Ermelino182net

294 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
294
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ermelino182net

  1. 1. PÁG. 4 PÁG. 3 PÁG. 3 Visando o consumo de água, o PET (Parque Ecológico do Tietê) tem investido em ações para evitar o desperdício no seu principal núcleo e que recebe mais usuários, o Engenheiro Goulart, na zona leste. PÁG. 3 PÁG. 5 raleste@gmail.com - Tel. 2031-2364 1a quinzena de JUNHO DE 2014Ano X - Número 182 Ermelino Matarazzo não terá telão Fanfest Garotos que defenderam a seleção de futebol de Ermelino na Copa SP14 viajam para a Holanda “A cerimônia de abertura da copa de futebol da FIFA no estádio de Itaquera, coloca a Zona Leste no centro do mundo, com solenidade sendo vista por centenas de milhões de pessoas” Cerimônia de abertura da copa, coloca a Zona Leste no centro do Mundo Parque Ecológico Tietê trabalha contra desperdício de água Foi realizado no último dia 5/6 nas dependências do Parque Ecológico do Tietê – Núcleo Engenheiro Goulart, um evento destinado a comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente. “Avenida da Copa” recebe obras de revitalização e intervenções artísticas Evento celebrou a finalização do trecho viário e as obras de revitalização realizadas na região 
  2. 2. 1a quinzENA de JUNHo DE 2014Pág 2 JAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTO www.japauto.com.br ITAIM PAULISTA - F.: 2025-7777 - AV. MARECHAL TITO, 7003 ALPHAVILLE / BARUERI / CAMBUCI / CARAPICUÍBA / CENTRO / FRANCISCO MORATO / FRANCO DA ROCHA / ITAQUERA / JABAQUARA / LIBERDADE / MAIRIPORÃ / MAUÁ / GUARULHOS / PIRITUBA / SANTO AMARO / SANTO ANDRÉ / VILA MARIA Respeite os limites de velocidade. CG Fan ESDI 150 14/14 a/v 8.020, ou entr. 2.700,+48x199, (t.prazo 12.252,).Bros 150 ESD 14/14 a/v 10.099, ou entr. 3.300,+48x273, (t.prazo 16.404,).CB 300R 14/14 (Standard) a/v 13.600, ou entr.5.250,+48x300, (t. prazo 19.650,).PCX 14/14 a/v 9.590,.Tabela sujeita a alteração sem prévio aviso, conforme política de comercialização da fábrica. Consulte todas as informações em nosso showroom.Bauleto e capacete grátis somente para Bros.Juros 2.75% a.m. (38,48% a.m.).Banco Honda (TC R$ 496,).CET máximo 52,85% a.a. TC e IOF inclusos. Promoções válidas somente para os modelos anunciados até o término do estoque (2 unidades de cada).Ofertas não cumulativas com outras.Imagens ilustrativas. Reservamos o direito de corrigir possíveis erros gráficos e de digitação. www.japauto.com.br www.japauto.com.br ITAIM PAULISTA - F.: 2025-7777 - AV. MARECHAL TITO, 7003 VEM QUE É SUA!! VEM QUE É SUA!! VEM QUE É SUA!! VEM QUE BAULETO E CAPACETE NXR 150 BROS ESD 2014 MENSAIS 273,00 + ENTRADA Oferta para toda linha BROS. Fotos ilustrativas GRÁTIS FAN 150 ESDI MENSAIS 199,00 + ENTRADA BROS. Fotos ilustrativasBROS. Fotos ilustrativas FAN MENSAIS 199 CB 300R MENSAIS 300,00 + ENTRADA 99,00 + ENTRADA 199+ ENTRADA 300,00 + ENTRADA PCX 150 Pronta Entrega JAPAUTOJAPAUTOJAPAUTO PCX 150 Pronta Entrega Tiragem desta Edição 25.000 exemplares Circulação: Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa, Vila Cisper, Vila União, A.E Carvalho, Jardim Pedro Nunes, GUARUlHOS, PENHA e Cangaiba Diretor Geral: Geraldo Malta Diretor de Redação: Divaldo Rosa - MTb: 42448 As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos diretores, colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. REDAÇÃO/publicidade: 2031-2364 / 2513-0928 Revisora: Suseli Corumba dos Santos Diretor de Arte: Sergio Avante Avenida dos Guachos, 166 - Cep: 08030-360 - São Paulo – SP - raleste@gmail.com O jornal de Ermelino & Ponte Rasa é Filiado à AJORLESTE Associação dos Jornais da Zona Leste Acontece Agora Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 03.115.443/0001-16 Jornalista: Silmara Galvão Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira SUBPREFEITURA DE ERMELINO Av. São Miguel, 5550 Ermelino Matarazzo-SP BANCA RDS Av. Aguia de Haia, 4085 Jardim Cotinha-SP Quer ver sua marca em destaque no maior veículo de Comunicação da Região. Aproveite nossas promoções de anuncios! 2031-2364 2513-0928 Ligue e anuncie A remuneração média dos professores brasileiros é equivalente a 51% do valor médio obtido, em 2012, pelos demais profis- sionais com nível superior completo. Há sete anos, esse porcentual era de 44%. Atualmente, o salário médio do docente da edu- cação básica no País é de R$ 1.874,50. Essa quantia é 3 vezes menor que o valor re- cebido por profissionais da área de Exatas, como por exemplo, os engenheiros. Uma das metas previstas no Plano Nacional de Edu- cação (PNE), que aguarda sanção presidencial, é equi- parar o rendimento médio dos profissionais do ma- gistério das redes públicas com as outras categorias.  Os dados comparativos de evolução salarial ente os professores e as demais categorias estão presentes no Relatório de Observa- ção sobre as Desigualda- des na Escolarização do Brasil produzido por um comitê técnico do Conse- lho de Desenvolvimento Andrés Sanchez, ex- -presidente do Sport Club Corinthians, participou nesta quinta-feira, 05 de junho, de um encontro com Grupos de Cultura, no bairro de São Mateus, na Zona Leste. Na reu- nião, estavam presentes Ronco e dificuldades respiratórias são causas conhecidas de insônia e sono de má qualidade. Mas pouca gente sabe que esses problemas po- dem ir muito além de uma simples sonolência diurna. Cada vez mais co- muns, quadros de apneia obstrutiva do sono (AOS) são tidos como a princi- pal causa de acidentes de trânsito nos EUA. Também afetam cada vez mais crianças, acarretando em transtornos como déficit de atenção. Além disso, hoje em dia a AOS está entre as principais causas de doenças cardiovascu- lares como hipertensão arterial, arritmias, infartos e insuficiência cardíaca. “A repetição dos episó- dios de apneia durante o sono tem como consequ- ência a menor oxigenação do sangue, redundando em danos ao organismo”, diz Dra. Samira Kaissar Nasr Ghorayeb, cardiolo- gista da clínica odontoló- gica CDTATM, referência na área de distúrbios do sono. Em conjunto com a equipe de dentistas e ortodontistas, Dra Samira ajuda a diagnosticar os casos de AOS. “Boa parte dos pacientes apresenta histórico de hipertensão arterial e arritmias cardí- acas”, informa a cardio- logista. Caracterizada por pa- radas respiratórias no- turnas provocadas pelo estreitamento das vias aéreas, a apneia do sono já afeta cerca de um terço da população mundial. Se- Apneia do sono pode causar pressão alta Caracterizada por paradas respiratórias noturnas provocadas pelo estreitamento das vias aéreas, enfermidade já atinge um terço da população mundial, incluindo crianças. 