Ermelino 201

279 visualizações

Publicada em

Ermelino

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ermelino 201

  1. 1. A maioria dos brasileiros (94%) sabe que a camisinha é melhor forma de preven- ção às DST e aids. Mesmo assim, 45% da população sexualmente ativa do país PÁG. 2 PÁG. 3 Passeio ciclístico comemora os 461 anos da cidade de São Paulo não usou preservativo nas relações sexuais casuais nos últimos 12 meses. Os dados, inéditos, são da Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas na População Brasi- leira (PCAP), que serão apre- sentados nesta quarta-feira (28), em Brasília, durante o lançamento da campanha de prevenção... Maquiagempara aumentarolhospequenos Verão em casa, o ar fresco pede passagem Veja os estudantes que podem ter o passe livre PÁG. 7 PÁG. 4PÁG. 8 raleste@gmail.com - Tel. 2031-2364 1A QUINZENA DE JANEIRO DE 2015ANO XI - N.o 201 Alckmin insere São Paulo Prime de Surf no calendário esportivo do Estado Saúdelançacampanhadeprevenção àsDSTeaidsparacarnaval2015 Em comemoração dos 461 anos de fundação da cidade, a Prefeitura de São Paulo realizará uma “pedalada” que percorrerá os principais pontos turísticos da capital sobre duas rodas. A “Peda- lada de Aniversário” é gra- tuita, acontece no dia 25 de janeiro pela manhã e deverá reunir 5 mil pessoas para percorrer um trajeto de 15,8 quilômetros. As inscrições estão abertas pela internet até a próxima quarta-feira (21). Os participantes da pedalada ...
  2. 2. 1a QUINZENA DE JANEIRO DE 2015PÁG 2 TIRAGEM: 25.000 EXEMPLARES CIRCULAÇÃO: ERMELINO MATARAZZO, PONTE RASA, VILA CISPER, VILA UNIÃO, A.E CARVALHO, JARDIM PEDRO NUNES, GUARULHOS, PENHA E CANGAIBA Diretor Geral: Geraldo Malta Diretor de Redação: Divaldo Rosa - MTb: 42448 As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos diretores, colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. REDAÇÃO/PUBLICIDADE: 2031-2364 / 2513-0928 Revisora: Suseli Corumba dos Santos Diagramador: Sergio Avante Avenida dos Guachos, 166 - Cep: 08030-360 - São Paulo – SP - raleste@gmail.com O jornal de Ermelino & Ponte Rasa é Filiado à AJORLESTE Associação dos Jornais da Zona Leste Acontece Agora Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 03.115.443/0001-16 Jornalista: Silmara Galvão Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira JAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAP UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTOTO www.japauto.com.brJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJA CB 300R MENSAIS R$ 398, + ENTRADA LEAD110 MENSAIS R$ 197, + ENTRADA LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110LEAD110 MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$MENSAIS R$ 197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197197,,,,,,,,,,,,197,197197,197197,197197,197+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA CG 150 START MENSAIS R$ 198, + ENTRADA STARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTARTSTART MENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAIS R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$ 198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198198,,,,,,,,,,,,, + ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA LANÇAMENTO BROS 160 ESDD MENSAIS R$ 332, + ENTRADA 160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD160 ESDD MENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAISMENSAIS 332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332332,,,,,,,, + ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA+ ENTRADA LANÇAMENTO ITAIM PAULISTA - F.: 2025-7777 - AV. MARECHAL TITO, 7003 ALPHAVILLE / BARUERI / CAMBUCI / CARAPICUÍBA / CENTRO / FRANCISCO MORATO / FRANCO DA ROCHA / ITAQUERA / JABAQUARA / LIBERDADE / MAIRIPORÃ / MAUÁ / GUARULHOS / PIRITUBA / SANTO AMARO / SANTO ANDRÉ / VILA MARIA Todos juntos fazem um trânsito melhor. CG 150 Start 14/15 valor à vista R$ 7.391,00 ou entrada R$ 2.800,00 + 48X de R$ 198,00, total a prazo R$ 12.304,00 , Banco Bradesco c/ juros 2,55% a.m. (35,35% a.a.). Lead 110 14/14 valor à vista R$ 7.766,00 ou entrada R$ 3.200,00 + 48X de R$ 197,00, total a prazo R$ 12.656,00, Banco Bradesco c/ juros 2,55% a.m. (35,35% a.a.). Bros 160 ESDD 14/15 valor à vista R$ 11.029,00 ou entrada R$ 3.000,00 + 48X de R$ 332,00, total a prazo R$ 18.936,00, Banco Bradesco c/ juros 2,55% a.m. (35,35% a.a.). CB 300 14/15 valor à vista R$ 13.860,00 ou entrada R$ 4.100,00 + 48X de R$ 398,00, total a prazo R$ 23.204,00, Banco Bradesco c/ juros 2,55% a.m. (35,35% a.a.). Tabela sujeita a alteração sem prévio aviso, conforme política de comercialização da fábrica.Consulte todas as informações em nosso showroom. Promoções válidas somente para os modelos anunciados até o término do estoque (2 unidades de cada). Ofertas não cumulativas com outras .Imagens ilustrativas. Reservamos o direito de corrigir possíveis erros gráficos e de digitação SUBPREFEITURA DE ERMELINO Av. São Miguel, 5550 Ermelino Matarazzo-SP BANCA RDS Av. Aguia de Haia, 4085 Jardim Cotinha-SP Saúde lança campanha de prevenção às DST e aids para carnaval 2015A campanha incentiva prevenção, combinando camisinha, testagem e tratamento. Pesquisa de comportamento mostra que o uso do preservativo na última relação sexual, ocorrida nos últimos 12 meses, se manteve praticamente estável. A maioria dos brasileiros (94%) sabe que a camisinha é melhor forma de preven- ção às DST e aids. Mesmo assim, 45% da população sexualmente ativa do país não usou preservativo nas relações sexuais casuais nos últimos 12 meses. Os dados, inéditos, são da Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas na População Brasileira (PCAP), que serão apresentados nesta quar- ta-feira (28), em Brasília, durante o lançamento da campanha de prevenção às DST e Aids para o Carnaval 2015. Realizada em 2013, a pesquisa entrevistou 12 mil pessoas na faixa etá- ria de 15 a 64 anos, por amostra representativa da população brasileira. Os dados comparativos com pesquisas anteriores mostram que o uso do preservativo na última relação sexual, ocorrida nos últimos 12 meses, se manteve praticamente estável: 52% em 2004, 47% em 2008 e 55% em 2013, apesar das constan- tes campanhas de estímulo ao uso do preservativo durante todos esses anos. Além disso, houve um cres- cimento significativo de pessoas que relataram ter tido mais de 10 parceiros sexuais na vida. Esse per- centual subiu de 19%, em 2004, para 26% em 2008, chegando a 44% no ano de 2013. Diante deste panora- ma, o Ministério da Saúde optou por uma campanha de carnaval focada na prevenção, combinando camisinha, testagem e tratamento. Para tanto, houve um fortalecimento de estratégias comple- mentares ao uso do pre- servativo. Um exemplo é introdução, em dezembro de 2013, do novo Proto- colo de Tratamento para Adultos. O documento possibilitou o acesso aos