SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
LEI Nº 8.142, DE 28 DE DEZEMBRO DE 1990.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a
seguinte lei:
Art. 1° O Sistema Único de Saúde (SUS), de que trata a Lei n° 8.080, de 19 de setembro de 1990,
contará, em cada esfera de governo, sem prejuízo das funções do Poder Legislativo, com as seguintes
instâncias colegiadas:
I - a Conferência de Saúde; e
II - o Conselho de Saúde.
§ 1° A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada quatro anos com a representação dos vários
segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de
saúde nos níveis correspondentes, convocada pelo Poder Executivo ou, extraordinariamente, por esta ou
pelo Conselho de Saúde.
§ 2° O Conselho de Saúde, em caráter permanente e deliberativo, órgão colegiado composto por
representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais de saúde e usuários, atua na formulação de
estratégias e no controle da execução da política de saúde na instância correspondente, inclusive nos
aspectos econômicos e financeiros, cujas decisões serão homologadas pelo chefe do poder legalmente
constituído em cada esfera do governo.
§ 3° O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretários
Municipais de Saúde (Conasems) terão representação no Conselho Nacional de Saúde.
§ 4° A representação dos usuários nos Conselhos de Saúde e Conferências será paritária em relação
ao conjunto dos demais segmentos.
§ 5° As Conferências de Saúde e os Conselhos de Saúde terão sua organização e normas de
funcionamento definidas em regimento próprio, aprovadas pelo respectivo conselho.
Art. 2° Os recursos do Fundo Nacional de Saúde (FNS) serão alocados como:
I - despesas de custeio e de capital do Ministério da Saúde, seus órgãos e entidades, da administração
direta e indireta;
II - investimentos previstos em lei orçamentária, de iniciativa do Poder Legislativo e aprovados pelo
Congresso Nacional;
III - investimentos previstos no Plano Qüinqüenal do Ministério da Saúde;
IV - cobertura das ações e serviços de saúde a serem implementados pelos Municípios, Estados e
Distrito Federal.
Parágrafo único. Os recursos referidos no inciso IV deste artigo destinar-se-ão a investimentos na rede
de serviços, à cobertura assistencial ambulatorial e hospitalar e às demais ações de saúde.
Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos
Dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do
Sistema Único de Saúde (SUS} e sobre as transferências
intergovernamentais de recursos financeiros na área da
saúde e dá outras providências.
Page 1 of 2L8142
8/9/2009https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8142.htm
Art. 3° Os recursos referidos no inciso IV do art. 2° desta lei serão repassados de forma regular e
automática para os Municípios, Estados e Distrito Federal, de acordo com os critérios previstos no art. 35 da
Lei n° 8.080, de 19 de setembro de 1990.
§ 1° Enquanto não for regulamentada a aplicação dos critérios previstos no art. 35 da Lei n° 8.080, de
19 de setembro de 1990, será utilizado, para o repasse de recursos, exclusivamente o critério estabelecido
no § 1° do mesmo artigo.
§ 2° Os recursos referidos neste artigo serão destinados, pelo menos setenta por cento, aos Municípios,
afetando-se o restante aos Estados.
§ 3° Os Municípios poderão estabelecer consórcio para execução de ações e serviços de saúde,
remanejando, entre si, parcelas de recursos previstos no inciso IV do art. 2° desta lei.
Art. 4° Para receberem os recursos, de que trata o art. 3° desta lei, os Municípios, os Estados e o
Distrito Federal deverão contar com:
I - Fundo de Saúde;
II - Conselho de Saúde, com composição paritária de acordo com o Decreto n° 99.438, de 7 de agosto
de 1990;
III - plano de saúde;
IV - relatórios de gestão que permitam o controle de que trata o § 4° do art. 33 da Lei n° 8.080, de 19 de
setembro de 1990;
V - contrapartida de recursos para a saúde no respectivo orçamento;
VI - Comissão de elaboração do Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS), previsto o prazo de dois
anos para sua implantação.
Parágrafo único. O não atendimento pelos Municípios, ou pelos Estados, ou pelo Distrito Federal, dos
requisitos estabelecidos neste artigo, implicará em que os recursos concernentes sejam administrados,
respectivamente, pelos Estados ou pela União.
Art. 5° É o Ministério da Saúde, mediante portaria do Ministro de Estado, autorizado a estabelecer
condições para aplicação desta lei.
Art. 6° Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 7° Revogam-se as disposições em contrário.
Brasília, 28 de dezembro de 1990; 169° da Independência e 102° da República.
FERNANDO COLLOR
Alceni Guerra
Este texto não substitui o publicado no D.O.U. de 31.12.1990
Page 2 of 2L8142
8/9/2009https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8142.htm

