O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Liberalismo 3.0

3.490 visualizações

Publicada em

Para o debate do dia 18/05/15

Publicada em: Internet
  • Entre para ver os comentários

Liberalismo 3.0

  1. 1. A PALESTRA ESTÁ SENDO GRAVADA E FICARÁ DISPONÍVEL NO MEU CANAL DO YOUTUBE: http://www.youtube.com/cnepomuceno Os slides já estão no meu canal do Slide Share: http://pt.slideshare.net/cnepomuceno/ Minhas reflexões estão no meu blog: www.nepo.com.br Ou links no Twitter: @cnepomuceno
  2. 2. Liberalismo 3.0 Quando as ideias das revolucionárias escolas canadense de comunicação e austríaca de economia se juntam para mudar o mundo!
  3. 3. Quando as pontas definem o centro! • O meio é a mensagem! – McLuhan; • O mercado é definido pelo consumo – Mises.
  4. 4. •O meio é o mercado! •E a mensagem é o consumo!
  5. 5. Friedrich Hayek “A tarefa do mercado e dos preços é transmitir e processar o conhecimento humano disperso”.
  6. 6. Pierre Lévy. “A inteligência coletiva surge da colaboração de muitos indivíduos em suas diversidades. ”. Pg. 30
  7. 7. Só existem dois movimentos políticos e econômicos na história (a dicotomia esquerda-direita é ilógica)
  8. 8. Os 2 movimentos: • Descentralização de poder – as pontas definem o centro – liberalista – o ser humano é perverso, precisa ser fiscalizado e se define no processo. Visão do ser humana aberta, sujeita à inovação; • Centralização de poder – o centro define as pontas – centralista – o ser humano é bom e precisa de uma reengenharia social, que o centro (bom) sabe como fazer. Visão do ser humano fechada, sujeita à doutrinação.
  9. 9. O que favorece movimentos centralistas? • Evoluções Cognitivas Centralizadoras – que geram crises produtivas, aumento de massificação, redução de diversidade e, por sua vez, concentração de mídia, renda e poder. Causa: aumento demográfico.
  10. 10. O que favorece movimentos liberalistas? • Revoluções Cognitivas (sempre descentralizadoras) – que vêm reduzir as crises produtivas, aumentam a diversificação, reduzem a massificação e, por sua vez, estimulam a descentralização de mídia, renda e poder. Consequência: crises produtivas geradas pelo aumento demográfico, que o novo ambiente produtivo viabiliza.
  11. 11. O paradoxo liberal • O liberalismo favorece picos demográficos e picos demográficos minam o liberalismo!
  12. 12. Movimentos liberais, liberalistas, de descentralização de poder são possíveis quando temos mídias descentralizadoras. Movimentos centralistas, de centralização de poder são possíveis quando temos mídias centralizadoras.
  13. 13. LIBERALISMO 1.0 LIBERALISMO 3.0 LIBERALISMO 2.0 GRÉCIA – ALFABETO GREGO EUROPA – PAPEL IMPRESSO MUNDO - INTERNET O LIBERALISMO NA HISTÓRIA DIANTE DE REVOLUÇÕES COGNITIVAS
  14. 14. Todo movimento liberal vem “montado” em uma nova mídia. Ser liberal é estimular que a mídia empodere as pontas. E as pontas empoderadas pela nova mídia recriem a sociedade, descentralizando o poder. Não existe, assim, liberal, mas sempre um tecno-liberal!
  15. 15. Como é possível sermos tão dependentes dos ambientes cognitivos? E das tecnologias cognitivas? Motivo: o conceito da tecno-espécie!
  16. 16. Nós somos naturalmente artificiais! Ou tecnologicamente naturais! Somos uma tecno-espécie!
  17. 17. A TEORIA DO QUITINETE DE COPACABANA
  18. 18. (Valores em milhões)
  19. 19. Fator complexidade: 3 bilhões 21 bilhões
  20. 20. COMPLEXIDADE DA LOGÍSTICA Menos de 1 bilhão Mais de 1 bilhão 7 bilhões
  21. 21. Ser humano e complexidade Complexidade = Demanda x Oferta
