Ermelino178

270 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
270
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ermelino178

  1. 1. PÁG. 7 PÁG. 5 raleste@gmail.com - Tel. 2031-2364 2a quinzena de abril DE 2014Ano IX - Número 179 Distribuição Gratuita www.aconteceleste.com.br Ermelino Matarazzo teve o registro de 12 casos de dengue e Pon- te Rasa 19. Segundo uma internauta de Er- melino Matarazzo, a SUVIS não esta dando a devida atenção para o caso. O registro de casos de dengue nes- te ano em São Paulo aumentou em 15,4% na comparação com o mesmo período de 2013. A comparação é feita considerando as notificações recebidas nas primeiras 13 sema- nas epidemiológicas e pode variar na medida em que os casos são no- tificados pelas unidades de saúde. Ermelino Matarazzo registra foco de dengue na região Governador libera ao tráfego obra do Complexo Viário Polo Itaquera O governador Geraldo Alckmin visitou nesta terça-feira, 29, o Complexo Viário Polo Itaquera e liberou ao tráfego a passa- gem inferior da Rua Dr. Luis Aires (Radial Leste), o “Mergulhão”. Trata-se de uma nova via expressa, sob a principal avenida da região, que segregará o trânsito local do de passagem, ordenando o tráfego e melhorando a mobilidade ... Felipão diz que protestos na Copa pode atrapalhar todo ambiente da seleção brasileira Subprefeitura de Ermelino Matarazzo realiza melhorias em seus distritos Diversas obras estão em andamento para proporcionar melhores condições aos moradores dos distritos de Ermelino Matarazzo e Ponte Rasa, confira o que mudou no seu bairro na.... PÁG. 3 PÁG. 3 PÁG. 7 PÁG. 4
  2. 2. 2a quinzENA de abril DE 2014Pág 2 ITAIM PAULISTA - F.: 2025-7777 - AV. MARECHAL TITO, 7003 ALPHAVILLE / BARUERI / CARAPICUÍBA / FRANCISCO MORATO / FRANCO DA ROCHA /ITAQUERA/ LIBERDADE / MAIRIPORÃ / MAUÁ / PIRITUBA / SANTO AMARO / SANTO ANDRÉ / VILA MARIA Respeite os limites de velocidade. CG Fan ESDI 150 14/14 a/v 8.020, ou entr. 2.700,+48x199, (t.prazo 12.252,). Titan EX 150 14/14 a/v 9.130, ou entr. 2.900,+48x235, (t.prazo 14.180,). CB 300R 14/14 (Standard) a/v 13.600, ou entr.5.250,+48x300, (t. prazo 19.650,). Lead 14/14 a/v 7.290, ou entr. 2.200,+48x190, (t.prazo 11.320,). Tabela sujeita a alteração sem prévio aviso, conforme política de comercialização da fábrica. Consulte todas as informações em nosso showroom. Juros 2.75% a.m. (38,48% a.m.) Banco Honda (TC R$ 496,).CET máximo 52,85% a.a. TC e IOF inclusos. Promoções válidas somente para os modelos anunciados até o término do estoque (2 unidades de cada). Ofertas não cumulativas com outras. Imagens ilustrativas. Promoção Vem Que Tem válida de 08/03/2014 a 30/05/2014. Consulte data de sorteio e demais formas de participação no site: hondavemquetem.com.br/como_participar ou nas concessionárias participantes. Certificados de Autorização CA CAIXA 4-0132/2014 / 4-0140/2014 / 1-0138/2014. Imagens ilustrativas. Reservamos o direito de corrigir possíveis erros gráficos e de digitação. Reservamos o direito de corrigir possíveis erros gráficos e de digitação. JAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOwww.japauto.com.br CONCORRA A 5 MOTOS POR SEMANA TITAN 150 EX MENSAIS 235,00 + ENTRADA LEAD MENSAIS190,00 + ENTRADA MENSAIS 235,00 + ENTRADA LEAD MENSAIS + ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA FAN 150 ESDI MENSAIS 199,00 + ENTRADA 90,00 FAN 150 ESDI NA JAPAUTO VOCÊ FAZ UM ÓTIMO NEGÓCIO! CB 300R MENSAIS 300,00 + ENTRADA CONCORRA A 5 MOTOS POR SEMANA Tiragem desta Edição 25.000 exemplares Circulação: Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa, Vila Cisper, Vila União, A.E Carvalho, Jardim Pedro Nunes, GUARUlHOS, PENHA e Cangaiba Diretor Geral: Geraldo Malta Diretor de Redação: Divaldo Rosa - MTb: 42448 As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos diretores, colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. REDAÇÃO/publicidade: 2031-2364 / 2513-0928 Revisora: Suseli Corumba dos Santos Diretor de Arte: Sergio Avante Avenida dos Guachos, 166 - Cep: 08030-360 - São Paulo – SP - raleste@gmail.com O jornal de Ermelino & Ponte Rasa é Filiado à AJORLESTE Associação dos Jornais da Zona Leste Acontece Agora Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 03.115.443/0001-16 Jornalista: Silmara Galvão Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Quando sua empresa diz não ao trabalho infantil, muita gente pode dizer sim para sua marca. Invista nas crianças e adolescentes do Brasil e tenha o selo de reconhecimento da Fundação Abrinq. Seja uma Empresa Amiga da Criança. Saiba mais pelo site www.fundabrinq.org.br/peac ou pelo telefone 11 3848 4870 Uma iniciativa: Anuncio_PEAC_14-08-2013.pdf 1 02/09/2013 17:23:19 SUB PREF. DE ERMELINO Av. São Miguel, 5550 Ermelino Matarazzo-SP BANCA RDS Av Aguia de Haia, 4085 Jd Cotinha-SP José Américo (*) Se alguém perguntar qual a necessidade do Brasil ter uma “Constitui- ção” para a comunica- ção via internet - como foi batizado o Marco Civil aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado -, a resposta salta aos olhos. Afinal, estamos falando de um país com mais de 100 milhões de internautas, quase 60% destes morado- res de grandes municípios da região Sudeste, como São Paulo. Trata-se de um mercado que absorveu, em 2013, quase 8 milhões de tablets, com perspectiva de 11 milhões de unida- des para este ano. O fato é que a velocidade da  dis- seminação da comunicação eletrônica e o potencial do novo mercado está mexen- do com o jornalismo, com a educação, com os partidos políticos e mesmo com o cotidiano das cidades. Não bastassem o inevi- tável avanço tecnológico e a realidade