PÁG. 2 PÁG. 2PÁG. 5
PÁGS. 4 E 5
raleste@gmail.com - Tel. 2031-2364 1a quinzena de FEVEREIRO DE 2015Ano XI - N.o 202
Amazon...
1a
qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 2
Tiragem: 25.000 exemplares
Circulação: Ermelino Matarazzo,
Ponte Rasa, Vila Cisper, ...
1a
qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 3
PublicidadePublicidade
1a
qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 4
Na manhã de segunda-
-feira (09), o Grupo Acontece
de Jornais e Revista recebeu
a vi...
1a
qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 5
Quais são os projetos
focados para a região do
Jardim Pantanal?
Amazonas: Olha, no P...
1a
qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 6
1
Garagem com Célula
de Segurança
2 Salão de Festas
3 Salão de Jogos
5 Salão Gourmet...
1a
qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 7
Problemas financeiros são um
veneno para o relacionamento;
aprenda a lidar com a gra...
1a
qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 8
Como fazer da “volta às aulas” um
momento de inovação
É muito comum crianças
e adole...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ermelino 202

242 visualizações

Publicada em

Ermelino

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
242
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ermelino 202

  1. 1. PÁG. 2 PÁG. 2PÁG. 5 PÁGS. 4 E 5 raleste@gmail.com - Tel. 2031-2364 1a quinzena de FEVEREIRO DE 2015Ano XI - N.o 202 AmazonaseOrlandoSilvaparticipamdo Programa RodaVivadoGrupoAcontece Educaçãoabreprimeiro cursoparaalunousara tecnologianaliçãodecasa Alunos do Ensino Médio e Ensino Fundamental (8º e 9º ano) da rede estadual paulista terão a chance de aprimorar o conteúdo em tecnologia em um curso inédito e gratuito. A partir... Viver em segurança: Hoje e Sempre. Emanuel de Aquino Lopes Aos leitores deste jornal apresentamos nesta edição o início de uma sequência de comentários relativos aos assuntos ligados à segurança da família, do trabalho e demais segmentos intima- mente ligados com a vida em sociedade, esperando que possamos contribuir positivamente para uma melhor interpretação dos fatos que vem ocorrendo no nosso cotidiano e que impactam nossa qualidade de vida. Preliminarmente, temos que ambientar co- erentemente a segurança em São Paulo o que, por conseguinte, também afeta o cenário nacional. Fazendo uma breve retrospectiva, tivemos em nosso Estado em 2002 uma rebelião si- multânea envolvendo 29 presídios com a contenção dos efeitos feita pela Po- lícia paulista e sistema de administração penitenciá- ria. Em seguida, em 2006, tivemos uma grande onda de ataques provenientes do crime organizado, im- pondo toque de recolher em nossa cidade, também com uma pronta resposta dos órgãos... Não vamos deixar árvores caírem Após tramitar e ser apro- vado na Câmara Municipal, em votação definitiva no dia 11 de fevereiro,o projeto de minha autoria que simplifica a poda de árvores na cidade segue agora para sanção do prefeito Fernando Haddad. O projeto é muito sim- ples: o agrônomo passa a ter o poder de autorizar podas em árvores situadas em ruas e praças, agilizando o serviço...
  2. 2. 1a qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 2 Tiragem: 25.000 exemplares Circulação: Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa, Vila Cisper, Vila União, A.E Carvalho, Jardim Pedro Nunes, GUARUlHOS, PENHA e Cangaiba Diretor Geral: Divaldo Rosa Jornalista: Silmara Galvão As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos diretores, colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. REDAÇÃO/publicidade: 2031-2364 / 2513-0928 Revisora: Suseli Corumba dos Santos Diagramador: Bruno Barreto Rosa Avenida dos Guachos, 166 - Cep: 08030-360 - São Paulo – SP - raleste@gmail.com O jornal de Ermelino & Ponte Rasa é Filiado à AJORLESTE Associação dos Jornais da Zona Leste Acontece Agora Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 03.115.443/0001-16 Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Secretária: Ariane Andrade ITAIM PAULISTA - F.: 2025-7777 - AV. MARECHAL TITO, 7003 ALPHAVILLE / BARUERI / CAMBUCI / CARAPICUÍBA / CENTRO / FRANCISCO MORATO / FRANCO DA ROCHA / ITAQUERA / JABAQUARA / LIBERDADE / MAIRIPORÃ / MAUÁ / GUARULHOS / PIRITUBA / SANTO AMARO / SANTO ANDRÉ / VILA MARIA Todos juntos fazem um trânsito melhor. CG 150 ESDI 14/15 valor à vista R$8.139, ou entrada R$3.500,+48x R$199, total a prazo R$13.052,.Bros 160 ESDD 14/15 valor à vista R$11.029, ou entrada R$3.000,+48x R$332, total a prazo R$18.936,.CB 300 14/15 valor à vista R$13.860, ou entrada R$4.500,+48x R$382, total a prazo R$22.836,.Banco Bradesco c/ juros 2,55% a.m. (35,35% a.a.).CET máximo 46,97% a.a.PCX 14/15 á vista R$9.840,.Tabela sujeita a alteração sem prévio aviso, conforme política de comercialização da fábrica.Consulte todas as informações em nosso showroom. Promoções válidas somente para os modelos anunciados até o término do estoque (2 unidades de cada).Ofertas não cumulativas com outras.Imagens ilustrativas.Reservamos o direito de corrigir possíveis erros gráficos e de digitação. CB 300R MENSAIS R$ 382, + ENTRADA DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS CARNAVAL JAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAPPPPPPPPPAAAAAAPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAP UUUTOTOTOTOTOTOwww.japauto.com.br BROS 160 ESDD MENSAIS R$ 332, + ENTRADA LANÇAMENTO PCX 150 CONSULTE O MELHOR NEGÓCIO DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS DE OFERTAS FAN 150 ESDI MENSAIS R$ 199, + ENTRADA SUBPREFEITURA DE ERMELINO Av. São Miguel, 5550 Ermelino Matarazzo-SP BANCA RDS Av. Aguia de Haia, 4085 Jardim Cotinha-SP Aos leitores deste jornal apresentamos nesta edição o início de uma sequência de comentários relativos aos assuntos ligados à seguran- ça da família, do trabalho e demais segmentos intima- mente ligados com a vida em sociedade, esperando que possamos contribuir positivamente para uma melhor interpretação dos fatos que vem ocorrendo no nosso cotidiano e que impactam nossa qualidade de vida. Preliminarmente, temos que ambientar co- erentemente a segurança em São Paulo o que, por conseguinte, também afeta o cenário nacional. Fazendo uma breve retrospectiva, tivemos em nosso Estado em 2002 uma rebelião simultâ- nea envolvendo 29 presídios com a contenção dos efeitos feita pela Polícia