ANO XX - No
358 - 1ª QUINZENA DE JUlHo DE 2014
®
Em defesa da verdade e do desenvolvimento de São Miguel Paulista e região...
P ág . 2
1ª QUINZENA
JUlHO de 2014
Circulação: São Miguel, ITAQUERA, vILA Jacuí,
jd. helena, v. curuça E GUARULHOS
Diretor...
P ág . 3
1ª QUINZENA
JUlHO de 2014
DESTAQUE LOCALDESTAQUE LOCAL
Passeios ao ar livre, contato
com a natureza, cultura popu...
P ág . 4
1ª QUINZENA
JUlHO de 2014
No primeiro dia de campa-
nha eleitoral oficial, o governa-
dor Geraldo Alckmin (PSDB)
...
P ág . 5
1ª QUINZENA
JUlHO de 2014
Durante as férias escolares
as crianças ficam um pouco
menos regradas em relação
aos ho...
P ág . 6
1ª QUINZENA
JUlHO de 2014
COPA DOS SONHOS
Em um Mineirão dominado
pelas cores do Brasil, quem fez
a festa no está...
P ág . 7
1ª QUINZENA
JUlHO de 2014
Giro dos famososGiro dos famosos
Grazi Massafera aproveitou
o domingo, para fazer um pr...
P ág . 8
1ª QUINZENA
JUlHO de 2014
PUBLICIDADEPUBLICIDADE
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Acontece358net

320 visualizações

Publicada em

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
320
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
34
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Acontece358net

  1. 1. ANO XX - No 358 - 1ª QUINZENA DE JUlHo DE 2014 ® Em defesa da verdade e do desenvolvimento de São Miguel Paulista e região -  2031-2364 e 2513-0928 - raleste@gmail.com PÁG. 6 COPA DOS SONHOS PÁG. 2 PÁG. 4 Curta as férias com seus filhos sem sair da Capital Parques, museus, bibliotecas - há uma infinidade de atrações que a garotada pode aproveitar em São Paulo durante as férias Alemanha vence de goleada Anfitriões da Copa Vila Jacuí registra o maior aumento de roubos em São Paulo Alckmin prioriza ponto fraco da administração No primeiro dia de campanha eleitoral oficial, o governador Geraldo Al- ckmin (PSDB) vistoriou as obras do Parque da Mooca, na zona leste de São Paulo, onde funciona um reservatório da Sa- besp, estatal responsável pela distribuição de água em São Paulo. PÁG. 3 ERRATA Erramos ao informar o período da Edição 357. Onde se lê 1ª.QUINZENA DE JULHO DE 2014 o correto é 1ª. SEMANA DE JULHO DE 2014.
  2. 2. P ág . 2 1ª QUINZENA JUlHO de 2014 Circulação: São Miguel, ITAQUERA, vILA Jacuí, jd. helena, v. curuça E GUARULHOS Diretor: Divaldo Rosa Adm. e Financeiro: Ademyr Rodrigues Representante comercial: Adriana Sena, Eduardo Rocha e Ariane Andrade Jornalista FL: Silmara G. Nunes Revisão: Suseli Corumba Rosa Fotos: Bruno Barreto Rosa Diretor de Arte: Sergio Avante Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Distribuição: Mart Press Distribuidora As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comercias não mantém vínculo empregatício com a empresa. Jornal Acontece Agora, Folha do Itaim & Curuça, Jornal de Ermelino & Ponte Rasa, Jornal Guaianás & Cidade Tiradentes e Revista Acontece Leste A J O R L E S T E O jornal Acontece Agora é Filiado à Associação dos Jornais da Zona Leste Avenida dos Guachos, 166 - Vila Curuça Cep: 08030-360 Itaim Paulista – SP E-mail: raleste@gmail.com site: www.grupoacontece.com.br REDAÇÃO E PUBLICIDADE 2031-2364 | 2513-0928 Patente: PROC. 830024034 Classe 16 RPI RM 2087 Tiragem: 40.000 exemplares FL=FreeLancer cnpj: 03.115.443/0001-16 SUBPREFEITURA DE SÃO MIGUEL R. Dom Ana Flora P. Souza, 76 - Vila Jacuí-SP REVISTARIA CAVOA Rua Cavoá, 425 - Vila Curuça BANCA CULTURAL (Banca do Assai Atacadista) Av. Mal. Tito, 1300 São Miguel BANCA DO MERCADÃO Av. Mal. Tito, 567 São Miguel BANCA DO NAGUMO Pça. Francisco Pereira, 80 Vila Curuça BANCA NOVA GERAÇÃO Av. Mal. Tito, 686 São Miguel PADARIA UNIDA Av. Pires do Rio, 2681 São Miguel BANCA DO NAGUMO Pça. Francisco Pereira, 80 Vila Curuçá JAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTO www.japauto.com.br ITAIM PAULISTA - F.: 2025-7777 - AV. MARECHAL TITO, 7003 ALPHAVILLE / BARUERI / CAMBUCI / CARAPICUÍBA / CENTRO / FRANCISCO MORATO / FRANCO DA ROCHA / ITAQUERA / JABAQUARA / LIBERDADE / MAIRIPORÃ / MAUÁ / GUARULHOS / PIRITUBA / SANTO AMARO / SANTO ANDRÉ / VILA MARIA Respeite os limites de velocidade. CG Fan ESDI 150 14/14 a/v 8.020, ou entr. 2.700,+48x199, (t.prazo 12.252,). Bros 150 ESD 14/14 a/v 10.152,00 ou entr. 3.300,+48x273, (t.prazo 16.404,). NX 400I FALCON 14/15 a/v 18.157, ou entr. 11.802,05,+18x399, (t.prazo 18.984,05,). PCX 14/14 a/v 9.590,.Tabela sujeita a alteração sem prévio aviso, conforme política de comercialização da fábrica. Consulte todas as informações em nosso showroom.Bauleto e capacete grátis somente para Bros. Juros 2.75% a.m. (38,48% a.m.).Banco Honda (TC R$ 496,).CET máximo 52,85% a.a. TC e IOF inclusos. Promoções válidas somente para os modelos anunciados até o término do estoque (2 unidades de cada).Ofertas não cumulativas com outras.Imagens ilustrativas. Reservamos o direito de corrigir possíveis erros gráficos e de digitação. AQUI VOCÊ SEMPRE GANHA!Eôôô-Eôôô! FAN 150 ESDI MENSAIS 199,00 + ENTRADA PCX 150 PRONTA ENTREGA PCX 150 PRONTA ENTREGA NX 400i FALCON ED ESPECIAL MENSAIS 399,00 + ENTRADA 399,00 + ENTRADA TAXA ZERO CONSULTE OUTRAS BROS NXR 150 BROS ESD 2014 MENSAIS 273,00 ENTRADA + COM BAULETO E CAPACETE GRÁTIS Oferta para toda linha BROS. Fotos ilustrativas JAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOCONSULTE NXR 150 OS ESD 273,00 COM BAULETO E CAPACETE GRÁTIS José Américo Em apenas 14 anos, o sé- culo 21 revela uma tendência forte da economia: o turismo torna-se a grande força mun- dial.  Em 2013, a quantidade de turistas ultrapassou a mar- ca de1 bilhão, superando em 50 milhões o número de pes- soas registrado em 2012. O se- tor representa 29% da expor- tação global de serviços. Mais do que isso: já é a quinta ca- tegoria de comércio interna- cional, atrás apenas dos com- bustíveis, produtos químicos, alimentos e peças da indústria automotiva. Estudos do Conselho Mundial de Viagens e Tu- rismo (WITC), entidade que reúne os maiores empresá- rios da área e coleta informa- ções em 184 países, revelam que o setor contribuiu com 9,5% para a economia global. No caso do Brasil,  estamos falando de  9,2% do Produ- toInterno  Bruto (PIB)  do país, o equivalente a R$ 443,7 bilhões. Por tudo isso, o país já ocupa a sexta posição entre as economias do turis- mo no mundo. Nesse quadro,  Estados e  municípios  precisam apro- veitar a nova onda e, usando profissionalismo e criativida- de, captar com coerência re- cursos federais para ampliar a atuação no setor turístico. Somente em 2013,  o dinhei- ro  disponível  da União so- mou R$ 13,5 bilhões, mas as iniciativas nas capitais e so- bretudo no interior foram tí- midas, sem ampliar as opções de hotéis e passeios lúdicos ou culturais. Em 2014, a diferença está ocorrendo com as ações vol- tadas para a Copa do Mundo. Segundo a Agência Brasileira de Promoção de Exporta- ções e Investimentos (Apex- -Brasil), os investimentos em pacotes turísticos (incluindo hotéis, viagens de ônibus e aviões, passeios e ingressos para jogos) devem dar um Educar para Transformar, esse é o lema da Associação Paulista de Apoio à Família (APAF), ONG que completa dez anos e oferece capacitação profissional para mu- lheresdebaixarendaeemsituação de vulnerabilidade social.   