econômica, cabe lembrar ainda que aspectos como o direito à privacidade e, ao mes- mo tempo, a  garantia da liberdade de expressão, merecem uma atenção es- pecial por parte de toda a sociedade. No caso dos capítulos mais polêmicos do Marco Civil, cabe ressal- tar que decisões delicadas serão mesmo resolvidas na esfera judicial. Na prática, um site apenas poderá ser obrigado a retirar um con- teúdo do ar por decisão de um juiz. Dessa maneira, o pro- vedor que abriga determi- nada rede social alvo de denúncia documentada somente será responsabili- zado caso deixe de cumprir a determinação da Justiça. Trata-se de aspecto relevan- te, sobretudo se levarmos em conta que estamos em pleno ano eleitoral, quando abusos podem ser cometi- dos na busca de derrubar (ou alçar) a imagem de candidatos. Nesse sentido, regras (as mais claras pos- síveis) são fundamentais para que a lei e o bom senso prevaleçam nos momentos de temperatura política elevada. O que não se pode es- quecer é o enorme passo que o Brasil deu com a apro- vação do Marco Civil na in- ternet. Afinal de contas, é muito importante garantir a liberdade de expressão e, a um só tempo, evitar abusos difamatórios com as novas ferramentas de comunicação. Mas estas, a nosso ver, são importantes para canalizar a voz das ruas dos movimentos au- tênticos que estão vivos nas cidades e que representam elemento-chave no proces- so de democratização da informação.  (*) O autor é presidente da Câmara Municipal de São Paulo. Contato: joseameri- co@camara.sp.gov.br Marco Civil na Internet e a democracia A Supervisão de Cultura em parceria com o Instituto do Texto promoverá no mês de abril palestras gratuitas, a serem realizadas no Centro Cultural Casa da Memória, antiga Casa do Chefe da Estação, e que irão abordar a elaboração de redação científica para monografias e trabalhos de conclusão de curso, bem como a redação e gramática voltada para concursos públicos.  Segundo os organizado- res, a comunicação é algo essencial ao ser humano e, atualmente, com os avan- ços tecnológicos, isso é de suma importância. “Ser um Palestras gratuitas auxiliam estudantes universitários da Zona Leste Além dessas, outra palestra visa também preparar alunos para produzirem uma boa redação e gramática voltada para concursos públicos bom profissional e ter suces- so depende muito de como utilizamos a linguagem”, explica o Supervisor de Cul- tura da região, Gabriel de Oliveira. Segundo ele, es- crever bem é uma exigência cada vez mais urgente para ingressar ou se manter no mercado de trabalho. E mais, seja para passar em um con- curso público ou redigir um texto simples, se expressar de maneira adequada, sem deixar qualquer ambiguida- de ou dúvida, é fundamental para se obter o resultado desejado na comunicação”, conclui o mesmo.  A palestra será sobre a elaboração de redação científica para monografias e trabalhos de conclusão de curso exigidos pelas escolas. O público alvo são os alunos que estejam cursando nível superior em faculdades locali- zadasnaZonaLeste.Segundo a organização do evento, muitas vezes apenas o orien- tador e – ou professor - da instituição não é suficiente para oferecer um suporte prático e efetivo na constru- ção do texto acadêmico. Por esse motivo, essa palestra visa então sanar as dificuldades encontradas nessa etapa con- siderada tão angustiante no caminho acadêmico. Com isso, as explicações auxiliam tanto na estruturação, quan- to no conteúdo do estudo, já que os Trabalhos de Con- clusão de Curso (conhecido como TCC’s) são vilões para muitos estudantes.  O conteúdo do labo- ratório aborda por onde começar, onde pesquisar, como analisar dados, além de explicar como utilizar as normas da ABNT de ma- neira correta, ensinando também a construir o texto, entre outros. Tais dúvidas atormentam e torturam o concluinte. A novidade que o Instituto do Texto oferece pode ser a saída para quem se encaixa nesse perfil, pois oferece direção específica para a elaboração de textos e TCC’s. A instituição pode oferecer uma orientação detalhada desde a perti- nência do tema até a apre- sentação em banca. Um bom direcionamento pode fazer de qualquer pesquisa uma referência de excelên- cia para trabalhos futuros. Portanto, a palestra de redação acadêmica e de monografias, indicado para universitários, tem como objetivo apresentar as nu- ances específicas desse tipo de texto, desde a escolha dos temas, passando pela análise de dados, até che- gar na construção textual final. A Prefeitura de São Paulo começou no dia 22 a Campa- nha de Vacinação contra o vírus Influenza (gripe). Até o dia 9 de maio, pessoas com 60 anos ou mais, profissionais da saúde, gestantes, crianças (de 6 meses a menores que 5 anos), mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias, indígenas e portadores de doenças crônicas poderão se vacinar gratuitamente na rede municipal de saúde. A meta é vacinar 2,5 milhões de pessoas durante a Campanha, correspondente a 80% do público alvo. A vacina Além de proteger contra Vacinação contra vírus da gripe começa em SP a gripe, a vacina re- duz o risco de com- plicações respirató- rias e pneumonia. São necessárias duas semanas para que comece a fazer efei- to. Por este motivo a campanha aconte- ce no outono, para oferecer proteção no inverno, quando ocorre maior circula- ção do vírus creções respiratórias. Me- arejados, também ajudam na prevenção da gripe. É importante que as pessoas saibam que a vacina não causa gripe. Ela nunca provocará este tipo de reação porque na sua composição existem apenas partículas de vírus mortos. Uma pequena parcela de vacinados pode apresentar dor discreta no local da aplicação, febre baixa, dores musculares e mal-estar em até dois dias após a aplicação, o que não a contraindica. A vacina estará disponí- vel nas unidades de saúde. A relação dos postos pode ser consultada pelo telefone 156 ou no site (http://www. prefeitura.sp.gov.br/cidade/ secretarias/upload/chama- das/postos_permanentes_ jul_2013_1374610113.pdf) didas simples como: lavagem frequente das mãos, uso de lenços descartáveis, cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar, manter os ambientes