antirretrovirais a todas as pessoas com o vírus da Aids. Atualmente, são cerca de 400 mil pessoas em tratamento, com 22 medicamentos antirre- trovirais distribuídos pelo SUS. Entender diferenças entre treino funcional e musculação pode ajudar no resultado final Treino funcional e musculação são alguns exercícios que podem ser passados de acordo com a necessidade ou objetivo de cada indivíduo Seja para ganhar massa muscular, melhorar a dis- posição, tratar uma lesão ou melhorar o rendimento, há vários tipos de exercícios que geram dúvidas nos in- divíduos que procuram um profissional para atingir seus objetivos. O fisioterapeuta Pericles Machado, da clínica Physio Athletic, explica que esta diversificação pode servir de acordo com a ne- cessidade de cada um. Segundo ele, na muscula- ção a tendência é isolar cada músculo com o intuito de obter melhores resultados pontuais, já no treino fun- cional o que se busca é com- binar os movimentos traba- lhando o maior número de músculos simultaneamente, com o objetivo de criar uma semelhança maior com os movimentos de cotidiano e esportes gerando melhores adaptações e consequente proteção no indivíduo para execução de tarefas simples até de alta performance esportiva. “Seja abaixar, levan- tar, subir e descer escadas para uma pessoa normal ou reprodução do gesto esportivo para atletas, o treino funcional recebe esse nome justamente por ser abrangente e útil”, relata o fisioterapeuta. É a avaliação feita por profissional capaz que vai determinar a neces- sidade de cada indivíduo, seja reabilitação, perfor- mance ou mesmo qualidade de vida. Tanto o fisioterapeuta quanto o educador físico estão aptos a atuarem na melhora física. As compe- tências adquiridas é que fará deste profissional apto ou não, explica Pericles. “Por exemplo, na fisioterapia há vários casos onde o pacien- te precisa ganhar força em uma musculatura para tratar lesões ligamentares e passa- mos treinos de hipertrofia”, finaliza. O objetivo atrelado ao acompanhamento pro- fissional pode garantir a qualquer pessoa o melhor resultado. Tendo para isto, esta diversidade de métodos e técnicas citadas que permitem inclusive uma escolha vinculada ao que dê mais satisfação e prazer ao indivíduo. Tomar remédios sem controle pode causar perda auditiva Atualmente há mais de 200 medicamentos ototóxicos. Os danos à audição podem ocorrer principalmente com o uso indevido de remédios sem prescrição médica O uso prolongado, em altas doses, de medicamen- tos, pode provocar tontei- ra, zumbido e até perda auditiva. Diuréticos, pílulas anticoncepcionais e antiin- flamatórios consumidos de forma indiscriminada estão entre esses remédios de risco. Tomar com frequência medicamentos conhecidos como ototóxicos pode causar lesões graves –algumas vezes irreversíveis – nas partes do ouvido humano responsá- veis pela audição e pelo equilíbrio. Muitos remédios contém o salicilato de sódio. A aspirina, por exemplo, está entre os medicamentos ototóxicos mais comuns. Seu consumo é exagerado, até para fins terapêuticos. Por isso, o melhor é seguir a orientação de um médico. A fonoaudióloga Isabela Carvalho, da Telex Soluções Auditivas, alerta para os riscos da automedicação. “In- felizmente, é comum as pes- soas tomarem remédios por conta própria, influenciadas pela indicação de vizinhos e amigos, o que é perigoso. As substâncias conhecidas como ototóxicas podem causar le- sões graves e, muitas vezes, irreversíveis à cóclea, a parte do ouvido humano respon- sável pela audição”, ressalta. Mas é importante lembrar que muitos desses remédios são essenciais no tratamento de doenças. Por isso, o ideal é que, antes do tratamento, se- jam feitos exames para verifi- car se já existe alguma lesão auditiva que possa se agravar com o uso do remédio. “Nesses casos, a per- da auditiva é irreversível e o processamento do som sofre prejuízo. Perde-se a capacidade de perceber com clareza a voz humana, os sons do ambiente e até a própria voz”, explica Isabela Carvalho. Os efeitos da ototoxidade dos remédios são amplos e atingem indivíduos de todas as idades. Nos ouvidos, esses medicamentos causam uma perda neurossensorial, tem- porária ou definitiva, de grau variado (de leve à profunda), de acordo com o remédio, a dose ingerida e o tempo de tratamento. “Aconselho a quem sus- peita de alguma dificuldade auditiva que procure um médico otorrinolaringologis- ta o mais rápido possível. A perda auditiva pode ter mui- tas causas: trauma acústico, infecções, idade avançada, mas pode ser conseqüência também do uso prolongado de um medicamento ototóxi- co”, conclui a fonoaudióloga da Telex.
  3. 3. 1a QUINZENA DE JANEIRO DE 2015PÁG 3 Caixad’águaéconstruída para captação das águas de chuva A Subprefeitura de Erme- lino Matarazzo está cons- truindo uma caixa d’água para captação das águas de chuva no Ecoponto da região, localizado na Rua Eduardo Kiyoshi Shimuta, nº 100 – Jardim São Nicolau. A caixa d’água armazena até cinco mil litros de água para reuso, que será utili- zada para as obras de vias, sarjetas, córregos, entre outros. Desta maneira, a Subpre- feitura de Ermelino Mata- razzo participa do processo de economia de água da região. Com esta reutili- zação das águas pluviais o fornecimento feito pela Sabesp será exclusivamente utilizado nas instalações Públicas e Municipais, evi- tando assim o desperdício da água potável. Defensoria Pública de SP pede indenização a estudante por contaminação no campus Leste da USP A Defensoria Pública de SP ajuizou em dezembro de 2014 uma ação contra o Estado e a Universidade de São Paulo (USP) em que pede tratamento médico, indenização e transferência de curso a uma estudante de Gestão Ambiental que desenvolveu diversas doen- ças após ser contaminada por substâncias tóxicas pre- sentes no solo e no lençol freático do campus da Escola de Artes, Ciências e Huma- nidades (EACH) – USP Leste. A partir de 2009, após ter começado a frequentar as aulas, Rosangela Fátima Toni desenvolveu doenças de pele – atopia mucocu- tânea crônica e alopecia frontal fibrosante –, hepa- tites A e B, crises alérgicas, problemas respiratórios e gástricos, em decorrência da contaminação por subs- tâncias como óleo ascarel- -PCB, que é cancerígeno e encontrado em motores de veículos, especialmente caminhões. A alopecia provocou a queda das sobrancelhas e de parte do cabelo da aluna, que por isso desenvolveu transtornos psicológicos. Ela passou a usar próteses de silicone de sobrancelha e, após constrangimentos em público pelo descolamento das próteses, decidiu se submeter a uma micropig- mentação na área – procedi- mento usado para preencher as sobrancelhas. Em 2011, surgiram os problemas respiratórios e gástricos e as crises alér- gicas, com risco de edema de glote – fechamento dos canais respiratórios. Já em 2013, devido à contamina- ção do lençol