67% dos portadores de apneia do sono apresentam hipertensão arterial gundo estudos, 67% dos portadores de apneia do sono apresentam hiper- tensão arterial. “Em mui- tos casos de hipertensão, o tratamento da apneia por si só é suficiente para re- dução e controle da pres- são arterial. Com esforço, muitos pacientes conse- guem deixar de tomar remédio para a pressão”, diz Dra. Priscila Paiva, di- retora do CDATM.    Crianças com apneia: a boa notícia é que, de- pendendo da gravidade, o paciente não precisa mais dormir uma noite inteira fora de casa, em insti- tutos do sono e demais centros hospitalares es- pecializados, com filas de meses para agendamento do procedimento. Hoje em dia um exame simples pode ajudar no diagnós- tico de AOS e na escolha do melhor tratamento. Esse exame pode ser feito através de um aparelho conhecido como Holter Apneia. Dotado de sof- tware especializado, esse dispositivo registra toda a atividade cardiovascu- lar durante uma noite de sono,permitindo que o médico detecte a presença ou ausência de episódios de apneia. Em casos seve- ros, pode ser necessário fazer uma polissonogra- fia. “A polissonografia é o exame de excelência na apneia grave, devendo ser realizado em centro clíni- co especializado”, afirma Dra Samira K.N.Ghorayeb. Nos adultos, cinco ou mais episódios de 10 se- gundos da suspensão da respiração por hora de sono caracterizam qua- dros de apneia. Nas crian- ças, bastam 2 ou 3 segun- dos de parada respiratória para o sangue dar sinais de falta de oxigênio. Ali- ás, muitas crianças que apresentam disfunções respiratórias durante o sono acabam erronea- mente diagnosticadas como portadoras de dé- ficit de atenção e outros transtornos, passando a tomar remédios psi- quiátricos. “Na verdade, tudo o que elas precisam é dormir bem”, finaliza Dra Priscila Pai Em visita a Zona Leste, Andrés encontra grupos de cultura e moradores da região o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o de- putado estadual, Adriano Diogo e a Vereadora Julia- na Cardoso. Durante o encontro, a população da Zona Leste de São Paulo expôs suas ideias sobre o conceito de cultura que deve ser prio- rizado a fim de atender os jovens da região e o que isso significará na vida de cada um. Andrés também falou sobre a importância das políticas públicas voltadas à juventude e classificou a cultura como instrumento fundamental de inclusão social. “Acredito que todos os jovens devem ter a in- fluência da cultura. A Zona Leste cresceu muito positi- vamente. É necessário que isso seja notável em todos os sentidos, desde o lazer até a educação”, disse. A noite, Andrés vol- tou a se encontrar com Alexandre Padilha e ou- tras lideranças políticas na Fundação Dom Bosco, em Itaquera. “Hoje tivemos muitos debates em relação à Zona Leste. Todos nós sabemos do preconceito que essa re- gião sofria e isso aos pou- cos está mudando. Ainda não está o ideal, mas aos poucos isso acontecerá. A Arena Corinthians em Itaquera trará muito valor à redondeza e espero que a gente saiba administrar muito bem isso”, anali- sou Andrés no final do encontro. de Econômico e Social (Cdes) da Presidência da República. O documento foi apresentado a todos os membros do Cdes, entre eles a presidente Dilma Rousseff, no último dia 5 de junho em Brasília. O relatório traz dados de indicadores construí- dos a partir de informa- ções da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicí- lios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de da- dos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), além de outras fontes oficiais referentes a data base de 2012. O documento tem o objetivo de propor ao Conselhão – como é conhe- cido - ações que deveriam ser priorizadas na política educacional do País. “A remuneração dos professores da educação básica tem melhorado, em- bora lentamente. Aprofun- dar e acelerar as mudan- ças nos nossos indicadores educacionais depende de esforços integrados de ato- res e instituições nas três esferas de governo e em toda a sociedade”, afirmam os técnicos do Comitê do Observatório da Equidade, que elaborou o relatório em nome do Cdes. No Brasil, salário de professor é metade do que recebem outros profissionais
  3. 3. 1a quinzENA de JUNHo DE 2014Pág 3 SÃO PAULO INOVA SEM PARAR. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO. AS ESTAÇÕES E FROTA DA CPTM ESTÃO PASSANDO PELA MAIOR MODERNIZAÇÃO DA HISTÓRIA. 37 ESTAÇÕES COMPLETAMENTE RENOVADAS. 6 ESTAÇÕES EM OBRAS ATUALMENTE. 100 NOVOS TRENS EM OPERAÇÃO. 76% DA FROTA COM AR CONDICIONADO. 5 NOVAS ESTAÇÕES ENTREGUES: SÃO MIGUEL PAULISTA, VILA AURORA, FRANCO DA ROCHA, AMADOR BUENO E SANTA RITA. Diferentemente do anunciado pela Prefeitu- ra em fevereiro, a capital não terá seis, mas sim qua- tro locais onde serão rea- lizados a Fan Fest e even- tos gratuitos de exibição pública durante a Copa do Mundo. Estão fora da lista inicialmente divul- gada pela administração a Praça Benedicto Ramos Rodrigues, em Ermelino Matarazzo, Zona Leste, e o Parque da Juventude, em Santana, Zona Norte. Durante evento nesta segunda-feira (9) para divulgar os planos ope- racionais para a Copa, a programação das fes- tividades na cidade e o funcionamento do Centro Aberto de Mídia – espaço destinado aos jornalistas que cobrirão a compe- tição –, a vice-prefeita e presidente do Comitê Organizador da Copa em São Paulo, Nádia Cam- peão (PC do B), respon- sabilizou o desinteresse da iniciativa privada em Garotos que defende- ram a seleção de futebol de Ermelino na Copa SP14 viajam para a Holanda Um total de 15 jogadores entre 10 e 14 anos viaja- ram para participar de um intercâmbio esportivo na Holanda e entre esses ga- rotos estão dois moradores de Ermelino Matarazzo. Dois garotos que participa- ram recentemente da Copa SP14 de futebol promovida pela Secretaria de Esportes e Lazer do Município de São Paulo, foram contem- plados com uma viagem nessa quinta feira, dia 05 de junho, para a Holanda. Os garotos Pedro Hen- rique Batista (zagueiro) e Rafael de Paula Pereira Melo (goleiro), que jun- tos defenderam a sele- Visando o consumo de água, o PET (Parque Ecológico do Tietê) tem investido em ações para evitar o desperdício no seu principal núcleo e que recebe mais usuários, o Engenheiro Goulart, na zona leste. A troca do antigo en- canamento de ferro por PVC se encontra entre as principais medidas com a finalidade de minimizar vazamentos.  