  3. 3. 2a quinzENA de abril DE 2014Pág 3 A coordenadoria de obras da subprefeitura, está reali- zando diversas obras nas ruas, pontes e avenidas prin- cipais das regiões de Ermeli- no Matarazzo e Ponte Rasa. Essas intervenções têm como principal finalidade: A maior e mais rápida escoação de águas de chuvas nos córregos locais, revita- lizações de praças públicas, mudanças realizadas nas ave- nidas, ruas e praças visando possibilitar uma melhor aces- Ermelino Matarazzo teve o registro de 12 casos de dengue e Ponte Rasa 19. Segundo uma internauta de Ermelino Matarazzo, a SUVIS não esta dando a devida atenção para o caso. O registro de casos de dengue neste ano em São Paulo aumentou em 15,4% na comparação com o mes- mo período de 2013. A com- paração é feita consideran- do as notificações recebidas nas primeiras 13 semanas epidemiológicas e pode variar na medida em que os casos são notificados pelas unidades de saúde. Até o momento, foram notificados 1166 casos de dengue em 2014, o que resulta em uma taxa de incidência de 10,4 (casos para cada 100 mil habitan- tes) considerada baixa, de acordo com o Ministério da Saúde. Em 2013, foram registrados 2.617 casos e índice 23,3. De acordo com o secretá- rio municipal de Saúde, José de Filippi Jr., a ausência de chuvas neste Verão atrasou o aparecimento e transmis- são da doença, já que as Ermelino Matarazzo registra foco de dengue na região larvas do mosquito Aedes aegypti dependem da água para chegarem na fase adul- ta, quando o mosquito se torna transmissor da doença. “O que identificamos é que existe uma defasagem em relação aos outros anos de duas a três semanas. Temos de nos preparar porque o pico que acontecia em mar- ço, vai acontecer em abril”, explicou o secretário. Segundo o secretário José de Filippi Jr., em cerca de 30% das residências as pessoas se recusam a rece- ber os agentes da Prefei- tura. “Quero tranquilizar a população. Quando os agentes chegam em suas casas estão fazendo a ação mais importante de saúde: a prevenção”, afirmou. Em toda cidade, até a semana passada, foram re- alizadas as seguintes ações: - Orientação em 272 mil imóveis (panfleto) - Visitas e bloqueios de criadouro em 107 mil imó- veis; - Nebulização em 11 mil imóveis (aparelho costal); - 120 mil visitas de casa em casa - 6 mil ações em pontos estratégicos (desmanches, ferro velhos, floriculturas, borracharias, etc) Detalhamento de notificações Dos 98 distritos da capital paulista, cinco apresentam alto índice de incidência. No Jaguaré, foram registra- dos 208 casos e o índice é de 417,1, considerado alto. Na Lapa, foram 112 casos e índice de 170,4, consideran- do médio. Em Rio Pequeno foram notificados 114 casos e o índice é 96,2, limítrofe para médio. Outros dois distritos, Tre- membé, na zona norte, com 38,5 casos por 100 mil habitantes; e Vila Jacuí, na zona leste, com 30,2 casos, também apresentam índices acima da média da cidade. Ambos fazem limite com o município de Guarulhos. Os dados detalhados (por ano e subprefeitura) são variáveis. As unidades de Saúde públicas e priva- das são responsáveis pelo envio das notificações para as Supervisões de Vigilância em Saúde que analisam os casos e lançam no sistema federal (SINAN). Na sema- na passada, a cidade ainda tinha notificações inferiores ao mesmo período do ano passado, mas com o indicati- vo de alta nos distritos men- cionados, na Zona Oeste. “Vamos dar todo o apoio e com isso, aperfeiçoar essa ação preventiva em conjun- to. Foram feitas poucas ope- rações Cata Bagulho, três e nós podemos fazer mais na questão do entulho, resto de obras, de material de fora do espaço público que são propícios para a reprodução do mosquito. Vamos fazer ação focada e com muita determinação nessa região”, afirmou o secretário. Óbito – Informação atu- alizada em 7 de abril: A Se- cretaria Municipal de Saúde confirmou nesta segunda o primeiro óbito por dengue grave no município. I.B., 6 anos, morreu na quarta (2 de abril). A criança foi levada ao Pronto-Socorro Municipal João Catarin Mezomo (Lapa) no dia 31 de março, com re- lato de febre há cinco dias, vômito e dor abdominal. Recebeu hipótese diagnósti- ca de dengue. Foi acolhido, avaliado, medicado e assisti- do até a transferência para UTI do Hospital Universitário da USP no dia 1º de abril. O governador Geraldo Alckmin visitou nesta terça- -feira, 29, o Complexo Viário Polo Itaquera e liberou ao tráfego a passagem inferior da Rua Dr. Luis Aires (Ra- dial Leste), o “Mergulhão”. Trata-se de uma nova via expressa, sob a principal avenida da região, que se- gregará o trânsito local do de passagem, ordenando o tráfego e melhorando a mobilidade na região. O Mergulhão está loca- lizado em frente às esta- ções do Metrô e da CPTM e próximo ao estádio do Corinthians. A passagem faz parte do conjunto de obras do Complexo Viário Polo Itaquera, gerenciadas pela Dersa – Desenvolvimento Rodoviário S/A. “Aqui havia um semáforo que interrom- pia o trânsito na Radial Leste. Agora, com o túnel, [o trá- fego] vai direto, e em cima continua o trânsito local”, destacou o governador