freático da USP Leste, Rosangela con- traiu os vírus das hepatites A e B. Atualmente, ela sofre restrições com anestesias e medicamentos devido às doenças, e teme que tenha desenvolvido câncer, devido ao aparecimento de nódulos coloridos em seu corpo, ain- da sem diagnóstico devido à dificuldade para agendar atendimento médico. Contaminação Segundo inquérito civil e ação civil pública do Mi- nistério Público, o campus universitário foi contamina- do pelo ascarel presente em terras descartadas das obras do Templo de Salomão, da Igreja Universal do Reino de Deus, com autorização pelo período de cerca de um ano, da diretoria da EACH- -USP Leste, desrespeitando a legislação ambiental. De acordo com a ação ajuizada pelo Defensor Público Rafael Lessa Vieira de Sá Menezes, Coordenador Auxiliar do Núcleo Especializado de Ci- dadania e Direitos Humanos, o terreno também está con- taminado por gás metano. Rosangela registrou bo- letim de ocorrência sobre a presença de substâncias tóxicas, pediu providências à diretoria da EACH, solicitou a interdição do campus ao Ministério Público, prestou depoimentos e apresentou documentos à CPI das Terras Contaminadas na Câmara Municipal de São Paulo. A universidade informou que prestaria todo o auxílio necessário à saúde da estu- dante, mas nada fez até o momento. Pedidos judiciais Na ação, a Defensoria Pública pede que a aluna tenha custeado pelo Estado tratamento médico espe- cializado das doenças e de prevenção ao câncer; e que seja transferida do curso de Gestão Ambiental para o de Saúde Pública, no campus Butantã – considerando que o curso frequentado atualmente por Rosangela é ministrado apenas no campus Leste –, mantendo a bolsa-auxílio recebida por ela. A Defensoria também pede indenização por danos materiais, morais e estéticos. Passeio ciclístico comemora os 461 anos da cidade de São Paulo Ciclistas percorrerão 15,8 quilômetros visitando os principais pontos turísticos da cidade. Inscrições estão abertas até quarta- feira (21) Em comemoração dos 461 anos de fundação da cidade, a Prefeitura de São Paulo realizará uma “pe- dalada” que percorrerá os principais pontos turísticos da capital sobre duas rodas. A “Pedalada de Aniversá- rio” é gratuita, acontece no dia 25 de janeiro pela manhã e deverá reunir 5 mil pessoas para percorrer um trajeto de 15,8 quilômetros. As inscrições estão abertas pela internet até a próxima quarta-feira (21). Os participantes da pe- dalada irão se concentrar a partir das 6h30 na avenida Paulista, em frente ao Mu- seu de Arte de São Paulo (Masp). Em frente ao prédio da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), na al- tura do número 1.313, será instalada uma tenda para distribuição de água e um posto médico. A largada será às 8h e os ciclistas per- correrão uma primeira etapa de 13,2 quilômetros até o Centro Esportivo e de Lazer Tietê, onde acontecerá uma parada. Em seguida, pedala- rão mais 2.600 quilômetros até a chegada, prevista para as 11h30, no Vale do Anhan- gabaú. No trajeto, estão pre- vistos 12 pontos turísticos e históricos, como o Sam- bódromo do Anhembi e o Centro Esportivo e de Lazer Tietê, na zona norte, a Pinacoteca do Estado e a Estação da Luz, as ave- nidas Ipiranga e São João, a Praça da República, o Viaduto do Chá, o Thea- tro Municipal e o Vale do Anhangabaú, na região central. O trajeto completo pode ser consultado no site do evento. Para garantir a diversão de todos os ciclistas, é reco- mendado pedalar de acor- do com as instruções de velocidade da organização do evento e também a uti- lização de equipamentos de segurança, principalmente capacete. Em todo o trajeto, haverá postos médicos, ten- das de manutenção e apoio da Guarda Civil Metropolita- na (GCM), da Companhia de Engenharia e Tráfego (CET) e da Polícia Militar. Inscrições As inscrições para o pas- seio são gratuitas e serão realizadas até o dia 21 pela internet. Os participantes inscritos terão direito a um número de peito e a uma camiseta do evento. A reti- rada deste kit acontecerá no sábado (24), das 9h às 18h, no Centro Esportivo e de Lazer Tietê, localizado a cerca de 300 metros da estação de metrô Armênia. Aatraçãoémaisumincen- tivoparaaadoçãodalocomo- ção em bicicleta na cidade, que conta atualmente com 212,2 quilômetros de ciclo- vias, sendo 149,2 implemen- tados na atual gestão. Em 5 de janeiro, foram iniciadas as obras para a implantação das ciclovias na avenida Paulista e sob o Elevado Costa e Silva. A infraestrutura para ciclistas na cidade está disponível na internet. De acordo com o Programa de Metas 2013- 2016, o objetivo é até 2016 totalizar 400 quilômetros de novas ciclovias. Passeio Ciclístico e Caminhada do Aniversário de São Paulo Data: 25 de janeiro – Do- mingo Concentração na Avenida Paulista em frente ao MASP Largada às 8h Inscrições: http://www.minhasins- cricoes.com.br/pedaladaa- niversariosaopaulo/2015/ Retirada do Kit Data: 24 de Janeiro - Sábado Horário: das 9h às 18h Local: Centro Esportivo Tietê Endereço: Avenida San- tos Dumont, 843 – Luz (pró- ximo a estação Armênia do Metrô) Alckmin insere São Paulo Pri- me de Surf no calendário esportivo do Estado Governador também entregou medalha de honra ao mérito ao campeão mundial Gabriel Medina O governador Geraldo Alckmin assinou, nesta se- gunda-feira, 19, um decreto para inserção do Campe- onato São Paulo Prime de Surf no calendário oficial esportivo do Estado de São Paulo. A competição, por- tanto, recebe a chancela do Governo de São Paulo e passa a ser reconhecida como referência em dispu- tas de surf, assim como na aparição de novos talentos desta modalidade. “São Paulo tem a tradi- ção dos bons esportistas. À extensa linhagem de craques que no esporte honraram e continuam a honrar São Pau- lo, o Brasil e todo o mundo, somou-se no ano passado o nome de Gabriel Medina, campeão mundial de surf em 2014. Por isso assinamos hoje a inclusão do surf no calendário esportivo do Es- tado de São Paulo”, disse o governador. Alckmin recebeu o surfis- ta Gabriel Medina no Palácio dos Bandeirantes. O atleta, nascido em São Sebastião, no litoral norte de São Pau- lo, recebeu a medalha de honra ao mérito esportivo das mãos do governador. A honraria é oferecida a esportistas e equipes do Es- tado que tenham destaque nacional ou internacional. O secretário estadual de Espor- te, Lazer e Juventude, Jean Madeira, esteve presente ao evento. Subprefeitura de Ermelino Matarazzo realiza obras em Praças da região As obras nas Praças Faus- tina Maria Caballero e Dom Pastor Domingos D’Atilio, Ermelino Matarazzo, estão quase concluídas e os muní- cipes já podem usufruir dos equipamentos de ginástica que foram instalados nelas. A revitalização das Praças de Ermelino é um pedido antigo dos moradores, que estão recebendo as Praças restauradas e os novos equi- pamentos de ginástica de braços abertos.
