Acontece353net

281 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Acontece353net

  1. 1. ANO XX - No 353 - 1ªQUINZENA DE maio DE 2014 Em defesa da verdade e do desenvolvimento de São Miguel paulista e Região ® www.aconteceagora.com.brraleste@gmail.com -  2031-2364 e 2513-0928 PÁG. 4 Moradora do ‘bairro da Copa’ é eleita a mais bela idosa de SP Mais de 132 mulheres, entre 60 e 85 anos, se inscreveram para participar da 11ª edição do concurso da Secretaria de Estado da Saúde Secretário do Trabalho visita Subprefeitura de São Miguel Nesta quarta feira , 14 , o Secretário Muni- cipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empre- endedorismo (SDTE) Artur Henrique visitou a Subprefeitura de São Miguel onde   apresen- tou  propostas de ações  que serão, implemen- tadas pela Prefeitura de São Paulo. Durante a reunião em forma de plenária articulada com lideranças locais forma   discutidos  assuntos como Profissões do Futuro, capacitar o CAT com novas tecnologias, políticas públicas em Segurança Alimentar e Nutricional,  a impor- tância dos espaços para as... PÁG. 4PÁG. 3 Educação leva alunos da rede estadual a uma ‘aula’ de música e teatro ao vivoPÁG. 2 Corpo feminino na cidade é tema de performance na Virada Cultural PÁG. 5 Secretaria dos Transportes Metropolitanos e Metrô apresentam projeto da Linha 2 Verde em Audiência Pública
  2. 2. P á g . 2 2ª QUINZENA ABRIL de 2014 Circulação: São Miguel, ITAQUERA, vILA Jacuí, jd. helena, v. curuça E GUARULHOS Diretor: Divaldo Rosa Adm. e Financeiro: Ademyr Rodrigues Representante comercial: Adriana Sena, Eduardo Rocha e Ariane Andrade Jornalista FL: Silmara G. Nunes Revisão: Suseli Corumba Rosa Fotos: Bruno Barreto Rosa Diretor de Arte: Sergio Avante Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Distribuição: Mart Press Distribuidora As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comercias não mantém vínculo empregatício com a empresa. Jornal Acontece Agora, Folha do Itaim & Curuça, Jornal de Ermelino & Ponte Rasa, Jornal Guaianás & Cidade Tiradentes e Revista Acontece Leste A J O R L E S T E O jornal Acontece Agora é Filiado à Associação dos Jornais da Zona Leste Avenida dos Guachos, 166 - Vila Curuça Cep: 08030-360 Itaim Paulista – SP E-mail: raleste@gmail.com site: www.grupoacontece.com.br REDAÇÃO E PUBLICIDADE 2031-2364 | 2513-0928 Patente: PROC. 830024034 Classe 16 RPI RM 2087 Tiragem: 40.000 exemplares FL=FreeLancer cnpj: 03.115.443/0001-16 JAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTOJAPAUTO www.japauto.com.br ITAIM PAULISTA - F.: 2025-7777 - AV. MARECHAL TITO, 7003 ALPHAVILLE / BARUERI / CAMBUCI / CARAPICUÍBA / CENTRO / FRANCISCO MORATO / FRANCO DA ROCHA / ITAQUERA / JABAQUARA / LIBERDADE / MAIRIPORÃ / MAUÁ / GUARULHOS / PIRITUBA / SANTO AMARO / SANTO ANDRÉ / VILA MARIA Respeite os limites de velocidade. CG Fan ESDI 150 14/14 a/v 8.020, ou entr. 2.700,+48x199, (t.prazo 12.252,). Bros 150 ESD 14/14 a/v 10.099, ou entr. 3.300,+48x273, (t.prazo 16.404,).CB 300R 14/14 (Standard) a/v 13.600, ou entr.5.250,+48x300, (t. prazo 19.650,).Lead 14/14 a/v 7.290, ou entr. 2.200,+48x190, (t.prazo 11.320,).Tabela sujeita a alteração sem prévio aviso, conforme política de comercialização da fábrica.Consulte todas as informações em nosso showroom.Juros 2.75% a.m. (38,48% a.m.) Banco Honda (TC R$ 496,).CET máximo 52,85% a.a. TC e IOF inclusos. Promoções válidas somente para os modelos anunciados até o término do estoque (2 unidades de cada).Ofertas não cumulativas com outras. Imagens ilustrativas.Promoção Vem Que Tem válida de 08/03/2014 a 30/05/2014.Consulte data de sorteio e demais formas de participação no site: hondavemquetem.com. br/como_participar ou na Japauto.Certificados de Autorização CA CAIXA 4-0132/2014 / 4-0140/2014 / 1-0138/2014. Imagens ilustrativas. Reservamos o direito de corrigir possíveis erros gráficos e de digitação. www.japauto.com.br www.japauto.com.br ITAIM PAULISTA - F.: 2025-7777 - AV. MARECHAL TITO, 7003 VEM QUE É SUA!! VEM QUE É SUA!! VEM QUE É SUA!! VEM QUE BAULETO E CAPACETE NXR 150 BROS ESD 2014 MENSAIS 273,00 + ENTRADA Oferta para toda linha BROS. Fotos ilustrativas GRÁTIS FAN 150 ESDI MENSAIS 199,00 + ENTRADA BROS. Fotos ilustrativasBROS. Fotos ilustrativas FAN MENSAIS 199 CB 300R MENSAIS 300,00 + ENTRADA CARGO 150 ESD Venha fazer sua reserva! JAPAUTOJAPAUTOJAPAUTO 150 ESD Venha fazer sua reserva! 