Al- ckmin. “Ganha quem está na Radial, que passa pelo túnel Governador libera ao tráfego obra do Complexo Viário Polo Itaquera Foi liberada a passagem inferior da Rua Dr. Luis Aires (Radial Leste), próxima ao estádio do Corinthians a necessidade da volta pela avenida Líder; - Conjunto de viadutos sobrepondo os trilhos do Metrô, CPTM e avenida Ra- dial Leste, que permitirá a transposição fácil da porção norte à sul do bairro; - Nova avenida ligando a avenida Itaquera à aveni- da Miguel Inácio Curi, que facilitará o acesso da Radial Leste e da estação Corin- thians-Itaquera a partir das avenidas Itaquera e Líder. O investimento total no empreendimento é de R$ 548,5 milhões. As obras foram viabilizadas por meio de convênio entre Governo do Estado, que investiu R$ 397,9 milhões para cobrir as obras e o projeto, e a Prefeitura de São Paulo, que colabora com R$ 150,6 mi- lhões direcionados à desa- propriação e compensações ambientais. sem interrupção, e ganha o trânsito local, que será feito por cima do túnel.” O Complexo Viário Polo Itaquera terá um papel im- portante na mobilidade do bairro, atendendo demandas atuais e futuras, como aque- las advindas da instalação de novos equipamentos públicos e privados na região: Fatec, Senai, uma nova rodoviária e a Arena Corinthians, sede dos jogos da Copa do Mundo em São Paulo. O novo viário per- mitirá também a integração das regiões norte e sul de Ita- quera, separadas atualmente pelas linhas do Metrô e da CPTM, encurtando o trajeto atual em cerca de 60%. Além do Mergulhão, in- tegram o Complexo Viário as seguintes vias, as quais aguar- dam a conclusão de outras obras realizadas na região para serem definitivamente liberadas ao tráfego: - Nova avenida no senti- do norte e sul, que interliga as avenidas José Pinheiro Borges e Radial Leste à ave- nida Itaquera, eliminando sibilidade (rebaixamento de calçadas e travessias) para ca- deirantes e deficientes visu- ais, construção de sarjetões, operação “tapa-buraco”, limpeza de ruas, praças, po- das de grama em canteiros, praças e terrenos municipais. Além disso, estão sendo re- alizadas limpezas manuais e mecanizadas de bueiros e bocas de lobo, limpeza de córregos, poda do mato de suas margens e demais ações de manutenção. Subprefeitura de Ermelino Matarazzo realiza melhorias em seus distritos Diversas obras estão em andamento para proporcionar melhores condições aos moradores dos distritos de Ermelino e Ponte Rasa, confira a seguir o que mudou no seu bairro
  4. 4. 2a quinzENA de abril DE 2014Pág 4 O deputado federal Ro- drigo Garcia, após deixar o governo do estado onde ocupava o cargo de secre- tario de desenvolvimento econômico, iniciou a sua caminhada pela zona leste objetivando novas alianças que o ajudem a solidificar e ampliar a sua liderança na capital. O Grupo Acontece de Jor- nais e Revista acompanhou uma dessas reuniões em São Miguel, onde o parlamentar visitou o empresário GIL Deputado Federal Rodrigo Garcia visita lideranças na zona leste DO GÁS, um dos maiores revendedores de gás do Brasil e vereador da cidade de Arujá. Neste encontro es- teve acompanhado pelo seu assessor Paulo Alves e pelo Dr. Sergio Rosa, conhecida liderança da região. Gil do Gás recebeu o Deputado Rodrigo Garcia com grande entusiasmo e firmou compromisso em ajudar o nobre deputado do DEM, (Partido Democrata) a fortalecer suas bases na região leste, tendo em vista o seu potencial de grande liderança do estado de São Paulo no contexto estadual. Gil do Gás deixou claro que não pretendia apoiar mais nenhum político, em razão de decepções do passado recente, mas a credibilidade do deputado o convenceu do contrário. Aproveitando a oportunidade, Divaldo Rosa, diretor do grupo Acon- tece, convidou o deputado a comparecer à sede do grupo e participar do programa Roda Viva. Fernando Fantauzzi for- malizou a intenção de se candidatar à vaga de Ge- raldo Alckmin (PSDB) na última terça-feira (8) e dis- parou contra Skaf. “Meu concorrente entrou outro dia no partido. O líder do PMDB tem que ter histó- ria na legenda. Barão da indústria e não entende desegurança pública, pois quando questionado foge do assunto. Assim como o governador atual que tam- bém não entendeu”, criticou Fantauzzi, durante encontro com apoiadores na última semana, quando chegou a região em um tanque de guerra despertando a atenção dos transeuntes. “São Paulo está na UTI. Pré-candidato em São Paulo, Fantauzzi prega resgate do PMDB Sou o candidato melhor preparado  para combater a criminalidade no Estado”, afirmou aos presentes. Com apoio de nomes, como o ex-prefeito de Osas- co, Francisco Rossi; e o depu- tado Bebeto Haddad, Fan- tauzzi frisou que o partido não é mais o mesmo e uma das missões deste movimen- to é resgatar a imagem do PMDB na política brasileira.  “Começo a observar  o histórico do partido e vejo que aqueles que contri- buíram com a legenda estão junto comigo, pois estão sendo esmagados e humilhados pela cúpula peemedebista. O PMDB não será comprado, pois não vamos aceitar. Vou adotar o lema ‘tolerância zero’”, completou. “Não estou contra nin- guém, mas estou a favor do Fernando que vejo como uma alternativa dentro do partido. Uma oportunidade para resgatar a imagem do partido, que hoje está ar- ranhada. Graças a falta de liderança”, afirmou Francis- co Rossi, que lembrou o ex- -governador Orestes Quér- cia, que presidiu o PMDB estadual até 2010. “Ele era um municipalista. Deixava todos darem suas opiniões e abria oportunidades dentro do partido”, enfatizou. “Ele foi um ídolo. Foi um grande governador e um homem simples. Ouvia a todos e sem divergências”, concluiu.