De 14 a 21 de julho, estão abertas as inscrições para os cursos de manicure e pedicure, A partir de agora, agentes do quadro de apoio poderão ter reajuste de 5% nos vencimentos por desempenho da função O Governo do Estado de São Paulo vai aprimorar as re- gras de progressão salarial em níveis para os servidores do quadro de apoio escolar da Se- cretaria da Educação do Esta- do de São Paulo. As mudanças vão garantir que todos os ser- vidores que passarem por ava- liação de desempenho tenham aumento salarial de 5%. A medida será aplicada anualmente pela Pasta e en- volvem critérios como assi- duidade e comprometimento. As mudanças serão embasadas em legislação publicada nes- O 63º DP (Vila Jacuí), na zona leste, é a delegacia da ca- pital onde os roubos mais cres- ceram em janeiro deste ano, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Segundo dados de criminalidade da Secretaria de Estado da Segurança Públi- ca, a delegacia registrou um au- mento de casos de 182,28%. Em janeiro deste ano foram 223 roubos, contra 79 no mes- Vila Jacuí registra o maior aumento de roubos em SP mo mês do ano passado. De acordo com policiais, moradores e vítimas que vivem e trabalham no entorno da de- legacia, os assaltos acontecem, principalmente, nas grandes avenidas que passam pelo bair- ro: Jacu-Pêssego, Dr. Assis Ri- beiro e estrada do Imperador. Resposta: a Secretaria de Estado da Segurança Pública afirmou que “a possibilidade de registrar o crime pela internet” é um dos motivos para o aumento de registro de roubos no 63º DP (Vila Jacuí). A PM afirmou que em 2013 prendeu 654 pessoas, retirou 32 armas de fogo e recuperou 600 veículos na região. A corporação não informou os números deste ano e disse que faz “policiamento ostensivo e preventivo” no bairro. Cursos gratuitos para mulheres com duração de três meses, se- gunda, quarta e sexta, em dois horários: manhã (8h às 12h) ou à tarde (12h30 às 16h30). Início das aulas 11 de agosto.  O curso de auxiliar de cabe- leireiro, com duração de quatro meses, será nas terças e quintas, somente no período da manhã.  Já o curso de espanhol, que será ministrado em parceria com uma instituição de educação profissio- nal,  terá  duração de três meses, com aulas no período da tarde, nas se- gundas, quartas e sextas. As aulas co- meçarão dia 11 de agosto. O curso é gratuito, para mu- lheres a partir dos 18 anos,  desem- pregadas há mais de quatro meses e que não estejam recebendo seguro desemprego; com renda de até meio salário mínimo, por pessoa da família,  e residentes na cidade de São Paulo. As alunas recebem ajuda de custo durante o perío- do do curso para manter as des- pesas enquanto estudam.  Informações na sede da APAF - Rua Avanhandava, 485 – Bela Vista – ou pelo telefone 3120-4639.   retorno de  R$  12 bilhões – algo próximo de todo o va- lor disponibilizado para ações de turismo e viagens pelo go- verno federal no ano passado. Os resultados da Copa simplesmente mostram como é importante investir em turismo. Não podemos es- quecer que o Estado de São Paulo oferece 622 quilôme- tros de praias  e  áreas pouco exploradas têm em vista seu potencial. No litoral Norte, é importante investir no turis- mo em cidades como Bertio- ga, São Sebastião, Caraguata- tuba e Ubatuba, sem contar ilhas como Ilhabela, paraíso de surfistas e velejadores. No litoral Sul, destaque para ci- dades como Iguape e Cana- néia, onde estão preservadas algumas estações naturais mais importantes do planeta, como  a  Estação da Juréia e Iguape. Mas a fauna e flora espe- ciais, feiras regionais, cultura e artesanato estão em mais de 640 municípios paulistas, que  ainda  carecem, muitas vezes,  de projetos que ex- plorem a força turística. Na capital paulista, somente o turismo de negócios pro- porciona 45 mil eventos por ano.  Por isso, é  hora de apoiar o turismo regional em São Paulo, com força integral da União,  Governo do  Esta- do,  prefeituras, Assembleia Legislativa e das câmaras mu- nicipais. (*) O autor é presidente da Câma- ra Municipal de São Paulo. Conta- to: joseamerico@camara.sp.gov.br. Vamos apoiar o turismo regional em São Paulo Servidores da Educação terão nova opção para aumento salarial ta sexta-feira, dia 4, no Diário Oficial do Estado e valem para agentes de organização escolar, secretários de escola e agentes de serviços escolares. Assim como os professo- res da rede estadual, os fun- cionários de apoio terão três opções para aumento salarial. O primeiro deles é o reajuste concedido anualmente pela Pasta, que somou 45% em quatro anos, com o recente aumento de 7% para o mês de julho. A segunda forma é a aceleração por faixas por meio da prova de valorização pelo mérito. E agora, a tercei- ra e  inédita, progressão por desempenho. Com a evolução por faixas e níveis, um agente de organiza- ção escolar que, por exemplo, hoje recebe um salário inicial de R$ 971,78 poderá chegar a R$ 2.373,71. Cada servidor será avaliado em um interstí- cio de cada três anos de traba- lho na rede. “As alterações fazem parte das ações da Secretaria para a valorização dos funcionários da Educação e estão articula- das com o plano de carreira. Antes, 20% dos servidores com melhor rendimento poderiam conquistar progressão salarial por faixas. A partir de agora, a medida vale todos os servi- dores que se enquadrarem nas regras”, afirma o secretário da Educação, Herman Voorwald. Prova de valorização por mérito: neste ano,  funcioná- rios do quadro de apoio esco- lar das unidades de ensino da rede estadual paulista também passaram a ter a chance de ele- var o salário. Ao todo, 5 mil servidores conquistaram per- centual de aumento salarial de 20% para os agentes de servi- ços escolares e 35% no caso dos agentes de organização escolar e secretários de escola.