Outra iniciativa que vem surtindo efeito na economia de água é a otimização do número de torneiras dos bebe- douros nos dias de menor movimento do parque. Segundo o diretor do PET, O CEU Quinta do Sol tam- bém oferece aulas de Ginásti- ca Rítmica Desportiva (GRD) para as crianças que nasce- ram entre os anos de 2001 e 2005.A atividade acontece sempre de terça e quinta às 13h30 no mezanino. Serviço: Aulas de Ginás- tica Rítmica Desportiva para crianças - Quando: Terças e Quintas. Horário: 13h30. Local: CEU Quinta do Sol. En- dereço: Avenida Luis Impara- to, 564, Parque Cisper – São Paulo – SP. Mais informações pelo Fone: (11) 3396-3434 Garotos que defenderam a seleção de futebol de Ermelino na Copa SP14 viajam para a Holanda Um total de 15 jogadores entre 10 e 14 anos viajaram para participar de um intercâmbio esportivo na Holanda e entre es- ses garotos estão dois moradores de Ermelino Matarazzo. Ermelino Matarazzo não terá telão da Fan Fest financiar os eventos como o principal entrave no cumprimento da promes- sa de seis palcos.  “A projeção que nós fazíamos no final do ano passado e início deste ano era realizar seis exe- cuções públicas, incluin- do a Fan Fest. Mas era um plano que dependia de sustentação financeira de parceiros privados. O que se con- seguiu de patrocinadores não era suficiente para realizar todas (seis exibi- ções públicas gratuitas) nas condições planejadas. Então, de comum acordo com todos os envolvidos, resolvemos realizar essas (quatro exibições)”, disse. Sem internet /O Centro Aberto de Mídia ficou sem sinal de internet wi-fi em alguns momentos na manhã de ontem. O fato fez com que parte dos jornalistas presentes não conseguisse acessar a rede. Uma repórter da Aus- trália fez uma pergunta em inglês ao prefeito Fernando Haddad (PT). Como não havia tradução simultânea, Haddad ficou alguns segundos quieto, sem responder a pergun- ta, até que uma assessora tomou a iniciativa de tra- duzir o questionamento. ção de Ermelino Matara- zzo, estarão competindo com meninos da Holanda em um campeonato in- ternacional de futebol. Esse torneio está sendo organizado pela Cruyff Foundation, e reunirá par- ticipantes de Cruyff Courts do mundo inteiro. E mais, segundo o técni- co da equipe brasileira Re- nato Henrique dos Santos, essa oportunidade surgiu por conta do projeto geri- do pelo Instituto Platafor- ma Brasil que desenvolve o Programa Cruyff Court no bairro de Ermelino Matara- zzo e realiza entre outros projetos, ações de fomento ao esporte, mais precisa- mente o futebol, cedendo jogadores para a seleção do bairro que ostentou as cores da seleção Holandesa durante a Copa SP14.  Os dois jogadores fo- ram escolhidos devido ao comprometimento que tiveram, junto a equipe da Seleção de Ermelino Ma- tarazzo/Holanda, já que os mesmos não faltaram aos treinos e atividades extra-campo, participa- ram de todas as parti- das e foram exemplo de disciplina e de educação com os adversários e co- legas de equipe, duran- te toda a competição. Lembrando que a Super- visão de Esportes da Sub- prefeitura de Ermelino Matarazzo teve papel fundamental nessa parce- ria, proporcionando essa oportunidade única aos jo- vens moradores do bairro.  Aulas de Ginástica Rítmica Desportiva para crianças Atividade acontece de terça e quinta às 13h30 Parque Ecológico Tietê trabalha contra desperdício de água Com pequenas atitudes é possível contribuir para a economia do nosso bem mais precioso Para diminuir o desper- dício, algumas dessas torneiras são retiradas e recolocadas somente quando constatada a real necessidade.  Além dessas mudanças, os usuários têm sido fre- quentemente orientados sobre a importância da água em atrações e ativi- dades do PET, a exemplo dos passeios de educação ambiental, visitas ao Mu- seu do Tietê e eventos diversos com participação gratuita.  Serviços:  Horário de funcionamento do nú- cleo: 8 às 17h. Entrada gratuita. Estacionamen- to:  50 vagas no interior, próximo à administra- ção do parque. Telefo- ne: 2958-1477. Endere- ço: Rua Guira Acangata- ra, 70. Atividades e equi- pamentos que precisam ser agendados: Programa de Educação Ambiental, quiosques grandes.  Como chegar: O aces- so fica na Av. Dr. Assis Ri- beiro, altura do nº 3.000. Indo de carro, entre no km 17 da rodovia Ayrton Senna, sentido SP/Rio; de Metrô, desembarque na estação Penha, pegue o ônibus Jardim Keralux e desça na entrada do par- que; pelo trem da CPTM, desembarque na estação Engenheiro Goulart, e siga caminhando até à entrada do parque. Foi realizado no último dia 5/6 nas dependências do Parque Ecológico do Tietê – Núcleo Engenheiro Goulart, um evento destinado a comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente. Edison Aparecido Cândi- do, hoje cada bebedouro conta com 4 a 8 torneiras, que muitas vezes ficam abertas por esquecimento de usuários desatentos.
  4. 4. 1a quinzENA de JUNHo DE 2014Pág 4 Encontro discute oportunidades de comércio e desenvolvimento regional Na manhã do dia 10, o governador participou da cerimônia de abertura do Fórum Global Améri- ca Latina e Caribe (LAC Global Summit 2014). O encontro busca debater as grandes oportunidades de investimento, comér- cio e desenvolvimento, com impacto positivo no bem-estar humano, em áreas como infraestrutura, energia, sustentabilidade e esporte.  A Prefeitura de São Paulo, por meio das sub- prefeituras Penha, Ermeli- no Matarazzo e Itaquera, inaugurou, no último do- mingo (18), o trecho viário “Av. Tiquatira – A Avenida da Copa”, que contempla as avenidas Governador Carvalho Pinto, Dom Hél- der Câmara, Calim Eid e o viaduto General Milton Tavares de Souza.  O evento, realizado no Parque Linear Tiquatira, localizado na avenida Go- vernador Carvalho Pinto, celebrou a conclusão das obras de revitalização do São Paulo perde ape- nas para o conjunto de cidades do interior em número de áreas conta- minadas. Excluindo-se o Vale do Paraíba, o litoral paulista e os 38 muni- cípios da região metro- politana (sem contar a própria capital), as cida- des do interior paulista ostentaram, juntas, 1.646 áreas contaminadas e reabilitadas, ou 36% do total no levantamento da Companhia de Tec- nologia e Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Cetesb). A capital, sozinha, atingiu a marca 1.539, ou 34% em relação ao todo. No total, foram constatadas 4.572 áreas contaminadas no estado. Juntou-se aos números alarmantes o recente caso de contaminação consta- tado na Escola de Artes e Ciências Humanas (EACH- -USP), na zona Leste, que recebeu terras contami- nadas irregularmente em 2011 para aterrar regiões ao redor dos prédios, pon- do em risco a saúde de professores, funcionários e mais de 6 mil alunos. Diante desses problemas, a Câmara Municipal ins- talou, em abril, uma Co- missão Parlamentar de Inquérito para investigar os casos de locais conta- minados na capital. As reuniões da CPI es- tão sendo conduzidas de forma a mapear os locais e propor o debate e so- luções para minimizar os efeitos da deterioração ambiental. Em duas oca- siões, já foram discutidas os casos da própria USP Leste e do Jardim Keralux, na região de Ermelino Matarazzo, também na zona Leste. Este último apresenta um problema de contaminação do solo também relacionado à instalação da empresa Alckmin participa da cerimônia de abertura do Fórum Global América Latina e Caribe Na ocasião, Geraldo Al- ckmin destacou os inves- timentos no Estado por meio das PPPs (Parceiras Público-Privadas) que estão em andamento e licitação, como as obras da Linha 18 - Bronze do Metrô e a construção de 20 mil mo- radias na região do centro expandido.