Um consultório muito diferenciado

1.187 visualizações

Publicada em

Saiba por que a onda da sustentabilidade atingiu a sociedade com tanta força e como você pode fazer do seu consultório um parceiro do meio ambiente.

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.187
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Um consultório muito diferenciado

  1. 1. Médico S/A Consultório sustentável Saiba por que a onda da sustentabilidade atingiu a sociedade com tanta força e como você pode fazer do seu consultório um parceiro do meio ambiente Thiago Bento A ntes de o novo milênio completar uma década o alarme soou e o que parecia roteiro de filme catástrofe se tornava realidade. Geleiras - que se acreditavam eternas no topo do monte Kilimanjaro -, na Tanzânia, derretiam e o efeito estufa, colaborador do surgimento da vida na Terra, foi transformado em inimigo público. Em 1972, já preocupada, a Organização das Nações Unidas (ONU) realizou em Estocolmo, Suécia, a primeira Conferência sobre Ambiente Humano das Nações Unidas e produziu uma declaração com 26 princípios e desenvolvimento. Era dada a largada para a evolução do conceito de sustentabilidade que representa um desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual sem comprometer o atendimento às populações futuras. Mesmo “quarentão”, porém, o tema ainda precisa ser muito discutido, especialmente no Brasil, diz o professor de arquitetura da Faculdade de Belas Artes, Rodrigo Mindlim Loeb. A discussão pode, inclusive, se transformar em tema de exposição, como foi o caso da edição 2009 da Casa Cor. Realizada anualmente em diversas cidades brasileiras e considerada a um consultório médico sustentável. Patrocinado pela Lincx e maior mostra de arquitetura, decoração, design e paisagismo na projetado pela C+A Arquitetura e Interiores, o ambiente tem América Latina, esta edição decidiu discutir a sustentabilidade, 38m² e conta com móveis de MDF, um aglomerado de madeira contando com vários ambientes com essa característica. certificado. A proposta é inovadora para as empresas, afinal foi a Em São Paulo, a organização instalou uma sala de espera de estreia delas na mostra. Além disso, é a primeira vez que a Casa 34
  2. 2. Sobed - No 5 - Abr/Jun - 2009 Sala de espera do consultório sustentável patrocinado pela LINCX na Casa Cor Cor tem uma área totalmente projetada por um plano de saúde que esses locais não precisam ser frios. “Escolhemos o amarelo para a alegria do presidente da Lincx, Silvio Corrêa da Fonseca. por ser uma cor vibrante e acolhedora”, explica Ana Paula. A Habituadas a projetar ambientes de saúde, as arquitetas tonalidade também contribui na iluminação do local, elemento responsáveis pela instalação, Ana Carolina Tabach e Ana Paula arquitetônico essencial, segundo elas. Perez comentam que o conceito do consultório foi demonstrar “Trabalhamos com diferentes lâmpadas, misturando o branco e o 35
  3. 3. Médico S/A amarelo criando vários cenários para valorizar o espaço”, explica Ana Paula. A iluminação, aliás, também ajudou na economia de “Não adianta querer energia. As arquitetas comentam que optaram por tipos específicos transformar um ambiente em de quadro elétrico e fontes de luz para diminuir os gastos. sustentável depois de tudo pronto” Opções para isso, teoricamente, não faltam. O conselho de nossas avós de não acender as luzes durante o dia continua valendo, assim como cores claras nas paredes e teto, pois elas que muitos itens são definidos durante o planejamento, “Tudo refletem melhor a iluminação natural que vem através das é pensado para não agredir o meio ambiente”, lembra a arquiteta. janelas. Quanto a isso, entretanto, Loeb alerta para cuidados O maior desafio no projeto de ambientes de saúde, porém, como a utilização excessiva de vidros. “É preciso atenção, do é especificar materiais que atendam os pré-requisitos de contrário, criamos uma estufa”, explica. sustentabilidade e continuem dentro das normas do Ministério da Saúde, direcionadas à assepsia dos ambientes e à segurança dos Projetos pacientes (como os móveis arredondados