  3. 3. P ág . 3 1ª QUINZENA JUlHO de 2014 DESTAQUE LOCALDESTAQUE LOCAL Passeios ao ar livre, contato com a natureza, cultura popular, visitas a museus e bibliotecas são algumas das muitas opções que a criançada tem durante as férias em plena capital paulista. Para quem está sem ideias de como divertir a meninada, o Grupo Acontece de Jornais e Revis- ta preparou uma lista especial de atividades para o período de recesso escolar, com indicações para todas as idades e gostos, com baixo ou nenhum custo. Sem sair de São Paulo, pais e crianças podem se divertir a valer nestas férias de julh. Está enganado quem pensa que para ter contato com a natureza, por exemplo, é preciso se deslocar até o litoral ou cidades do interior. Passeio no Zoológico  Uma das boas opções é o clássico Jardim Zoológico, com mais de 3 mil animais em exi- bição, nos seus 825 mil metros quadrados, coberto pela vege- tação da Mata Atlântica. Vale conhecer de perto o tamanduá- -bandeira, os tigres-siberianos, os macacos-pregos, rinocerontes, hipopótamos, girafas. Endereço: Av. Miguel Stéfano, 4.241 – Água Funda. De terça-feira a domingo. Telefone: (11) 5073-0811. Grátis para crianças de até 6 anos e pes- soas com mais de 60 anos Horto Florestal Importante espaço de lazer e cultura, o Horto ocupa área de 174 alqueires. Localizado ao lado do Parque Estadual da Cantareira, oferece ao visitante contato direto com a natureza, com fauna e flora diversificadas. Tem palco para eventos, área de piquenique, pista de Cooper, equipamentos de ginástica, bica de água potável, lagos e o Museu Florestal. A trilha do arboreto é passeio imperdível. Endereço: Rua do Horto, 931 – Tremembé. Funcionamento: Aberto todos os dias, das 6 às 18 horas. Telefone: (11) 6231-8555 Parque do Carmo Com mais de 1,5 milhão de metros quadrados, o parque foi originalmente uma antigafazen- da do século 19. O bosque tem aproximadamente 6 mil árvores, entre cerejeiras e eucaliptos, e diversas espécies animais. Endereço: Avenida Afonso Sampaio Souza, 951 – Itaquera. Funcionamento: Todos os dias, das 6 às 19 horas, com estacio- Pelo segundo ano consecu- tivo, as crianças do Jd. Lapenna participam do Programa Rede, da Associação Vaga Lume, que promove um intercâmbio cultu- ral entre crianças do Brasil por meio da troca de cartas, vídeos e fotos. Trata-se de uma iniciativa de educação para o desenvolvi- mento sustentável onde os par- ticipantes trocam experiências sobre a realidade dos lugares onde vivem e a diversidade de cada região do país. O projeto Vaga Lume nasceu em 2001, fruto da curiosidade pela diversidade cultural do Bra- sil e o seu Programa Rede conta com a participação de educa- dores, adolescentes, escolas e ONG’s de São Paulo e de comu- nidades mediadas pelo projeto Vaga Lume como o Amazônia Legal. Antonia Marlucia, assistente do Ponto de Leitura, é a educa- dora do projeto. “Fomos convi- dados para participar do Inter- câmbio Cultural e começamos os trabalhos com as crianças no ano passado. A primeira experi- ência foi muito gratificante e as Ponto de Leitura Jardim Lapenna participa do Intercâmbio Vaga Lume crianças gostaram muito dessa troca de vivências”.  Argeu Leite Paixão, 12 anos, é morador do Jd. Lapenna e par- ticipa pela segunda vez do pro- grama. “Recebi duas cartas na primeira vez das crianças da ci- dade de Tefé que fica no interior do Amazonas. Eles contaram sobre a principal atividade deles que é a pescaria e que para che- gar à cidade só indo de barco”. O projeto é realizado em duas etapas com oficinas de letramento. No primeiro semestre,o tema dos encontros é “Quem sou eu?”, nesse período as crianças fazem um trabalho de busca da identidade e man- dam suas cartas para os novos amigos.No segundo semestre,o tema das oficinas é relacionado ao meio ambiente.  As crianças já enviaram as primeiras cartas para os par- ticipantes de Santarém no Pará. Nessa primeira fase do projeto,elas entraram no clima de Copa e contaram um pou- co sobre como a cidade de São Paulo se preparou para sediar a abertura do Mundial e como eles estão vivendo a emoção da disputa. Além dos textos,as crianças enviaram um vídeo com fotos das oficinas, do Gal- pão e do Jardim Lapenna. O grupo deste ano é for- mado por 12 crianças. Rafaelle Mendes Gomes, 12 anos, entrou no projeto a convite dos amigos. “Resolvi participar do projeto depois que ouvi minha amiga contando sobre as cartas que re- cebeu, gostei da ideia de conhe- cer as crianças da Amazônia”. Desde o início do Programa Rede, já participaram mais de 18 mil crianças e adolescentes e quase 800 educadores da cidade de São Paulo e da Amazônia Le- gal brasileira. A proposta já recebeu dois prêmios. Em 2008, o Prêmio Chico Mendes de Meio Am- biente, concedido pelo Minis- tério do Meio Ambiente, na categoria Educação Ambiental e em 2011, ficou em 4º lugar no Prêmio Inovação Intercultural da Aliança das Civilizações das Nações Unidas em parceria com o Grupo BMW.  Fonte: Fundação Tide Setubal Curta as férias com seus filhos sem sair de São Paulo Parques, museus, bibliotecas - há uma infinidade de atrações que a garotada pode aproveitar em São Paulo durante as férias namento gratuito. Telefone: (11) 6748-0010 Parque do Ibirapuera Considerado o mais im- portante parque urbano de São Paulo, só perde em tamanho para o Parque do Carmo e Par- que Anhanguera. Tem ciclovia (aluguel de bicicletas a R$ 5 por hora) e 13 quadras iluminadas, pistas de Cooper, passeios e des- canso. Além do Pavilhão Japo- nês, outras construções da época da inauguração – IV Centenário da cidade, em 1954 – fazem par- te do conjunto arquitetônico: o Palácio das Indústrias, o das Nações, das Exposições, a Gran- de Marquise, o Ginásio dos Es- portes, o Obelisco do Ibirapuera e o Monumento às Bandeiras. Endereço: Avenida Pedro Álva- res Cabral, s/nº – Ibirapuera Funcionamento: Todos os dias, das 5 às 24 horas. Telefone: (11) - 5573-4180. Museu Afro Brasil Em seu sétimo aniversário, inaugura a exposição O Sertão: da Caatinga, dos santos, dos be- atos e dos cabras da peste,que têm, aproximadamente, 800 obras, como esculturas, pintu- ras, ex-votos, roupas, fotografias e documentos, reproduzindo o ambiente do homem que vive no sertão. Em cartaz desde outu- bro, o espetáculo segue até abril, de terça-feira a domingo. Endereço: Avenida Pedro Ál- vares Cabral, s/nº – portão 10 – Parque do Ibirapuera – São Paulo. Horário: das 10 às 17 horas – grá- tis . Telefone: (11) 5579-0593 Museu Catavento Um dos mais novos espa- ços culturais da cidade, o Mu- seu Catavento, com cerca de 8 mil metros quadrados e 250 instalações,ocupa o antigo Pa- lácio das Indústrias, no Parque Dom Pedro II. É inspirado nos principais museus dedicados à iniciação científica do mundo e está repleto de atrações interati- vas, ligadas à ciência. Endereço: Palácio das In- dústrias – Parque D. Pedro II. Telefone: (11) 3315-0051. Fun- cionamento: De terça-feira a domingo, das 9 às 17 horas, in- clusive feriados Pinacoteca do Estado Oferece grande variedade de obras de arte incluindo pinturas, fotografias, estátuas e também memoriais, como é o caso do Memorial da Resistência de São Paulo. A Pinacoteca traz novi- dades como a exposição de Jac Larnier, Joaquim Torres Garcia, Lasar Segall e Caravaggio. Des- taque também para a Galeria Tátil de Esculturas Brasileiras idealizada para pessoas com de- ficiência visual. Endereço: Praça da Luz, 2 – São Paulo. Telefone: (11) 3324-1000. Funcionamento: De terça-feira a domingo, das 10 às 18 horas. Ingressos: R$ 6 inteira, R$ 3 meia-entrada. Aos sábados, entrada franca Museu da Língua Portuguesa Traz exposição sobre Oswal- do de Andrade, um dos maiores autores brasileiros e um dos ide- alizadores da Semana de Arte Moderna. A mostra é acompa- nhada de elementos de sua obra e vida e também enfatiza o amor de Oswald pela cidade de São Paulo. Endereço: Praça da Luz, s/ nº. Telefone: (11) 3326-0775. Funcionamento: de terça-feira a domingo, das 10 às 18 horas. Fechamento da bilheteria: 7 ho- ras. Ingressos: R$ 6 inteira, R$ 3 meia-entrada. Aos sábados é gratuito Museu do Futebol Localizado no Estádio do Pacaembu, o espaço conta a his- tória do esporte mais popular do País por meio de elementos audiovisuais e buscando a in- teratividade com o visitante. O museu foi construído sob a ar- quibancada próxima à entrada principal do Pacaembu, em uma área de 6,9 mil metros quadra- dos. Além de 1,4 mil imagens e seis horas de vídeos, o visitante terá a oportunidade de conferir atrações no Auditório Arman- do Nogueira e na sala de expo- sições temporárias. Destaque para as salas dos Clubes, Pé na Bola, Das Torcidas, dos Jogado- res, dos Gols, das Origens, dos Heróis e das Copas do Mundo. Endereço: Estádio do Paca- embu - Praça Charles Muller – Pacaembu. Funcionamento: De terça-feira a domingo, das 10 às 18 horas, exceto em dias de jogos. Preço: R$ 6 (intei- ra) e R$ 3 (estudante) Crian- ças até 7 anos e idosos, a par- tir de 65 anos, não pagam Telefone: (11) 3664-3848.