99,00 + ENTRADA 199+ ENTRADA 300+ ENTRADA Espetáculo ‘O Maravi- lhoso Mundo da Música’ faz parte de projeto em parce- ria com a Sociedade Cultura Artística e aproxima estu- dantes da teoria musical Os alunos de escolas es- taduais da capital paulista assistirão a uma aula dife- rente. Os estudantes são convidados do projeto “Ou- vir para Crescer”, parceria entre a Secretaria da Educa- ção do Estado de São Paulo e a Cultura Artística, que nesta semana apresenta a temporada “O Maravilho- so Mundo da Música”, no Auditório Ibirapuera. Neste mês de maio, 960 crianças e jovens e 48 professores te- rão a chance de conferir o espetáculo. No show, o elenco ence- na um texto que traz expli- cações bem simples sobre os diversos elementos da músi- ca, como som, pulso, ritmo, melodia e harmonia. Cada conceito é ilustrado por uma peça musical executa- da ao vivo, por brincadei- ras e outras atividades que contam com a interação da plateia. Gêneros musicais e grandes nomes da músi- ca internacional e nacional também são lembrados du- rante a apresentação. Desde o início da parce- ria, em 2011, mais de 227 escolas do estado já parti- ciparam do projeto. Antes de cada visita, professores e alunos recebem um ma- terial de apoio pedagógico detalhado sobre o espetá- culo e, assim, têm a chance de discutir antes e depois aquilo que viram e se en- cantaram no show. “O projeto preserva o compromisso da Secretaria da Educação de transmitir conhecimento. O espetá- culo oferece também aos Educação leva alunos da rede estadual a uma ‘aula’ de música e teatro ao vivo O inverno ainda não co- meçou, mas o frio já apa- receu e, com isso, algumas doenças podem afetar os paulistas com mais facili- dade. Com temperaturas mais baixas, a tendência é de maior concentração de pessoas em ambientes fe- chados, o que favorece a circulação de vírus respira- tórios, provocando alergias, resfriados, asma e gripe. Por isso, os cuidados com a saúde devem ser redo- brados. “Medidas simples colaboram para melhorar a qualidade de vida nos dias mais frios, e fazem toda a diferença para prevenir problemas de saúde”, afir- ma o médico pneumologis- ta e coordenador estadual de Saúde, Ricardo Tardelli. Dicas para manter a saúde no frio Fique atento às variações de temperatura. Em casa, no trabalho e em outros locais fechados, costuma-se sentir calor. Porém, ao sair destes ambientes, a brus- ca queda de temperatura pode facilitar a ocorrência de doenças. Agasalhe-se antes de sair;  - Ingerir líquidos quen- tes ao longo do dia, como chás, café e chocolate quen- te, ajuda a manter o corpo aquecido, mas deve -se evitar o exagero no consumo desses produtos.  - Mantenha a higiene do- méstica, evitando o acúmulo de poeira, que desencadeia diversos problemas alérgicos; - Evite banhos com água muito quente, que provo- cam ressecamento da pele;  - Evite exposição prolon- gada a ambientes com ar condicionado, quente ou frio; - As pessoas com aler- gia devem ficar atentas a cobertores que soltam pe- los. Substituí-los por man- O Poupatempo Itaque- ra abre inscrições para a “Oficina de Lembrança de Noivado ou Aniversá- rio em Biscuit”. O curso é uma oportunidade para quem deseja desenvolver a criatividade, presentear pessoas queridas ou ga- rantir uma renda extra.  As inscrições são gra- tuitas e podem ser feitas até o dia 21 de maio no próprio posto ou pelos telefones (11) 3456-7089 / 3456-7090, durante todo o horário de atendimento Inverno: A estação exige atenção especial convidados a oportunidade de ouvir e compreender a música de uma forma di- ferente e mais atrativa”, afirma o secretário da Edu- cação, professor Herman Voorwald. Cultura também é Currí- culo Além da parceria com a Cultura Artística, a Secre- taria da Educação de São Paulo mantém o programa “Cultura é Currículo” e leva todos os meses alunos ensi- nos Fundamental, Médio e EJA a museus, teatros e cen- tros históricos. A entrada nos espaços é gratuita e a Pasta garante alimentação e transporte. Agora em maio, mais de 188 mil estudantes tem visitas garantidas em 153 instituições conveniadas em várias regiões do Estado. No ano passado, mais de 1 mi- lhão de estudantes foram contemplados com o pro- grama. tas de tecido sintético ou algodão pode auxiliar na prevenção de rinites e ou- tros quadros alérgicos; - As alergias também podem ser reduzidas lavando e se- cando ao sol, antes de usar, mantas, cobertores e blusas de lã, guardadas por muito tempo em armários. Pacien- tes com antecedentes como bronquite e rinite costumam ter crises nesta época. É im- portante procurar um médi- co e seguir suas recomenda- ções; - Atenção ao sol. Mes- mo com o frio é importan- te manter o cuidado com o sol, utilizando protetores, especialmente quando o céu estiver “limpo”; - Tome muito cuidado com o acesso de crianças pequenas à cozinha. Evite que brinquem neste am- biente, atraídas pelo calor. Líquidos e panelas quentes causam graves acidentes. Em caso de queimadura a orientação é buscar aten- dimento médico imediata- mente Além dos cuidados, a po- pulação deve ficar atenta, pois o frio não é o único res- ponsável pelo agravamento dessas doenças. Mudanças de hábito como portas e ja- nelas fechadas para evitar a entrada de ventos frios, a aglomeração de pessoas em ambientes fechados, favo- rece a transmissão de vírus e bactérias, um dos princi- pais responsáveis pelas do- enças de inverno. Poupatempo Itaquera oferece oficina de biscuit  Interessados poderão aprender a confeccionar lembranças de noivado ou aniversário da unidade. No total, se- rão oferecidas 30 vagas. As aulas ocorrem no dia 22 de maio no Posto do Governo do Estado em dois horários: a primeira turma pela manhã, das 9h às 12h, e a segunda no período da tarde, das 14h às 17h.  