+ “São Paulo é a décima nona economia do mundo e o grande farol da indús- tria latino-americana. Nós temos aqui sediadas 40 empresas das 50 maiores do mundo. Há um grande empenho no sentido de fa- zer mais parcerias e inves- timento que fortaleçam o comércio exterior”, disse. SP tem mais de 1,5 mil áreas contaminadas Bann Química há mais de 40 anos. Paralelamente à CPI da Câmara, devido à situação de algumas regiões, que apresentam grandes da- nos ou riscos à população e geram a necessidade de estratégias diferenciadas de intervenção, a Cetesb criou o Grupo Gestor de Áreas Críticas (GAC). É responsável por decisões institucionais e gerencia- mento de 10 regiões con- sideradas críticas. Das dez, cinco estão em São Paulo. Uma deles é a região do Shopping Center Nor- te e do Lar Center, em Vila Guilherme, na Zona Norte. O estabelecimento chegou a ser interditado por dois dias em outubro de 2011, quando a Cetesb encontrou concentrações de gás metano considera- das acima do aceitável nas imediações dos prédios. Historicamente, o local teria sido contaminado pelo acúmulo de resíduos sólidos de origem indus- trial e residencial, além de entulho, que foram utilizados para aterrar a área durante a constru- ção do shopping. Foram exigidas a implantação de um sistema de extração de gases e a manutenção de investigação acerca dos riscos oferecidos aos frequentadores do local. As outras regiões são os bairrosdeJurubatuba,com contaminação de origem industrial, e Vila Carioca, com problemas ocasiona- dos pelas atividades de empresas de combustíveis, além dos conjuntos habita- cionais Nossa Senhora da Penha (Vila Cachoeirinha), por ocasião da utilização do local como aterro sani- tário entre as décadas de 60 e 80, e Heliópolis, por disposição inadequada de resíduos de diversas pro- cedências. “Avenida da Copa” recebe obras de revitalização e intervenções artísticas  Evento celebrou a finalização do trecho viário e as obras de revitalização realizadas na região  corredor viário que possi- bilita o acesso da Marginal Tietê com a Arena Corin- thians, em Itaquera.  A apresentação do pro- jeto de revitalização da “Avenida da Copa” teve diversas atividades gratuitas para o público da região, como oficinas de yoga, jazz, esporte, palestras, apre- sentações musicais e muito mais. Os moradores desta região da zona Leste agora podemcomeçar,oficialmen- te, os preparativos para a Copa do Mundo no Brasil. O projeto  O projeto “Avenida da Copa” foi desenvolvido para atender a três temá- ticas distintas: a realização de serviços de zeladoria, deixar um legado para a população da região e focar o evento da Copa do Mundo Fifa 2014.  Para tanto, foram rea- lizadas, entre outras inter- venções, a capinagem em toda extensão do Parque Linear Tiquatira; pintura de guias e faixas de de- marcação no interior do parque; demarcação das pistas de corrida e cami- nhada; pintura artística em grafite dos muros das pra- ças na avenida Tiquatira; instalação de brinquedos nas áreas com parques de diversão e de brinquedos para crianças com necessi- dades especiais; melhoria do sistema de iluminação do parque e muito mais.  Para as atividades com foco na Copa 2014, haverá a instalação das bandeiras dos países participantes; feira temática na praça principal do parque; cria- ção de um museu a céu aberto, com exposições sobre a cultura dos países participantes do mundial, entre outras atrações.      
  5. 5. 1a quinzENA de JUNHo DE 2014Pág 5 O árbitro japonês Yui- chi Nishimura não será punido pela Fifa por ter dado um pênalti contro- verso a favor do Brasil na partida contra a Croácia, no dia 12, em partida que marcou a abertura da Copa do Mundo. O presidente da Comissão de Arbitragem garantiu que a postura do árbitro foi correta e também acha que Fred não se jogou no lance. “O que precisamos sa- ber é o que o árbitro viu na hora do lance. E o que ele viu foi um zagueiro que colocou as mãos nos ombros de Fred. Pode-se discutir se o contato foi suficiente para derrubar o jogador ou não, mas o que ele viu foi o toque”, disse Busacca. Ao final do duelo, joga- dores e também o técnico da Croácia se revoltaram com o lance nas entrevis- tas. Niko Kovac chegou a dizer que a atitude de Nishimura era uma ver- gonha. Modric, craque do Real e principal peça do elenco, falou que não acreditava como algo as- As emoções relacio- nadas à Copa do Mundo para os 23 convocados de Felipão começaram bem antes de a bola rolar, na partida contra a Croácia, na quinta-feira no dia 12, em Itaquera. “Nosso time inteiro chorou dentro do ônibus, de emoção, na ida para o estádio”, admite o volan- te Luiz Gustavo. “A gente não conseguia acreditar na multidão que acom- panhava todo o trajeto.” Thiago Silva, Herna- nes, Neymar e Júlio Cé- sar foram os que mais se emocionaram. “É como se a ficha tivesse caído de que iríamos representar 200 milhões de pessoas na Copa dentro da nossa casa”, justifica Hernanes. “Foi muito comovente ver as crianças correndo atrás do ônibus, para dar tchau e mandar força. Entramos em um túnel do tempo e revivemos nossa infância”, acrescenta Luiz Gustavo. “Só de falar, já me arrepio de novo.” A maioria dos atletas gravou as cenas. “É o tipo de coisa que vamos levar Intenção é ressaltar a união do grupo. Antes do início da partida, o capitão Thiago Silva pediu aos companheiros que jo- gassem por Felipão, que perdeu familiares recen- temente. A seleção brasileira conquistou o tetracampe- onato mundial em 1994 com o time entrando em campo de mãos dadas. Vinte anos depois, na Copa do Mundo disputada em sua casa, um novo ges- to de união na saída dos vestiários foi adotado: os jogadores esticam os bra- ços no ombro do colega à frente. A novidade apareceu pela primeira vez quando o time pisou no estádio de Itaquera antes de vencer a Croácia na estreia da competição. “É um ritual novo, braço no ombro, meio que da época de escola, uniformizado”, explicou Thiago Silva, que ouviu David