre a insônia, suas causas e consequên- cias, principalmente se você estiver usando medicamentos que possam influenciar na qualidade e na continuidade de seu sono. Sono e ganho de peso: Saiba a relação entre os dois fatores Estimular os cinco sentidos de seu bebê colabora com o desenvolvimento do pequeno deixam o recém-nascido em estado de atenção ou até mesmo o leva a dormir em pouco tempo. Arrisque também músicas clássicas ou cantadas por artistas. Com o tempo, você nota- rá que ele será capaz de reconhecer o que ouve. Lembre-se de não deixar o volume muito alto, pois isso pode irritar o pequeno. PALADAR Esse você só poderá testar com o bebê quando ele tiver mais de seis me- ses de vida. Até o fim do primeiro semestre o ideal é que o bebê seja exclu- sivamente amamentado. O leite materno tem todos os nutrientes necessários para que a criança se de- senvolva com saúde.Após esse período, é realmente encantador notar seu pe- queno descobrindo o mun- do por meio dos sabores. Ofereça alimentos seguin- do orientação do pediatra. Se possível, prepare a máquina fotográfica: esse momento lhe garantirá belas recordações. OLFATO Bebês não conseguem diferenciar o cheiro dos alimentos. Nos recém- -nascidos, esse sentido é interligado ao paladar. Porém, o leite materno e o cheiro de sua mãe ele consegue reconhecer facil- mente. Espere o pequeno ficar um pouco maior e notará o olfato dele ficando cada vez mais apurado. VISÃO Quando o bebê nasce, esse sentido não está to- talmente desenvolvido. No primeiro mês, ele é capaz de distinguir luz e movi- mentos e enxerga perfei- tamente somente a curtas distâncias, ou seja, apenas o rosto de quem o carrega. Se, a partir dos dois meses de vida do bebê, puser um móbile em cima do berço notará o quanto seu filhote se empolgará com o obje- to. Abuse de brinquedos coloridos. E, a partir do terceiro mês, estimule-o e aproveite para se divertir com um clássico das brin- cadeiras infantis: mostrar e esconder o rosto para o bebê. Eles adoram isso! TATO Por volta dos três meses de vida, o bebê quer pegar tudo que puder alcançar. Por isso, nunca deixe nada que possa representar pe- rigo ao alcance das mão- zinhas dele. Tocar outras pessoas, especialmente os pais, estimula o lado afetivo do recém-nascido e estreita os laços dele com a família. Manifesta- ções de carinho nunca são demais.
  7. 7. 2ª QUINZENA DE DEZEMBRO DE 2014 Cultura & Lazer Reajuste residencial médio em toda a cidade é de 3,5%. Dos 96 distritos, em 53 as residências terão, em média, redução no valor do imposto A decisão do Tribunal de Justiça do estado de São Pau- lo (TJ-SP), que considerou constitucional a Lei Municipal nº 15.889/2013, não significa aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) das residências, pelo contrário. A PGV foi atualizada por força da Lei 15.044 de 2009. A decisão do TJ-SP permite atualização da Planta Genérica de Valores da cidade de São Paulo, mas é importante ao contribuinte com- preender que a metodologia de cálculo proposta pela Prefeitura reequilibra o pagamento do imposto na cidade a partir da diferenciação de três zonas fiscais distintas, onde varia o preço do metro quadrado cons- truído. Como o metro quadrado construído é base de cálculo do valor venal do imóvel e, portanto, do IPTU, isso significa que nos bairros mais periféricos da cidade, que tiveram menor valorização imobiliária, haverá redução média no pagamento de imposto das residências. Dos 2,6 milhões de domicílios, cerca de 1,1 milhão (cerca de 40% do total) são isentos de imposto. Outros 348 mil (12% do total) vão pagar menos. O valor médio do IPTU para imó- veis residenciais terá redução em 53 dos 96 distritos da cidade Moradores de Guaianases e Lajeado terão desconto no valor do IPTU em 2015 a partir de 2015. As maiores quedas acontecem nos distritos de Cidade Líder e Parque do Carmo, na zona leste, que terão redução média de aproxima- damente 17% no próximo ano. Nos bairros de Guaianases e Lajeado, os moradores terão uma redução média de 7,6% e 6,6%, respectivamente em seus impostos. Isenção