  4. 4. P ág . 4 1ª QUINZENA JUlHO de 2014 No primeiro dia de campa- nha eleitoral oficial, o governa- dor Geraldo Alckmin (PSDB) vistoriou as obras do Parque da Mooca, na zona leste de São Paulo, onde funciona um reservatório da Sabesp, estatal responsável pela distribuição de água em São Paulo. A agenda, tratada por as- sessores do Palácio dos Ban- deirantes como compromisso oficial de governo, tem con- tornos eleitorais. A ameaça de falta d água que ronda a capital nos últimos meses virou um ponto fraco da gestão de Al- ckmin e deve ser usado como munição de seus adversários contra a tentativa do tucano de se reeleger ao cargo. O antídoto que será ado- tado por Alckmin ao longo da campanha será atribuir a falta d água à seca que castigou o Estado e ainda destacar que o governo investiu pesadamente em infraestrutura para manter A Justiça de São Paulo anu- lou de forma provisória a con- venção do PT que apontou o ex-ministro da Saúde, Alexan- dre Padilha, como candidato ao governo de São Paulo nas eleições deste ano. A convenção foi realizada no dia 15 de junho e contou com a presença do ex- -presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No ato, também foram ofi- cializadas a candidatura de Edu- ardo Suplicy, na disputa ao Se- nado, e de deputados estaduais e federais do PT. A liminar foi concedida pelo juiz Fernando Camargo, do Tri- bunal de Justiça de São Paulo. Ele atendeu um pedido do de- putado estadual Luiz Moura, que com a decisão deve retornar ao PT. Em junho, o partido sus- pendeu a filiação partidária de Moura, que é investigado pela Polícia Civil de São Paulo por uma suposta ligação com uma facção criminosa. Por esse mo- tivo, Moura não participou da convenção. Com a anulação da conven- ção, Moura pode postular ser um dos representantes do parti- do nas eleições de 2014. A campanha de Padilha in- Em ritmo de Copa do Mun- do,  o Fundo Zona Leste Sus- tentável se prepara para colo- car seus craques em ação.  A Comissão Julgadora do Fundo – formada por parceiros e espe- cialistas – se reuniu no dia 26 de junho para escolher os empre- endimentos que serão convoca- dos para participar da primeira etapa do processo de seleção. Mais de 50 projetos foram inscritos no Edital 2014. No to- tal, 32 empreendimentos foram selecionados e participarão da capacitação técnica, ministrada pelo SENAC-SP, de julho a ou- tubro.  “Percebemos que uma das grandes dificuldades dos empreendedores e saber como lidar com a gestão de seus negó- cios. E é por isso que o papel do Senac se torna fundamental no processo, pois dinheiro se ganha e se perde, mas o conhecimento se leva para toda a vida”, comen- ta Carlos Vieira Junior, diretor Financeiro e Administrativo no Instituto Alana, parceiro do Fundo. Para a seleção final, os 32 empreendimentos terão que apresentar um plano de negó- cios ao final do curso. A partir daí, serão escolhidos os em- preendimentos que receberão o aporte financeiro e técnico. ”A grande conquista de 2014 é a consolidação do processo de trabalho estabelecido pelo Fun- do, que une capacitação e aporte financeiro. Isso tem contribuído não somente para o fortaleci- mento dos empreendimentos, A Policia Civil investiga uma tentativa de explosão em obra do monotrilho da Linha 15 – Prata do Metrô, na Ave- nida Sapopemba, Zona Leste, onde duas bananas de dinami- tes foram encontradas presas a uma pilastra. No dia 29 de junho, os ar- tefatos foram apreendidos no local pelo Grupo de Ações Tá- ticas Especiais (Gate) da Polí- Alckmin prioriza ponto fraco da administraçãoas torneiras funcionando du- rante a estiagem. Mesmo divulgada como agenda de governo, a visita de Alckmin ao parque foi acom- panhada de perto por uma equipe de filmagem, da empre- sa Nova Estratégia, contratada justamente para eventos de campanha do tucano. O governador fez a vistoria das obras ligadas à Sabesp ao lado da presidente da institui- ção, Dilma Pena, do secretário estadual de Planejamento, Ju- lio Semeghini, e do ex-secretá- rio estadual de Meio Ambiente Bruno Covas, candidato a de- putado pela chapa do tucano. Corpo a corpo: termi- nada a visita, Alckmin saiu do parque da Mooca e se dirigiu a uma padaria, a alguns metros de onde estava, cercado por fo- tógrafos e as equipes de filma- gem. No local, ele tomou café com alguns assessores, e insis- tiu quando um dos funcioná- rios da padaria disse que não iria cobrá-lo por eles. “Não senhor”, afirmou o tucano, sa- cando R$ 20 da carteira. Além disso, Alckmin tam- bém tirou fotos com pedestres que passavam pela região. Uma mulher, junto de sua filha, che- gou a estacionar o carro para conseguir posar em uma foto- grafia com o governador. Pessoas ligadas ao tucano afirmam que esse é um costu- me de Alckmin até mesmo fora dos períodos eleitorais. Dizem ser uma praxe do governador adquirida em suas idas ao in- terior de SP. Após sua agenda de gover- no, Alckmin foi ao Centro de Exposições Imigrantes, onde fez o compromisso de cam- panha, ao lado de Aécio Ne- ves. Os candidatos do PT e do PMDB ao governo paulis- ta, Alexandre Padilha e Paulo Skaf, respectivamente, não ti- veram agenda pública ontem. Fundo Zona Leste Sustentável contempla 32 empreendimentos em primeira etapa mas para o despertar da impor- tância da formação do trabalho em rede”, explica Gabriel Liga- bue, consultor técnico do Fundo Zona Leste. Para Paula Galeano, supe- rintendente da Fundação Tide Setubal, o Fundo tem o papel de tentar envolver os micro- empreendedores para que eles adquiram e formem novos com- portamentos e provoquem a in- tervenção social. “Na verdade, integramos a estratégia finan- ceira com o aprendizado, e isso faz com que os contemplados despertem e tenham atitudes empreendedoras. Com o curso poderemos conhecer melhor os empreendedores e isso possibili- tará a destinação de recursos de forma mais assertiva”, finaliza.   Agora conheça a lista dos selecionados: • A Ponte (serviços) •  AmadaRosaDoce(alimentação) •  Ambrosia Doces e saúde (alimentação) •  Apiário Nazaré (alimentação) •  Arteiras (artesanato) •  Ateliê Abayoni (artesanato) •  Auto Mobi & Listica (serviços) •  Bell’s Tapioca Industria (ali- mentação) •  Canto do Churrasco (ali- mentação) •  Confecção de Roupas (con- fecção) •  Cooperativa Caminho Certo (reciclagem) •  CooperativaUnião(reciclagem) •  Decorarts (serviços) •  Donna Fia Shoes (comércio) •  Eco Banco Fênix Ágape (re- ciclagem) •  Ecossistema de Negócios (serviços) •  Espaço Cultural Café Orgâ- nico (serviços) •  Inforjob (serviços) •  JS Calçados (comércio) •  KL Eventos Sociais (serviços) •  Pilha Reciclável (reciclagem) •  Pneu mania (reciclagem) •  Potencial Alarmes (serviços) •  Pro Música ZL (serviços) •  Produção Estúdio de Rádio (serviços) •  Projeto Cultural (serviços) •  R.M Modas (confecção) •  Rainha do Hot Dog (alimen- tação) •  Skate Family Park Pista de Recreação (serviços) •  Stefany Festas (alimentação) •  Viveiro de Hortas (alimen- tação) •  7 Soluções (serviços) •  Matrículas Os empreendedores selecio- nados poderão realizar a matrí- cula para o curso de capacitação técnica no SENAC-Itaquera de 2 a 11 de julho. A unidade está localizada na av. Itaquera, 8266. Na ocasião será necessário a apresentação de documentos como RG, CPF e comprovante de residência. Mais informações pelo telefone 11 21859200. Policia Civil encontra dinamites em obra do monotrilho na Z.Leste O material foi descoberto no dia 29 de junho em obra na Avenida Sapopemba; Polícia investiga tentativa de explosão cia Militar. Segundo o diretor do De- partamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade), o delegado Marco Antonio Desgualdo, “trata-se de um simulacro de artefato explosivo”. O laudo do Gate destaca que as dinamites eram antigas, sem denotador, e não tinham condições de serem explodidas. formou que ainda não foi noti- ficada, mas que vai recorrer da decisão. Em sua decisão, o juiz enten- deu que os documentos junta- Justiça anula convenção do PT que lançou candidatura de Padilha Ex-ministro é o nome do partido para a disputa do governo de São Paulo. Juiz atendeu a pedido de deputado e determinou a volta dele ao partido dos aos autos demonstram que o autor foi suspenso de suas ati- vidades partidárias com base em fatos lançados pela imprensa e sem a devida apuração. O governador Geraldo Al- ckmin (PSDB) afirmou nesta quinta-feira (10) que o governo de São Paulo estuda ampliar o desconto aos consumidores que reduzirem em 20% o consumo de água. O “bônus” de 30% na conta de quem economizar de- verá ser mantido também no período de chuvas, segundo o governador. Na quarta-feira (9), Alckmin afirmou não ver “ne- cessidade” na aplicação de mul- ta a moradores que consumirem água em excesso porque houve adesão à campanha pelo uso ra- cional da água. A afirmação sobre a ma- nutenção do benefício foi feita durante vistoria de obras na re- gião de Ribeirão Preto (SP). “O bônus vai continuar, inclusive estamos estudando prolongá-lo mesmo no período das chuvas para poder recuperar as repre- sas”, disse o governador. Segun- do Alckmin, 91% da população de São Paulo passou a economi- zar água. “Metade desses ganha- ram o bônus porque ultrapassa- ram 20% de economia, fazendo uso racional da água, e metade não atingiu, mas também redu- ziu”, comentou. Desconto: o “bônus” de 30% no valor da conta foi anunciado em março deste ano e foi uma medida de emergência em ra- zão do nível crítico do Sistema Cantareira. Nesta quinta-feira, o índice de vazão chegou a 18,7%, segundo a Companhia de Sa- neamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Ou seja, o sistema continua perdendo água e vai contar apenas com uma quantidade igual à do vo- lume morto a partir dos próxi- mos dias. O Sistema Cantareira abastece cerca de 9 milhões de consumidores na Grande São Paulo. As represas vêm secan- do nos últimos meses e, desde o final do ano passado, a falta de chuvas leva a capacidade a níveis alarmantes. Outras medidas: o gover- nador Geraldo Alckmin disse na quarta-feira não ver “neces- sidade” na aplicação de multa a moradores que consumirem água em excesso. Alckmin tinha anunciado a sobretaxa em 21 de abril para moradores abas- tecidos pelo Sistema Cantareira caso registrassem aumento no consumo de água. A cobrança estava prevista para começar em maio, mas não foi aplicada des- de então. O governo tenta fazer com que outros sistemas que abastecem a Grande São Paulo possam enviar água também a consumidores hoje abastecidos pelo Sistema Cantareira. Se- gundo a Sabesp, não há racio- namento de água na região. A afirmação contrasta com o que afirmam moradores de deter- minadas regiões, em especial, de bairros altos da Zona Norte da cidade. Alckmin quer bônus por economia de água também no período de chuvas Governador afirmou na região de Ribeirão Preto que quer prolongar desconto no consumo de água da região.