Luiz para im- plantar ação. Acesso aos jogos da Copa do Mundo em São Paulo será realizado pre- ferencialmente por meio do metrô e dos trens metropolitanos. Em caso de persistência da greve dos metroviários, sistema emergencial de transporte coletivo será acionado A Prefeitura de São Paulo, por meio da SP Copa, e o governo do estado reiteraram no dia 9 que torcedores terão acesso aos jogos da Copa do Mundo realizados na Arena Corinthians, em Itaquera, por meio de transporte coletivo, pre- ferencialmente por meio do metrô e dos trens me- tropolitanos. Em caso de persistência da greve dos metroviários, um sistema emergencial de transpor- te coletivo será acionado. Todo o alinhamento foi feito. Nós estamos com- pletamente alinhados aos governos federal e ao go- verno estadual para pres- tar o serviço necessário para termos um grande espetáculo. Todos os ser- viços têm protocolos espe- cíficos para determinadas Copa dos Sonhos ocorrências. O que nós te- mos que fazer é acioná-los a partir das necessidades. Temos os riscos calculados e as respostas imediatas dimensionadas a partir deles”, afirmou o prefeito Fernando Haddad duran- te apresentação do plano operacional de mobilida- de em São Paulo durante a Copa do Mundo. A vice-prefeita e coor- denadora da SP Copa (Co- mitê Integrado de Gestão Governamental Especial para a Copa do Mundo de Futebol de 2014), Nadia Campeão, ressaltou que o governo vai reagir caso a greve dos metroviários continue e dificulte o aces- so dos torcedores da Arena Corinthians. “Sobre mobi- lidade, a coordenação da Copa em São Paulo dá a orientação de que a maior parte do público se dirija à arena pelo sistema de trilhos, pelo trem e pelo metrô. Isto nós vamos garantir a todos que fo- rem para lá. Se o transtorno existir, nós vamos reagir à altura do que precisa ser feito”, afirmou. A recomen- dação aos torce- dores é que pro- curem utilizar o transporte públi- co para ir aos jo- gos. É aconselha- do que comprem os bilhetes de ida e volta com ante- cedência e verifi- quem qual entra- da do estádio de- vem utilizar. Para ingressos que têm acesso à entrada oeste, deve ser utilizada a esta- ção Artur Alvim do metrô, na linha 3-Vermelha. Já para a entrada leste, o torcedor deverá utilizar o Expresso Copa na linha 11- Coral da CPTM, com desembarque na estação Corinthians-Itaquera. A viagem de trem entre Luz e Corinthians-Itaquera tem tempo estimado de viagem de 19 minutos e as partidas ocorrem a cada oito minutos. Segundo a SPCopa reitera que torcedor deve usar transporte público para jogos na Arena Corinthians coordenadora da secre- taria executiva do Comitê Paulista para a Copa de 2014, Raquel Verdenacci, o deslocamento dos tor- cedores é compatível com a capacidade de transpor- te do metrô e dos trens. “Diariamente, cerca de três milhões de viagens são realizadas utilizando o metrô e a CPTM, passando em frente ao estádio. Para a Copa do Mundo estamos falando de uma operação de ida e volta de cerca de 100 mil pessoas”, afirmou. Raquel ressaltou que um sistema alternativo por meio do Paese foi testado no segundo evento teste no estádio, ocorrido no dia 1º de junho. A ligação do Aeroporto Internacional de Guaru- lhos ao metrô será feira por meio das linhas de ônibus Airport Bus Service e Metrô Tatuapé da EMTU. O aeroporto de Congo- nhas será conectado com o metrô São Judas pela linha 609J/10 da Sptrans. Há ainda a opção de utili- zar táxis, que terão acesso aos bolsões de embarque e desembarque em área pró- xima ao estádio. Pessoas com deficiência ou mobi- lidade reduzida poderão utilizar gratuitamente as vans do serviço Atende, que ligarão o terminal Urbano de Itaquera ao estádio. Também estarão à disposição deste público vagas de estacionamento especiais. Bloqueios: nos dias de jogos na Arena Corin- thians o acesso ao entorno será restrito a torcedores com ingressos, moradores e veículos credenciados. As vias serão bloqueadas 6 horas antes do início dos jogos e desbloqueadas 2 horas depois. Haverá tam- bém alteração em todas as linhas do transporte coletivo que se dirigem ao Terminal Itaquera. Todos os detalhes da área de restrição estão disponíveis para consulta no site da Companhia de Engenha- ria de Tráfego. Haverá seis pontos de verificação veicular, em que será per- mitido somente o acesso de veículos credenciados, e 26 bloqueios operacionais, em que será totalmente proibida a circulação. Seleção lança ritual: mão no ombro do colega para entrar em campo “A ideia veio de um amigo meu e do David. O David veio me mostrar, perguntou o que eu acha- va e decidimos implantar porque víamos que era uma coisa interessante, que não podemos deixar passar”, afirmou o capi- tão, mantendo em segre- do o nome do verdadeiro idealizador. O braço no ombro do colega é uma atitude de união que supera o abraço envolvendo todos durante o hino nacional, cantado com apoio da torcida mes- mo quando sua execução é paralisada no sistema de som. “O hino cantado pela torcida influencia muito, mas os adversá- rios estão um pouco mais preparados para isso”, falou Thiago Silva.”Já foi criada (na Copa das Con- federações) a história de cantarmos o hino juntos e abraçados e, agora, vamos entrar assim para mostrar que estamos juntos. Não temos que demonstrar nada para ninguém, mas causa boa impressão por- que mostra que estamos juntos em todos os mo- mentos, independente- mente do que acontecer”, continuou o capitão. A promessa de união fiel vale também para Luiz Felipe Scolari. Na saída dos vestiários do estádio do Corinthians, Thiago Sil- va pediu aos colegas que jogassem pensando no técnico, que sofreu com as mortes de um cunhado e um sobrinho durante os treinos para a Copa. Não à toa, Neymar e quase todos do time correram para abraçar o chefe na comemoração do gol de empate do Brasil. “Tomei a palavra e pedi para a rapaziada fazer uma estreia digna para o nosso professor, que, nos últimos dias, perdeu dois entes queridos da família. É difícil, o coração fica triste, mas tentaríamos sair com a vitória para tentar alegrá- -lo um pouquinho. Graças a Deus, deu certo. Por isso, estávamos um pouco emo- cionados”, relatou. Fifa não punirá árbitro japonês que deu pênalti controverso para o Brasil Apoio da torcida fez jogadores brasileiros chorarem no ônibus sim poderia acontecer em uma Copa do Mundo. O presidente Busacca, entretanto, manteve o seu discurso, lembrou que a Fifa já havia avisado que agarrões seriam punidos, e ironizou quando per- guntado se o juiz poderia ser excluído do torneio: “Por favor, como vamos fazer isso?”. para o resto da vida. Po- deremos mostrar para os filhos, os netos… Foi emo- ção demais”, avalia Oscar.