Mais informações so- bre o curso e materiais necessários podem ser ob- tidas no ato da inscrição.  O Poupatempo Itaque- ra fica localizado na Ave- nida do Contorno, nº 60 (ao lado da Estação Corin- thians – Itaquera – Linha Vermelha do Metrô), e o horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sába- dos, das 7h às 13h.  Em pesquisa realizada pelo Instituto Vox Populi no ano de 2013, o índice de satisfação dos serviços prestados pelo Poupa- tempo Itaquera obteve 99% de aprovação da po- pulação. REVISTARIA CAVOA Rua Cavoá, 425 Vila Curuçá-SP SUB PREF. DE SÃO MIGUEL R. Dom Ana Flora P. Souza, 76 Vila Jacuí-SP BANCA CULTURAL (Banca do Assai Atacadista) Av. Marechal Tito, 1300 São Miguel BANCA DO MERCADÃO Av. Marechal Tito, 567 São Miguel BANCA DO NAGUMO Pç Francisco Pereira, 80 Vl Curuçá BANCA NOVA GERAÇÃO Av. Marechal Tito, 686 - São Miguel
  3. 3. P á g . 3 2ª QUINZENA ABRIL de 2014 Um menor morreu du- rante um roubo na noite do último domingo (11), em São Miguel. O casal foi rendido por dois adoles- centes que armados que obrigaram marido e esposa a entregar o automóvel. O filho de 1 ano e 8 meses es- tava na cadeirinha no ban- co de trás e foi retirado a tempo, segundo a polícia. Enquanto a família cor- ria para longe do local, tiros começaram a ser dis- parados, eles então se es- conderam em um terreno. Eles voltaram cinco minu- tos depois ao perceberem a chegada da polícia. Um dos menores, de 16 anos, A dona de casa Severi- na Nunes Pereira dos San- tos moradora de Itaquera, bairro da zona Leste onde daqui a pouco mais de um mês será dado o ponta- pé inicial para a Copa do Mundo de 2014, foi elei- ta nesta quinta-feira, 8 de maio, a mais bela idosa da cidade de São Paulo. A fi- nal do concurso promovido pela Secretaria de Estado da Saúde ocorreu no Ins- tituto Paulista de Geria- tria e Gerontologia (IPGG), em São MiguelPaulista. Aos 64 anos, Severina contou com a ajuda de uma das filhas, de um total de três, para escolher o traje em que desfilou. Foi aplau- dida em pé pela neta-coruja que acompanhou todo o desfile. “Não esperava por isso. Imaginava que conseguiria como Miss Beleza ou Ele- gância, mas não essa ca- tegoria, pois é necessário atender todos os requisitos para vencer o concurso”, afirma. O segredo de bele- za, segundo ela, é não usar maquiagem. Severina e outras 24 fi- nalistas, selecionadas entre um total de 132 candidatas, desfilaram nos tapetes do salão de convivência, trajan- do vestidos longos e curtos, azuis, vermelhos, dourados e verdes, comprovaram que beleza independe de idade. Além de Severina, ou- tras cinco candidatas foram eleitas nas demais catego- rias do concurso: Erny Alves dos Santos, Miss Timidez; Maria Conceição Liberato de Melo, Miss Simpatia; Te- resa Cristina Graciano, Miss Sorriso; Aureluce de Melo Gastão, Miss Elegância; e Assaltante morre misteriosamente após roubo a carro Polícia trabalha com a hipótese de que suspeitos se desentenderam durante o crime foi morto a tiros e outro suspeito foi baleado e deu entrada em hospital da re- gião. Chorando, a mulher disse que não quer mais o carro, e também, que não quer mais dirigir. A polícia trabalha com duas hipóte- ses: um desentendimento entre os dois criminosos ou uma execução de alguém que passava pelo local.    Moradora do ‘bairro da Copa’ é eleita a mais bela idosa de SP  Mais de 132 mulheres, entre 60 e 85 anos, se inscreveram para participar da 11ª edição do concurso da Secretaria de Estado da Saúde Irene Pereira Vasconcelos, Miss Beleza. As candidatas foram avaliadas por cinco jura- dos. Os desfiles ocorreram ao som de músicas de Kid Abelha, Lulu Santos e de artistas internacionais. O evento contou ainda com a apresentação de oito mu- lheres numa dança que une o country à ginástica rítmi- ca, ensaiada pelo grupo de dança do IPGG. Além das faixas, títulos e placas destinados às seis primeiras colocadas, as 25 participantes ganharam pe- quenos mimos, como bolsi- nhas, acessórios e maquia- gem. As duas finalistas mais jovens têm 60 anos e, a mais velha, de 85 anos, que par- ticipou pela primeira vez do concurso do IPGG. “Não ganhei hoje, mas foi ótimo. O que importa é participar”, disse a finalis- ta Maria Adelia Magalhães Lopes.