paulista e sistema de administração penitenciária. Em segui- da, em 2006, tivemos uma grande onda de ataques provenientes do crime orga- nizado, impondo toque de recolher em nossa cidade, também com uma pronta resposta dos órgãos de se- gurança pública, embora já se verificasse que o sistema prisional paulista estava so- frendo com superlotação e demasiadas concessões aos presos. O Estado, até então, mostrava-se reativo e demo- rava em tomar decisões por causa da enorme dimensão de seu aparato institucional. Com o uso dos órgãos liga- dos à Inteligência Policial, verificou-se que os alicerces da atividade criminosa esta- vam escudados em lavagem de dinheiro e tráfico de drogas. O combate ao crime organizado passou a focar a integração de outros parti- cipantes importantes como o Ministério Público, Poder Judiciário, Prefeitura na pre- venção primária e Instituto de Criminalística, além dos esforços da Polícia Militar e Polícia Civil. Embora São Paulo tenha apresentado um resultado excelente na contenção de homicídios (menos de 10 casos a cada 100 mil habitantes, padrão aceito pela comunidade internacional como satis- fatório) outras facetas do crime na cidade determina- ram uma releitura de ações, exigindo uma integração entre vários setores da so- ciedade organizada dentro VIVER EM SEGURANÇA: HOJE E SEMPRE Emanuel de Aquino Lopes de uma visão sistêmica e de acordo com a Constituição Federal, preservando os di- reitos humanos. Ficou claro que Polícia não é segurança pública e vice-versa, haven- do necessidade do concurso de outros segmentos para que exista um estado de segurança adequado para todos. Hoje temos cerca de 500 mil presos no Brasil e praticamente metade está no Estado de São Paulo, ne- cessitando haver um sistema prisional com inteligência suficiente para recuperar o ser humano, quebrando esse modelo obsoleto que virou verdadeira escola do crime. O desafio está em ressocializar quem nunca foi socializado. Encarar a evolução dos costumes na sociedade envolve inclusive atacar os crimes transnacio- nais. Respostas drásticas de- vem ser evitadas e o assunto segurança deve ser tratado multidisciplinarmente e a população deve participar deste debate a todo instan- te e por todos os canais de comunicação. *Emanuel de Aquino Lopes é Coronel da Reserva da Policia Militar, Mestre em Ciências Policiais de Se- gurança e Ordem Pública, especializado em Direitos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas e membro do Núcleo de Projetos Es- tratégicos – Fundação ISAE Amazônia (www.fisae.org. br) e OSCIP Instituto Brasil – IBRA (www.ibra.org.br) Educação abre primeiro curso para aluno usar a tecnologia na lição de casa Alunos do Ensino Médio e Ensino Fundamental (8º e 9º ano) da rede estadual paulista terão a chance de aprimorar o conteúdo em tecnologia em um curso inédito e gratuito. A partir do próximo dia 10, a Educação dá início ao projeto online Aluno Monitor. O programa, em parceria com a Microsoft, é dividido em cinco módu- los e tem carga horária de 100 horas. Ao final, todos os participantes receberão certificado. O conteúdo inclui ativi- dades práticas sobre har- dwares, softwares, aplica- tivos, web 2.0 e 3.0, redes sociais e ainda navegação segura. O objetivo é que os alunos possam utilizar as ferramentas em atividades em casa e nas próprias uni- dades de ensino. Por isso, o curso é etapa obrigatória dos estudantes que atuam como estagiários nas salas do Acessa Escola, progra- ma de inclusão digital da Secretaria, e opcional para os alunos da rede. A ação foi articulada pelo Departamento de Tecnologia de Sistemas e Inclusão Digital (DETEC), Coordenadoria de Infor- mação, Monitoramento e Avaliação (CIMA), Departa- mento de Planejamento e Normatização de Recursos Humanos (DEPLAN) e Co- ordenadoria de Gestão e Recursos Humanos (CGRH). Curso de programação em games Além do novo Alu- no Monitor, estudantes da rede estadual podem aprender a linguagem dos computadores. No Progra- maÊ, também oferecido gratuitamente pela Evesp, os alunos participam de atividades que vão desde encontrar a saída de um la- birinto à criação de games. Todos são apresentados ao estudo de técnicas de ciências da computação e tecnologia e recebem até 60 tutoriais com três níveis de dificuldade. As aulas duram de 20 minutos a uma hora. Em parceria com a Microsoft, o curso orienta estudantes sobre diversos temas Transtornos alimentares podem causar problemas bucais Desnutrição e excesso de vômitos, sintomas comuns de pessoas que sofrem de anorexia ou bulimia, podem causar sapinho, desgaste do dente e sensibilidade dental Os transtornos alimen- tares, como a anorexia e a bulimia, são distúrbios graves e podem indicar problemas físicos e psicológicos. Além disso, também podem cau- sar doenças bucais como sapinho, problemas de saliva, cárie e sensibilidade dental. O fato de esses transtornos estarem ligados ao excesso de vômitos provocados pela paciente, que sente culpa por comer, faz com que, várias vezes ao dia, os dentes en- trem em contato com o ácido clorídrico presente no suco gástrico, que possui um pH extremamente ácido. O excesso de vômitos e a desnutrição, que pode variar de leve a severa, caracterís- ticas muito comuns desses pacientes, podem causar desgaste da parte interna do dente, voltada para o céu da boca, candidíase oral (fungo que se desenvolve na boca quando o sistema imunológi- co está fraco), sapinho, sensi- bilidade a alimentos líquidos gelados e ainda, em alguns casos, fortes dores na face. Não é de hoje que hábitos alimentaresinadequadoscau- sam uma série de problemas paraasaúde,inclusiveabucal. A falta de algumas vitami- nas pode causar a chamada anemia ferropriva que se caracteriza pela língua pálida e lisa (língua careca) devido a atrofia das papilas linguais que favorece a instalação de infecções. Outro problema observado em casos mais graveséoescorbuto,causado pela deficiência de vitamina C, que causa o aumento do volume da gengiva e seu san- gramento. Nos casos de problemas bucais causados por transtor- nosalimentares,otratamento recomendado é o multidisci- plinar. “O apoio de nutricio- nistas, psicólogos e médicos é de extrema importância para se alcançar os objetivos propostos em cada caso. O tratamento odontológico deve estar em sincronia com o tratamento médico, para se adequar o que fazer e quan- do fazer.
