"A menina que não sabia ler"

801 visualizações

Publicada em

análise do livro e dos possíveis traços de literatura gótica que se lhe podem reconhecer

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
801
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

"A menina que não sabia ler"

  1. 1. É uma obra contemporânea, escritasob inf luência dos maiores mestres do mistério de todos os tempos: Edgar Allan P e Henry James. oe
  2. 2. J ohn Har ding é umescr it or I nglês. Nasceu em 1951 em Fenland, uma pequena aldeia na r egião de Ely, no lest e da I nglat er r a. Est udou na f aculdade de Oxf or d . Ant es de se t or nar escr it or , t r abalhou pr imeir o como j or nalist a e ainda como Em 2010, publicou o edit or . At ualment e, vive em r omance que se t or nou Richmond com a um best -seller : “A esposa e duas f ilhas. menina que não sabia
  3. 3. Nova I nglat er r a, Dois ir mãos or f ãos,1891… Flor ence e Giles, são deixados à mer cê de cr iados e r egr as Flor ence, é dit adas por um t io pr oibida pelo t io, negligent e. Giles vai est udar de apr ender a ler . par a um colégio, mas No ent ant o, no dia semanas após a sua em que descobr e a ida, é enviado bibliot eca novament e par a a escondida da mansão por não t er mansão, esse passa capacidades a ser o seu É cont r at ada uma suf icient es. pr incipal obj ect ivo. or a que ir á t omar per cept cont a das duas cr ianças e
  4. 4. Inspira- se, Mistério (quem é, muitas vezes, donde vem a novaperceptora? Como se em construções explicam os medievais e na comportamentos da história de perceptora? … então,P orque não pode Flo sublinhandoaprender a ler? . . . o crenças e irmão considerado superstições,
  5. 5. A negligência que Personagens que o tio tem para se apresentamcom as crianças e como senhores alguma malvadez tiranos, dele e da nova af astados do perceptora. mundo, da sociedade, mas autoritários e
  6. 6. A solidão de Florence que se Personagens que isola para poder se escondem, ler “escondida” que aparecem e sem que saibam desaparecem,dela durante muito que passam tempo paredes, Receio/medo existência de f antasmas…
  7. 7. A leitura transf orma a personalidade das Compreender o mulheres. gótico naFlorence que, apesar de literatura sejarodeada pelo mistério e entendê- lo como o medo e alvo de um momento alguma maldade do tio narrativo no qual a que a negligencia,consegue af irmar- se na nossa razão é sua busca pelo novo e desaf iada por um responder ao desaf io acontecimento

×