  5. 5. 2a quinzENA de abril DE 2014Pág 5 Pensando na saúde dos alunos da rede estadual de ensino, a Secretaria da Educação em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) traçou o primeiro perfil nutricional dos 12 mil estudantes entre 6 a 18 anos de idade. A amostragem revelou que 71% dos alunos estão no peso ideal, no entanto o índice de sobrepeso, que já é algo preocupante em todo o Brasil com 30%, é de 19% em São Paulo. Ainda foi re- velado, que 10% dos alunos estão abaixo do peso. Por meio dos dados da Metade dos usuários de smartphones acredita que a vida social seria muito pior sem eles, apontou uma recente pesquisa. De fato, a proliferação de aplicativos de envio de mensagens deixou a comunicação mais fácil, rápida e informal. O proble- ma é quando essa facilidade em sair por aí disparando ideias gera confusão e abor- recimento. Estes aplicativos permitem que os usuários sejam cada vez mais rápidos e ativos nas suas interações, o que é fantástico. Mas, junto com essas possibilidades, os riscos de interações malsuce- didas e com prejuízos à ima- gem pessoal aumentaram na proporção das facilidades que promoveram. Apontare- mos alguns casos que podem ser observados no dia a dia, confira: Educação É extremamente indelica- do ler ou mandar mensagens pelo celular quando se está interagindo com uma ou mais pessoas em situações sociais ou profissionais. Caso seja impossível, avise que precisa enviar uma mensa- gem, digite o mais rápido possível e guarde o aparelho. Mensagem ou e-mail? Torpedos, aplicativos de mensagens e chats diferem do e-mail porque devem, necessariamente, ser resumi- dos. Mesmo assim, é preciso deixar claro o que se quer comunicar. Precisa escrever mais? Esqueça a mensagem e mande um e-mail. Autocompletar Ao escrever uma men- sagem é bom lembrar os cuidados com o que se es- creve e como se escreve. Educação investe em alimentação saudável de alunos da rede Pesquisa feita em parceria com Secretaria Brasileira de Cardiologia mostra que índice de sobrepeso é de 19%, menor que taxa nacional pesquisa, a Secretaria pre- tende acompanhar de perto os alunos que estão fora do peso, distribuindo car- tilhas com sugestões sobre as porções alimentícias e atividades físicas. A ideia é que compartilhem com suas famílias o conhecimento para também melhorar os hábitos em casa. A Secretaria também está articulando com as redes de saúde para o en- caminhamento do estudan- te fora do peso, caso seja constatada necessidade de intervenção médica. Além disso, também será mantida a distribuição de merendas saudáveis e balanceadas nas escolas. Essas ações fazem parte do programa “Alimentação Saudável”, que teve início no segundo semestre do ano passado, quando cerca 500 educadores capacitados (diretores, vice-diretores, professores coordenadores e professores de educação física) mediram o peso e a altura de alunos e alunas de 128 unidades escolares estaduais do interior, capi- tal e Região Metropolitana de São Paulo. A amostra foi aleatória. Etiqueta do torpedo: o certo e o errado na hora de enviar mensagens pelo celular Mensagens de celular deixam a comunicação mais fácil, mas também geram aborrecimentos e confusões. Saiba evitá-los Correção e precisão no uso e no significado das palavras são fundamentais. Portanto, o mais prudente a fazer é desativar a função que per- mite ao aparelho completar automaticamente a palavra após a digitação das primei- ras letras. Cabeça fria Está furioso com alguém? Jamais ceda à tentação de enviar uma mensagem para o alvo da ira quando está com a cabeça quente. Por mais que você julgue correto dizer o que está sentindo, tenha em mente que pode se arrepender amargamente do que escreveu e enviou sem pensar. Um longo ou vários cur- tos? Concentrar a mensagem toda em apenas um envio facilita a leitura e evita que quem recebe seja importu- nado por diversos alertas seguidos. Se precisar escre- ver mais, mande um e-mail. Olho no olho Assuntos graves ou de grande importância não devem ser discutidos pelo telefone. Mensagem então, nem pensar. Nesses casos, o melhor é encontrar com a pessoa para discutir o assunto. Símbolos e sinais gráficos O cuidado para não parecer grosseiro deve se estender também ao uso de símbolos, tais como interrogações repetidas (?????), exclamações (!!!!!) ou palavras em maiúscula (POR QUÊ?). Na noite de segunda- -feira (28), cerca de 700 li- deres evangélicos, pastores, apóstolos, bispos e lideran- ças comunitárias, estiveram reunidos para comemorar o aniversário de 50 anos do deputado. O evento aconte- ceu na Churrascaria Delluq, localizado na avenida Águia de Haia. Emocionado, Fernando Capez agradeceu a presen- ça de todos. “Estou muito feliz em ter pessoas boas, leais e sinceras que vieram me dar um abraço e mos- trar o quanto gostam de mim. Meus amigos, vocês estão de parabéns pelo belo trabalho missionário que dignifica as famílias e aumenta a autoestima de pessoas que precisam de Deus, eu glorifico a Deus por cada um de vocês e jamais esquecerei de cada amigo, e sei o quanto a igreja representa na so- ciedade, recupera vidas, casamentos, a igreja é um braço do Governo junto à sociedade”, disse ele. O evento foi organizado pelo seu assessor Wellington de Paulo. Deputado Fernando Capez comemora seu aniversário em churrascaria na zona leste Fotos:GetúlioCamargo
  6. 6. 2a quinzENA de abril DE 2014Pág 6 Quer ver sua marca em destaque no maior veículo de Comunicação da Região. Aproveite nossas promoções de anuncios! 2031-2364 2513-0928 Liguee anuncie O doce típico dos casa- mentos é de origem lusitana e chegou ao Brasil com a colonização, e é muito co- mum nos dois países até os dias atuais. Em sua terra de origem a massa é mais pesa- da do que a utilizada pelos brasileiros, mas o recheio é o tradicional doce de leite. Há uma lenda que o bem casado é servido no final das festas de casamento para trazer sorte e prosperidade aos recém casados. A massa composta de ovos, farinha, açúcar e fer- mento começa a ganhar forma quando recebe o tradicional recheio de doce de leite. As variações de em- balagens permitem que ape- sar de ser tão comum a sua utilização nos casamentos, ele tenha um toque diferen- te que faz com que o doce acompanhe a decoração, explica a Chocolatier Sandra Sousa, sócia proprietária da A Chocólatra Doces & Sal- gados. “O diferencial das embalagens ajuda as noivas na composição da decora- ção. O sabor tradicional que Uma nova pesquisa, feita nos Estados Unidos, mos- trou que as famosas “pal- madinhas” nos filhos são muito mais comuns do que imaginamos e que os pais costumam recorrer a elas mais vezes do que admi- tem. No entanto, o estudo também mostrou que bater nas crianças não resolve problema algum, com a O Blush é o responsável por conferir ar saudável à face, realçando o brilho da maquiagem. Mas isso só acontece se a cor do cosmé- tico combinar com o tom da pele. “Caso contrário, o efeito desejado não será conquistado”, explica a ma- quiadora Vanessa Pinheiro, do salão Headmasters, em São Paulo. Para a pele negra, as cores que harmonizam são a terracota, o vinho e o marrom com pigmentos dourados. “Evite o rosa e o cereja e também os tons acobreados e alaranjados, que ficarão muito diferentes da