SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Lúcia Gaspar 
Bibliotecária da Fundação Joaquim Nabuco 
pesquisaescolar@fundaj.gov.br 
Sociólogo, antropólogo e escritor, Gilberto de Mello Freyre nasceu no Recife, Pernambuco, no 
dia 15 de março de 1900, na antiga Estrada dos Aflitos (atual Avenida Rosa e Silva), filho do 
professor e juiz de direito Alfredo Freyre e de Francisca de Mello Freyre. 
Estudou o primário e o secundário no Colégio Americano Gilreath, no Recife (1908-1917), onde 
participou ativamente da sua sociedade literária, sendo redator-chefe do jornal O Lábaro, 
editado por aquela instituição de ensino. 
Gilberto FreyreEm 1918, viajou para os Estados Unidos, onde fez seus estudos universitários: 
bacharelado em Artes Liberais, com especialização em Ciências Políticas e Sociais, na 
Universidade de Baylor e mestrado e doutorado em Ciências Políticas, Jurídicas e Sociais, na 
Universidade de Columbia, onde defendeu a tese Vida social no Brasil em meados do século XIX. 
Viajou para vários países europeus, retornando ao Brasil, em 1923, preferindo continuar 
morando na sua terra natal, o Recife, em vez de ir para o sul do País. 
Considerado um pioneiro da Sociologia no Brasil, foi um dos idealizadores do I Congresso 
Brasileiro de Regionalismo, do qual resultou a publicação Manifesto regionalista de 1926, 
contrário à Semana de Arte Moderna de 1922 e valorizando o regionalismo nordestino em 
confronto com as manifestações da "cultura européia". 
De 1927 a 1930, foi chefe de gabinete do então governador de Pernambuco, Estácio Coimbra. 
Em 1933, publicou seu livro mais conhecido Casa-grande & senzala, que iria depois ser publicado 
por vários países como Argentina (1942); Estados Unidos (1946); França (1952); Portugal (1957); 
Alemanha e Itália (1965); Venezuela (1977); Hungria e Polônia (1985), entre outros.
Foi eleito deputado federal constituinte, em 1946. Quando deputado, foi autor do projeto que 
criou o Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, hoje Fundação Joaquim Nabuco. 
Além de escritor, foi também pintor e jornalista. Dirigiu os jornais recifenses A Província e o 
Diario de Pernambuco. Colaborou com a revista O Cruzeiro (Rio de Janeiro) e vários periódicos 
estrangeiros. 
Foi membro do Conselho Federal de Cultura desde a sua criação, diretor do Centro Regional de 
Pesquisas Educacionais e presidente do conselho-diretor da Fundação Joaquim Nabuco. 
Recebeu vários prêmios literários e o título de Doutor Honoris Causa de diversas universidades 
brasileiras e estrangeiras. Da Rainha Elizabeth II, da Inglaterra, recebeu o título de Cavaleiro do 
Império Britânico. 
É autor de dezenas de livros, entre os quais, Casa-grande & senzala(1933), obra considerada 
fundamental para a compreensão da formação social brasileira; Sobrados e mucambos (1936); 
Nordeste (1937); O mundo que o português criou (1940); Ingleses no Brasil (1948); Aventura e 
rotina (1953); Ordem e progresso (1959); Vida, forma e cor (1962); Homem, cultura e trópico 
(1962); Oliveira Lima, Dom Quixote Gordo (1968); Além do apenas moderno (1973); Tempo de 
aprendiz (1979); Rurbanização: que é? (1982); Apipucos: que há num nome? (1983); 
Insurgências e ressurgências (1983); Modos de homem e modas de mulher (1987); Ferro e 
civilização no Brasil (1988). 
Morreu no Recife, no dia 18 de julho de 1987, sendo sepultado no Cemitério de Santo Amaro. 
Recife, 19 de agosto de 2003. 
(Atualizado em 28 de agosto de 2009). 
FONTES CONSULTADAS:
FONSECA, Edson Nery da. Cronologia da vida e da obra com índice onomástico, temático e 
biblionímico. Ciência & Trópico, Recife, v. 15, n. 2, p. 233-286, 1987. 
COMO CITAR ESTE TEXTO: 
Fonte: GASPAR, Lúcia. Gilberto Freyre. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, 
Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar>. Acesso em: dia mês ano. 
Ex: 6 ago. 2009.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalhos Alunos Grupo A
Trabalhos Alunos Grupo ATrabalhos Alunos Grupo A
Trabalhos Alunos Grupo A
mariasrt4
 