  6. 6. 1a quinzENA de JUNHo DE 2014Pág 6 No mundo dos sonhos de quem quer fugir das ondas, cachos e excesso de volume o ideal seria poder repetir a progressiva sem- pre que a gente quisesse os cabelos lisinhos e sedosos. Mas a técnica está cercada de polêmicas, envolve pro- dutos químicos poderosos e deve ser repetida em intervalos de no mínimo três meses. Então o que fazer para prolongar ao máximo o efeito da escova progressiva? Muitos espe- cialistas não recomendam e até não incentivam o uso da progressiva, pois em longo prazo, o formol que a maioria das fórmulas de progressiva contêm, mesmo em pequenas quan- tidades, vai acabar provo- cando o afinamento dos fios e, consequentemente, a queda. Existem, no en- tanto, alguns cuidados que vão proteger os cabelos, além de prolongar o efeito liso e sedoso e evitar que você caia na tentação de abusar do procedimen- to. Hidratar, cauterizar os fios, usar xampus suaves e neutros devem fazer parte desse pacote de cuidados essenciais. Confira aqui esses e outros conselhos para prolongar o efeito da progressiva e proteger seus cabelos. Tinja uma semana antes Assim como a progres- siva, as tinturas também são à base de produtos químicos que, em excesso ou combinados contribuem para fragilizar os fios. A ordem correta para fazer os dois procedimentos é: tintura alguns dias antes e progressiva em seguida. Hidratação, sempre Manter os fios bem hi- dratados é regra para qual- quer tipo de cabelo, no caso da progressiva, isso é ainda mais necessário. De modo geral, uma ou duas semanas depois do proce- dimento é bom retomar o ritmo de hidratações sema- nais em casa mesmo Fuja dos xampus anti- resíduos A escova progressiva ali- sa temporariamente o ca- belo revestindo os fios com uma camada de queratina líquida combinada com outros produtos químicos que selam o fio. A chapi- nha quente potencializa o alizamento e completa esse processo de selagem os xampus anti-resíduos ou de limpeza profunda, não são “inteligentes”. Em vez de eliminar apenas sujeira e resíduos eles eliminam ‘tudo’ por isso, se quiser prolongar o efeito da pro- gressiva, evite. Modere na lavagem Usando o mesmo prin- cípio, a química da pro- gressiva vai saindo com as lavagens e quanto mais você lavar o cabelo, menos tempo o efeito dura. O ideal seria lavá-los apenas duas vezes por semana no calor, no entanto, isso é quase impossível e nin- guém quer que você saia por aí de cabelo sujo, mas tente manter as lavagens apenas 3 vezes por semana. Seu aliado, o secador Nos primeiros tempos, o efeito da progressiva faz a gente sentir que nem precisa mais de secador, basta sacudir os cabelos e eles ficam naturalmente arrumados. Com o passar dos dias, no entanto, essa sensação vai diminuindo e o secador, ao contrário, pode dar uma ajudinha e ‘reavivar’ o efeito da pro- gressiva. Eventualmente, Além de embelezar, ou- tra função da maquiagem é minimizar e até esconder as imperfeiçõesdorosto,como as marcas de acne. Com os produtos adequados e a correta aplicação, é possível obter uma pele mais bonita e uniforme. Confira: Limpeza Toda maquiagem deve começar com a cútis bem limpa. E, quem tem marcas de acne, não deve fazer diferente use produtos es- pecíficos para esse tipo de pele, principalmente aque- les que ajudam a controlar o excesso de oleosidade. Não dispense o primer Ao mesmo tempo em que fixa a maquiagem, o primer disfarça os poros dilatados. Aplique-o em todo o rosto ou apenas nas regiões onde haja poros di- latados. Quando optar por uma base, escolha aquelas livres de óleo, que deixam a pele com acabamento matte. Corretivo verde faz a diferença O tom verde neutraliza as imperfeições vermelhas, camuflando e uniformizan- do o tom da pele. O segre- do é aplicar uma pequena quantidade e pressionar Na hora de comprar, tenha cuidado, alerta a maquiadora o recomen- dado é escolher um tipo de cílio com alongamento e volume de acordo com o efeito que se deseja, mas sempre levando em conta o formato original dos cílios de cada pessoa. Não adquira um par muito vo- lumoso e curto, se possui os cílios muito longos. Naturais x sintéticos Os cílios feitos com cer- das naturais dão um aspec- to mais leve e não pesam tanto nos olhos. Mas o mer- cado dispõe também dos de cerdas sintéticas bastante semelhantes às naturais – assegura a expert. Não há necessidade de investir em cílios muito ca- ros; eles são reutilizáveis, mas após um tempo de uso devem ser descartados. Pode-se reaplicar um cílio até cinco vezes sem perder o formato. Não recomendo lavá-los após cada uso, pois tendem a deformar por isso, só retire o excesso de cola. Quando colocar os postiços? Os cílios devem ser fi- xados logo após a aplica- ção da sombra e do deli- neador. Para isso, cole-o na pálpebra móvel, em cima da linha do deline- ador bem rente aos cílios naturais. Escolha a cola transparente, nunca a pre- ta, e evite comprar cílios com a colinha agregada à embalagem, porque elas não fixam bem, adverte a maquiadora. Aplique uma camada de cola na tira dos cílios postiços e uma na pálpebra para garantir a total fixação, sem o perigo de caírem. Os pares de cílios são encontrados em formato padrão; se houver neces- sidade de adaptá-lo ao tamanho do seu olho, corte a ponta externa do cílio postiço. A finalização é feita com rímel, para unir o postiço ao natural. E, para retirá-los, basta puxá- -los pela parte externa. Remova a maquiagem e os resquícios de cola com um demaquilante talvez você nem precise usar a escova, basta o jato quente para fazer ‘voltar’ o liso. Tome cuidado, no entanto, para manter o secador a uma distância de pelo menos dois palmos dos fios. Assim o ar quente não danifica a delicada estrutura do cabelo. Dormir com cabelo molhado, jamais Dormir com cabelo mo- lhado é sempre ruim. Para os fios que passaram por processos químicos é ain- da pior. Eles podem se quebrar muito mais facil- mente, sobretudo se, além de molhados, estiverem presos num rabo de cavalo, por exemplo. Evite. Seque um pouco com secador e nunca use elásticos aper- tados no cabelo. Como fazer a progressiva durar mais Cuidados para preservar o efeito liso dos fios e a saúde dos cabelos tratados com a química levemente. Em seguida, passe por cima o corretivo no mesmo tom da pele, pressionando e espalhando suavemente. Efeito matte Existem bases e correti- vos no mercado que con- ferem a aparência de pele matte, ou seja, sem brilho. Mulheres com marcas de acne, facilmente visíveis nas regiões do nariz e ma- çãs do rosto, devem usar esse tipo de cosmético, em creme ou em pó. Evite aqueles extremamente cremosos, pois pode causar diferença na tonalidade da pele, já que os poros dila- tados absorvem o produto. Maquiagem é capaz de disfarçar marcas de acne Cílio postiço deve ser compatível com o original