  3. 3. 1a qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 3 PublicidadePublicidade
  4. 4. 1a qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 4 Na manhã de segunda- -feira (09), o Grupo Acontece de Jornais e Revista recebeu a visita do subprefeito da Sé Alcides Amazonas e do deputado federal Orlando Silva, ambos do partido PCdoB. O deputado estadual licenciado Alcides Amazo- nas foi empossado no ano passado como Subprefeito da Sé, a mais importante subprefeitura da cidade. Amazonas foi ainda verea- dor de São Paulo e Coorde- nador da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) no es- tado de São Paulo. Orlando Silva começou sua trajetória no movimento estudantil em Salvador e foi o único presidente negro da União Nacional dos Estudantes. No governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, exerceu o cargo de Ministro do Es- porte depois de ter ocupado o cargo de Secretário Nacio- nal de Esporte Educacional. Depois das apresentações, coube ao presidente do Grupo Acontece fazer a primeira pergunta abrindo o Programa Roda Viva do Grupo Acontece. Divaldo: Deputado Or- lando Silva, como o senhor vê a possibilidade de utili- zar a sua experiência como ministro do esporte para favorecer a população com o seu mandato de deputado federal? Orlando Silva: a minha expectativa nesse mandato no qual estou há uma sema- na é que a experiência como ministro ajude primeiro no sentido de desburocrati- zar e acelerar os processos administrativos da gestão pública. Eu pretendo fazer um trabalho no congresso nacional que ajude a resga- tar a credibilidade da políti- ca, pois é muito difícil, hoje em dia, alguém querer saber de político, mas a vida hoje depende de decisão política. Divaldo: Amazonas, você será candidato nas próximas eleições municipais? Amazonas: Eu sou candi- dato a fazer uma excelente gestão à frente da Sub- prefeitura da Sé, é lógico que quem já teve uma lon- ga experiência na área de transporte, CMTC, Agência Nacional de Petróleo, Câma- ra Municipal e parlamento estadual existe sempre a possibilidade de disputar outras eleições. Somos mili- tantes políticos e cumprimos tarefas no momento opor- tuno. Nós acabamos de re- alizar uma eleição nacional, a próxima será uma eleição para prefeito e vereadores, então vamos aguardar o momento oportuno para debatermos isso, até porque, se eu me apresentar como pré-candidato com tanta an- tecedência pode atrapalhar minha gestão à frente da subprefeitura, mas eu não vou dizer que dessa água eu não beberei. (risos). O que a gestão do pre- feito Haddad tem feito pela Zona Leste? Amazonas: Tem muitos projetos que estão sendo im- plantados. Quando fui vere- ador tive a possibilidade de direcionar muitas emendas parlamentares para projetos da Zona Leste, emendas que propiciaram um conjunto de atividades envolvendo a co- munidade na área de cultu- ra, lazer, esporte e etc. Acho que quando o Haddad veio e inaugurou outra unidade do hospital Hora Certa reduziu muito a desigualdade que as pessoas enfrentam pra cui- dar da saúde. Ao inaugurar uma obra que é reivindicada há mais de 40 anos como foi a curva do S, também contri- buiu para uma melhor mobi- lidade urbana. Acredito que outros projetos estratégicos como montar a ligação entre São Mateus e Itaim Paulista pela Dom. João Nery, esta será uma obra importante. Eu diria que a política social tem sido bastante intensa, ainda não é como nós atin- gimos no governo da Marta Suplicy, mas estamos recupe- rando isso agora. Como deputado federal o senhor poderia interceder junto ao prefeito para fazer um estudo visando a implan- tação de um grande centro esportivo na Vila Curuçá, ao lado do Clube Municipal Senador José Ermírio de Moraes da Vila Curuçá, uma antiga demanda da região? Orlando Silva: Nós fize- mos um programa para recu- perar os centros esportivos, inclusive aqui na Curuçá. É uma oportunidade você oferecer esportes e lazer pra criançada porque você ocupa o tempo livre de ma- neira saudável. Então vamos investigar direito a quem pertence esta área na Vila Curuçá e abrir um dialogo com a prefeitura para ver se garantimos ali um aprovei- tamento melhor dessa área. Amazonas, sobre o au- mento do transporte pú- blico, gostaria de saber sua opinião sobre este assunto. Amazonas: ninguém gosta de ter a notícia de aumento de tarifa, mas eu considero que tem um cus- to e esse custo deve ser financiado de algum jeito e o transporte público de São Paulo é complexo e é uma área muito grande, eu considero que o prefeito fez um movimento importante, primeiro permitiu que os estudantes de escolas públi- cas tivessem tarifa gratuita, então esses estudantes mais carentes têm passe livre. E se levarmos em conta uma grande parte da população, acima dos 60 anos de idade, não paga mais a tarifa. E outra coisa que as pessoas não sabem é que o Bilhete Único mensal não teve rea- juste, então a pessoa paga um certo valor por mês, mas a passagem não passou por reajuste. Então essas medi- das que o Haddad tomou ajudaram muito o povo paulistano porque em uma cidade como São Paulo o governo deve dar mais aten- ção ao transporte público do que ao transporte particular. Deputado como fica a questão da crise da falta d’água aqui em são Paulo? Orlando Silva: o Brasil é um dos países que mais tem água no mundo e as pessoas às vezes desperdiçam. Agora tão grave quanto à popula- ção utilizar a água de manei- ra inadequada foi a falta de planejamentos. Nós aqui es- tamos sabendo disto agora que o volume do Cantareira está a 5%, mas o governo tem conhecimento quando a Cantareira está com 100%, 90% 80%, enfim nós que não temos conhecimento só ficamos sabendo quando o nível estava a 30%, então caberia ao governo fazer sim uma campanha de esclareci- mento, de educação, usando inclusive os jornais de bairro que se aproximam mais da população na periferia. Se isto tivesse sido feito, a população teria se conscien- tizado da importância da água e não estaríamos sendo obrigados a passar por isto. Sobre os escândalos de corrupção no caso da Petro- brás em que envolve alguns nomes do PT, qual o posicio- namento de vocês? Amazonas: Este assunto está pautado na mídia to- dos os dias. Se pegarmos a época do governo do Fer- nando Henrique e pegar o período de agora da Dilma dá a impressão que se tem muito mais corrupção no governo Dilma e Lula do que no passado, porém isto não é verdade. O que acontece de fato é que quando você combate o mal feito, quan- do você apura a corrupção e não joga para debaixo do ta- pete tende a aparecer mais. Eu vou dizer uma coisa, as privatizações da companhia do Vale do Rio Doce, das nossas hidrelétricas CSN, etc., certamente estas denúncias de corrupções virariam fichi- nhas e por que não se fala disto também? Tudo isto porque havia uma ampla blindagem no período do Fernando Henrique Cardo- so, o que chegavam para a imprensa eles colocavam no rodapé e a mídia tem lado e não é do nosso lado, não é das forças progressistas. Mas isto não significa que quem se meteu em confusão