Romero britto 5 ano b e c 2011 artes
Romero britto 5 ano b e c  2011 artesRomero britto 5 ano b e c  2011 artes
Romero britto 5 ano b e c 2011 artes
ESCOLAIRMAEDITH
 
Vida e Obras Candido Portinari
Vida e Obras Candido PortinariVida e Obras Candido Portinari
Vida e Obras Candido Portinari
Eriiclles
 
Plano De Aula Capistrano Abreu
Plano De Aula Capistrano AbreuPlano De Aula Capistrano Abreu
Plano De Aula Capistrano Abreu
janioguga
 

Mais procurados (20)

power point
power point power point
power point
 
Romero Britto
Romero BrittoRomero Britto
Romero Britto
 
Romero britto
Romero brittoRomero britto
Romero britto
 
O COLORIDO E A ALEGRIA DAS OBRAS DE ROMERO BRITTO
O COLORIDO E A ALEGRIA DAS OBRAS DE ROMERO BRITTOO COLORIDO E A ALEGRIA DAS OBRAS DE ROMERO BRITTO
O COLORIDO E A ALEGRIA DAS OBRAS DE ROMERO BRITTO
 
Projeto romero britto
Projeto romero brittoProjeto romero britto
Projeto romero britto
 
O artista
O artistaO artista
O artista
 
anos 60 resumo
anos 60 resumoanos 60 resumo
anos 60 resumo
 
Romero britto
Romero brittoRomero britto
Romero britto
 
Trabalhos Alunos Grupo A
Trabalhos Alunos Grupo ATrabalhos Alunos Grupo A
Trabalhos Alunos Grupo A
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Divórcio e anulação de casamento
Sistema de Bibliotecas UCS - Divórcio e anulação de casamentoSistema de Bibliotecas UCS - Divórcio e anulação de casamento
Sistema de Bibliotecas UCS - Divórcio e anulação de casamento
 
Atividade2.1 martarosa.
Atividade2.1 martarosa.Atividade2.1 martarosa.
Atividade2.1 martarosa.
 
Candido Portinari
Candido PortinariCandido Portinari
Candido Portinari
 
Romero britto 5 ano b e c 2011 artes
Romero britto 5 ano b e c  2011 artesRomero britto 5 ano b e c  2011 artes
Romero britto 5 ano b e c 2011 artes
 
Seminário Bienal I
Seminário Bienal ISeminário Bienal I
Seminário Bienal I
 
Obras de Romero Britto
Obras de Romero BrittoObras de Romero Britto
Obras de Romero Britto
 
Vida e Obras Candido Portinari
Vida e Obras Candido PortinariVida e Obras Candido Portinari
Vida e Obras Candido Portinari
 
Meireles, cildo
Meireles, cildoMeireles, cildo
Meireles, cildo
 
Plano De Aula Capistrano Abreu
Plano De Aula Capistrano AbreuPlano De Aula Capistrano Abreu
Plano De Aula Capistrano Abreu
 
Tropicália
TropicáliaTropicália
Tropicália
 

Semelhante a Gilberto freire

A segunda geração modernista no brasil
A segunda geração modernista no brasilA segunda geração modernista no brasil
A segunda geração modernista no brasil
Maria De Lourdes Ramos
 
Segunda fase do Modernismo no Brasil
Segunda fase do Modernismo no BrasilSegunda fase do Modernismo no Brasil
Segunda fase do Modernismo no Brasil
eeadolpho
 
Segundafasedomodernismonobrasil 120509063705-phpapp02
Segundafasedomodernismonobrasil 120509063705-phpapp02Segundafasedomodernismonobrasil 120509063705-phpapp02
Segundafasedomodernismonobrasil 120509063705-phpapp02
Brigitte Lispector
 
Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de hollanda
Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de hollandaGilberto Freyre e Sérgio Buarque de hollanda
Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de hollanda
José Araujo
 
Poetas E Escritores Republicanos (2)
Poetas E Escritores Republicanos (2)Poetas E Escritores Republicanos (2)
Poetas E Escritores Republicanos (2)
Michele Pó
 
Muitos poetas simbolistas
Muitos poetas simbolistasMuitos poetas simbolistas
Muitos poetas simbolistas
Valkiria Marks
 