  4. 4. P á g . 4 2ª QUINZENA ABRIL de 2014 No dia 30 de maio, a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, par- ticipará do “Dia D - Dia de inclusão social e profissio- nal das pessoas com defi- ciência e dos beneficiários reabilitados”. O evento, que é uma ação conjunta entre a União e os governos estaduais, pretende ampliar as oportunidades para essa parcela da população. Além de promover aces- so às vagas de emprego, o Dia D oferecerá serviços de emissão de CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social), orientação para elaboração de currículos, “Dia D” de inclusão das pessoas com deficiência terá ofertas de emprego e assistência Evento acontece no próximo dia 30 de maio e é uma ação conjunta entre a União e os governos estaduais orientação referente ao BPC-LOAS (INSS), progra- mas de aprendizagem para Pessoas com Deficiência (Sistema S), pré-matrícula para cursos do Pronatec, palestras sobre acessibilida- de e elaboração de laudos. As empresas interessadas em contratar profissionais têm até o dia 29 de maio para divulgar as vagas, no Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) local ou na sede do Padef, na Rua Boa Vista, 170 - 1º andar - São Paulo, na capital. O Dia D ainda não tem local de- finido, mas será gratuito e aberto ao público. 2031-2364 e 2513-0928 Anuncie no jornal de São Miguel e região. Ótimas promoções e formas de pagamento!!! Consulte!!!  Secretaria dos Transportes Metropolitanos e Metrô apresentam projeto da Linha 2 - Verde em Audiência Pública Nesta última segunda- -feira (12) cerca de 150 pessoas estiveram na sede da Subprefeitura Arican- duva/Formosa/Carrão para apresentar detalhes da ex- tensão da Linha 2- Verde até Guarulhos. Estiveram presente no evento o se- cretário dos Transportes Metropolitanos Jurandir Fernandes, o presidente da Companhia do Metrô Luiz Antonio Carvalho Pacheco e metroviários das áreas de planejamento, projetos, assuntos jurídicos e obras.  Com a extensão da Linha 2, a malha metroviária chega- rá pela primeira vez em sua história a outro município. Guarulhos, com cerca de 1,3 milhões de habitantes, abrigará as estações Ponte Grande e Dutra.  A linha beneficiará dire- tamente os bairros de Par- que Novo Mundo, Parque Edu Chaves, Vila Medeiros, Jardim Brasil, Jardim Japão, pessoas com deficiência. O número de usuários da Linha 2 passará dos atu- ais 672 mil usuários, por dia, em média, para cerca de 1,65 milhão. Um dos maiores benefícios possí- veis com a operação plena da linha será a redução dos tempos de viagem dos usu- ários do sistema que mo- ram, trabalham, estudam ou passam pelos bairros citados para outras regiões da capital paulistana. Por exemplo, uma via- gem atual usando o trans- porte público hoje dispo- nível a partir do bairro Tiquatira até a região da Avenida Paulista leva apro- ximadamente 51 minutos. Com a implantação do novo trecho, o tempo de viagem para quem usar o metrô de- verá ser de 38 minutos. Dúvidas sobre os pro- cessos de desapropriações também foram esclareci- das. O Metrô iniciou no segundo semestre do ano passado a comunicação oficial aos proprietários e moradores dos imóveis re- lacionados em um Decreto de Utilidade Pública divul- gado no Diário Oficial do estado de São Paulo. Nesta quarta feira , 14 , o Secretário Municipal do Desenvolvimento, Traba- lho e Empreendedorismo (SDTE) Artur Henrique visi- tou a Subprefeitura de São Miguel onde   apresentou  propostas de ações  que serão, implementadas pela Prefeitura de São Paulo. Durante a reunião em forma de plenária articu- lada com lideranças locais forma   discutidos  assun- tos como Profissões do Futuro, capacitar o CAT com novas tecnologias, políticas públicas em Se- gurança Alimentar e Nu- tricional,  a importância dos espaços para as feiras orgânicas e  a comercia- lização dos produtos e o combate ao uso dos agro- tóxicos Dando continuidade a visita, acompanhado por   disso o Secretario vi- sitou acompanhado por funciona na Praça de Aten- dimento da Subprefeitura e o Mercado   Drº  Américo Sugai  que fica  na Mare- chal Tito em São Miguel O Secretário afirmou ainda que todas as reivin- dicações  e propostas se- rão levadas em considera- ção e que é imprescindível termos uma política para o jovem empreendedor uma política  de segurança ali- mentar que dê suporte à reestruturação das feiras com  mais oportunidades para os agricultores. Ao final,o Secretário reforçou que São Paulo tem espaço suficiente para todos atuarem e lucrarem com suas produções, en- fatizando que todas as cooperativas e entidades devem estar articuladas no objetivo do fortaleci- mento do trabalho. autoridade e lideranças locais conheceu   equipa- mentos pertencentes  a  Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo, como uma unidade do CAT que Secretario do Trabalho visita Subprefeitura de São Miguel Tiquatira, Penha, Parque São Jorge, Vila Formosa, Vila Ema, Vila Zelina, Orfa- nato, Vila Matilde, Linhas Correntes, Jardim Anália Franco, Vila Carrão, Água Rasa, Tamanduateí, Gomes Cardim, Regente Feijó, Vila Bertioga e Vila Califórnia, na cidade de São Paulo, e Vila Leonor, Vila Galvão, Ponte Grande e Vila En- dres, em Guarulhos. Para a operação da Linha 2 até Guarulhos a frota de trens receberá 39 novas compo- sições, todas dotadas de ar- -condicionado, câmeras de segurança e acessibilidade. Todas as estações disporão de sanitários públicos para o público usuário, incluindo Uma nova reunião com os cidadãos deve ser pro- movida no segundo semes- tre deste ano e terá o local, a data e o horário divulga- dos por veículos de comu- nicação.