  4. 4. 1a QUINZENA DE JANEIRO DE 2015PÁG 4 Saiba como obter as vantagens do bilhete único temporal Para ter acesso a todas as vantagens do bilhete único temporal, os usuários dos ônibus da capital devem se cadastrar para obter o novo bilhete único, que é gratui- to. Com o cadastramento o cidadão recebe um cartão personalizado, com foto, que além das recargas tradi- cionais pode receber cargas temporais, nas modalidades mensal, temporário e diário. A opção é feita no momento da recarga. Estudantes que ainda não têm o novo Bilhe- te Único devem se cadastrar neste modelo para ter direi- to à gratuidade no sistema de transporte municipal. Antes de iniciar seu ca- dastro, tenha em mãos ar- quivo com sua foto 3x4 em formato digital, com fundo neutro, baixa resolução (má- ximo 30kbytes). A foto pode ser tirada com celular ou uma câmera digital. O cadastro na página da SPTrans começa com o preenchimento dos dados pessoais, como o número do RG, do CPF e o endereço com CEP. É necessário também gravar uma senha, para que o usuário possa depois aces- sar o cadastro, para serviços como alteração de dados e solicitação de bilhete de estudante, ou ainda para Programa Mulheres de Peito alcança detentas do Estado de São Paulo O programa de rastrea- mento do câncer de mama do Governo de São Paulo expandiu seu atendimento para as unidades prisionais paulistas. Para isso, uma das quatro carretas-móveis da iniciativa Mulheres de Peito equipada com mamógrafo começou a percorrer os pre- sídios femininos localizados tanto na região metropoli- tana quanto em municípios do interior. Além de estrutura com- pleta para a realização dos exames, que inclui apare- lhos de mamógrafo, ultras- som, conversor de imagens analógicas em digitais e antenas de satélite, as mu- lheres são atendidas por uma equipe multidiscipli- nar composta por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem e um médi- co ultrassonografista. O veículo, que oferece exames de mamografias grátis sem necessidade de pedido médico para mulhe- res entre 50 e 69 anos de idade, já passou por quatro unidades prisionais na Capi- tal que ficam nos bairros do Butantan, Carandiru, Santa- na e São Miguel Paulista. A carreta ainda vai chegar em outros 13 presídios de dife- rentes regiões do Estado. A previsão é de que o serviço itinerante atenda aproxima- damente três mil mulheres. Também poderão ser sub- metidas ao exame de mamo- grafia as mulheres presidiá- rias com menos de 50 anos de idade, desde que tenham recebido um pedido médico emitido após uma consulta ou outro atendimento hos- pitalar. Veja os estudantes que podem ter o passe livre A Secretaria Municipal de Transportes publica ama- nhã (9) no Diário Oficial da Cidade a portaria de regu- lamentação das regras para concessão do passe livre a estudantes no transporte público. As regras foram estabelecidas em conjunto com o governo do Estado e confirmam os critérios para obtenção da gratuidade anunciados anteriormente. A regulamentação detalha que, nos casos onde haverá limitação por renda familiar per capita, valerá a auto declaração do estudante, que será feita no portal da SPTrans. Para uso no ônibus, os alunos que estudam cinco dias por semana receberão 24 “cotas diá- rias” por mês. Cada “cota diária” permite até oito embarques de ônibus em um período de 24 horas. Dessa forma, o estudante tem mais liberdade para completar seu trajeto, em um ou mais ônibus, no limite máximo de até 192 embarques por mês*. A concessão das cotas é proporcional aos dias de aula. Portanto, se o alu- no estuda uma vez por semana, receberá cinco cotas. As cotas não são cumulativas. Se não forem utilizadas, não ficarão acumuladas no cartão para o mês seguinte. Terão direito às cotas gratuitas os estudantes que: - cursem o ensino fun- damental e médio nas redes públicas de ensino municipal, estadual ou federal; - cursem o ensino su- perior das redes públicas estadual ou federal, que possuam renda familiar per capita inferior a 1,5 salário mínimo nacional. - cursem o ensino su- perior em estabelecimen- tos privados desde que sejam: - Bolsistas do progra- ma Prouni – Programa Universidade para Todos - Financiados pelo Fies - Programa de Financia- mento Estudantil - Integrantes do Pro- grama Bolsa Universida- de (Programa Escola da Família), que possuam renda familiar per capita inferior a 1,5 salário mí- nimo nacional. - Abrangidos por pro- gramas governamentais de cotas sociais, que pos- suam renda familiar per capita inferior a 1,5 salá- rio mínimo nacional. O cartão do Bilhete Único com a gratuida- de para os estudantes só pode ser usado por seu titular, que é responsável pela recarga. Quando as cotas e viagens se esgota- rem, será cobrado o valor padrão da tarifa para no- vas viagens no transporte coletivo. *Esse limite é o equi- valente às 48 viagens por mês anunciadas anterior- mente, considerando que cada “viagem” de ônibus pode ter até 4 embarques. São Paulo atinge menor taxa de homicídios desde 2001 Nos últimos 14 anos, a queda deste indicador foi de 70% O estado de São Paulo registrou a menor taxa de homicídios desde 2001. A taxa de homicídios caiu, em 2014, para 10,06 por grupo de 100 mil habitantes. Até então, o ano com menor registro era 2011, com 10,08 hom/100 mil hab. Nos últi- mos 14 anos, a queda neste indicador foi de 70%. A taxa de homicídios mede a proporção de ocor- rências em relação à popu- lação e é o principal índice internacional de criminali- dade. A taxa recomendada pela Organização das Na- ções Unidas (ONU) é de 10 hom/100 mil habitantes. Em dezembro, os homi- cídios tiveram redução, em números absolutos, pela sétima vez no ano. O mês passado teve queda de 7% nas mortes intencionais, com 373 casos ante 401 no mes- mo período do ano anterior. Este é o menor número para um mês de dezembro desde 2001. Ainda no último mês do ano, os latrocínios caíram 16,7%, com 30 casos ante 36. Em 2014, os roubos seguidos de morte tiveram uma redu- ção de 2,1%, de 380 latrocí- nios em 2013 para 372. Veículos O ano passado também registrou queda na taxa de veículos roubados e furta- dos, que compara o número de crimes em relação à frota existente. Em 2014, o índice de roubo e de furtos de veículos no estado re- cuou 2,1%. Já a Operação Desmanche fiscalizou 999 estabelecimentos em 2014 e interditou 503 locais por irregularidades. A iniciati- va combate a venda irre- gular de veículos e peças usadas, e, consequente- mente, o roubo e o furto de veículo. Os dados fazem parte das estatísticas de crimi- nalidade divulgadas pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP). Programa “De Braços Abertos” completa um ano A Secretaria Municipal de Saúde estima redução em cerca de 80% das pessoas no chamado “fluxo” de usuários de drogas. A Polícia Militar registrou diminuição de 80% nos roubos de veículo e 33% no furto a pessoas O programa “De Braços Abertos”, implementado pela Prefeitura de São Paulo na região da Luz, no centro da capital, completa um ano neste mês com números acompanhados pela redução no