Sergio Buarque de Holanda
Sergio Buarque de HolandaSergio Buarque de Holanda
Sergio Buarque de Holanda
Juli Rossi
 
Asegundageraomodernistanobrasil 110114123126-phpapp01 (1)
Asegundageraomodernistanobrasil 110114123126-phpapp01 (1)Asegundageraomodernistanobrasil 110114123126-phpapp01 (1)
Asegundageraomodernistanobrasil 110114123126-phpapp01 (1)
Alexandre Cauchick Falleiros
 
Contextualização histórico literária - O Ano da Morte de Ricardo Reis
Contextualização histórico literária - O Ano da Morte de Ricardo ReisContextualização histórico literária - O Ano da Morte de Ricardo Reis
Contextualização histórico literária - O Ano da Morte de Ricardo Reis
Catarina Castro
 
Linha de tempo da vida de monteiro lobato
Linha de tempo da vida de monteiro lobatoLinha de tempo da vida de monteiro lobato
Linha de tempo da vida de monteiro lobato
Escola Costa e Silva
 

Semelhante a Gilberto freire (20)

Gilberto freyre
Gilberto freyreGilberto freyre
Gilberto freyre
 
Trabalho gilberto freyre ebepe
Trabalho gilberto freyre ebepeTrabalho gilberto freyre ebepe
Trabalho gilberto freyre ebepe
 
Artigo anpuh 2013 joão carlos de freitas borges
Artigo anpuh 2013   joão carlos de freitas borgesArtigo anpuh 2013   joão carlos de freitas borges
Artigo anpuh 2013 joão carlos de freitas borges
 
Caio prado jr.
Caio prado jr.Caio prado jr.
Caio prado jr.
 
A segunda geração modernista no brasil
A segunda geração modernista no brasilA segunda geração modernista no brasil
A segunda geração modernista no brasil
 
Oswalddeandrade
OswalddeandradeOswalddeandrade
Oswalddeandrade
 
Segunda fase do Modernismo no Brasil
Segunda fase do Modernismo no BrasilSegunda fase do Modernismo no Brasil
Segunda fase do Modernismo no Brasil
 
Segundafasedomodernismonobrasil 120509063705-phpapp02
Segundafasedomodernismonobrasil 120509063705-phpapp02Segundafasedomodernismonobrasil 120509063705-phpapp02
Segundafasedomodernismonobrasil 120509063705-phpapp02
 
Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de hollanda
Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de hollandaGilberto Freyre e Sérgio Buarque de hollanda
Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de hollanda
 
Jorge Amado
Jorge AmadoJorge Amado
Jorge Amado
 
Poetas E Escritores Republicanos (2)
Poetas E Escritores Republicanos (2)Poetas E Escritores Republicanos (2)
Poetas E Escritores Republicanos (2)
 
Destaques enciclopédia 29-12-2014 a 04-01-2015
Destaques enciclopédia 29-12-2014 a 04-01-2015Destaques enciclopédia 29-12-2014 a 04-01-2015
Destaques enciclopédia 29-12-2014 a 04-01-2015
 
1º fase do modernismo
1º fase do modernismo1º fase do modernismo
1º fase do modernismo
 
Modernismo no Brasil
Modernismo no BrasilModernismo no Brasil
Modernismo no Brasil
 
Muitos poetas simbolistas
Muitos poetas simbolistasMuitos poetas simbolistas
Muitos poetas simbolistas
 
Sergio Buarque de Holanda
Sergio Buarque de HolandaSergio Buarque de Holanda
Sergio Buarque de Holanda
 
Asegundageraomodernistanobrasil 110114123126-phpapp01 (1)
Asegundageraomodernistanobrasil 110114123126-phpapp01 (1)Asegundageraomodernistanobrasil 110114123126-phpapp01 (1)
Asegundageraomodernistanobrasil 110114123126-phpapp01 (1)
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
 
Contextualização histórico literária - O Ano da Morte de Ricardo Reis
Contextualização histórico literária - O Ano da Morte de Ricardo ReisContextualização histórico literária - O Ano da Morte de Ricardo Reis
Contextualização histórico literária - O Ano da Morte de Ricardo Reis
 
Linha de tempo da vida de monteiro lobato
Linha de tempo da vida de monteiro lobatoLinha de tempo da vida de monteiro lobato
Linha de tempo da vida de monteiro lobato
 