não tenha que ser penalizado, claro que tem, e isto já está sendo feito. Quanto às manifestações que já tivemos de o povo sair às ruas, vocês são a favor ou contra? Orlando Silva: Compa- rada a outros países, a de- mocracia brasileira é nova ainda, já que o período mais longo de democracia foi de 1985 pra cá, estou dizendo isso porque a democracia é como uma flor, você tem que regar, cuidar todos os dias senão ela morre. Na eleição, o grande erro é que quando a oposição perde, ela não aceita isso, e então a oposição e o governo co- meçam a trabalhar com ob- jetivos diferentes. A função da oposição é ajudar o go- verno e a função do povo é fiscalizar o próprio governo. Porque já tem gente falando de ditadura, mas não fazem ideia da dor que o Brasil teve nesse período sombrio. Quem ganhou, ganhou, e quem não ganhou, espera a sua vez. Na política cada um tem um lado, mas temos que saber qual momento que o interesse maior é do país. O PCdoB sempre apoiou as manifestações populares e lutou contra o autoritarismo e a favor da democracia. Sobre as implantações da ciclovia na cidade de São Paulo, qual é a sua opinião? Amazonas: Em primeiro lugar é importante ressaltar que a ciclovia está numa lei federal, os municípios preci- sam investir nas ciclovias, a ciclovia é uma modalidade antiga, é que os governos não tinham investido nessa modalidade de transporte. Portanto, é um caminho sem volta e está no programa do prefeito Haddad, está no plano de metas, foi aprova- do pela população de São Paulo, então será aplicado nesses 400km como o De- putado Orlando já disse, a ciclovia traz um conjunto de benefícios como melhoria do meio ambiente, maior mobilidade, se você incen- tiva bastante a bicicleta e todo mundo abraça essa ideia você terá os ônibus andando mais vazios e até menos ônibus nas ruas. A tendência é que essa nova modalidade de transporte cresça e ganhe um grande espaço que vai melhorar a cidade como um todo. O governo iniciou um projeto no Jardim Helena para a construção de um parque, porém a obra está parada, queremos saber o que aconteceu e se vo- cês irão terminar? Outra questão é: seria possível a construção de uma ETEC no nosso bairro? Amazonas: É parte da solução para um grande problema. É importante fazer uma ligação lá do parque Tietê até a região central e nós devemos fazer um esforço para essas obras funcionarem. Nós tivemos muitas conquistas, uma de- las foi trazer a USP aqui pra zona leste, inclusive impedir o Cadeião de vir aqui pra zona leste. O Jornal Acon- tece Agora e a Ana Mar- tins lutaram muito por isso também, foi uma conquista importante e lá hoje tem uma FATEC, eu poderia di- zer pra vocês a importância do prefeito sancionar uma lei com programa de incen- tivos aqui pra Zona Leste, poderia citar um conjunto de outras coisas. Aliás, o Orlando Silva teve um papel fundamental como verea- dor, aprovando uma lei que permitiu a continuação da empresa aqui na região.A empresa é a Vikstar que gera quase 4.000 empregos aqui na zona leste e que iria para outro município se não fosse a nossa ação conjunta. Entrevista Convidados Amazonas e Orlando Silva participam do Progra- ma Roda Viva do Grupo Acontece
  5. 5. 1a qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 5 Quais são os projetos focados para a região do Jardim Pantanal? Amazonas: Olha, no Pan- tanal as pessoas falam “a água invadiu minha casa”, na realidade, as casas que invadiram o lugar do rio Tietê. E isso sempre ocorreu nas periferias, sempre os governos que passaram por aí não tiveram a capacidade de criar uma política para impedir a ocupação da vár- zea, enfim, as pessoas estão morando na beira do rio e de vez em quando fica ala- gado como ficou aqui no Jar- dim Romano, trazendo um grande transtorno. Só tem uma forma de resolver isso: é ter uma política agressiva de construção de moradia e o Haddad está com muita disposição de fazer isso com um projeto de construir 55 mil moradias. Aqui tem que ser agressivo, uma parceria entre o governo municipal, estadual e federal vai fazer com que a gente consiga eliminar esse problema que é o Pantanal. Deputado gostaria de saber quais são seus planos sobre a Reforma Política. Orlando Silva: Nós do PCdoB pensamos que é pre- ciso mudar a política pra aumentar a participação e dar maior representativida- de aos partidos e a política, quando fala de participação, quero dizer fazer consultas como em diversos países acontece, por que tudo tem que ser decidido pelo Senador ou Deputado? Per- guntem para as pessoas, o que elas acham de certo e errado, a população deveria ter direito de se manifestar, então precisamos da refor- ma política, primeiro para criar canais de participação política diretos, efetivos, com plebiscitos e como re- ferência, segundo, para ter mais representatividade da população, você precisa ter um parlamento que represente um conjunto da população e para evitar a falta de representação do povo. Então para nós, a reforma política serviria pra fortalecer os partidos, pois não tem democracia sem um partido político. Divaldo: Amazonas, quais são os principais desafios que você vem enfrentando na gestão como subprefeito da Sé? Amazonas: Nós temos que ter em mente e fazer na Sé uma gestão para os quase 500 mil habitantes, e para as quase 03 milhões de pessoas que circulam por lá todos os dias. É um desafio muito grande pra nós. O desafio nosso é pensar nas pessoas e esse processo de requalifi- cação do centro onde cada governo acaba fazendo um pouco é um processo con- tínuo. É uma região muito bonita, acabamos de fazer o parque Tietê onde tem muitos shows. Nós temos muitos problemas, a região que tem o maior número das Cracolândias, o prefeito Haddad vem resolvendo muito bem esses problemas, ajudando os dependentes químicos, e pra pensar nas pessoas devemos pensar nos espaçospúblicostambém, estamos orientando para que saibam usar os espaços pú- blicos; temos um projeto de áreas de convivência para que as pessoas possam descer do prédio e frequentar os locais públicos depois das seis da tarde,estamos retirando as grades das praças, pois praça cercada não combina com a cidade.Portanto,revitalização nãoésóconcreto,sãopessoas! Ecomessehumanismoiremos enfrentar essas situações. Para finalizar o Programa Roda Viva, antes dos agra- decimentos de praxe, Ana Martins, relembrou diversos pontos importantes como as conquistasvindas para a zona leste, tais como: a luta pelo “não cadeião” onde hoje é uma unidade da ETEC, a implantação da USP Leste e agora a implantação da Universidade federal que já foi aprovada pelo governo, dentre outras. Ana Martins também explicou sobre a cultura do “já acabei”, que são alunos que terminaram o estudo fundamental e por falta de oportunidades e até motivação, não deram continuidade no estudo su- perior, “a maioria de nossos jovens aqui da região leste quando são questionados sobre estudos eles dizem: “já acabei”, ou seja, muitos deles não chegam nem a entrar em uma universidade por falta de condições. Isto precisa ser