chamado “fluxo” de usu- ários de drogas estimada em 80% e queda da criminali- dade na região. O programa tem hoje 453 beneficiários cadastrados e soma mais de 54 mil atendimentos de saú- de aos dependentes químicos realizados, além de 599 aten- dimentos odontológicos. São 21 beneficiários já em processo de autonomia e tra- balhando fora do programa, com outros 321 nas frentes de trabalho de varrição de ruas e limpeza de praças. Antes da implantação do projeto, a região popular- mente conhecida como Cra- colândia recebia diariamente cerca de 1.500 usuários de drogas, pessoas que faziam uso do crack a céu aberto em diversos pontos. Atualmente, de acordo com o Secretaria Municipal de Saúde, o fluxo, como é chamada a cena de uso de drogas, está concen- trado apenas na região da Alameda Cleveland com a Rua Helvetia e recebe em média 300 pessoas por dia - uma redução de 80% ao longo dos últimos 12 meses. A presença mais ostensiva do poder público na região tem impactado também nos números relativos à seguran- ça pública. A Polícia Militar registrou diminuição de 80% nos roubos de veículo e de 33% no furto a pessoas em relação ao ano anterior, antes da implantação do programa, e efetuou número 83% maior de prisões por tráfico de entorpecentes. O programa – Hoje são 453 beneficiários cadastra- dos, acompanhados pelas equipes de assistência social, saúde, cultura, esporte e la- zer da Prefeitura, com apoio da segurança urbana. O programa “De Braços Abertos” foi estruturado em frentes de trabalho de zeladoria com remuneração de R$15 por dia, atividades de capacitação, três alimen- tações diárias e vagas em hotéis da região. Em janeiro de 2014, depois de meses de diálogo contínuo com os antigos moradores dos cerca de 150 barracos que ocupavam as ruas da região, os primeiros participantes cadastrados ajudaram a des- montar suas barracas e foram para os quartos dos hotéis, dando início à primeira fase das ações. O projeto parte do res- gate social dos usuários de crack por meio de trabalho remunerado, alimentação e moradia digna, com orien- tação de intervenção não violenta. Suas diretrizes tra- zem um novo olhar sobre o dependente químico, que deixou de ser tratado como um caso de polícia e passou a ser encarado como cidadão, com direitos e capacidade de discernimento. O tratamento de saúde é uma consequên- cia das etapas anteriores, e não condição prévia imposta para participar do programa. As ações são coordena- das pelas secretarias mu- nicipais de Saúde (SMS), Assistência e Desenvol- vimento Social (SMADS), Desenvolvimento,Trabalho e Empreendedorismo (SDTE), Segurança Urbana (SMSU) e Direitos Humanos e Cidada- nia (SMDHC). Perfil dos beneficiários – Dos 453 cadastrados hoje no programa, 286 são homens e 167 mulheres. Desse total, há seis adolescentes e 30 crianças. Entre os benefici- ários, 290 são do município de São Paulo, 63 de outras cidades do estado de São Paulo, 99 de outros estados e um estrangeiro. As equipes de assistência social estimam que cerca de 70% chegaram a passar pelo sistema prisio- nal. Cinco têm ensino supe- rior completo e outros nove, incompleto. 70 completaram o ensino médio, e outros 13 não foram alfabetizados. consultar o andamento do pedido. Pelo sistema eletrônico, em seguida, é escolhida a ilustração que irá decorar o bilhete. Entre as opções estão pontos turísticos da capital, como o Estádio do Pacaembu, o Theatro Muni- cipal e o Museu de Arte de São Paulo (Masp). Na mesma tela, o usuário decide em qual dos 40 postos da SP- Trans será retirado o novo bilhete. O último passo é o envio de uma fotografia digital. Quando concluir o ca- dastro, o usuário recebe por email as instruções para a retirada do cartão, no pos- to escolhido. O bilhete leva cerca de 10 dias para ser confeccionado. As principais dúvidas sobre o cadastro e o uso do cartão são respon- didas na página da SPTrans. Caso haja algum problema no processo de cadastro, é possível entrar em contato pela internet com a Central de Atendimento.
  5. 5. 1a QUINZENA DE JANEIRO DE 2015PÁG 5 PublicidadePublicidade
  6. 6. 1a QUINZENA DE JANEIRO DE 2015PÁG 6 1 Garagem com Célula de Segurança 2 Salão de Festas 3 Salão de Jogos 5 Salão Gourmet 6 Brinquedoteca 7 Lavanderia Comunitária 8 Piscina Adulto e Infantil 9 Churrasqueira 10 Redário 11 Pet Place 12 Home Office 13 Playground 14 Sala de Estudo 15 Portaria Fitness4 Av. Afonso Lopes Baião, 411 São Miguel Paulista LOCAL Rua Jaime Barcelos, 536 São Miguel Paulista SHOW ROOM 11.3672 1806 Intermediação: Realização e Incorporação: www.clmincorp.com.br Participação: VERSATILIDADE DE PLANTAS LAZER COMPLETODORMITÓRIOS 1 OU 2 VAGAS C/ DEPÓSITO DICAS SAUDÁVEIS PARA APROVEITAR O VERÃO A reposição de sais minerais, vitaminas e água são fundamentais para o bom funcionamento do organismo O Brasil tem registrado os dias mais quentes dos últimos anos. Com as altas temperaturas, os cuidados com a saúde devem ser redo- brados para evitar a desidra- tação. Entre os mecanismos naturais para equilibrar o organismo está o suor que ajuda a diminuir a tempera- tura. Por isso, é importante fazer a reposição de água e vitaminas, eliminadas pelo suor, assim como os sais do corpo que devem ser repostos preferencialmente com sais minerais mais sau- dáveis presentes nas algas marinhas. A nutricionista Camila Prata, da Universidade Es- tadual do Rio de Janeiro, sugere estabelecer uma ro- tina na alimentação duran- te o verão, fracionada em porções menores ao longo do dia. “Além disso, é fun- damental fazer a reposição dos minerais eliminados pelo suor e pela urina”, orienta a especialista. O suor contém principalmente os eletróli- tos Sódio, Potássio, Cloro e Magnésio, conhecidos como sais minerais. O suor intenso pode levar à desidratação e perda importante des- ses sais, principalmente de sódio. Os minerais são tão importantes quanto as vita- minas e, sem eles, o nosso organismo não realiza, de forma eficaz, as funções metabólicas. Para atender as necessidades do corpo, é possível fazer essa reposição com sais à base de algas marinhas – cujo princípio ativo é o concentrado mi- neral marinho - que, além de mais saudáveis, permitem a absorção de até 86% dos minerais. A seguir mais dicas da nutricionista: 1. Aumente o consumo de líquidos. Evite tomar água apenas quando estiver com sede, pois ela é um sinal de desidratação, mesmo que leve. Beba água ao longo de todo o dia. Em relação aos sucos, prefira aqueles pre- parados com frutas naturais. Além de hidratarem, con- têm de 80 a 95% de água, 5 a 20% de carboidratos e quantidades significativas de vitaminas e minerais. 3. Consuma mais legumes, frutaseverduras.Alémdesau- dáveissãofontesdevitaminas, minerais e fibras. Também são refrescantes, de fácil digestão e possuem maior quantidade de água. 4. Caso as fontes de mine- rais não possam ser repostas de forma eficaz, a dica é com- plementar a alimentação com suplementos. Prefira os de origem marinha. 5.Paraareposiçãodocálcio ao longo de toda a vida, bus- queumaalimentaçãobalance- ada, se possível com alimentos orgânicos.