cor da pele, deixando o make artificial”, orienta a maquiadora. Já as mulheres de pele morena devem investir nos tons pêssego, bronze e ce- reja. “Para tirar a palidez, o rosa mais fechado e o rosa pastel ajudam”, comenta a especialista. As cores cereja, rosa e pêssego deixam a pele bran- ca charmosa e natural. “O bronze só fica bonito se o tom de pele for um pouco mais escuro ou amarela- do”, analisa Vanessa. “As branquinhas precisam fugir das cores terracota, vinho e marrom com pigmentos dourados, que pesam o vi- sual”, ensina. Antes de qualquer coisa, vale dizer que essa moda de rotular estilos é muito chata. O ato de se vestir é uma brincadeira, tem que ser tão divertido quanto era brincar de Barbie aos 6 anos provando roupinhas dife- rentes. O mais legal é por ser você mesma a sua boneca e experimentar novos looks e, quem sabe, novas “você” todos os dias. E para entrar na brinca- deira dos estilos, vamos ver alguns e daí conferir qual é o que mais serve para você O primeiro é o estilo român- tico de quem se veste meio menina, meio mulher. Apesar de trazer nas rou- pas bastante delicadeza, meiguice e uma aparente fragilidade, o estilo não é só para menininhas apaixona- das por ídolos adolescentes. Pelo contrário, fica super le- gal em mulheres de todas as idades, ainda mais quando aliados a uma personalidade forte e atrevida, faz um con- traponto interessante. Para acertar nesse esti- lo, é só pensar sempre em leveza.  Já reparou como as princesas parecem estar flutuando? Tenha isso em mente e escolha tecidos finos e esvoaçantes, como chiffon, crepe e seda. Outros elementos que acrescen- tam romantismo ao look são acessórios femininos e delicados com muitos laci- nhos, fitinhas, flores, tiaras no cabelo, cintos fininhos O sabor do casamento: bem casado e suas variações todos estão acostumados a degustar carrega em si o sim- bolismo de sorte para o novo casal, mas em contrapartida as embalagens ajudam a fazer com que aquele casal seja diferente dos outros”. As noivas que confiam na felicidade do casal sem a utilização do doce tradicio- nal podem variar o sabor do recheio ou modernizar com novos doces para a festa. E foi justamente com foco nas noivas que optam pela ino- vação que a Cake Designer Jucélia Souza sócia proprie- tária da Jucélia Bolos Deco- rados começou a variar nas opções de doces e sabores de recheio. “O sabor tradicional ainda é muito utilizado pela simbologia que carrega, mas em contrapartida as noivas buscam inovar. Às vezes elas fazem uma mistura entre o sabor tradicional e outros sabores, Ou então, pedem pelo bolo bombom que é uma variação do bem casa- do com sabores diferentes e cobertura de chocolate”. Existem duas opções bá- sicas que as noivas podem escolher: o bem casado ou o bolo bombom. A opção do doce tradicional pode ter uma variação no recheio ou se optar pelo bolo bombom pode transformar ele em sobremesa. As noivas mais ousadas utilizam ele no lu- gar do bem casado. A parceria entre as em- sempre fica sabendo dos nossos encontros. Quem tiver interesse precisa entrar em contato por telefone para confirmar presença teremos um encontro no dia 18/05”. No próximo mês A Cho- cólatra e Jucélia Bolos De- corados terá um endereço fixo em São Miguel Paulis- ta comenta Jucélia. “Nos- sa parceria aconteceu por questão de complemento, algumas delicias são feitas pela Júcelia Bolos Decorados e outros sabores são fei- tos pela A Chocólatra. Em contrapartida muitas coisas produzimos em conjunto. Essa parceria deu tão certo que resolvemos criar um único endereço para o aten- dimento dos clientes. Nesse espaço teremos a Loja para aqueles que desejam experi- mentar os doces sem precisar participar de uma festa, o Ateliê de Degustação que será o ambiente para que os clientes possam saborear as opções do cardápio e a Fábrica de Delícias que é o nosso espaço de produção dos alimentos”. presas A Chocólatra Doces & Salgados e Jucélia Bolos Decorados, proporciona aos futuros noivos encontros de degustação na região Leste de São Paulo.  Nas Redes Sociais elas fazem o convite para que as pessoas partici- pem do encontro, que é ideal para experimentação e cria- ção do cardápio, exemplifica Sandra. “Nesses encontros os noivos tem a oportunidade de degustar vários itens dos cardápios e com base em suas preferências escolher o que desejam incluir no seu evento. É a melhor maneira de fazerem suas escolhas. Quem curte a nossa página Veja dicas para ter um “Estilo Romântica” marcando a cintura. Tudo sempre bem fofo em cores clarinhas: azul e rosa bebê, branco, bege, amarelinho. A renda também com- bina com o estilo menina mulher. Ela é bem demo- crática; pode ser muito sexy ou muito delicada, depende mesmo é da roupa e da cor. Rendas brancas são símbolos do romantismo por serem extremamente femininas. Uma saia de renda mais rodadinha é um ótimo co- meço para entrar no clima romântico. Outra peça que não pode faltar no guarda-rou- pa da mulher romântica é uma saia rodada. Elas são o ápice da feminilidade, além de muito charmo- sas. O look dela é delicado ao extremo e muito fá- cil de copiar e fazer igual em casa. É só combinar a saia com uma camisa e sa- patos fofos, de preferência, com lacinhos. Rosa ou marrom? Saiba qual blush combina com você Os coringas O pêssego e o bronze são tons neutros que melhor se adaptam a todos os tipos de pele. Por isso, combinam com as maquiagens mais básicas, para o dia a dia. Vale lembrar, ainda, que menos é mais. Abusar da quantidade de blush na pele pode causar o efeito “palha- ço”, com as bochechas mar- cadas demais. “Não adianta aplicar muito cosmético para o efeito durar a noite toda. Passe pouca quantidade e reaplique quando necessá- rio”, orienta a maquiadora. Antes do blush Quem tem a pele sensí- vel, que tende a ficar ver- melha, por exemplo, com o uso do secador ou apre- senta rosácea (doença que acomete o rosto) precisa neutralizar a cútis antes da aplicação do blush. “Invista em uma base amarelada e evite o blush em tons rosado e cereja. Dê preferência ao rosa fechado ou com pigmen- tos bronze ou dourado”, orienta a maquiadora, que acrescenta: “Mulhe- res com pele envelhecida devem passar o blush e, em seguida, o pincel ‘sujo’ de pó por cima, apenas para conquistar um ar natural”. “Palmadas” nos filhos são mais comuns do que pais admitem maioria delas voltando a se comportar mal em poucos minutos. As informações são do Daily Mail. Para chegar a este re- sultado, pesquisadores da Southern Methodist University, em Dallas, nos Estados Unidos, instala- ram gravadores de voz nas casas de 33 famílias. Duran- te seis dias, os estudiosos acusaram 41 ocasiões, em 15 diferentes famílias, em que uma criança recebeu as “palmadas”. Porém, em cerca de 75% dos casos, as crianças apresentaram mau comportamento depois de apenas 10 minutos. “Os pais estão batendo em seus filhos por maus comportamentos triviais e algumas das mães recorrem mais a este hábito do que reportam. As gravações nos dão informações mais reais do que os questionários”, explicou o líder da pesquisa George Holden. “As ‘pal- madas’ não funcionam. E o pior é que podem resultar em problemas de compor- tamento, como agressão, ansiedade e depressão”, acrescentou o profissional.  