Além da isenção para imó- veis residenciais com valor venal de até R$ 160 mil e terrenos com valor até R$ 90 mil, a lei prevê que imóveis em nome de aposentados com rendimentos até três salários mínimos (R$ 2.172) também não paguem IPTU. Para os aposentados com rendimento até quatro salários (R$ 2.896) haverá um desconto de 50%. Para os casos de renda até cinco salários (R$ 3.620), o des- conto será de 30% no valor do imposto.Antes da Lei Municipal nº 15.889/2013, que atualiza a Planta Genérica de Valores (PGV), a isenção era para imóveis residenciais de valor até R$ 97,5 mil e terrenos até R$ 73,8 mil. Os aposentados com rendimento acima de três salários mínimos não tinham desconto. Perdão e restituição O reajuste médio do IPTU residencial no próximo ano será de 3,5%. Para equilibrar os efeitos que a aplicação direta da Lei 15.889/13 teria sobre os contribuintes, a administração municipal decidiu, e se com- prometeu com isso perante o TJ-SP, a enviar um projeto de lei que perdoa qualquer paga- mento adicional em 2014, a fim de não prejudicar contribuintes pela discussão judicial sobre a questão. Em 2014, por força da liminar que suspendeu a atu- alização da PGV, a Prefeitura atualizou o valor do imposto com a reposição da inflação de 5,6%. Agora, com a Lei Munici- pal nº 15.889/2013 considerada válida, em tese os contribuintes que teriam aumento do IPTU em 2014 precisariam pagar a diferença ainda neste ano. Me- dida beneficia cerca de 1,6 mi- lhão de contribuintes, que não terão de fazer um pagamento adicional até o fim de 2014. Os contribuintes que deveriam ser isentos ou teriam redução do seu IPTU em 2014, cerca de 454 mil, a Prefeitura fará a compensação ou restituição dos valores pagos a mais. Estes contribuintes devem aguardar comunicação da Prefeitura com instruções sobre como proceder. Reajuste nos imóveis resi- denciais. Dos 43 distritos da cidade onde moradores terão aumento médio de IPTU, 17 terão aumento médio até a inflação prevista, de 6,5%. Ou- tros 11 distritos terão aumento médio entre 6,5% e 10%. Um aumento médio entre 10% e 15% será aplicado em 15 distri- tos. Em toda a cidade, cerca de 80 mil residências (3% do total) terão aumento até a inflação. Outros 50 mil domicílios (2%) terão reajuste entre 6,5% a 10%, e 900 mil (cerca de 34%) terão reajuste de 10% a 15%. Cerca de 240 mil residências (em torno de 9%) terão reajuste entre 15% e 20%. Para o IPTU de 2015 será aplicada a trava máxima de reajuste de até 20% para o imóvel residencial. Esse teto será aplicado com base no IPTU 2013, desconsiderando a inflação aplicada em 2014 – logo, o aumento máximo para imóveis residenciais será em torno de 15%. Imóveis comerciais Na cidade existem pouco mais de 517 mil contribuintes não residenciais, dos quais 27 mil estão isentos do IPTU. No caso dos imóveis comerciais, o IPTU terá aumento médio é de 25%. Em 14 distritos o reajuste será entre 10% e 20% e outros 26 distritos terão aumento médio entre 20% e 25%. Além disso, em outros 56 distritos o aumento médio ficará entre 25% e 29% a partir de 2015. Sobre a diluição das travas em 2015. Em 2015, cerca de 1,1 milhão de contribuintes residenciais atingirão a trava máxima de aumento, de cerca de 15% em relação a 2014. Desta forma terão saldo residu- al de, no máximo, 10% de au- mento, já incluindo a correção inflacionária, a pagar no IPTU de 2016. No caso dos contri- buintes comerciais, em 2015, cerca de 422 mil contribuintes comerciais atingirão a trava má- xima de aumento, de cerca de 30% em relação a 2014. Esse grupo terá saldo residual de, no máximo, 15% de aumento(já in- cluindo a correção inflacionária) a pagar no IPTU de 2016. No dia 25 de dezembro comemora-se o dia de na- tal, data instituída em ho- menagem ao nascimento de Jesus. O natal passou a ser contemplado em 330 d.C pelas igrejas Católica, An- glicana e Protestante. A igreja Ortodoxa comemora a data em sete de janeiro, data do batismo de Jesus. A palavra natal se origi- nou do latim (natalis), tendo como significado nascer. Antes do nascimento de