Formao Territ E Globalizao Br

432 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
432
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Formao Territ E Globalizao Br

  1. 1. <ul><li>Produção do Espaço Brasileiro </li></ul><ul><li>(UD 1 – Ass 2 – Obj a, b) </li></ul><ul><li>Espaço pré-colonial com predomínio da paisagem natural. </li></ul><ul><li>Portugueses: forma predatória de relacionamento com a natureza, com destaque para o desmatamento e o genocídio. </li></ul><ul><li>Cana-de-acúcar: latifúndio e monocultura de exportação. </li></ul><ul><li>Criação des espaços desarticulados, caracterizados como arquipélagos econômicos: NE (cana de açúcar); Sudeste (café); MG, GO, MT (mineração); Amazônia (borracha). </li></ul><ul><li>Economia voltada para o mercado externo. </li></ul>
  2. 2. <ul><li>Consequências do processo de produção do espaço brasileiro. </li></ul><ul><ul><li>Concentração da população e formação das metrópoles no litoral; </li></ul></ul><ul><ul><li>Concentração fundiária decorrente dos latifúndios históricos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Desigualdade regional. </li></ul></ul><ul><li>Expansão Territorial </li></ul><ul><li>1494: 2.800.000 km 2 / Hoje: 8.547.403,5 km 2 </li></ul><ul><li>Ampliação decorrente do processo expansionista p/ oeste no período colonial: bandeiras, expedições militares portuguesas, expansão da pecuária, borracha, etc. </li></ul><ul><li>O princípio uti possidetis levou ao Tratado de Madri (1750) garantiu as terras além Tordesilhas aos portugueses, chegando a quase 7 milhões de km 2. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>O restante foi anexado por arbitramento internacional (litígio) ou acordos como foi o caso do Acre, última aquisição do território brasileiro. </li></ul><ul><li>Da agroexportação à indústria (UD1 – Ass 2 – Obj c, d) </li></ul><ul><li>O Brasil até a II Guerra mundial: economia agroexportadora (alimentos e matérias-primas) por manufaturados, capital e tecnologia dos países ricos. </li></ul><ul><li>Características do Pós-Guerra: </li></ul><ul><ul><li>Domínio econômico da indústria; </li></ul></ul><ul><ul><li>Forte participação do estado na economia; </li></ul></ul><ul><ul><li>Grandes investimentos em infra-estrutura, modernização do parque industrial e da agricultura de exportação. </li></ul></ul><ul><ul><li>Endividamento externo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Presença de multinacionais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Matéria-prima barata e baixos salários; </li></ul></ul><ul><ul><li>Incentivos fiscais; </li></ul></ul>
  4. 4. <ul><ul><li>Crescimento econômico X má distribuição de renda, desemprego e urbanização descontrolada. </li></ul></ul><ul><ul><li>4 fases: estabilização (1964-67); crescimento (1968-73); declínio (1974-80); recessão (1981-85). </li></ul></ul><ul><li>Causas da crise e endividamento externo: grandes investimentos em infra-estrutura e as crises do petróleo (1973 e 1979). </li></ul><ul><li>Década de 1980: </li></ul><ul><ul><li>alta dos juros internacionais agravou o endividamento provocando uma grave crise caracterizada pela recessão, hiperinflação, desemprego, etc. </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Década perdida” com baixo crescimento econômico e investimento produtivo X aumento das desigualdades sociais, resultantes do sistema excludente e concentrador. </li></ul></ul><ul><li>Anos 1990: </li></ul><ul><ul><li>Privatizações para amortizar a dívida. </li></ul></ul><ul><ul><li>O aumento das remessas de lucros das exportações elevou-se de 20% para 40% entre 1994 e 1999. </li></ul></ul>
  5. 5. <ul><li>O Brasil e o processo de Globalização </li></ul><ul><li>A partir da década de 1990 amplia-se a abertura do mercado para o capital estrangeiro, com incentivos à importação que prejudicaram a indústria nacional. </li></ul><ul><li>Consequências da globalização para o Brasil: </li></ul><ul><ul><li>Instabilidade econômica provocada pelas crises financeiras mundiais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Aumento da dívida externa; </li></ul></ul><ul><ul><li>Desemprego; </li></ul></ul><ul><ul><li>Redução do papel do Estado nas políticas sociais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Dependência do capital internacional. </li></ul></ul>
  6. 6. <ul><li>O Brasil e as organizações internacionais </li></ul><ul><li>1948: OEA ; </li></ul><ul><li>1960: ALALC , com fins comerciais, fracassou devido à instabilidade econômica e política da maioria dos países; </li></ul><ul><li>ALADI , também não conseguiu maior integração; </li></ul><ul><li>ALCA : tentativa dos EUA de liderar a economia na América, através de uma zona de livre comércio; </li></ul><ul><ul><li>Os EUA não se dispõem a abrir mão do protecionismo aos seus produtos (subsídios agrícolas). </li></ul></ul><ul><ul><li>Concorrência industrial desigual, ameaçando as demais economias do bloco. </li></ul></ul><ul><ul><li>O Brasil, como líder regional, Argentina e Venezuela tem resistido às imposições dos EUA. </li></ul></ul>
  7. 7. <ul><li>MERCOSUL : área de livre comercio que tem obtido resultados positivos apesar de modestos. Membros: Brasil. Argentina, Paraguai e Uruguai, além da recém ingressa Venezuela e dos associados (mapa a seguir). </li></ul><ul><li>Objetivos do Mercosul: </li></ul><ul><ul><li>Formar Zona de livre comércio; </li></ul></ul><ul><ul><li>Adotar tarifas e política de comércio externo comuns (união aduaneira); </li></ul></ul><ul><ul><li>Coordenar política macroeconômicas (globais) de comércio externo, indústria, transporte, comunicações, monetária e aduaneira; </li></ul></ul><ul><ul><li>Harmonizar as legislações internas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Livre movimentação de capital, trabalho e serviços entre os países membros. </li></ul></ul>
  8. 8. ██  Estados Membros ██  Estados Associados ██  Estados Observadores
  9. 9. <ul><li>A aproximação entre o </li></ul><ul><li>MERCOSUL e a UE </li></ul><ul><li>ameaça os EUA e a ALCA. </li></ul><ul><li>A hidrovia Tietê-Paraná </li></ul><ul><li>se destaca na integração </li></ul><ul><li>física entre os </li></ul><ul><li>membros fundadores. </li></ul>

×