  7. 7. 2a quinzENA de abril DE 2014Pág 7 Luiz Felipe Scolari afir- mou que os protestos que devem explodir nas ruas durante a Copa do Mundo podem atrapalhar o am- biente da seleção brasileira, que tentará vencer o sexto título mundial a partir de junho. Em entrevista ao Fantás- tico, da TV Globo, na noite de domingo, o treinador questionou a pertinência dos protestos durante o torneio. “Os protestos podem acontecer se forem normais, sem quebra-quebra. É de- mocracia, todos têm direito de protestar contra A ou B ou alguma coisa”, afirmou o gaúcho. “Mas não sei se agora seria a hora de isso acontecer.” Ele disse que não vai impedir seus atletas de comentarem publicamente a movimentação política e social no país, mas que vai alertá-los para que o clima nas ruas não prejudique o ambiente do time. “Os jogadores têm uma missão, eles podem pensar, se expressar, podem dizer ‘Eu quero um Brasil me- lhor’, mas que isso não nos cause dificuldade no nosso ambiente.” Questionado por um de seus entrevistadores se os protestos podem atrapalhar o desempenho do time, o técnico foi taxativo: “Pode A internet está presente em todas as fases de uma viagem: da pesquisa à reser- va, do registro das imagens ao compartilhamento de informações. Para turistas estrangeiros e brasileiros, os meios digitais têm se consoli- dado, nos últimos anos, como a principal fonte de informa- ções, de acordo com pesquisa do Ministério do Turismo. A cada hora, internautas de todo o mundo realizam 625 mil buscas no site Google sobre viagens, de acordo com dados da empresa. Por conta da importância da internet para o viajante, o Ministério do Turismo investe em suas nove mídias sociais, um meio importante de troca de informação com o cidadão e com o viajante. O Ministério do Turismo ultrapassou o número de 630 mil conexões, entre fãs, seguidores e assinantes. Sig- nifica que uma informação divulgada pelas redes eletrô- nicas do MTur atinge meio milhão de perfis de usuários, sem considerar os milhares de compartilhamentos. O Brasil é destaque nas principais redes sociais que envolvem turistas pela in- ternet, seja pela beleza de suas praias, como destacou o TripAdvisor em recente elei- ção de melhores destinos; seja pelas praias e gastro- nomia, como revelou uma das maiores comunidades de viajantes da internet, a Minube, visitada por mais de 30 milhões de turistas, das redes Pinterest, Facebook, Twitter e Google+. Na última semana, re- presentantes do Google, Facebook e TripAdvisor es- tiveram presentes na WTM Latin America 2014 e re- forçaram a importância da rede no acesso à informação. De acordo com Leonardo Vieira e Vinicius Landucci, da área de Novos Negócios do Google, 105 milhões de brasileiros estão conectados à internet. Deste total, cerca de 82% usa a internet como fonte de informação para fe- char a viagem, Além disso, o tempo médio dessa pesquisa A importância da internet para o turismo brasileiro Felipão diz que protesto na Copa pode atrapalhar e muito!” Em uma entrevista na maior parte do tempo des- contraída, Felipão ficou sério ao comentar o legado social que a Copa deixará no país. “Nós podíamos ter apro- veitado melhor esses sete anos que tivemos pra mon- tagem de tudo que precisa- mos, aeroportos, estradas, educação. Mas perdemos tempo e não vamos mais ter esse tempo.” Posição sobre temas polêmicos Durante a mesma entre- vista, o técnico foi estimu- lado a comentar assuntos polêmicos da atualidade e deu sua opinião sobre racis- mo, casamento gay e pena de morte. Veja o que ele disse: Racismo Eu tenho uma ideia cla- ra sobre isso e já explanei. A gente deve combater, deve falar sim, mas não se deve dar a ênfase que es- sas pessoas [racistas] estão querendo. Elas querem ser mencionadas, aparecer. Casamento gay Cada um escolhe sua Viajantes se apoiam nas redes sociais para decidir o roteiro, organizar a viagem e compartilhar informações  opção. Uma pessoa pode ser feliz tendo uma outra pessoa do mesmo sexo ao lado ou não. Pena de morte Após um momento de hesitação] Não sei, já vi e ouvi muito sobre isso quan- do estava fora do Brasil, onde existe pena de morte. Ouvi que algumas vezes isso não coíbe nada. Acho que se nós fôssemos tomar uma atitude, tem que pesquisar muito bem pra saber se é interessante, se vale a pena ou se vai coibir alguma coisa. é de 30 dias. Já para João Carlos Pas- tore, representante do Face- book no Brasil, é importante atingir esses usuários indi- vidualmente, com ofertas e produtos específicos. O Facebook tem 83 milhões de usuários ativos no país, sendo que 58 milhões cos- tumam acessar o Facebook por celulares. Quer ver sua marca em destaque no maior veículo de Comunicação da Região. Aproveite nossas promoções de anuncios! 2031-2364 2513-0928 Ligue e anuncie
  8. 8. 2a quinzENA de abril DE 2014Pág 8 Áries. Alguma instabilida- de doméstica facilita buscareencontrarso- luções criativas para os problemas aflitivos, fazendo asmudançasnecessáriasemsuas atividades de forma a estimular os progressos pessoais e profis- sionais. Mas evite radicalizar. Touro. Transformações po- dem ocorrer inte- riormente diante de preocupações com pessoas na família, bem como é necessário entender os excessosemelhoraremsuapro- fissão com apoio de parceiros, servindo-os para obter apoio. Gêmeos. Submisso a situações profissionais e fami- liares, poderá ter que agir em função de fazer as mudanças para o equi- líbrio, mas é necessário rever si- tuações pessoais e domésticas, para não criar problemas mais sérios e ter que voltar atrás. Câncer. É necessário fazer as coisas certas, com critério e paciência, se já não tenha que agir dessa forma diante dos obstáculos presente. Mas fique certoquenovasidéiasirãosurgir para seus