mu- dado com urgência, 70% dos estudantes da USP Leste vêm de fora, precisamos reverter este quadro”, alertou a ex- -vereadora e ex-deputada do PCdoB. Síndicos podem ajudar a reduzir consumo de água em condomínios A crise hídrica no estado de São Paulo está piorando a cadadia.Nestasemana,odire- tor metropolitano da Sabesp, Paulo Massato Yoshimoto, disse que a companhia pode adotar um rodízio de cinco dias sem água e dois dias com naregiãometropolitana.Para que a situação não se agrave ainda mais, é essencial a par- ticipação conjunta da popula- ção,PoderPúblicoeempresas. De acordo com o advoga- do Rodrigo Karpat, especialis- ta em Direito Imobiliário, con- sultoremcondomíniosesócio doescritórioKarpatSociedade deAdvogados,ossíndicostêm papel fundamental na admi- nistraçãoecontençãodosgas- tosexcessivosdeáguaemcon- domínios. “Algumas medidas estãosendomuitobemvindas como, por exemplo, desviar o encanamento da captação das águas pluviais (de chuva) e redirecioná-lo para uma caixa auxiliar, utilizando esta água para lavar áreas comuns (essa água seria despejada no esgoto)”, orienta. Até que ponto o síndico pode agir para a economia de água nos condomínios é uma dúvida constante. “O síndico é o representan- te do prédio, eleito pelos condôminos para seguir a vontade da coletividade. Desta forma, qualquer me- dida mais drástica, como o corte de água em áreas privativas, restrição de uso de churrasqueira e piscinas, precisa passar por aprovação da assembleia”, afirma o advogado. Karpat ressalta que si- tuações corriqueiras, como reparos em válvulas das áreas comuns, contenção de vazamentos e redução de consumo em jardins, po- dem ser tomadas de forma imediata sem passar por assembleia. “Nesses casos, as medidas são inerentes à gestão do síndico”, diz. O advogado Rodrigo Kar- pat listou algumas medidas que podem ser adotadas pelos síndicos com o objetivo de evitar desperdício de água nos edifícios. Veja abaixo: - Verificar e realizar a ma- nutenção periódica dos vasos sanitários e pias em todas unidades - resolve vazamen- tos ocultos; - Diminuir a vazão da tu- bulação nas unidades – reduz o consumo em até 20%; - Medição individualizada de água por meio de hidrô- metros – ação que gera mais responsabilidade do con- dômino, uma vez que cada um pagará somente o que consumiu; - Conscientização através de campanhas e comunica- dos permanentes. Para preparar os condo- mínios nos momentos de pouca água, alguns prédios estão aumentando a capa- cidade de armazenamento, com a implantação de novas caixas d’água. Karpat alerta para necessidade de plane- jamento cuidadoso nessas situações. “As novas caixas precisam ser interligadas na tubulação. O síndico também deve prever os custos com encanamento e bombea- mento dessa água. Caso as novas caixas fiquem no topo do prédio, será necessário um cálculo estrutural, uma vez que o sobrepeso em um determinado local poderá comprometer a própria es- trutura do prédio”, afirma o advogado. Alguns condomínios têm optado pelos poços artesianos. “Porém, essa medida exige a outorga do DAEE(Departamento de Águas e Energia Elétrica), em São Paulo, o que leva tempo, além do custo ser elevado”, finaliza Rodrigo Karpat. A Universidade Aberta à Terceira Idade esta com inscrições abertas para o 1º semestre de 2015. A UnATi é um cen- tro de estudos, ensino, debates, pesquisas e assistência voltado para questões inerentes ao envelhecimento e que, por meio da formação de recursos humanos em geriatria e geronto- logia, vem contribuindo para a transformação do pensar da sociedade brasileira sobre os seus idosos. O programa visa con- tribuir para a melho- ria dos níveis de saúde físico-mental e social das pessoas idosas, utili- zando as possibilidades existentes na instituição universitária, e hoje é reconhecida nacional e internacionalmente es- tabelecendo parcerias e convênios com diversas instituições bem como parcerias com empre- sas privadas da área de saúde. A Secretaria da Co- missão de Cultura e Ex- tensão localizada no Prédio Arlindo Bettio, 1000 em Ermelino Ma- tarazzo já está com as inscrições abertas para os cursos totalmente gratuitos que são eles: Atividades Disciplinas Regulares, Atividades Didático Culturais, Ativi- dades Físico Esportivas, Palestras e outros mais. O inicio das ativida- des acontecem a partir do dia 02de março de 2015. Para mais infor- mações o telefone é (11) 3091- 1016. Nos encontre nas Redes Sociais! https://www.facebook.com/ GrupoAcontecedeJornais https://www.facebook.com/ JornalErmelino https://www.facebook.com/ RevistaAconteceLeste COMPROMETIMENTO Após tramitar e ser apro- vado na Câmara Municipal, em votação definitiva no dia 11 de fevereiro,o projeto de minha autoria que simplifica a poda de árvores na cidade segue agora para sanção do prefeito Fernando Haddad. O projeto é muito sim- ples: o agrônomo passa a ter o poder de autorizar podas em árvores situadas em ruas e praças, agilizando o serviço. Para chegar à versão fi- nal desse projeto, discutimos com engenheiros agrôno- mos da prefeitura, represen- tantes do sindicato dos en- genheiros e com associações de bairro, para apresentar uma proposta coerente com as necessidades de uma São Paulo real. Olhando para as árvores da cidade, percebo de ime- Não vamos deixar as árvores caírem diato que um dos gargalos da prestação desse serviço é a burocracia. O laudo do engenheiro agrônomo que foi ao local para avaliar a situação de uma árvore só vira ordem de serviço após a assinatura do subprefeito. Relatório da Ouvidoria Geral da Cidade de São Pau- lo sobre as reclamações que chegaram aoórgão em 2014 coloca a jardinagem como a segunda maior demanda dos paulistanos. Por jardinagem, a Ouvidoria entende serviços referentes à poda e remoção de árvores, além de capina- ção de áreas verdes. Evidentemente, existem outros tantos gargalos na gestão do verde pela pre- feitura, como o pequeno número de engenheiros e biólogos. São cerca de 140 profissionais, mas apenas parte deles atua diretamen- te no cuidado das árvores, numa cidade que conta com 2 milhões deárvores, sendo 650 mil ao longo do sistema viário. Para esses e outros de- safios, precisamos de uma política de gestão verde bem definida e devidamente estruturada, com recursos humanos e materiais à altu- ra das necessidades, o que implica na formulação de um Plano Diretor de Arbo- rização da Política de plan- tio, preservação, manejo e expansão da arborização na cidade, indispensável ins- trumento de planejamento municipal para a implanta- ção da política de plantio, preservação, manejo e ex- pansão da arborização na nossa cidade. Andrea Matarazzo, vereador e líder do PSDB na Câmara Municipal de São Paulo