  22. 22. Complexidade A: Complexidade B:1800 - 2014
  23. 23. CRESCIMENTO POPULACIONAL DO BRASIL
  24. 24. Crescimento de 23 vezes em cerca de 140 anos no Rio de Janeiro Meu avô Meu pai Meu filho mais velho Eu Gêmeos
  25. 25. • Picos demográficos provocam Revoluções Cognitivas; • Revoluções Cognitivas provocam modelos mais descentralizados e sofisticados de Governança e picos liberais; • Modelos mais sofisticados e liberais de Governança provocam picos demográficos.
  26. 26. “O ser humano é a única espécie viva que cresce sem limitação de número de membros, pois consegue reinventar a sua tecno-ecologia!”
  27. 27. Quando temos crescimento populacional acentuado surge uma latência pela redução de poder dos antigos intermediadores e picos liberais.
  28. 28. Revolução Cognitiva Revolução Cognitiva Crise da espécie Crise da espécieCrise da espécie Revolução Cognitiva Aumento da demografia Nova Governança da espécie Nova Governança da espécie Nova Governança da espécie
  29. 29. PRODUÇÃO COMUNICAÇÃO GOVERNANÇA COMPLEXIDADE DEMOGRÁFICA AMBIENTE TECNO-CULTURAL
  30. 30. Crise da espécie Revolução Cognitiva vem ajudar a resolver crises da espécie, a saber: • Cosmovisões envelhecidas, que funcionam pela repetição, mas perderam a capacidade de se manter pela narrativa; • Monopólios organizacionais estatais ou privados; • Baixa capacidade de pensamento, de projeção, de estratégia; • Valores corporativos com mais força do que valores dos cidadãos/consumidores; • Obsolescência da Governança da Espécie, com solução de problemas com alto custo e baixo benefício social.
  31. 31. MUNDO ORAL 1.0 MUNDO DIGITAL 3.0 MUNDO ESCRITO 2.0 ? 6.00O ANOS 50 ANOS AS REVOLUÇÕES COGNITIVAS NA HISTÓRIA
  32. 32. COMPLEXIDADE DA LOGÍSTICA x MUNDO ANIMAL
  33. 33. COMPLEXIDADE DA LOGÍSTICA x AMBIENTE COGNITIVO
  34. 34. A COMUNICAÇÃO COMPLEXA DAS FORMIGAS
  35. 35. Liberalismo 3.0 - Todo poder ao cidadão/consumidor, via novas Plataformas Digitais Participativas.
  36. 36. Liberalismo 3.0 É preciso se desintoxicar da cultura centralizadora ( o que inclui conceitos, narrativas e ações) e recriar uma nova cultura descentralizadora!
  37. 37. Liberalismo 3.0 - Refazer a república, com mais participação do cidadão, via Plataformas Digitais Participativas;
  38. 38. Liberalismo 3.0 - Refazer o capitalismo (empresismo), com mais participação do consumidor, via Plataformas Digitais Participativas;
  39. 39. Liberalismo 3.0 - Refazer as instituições (escola, academia, empresas, governo) com mais participação da sociedade, via Plataformas Digitais Participativas;
  40. 40. Liberalismo 3.0 - Não é conservador, pois quer promover profundas mudanças na sociedade.
  41. 41. Liberalismo 3.0 - Não é de direita, pois este conceito não faz sentido. É um descentralizador de poder, contra os que querem centralizá-lo!
  42. 42. Liberalismo 3.0 - Não é em defesa das empresas, mas do consumidor/cidadão, com a garantia constitucional da livre concorrência! O liberal defende livre concorrência e não empresas!
  43. 43. Liberalismo 3.0 - Não é clássico, pois parte dos clássicos para recriar o liberalismo impresso 2.0 de 1 bilhão de pessoas para o liberalismo digital 3.0 para um mundo de 7 bilhões.
  44. 44. A PALESTRA ESTÁ SENDO GRAVADA E FICARÁ DISPONÍVEL NO MEU CANAL DO YOUTUBE: http://www.youtube.com/cnepomuceno Os slides já estão no meu canal do Slide Share: http://pt.slideshare.net/cnepomuceno/ Minhas reflexões estão no meu blog: www.nepo.com.br Ou links no Twitter: @cnepomuceno

×