Jesus, aconteciam nesse dia as comemorações pelo sol invencível (Solis Invic- tus), em agradecimento aos raios solares que fica- vam mais fortes. Mas por ser uma festa pagã, que adorava um elemento da natureza e não a Deus, os cristãos adotaram-na com outro sentido, o do natal, sendo oficialmente registrada pela Vossa Santidade o Papa Conheça um pouco mais sobre o Natal, a data tão esperada por todos Libério, em 354 d.C. A idéia de enfeitar as árvores surgiu das festas pagãs, onde celebravam a fertilidade da terra. Já no século XVI os cris- tãos adotaram o costume, mas a tradição ganhou entusiasmo na Alemanha e se espalhou por todo o mundo. Os principais símbolos do natal são: a estrela de Belém, que guiou os três Reis Magos até Jerusalém; os próprios Reis Magos, que levaram incenso, ouro e mirra a Jesus; o presépio, criado por São Francisco de Assis, no século XIII; a árvore, desde as festas pa- gãs, tendo sido adotadas mais tarde pelos cristãos; a guirlanda e as velas, que representam as etapas da salvação de Cristo; Papai Noel, homenagem a são Nicolau – que no sécu- lo IV oferecia presentes às crianças; a ceia, que simboliza o momento do nascimento; os presentes, como forma de lembrar a visita dos três Reis Magos que presentearam Jesus; dentre outros. Aceia natalina é servida na véspera do dia de natal, é o jantar do dia 24. Nesse momento as famílias se reúnem para confraterni- zar, de forma harmônica, e comemorar as conquistas obtidas durante o ano, tro- cando presentes. Com isso, o natal tor- nou-se uma data que aca- lora as vendas no comér- cio, pois dar presentes tornou-se um hábito de toda população mundial. Dessa forma, passou a ser considerada a data que proporciona o maior cres- cimento das arrecadações financeiras do comércio, sendo mais rentável para todos os lojistas. Região de Itaquera en- trou em estado de alerta durante a tarde desta quar- ta (10). Restante da capital paulista também ficou em atenção para alagamentos. Um temporal que atingiu a cidade de São Paulo na tarde desta quarta-feira (10) causou estragos, prin- cipalmente na Zona Leste, que ficou em estado de alerta para enchentes por uma hora e meia. O Córre- go Verde transbordou nas imediações daAvenida Ja- cu-Pêssego com aAvenida Imperador, em Itaquera, e a água arrastou carros. O meteorologista Mi- chael Pantera, do Cen- tro de Gerenciamento de Emergências (CGE), disse que as chuvas vieram do interior de São Paulo e pararam em cima da Zona Leste. O volume de água foi muito grande. Na região de Itaquera, choveu cerca Chuva causa transtornos e enxurrada arrasta carros em Itaquera do ainda havia chuvisco em pontos isolados. Recuperação dos reservatórios Apesar dos estragos, o temporal que atingiu São Paulo pode ajudar a elevar o nível de água na região de represas. Segundo o CGE, os reservatórios atin- gidos foram os do Sistema Cantareira, o Alto do Tietê e, com mais intensidade, o Guarapiranga. O meteo- rologista Michael Pantera, afirmou, no entanto, que ainda é cedo para come- morar. de 60 mm nesta tarde, o que fez o córrego trans- bordar. O restante da capital ficou em atenção para alagamentos entre 15h11 e 18h30 e houve interdi- ção total no trânsito em seis pontos, como o túnel Jornalista Odon Pereira, a Rua Tomazzo Ferrara, a Avenida Itaquera e a Avenida Jacu-Pêssego, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emer- gências. Por causa da chuva, as linhas do Metrô 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 5-Lilás estavam com velocidade reduzida. O Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guaru- lhos, também operou por instrumentos, mas sem restrições para pousos e decolagens, por causa do mau tempo. O temporal perdeu for- ça no início da noite, quan-