  5. 5. P á g . 5 2ª QUINZENA ABRIL de 2014 AquiemSãoPauloe noBrasilinteiro. Recursos garantidos para a construção de 532 creches e pré-escolas. Quase 40 MIL professores participam do Pacto pela Alfabetização na Idade Certa. Mais de 2.500 escolas já oferecem educação em tempo integral. É assim que o Brasil combate a desigualdade social e se torna UMPAÍSCADAVEZMAISJUSTO. PARAGARANTIROPORTUNIDADESIGUAIS DESDECEDO,OGOVERNOFEDERALESTÁ INVESTINDOFORTEMENTE NAEDUCAÇÃO. É assim que o Brasil combate a desigualdade social e se torna UMPAÍSCADAVEZMAISJUSTO. INVESTINDOFORTEMENTE NAEDUCAÇÃO. É assim que o Brasil combate a desigualdade social e se torna UMPAÍSCADAVEZMAISJUSTO. NAEDUCAÇÃO. No sábado (17/05), às 18h30, o Coletivo PI apre- senta Contornos no Sesc Vila Mariana. Para questionar poeticamente os contornos que definem, diferenciam e segregam a mulher na so- ciedade, performers criam uma tela pintada com seus próprios corpos. O Coletivo PI reali- za Contornos na programa- ção da Virada Cultural 2014, no sábado (17/05) às 18h30, na área de convivência do Sesc Vila Mariana. A perfor- mance inédita propõe a re- flexão sobre o corpo femi- nino na cidade, dialogando assim com um dos temas da Virada deste ano: o corpo e a luz na cidade. Inspirada na pintura gestual de Jackson Pollock, que substituía os pincéis pelo seu próprio corpo, e na artista contemporânea Heather Hansen, que cria grandes desenhos a carvão com movimentos de dan- ça, a performance Contor- nos também une as artes visuais e a expressão cor- poral. Mulheres embebidas em tintas fluorescentes vão deixar suas marcas em uma enorme tela branca.  A proposta da criação de contornos coloridos com os corpos femininos busca questionar poeticamente que contornos são esses que definem, segregam e diferenciam o gênero femi- nino.  Além de tratar da fi- gura da mulher, o trabalho também remete ao direito de cada um construir sua subjetividade, seu gênero, sua estética, tendo espaço e respeito na sociedade. “A performance trata do conceito do contorno como algo que define e, ao Um bom relacionamen- to com as pessoas dentro do ambiente de trabalho é essencial tanto para a carreira como para a qua- lidade de vida. Mas manter um clima amistoso com os colegas profissionais nem sempre é fácil. Desagradá- veis e até mal intenciona- dos, alguns perfis desafiam a convivência com piadas excessivas, reclamações ou mesmo puxando o tapete dos outros. Selecionamos 9 comportamentos consi- derados insuportáveis no trabalho: 1. A Injustiçada: recla- mona, ela tem certeza que os chefes a perseguem – e percebe isso em cada olhar ou comentário. Passa mui- to tempo “alugando” os colegas com as suas lamen- tações. É extremamente sentimental e não tem foco no trabalho. O segredo é não entrar na onda e co- meçar a reclamar dos che- fes também. 2. O Falso Bonzinho: parece um anjo à primeira vista, cordial faz questão de estabelecer boas rela- ções com todos os níveis hierárquicos. Cedo ou tar- de você ficará sabendo de intrigas pesadas feitas pe- las costas envolvendo o seu nome. Não tente desmas- carar o “anjinho”, é me- lhor manter distância. 3. A Fofoqueira In- corrigível: ela parece um radar: está sempre por den- tro de tudo que acontece na vida dos outros funcio- nários e, por isso, não de- Corpo feminino na cidade é tema de performance na Virada Cultural mesmo tempo, que limita, oprime, questionando as formações de identidades, do que é ser um corpo. E, neste caso, um corpo femi- nino dentro de uma socie- dade, ainda patriarcal, e de uma cidade bélica, em que agressões e violências às mulheres nos transportes e nas ruas são constantes.”, comenta Pâmella Cruz, uma das diretoras do Coletivo PI e idealizadora da perfor- mance. O Coletivo PI trabalha com performance e inter- venção urbana desde 2009. Uma de suas principais pesquisas é a construção da subjetividade feminina em relação à esfera públi- ca. Dentro dessa linha de investigação artística, Con- tornos dialoga com o mais recente projeto do gru- po, Entre Saltos, que ga- nhou o Prêmio Nacional Mulheres nas Artes Visuais 2013 – Funarte e percorre neste ano várias cidades do país. Nesta performance, mulheres desfilam na rua com um salto só, chamando atenção para sua existência na cidade.    Coletivo PI: O núcleo de performance e interven- ção urbana de São Paulo, fundado e dirigido por Pâ- mella Cruz e Priscilla Tos- cano, realiza, desde 2009, intervenções urbanas efê- meras utilizando diferentes linguagens, tais como a per- formance, o teatro, a dança e as artes visuais, para com- por suas criações. A pesqui- sa do grupo tem como base o diálogo entre o artista e o espaço, na construção de formas poéticas que repre- sentem e transformem um espaço (físico ou imaginá- rio), resgatando a memória deste espaço, discutindo suas funções e propondo novas percepções. Um dos objetivos do Coletivo PI é pensar e realizar interven- ções e performances urba- nas sob a ótica do gênero feminino reafirmando a rua e locais utilizados cotidia- namente pela população como espaços da experiên- cia, memória e afetividade. Site: www.coletivopi.com Comportamentos insuportáveis no trabalho Fofoqueiros, puxa-sacos e tagarelas: como identificar e lidar com esses perfis no escritório dica muito tempo ao tra- balho. Sair de fininho das conversas sobre terceiros é a melhor forma de agir. 4. O Puxa-Saco Bajula- dor: é um clássico no mun- do corporativo em suas re- lações, classifica as pessoas por cargos. Está sempre pronto para elogiar o che- fe, mesmo que sutilmente, e extrai dessa prática a se- gurança que precisa para continuar empregado. 5. O Oversharer: ela (ou ele) fica falando de coi- sas que ninguém realmen- te quer saber – e normal- mente num tom de voz que os obriga a isso. Usa o tele- fone da empresa para dis- cutir com a madrinha, com o atendente da TV a cabo ou com a amiga que insiste em ficar com aquele cara que não a merece. Se você der a mínima corda, ela (ou ele) vai explicar seus pro- blemas em detalhes. A dica é cortar o assunto e não fazer comentários que vão aumentar o diálogo. 6. O Carreirista Esper- tinho: está no jogo para ganhar, ser bem sucedido é quase uma obsessão. Fala o que os chefes gostam de ouvir e não pensa duas ve- zes ao passar a perna em alguém. Nunca comparti- lhe ideias e projetos com ele, Se apegue aos assuntos genéricos. 7. A Ultrasexy: ela “dá mole” para os caras, mas se faz de sonsa e desentendi- da se algum deles reage. No escritório, todo mundo percebe a paquera com o colega: risadinhas, brinca- deiras de mão e outras prá- ticas irritantes dominam o ambiente. Evite qualquer elogio à maquiagem ou roupas que possa inflar ainda mais esse ego. 8. O Galã Oficial: ele não anda pelo corredor, desfila não cumprimenta as colegas, joga beijos e piscadinhas. Conta vanta- gens na hora do almoço para os outros homens e, muitas vezes, mente des- caradamente sobre “aque- la gata da academia” que nunca existiu. 9. A Matraca Solta: ela não para de falar e tende a ser inconveniente. Faz comentários sobre tudo e atrapalha a concentração dos colegas que querem trabalhar. Não entre no enredo que a pessoa está contando. As Filhas da Mãe” é uma das maiores comédias do te- atro brasileiro, que se man- tém em cena há mais de duas décadas e arrebanhou um público estimado em 1 MILHÃO E MEIO de pessoas, ao longo deste período.  