  6. 6. 1a qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 6 1 Garagem com Célula de Segurança 2 Salão de Festas 3 Salão de Jogos 5 Salão Gourmet 6 Brinquedoteca 7 Lavanderia Comunitária 8 Piscina Adulto e Infantil 9 Churrasqueira 10 Redário 11 Pet Place 12 Home Office 13 Playground 14 Sala de Estudo 15 Portaria Fitness4 Av. Afonso Lopes Baião, 411 São Miguel Paulista LOCAL Rua Jaime Barcelos, 536 São Miguel Paulista SHOW ROOM 11.3672 1806 Intermediação: Realização e Incorporação: www.clmincorp.com.br Participação: VERSATILIDADE DE PLANTAS LAZER COMPLETODORMITÓRIOS 1 OU 2 VAGAS C/ DEPÓSITO Giro dos famososGiro dos famosos Provocante, Geisy Arruda ameaça tirar corset em selfie no banheiro Na madrugada desta terça-feira (9), Geisy Arruda voltou a causar furor nas redes sociais. Isso porque a modelo postou em seu perfil no Instagram uma foto espelhada, na qual aparece usando apenas um corset pink, e exibindo as curvas diante do espelho. Pro- vocante, a loira ainda e ameaçou tirar a peça de roupa, levando seus admiradores ao delírio. “Ela é toda, todaaa...Toda top, toda linda, leve e solta... E quer mais que você se exploda...”, escreveu, citando o trecho da música “Toda Toda”, dos MCs Pikeno e Menor. Não demorou muito para que o clique rendesse muitos elogios à moça. “Cada dia mais linda...”, “que gata!”, “delícia” e “uuuuauuuu ai, linda, que gostosa!” foram algumas das mensagens dos internautas. Sabrina Sato com o look mais bombástico da noite: o figurino do cabaré Crazy Horse O baile de Carnaval da “Vogue” em SP era cercado de expectativas por conta do show de Ivete Sangalo, a partici- pação de Anitta e até a volta das dançarinas do É o Tchan, Sheila Mello e Sheila Carvalho. Mas eis que aparece Sabrina Sato e todo mundo para, grita seu nome e vai à loucura quando ela vira de costas mostrando ainda mais do corpa- ço que desfila logo mais na Sapucaí. A apresentadora foi com uma reprodução do figurino das dançarinas do cabaré parisiense Crazy Horse, com chapéu da guarda real inglesa e muito pouco tecido cobrindo o corpo, dando a impressão de que não usava lingerie, apesar de haver uma calcinha de encaixe, bem típica de cabaré, por baixo da roupa. A noite seguiu com muito axé, samba e toques de funk, com Anitta numa bem-humorada fantasia de Michael Jackson, comprando a piada da qual foi alvo após uma plástica no ano passado. De férias na Bélgica, Mateus Solano se declara à esposa: ‘Amor à -2°C’ Ator curte inverno do hemisfério norte com Paula Braun em grande estilo Mateus Solano e Paula Braun não poderiam estar curtindo a terça-feira (10) de melhor jeito. Os pombinhos embarcaram numa segunda lua de mel para a Europa e tem honrado o propósito da viagem pelo inverno do Hemisfério Norte. Pela ma- nhã, eles publicaram uma selfie no Instagram em que aparecem trocando beijos em frente ao Museu de Bru- xelas, um dos prédios mais famosos da capital. “Amor à -2°C”, escreveu o ator, todo encantado com a viagem pela capital fria da cidade. Laura Neiva publica foto da intimidade com Chay Suede A modelo publicou a foto na madrugada desta terça- -feira (10) Laura Neiva publicou uma foto bem íntima com seu na- morado, Chay Suede, na madrugada desta terça-feira (10). Em um clique um pouco embaçado, onde a modelo apare- ce em cima do ator, que está sem camisa, Laura aguçou a curiosidade de seus fãs e gerou verdadeiro reboliço entre os comentários da postagem. “Nem tchun mesmo”, escreveu ela na legenda. Muitos seguidores acreditaram que a foto foi feita após um momento “caliente” entre o casal. Aniversariante, Fiorella Mattheis ganha flores e declaração de Alexandre Pato Xanddy faz ensaio final com Naldo e Thiaguinho Ao todo, foram três horas de show Agora será para valer. Neste dia 9, aconteceu o último ensaio da Melhor Segunda Feira do Mundo, do Harmonia do Samba. A chave de ouro veio com Naldo e Thiaguinho. A apresentação foi realizada no Wet´n Wild, em Salvador, e teve mais de três horas ininterruptas com a sequência de músicas do Harmonia e com Xanddy dividindo os microfones com os dois convidados. Carla Perez, como sempre, estava presente acompanhan- do o maridão e na companhia dos filhos Camilly Victória e Victor Alexandre. Scheila Carvalho e Tony Salles também prestigiaram essa verdadeira festa. Atacante marcou um golaço no aniversário da amada Fiorella Mattheis comple- ta 27 anos nesta terça-feira (10). O namorado Alexandre Pato caprichou na surpresa para marcar o primeiro ani- versário ao lado da amada. O atacante do São Paulo surpreendeu Fiorella com um buquê de flores no for- mato de um coração. Além disso, pelas redes sociais, Pato abriu o coração. “Meu amor, hoje é o seu Nicole Bahls fala sobre saída do Pânico: ‘Quero tocar minha vida’ A modelo anunciou sua saída no último domingo (9), durante o Domingo Show, da Record Nicole Bahls anunciou oficialmente sua saída do pro- grama Pânico na Band no último domingo (8), durante o programa Domingo Show, da Rede Record. Em função de alguns desentendimentos entre os integrantes da atração, disputa de espaço e falta de acordo com relação ao salário da modelo, Nicole resolveu deixar o Pânico. Segundo a assesso- ria da morena, apesar da direção do programa dominical ter enviado um comunicado afirmando que eles a dispensaram, o pedido para deixar o Pânico partiu da própria modelo. De acordo com a modelo, a decisão foi tomada após o último programa ao vivo de 2014. Na ocasião, Nicole comunicou oficialmente a direção que não pretendia mais voltar para a temporada de 2015. Mesmo com o pedido, nada havia ficado definido e após o período de férias, os responsáveis não entraram em contato para colocar um ponto final na situação da morena. A assessoria ainda afirma que houveram inúmeras tentativas de contato com a direção do Pânico para informar que a modelo estaria no Domingo Show para anunciar sua saída, mas não foi possível estabelecer o contato. Durante o Domingo Show, Nicole ainda foi sutil e declicada ao falar sobre o Pânico. “Não detonarei jamais. Serei eternamente grata ao Pânico, mas quero tocar minha vida e minha carreira para frente”. dia! O que falar de você. Acho que não teria espaço aqui pra colocar as palavras do que você representa. Mas saber que hoje você faz parte da minha vida eu só tenho que agra- decer todos os dias por você me dar força e carinho! Estou muito feliz por comemorar esse dia com você. Porque você merece. Te amo meu amor! Parabéns, de quem te admira muito!”, escreveu Pato. Também pelo Instagram, Fiorella agradeceu: “Meu aniversário! Ele me faz tão feliz!”, publicou na legenda da foto em que aparece com o mimo. Karina Bacchi faz treino no parquinho e incentiva: ‘Não tem desculpa’ A modelo fez uma montagem para mostrar os exercícios Karina Bacchi é uma das grandes personalidades que incentivam a vida saudável e faz questão de mostrar que é possível treinar em qualquer hora e em qualquer lugar. Na manhã desta terça-feira (10), a modelo fez uma montagem em sua rede social para dividir com seus seguidores o seu treino em uma parquinho. “Bom dia queridos! Tem dicas de exercícios para fazermos no playground! Isso mesmo! Não tem desculpa! Dá para treinar em qualquer canto! #karinabacchi #esporte #fitness #saude”, escreveu ela legenda. Usando até mesmo o balanço do local, a loira provou que quem quer sempre consegue adaptar e dar um jeitinho para malhar.