da Casa Cor - veja foto). No ano passado, Loeb, participou da Casa Aqua, um protótipo Além de checar a origem dos materiais com os fornecedores, Ana em escala real de uma construção sustentável. O projeto Carolina afirma ser essencial analisar se há desperdício de materiais resultou de uma iniciativa conjunta da Missão Econômica e recursos naturais, o que encarece a obra. da França no Brasil, do departamento de certificação da Preço, aliás, é um fator importante a ser considerado durante uma Fundação Carlos Alberto Vanzolini, da Inovatech Engenharia construção sustentável. Segundo as arquitetas, os valores desses e da Reed Exhibitions. Seu objetivo era divulgar soluções de edifícios podem chegar em média a cinco ou 10% a mais do que sustentabilidade de alto, médio e baixo custo, além de promover os normais. O resultado positivo vem em longo prazo, pois, além a internacionalização de práticas sustentáveis, a certificação da responsabilidade sócioambiental do local, sua manutenção e o reconhecimento de empreendimentos de alta qualidade costuma demorar mais, o que acaba por “baratear” os custos. ambiental e a construção sustentável. Para quem se interessou pela proposta, seja pelo bem da saúde Segundo Ana Carolina, projetos sustentáveis já devem nascer do planeta ou de seu bolso, Ana Carolina alerta que os critérios assim: com estudos de melhor aproveitamento da insolação de sustentabilidade em construções vão além de janelas grandes e soluções para economizar energia. “Não adianta querer e cores claras e estão muito bem definidas. “Um bom parâmetro transformar depois de tudo pronto”, enfatiza. Ela explica ainda no mercado é a certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) emitida pelo GBC Brasil (Green Building Council)”, explica. CASA COR O teste para consegui-lo é rigoroso e envolve seis pré-requisitos: Um dos critérios para a escolha dos profissionais desta reaproveitamento de energia; uso eficiente da água; manutenção edição da Mostra foi buscar especialistas que pudes- da biodiversidade local, como árvores típicas; infraestrutura sem transmitir o tema Sustentabilidade. Eles foram suficiente para evitar o uso excessivo de automóvel; utilização incentivados a aplicar em seus ambientes, por meio de de materiais ecologicamente corretos na construção e garantia produto, mobiliários ou mesmo todo o projeto algo de um ambiente interno saudável. que conscientizasse os visitantes. Para saber quando a Mostra estará na sua cidade acesse: Ferramentas do escritório sustentável www.casacor.com.br e clique no link “Onde/Quando”. A sustentabilidade abriu portas para a produção de tecnologias híbridas compostas por peças eletrônicas e ecológicas. A 36
  4. 4. Sobed - No 5 - Abr/Jun - 2009 fabricante de computadores taiwanesa Asus, por exemplo, uma impressora lançou recentemente o Eco Book, um laptop revestido com tiras que utiliza borra de de bambu. Mas tão importante quanto à ferramenta, é como a café ou chá em vez utilizamos. Afinal, de nada adianta a peça ser sustentável se os de tinta e que não sites que visitamos, por exemplo, não são. precisa de tomada, Uma solução para isso é o Blackle (www.blackle.com), dedicado funcionando com às buscas na Internet semelhante ao Google, porém de cor preta. energia elétrica A diferença vai além da estética. Quando o monitor está todo vinda de um branco, como em uma página do Word, o computador consome gerador. aproximadamente 74 watts, mas todo preto, utiliza cerca de 60 Entretanto, é watts. Em uma conta rápida isso representa uma economia de preciso certa 750 megawatts/hora por ano. paciência. Primeiro porque nem o laptop nem a impressora Mesmo com todas essas vantagens ainda há o detalhe das estão disponíveis no Brasil. Segundo, porque mesmo que impressões. Como ser sustentável utilizando papel? Existem tivéssemos apenas o último item da lista, a energia serve duas opções; primeiro utilize folhas recicladas e segundo, talvez somente para puxar o papel, o movimento com o toner deve um pouco mais difícil, tenha em mãos a RITI Coffee Printer, ser realizado manualmente.

×