  8. 8. 2ª QUINZENA DE DEZEMBRO DE a2014 Feminissima Inaugurado o Centro de Integração da Cidadania do Imigrante é pioneiro no país e busca facilitar o acesso a direitos fundamentais a estrangeiros que chegam a São Paulo, unindo diversos serviços num só lugar O governador Geraldo Alckmininaugurou nessa se- gunda-feira, 15, o Centro de Integração da Cidadania do Imigrante (CIC do Imigrante). O posto, instalado na Barra Funda, tem o objetivo de acolher e facilitar o acesso a direitos fundamentais a estrangeiros que chegam a São Paulo. “Daremos condições mí- nimas para que imigrantes conquistem autonomia, te- nham acesso a informações e direitos, se insiram e se desenvolvam no Es¬tado de São Paulo”, disse Alckmin, que destacou também a lei paulista contra o trabalho es- cravo. “São Paulo é pioneiro no enfrentamento ao tráfico de pessoas e ao trabalho es- cravo. Contra isso, tomamos uma medida única.Aempresa que tiver trabalho escravo não São Paulo terá atendimento especializado para imigrantes é apenas multada, ela perde o CNPJ e não opera mais no Estado. É rigor máximo no enfrentamento de todo e qual- quer abuso contra a pessoa humana”, enfatizou. O CIC do Imigrante aten- de à crescente demanda detectada pelos comitês de enfrentamento ao tráfico de pessoas, combate ao trabalho escravo e atenção a refugia- dos, coordenados pela Se- cretaria da Justiça e Defesa da Cidadania. “Em busca de melhores condições de vida, inúmeros imigrantes chegam ao Estado de São Paulo sem informações básicas sobre os seus direitos, passando, em alguns casos, a sofrer exploração pelo tráfico de pessoas e trabalho escravo”, explica a secretária da Justi- ça, Eloisa de Sousa Arruda. Por isso, a proposta do CIC do Imigrante é reunir, em um só lugar, serviços de diversas áreas que possam garantir desenvolvimento, segurança e integração do imigrante na sociedade brasileira. Já estão disponíveis servi- ços da Defensoria Pública Es- tadual e Federal, do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) e do Procon, além da emissão de segundas vias de certidões. Serviços de regula- rização migratória e do Pou- patempo estarão disponíveis no início de 2015, por meio de parcerias com a Polícia Federal e com a Secretaria de Gestão Pública. “Temos aqui uma grande integração, para prestar serviços àqueles que nos alegram e nos honram, enriquecendo ainda mais a cultura e os valores do nosso Estado e do nosso país”, diz Alckmin. Soma de esforços O CIC do Imigrante ocupa um espaço no Complexo Bar- ra Funda, onde já funcionam o Procon e o Instituto de Me- dicina Social e Criminologia (Imesc), órgãos vinculados à Secretaria da Justiça. O projeto inicial, desenha- do pela Secretaria, ganhou a simpatia do Ministério Público do Trabalho (MPT), da empre- sa Inditex e da Associação Escola da Cidade, que fez a adaptação do espaço para a recepção e encaminhamento adequados aos imigrantes. “Arquitetura não é um brinco que se põe na orelha. Tem que ter funcionalidade. Aqui, para o uso que se pretende dar, parece perfeito. Afinal, uma arquitetura social tem que proporcionar acolhimento para que a pessoa se sinta segura”, afirmou Ciro Pirondi, diretor da Escola da Cidade. O CIC do Imigrante é uma extensão conjunta de pro- gramas já existentes na Se- cretaria da Justiça. O projeto segue o conceito do Centro de Integração da Cidadania, que empresta identidade ao posto. Originalmente, o CIC promove cidadania e desenvolvimento social a populações vulnerá- veis em 12 regiões na capital e no interior. Contudo, a roupagem di- ferenciada da nova unidade do CIC adere à proposta apresentada pelo Núcleo de Enfrentamento ao Trá- fico de Pessoas (Netp), de atendimento especializado à estrangeiros em situação de risco social, como medida de prevenção ao tráfico de pes- soas e ao trabalho escravo e de assistência emergencial, para os casos de refúgio e de resgate de vítimas. Integração cultural Duas exposições cultu- rais brindam o novo espaço: “Viagem, sonho e destino”, do Museu da Imigração, e “Mão da América”, do Memorial da América Latina. A primeira narra a trajetória de imigran- tes e migrantes que passaram pela Hospedaria do Brás, que acolheu mais de 70 naciona- lidades durante 91 anos de funcionamento. A segunda é composta de réplicas em mi- niatura da “Mão”, nas quais di- versos artistas imprimem uma interpretação criativa sobre a obra de Oscar Niemeyer.

×