  7. 7. 1a qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 7 Problemas financeiros são um veneno para o relacionamento; aprenda a lidar com a grana Dinheiro é tema delicado e deve ser levado a sério tanto pelo homem como pela mulher Dinheiro pode não ter muito a ver com amor ver- dadeiro, mas convém não descuidar. De acordo com estudos realizados em 2013 pela Universidade do Kan- sas, Estados Unidos, casais que brigam por conta das finanças têm maior proba- bilidade de se separar. Para não viver com essa ameaça, fique atento a dicas que te ajudarão a ser feliz tanto no relacionamento quanto com os números. Conversar é preciso. Sim, falar sobre dinheiro pode ser chato, especialmente quando ele está em falta, mas acredite: ignorar este assunto é pior ainda e pode passar a impressão de quem não há confiança suficiente entre os dois para tratar de um assunto tão delicado. Re- servem pelo menos um dia por mês para definir como usarão grana que entra, in- vestimentos e se conscienti- zar de períodos de sacrifício. Não se esqueçam também de estabelecer como cada um poderá usar em gastos com coisas para si mesmo. Cair em tentação e gastar quando não pode é mais comum do que você imagi- na. Pior que isso, porém, é esconder do parceiro o que fez e fingir que nada acon- teceu. E quando, além de tudo, a dívida não é paga? Confusão na certa! Infideli- dade financeira é quase tão ruim quanto a infidelidade sexual, pois não deixa de ser uma forma de traição. Se você cometeu um deslize, admita o erro e tente se con- trolar da próxima vez. Cuidado com o excesso de dívidas. Na vida, todo mundo passa por apertos na situação financeira, mas quando a situação sai do controle dificilmente a vida pessoal não é afetada, espe- cialmente se a culpa for só de um dos lados. Portanto, façam um bom planejamen- to para não ficarem no ver- melho. Se acontecer, tentem quitar as dívidas juntos. Tome cuidado ao pedir dinheiro emprestado para a família, especialmente os sogros. É que, neste caso, os problemas podem se multi- plicar na hora do pagamen- to. Negocie muito bem os detalhes, que devem ficar claros para todos e, eviden- temente, serem cumpridos. E lembre-se: nada de gastar com supérfluos enquanto a dívida não estiver quitada. Assim, você evita conflitos e comentários maldosos. Se o excesso de gastos pode se tornar um enorme problema para o casal, o contrário também é verda- deiro. Querer economizar demais torna o dia a dia mais difícil, pois acaba deixando o outro frustrado por ter que dar milhões de explicações a cada compra que faz. Tem gente que é tão avarenta que chega a mentir para não colocar a mão no bolso, inventando problemas na empresa a fim de adiar uma viagem, por exemplo. Por mais que vocês tenham cui- dado com as finanças, nunca se esqueçam de reservar pelo menos uma parte para gastar juntos e fortalecer o relacionamento. Mentir para os filhos so- bre a real situação financeira da família também não é nada saudável. Essa dica se aplica especialmente a períodos complicados, pois as crianças precisam saber que nem sempre poderão ter tudo o que desejam. Nada de se sacrificar só para não dizer “não” para os pe- quenos. Isso só vai torná-los mimados, aumentar ainda mais a dívida e, consequen- temente, os conflitos entre vocês. Vestir-se bem é essencial em uma entrevista de emprego. Garanta uma boa primeira impressão Visual é seu cartão de visita no primeiro contato que a empresa terá com você Após entregar seu currí- culo, você foi chamado para participar da entrevista. Era tudo que você queria, mas aí, surge a dúvida: como se vestir para causar uma boa impressão? Será que isso conta pontos mesmo ou o que vale mesmo é seu desempenho intelectual? Antes de tudo, saiba qual é a área da empresa que você vai trabalhar. Tente desco- brir, por meio de fotos no próprio site da companhia, por exemplo, o tipo de traje usado ali. Se for concorrer a uma vaga em um escritório de advocacia, por exemplo, não é recomendável usar um estilo despojado na entre- vista. Roupas formais: terno para os homens e terninho para as mulheres sempre serão boas pedidas. Cores discretas complementam o visual certeiro. Já se você busca uma vaga em uma área de co- municação, mais informal, como algumas agências de publicidade, por exemplo, pode ousar mais na en- trevista. Roupas modernas com bom caimento, como vestidos e saias para as me- ninas e camisas como uma calça de sarja ou até mesmo jeans para os rapazes são boas opções de look despo- jado.Bom senso é a palavra chave. Nunca perca de vista que você está indo para uma entrevista e os exageros ao se vestir devem ser evita- dos. Calças e camisas muito justas que marcam ombros e músculos ou regatas não devem ser usadas por serem totalmente inadequadas à ocasião. O mesmo se aplica a decotes, fendas e saias muito justas e curtas. Essa é a sua chance de passar uma boa impressão. Use a menor quantidade de perfume possível. Mui- tas pessoas têm o olfato sensível e podem se sentir incomodadas com o cheiro do produto na sala. Bijute- rias muito grandes também devem ser evitadas, assim como correntes exageradas, tanto femininas quanto masculinas. Isso pode passar ao entrevistador a imagem de uma pessoa exagerada, não esqueça o que o senso comum diz: a primeira im- pressão é a que fica. Outra dica é optar por cores discretas nas peças e evitar estampas muito cha- mativas. Chapéus ou bonés também são dispensáveis, pois podem passar uma imagem de desleixo ou in- fantil demais. Tênis, sapatos modelo crocs ou chinelos de dedo não devem ser usados sob hipótese alguma. Parece exagero, mas há relatos de candidatos que comparece- ram assim à entrevista. Lem- bre-se que ser despojado é diferente de ser desleixado. Atenção sempre! Para finalizar, não esqueça queocabeloéresponsávelpor boapartedolookdapessoa.As mulheres não precisam correr para o salão sempre que tiver uma entrevista. Evite tiaras ou adereçoscoloridos,procureser o mais neutra possível. Já os rapazesdevemseateraocorte decabeloeàbarba.Seusarca- belocomprido,amelhoropção é prendê-lo, pois isso lhe dará umaspectomaissérioeevitará queocabelocaiaemseusolhos durante a entrevista. Já o uso da barba divide opiniões. Novamente você deve avaliar em qual tipo de empresa quer trabalhar. Se a vaga for num banco, por exemplo, tire a barba, pois isso causará boa impressão. Já ambientes mais despojados permitem o uso da mesma, desde que aparada e bem feita. Boa sorte! Anuncie no mais completo e mais lido Jornal de Ermelino e região. Ótimas promoções e formas de pagamento. Consulte!!! 2031-2364 2513-0928