progressos pessoais e profissionais.Mantenhaacalma. Leão. As preocupações fi- nanceiras devem ser superadas ao reava- liar ou rever formas de trabalhar, mudando o enfo- que para melhores resultados. Confie em surpresas agradáveis que podem ocorre em harmo- nia e com apoio de parceiros. Virgem. Muitas idéias através de amizades e par- ceiros podem surgir para aliviar tensões fruto do momento presente, que é de grande exigência em organizar sua vida como um todo. Os progressos financei- ros podem ocorrer transfor- mando situações. Libra. Apoio de parceiros podem lhe auxiliar a transformar situa- ções profissionais e financeiras, de forma a encon- trar soluções favoráveis. Mas deve fazer uma reavaliação de planos, dos seus desejos mais íntimos e do que quer na vida. Escorpião. É um momento im- portante para rever problemas e dificul- dadesatravésdeuma avaliação profunda, criando possibilidade de transforma-las favoravelmente ao direcionar seus esforços com criatividade, para objetivos futuros. Sagitário. Talvez fatos e acon- tecimentos o leve para uma reavalia- ção de suas ações com acordos e em sua vida profissional. Para entender o momento e fazer qualquer mudança com sucesso, deve submete-la a seus parceiros. Capricórnio. A profissão precisa ser tratada com muita atenção às pendências, acertos de contas para que os resultados sejam favoráveis. A harmonia com parceiros é fundamental, bem como sua criatividade facilita planos e projetos. Aquário. É necessário enfati- zar sua auto-estima e confiar na expressão de seus talentos com afetos ou em qualquer empre- endimento, que realize nesse período. Conflitos interiores obrigam a encontrar melhores condições de saúde e vida. Peixes. Iniciativas com parceiros e afetos tendem a ser bem sucedidas pois suas habilidades para transformar situações que quase sempre estão exaltadas, facilitando seu sucesso. Valorize a famí- lia, suas raízes e vida domés- tica para maior harmonia. A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo está com inscrições abertas para os alunos dos Centros de Estudos de Línguas (CELs) que querem ter a chance de realizar a experiência de um intercâmbio internacional. Os jovens interessados em participar da iniciativa po- dem fazer a inscrição até o próximo dia 8 de abril. Faça aqui sua inscrição. Para fazer sua inscrição, o aluno deve informar, no campo “aces- so”, o número de RA (Re- gistro do Aluno) completo, incluindo o dígito, seguido por “SP”. No campo “senha”, é preciso informar a data de nascimento completa, sem barras, com os quatro dígitos do ano. Os interessados vão passar por um processo sele- tivo no próximo dia 13 para concorrer a 219 vagas ofere- cidas, sendo 20 para França, 60 para Inglaterra e outras 139 para Espanha, nação que estreia nos destinos par- ticipantes do programa do Estado. Para ser um dos se- lecionados, os intercambistas passam por uma prova que avalia o conhecimento ad- quirido nas aulas de idiomas nos CELs (no caso, espanhol, A Semana Nacional dos Museus acontece de 12 a 18 de maio de 2014 e envolve instituições museológicas de todo o País, com uma série de atividades especiais, coordenadas pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Em São Paulo, a festa dura mais tempo: os 18 museus da Secretaria de Estado da Cultura estendem a come- moração por todo o mês de maio - e quem ganha são os visitantes! As instituições prepara- Aberta inscrição para intercâmbio internacional francês e inglês). É exigida também frequência mínima de 75% nas aulas e média igual ou superior a 7,0 (sete) em língua inglesa nos quatro bimestres do curso de Ensino Médio no ano letivo anterior ao de realização da prova. A viagem, com duração de 20 dias para a realização do curso intensivo do idioma, está marcada para junho, durante as férias escolares. As inscrições vão até o dia 8 de abril. Mais informações estão no Portal da Educação. Esta é a segunda edição do programa de intercâmbio oferecido pela Secretaria que, entre dezembro de 2013 e janeiro deste ano, já levou 356 alunos da rede es- tadual para cursarem os idio- mas na Argentina, Inglaterra e França. “Nós oferecemos cursos de até sete idiomas diferentes nos 229 CELs da rede estadual, com o objeti- vo de ampliar o contato dos alunos com outras culturas e novas formas de aprendi- zado. O intercâmbio é uma excelente oportunidade para os jovens, que agrega dife- renciais na formação educa- cional e também pessoal do participante”, afirma o secre- tário da Educação, professor Herman Voorwald. Para a realização do intercâmbio, a Secretaria oferece todo o suporte necessário, desde o trâmite para a emissão de documentação, até trans- porte, alimentação e estadia. Além das aulas em centros de ensino, os estudantes também farão passeios cul- turais monitorados, tudo sem custo. Os Centros de Estudos de Línguas oferecem aulas de espanhol, francês, inglês, alemão, italiano, japonês e mandarim. Ao todo, são seis módulos semestrais e, após o término, o partici- pante recebe o certificado de conclusão. Serviço: Para mais informações sobre a matrícula, localize aqui o CEL mais próximo na sua região. Fique atento para conhecer o museu de sua cidade ram uma programação pen- sada para transformar cada museu em um programa im- perdível para toda a família. Haverá visitas guiadas, ofi- cinas, brincadeiras, cursos e outras atividades – sem falar nas exposições temporárias e de longa duração em cartaz. Além disso, a partir de maio todas as instituições da Secretaria de Estado da Cultura passam a ter entrada gratuita aos sábados - no caso do MIS, a gratuidade vale para as exposições do térreo e do acervo. Alguns museus também um segun- do dia de gratuidade duran- te a semana.

×