  7. 7. 1a quinzENA de JUNHo DE 2014Pág 7 Roda VivaRoda Viva Em pleno fim de tar- de do último domingo e no mesmo horário de um grande jogo da Copa do Mundo, cerca de 120 lideranças se reuniram na sede do Grupo Acontece de Jornais e Revistas para participar de um proveito- so debate com o Deputado Federal Roberto Santiago (PSD) e o vereador Police Neto, ex-presidente da Câmara Municipal de São Paulo. Os dois parlamen- tares foram apresentados aos presentes por Divaldo Rosa, Diretor do Grupo Acontece, e Geraldo Malta, Coordenador da Mobiliza- ção dos dois parlamentares na Zona Leste e coube ao jornalista, como anfitrião, fazer a primeira pergunta do Programa Roda Viva do Grupo Acontece. Divaldo Rosa: Depu- tado Roberto Santiago, o senhor foi o relator do projeto que instituiu o Marco Civil da Internet. No que esta lei poderá favorecer as relações dos internautas e os direitos da sociedade civil? Deputado Federal Ro- berto Santiago: Acredito que é necessário ter regras nesta coisa fantástica que é a Internet. Precisamos ter regras para que de fato a verdade seja verdade, por isso é necessário as pessoas terem responsabi- lidade pelo que escrevem e postam, senão será uma atitude antidemocrática. Nesse sentido, o marco ci- vil é fundamental. O Brasil é um dos pioneiros nesta regulação. Quero deixar claro que a ideia não é proibir nada, mas cuidar para que os direitos e de- veres de quem usa a rede sejam garantidos. Mônica da Vila Jacuí: Gostaria de saber o que terá de melhorias na Edu- cação da Zona Leste? Deputado Federal Ro- berto Santiago: Apro- vamos há 20 dias (está no Senado e acredito que antes do prazo eleitoral o presidente irá sancionar a lei), via Câmara dos Depu- tados, 10 % da União para a Educação. Não adianta você falar de Educação de qualidade se você não tem um professor recebendo um salário digno, se você não tem um espaço digno para que a criança estude. Então é fundamental que você tenha recursos e te- nha também uma partici- pação efetiva da sociedade dentro dos conceitos das escolas. Nós também temos um problema cultural no Brasil que é o seguinte: você coloca a criança na escola e acha que é a pro- fessora que irá ser a mãe, que é dever dela educar o filho, mas na verdade quem educa o filho é a família, em sua casa, e isto precisa ser resgatado. Maria Aparecida (en- fermeira): Quais foram as suas ações no âmbito da Câmara dos Deputados para melhorar a saúde pública? Deputado federal Ro- berto Santiago: Estamos trabalhando junto ao go- verno federal o projeto chamado “Saúde Mais 10”, ou seja, 10% da União também para a Saúde. Nós temos um problema de gestão na Saúde do Brasil. A primeira dificuldade é que você investe dinheiro público nas universidades públicas e as pessoas que estão estudando e se for- Deputado Federal Roberto Santiago participa do Programa “Roda Viva” do Grupo Acontece mando, em especial no curso de medicina, não têm compromisso com a socie- dade, a sociedade banca o estudo destas pessoas du- rante 5,6, 7, 8 anos, daí eles saem dali e querem montar o consultório na Avenida Paulista, onde eles poderão cobrar 500, 600 reais em uma consulta. E com isto nós temos um problema gravíssimo na periferia de São Paulo, aliás, não só na periferia, como também nas cidades do interior. Antonio Campanha: É possível, como deputado federal, solicitar que den- tro dos postos de saúde tenha sempre um médico geriatra para atender a terceira idade? Deputado Federal Ro- berto Santiago: Como eu já havia falado, o problema de Saúde é um problema de gestão. Uma das coisas que está ajudando a melhorar a Saúde é o cartão SUS, nós temos problema na Saúde em todos os aspectos, até mesmo na forma como a sociedade utiliza o SUS. Sobre a questão de se ter um geriatra em cada posto de saúde, vou encaminhar a sua reivindicação e tratar de conversar sobre o tema. Dona Maria: Quando uma mulher é diagnosti- cada com câncer de mama, a lei diz que devemos ter 60 dias desta primeira con- sulta até a realização da cirurgia. Faço um apelo ao senhor para que se cumpra esta lei. Deputado federal Roberto Santiago: O Brasil tem muitas leis, se tem coisa que não falta aqui é legislação. Porém, nós temos um gravíssimo problema que se chama judiciário. Nossa justiça de- veria ser sumária, é evidente que as pessoas preci- sam ter o direito de defesa, claro, mas nem tanta defesa, nós temos 6 instâncias para recorrer no Brasil. Precisamos apro- var o judiciário de primeira instância para a justiça de- cidir mais rápido. Alfredo Ras- ta: Sabemos que a cultura é ampla. Dentro do seu mandato, quais são seus projetos para a área cultural? Deputado Federal Ro- berto Santiago: O Neti- nho (Vereador Police Neto) vai poder ajudar muito a partir do próximo ano, quando já for um deputa- do estadual. Veja o caso es- pecífico da Virada Cultural, apesar de ser um evento bastante produtivo no fo- mento da cultura, ele ain- da precisa de ajustes para aprimorar a sua aplicação e direcionar mais para a periferia, que tem grande potencial cultural. Vereador Police Neto complementa: Recen- temente, nós realizamos uma atividade na Zona Norte, chamada Agito Cul- tural. Nossa estratégia foi deixar todas as áreas cultu- rais com as portas abertas durante aquele final de semana proporcionando lazer, cultura e entrete- nimento na comunidade. Esse poderá ser o embrião de futuros grandes even- tos culturais nas periferias da cidade de São Paulo. Ozeias Soares (Pina- coteca do Estado): O que o senhor tem feito pelo Agronegócio no sentido de melhorar a sua logística? Deputado Federal Ro- berto Santiago: Nosso grande problema é que o presidente Juscelino Ku- bitschek fez muitas coisas boas, mas também fez muitas coisas ruins e uma delas foi acabar com o investimento nas ferro- vias e fortalecer a opção por rodovias e a indústria automobilística no Brasil. Hoje precisamos retomar o transporte de carga fer- roviário na região Centro- -Oeste com a construção da Ferrovia Norte-Sul. Em mi- nha opinião, investimento em infraestrutura no Brasil tem que ser privatizado. O Brasil precisa hoje é de uma grande mudança e grandes investimentos no setor ferroviário. Primo Verde: Sobre as ONGs ambientais, por que há tanta dificuldade de receber investimento? Deputado Federal Ro- berto Santiago: O pro- blema da ONG não é só a ONG ambiental ou a ONG da cultura, o problema de ONG no Brasil é o seguinte: o governo injetou recursos dentro das organizações sociais para que elas pu- dessem desenvolver os seus projetos em todas as áreas. O que aconteceu foi que a esculhambação foi tão grande, meteram a mão em tanto dinheiro que o tribunal de contas mandou cortar a verba. Então o que nós precisamos fazer (e que já está sendo feito) é a criação de um novo mecanismo de repasse de recurso, que possa ser tes- tado em alguns pontos do Brasil, para ver se isso vai realmente funcionar. Ana (ONG Força da Mulher): Com tanta vio- lência doméstica, gostaria de saber se tem como a lei Maria da Penha ser mais rígida? Deputado Federal Ro- berto Santiago: Bom, a lei Maria da Penha é uma das leis mais modernas do mundo no aspecto da agressão da mulher, mas existe o problema cultural: como é que uma pessoa se submete a apanhar de cinta dentro de casa e não toma uma providência na vida? A sociedade está ter- ceirizando um problema que é dela própria. Entre construir uma cadeia ou uma escola ou um hospital, o que é mais importante? Claro que é a educação, a saúde. Finalizando o encon- tro, o jornalista Divaldo Rosa, passou a palavra a Geraldo Malta, que falan- do em nome de todas as li- deranças presentes, agra- deceu ao Grupo Acontece de Jornais e Revista por abrir as suas portas em plena noite de domingo, para realizar um debate de tal magnitude e alcan- ce social. Em seguida, o Depu- tado Federal Roberto Santiago agradeceu a oportunidade de poder falar para uma plateia tão seleta: “O que está acon- tecendo aqui hoje é puro civismo, quando mais de 100 lideranças deixam suas famílias e o seu des- canso dominical para vir ouvir dois parlamentares, significa que essas pesso- as acreditam que podem contribuir para melhorar a qualidade da política. E também agradeço a bela acolhida do Divaldo Rosa, que mostrou a importân- cia que tem um jornal de bairro sério e comprome- tido com a sua região”.