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

04 apresentação dr. aldevrando- lei complementar 141
04  apresentação dr. aldevrando- lei complementar 14104  apresentação dr. aldevrando- lei complementar 141
04 apresentação dr. aldevrando- lei complementar 141Alinebrauna Brauna
 
Decreto federal 7.508 2011, que regulamenta a lei 8.080-90
Decreto federal 7.508 2011, que regulamenta a lei 8.080-90Decreto federal 7.508 2011, que regulamenta a lei 8.080-90
Decreto federal 7.508 2011, que regulamenta a lei 8.080-90José Ripardo
 
Sus lei 8080 - [ financiamento; recursos; gestão financeira; planejamento ...
Sus   lei 8080 - [ financiamento; recursos;  gestão financeira; planejamento ...Sus   lei 8080 - [ financiamento; recursos;  gestão financeira; planejamento ...
Sus lei 8080 - [ financiamento; recursos; gestão financeira; planejamento ...Juliana Alves Roque
 
Decreto 7508 integra
Decreto 7508   integraDecreto 7508   integra
Decreto 7508 integrafalundile
 
Apresentacao grupo7
Apresentacao grupo7Apresentacao grupo7
Apresentacao grupo7Marcos Nery
 
Lei 11.350 2006
Lei 11.350 2006Lei 11.350 2006
Lei 11.350 2006sindraspe
 
Lei nº 11.350 2006
Lei nº 11.350 2006Lei nº 11.350 2006
Lei nº 11.350 2006sindacspb
 
Apresentação do regulamento
Apresentação do regulamentoApresentação do regulamento
Apresentação do regulamentoHeloísa Ximenes
 
Constituição Brasileira Art 196-200
Constituição Brasileira Art 196-200Constituição Brasileira Art 196-200
Constituição Brasileira Art 196-200loirissimavivi
 
Const. federal art 194 a 200 sus
Const. federal art 194 a 200 susConst. federal art 194 a 200 sus
Const. federal art 194 a 200 susnairejose
 
Prot. 336 17 mensagem de veto 003 - integral ao autógrafo de lei nº 3.603-16
Prot. 336 17   mensagem de veto 003 - integral ao autógrafo de lei nº 3.603-16Prot. 336 17   mensagem de veto 003 - integral ao autógrafo de lei nº 3.603-16
Prot. 336 17 mensagem de veto 003 - integral ao autógrafo de lei nº 3.603-16Claudio Figueiredo
 

Mais procurados (17)

04 apresentação dr. aldevrando- lei complementar 141
04  apresentação dr. aldevrando- lei complementar 14104  apresentação dr. aldevrando- lei complementar 141
04 apresentação dr. aldevrando- lei complementar 141
 
Lei complementar 141 de 13 01-2012
Lei complementar 141 de 13 01-2012Lei complementar 141 de 13 01-2012
Lei complementar 141 de 13 01-2012
 
Texto 7 lei 8.142
Texto 7   lei 8.142Texto 7   lei 8.142
Texto 7 lei 8.142
 
Decreto federal 7.508 2011, que regulamenta a lei 8.080-90
Decreto federal 7.508 2011, que regulamenta a lei 8.080-90Decreto federal 7.508 2011, que regulamenta a lei 8.080-90
Decreto federal 7.508 2011, que regulamenta a lei 8.080-90
 
Sus lei 8080 - [ financiamento; recursos; gestão financeira; planejamento ...
Sus   lei 8080 - [ financiamento; recursos;  gestão financeira; planejamento ...Sus   lei 8080 - [ financiamento; recursos;  gestão financeira; planejamento ...
Sus lei 8080 - [ financiamento; recursos; gestão financeira; planejamento ...
 