Este ano de 2014 ela co- memora 31 anos em cartaz. Segundo o diretor e autor Ronaldo Ciambroni, con- siderado um dos maiores especialistas brasileiros em comédias “As Filhas da Mãe” é um texto que agrada mui- to ao público pela criati- vidade, dinamismo e pela leveza. “É uma dramaturgia leve, sem apelações, cujo maior interesse é entreter e divertir, levando ao público uma historieta criativa que é valorizada pelo talento do elenco”, afirma.   O texto da peça foi es- crito pelo dramaturgo Ro- naldo Ciambroni, autor de dezenas de espetáculos adultos e infantis, premia- do diversas vezes no Brasil e uma vez em Cuba, com a peça “Donana”, um clássico da dramaturgia nacional que completou 30 anos de existência no ano passado. Ciambroni conta que usou sua experiência profissional Comedia Musical “As Filhas da Mãe”  comemora 31 anos em cartaz para compor esta comédia atualíssima. “Quando eu trabalhava com seleção de elenco para emissoras de televisão, constantemente encontrava mães que eram muito mais ansiosas que as próprias candidatas, algu- mas chegando mesmo ao desespero para ‘cavar’ uma oportunidade para as suas filhas”, relata. Baseado nes- sas experiências, ele escre- veu “As Filhas da Mãe”, que conta a história de uma mãe de meia idade, Diva Maria, cuja longa e fracassada tra- jetória nos meios artísticos a leva a investir na carreira das duas filhas, Deise Maria e Dalva Maria. Como ambas são totalmente desprovi- das de talento, as inúmeras tentativas de “encaixá-las” em alguma produção artís- tica falham sucessivamente, criando situações hilárias e levando as duas moças à atitude desesperada de fu- gir de casa para obter a li- berdade. A partir de então, a busca pelas filhas toma conta da vida de Diva Ma- ria, que acaba se envolven- do em situações inusitadas e surpreendentes ao longo de todo o espetáculo. Serviço: Local: Teatro Bibi Ferreira. Estréia dia 11 de Janeiro - Sextas e Sá- bados às 21h e Domingos às 19h - Ingresso Inteira R$60,00 e R$30,00 meia - Av. Brigadeiro Luis Antonio, 931 Informações: 3105-3129
  6. 6. P á g . 6 2ª QUINZENA ABRIL de 2014 Cachecóis e lenços po- dem detonar a silhueta feminina. Para não errar, os acessórios precisam es- tar de acordo com o tipo físico da mulher. A seguir, veja dicas para escolher o modelo e combinar as es- tampas! A temperatura cai e o guarda-roupa feminino ganha novos acessórios. É nessa época que cachecóis, pashminas e lenços passam a fazer parte do look. Para escolher o melhor tamanho e modelo, a mulher precisa conhecer bem o próprio tipo físico. “O cachecol pode agregar volume ou até alongar o pescoço. Tem que saber usar”, afirma a consultora de imagem Ala- na Rodrigues. O dia-a-dia de uma mãe envolve muitas atividades repetitivas, com movimen- tos de agachar, levantar e sentar, sem contar o carre- gamento de peso que é le- var o bebê de lá para cá. Por isso, muitas mães reclamam de dores nas costas, nos om- bros e no pescoço durante o período pós gestacional. As alterações corporais sofridas durante a gesta- ção podem causar ou agra- var dores anteriores. “Com o passar dos meses o bebê cresce e ocorre o desloca- mento do centro de gravi- dade para frente, alteração e acomodação do eixo do equilíbrio e consequente aumento da lordose lom- bar”, explica a especialista. Com o passar do tempo, sem o devido cuidado e tra- Cachecóis podem detonar silhueta. Aprenda a escolher o modelo ideal Quem tem o busto pe- queno ou o pescoço fino e comprido pode usar laços próximos ao pescoço e es- tampas.  “Dessa forma ela garante volume à região”, diz Alana. Os modelos compridos, que ultrapas- sam o quadril, precisam ser evitados por quem é baixinha.  “Nesse caso é melhor que o fim do lenço seja mais perto do pesco- ço. Para quem tem muito busto ou o pescoço curto, os melhores são os mode- los de algodão e seda, que ficam mais soltinho e não agregam volume”, sugere.  As estampas também exigem preocupação com o equilíbrio visual do look. Cores escuras e estampas de tamanho pequeno a médio (também com fun- do escuro) disfarçam o vo- lume do busto, enquanto as cores claras e desenhos grandes atraem atenção para a região. “Mesmo que o lenço seja estampado, o restante da roupa também pode ter desenhos, desde que as duas peças tenham cores em comum”, ensina Alana. Quem optar por um look básico pode usar ain- da um colar para acom- panhar o lenço ou cache- col.  “Mas o acessório tem que ser comprido e ter um pêndulo na ponta. É bom porque, quando a mulher tirar o lenço, ainda vai es- tar com um acessório no pescoço”, avalia a consul- tora de imagem. Entre 50% e 75% das mães reclamam de dores nas costas durante Mães correm riscos de desenvolver patologias se não corrigirem suas posturas tamento, a má postura no cuidado com o bebê pode ter graves consequências. “Podem aparecer patologias associadas, como o desgaste das articulações e até mes- mo lesões nos discos inter- vertebrais”, previne Silvia. É preciso ter atenção ao posicionamento do corpo na realização das ativida- des, à altura dos móveis, à ergonomia e forma de pos- turar-se durante as ativida- des. Por isso, perguntamos à especialista sobre os movi- mentos mais errados que as mães fazem e quais são as formas corretas de fazê-los. Confira a seguir: Amamentando o bebê: escolha uma cadeira com braços e encostos confortá- veis, e sente o mais para trás possível. Deixe os pés apoia- dos em uma banqueta ou prancha, para facilitar a cir- culação sanguínea. Coloque o bebê sobre uma almofada ou travesseiro no colo para aproximá-lo do seu corpo e procure não inclinar a cabeça para olhar o bebê por muito tempo. Se possível, procure alternar o braço de apoio do bebê na próxima mamada. Banhando ou trocando as fraldas: coloque a ba- nheira ou trocador a uma al- tura em que a coluna perma- neça ereta e sem curvar para a frente, pode ser uma mesa ou um suporte próprio. Co- loque uma perna na frente da outra e dobre os joelhos ao se agachar. É importante contrair o abdômen durante a atividade também.  Tirando ou colocando o bebê no berço: dê prefe- rência a berços com grades que tenham altura regu- lável, assim não será pre- ciso fazer uma inclinação curvando a coluna a fren- te para colocar ou pegar o bebe. Mas, caso isso não seja possível, lembre-se de manter a criança mais próxi- ma ao seu corpo. Aqui tam- bém é importante manter o abdômen contraído. Segurando bebê em pé: Evite projetar o qua- dril e abdômen para frente. Esta postura, de forma re- petitiva, dificulta bastante o retorno da tão desejada boa forma. A fisioterapeu- ta ainda recomenda a uti- lização de sapatos baixos e confortáveis, além de não passar muito tempo sen- tada durante o trabalho. Organize-se para que possa levantar de tempos em tem- pos e esticar as pernas e a coluna, recomenda.