  5. 5. P ág . 5 1ª QUINZENA JUlHO de 2014 Durante as férias escolares as crianças ficam um pouco menos regradas em relação aos horários das atividades do dia e à alimentação. Se elas sentirem fome, por exemplo, é provável que, sem pedir ou avisar os pais, vão se dirigir até a fruteira e comer o que estiver por lá. E é aí que está o perigo. Cascas de frutas e legumes podem conter bactérias cau- sadoras de diversas doenças. De acordo com Rodrigo Feli- soni, diretor da empresa que fabrica o desinfetante bacteri- cida, “Se a criança apresentar sintomas como vômito, diar- reia, formação de gases, enjoo e dor de cabeça, ela pode ter Especialistas alertam as pio- res falhas cometidas que podem acabar com a carreira de qual- quer profissional de sucesso. Ou seja, fique atento com as di- cas e seja um colega de trabalho digno de respeito e admiração no seu local de trabalho. Não saber lidar com abor- recimentos: Se você é um pro- fissional muito motivado, lidar com contratempos como per- der algum cliente importante ou não ter suas ideias reconhe- cidas em uma reunião pode ser complicado. “A maioria das pessoas ambiciosas e bem ins- truídas é muito perfeccionista”, diz Glo Harris, coach execu- tivo. “Quando elas cometem um erro, ou “falham” em sua opinião, isto é desanimador e paralisante”. As decepções no trabalho podem impedir de fa- zer perguntas cruciais ou acei- tar certas responsabilidades que o impulsionariam. Não se autopromover: É importante saber se valorizar, principalmente ao fazer um trabalho bem feito e não ser re- conhecido. “Algumas pessoas acham que a autopromoção é pouco profissional”, diz Todd Dewett, coach de desenvolvi- mento de liderança. O que fa- zer: a não ser que seu chefe ve- nha até você e diga que fez um bom trabalho, não assuma que ele tenha notado. “Boa parte dos ambientes de trabalho são ambientes bem competitivios”, explica Dewett. Deixar seu es- paço livre permite que outras pessoas se beneficiem. Ser individualista: Ter uma posição ativa no ambiente de trabalho também é importan- te. Mas ao focar-se apenas no seu sucesso ou reconhecimento pessoal, você trabalha apenas com objetivos individuais ao invés de metas que contribui- riam para todo o grupo. Pense desta forma: seu chefe não está interessado em seus benefícios, e sim o que é melhor para a em- presa. Se suas ações também ajudam a companhia, você será mais valorizado. Não pedir por feedback: Grande parte dos empregados passa por uma avaliação anual, mas você deve ter este tipo de feedback durante todo o ano. “O chefe comum, mesmo em grandes empresas, não é treina- do para entregar uma avaliação eficaz”, diz Dewett. A maioria delas transfere o foco para os eventos recentes ou os mais im- Veja alguns erros que podem acabar com sua carreira portantes, o que deixa grande parte do seu trabalho esquecida ou sem um retorno. O que fazer: É importante avaliar seus esfor- ços frequentemente, e analisar o que você funciona bem e o que não. “As pessoas bem sucedidas sabem disto e procuram pelos colegas sinceros e direitos por um feedback construtivo”, conta Dewett. “Este tipo de comporta- mento é uma característica dos bons profissionais”. Recusar novas funções: Fa- zer somente aquilo para o que você foi contratado é um gran- de erro. “Se tudo o que você faz já está listado na descrição da vaga, é impossível ir além”, diz o especialista Dan Schawbel. Pense no seu escritório como um campo de batalha: todos têm as mesmas qualificações, as mesmas boas atitudes e a mesma atenção aos detalhes. Sair da sua zona de conforte pode ser o diferencial que seu chefe estava esperava para dar aquela promoção para você, e não para seu companheiro de mesa. O que fazer: Ao invés de focar-se apenas nas tarefas tí- picas da sua função, pergunte- -se o que você vai precisar para conseguir uma boa oportuni- dade. “Para justificar aumen- tos de salários e mudanças de cargo, você tem de sair da des- crição específica do seu empre- go e aceitar responsabilidades adicionais”, explica Schawbel. Mas tenha em mente que qual- quer trabalho extra deve ajudar a desenvolver suas habilida- des e impulsionar outros bons projetos; não se sobrecarregue. Pense em suas obrigações pri- meiro e veja se é possível tomar conta de outras coisas. Cuidados com a alimentação das crianças durante as férias adquirido uma gastroenterite por meio das bactérias pre- sentes nas frutas”, explica. Felisoni enfatiza que para evitar a infecção alimentar as mães e babás precisam desin- fetar as frutas. “Basta imergi- -las em um recipiente com 1 litro de água fervente. Após 15 minutos o alimento fica livre de bactérias, sem a necessida- de de enxágue”. Outra precaução é mo- nitorar os filhos e explicar a importância de lavar as mãos antes de consumir qualquer tipo de alimento. “Se a criança pegar a fruta com a mão suja, de nada vai adiantar a desin- fecção, pois as bactérias an- dam”, reforça. 2031-2364 2513-0928 Anuncie no mais completo e mais lido Jornal de São Miguel e região. Ótimas promoções e formas de pagamento. Consulte!!! Em 35 dias consecutivos de captação de água, a Compa- nhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) já retirou 26% dos 182,5 bilhões de litros do chamado volume morto do Sistema Cantareira. Até ontem, segundo boletim do comitê anticrise que moni- tora a seca do manancial, a em- presa já havia consumido 47,3 bilhões de litros da reserva profunda das Represas Jaguari e Jacareí, na cidade de Joanó- polis, a cerca de 100 quilôme- tros da capital paulista. As obras necessárias para a captação inédita do volume represado abaixo do nível das comportas da Sabesp custaram cerca de R$ 80 milhões, sem li- citação, e as bombas flutuantes foram acionadas no dia 15 de maio pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). O bombea- mento, contudo, só começou, de fato, em 4 de junho, um dia após o volume útil das Repre- sas Jaguari e Jacareí zerar. O Google I/O, evento para desenvolvedores realizado pelo Google no final de junho, foi pal- co para várias novidades, entre elas uma que chamou a atenção de quem já tem ou está pensando em comprar um Chromecast: o espelhamento do smartphone ou tablet na televisão. Pois saiba que o recurso já está disponível: recentemente, o blog oficial do Android anun- ciou que a partir de agora é pos- sível espelhar o que aparece na tela do celular ou do tablet na tela da televisão com ajuda do Chromecast. Desde que o apa- relho rode o sistema operacio- nal para dispositivos móveis do Google, é claro. Com isso, aplicativos e fotos poderão ser vistos na TV, mas continuam sendo controlados pelo smartphone ou tablet, que desempenha a função de con- Chromecast agora envia conteúdo do celular e do tablet para a TV Espelhamento está disponível apenas para aparelhos Android trole remoto do acessório para TVS. Para emparelhar e espe- lhar o dispositivo basta entrar no aplicativo do Chromecast e selecionar Cast Screen, além de estar com ambos conectados na mesma rede Wi-Fi, é claro. De acordo com o Google, a funcionalidade ainda está em beta e chega nos próximos dias aos principais aparelhos An- droid de marcas como Samsung, LG, HTC e outros. A versão 1.7 do aplicativo do Chromecast