  8. 8. 1a qUINZENA DE FEVEREIRO DE 2015Pág 8 Como fazer da “volta às aulas” um momento de inovação É muito comum crianças e adolescentes terem dificul- dades para entrar no ritmo escolar após passar as longas férias de verão distante do ambiente escolar, seja em casa ou viajando. Mas saiba que, mais do que possível, é muito importante que seu filho comece o ano bem motivado. O primeiro passo é tran- quilizá-lo, já que um novo ano costuma ser a causa de muita ansiedade. “Os ami- gos serão os mesmos? E se forem novos colegas, eles vão gostar de mim? Quem serão os novos professores? Será que vou gostar das ma- térias da nova série?”. Essas e outras perguntas estão na cabeça da molecada quando chega a hora de voltar para a escola. Cabe também a você, como pai, se avaliar. “Será que não sou eu mesmo a causa de grande parte da ansiedade de meu filho?”. Muitas vezes não acredi- tamos que na escola nosso filho terá a mesma atenção e carinho que recebe em casa. Tente se tranquilizar. “A escola é o melhor lugar para seu filho estar. Lá, ele conquista independência e autonomia”, garante a pe- dagoga Fátima Nunes . Se o seu filho está tro- cando de escola nesse ano, vocês terão um importante período de adaptação. Se necessário, acompanhe-o nos primeiros dias de escola. Se não puder, mande a avó, a tia ou alguém em quem a criança tenha confiança. Não deixe de explicar ao seu filho por que aconteceu a troca e fale sobre tudo o que tem de bom na escola nova. Ele vai ficar curioso para ver todas essas novidades. Além disso, estimule-o a se enturmar. Encontrar colegas que tenham inte- resses em comum é impor- tante nessa fase. Mas aceite o ritmo do seu filho. Não se espante se ele estiver cala- do no início. Cada um tem um ritmo. Esteja dispo- nível para conversar se ele quiser. Conhecer a direção, os professores e ter con- fiança no colégio fazem seu filho confiar tam- bém. Mas, se passar al- guns meses e ele não se adaptar mesmo, o ideal é repensar a escolha e considerar a troca de escola. Muitas crianças tem dificuldade no período de volta às aulas. Aprenda como mudar isso 10 cuidados antes, durante e depois da folia Carnaval é sinônimo de diversão, beleza, corpos à mostra e muito agito. A época mais esperada do ano está chegando e a prepara- ção para brilhar na passarela e nas praias brasileiras já está a todo o vapor. Para ajudar nessa tarefa, separa- mos algumas dicas da médi- ca Adriana Benito, da rede especializada em estética avançada Pró-Corpo. Além de eliminar aquelas gor- durinhas indesejáveis que sobraram das festas de final de ano, a doutora também explica como manter-se saudável durante e depois da folia. “Todas nós que- remos estar com tudo em cima para a grande festa brasileira, mas também é preciso cuidado para que o esforço não vá por água abaixo depois do feriado”, observa a doutora. Confira dez dicas valiosas para se preparar para o feriado e aproveitá-lo sem culpa: ANTES 1. Pratique ativida- des ao ar livre – Aprovei- te o verão para praticar exercícios nos parques da cidade ou para andar de bicicleta nas ciclovias. Além de ajudar na redução de peso, esse tipo de ativi- dade também contribui para melhorar o preparo físico para a maratona de Carnaval. Também vale a pena aproveitar a viagem para a praia para fazer uma caminhada à beira-mar. 2. Faça escolhas mais saudáveis – Pequenas mudanças na alimentação podem render ótimos re- sultados para quem quer eliminar alguns quilinhos. Invista em alimentos in- tegrais que, apesar de te- rem quase o mesmo valor calórico que os refinados, aumentam a saciedade, retardando a sensação de fome e favorecendo a per- da de peso. Além disso, inclua frutas e verduras na dieta. 3. Massagem mode- ladora – Eis uma solução prática e rápida. A técnica é caracterizada por mano- bras rápidas e intensas so- bre a pele, fazendo pressão por meio de movimentos de amassamento e desli- zamento, aliados a cremes com princípios ativos que promovem a quebra das cé- lulas de gordura. Melhora a oxigenação dos tecidos e o tônus muscular, modelando a silhueta. 4. Lipocavitação – Para reinar com corpo de musa neste Carnaval, um dos tratamentos mais in- dicados para combater a gordura localizada é a Lipo- cavitação, capaz de reduzir cerca de 3 cm da silhueta em apenas uma sessão – uma ajuda e tanto às vés- peras da folia. Conhecido também como “Lipoaspira- ção sem corte”, o método, sem dor ou necessidade de repouso, modela o contor- no do corpo e destaca as suas curvas. DURANTE 5. Beba bastante água – Hidratar-se é fun- damental, mas durante o Carnaval o cuidado deve ser redobrado. Ao curtir a festa, perdemos muito mais líquido, por causa do calor e da intensa atividade física. Consumir bastante água também ajuda a eliminar as toxinas contidas no álcool e a evitar o inchaço. 6. Durma bem - Es- tudos apontam que dormir pouco prejudica a queima de gordura e aumenta o apetite. O sono também ajuda a renovar a pele e manter o pique para os passeios e desfiles. 7. Troque o tipo de pe- tisco – Durante as comemo- rações, a dieta acaba ficando em segundo plano. Para evitar ganho de peso, faça escolhas mais conscientes na hora dos petiscos e refeições. Prefira alimentos mais leves, sem gordura e assados. Fuja das frituras. 8. Filtro solar – Cuidado imprescindível, especialmen- te para aqueles que ficarão expostos ao sol na praia ou nos bloquinhos de rua. O FPS recomendado é de, no míni- mo, 30, repetindo a aplicação a cada três horas ou quando a transpiração for excessiva. DEPOIS 9. Alimentação detox – Para eliminar o excesso de toxinas e recuperar energia, apele para uma dieta detox. As opções passam por sucos e saladas especiais, que con- tém fibras, termogênicos e vitaminas. 10. Massagem Pró-Detox: A massagem Pró-Detox com- bina movimentos específicos com cremes especialmente formulados para redução de medidas.Comoresultado,me- lhoravisivelmenteocontorno do corpo e colabora para a aceleração do metabolismo e a desintoxicação. Cansado de não ficar exausto depois de um tempo na folia? Confira algumas dicas para o seu carnaval ser incrível antes durante e depois

×