  7. 7. P á g . 7 2ª QUINZENA ABRIL de 2014 Meu filho adora chupe- ta. Isso é preocupante? Muitas crianças se acal- mam quando chupam a chupeta e chegam a usá-la até ter 5 ou 6 anos. Às vezes a chupeta também ajuda a criança a aliviar o estresse ou a se adaptar a situações novas e desafiadoras, como começar a ir à creche ou es- colinha, ou fazer uma via- gem longa de carro.  Há boas razões, porém, para ir convencendo seu filho de que é bom aban- donar o hábito. Se ele tiver tem tendência a infecções no ouvido, por exemplo, largar a chupeta pode ser uma boa idéia. Um estudo mostrou que crianças que não usavam chupeta ti- nham 33% menos incidên- cia desse tipo de infecção Levantamento recente do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), ligado a Secretaria de Es- tado da Saúde e a Facul- dade de Medicina da USP, maior centro de oncologia da América Latina, aponta que 70% das mulheres com câncer de ovário chegam ao hospital com a doença avançada, o que pode com- prometer o sucesso do tra- tamento.   Mensalmente são rea- lizados mais de 800 aten- dimentos no serviço de gi- necologia do instituto. Do total de pacientes, cerca de 20% têm entre 45 e 54 anos e 70% das mulheres estão acima dos 55 anos, período em que é mais frequente o 7 em 10 mulheres descobrem câncer de ovário ‘tarde demais’  Dia mundial de combate à doença é celebrado nesta quinta-feira (8);histórico familiar e obesidade estão entre os fatores de risco desenvolvimento do tumor.  Entre os fatores de ris- co para o câncer de ovário estão o histórico familiar e a obesidade. Mulheres que fazem terapia de reposi- ção hormonal e tratamento para a fertilidade também estão mais propensas a de- senvolver a doença.  O tumor é considerado “silencioso”, e os poucos sintomas apresentados cos- tumam ser ignorados pela maioria das mulheres, uma vez que são confundidos com desconfortos comuns como inchaço (aumen- to) do volume abdominal, menstruação irregular e in- digestão. Também podem ocorrer dores abdominais e na região pélvica, perda do apetite e náuseas.    Estimativas do Instituto Nacional de Câncer (Inca) apontam aproximadamen- te seis mil novos casos da doença para esse ano no Brasil, incidência relativa- mente baixa se comparada aos 60 mil novos casos de tumor de mama. Entretanto, o câncer de ovário é o tipo de tumor ginecológico com maior índice de mortalidade, chegando a 50%. Por isso é importante que as mu- lheres estejam atentas a mudanças no corpo, bem como a incômodos e dores constantes. “A visita anual ao ginecologista e a procu- ra por médicos em casos de alguma anormalidade po- dem ajudar a antecipar o diagnóstico, aumentando as chances de sucesso do tratamento”, destaca a co- ordenadora da oncologia clínica do Icesp, Maria Del Pilar Estevez Diz.    Dia mundial de combate à doença é celebrado nesta quinta-feira (8); histórico familiar e obesidade estão entre os fatores de risco no ouvido médio. A chupeta também não ajuda crianças que parecem estar desenvolvendo pro- blemas na hora de falar. O ato de sugar ou chupar mantém a boca da criança em uma posição pouco na- tural, dificultando o desen- volvimento dos músculos da língua e dos lábios, explica a especialista norte-ameri- cana Patricia Hamaguchi, autora de um livro sobre a fala (“Childhood, spee- ch, language, and listening problems: What every pa- rent should know”).  Mesmo que não dê para perceber algum problema, seu filho está aprendendo a falar, e fazer isso com uma chupeta na boca pode atra- palhar o processo, alteran- do o modo como os sons são pronunciados e forçando a língua a descansar numa posição pouco natural.  Em alguns casos, o uso frequente da chupeta faz com que a língua se projete para a frente, o que pode causar problemas nos den- tes ou de ceceio (às vezes confundido com a língua presa: a língua entra no meio dos dentes na hora de falar sons como «s» e «z»).  Por esses motivos, é re- comendado limitar o tem- po de chupeta da criança ao mínimo possível. Procure usar as chupetas pequenas e macias, como as de tama- nho para recém-nascidos. Quando ela tiver por volta de 1 ano e meio, é melhor pensar em fazer a criança parar de vez. Concreto Confiança LTDA., torna público que recebeu da CETESB a Licença Prévia nº 30002263 e requereu a Licença de Instalação para a atividade de Fabricação de massa de con- creto preparada para construção, sito à Rua Agri- mensor Sugaya, 1610, Itaquera em São Paulo/SP.