Último

Último (8)

Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdfLivro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
 
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptxprojeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
 
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiroO CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
 
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptxLição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
 
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 

Gilberto freire

  • 1. Lúcia Gaspar Bibliotecária da Fundação Joaquim Nabuco pesquisaescolar@fundaj.gov.br Sociólogo, antropólogo e escritor, Gilberto de Mello Freyre nasceu no Recife, Pernambuco, no dia 15 de março de 1900, na antiga Estrada dos Aflitos (atual Avenida Rosa e Silva), filho do professor e juiz de direito Alfredo Freyre e de Francisca de Mello Freyre. Estudou o primário e o secundário no Colégio Americano Gilreath, no Recife (1908-1917), onde participou ativamente da sua sociedade literária, sendo redator-chefe do jornal O Lábaro, editado por aquela instituição de ensino. Gilberto FreyreEm 1918, viajou para os Estados Unidos, onde fez seus estudos universitários: bacharelado em Artes Liberais, com especialização em Ciências Políticas e Sociais, na Universidade de Baylor e mestrado e doutorado em Ciências Políticas, Jurídicas e Sociais, na Universidade de Columbia, onde defendeu a tese Vida social no Brasil em meados do século XIX. Viajou para vários países europeus, retornando ao Brasil, em 1923, preferindo continuar morando na sua terra natal, o Recife, em vez de ir para o sul do País. Considerado um pioneiro da Sociologia no Brasil, foi um dos idealizadores do I Congresso Brasileiro de Regionalismo, do qual resultou a publicação Manifesto regionalista de 1926, contrário à Semana de Arte Moderna de 1922 e valorizando o regionalismo nordestino em confronto com as manifestações da "cultura européia". De 1927 a 1930, foi chefe de gabinete do então governador de Pernambuco, Estácio Coimbra. Em 1933, publicou seu livro mais conhecido Casa-grande & senzala, que iria depois ser publicado por vários países como Argentina (1942); Estados Unidos (1946); França (1952); Portugal (1957); Alemanha e Itália (1965); Venezuela (1977); Hungria e Polônia (1985), entre outros.
  • 2. Foi eleito deputado federal constituinte, em 1946. Quando deputado, foi autor do projeto que criou o Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, hoje Fundação Joaquim Nabuco. Além de escritor, foi também pintor e jornalista. Dirigiu os jornais recifenses A Província e o Diario de Pernambuco. Colaborou com a revista O Cruzeiro (Rio de Janeiro) e vários periódicos estrangeiros. Foi membro do Conselho Federal de Cultura desde a sua criação, diretor do Centro Regional de Pesquisas Educacionais e presidente do conselho-diretor da Fundação Joaquim Nabuco. Recebeu vários prêmios literários e o título de Doutor Honoris Causa de diversas universidades brasileiras e estrangeiras. Da Rainha Elizabeth II, da Inglaterra, recebeu o título de Cavaleiro do Império Britânico. É autor de dezenas de livros, entre os quais, Casa-grande & senzala(1933), obra considerada fundamental para a compreensão da formação social brasileira; Sobrados e mucambos (1936); Nordeste (1937); O mundo que o português criou (1940); Ingleses no Brasil (1948); Aventura e rotina (1953); Ordem e progresso (1959); Vida, forma e cor (1962); Homem, cultura e trópico (1962); Oliveira Lima, Dom Quixote Gordo (1968); Além do apenas moderno (1973); Tempo de aprendiz (1979); Rurbanização: que é? (1982); Apipucos: que há num nome? (1983); Insurgências e ressurgências (1983); Modos de homem e modas de mulher (1987); Ferro e civilização no Brasil (1988). Morreu no Recife, no dia 18 de julho de 1987, sendo sepultado no Cemitério de Santo Amaro. Recife, 19 de agosto de 2003. (Atualizado em 28 de agosto de 2009). FONTES CONSULTADAS:
  • 3. FONSECA, Edson Nery da. Cronologia da vida e da obra com índice onomástico, temático e biblionímico. Ciência & Trópico, Recife, v. 15, n. 2, p. 233-286, 1987. COMO CITAR ESTE TEXTO: Fonte: GASPAR, Lúcia. Gilberto Freyre. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar>. Acesso em: dia mês ano. Ex: 6 ago. 2009.