Éomelhorcaminho para a prevenção e combate à osteoporoseedemaisdoenças degenerativas. Consulte seu médico e farmacêutico de confiança, inclusive para fazer areposiçãodecálciopor meio de suplementos. Filhos mudam a vida, mas não precisam prejudicar o relacionamento do casal; saiba mais Pequenas ações evitam que a chegada de um bebê acabe com um casamento A chegada dos filhos é um momento muito aguar- dado na vida de um casal, mas pode também contri- buir (e muito) para o fim do relacionamento. Quem nunca ouviu falar ou mesmo viveu situações na qual o homem e a mulher mal dão atenção um ao outro por causa do bebê? Sexo então... nem pensar, afinal o cansa- ço é tanto! Histórias assim existem aos milhares, mas não precisam acontecer com você. Veja algumas dicas para manter a chama acesa mesmo com a chegada dos novos membros da família. Não deixe de namorar. Sim, é verdade que uma casa com crianças dá muito mais trabalho do que quando só eram vocês dois, mas não é por isso que vocês deixa- ram de ser um casal ou de precisarem de carinho. A diferença é que tudo agora, inclusive o amor, precisa contar com um planejamen- to para funcionar bem. Mas garantimos: você não irá se arrepender de manter a libido acesa. Dividam as tarefas. Não importa quem ganha mais: para que um dos lados não fique sobrecarregado, é pre- ciso que vocês estabeleçam quem cuida do quê na nova fase da vida do casal. Tarefas como a arrumação da casa, das roupas e a educação das crianças devem ser divididas de maneira justa, levando em conta o dia a dia, a dis- ponibilidade e os desejos de cada um. Caso contrário, é infelicidade na certa. Devido ao instinto ma- terno, muitas mulheres se sentem como se tivessem a obrigação de se dedicarem somente aos filhos. Calma lá! O homem também é o pai e deve assumir essa fun- ção, pois, caso contrário, ele pode, ainda que de maneira inconsciente, enxergar a criança como um “rival” na busca da atenção da mulher. Sempre procure fazê-lo par- ticipar ativamente da vida dos baixinhos, o que vai muito além da contribuição financeira. Salvo raríssimas exce- ções, em algum momento haverá divergências no casal a respeito da maneira como a educação dos filhos deve ser conduzida. Quan- do isso acontecer, nunca discorde de seu parceiro na frente das crianças, pois, além da evidente perda de autoridade, ela ficará sem saber como agir dian- te de ordens distintas e vocês acabarão brigando. Procure discutir os pontos fundamentais que dese- jam passar aos filhos em uma conversa a sós e, na frente deles, mantenham os dois a mesma conduta combinada. Tentem fazer atividades juntos para aumentar a inte- gração de todos os membros da família. Em um mundo no qual cada vez temos menos tempo, a união pode acon- tecer até mesmo durante o jantar, onde todos poderão aproveitar a pausa para con- versar. Outra sugestão é que vocês brinquem juntos, uma maneira descontraída de esquecer um pouco a rotina, estreitar os laços e visitar a própria infância. Compreensão também é uma palavra que deve ser levada muito a sério para que os filhos sejam uma fe- licidade e não um problema no relacionamento do casal. Enquanto o homem devem entender a enorme dedica- ção que a mulher passará a direcionar para o bebê, ela precisa estar ciente que a tendência do marido é mergulhar no trabalho para que a família não sofra por questões financeiras. Coloque-se sempre no lugar do outro. Emoções são contagiosas também nas redes sociais, aponta estudo Comentários negativos ou positivos na timeline influenciam o humor de quem os lê da mesma forma que ocorre na vida real Se o seu dia foi péssimo, talvez seja hora de dar uma passadinha na sua timeline do Facebook em busca de um pouco de reforço positivo. De acordo com um novo estudo realizado por cientistas e do próprio Facebook, as emo- ções têm o potencial de se espalhar entre os usuários de redes sociais on-line. Os pesquisadores reduzi- ram a quantidade de histórias positivas ou negativas que surgiram no feed de notícias de 689.003 usuários do Face- book selecionados aleatoria- mente, e descobriram que o fenômeno conhecido como “contágio emocional” ocor- reu nos dois sentidos. As pessoas que tiveram o conteúdo positivo proposi- talmente reduzido na time- line por uma semana usaram palavras mais negativas em suas atualizações de status. Quando o feed de notícias teve reduzidos os conteúdos negativos, ocorreu o padrão oposto: palavras significativa- mente mais positivas foram utilizadas nas atualizações de statusdosusuáriosparticipan- tes do estudo. O experimento é o primei- ro a sugerir que as emoções expressas por meio das redes sociais on-line influenciam o humor dos outros, relataram os pesquisadores no estudo. Experimentos anteriores já demonstraram o contágio emocional em situações do mundo real – interagir com uma pessoa feliz é agradável e contagiante, assim como interagir com um ranzinza pode dar início a uma ver- dadeira epidemia de mau humor. Mas esses “contágios” resultam de uma experiência de interação, e não de expo- sição a emoções, e os pesqui- sadores se perguntavam se a exposição on-line a um texto carregado de humor pode realmente mudar o humor de quem o lê. Eles também se perguntaram se a exposição à felicidade dos outros pode realmente ser deprimente, produzindo um efeito de comparação social. O Facebook, com mais de 1,3 bilhão de usuários com as mais variadas disposições emotivas – e um recurso de feed de notícias que filtra regularmente mensagens, histórias e atividades mais curtidas e compartilhadas – revelou-se o lugar ideal para começar, disseram os pesqui- sadores. Os cientistas não chega- ram a ver o conteúdo real dos posts,porcontadapolíticade uso de dados do Facebook. Em vez disso, contaram ape- nas a ocorrência de palavras positivas e negativas em mais de 3 milhões de posts, num total de 122 milhões de pa- lavras. Eles relatam que 4 milhões dessas palavras fo- ram “positivas” e 1,8 milhões foram “negativas”. Hancock disse que as expressões emocionais das pessoas no Facebook foram capazes de predizer as ex- pressões dos amigos dessas pessoas, até mesmo dias de- pois da postagem. Também observamos um efeito contrário: as pessoas que foram expostas a me- nos posts emocionais em seu feed de notícias foram menos expressivas nos dias seguintes. Esta observação, e o fato de que as pessoas eram mais emocionalmente positivas em resposta às postagens positivas de seus amigos, contrastam com as teorias que sugerem que visualizar mensagens positi- vas de amigos na rede social pode, de alguma forma, afetar negativamente. Hancock planeja direcio- nar suas futuras pesquisas em como as expressões de emoções positivas e nega- tivas influenciam os níveis de engajamento em outras atividades on-line, tais como curtir e comentar posts. Ele disse que as conclusões do estudo podem ter implica- ções para a saúde pública. Mensagens on-line influen- ciam a nossa experiência emocional, que pode afetar uma variedade de compor- tamentos off-line.