  8. 8. 1a quinzENA de JUNHo DE 2014Pág 8 Áries. Poderá se sentir atraí- do por situações emo- cionais conflituosas, mas intensas, poden- do criar instabilidade ao tentar recuperar situações afetivas. Dedicar-se às necessida- des do parceiro é fundamental, mas procure dedicar-se à expan- são profissional nesse período. Touro. Situações do passa- do podem ser uma faca de dois gumes, nem sempre sendo o que esperamos de me- lhor. Progressos ocorrem ao agir com praticidade e crité- rio ao dedicar-se à elevação de sua produtividade. Não pense, aja em função de suas necessidades. Gêmeos. Evite conflitos men- tais procurando ele- var sua auto-estima com certeza de estar muito protegido. Procure to- mar iniciativa em sua profissão mudando o que precisa para obter maiores progressos que serás bem sucedido. O apoio de amizade pode ser fundamental ao equilíbrio. Câncer. Há necessidade de procurar se estabili- zar emocionalmente para ter melhores re- sultados na profissão podendo recuperar situações e receber apoio de amizades em seus empreendimentos. Evite tomar iniciativas impulsivas com afe- tos estando sujeito a enganos. Leão. É preciso ter calma nessa hora, sendo preciso manter o au- tocontrole, para não complicar outros se- tores de sua vida. Seja racional e cuide do que precisa de imedia- to, sem preocupar-se com nada, só com o equilíbrio emocional. Virgem. Toda transformação é dolorosa quando importante para cres- cimento interior, no- vos horizontes lhe propiciarão uma vida mais feliz, não tema as mudanças aproveitando as oportunidades que surgem e sem preocupação. É preciso va- lorizar o que tem importância. Libra. Decisões impulsi- vas não levando em conta seus dese- jos e sentimento só criarão instabilidade. Oportunidade de novos planos e projetos devem lhe auxiliar nas transformações do momen- to, facilitando os progressos profissionais e financeiros. Escorpião. Qualquer pressão que você esteja sentindo terá como ponto de equilíbrio sua estabilidade in- tima espiritual e racional. Não deixe que os pensamentos confusos assumam o comando de suas iniciativas, se apóie nas amizades para recuperar situações profissionais. Sagitário. Racionalidade e bom senso facili- tam recuperar situ- ações profissionais e financeiras. Progresso ocor- re com uma atitude menos egocêntrica voltada para os interesses pessoais em sinto- nia com o coletivo. Mude suas atitudes com afetos que tudo irá fluir com harmonia. Capricórnio. Hora de concen- trar-se na profissão para anular confli- tos com parceiros e afetos não permitindo que as emoções dificultem. Os progressos ocorrem com ra- cionalidade e bom senso na condução de suas ações, pois sua expansão depende disso. Aquário. Instabilidade emocio- nal diante de pensa- mentos do passado e problema de família, devendo cuidar da saúde para não complicar mais sua situação. Decisão baseada em pressões só criam mais pressão e instabilidade. Peixes. Tentar recuperar situ- ações perdidas pode lhe atrair, mas nem sempre lhe favorece evolutivamente, pois a insatis- fação do passado também vem junta. Dedique-se a se transfor- mar na forma de compartilhar seus recursos em suas relações valorizando mais o parceiro. Apesar de a Copa dispu- tar espaço com o dia dos namorados este ano, nada impede os casais apaixona- dos de curtirem essa época fofa do ano trocando pre- sentes e carinhos. Pensan- do nisso, a editora Thomas Nelson traz livros com dicas para todos os tipos de pombinhos: desde aqueles que estão no início do na- moro e querem aprender mais sobre essa fase até aqueles mais experientes, que procuram mais  dicas para reacender a paixão do início de relacionamento. Amor Verdadeiro Quase todo mundo so- Entre os dias 10 de junho e 31 de julho, o Memorial da Inclusão re- cebe a exposição “Amor ao Futebol”. A mostra, criada pela Associação de Assistência à Crian- ça Deficiente (AACD) e pela Associação dos Pin- tores com a Boca e os Pés (APBP), apresentará obras que ilustram os momentos históricos da modalidade. A exposição é voltada para pessoas com e sem deficiência e contará com recursos de audiodescri- ção e recursos de legenda com caracteres ampliados em braile para estimular e ampliar o conhecimento e a apreciação da arte por meio de todos os sentidos. O Memorial da Inclusão aborda cada uma das qua- tro deficiências - auditiva, visual, intelectual e física No mês da Copa, Memorial da Inclusão recebe exposição sobre futebol “Amor ao Futebol” traz obras de artistas da AACD  e da Associação dos Pintores com a Boca e os Pés – e conta com atrações como a Sala Preparatória dos Sentidos: um local escuro com painéis de texturas diversas, alteração de temperatura e sensores sono- ros e olfativos. O espaço também pode ser visitado através do site www. memorialdainclusao.sp.gov. br. Por meio de uma platafor- ma 3D, os visitantes se sentem dentro do Memorial e podem acessar textos e áudios em três versões, português, inglês e espanhol. Inaugurado no dia 3 de de- zembro de 2009, o Memorial da Inclusão: os Caminhos da Pessoa com Deficiência tem o propósito de reunir em um só espaço foto- grafias, documentos, manuscri- tos, áudios, vídeos e referências aos principais personagens, às lutas e às várias iniciativas que incentivaram as conquistas e melhores oportunidades às pes- soas com deficiências. Livros dão dicas para manter a chama do relacionamento acesso nha com o dia do casamen- to — o vestido ou o terno, a festa, as alianças, a lua de mel. Entre os que realizam esse sonho, porém, nem todos podem afirmar com convicção que o “sim” é dito ao cônjuge certo, à pessoa que representa o verdadeiro amor de sua vida, principalmente con- siderando o alto índice de separações.  Amor de verdade dura para sempre Gary Smalley faz um convite irrecusável a todos os casais: que tal abrir o coração, seguir algumas orientações importantes e ouvir histórias inspiradoras de amor para ficar eterna- mente apaixonado por seu cônjuge? O primeiro pas- so é ser apaixonado pela vida, só assim é possível direcionar o nosso amor para alguém. O segundo é fortalecer a confiança, a intimidade e a cumplicida- de a dois. Casamento é uma bênção Ao contrário do que se diz hoje em dia, é possível ter um casamento bom, saudável, compensador e duradouro. O segredo é convidar o Autor da vida a compartilhar cada mo- mento de um percurso que começa com as mãos que se unem no altar e perma- necem unidas em qualquer circunstância. 120 minutos para blindar seu casamento Pode parecer exagero, mas em um minuto (sim, apenas um minuto) somos capazes de atitudes com potencial para modificar a vida para sempre. E, quan- do se trata de casamento, uma palavra dita na hora certa, uma pequena mu- dança de comportamento ou mesmo a leitura da página de um livro podem fazer toda a diferença. 

×