também já está disponível na Google Play. Sistema cantareira: Sabesp já retirou 1/4 do volume morto Todo o estoque do volume morto deve acabar até 27 de outubro Juntas, elas representam cerca de 80% da capacidade do Cantareira. Hoje, restam 57 bilhões de litros do volume morto desses dois reservatórios. Se a queda do nível de armazenamento mantiver o mesmo ritmo, essa reserva deve se esgotar em cer- ca de um mês. A partir de en- tão, a Sabesp deve começar a retirar 78 bilhões de litros do volume morto da Represa Ati- bainha, em Nazaré Paulista, a terceira em tamanho entre os cinco reservatórios do sistema. Pelos cálculos mais pessi- mistas da Sabesp, todo o es- toque do volume morto deve acabar até 27 de outubro. Nes- se período, a gestão Geraldo Alckmin (PSDB) espera que as chuvas voltem a cair no ma- nancial, normalizando os re- servatórios. Desta forma, afir- ma a Sabesp, o abastecimento de água na Grande São Paulo estará garantido até meados de março de 2015. Mais água: diante da possi- bilidade de a crise de estiagem se prolongar, a Sabesp já cogita usar mais 100 bilhões de litros do volume morto do Cantarei- ra. Ao todo, o sistema possui cerca de 480 bilhões de litros que ficam abaixo do nível das comportas da Sabesp. A ideia enfrenta resistência da Agência Nacional de Águas (ANA), um dos órgãos gesto- res do manancial, ao lado do Departamento de Água e Ener- gia Elétrica (DAEE), do gover- no do Estado. A ANA defende que a Sabesp deixe 5% da atual cota do ‘volume morto’ para depois de novembro. Conforme o Estado revelou nesta semana, análise estatís- tica feita pelo comitê anticrise mostra que a probabilidade de o Cantareira acumular até abril de 2015 um volume de água suficiente para tirá-lo da crise é de apenas 25%. As in- formações são do jornal O Es- tado de S. Paulo.
  6. 6. P ág . 6 1ª QUINZENA JUlHO de 2014 COPA DOS SONHOS Em um Mineirão dominado pelas cores do Brasil, quem fez a festa no estádio foi a torcida alemã. Em apenas 30 minutos, ainda na primeira etapa de jogo, a Alemanha já vencia a partida por 5 a 0. Infelizes com o resul- tado, alguns torcedores brasilei- ros resolveram ir embora mais cedo, antes mesmo do intervalo para a segunda etapa. No final do jogo, a Alemanha venceu a partida por 7 a 1 e se garantiu para a final da Copa, que será disputada domingo, no Maraca- nã, no Rio de Janeiro, contra a Argentina. Sem Neymar, que sofreu uma fratura na terceira vérte- bra lombar, Felipão apostou em Bernard. Para a vaga do za- gueiro Thiago Silva, o técnico brasileiro colocou Dante. Mas as mudanças na equipe, que só foram divulgadas pouco antes do início da partida, não surti- ram o efeito desejado. A equipe brasileira hoje não conseguiu controlar os equilibrados e efi- cientes alemães, que fizeram um primeiro tempo praticamente perfeito. O Brasil foi anulado na primeira etapa: além de não conseguir criar chances de gol, os brasileiros não seguraram a Alemanha, e permitiram que os adversários fossem construin- O caso de Fred é emblemáti- co. Antes da Copa do Mundo, o atacante negociava uma reno- vação milionária com o Flumi- nense e a Unimed, sob a ameaça velada de, depois, valorizado com a conquista do hexa, deixar o clube rumo ao futebol europeu se não tivesse a pedida de salário na casa de mais de R$ 1 milhão atendida. Hoje, o atacante en- tra para a história, para muitos, como o pior centroavante que a seleção já teve em um Mundial. Agora, seu poder de barganha, com qualquer equipe, é muito menor. - Com certeza, qualquer clube que tinha interesse no jogador, vai pensar duas vezes antes de tomar qualquer decisão - afirmou Amir Somoggi, espe- Se os quatro anos de prepa- ração para o Mundial no Brasil foram marcados por uma gran- de renovação na seleção brasi- leira, o ciclo que se inicia após a eliminação na Copa poderia ter deixado uma base monta- da. Ou, ao menos, uma espinha dorsal. No entanto, a elimina- ção sob a marca do vexame his- tórico pode provocar um efeito devastador. No mínimo, obri- gará os jogadores mais jovens e com idade para reaparecer no próximo Mundial a um traba- lho de reconstrução de imagem e, acima de tudo, da confiança da torcida. A exceção do caso é Neymar. Além das atuações na primeira fase, que reforçaram a sensação de que o atacante era a reserva solitária de talento do time, o fato de ter ficado fora do fatídi- co desastre contra a Alemanha ajudou a preservar ainda mais a reputação do astro. Qualquer que fosse o desfe- cho, já era certo que a próxima Copa do Mundo apresentaria, novamente, uma seleção muito modificada. Afinal, o time era mais inexperiente em Copas do que propriamente jovem. No que depender exclusivamente da idade, pelo menos sete jo- Sorteado para o exame an- tidoping, o craque Lionel Mes- si perdeu a festa dos jogado- res argentinos no vestiário do Itaquerão, após a classificação para a final da Copa do Mun- do, com vitória nos pênaltis sobre a Holanda por 4 a 2. O camisa 10, que disputará sua primeira final de Mundial, se manifestou em sua conta no Instagram e avisou: “Un pasito más», ou «mais um passinho» para o título. “Tive de ir ao doping e não pude estar vivendo esse mo- mento no vestiário. Me sinto orgulhoso por fazer parte des- te grupo. Que fenômeno são todos! Que partida fizeram! Que loucura! Estamos na final! Desfrutemos... Abraço gran- de a toda Argentina. Nos falta mais um passinho”, escreveu o camisa 10. Messi teve atuação apagada durante os 90 minutos, mas fez O atacante Neymar ligou nesta quarta-feira (9) para Luiz Felipe Scolari e disse que irá à Granja Comary até sexta-feira para se encontrar com a comissão técnica e com os jogadores. A CBF confirmou que o camisa 10 irá ao centro de treinamento, assim como o presidente da entidade, José Maria Marin. Não foi defini- Alemanha vence de goleada Anfitriões da Copa er à frente. Um minuto depois, o goleiro alemão fez outra boa defesa, após chute de Oscar. Mi- nutos depois, Paulinho também arriscou, mas novamente o golei- ro fechou o gol, fazendo a defesa. Enquanto o Brasil sofria em campo para conseguir diminuir a diferença, a torcida alemã fazia a festa no Mineirão. Em um de seus gritos, eles cantavam “Rio de Janeiro ô ô ô ôô”, como se estivessem cantando  Vamos a la Playa. Mais calada, a torcida brasileira preferiu dirigir seus xingamentos à presidenta da República Dilma Rousseff. Aos 23 minutos, a Alemanha fez o sexto gol, desta vez com Schuerrle, que tinha entrado no jogo há apenas dez minutos. O mesmo Schuerrle ainda fez um belo gol, aos 33 minutos, sem chance para o goleiro Julio Ce- sar. Após mais um gol, a torci- da brasileira passou a apoiar a Alemanha, gritando olé a todo momento em que os jogadores alemães tocavam na bola. Já no último minuto de jogo, Oscar fez o único gol brasileiro, ani- mando a torcida brasileira que ainda se mantinha no Mineirão. Apesar da derrota, ao fim do jogo os torcedores voltaram a gritar “Sou brasileiro, com mui- to orgulho e muito amor”. do um placar bastante elástico, tirando quaisquer chances de o Brasil chegar à final. Pouco antes do início do jogo, os torcedores gritaram muito o nome de Neymar. Ain- da fora do estádio, diversas más- caras do jogador foram distribu- ídas