  7. 7. 1a QUINZENA DE JANEIRO DE 2015PÁG 7 Veja os modernos penteados para a praia Verão chegando e a gen- te já antecipando uns dias na praia, não é mesmo? A umidade, o calor e o vento, no entanto, contribuem para que os cabelos fiquem cheios de frizz e sem forma. Para continuar linda, apro- veitar o mar e a areia e não se preocupar com o visual, selecionamos alguns pente- ados práticos e fáceis para você copiar! Rabos de cavalo e coques: os favoritos da areia Os mais democráticos do universo dos cabelos! Cabem em qualquer ocasião, do ta- pete vermelho para a areia, e são perfeitos para quem quer tomar sol ou entrar no mar. Cabelo preso na praia é o ideal: evita areia, água salgada, suor e aquele bronzeado nas costas com a marca branca dos fios, nada pior, não é mesmo? Para o presinho ficar mais estiloso, você pode brincar com um topete, fazendo um leve vo- lume na franja e prendendo- -a para trás. Tranças: a cara do verão! Ame-as! Elas são lindas e incrivelmente rápidas de fazer. Trança lateral, trança no rabo de cavalo ou até no coque. Além disso, à noite, quando você soltar os fios, eles estarão ondulados e com aquele jeito de cabelo de surfista. E você nem vai precisar comprar o tal spray que imita água do mar para ficar com a cara do verão! Soltos: mas com cuidado Quem disse que não se usa cabelo solto na praia? Pode exibir seus fios incrí- veis, sim! Mas, para não se preocupar com fiozinhos avulsos voando ou com a franja começando a ficar indefinida, aposte nos en- roladinhos e nas tranças na frente do cabelo. Além de funcionais, elas dão um to- que de estilo! Outra opção é o meio rabo, fácil de fazer, ele prende e alisa apenas uma parte do cabelo, evi- tando o frizz e esvoaçante na frente. Atrás você pode de vez em quando dar uma amassadinha para deixar os fios soltos e bem volumosos. Acessórios coloridos à vista Falou em verão, pensou em acessórios! Flores, tiaras, headbands, grampos e lenços serão seus melhores amigos. Além de enfeitarem os cabe- los, eles ajudam a disfarçar a bagunça que a umidade e o calor fazem com os fios. Versáteis, eles podem ser combinados com qualquer cabelo e estilo: coque com lenço, trança com flor, rabo com grampos. As opções são infinitas, use a imaginação e aproveite a praia! Maquiagem para aumentar olhos pequenos Dizem que os olhos são a janela da alma. Mais para algumas mulheres olhos pe- quenos pode ser um proble- ma ainda mais se você deseja um olho mais destacado, mas há maneiras de resolver o problema. As técnicas de maquiagem adequada pode ajudá-la ter olhos lindos e grandes. Ao aplicar maquia- gem em olhos pequenos, é importante observar algu- mas dicas especiais, alguns erros comuns podem fazer os olhos pequenos parece- rem ainda menores. Uma vez que o tamanho dos olhos não vai aumentar, utilizar alguns truques de maquia- gem é uma grande solução. È importante que você saiba que há duas maneiras de fa- zer maquiagem em olhos pe- quenos. A primeira maneira é fazer os olhos parecem maiores, a outra maneira é não dar importância ao tamanho do olho, apenas enfatizar e realçar a beleza de seus olhos. Veja abaixo como aplicar maquiagem em olhos pe- quenos para torná-los olhar grande! 1- Primeiramente veja se suas sobrancelhas esta per- feita se não estiver certinha tire os fios ruins. A linha da sobrancelha deve ser curva- da e cuidadosamente man- ter a clareza da forma. Uma coisa que você precisa saber é que uma sobrancelha for- te, bem feita afeta e define o tamanho de seus olhos mesmo sem maquiagem vai fazer os olhos parecerem maiores. 2- Em seguida limpe bem os olhos não se esqueça de que a maquiagem fixa melhor se os poros estive- rem abertos isso é possível fazendo a maquiagem de- pois de lavar o rosto com água morna. Depois passe um prime ou como muitas dizem o fixador de sombra de preferência ao branco, pois ele vai destacar mais as cores que você escolher para sua maquiagem. Depois caso precisa use um corretivo para tapar alguma imperfei- ção que você não goste. Não se esqueça da regra de ouro da maquiagem: cores claras visualmente tão mais vida e reforçam os olhos, cores escuras reduzem. 3- O próximo passo é escolher a cor do seu de- lineador. Escolha uma cor que vai trazer mais alegria e cor a seus olhos. Uma dica é usar Castanho cho- colate para os olhos azuis, ameixa de olhos verdes, preto ou azul para olhos castanhos e rosa roxo som- bras para os olhos cor de avelã. 4- Para aplicar o deli- neador, comece no canto interno de seus olhos e vá subindo em direção ao canto externo, usando golpes curtos para evitar uma linha sólida e espessa. 5- Usando um modela- dor de cílios, enrole seus cílios antes de começar a aplicar o rímel. Depois, com a varinha rímel, co- meçar na base dos cílios fazendo movimentos de um lado para outro mo- vendo levemente até as pontas. Enrolar os cílios é uma arma secreta na luta contra os pequenos. Evitar errar na hora “H” não aplique rímel antes de utilizar o modelador de cílios. 6- Comece a aplicar o rímel nos cílios, lembre-se sempre: Menos é mais! Gire a varinha de rímel para a posição vertical e passe ao longo dos cílios. O truque para evitar cílios aglomerados é aplicar a segunda mão antes depois que a primeira mão secar completamente. Dessa forma, não há aglomera- ções nem se formara esca- mas nos cílios. Sempre use rímel. Eles tendem “abrir” os olhos. Rímel é essencial para um olhar mais am- plo olho de uma atenção especial para as bordas exteriores para trazer para fora todo o comprimento e chamar a atenção para esta área. Caso queira você pode adicionar uma camada extra de rímel para um toque extra de cor indicamos azul ela cai bem em quase todas as tonalidades de pele. Dicas: - Se a sua sobrancelha é muito fina ou leve, você pode preenchê-la com uma sombra matte um pouquinho mais escuro do que a sua cor de ca- belo. Você não pode ter um olho grande sem uma sobrancelha forte; - Para um olhar à noite, aplique uma sombra pro- funda em suas pálpebras superiores, ou um pouco acima de suas pálpebras; - Se você tem olheiras, cubra-os com um correti- vo rosado essa cor nunca falha; - Usar delineador líqui- do vai mostra olhos mais largos do que o normal. Como usar macacão O estilo e a praticida- de do macacão voltaram a invadir o guarda-roupa. A peça única combinada com os acessórios certos pode arrasar em qualquer situa- ção, até mesmo no tapete vermelho. O uniforme dos operários conquistou de vez as mulhe- res nos anos 1960, mas desde então ele tem seus altos e baixos nas temporadas. E agora é a hora de desfilar com macacão por aí. Se ain- da tem alguma dúvida de como usá-lo especialista dá sugestões. Procure peças que mar- quem a cintura. Isso garante que o look fique mais femi- nino, e também lembra da importância dos acessórios no visual. Acessorize-se. Se o macacão é para o dia a dia, combine com maxibrincos. Se a peça será usada à noite, use um supercolar. Ressalta a especialista uma dica prática para não passar aperto: Não use ma- cacão se for a um evento público que não tenha um banheiro decente por perto. Anuncie no mais completo e mais lido Jornal de Ermelino e região. Ótimas promoções e formas de pagamento. Consulte!!! 2031-2364 2513-0928