  8. 8. P á g . 8 2ª QUINZENA ABRIL de 2014 Entre os dias 8 de maio e 5 de junho, o Memorial da Inclusão recebe a expo- sição “Linhas da Vida” com 13 obras produzidas pela artista Stefanie Weltzer, de 29 anos, que traduz em suas obras as sensações que a surpreenderam após acor- dar do coma, consequência de um acidente de carro ocorrido há 8 anos na Es- panha. A exposição contará com recursos de audiodes- crição e recursos de legenda com caracteres ampliados em braile para estimular e ampliar o conhecimento e a apreciação da arte por meio de todos os sentidos. A exposição aborda também a acessibilidade na moda. A mostra traz looks que já foram apresentados em edições do Concurso Moda Inclusiva e uma pro- posta de provador adap- tado. As peças de roupa foram produzidas com solu- ções inovadoras que podem contribuir no bem estar e na qualidade de vida das pessoas com deficiência. As adaptações dos looks ex- postos vão desde bolsos la- terais, uso de vélcro e zíper, Áries. Enfatizar a racionalida- de para decisões que envolvam seu ambien- te doméstico e rela- ções pessoais e profissionais. Os progressos dependem de você buscar soluções práticas e se harmonizar com parceiros para obter sua cooperação. Touro. Importante se organi- zar para obter soluções e alcançar melhores re- sultados profissionais e financeiros. Seus valores preci- sam ser avaliados e aprimora- dos, de forma a direcionar seus esforços ao que interessa, com objetividade. Gêmeos. Poderá estar perce- bendo a pressão do momento e as dificul- dades para suas reali- zações, devendo cultivar paci- ência, pois o sucesso depende disso. Se prepare para revo- lucionar suas finanças, boas ideias e amizades auxiliarão. Câncer. As pressões são inten- sas lhe obrigando a or- ganizar sua vida inte- rior, íntima, doméstica, profissional e relacionamento. Mas os caminhos da felicidade estarão diante de você, basta aceitar a mudança e não se ape- gar demais ao passado. Leão. Tente entender suas necessidades, seus de- sejos, suas prioridades, examine a fundo tudo isso. Você está num momento de progressos pelos feitos, pe- las decepções que precisam ser compreendidas, para decisões no momento certo. Virgem. Situações profissio- nais estão em pauta lhe obrigando a se posicionar para tomar iniciativas com habilidade e direção. Importante entender que as mudanças ocorrem, e que é preciso estar prepara- do para elas sem se apegar às lembranças. Libra. As suas ligações e rela- ções passam por mu- danças intensas, lhe obrigando a enxergá- -las de nova maneira, para que se harmonize. Insistir em man- ter qualquer situação será mo- tivo de rebeldia de parceiros. Planos estão em pauta. Escorpião. Momento de libertar- -se de lembranças, substituindo por no- vos motivos e planos para se tornar uma nova pes- soa, adequada ao que desejas. Procure aprender novas manei- ras de desenvolver sua profis- são, mudando o que precisa. Sagitário. Procure perceber o momento de coope- rar com parceiros, pois atritos podem sim, fa- vorecer seus progressos. Enten- da o que é melhor para você alcançar seus objetivos, como realizá-los se libertando de pes- soas e obstáculos evidentes. Capricórnio. Querendo ou não as transformações estão fortes, lhe obrigando a deixar hábitos para sua felicidade pessoal e profis- sional. Por vezes é difícil supor- tar certas mudanças inevitáveis, mas ao aceitar estará dando um passo a um futuro feliz. Aquário. Você está num mo- mento de fortalecer suas finanças, enten- der suas necessidades de segurança, buscando nova base e alicerce para a vida. Pro- cure administrar suas relações para encontrar o equilíbrio e a harmonia com parceiros. Peixes. Expansão financeira ocorre de oportuni- dades, com progres- sos profissionais, que aliado a muito trabalho poderá lhe trazer muitas alegrias. Parceiros poderão lhe acres- centar muito e auxiliar em seus objetivos pessoais e co- merciais. Artista expõe obras que retratam as sensações após sair do coma “Linhas da Vida” traz 13 obras de artista com deficiência, além de looks adaptados  para pessoas com deficiência e proposta de provador de roupa adaptado painéis de texturas diversas, alteração de temperatura e sensores sonoros e olfa- tivos. O espaço também pode ser visitado através do site www.memorialdain- clusao.sp.gov.br. Por meio de uma plataforma 3D, os visitantes se sentem dentro do Memorial e podem aces- sar textos e áudios em três versões, português, inglês e espanhol. Inaugurado no dia 3 de dezembro de 2009, o Me- morial da Inclusão: os Ca- minhos da Pessoa com De- ficiência tem o propósito de reunir em um só espaço fotografias, documentos, manuscritos, áudios, vídeos e referências aos principais personagens, às lutas e às várias iniciativas que in- centivaram as conquistas e melhores oportunidades às pessoas com deficiências. Serviço: Exposição “Li- nhas da Vida” - Data: 7 de maio a 5 de junho - Horário: segunda a sexta, das 10h às 17h - Local: Memorial da Inclusão - Sede da Secreta- ria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência  Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564 – portão 10 – Barra Funda – São Paulo/SP. até uso de elásticos e coto- veleiras em malha para dar maior proteção. Já a proposta de um pro- vador de roupa adaptado foi produzida pela design de produto Gabriela Gon- zalez. Ela desenvolveu um ambiente acessível para provar roupas e facilitar a vida dos indivíduos com deficiência em espaços co- merciais, ajudando a po- tencializar sua inclusão na sociedade trazendo seus direitos como cidadão. O projeto visa ajudar e faci- litar os espaços comerciais em relação a acessibilidade, levando ainda em conta a adequação à linguagem ar- quitetônica das lojas pela versatilidade da montagem dos módulos e suas peças decorativas. Neste mês, o espaço con- ta com obras da fotógrafa Daniela Gama que faz tra- balhos de inclusão mostran- do como uma modelo com deficiência pode estrelar uma campanha publicitária de moda.  O Memorial da Inclusão aborda cada uma das qua- tro deficiências - auditiva, visual, intelectual e física – e conta com atrações como a Sala Preparatória dos Sen- tidos: um local escuro com

×