para os torcedores, como forma de homenagear Neymar e pedir empenho dos demais jo- gadores da seleção. O jogo até começou bastante disputado, com as duas equipes buscando o gol. A grande chan- ce brasileira, uma das poucas em todo o primeiro tempo, aconte- ceu aos dois minutos, quando Marcelo arriscou um chute de fora da área e a bola passou per- to do gol alemão. Mas pouco a pouco a Ale- manha passou a ditar o ritmo de jogo. Logo aos dez minutos, ela abriu o placar em cobrança de escanteio de Kroos, que sobrou para Müller, sem marcação na grande área, mandar para o fun- do da rede. O Brasil tentou equilibrar a partida, mas a forte marcação alemã e o meio de campo con- sistente impediram quaisquer jogadas da seleção. Aos 16 mi- nutos, Marcelo caiu na grande área e pediu pênalti, não mar- cado pelo juiz. Iniciou-se en- tão uma pequena confusão na grande área entre Marcelo e o zagueiro alemão Boateng, logo controlada pelo árbitro mexi- cano Marco Rodriguez. Depois disso, no entanto, o Brasil não conseguiu mais chegar à área alemã. O que se viu foi um show do adversário brasileiro. Aos 22 minutos, a Alemanha ampliou o placar com Klose. Ele chu- tou uma vez ao gol, para defesa parcial do goleiro Julio Cesar, e recebeu o rebote, mandando a bola para o fundo da rede. Com esse gol, Klose virou o maior artilheiro das copas, ultrapas- sando o brasileiro Ronaldo, que tinha 15 gols. Dois minutos depois, apro- veitando nova falha e apagão do Brasil, a Alemanha fez o terceiro gol, com Kroos, que acertou um forte chute no canto direito de Julio Cesar. No minuto seguinte, o mesmo Kroos ampliou, após receber um passe de Khedira. Aos 28 minutos, a Alemanha encerrou o placar do primeiro tempo, com um gol de Khedira, após roubar a bola no meio de campo e tabelar com Özil. Com o placar tão adverso, os torce- dores brasileiros preferiram o silêncio. A festa então foi deixa- da para a torcida alemã, postada atrás de um dos gols. A torcida brasileira só voltou a se manifes- tar no final do primeiro tempo, com muitas vaias para a seleção. Na entrada da segunda eta- pa, Felipão mexeu no time, ti- rando Hulk e Fernandinho para as entradas de Ramires e Pau- linho. O Brasil voltou melhor em campo, mas não o suficiente para reverter um placar tão ad- verso. Aos cinco minutos da segun- da etapa o Brasil até tentou dimi- nuir o placar, em uma tabela de Fred e Ramires na grande área, mas encontrando o goleiro Neu- gadores da geração que tentou o hexa em casa terá uma nova chance na Rússia, em 2018. Este é o grupo de jogadores que te- rão, no máximo, 30 anos no pró- ximo torneio. Mesmo assim, um número considerável de con- vocados terminou sua vivência em Mundiais logo na primeira tentativa. Jovens, mas incógnitas O novo ciclo se inicia man- tendo em Neymar a figura cen- tral da seleção brasileira. Em 2018, terá 26 anos, mesma ida- de de Oscar. O meia, no entan- to, teve atuações apagadas em jogos importantes e mostrou que precisa amadurecer. Con- tra a Alemanha, teve uma sen- sível melhora no fim do jogo, quando a goleada já era fato consumado. Bernard, jovem que era aposta da comissão técnica de Felipão, terá que lidar nas pró- ximas temporadas com uma enorme interrogação. Sua esca- lação foi considerado o grande erro de escolha de Scolari dian- te dos alemães. Terá 25 anos na Rússia. Em termos de idade, os meias Paulinho e Willian tam- bém estão aptos a continuar nos planos e terão 29 anos no Mundial de 2018, assim como Luiz Gustavo, com 30. A defesa deverá sofrer gran- de reformulação. O lateral Mar- celo estará com 29 anos e, em tese, seguirá como um selecio- nável. No entanto, sua perma- nência era vista de forma natu- ral mais antes do que depois da Copa. O caso é que ele é o único integrante da defesa atual que chegaria à Rússia com menos de 30 anos. Júlio César, que terá 38, e Jéfferson e Victor, com 35, provavelmente se despediram no Brasil. O mesmo valerá para Daniel Alves, hoje com 31, além dos laterais Maicon e Maxwell, com 32. Na zaga, quem sai fortale- cido é David Luiz, que chegará à próxima Copa com 31 anos e com novas oportunidades pra- ticamente certas. No entanto, o próximo treinador terá que fazer escolhas e experiências. Por mais que Thiago Silva tenha reputação internacional, terá 33 anos no Mundial da Rússia. Será uma opção ter uma dupla de zaga com esta idade. Para com- pletar, Dante, o reserva imedia- to, terá 34. E não se saiu bem quando foi titular, justamente contra a Alemanha. Já Henrique terá 31. Geração atual chegará a 2018 com lideranças acima dos 30 anos Despedidas no ataque Outro que, ao que tudo in- dica, se despediu de Copas do Mundo foi o atacante Fred. Aos 31 anos, já conviveu com segui- dos problemas físicos e teve que se lutar para chegar ao Mundial do Brasil em boas condições fí- sicas. Terminou o torneio sob uma sonora vaia do Mineirão. Ficou marcado. Poucas coisas levam a crer que terá novo ci- clo. Assim como Jô, seu reserva. Ele estará com 31 anos, mas não teve em 2014 uma passagem ca- paz de garantir novas chances. As demais vagas do meio- -campo deverão passar por um filtro. Um número importante de jogadores chegará à Rússia com mais de 30 anos, mas ainda não como veteranos. Fernan- dinho terá 33, Hernanes terá 32, enquanto Ramires e Hulk terão 31. Fernandinho era uma promessa, mas virou incógni- ta após jogar muito mal contra a Alemanha. Ficou a sensação de que deveria ter produzido mais. Hernanes jamais se fir- mou como titular, mesmo caso de Ramires. Hulk teve bons mo- mentos na Copa, mas seu apro- veitamento dependerá do estilo desejado pelo próximo treina- dor da seleção. Messi comemora classificação à decisão: “Que loucura! Estamos na final!” duas grandes jogadas na pror- rogação. Se Palacio e Maxi Ro- dríguez tivessem aproveitado, nem seria necessário cobrar pênaltis. Na disputa, ele bateu o pri- meiro para a Argentina e con- verteu. Depois da vitória con- sumada, pulou e cantou com os companheiros no gramado. Foi seu 92º jogo pela seleção, um a mais que o Diego Mara- dona. Messi é o sexto que mais vestiu a camisa argentina. Cotado em R$ 1,4 bilhão, grupo da seleção deve sofrer desvalorização cialista em marketing esportivo. Antes do começo da Copa, de acordo com o site especiali- zado Transfermarkt, a seleção de Felipão valia cerca de R$ 1,4 bilhão. Esse valor deverá cair e o camisa 9 não é o único que deverá sofrer com isso. Como ele, alguns jogadores da seleção brasileira vivem momento de transição na carreira e deverão sofrer com a desvalorização cau- sada pelo vexame em campos brasileiros. Daniel Alves, por exemplo, pode deixar o Barcelo- na. Seu destino pode ser afetado depois das atuações apagadas na Copa, inclusive com a ida para o banco de reservas nas duas úl- timas partidas. O mesmo cabe para Paulinho, em baixa no Tot- tenham, da Inglaterra. Neymar visitará seleção na Granja após vexame do ainda se Neymar irá para o jogo da disputa do 3º lugar, em Brasília. A ideia do atacante é acompanhar a seleção e, eventualmente, ficar no ban- co de reservas. Neymar ficou fora da derrota histórica da seleção brasileira para a Ale- manha por 7 a 1, na terça- -feira (8), no Mineirão, após fraturar a terceira vértebra.