  8. 8. 1a QUINZENA DE JANEIRO DE 2015PÁG 8 Macarrão para o verão INGREDIENTES: • 300 g de espaguete integral fininho ( pode utilizar o normal) • 1 colher bem cheia de margarina light sem sal • 1 dente de alho picado bem miudinho • 1 cebola média picada • 2 abobrinhas pequenas picadas • 7 azeitonas picadas • 1 cenoura pequena ralada • 600 g de carne de sobrecoxa de frango cortada em cubinhos • 2 cubinhos de caldo de frango • 1 colher de sopa de colorau. • 7 tomates médios picados, se desejar tire a pele. • pimenta - do - reino a gosto • louro em pó a gosto • 1 colher de chá de orégano • 250 ml de água MODO DE PREPARO 1. Cozinhe o espague al dente 2. Cozinhe também al dente, de preferência no vapor, a abobrinha e reserve 3. Coloque numa panela grande, de prefe- rência wok, a margarina 4. Deixe derreter e acrescente a cebola, deixe dar uma douradinha e coloque o alho 5. Ponha o frango e deixe dourar 6. Pique os cubinhos de caldo sobre o fran- go, mexa 7. Coloque os tomates, a pimenta - do - rei- no, o louro e a cenora ralada 8. Cozinhe por aproximadamente 10 minu- tos 9. Acrescente a água e o orégano, deixe ferver em fogo médio até dar uma encorpada 10. Então coloque a abobrinha, as azeitonas e em seguida o macarrão 11. Mexa bem 12. Tampe a panela e deixe cozinhar por mais 1 minuto 13. Desligue e sirva Áries. Alguma instabilida- de doméstica facilita buscar e encontrar soluções criativas para os problemas aflitivos, fazendo as mudanças neces- sárias em suas atividades de forma a estimular os progres- sos pessoais e profissionais. Touro. Transformações po- dem ocorrer inte- riormente diante de preocupações com pessoas na família, bem como é necessário entender os ex- cessos e melhorar em sua pro- fissão com apoio de parceiros, servindo-os para obter apoio. Gêmeos. Submisso a situações profissionais e fami- liares, poderá ter que agir em função de fazer as mudanças para o equi- líbrio, mas é necessário rever si- tuações pessoais e domésticas, para não criar problemas mais sérios e ter que voltar atrás. Câncer. É necessário fazer as coisas certas, com critério e paciência, se já não tenha que agir dessa forma diante dos obstáculos presente. Mas fique certo que novas idéias irão surgir para seus progres- sos pessoais e profissionais. Leão. As preocupações fi- nanceiras devem ser superadas ao reava- liar ou rever formas de trabalhar, mudando o enfo- que para melhores resultados. Confieemsurpresasagradáveis que podem ocorre em harmo- nia e com apoio de parceiros. Virgem. Muitas idéias através de amizades e parcei- ros podem surgir para aliviar tensões fruto do momento presente, que é de grande exigência em orga- nizar sua vida como um todo. Os progressos financeiros po- dem ocorrer transformando situações. Libra. Apoio de parceiros podem lhe auxiliar a transformar situ- ações profissionais e financeiras, de forma a encon- trar soluções favoráveis. Mas deve fazer uma reavaliação de planos, dos seus desejos mais íntimos e do que quer na vida. Escorpião. É um momento im- portante para rever problemas e dificul- dadesatravésdeuma avaliação profunda, criando possibilidade de transforma-las favoravelmente ao direcionar seus esforços para objetivos futuros nesse período. Sagitário. Fatos e aconteci- mentos o leve para uma reavaliação de suas ações com acordos e em sua vida profissio- nal. Para entender o momento e fazer qualquer mudança com sucesso, deve submete-la a apreciação de seus parceiros. Capricórnio. A profissão precisa sertratadacommui- ta atenção às pen- dências, acertos de contas para que os resultados sejam favoráveis. A harmonia com parceiros é fundamental, bem como sua criatividade fa- cilita planos e projetos. Aquário. Sua auto-estima e confiar na expres- são de seus talentos com afetos ou em qualquer empreendimento, que realize nesse período. Conflitos interiores obrigam a encontrar melhores condições de trabalho, saúde e vida. Peixes. Iniciativas com parceiros e afetos tendem a ser bem sucedidas pois suas habilidades para transformar situações estão exaltadas, facilitando seu su- cesso. Valorize a família, suas raízes e vida doméstica para maior harmonia. Verão em casa, o ar fresco pede passagem Verão é uma delícia, mas ninguém merece dor- mir num quarto quente e abafado. Ainda bem que é possível deixar a casa mais fresca sem precisar instalar ar-condicionado. O primeiro passo é deixar o ar circular, para que o vento leve o calor embora. “Como o ar quente sobe, se os quartos ficam na parte de cima da casa, é ain- da mais importante ter uma corrente de ar nessa região”, sugere o arquiteto Gustavo Curcio. Confira outras dicas para garantir um clima fres- quinho no seu lar: 1. Em dias quentes, tire do quarto cobertores, tapetes, almofadas e bi- chinhos de pelúcia. Esses e outros objetos fofinhos absorvem muito calor. 2. Deixe todos os vi- dros abertos, pois eles funcionam como uma estufa quando ficam fe- chados: o calor entra, mas não sai. 3. Se as cortinas forem escuras, tire o forro ou troque-as por tecidos de cores mais claras. 4. Cubra os estofados com tecidos leves e na- turais, como os feitos de algodão. 5. Troque as lâmpadas incandescentes por fluo- rescentes (brancas), que esquentam menos e são mais econômicas. 6. Sempre que possí- vel, durante a noite, abra as portas dos cômodos. 7. Plantas dentro de casa mantêm o ambiente úmido e ajudam a baixar a temperatura interna.

×