  7. 7. P ág . 7 1ª QUINZENA JUlHO de 2014 Giro dos famososGiro dos famosos Grazi Massafera aproveitou o domingo, para fazer um pro- grama ao ar livre. De biquíni e saída de praia, a atriz foi flagrada pelos paparazzi enquanto caminhava pela areia escutando música. Pouco depois, Grazi apro- veitou para fazer alguns exercí- cios na areia e mostrou que está em excelente forma física. Ana Hickmann  aprovei- tou o sábado, para se divertir na companhia de amigos e do marido,Alexandre Corrêa. Sem make e usando um look casual, com shorts jeans e blusa preta complementados por sa- patos de salto, a apresentadora deu um show de simpatia ao deixar um restaurante no Itaim, bairro nobre de São Paulo. Eliana curtiu o show da can- tora Anitta na noite de segunda- -feira, 30, na casa noturna Club A, em São Paulo. Quem pensa que a vida de modelo é só glamour, talvez mudedeideiaaoverafotopubli- cada por Gisele Bündchen nes- ta segunda-feira, 7. Na imagem, a ubermodel aparece molhada, ajoelhada em um recipiente de plástico e pro- tegida apenas por uma manta térmica. “Congelando no trabalho. Projeto especial”, comentou na legenda da imagem. Ticiane Pinheiro  publicou em seu Instagram nesta sexta- -feira, 4, uma foto fofíssima da filha,Rafaella Justus. Na imagem, a garotinha apa- rece tentando calçar um sapato de salto alto da mãe famosa. “A minha prova de rou- pa sempre acaba assim... Fofa. Amor. Vaidosa. Família. Prin- cesa. Amo absurdamente!!!”, comentou Ticiane, orgulhosa da garotinha. Cauã Reymond  publicou em seu Instagram nesta segun- Áries. Poderá entender como melhorar sua produti- vidade profissional, re- cuperando situações perdidas ou relações do pas- sado que lhe auxiliem em seus objetivos. Com expressões har- mônicas poderá se relacionar com sucesso em acordos. Touro. Momento de buscar seu caminho profis- sional, melhorando recursos e valores para que se sinta em sintonia com seus desejos e intenções. Conflitos ocorrem interiormente e pre- cisam ser entendidos para pla- nejar mudanças com sucesso. Gêmeos. Seu poder de atração e sedução está eleva- do, facilitando seus contatos em negócios e acordos diversos. Apenas não aja de forma egocêntrica que poderá criar conflitos ou reveses, perdendo o momento de crescimento e progressos. Câncer. É necessário compre- ender seus parceiros e buscar ou recuperar a harmonia, pois a mu- dança é importante pessoal e profissional, mas para progre- dir financeiramente é necessá- rio tomar iniciativas fundamen- tais ao seu sucesso. Leão. Suas relações pessoais e profissionais influem positivamente ao seu sucesso que depen- de de seu controle emocional para não criar conflitos ao equilíbrio. Importante enten- der e melhorar seus valores, para alcançar o que lhe faz bem. Virgem. Sua expansão pro- fissional está em an- damento, mas ainda você carece de se en- tender melhor e o que pode melhorar em si. Momento de inquietação que exige confian- ça e fé no seu poder, pois tudo flui para seu sucesso. Libra. Parceiros e relações es- tão em cheque, neces- sitando de saber o que realmente lhe é im- portante dentre seus envolvi- mentos. Olhe ao futuro e faça mudanças em suas relações ou na forma de se relacionar para seu progresso. Escorpião. Muito depende de seus parceiros para que alcance seu su- cesso, por isso veja e reveja seus planos, para estar em sintonia com o que lhe fará melhor. Qualquer instabilidade emocional influirá diretamente em sua profissão. Sagitário. Entenda e respeite as opiniões de seus par- ceiros para melhorar seus planos futuros, inclusive revendo-os. A melho- ria de sua produtividade, roti- na, para que haja também uma melhoria de sua qualidade de vida é fundamental agora. Capricórnio. Suas relações podem lhe auxiliar em seus progressos com indi- cações de mudanças criativas, que serão funda- mentais para sua segurança. Estabilidade e apoio de cole- gas na profissão facilitam me- lhorar seu rendimento. Aquário. A harmonia e bem estar com parceiros e amigos auxiliam sua estabilidade emocio- nal e profissional, mas é ne- cessário controle de atitudes, para não criar conflitos. En- tenda seu passado para não repetir erros por egoísmo ou excentricidade. Peixes. Todas as mudanças ocorridas nos últimos anos precisam agora de ser sedimentadas com seriedade e iniciativas, se libertando de hábitos já ul- trapassados. Prepare-se para transformações profundas em sua vida. da-feira, 7, alguns momentos da recepção calorosa que recebeu em Buenos Aires, onde está para a exibição do último capítulo de  Avenida Brasil,  novela que faz grande sucesso no país. A cantora Anitta se apresen- tou em Santos na madrugada desta segunda-feira, 7, e mos- trou seu apoio ao craque  Ney- mar, que sofreu uma lesão na coluna e está fora da Copa do Mundo. Amiga do jogador, ela se engajou na campanha cam- panha Força Neymar, que está reunindo amigos e fãs do craque em todo país. Simony  resolveu usar seu Instagram nesta quinta-feira, 3, para desabafar sobre as críticas que vem recebendo.  A cantora se aborreceu com os comentá- rios em alguns veículos especia- lizados em celebridades de que estaria exagerando no botox ao posar para fotos em sua festa de aniversário de 38 anos, realizada esta semana em São Paulo. Para cessar a boataria, Si- mony publicou uma foto em que aparece totalmente sem make acompanhada de um desabafo. “Sem make, sem filtro, sem nada . Não estou nem aí com os comentários maldosos. Acabei de fazer 38 anos e estou me sentin- do ótima, ainda não tenho botox, mas quando eu achar que preciso vou fazer sim. Não tenho plástica nenhuma no rosto, mas quando eu achar necessário faço sim. Não tenho e nunca tive medo de enve- lhecer porque afinal de contas to- dos vamos. O que realmente im- porta é você estar bem, realizada, feliz, sem pisar em ninguém, ter caráter ajudar o próximo e etc... Tudo vai apodrecer o que vai ficar é a minha, a sua história, e isso ninguém pode tirar”, afirmou. Mick Jagger assume culpa pelo primeiro gol da Alemanha: ‘mas não dos outros seis’ Em entrevista ao The Sun, Mick Jagger ironizou sua fama de pé-frio. Com fama de pé-frio nos jogos da Copa do Mundo, o roqueiro  Mick Jagger  ironizou sua fama ao ser questionado pelo jornal The Sun se ele foi o causador da derrota do Brasil para a Alemanha. “Eu posso as- sumir a responsabilidade pelo primeiro gol alemão, mas não os outros seis”, brincou.  Mick veio ao Brasil para acompanhar o campeonato e passar mais tempo ao lado do filhoLucas, fruto do antigo re- lacionamento com Luciana Gi- menez. No dia da derrota do Brasil, ele estava no Mineirão torcendo pela seleção brasileira.  No último dia 09, o jovem Bruno Barreto Rosa come- morou seus 16 anos ao lado de familiares e amigos em grande estilo. A festa foi or- ganizada pelo seu pai o em- presário Divaldo Rosa e sua madrasta Suseli Corumba. O evento contou com participação especial dos amigos: Sr Miguel e Malvina (vizinhos) que ajudaram a organizar a festa em sua re- sidência, para não levantar Bruno Rosa comemora 16 anos em grande estilo suspeita e para emocionar ainda mais o aniversariante. Chegando a hora da zue- ra o protagonista da festa foi levado pelo seu pai Di- valdo Rosa para comprar o presente de seu aniversário, só que com um detalhe era feriado e todas lojas esta- vam fechadas. O Bruno voltou ainda mais desapontado sem saber o tamanho da surpresa que o aguardava. Ao chegar em sua resi- dência Bruno foi surpreen- dido com a presença de mais de 40 amigos e familiares. Destacando-se seus amigos da Juventude da Pibitaim, amigos do Colégio São Fran- cisco, seus irmãos: Ângela, Adriana e João Victor, além do cunhado Maicon,  do ir- mão de consideração Felipe e sua namorada  Gabi. A festa durou até as 22 horas com muita animação e alegria..
  8. 8. P ág . 8 1ª QUINZENA JUlHO de 2014 PUBLICIDADEPUBLICIDADE

×