Decreto 7508 integra
Decreto 7508   integraDecreto 7508   integra
Decreto 7508 integra
 
O SUS LEGAL
O SUS LEGALO SUS LEGAL
O SUS LEGAL
 
Apresentacao grupo7
Apresentacao grupo7Apresentacao grupo7
Apresentacao grupo7
 
Lei 11.350 2006
Lei 11.350 2006Lei 11.350 2006
Lei 11.350 2006
 
Lei 11.350
Lei 11.350Lei 11.350
Lei 11.350
 
Lei nº 11.350 2006
Lei nº 11.350 2006Lei nº 11.350 2006
Lei nº 11.350 2006
 
Contestacao
ContestacaoContestacao
Contestacao
 
Apresentação do regulamento
Apresentação do regulamentoApresentação do regulamento
Apresentação do regulamento
 
Constituição Brasileira Art 196-200
Constituição Brasileira Art 196-200Constituição Brasileira Art 196-200
Constituição Brasileira Art 196-200
 
Portaria 698
Portaria 698Portaria 698
Portaria 698
 
Const. federal art 194 a 200 sus
Const. federal art 194 a 200 susConst. federal art 194 a 200 sus
Const. federal art 194 a 200 sus
 
Prot. 336 17 mensagem de veto 003 - integral ao autógrafo de lei nº 3.603-16
Prot. 336 17   mensagem de veto 003 - integral ao autógrafo de lei nº 3.603-16Prot. 336 17   mensagem de veto 003 - integral ao autógrafo de lei nº 3.603-16
Prot. 336 17 mensagem de veto 003 - integral ao autógrafo de lei nº 3.603-16
 

Destaque (20)

Vou estudar europa
Vou estudar europaVou estudar europa
Vou estudar europa
 
Republica bolivariana de venezuela
Republica bolivariana de venezuelaRepublica bolivariana de venezuela
Republica bolivariana de venezuela
 
Boletim cbg n°_23_08_junho_2014
Boletim cbg n°_23_08_junho_2014Boletim cbg n°_23_08_junho_2014
Boletim cbg n°_23_08_junho_2014
 
Critérios específicos de avaliação de hgp
Critérios específicos de avaliação de hgpCritérios específicos de avaliação de hgp
Critérios específicos de avaliação de hgp
 
Doces de nozes
Doces de nozesDoces de nozes
Doces de nozes
 
Apeoesp urgente-3613-1
Apeoesp urgente-3613-1Apeoesp urgente-3613-1
Apeoesp urgente-3613-1
 
comentario beacon
comentario beaconcomentario beacon
comentario beacon
 
Amazonia Jm
Amazonia JmAmazonia Jm
Amazonia Jm
 
Dicas saúde Uninorte - tire suas dúvidas sobre lesão no joelho
Dicas saúde Uninorte - tire suas dúvidas sobre lesão no joelhoDicas saúde Uninorte - tire suas dúvidas sobre lesão no joelho
Dicas saúde Uninorte - tire suas dúvidas sobre lesão no joelho
 
2014 informativo ong ejc 006 (jul 2014)
2014 informativo ong ejc 006 (jul 2014)2014 informativo ong ejc 006 (jul 2014)
2014 informativo ong ejc 006 (jul 2014)
 
Nfse 000000000000003
Nfse 000000000000003Nfse 000000000000003
Nfse 000000000000003
 
Derivada50001
Derivada50001Derivada50001
Derivada50001
 
Nota a A.PLA (Agencia de Planificación)
Nota a A.PLA (Agencia de Planificación)Nota a A.PLA (Agencia de Planificación)
Nota a A.PLA (Agencia de Planificación)
 
Gabarito 2011 01_tecnico
Gabarito 2011 01_tecnicoGabarito 2011 01_tecnico
Gabarito 2011 01_tecnico
 
10 60 dias
10 60 dias10 60 dias
10 60 dias
 
Presentación monitoreo en post 2do corte iaaps año 2013(33%)
Presentación monitoreo en post 2do corte iaaps año 2013(33%)Presentación monitoreo en post 2do corte iaaps año 2013(33%)
Presentación monitoreo en post 2do corte iaaps año 2013(33%)
 
04 colheita
04 colheita04 colheita
04 colheita
 
Qts 12 cfo i 2014
Qts 12 cfo i 2014Qts 12 cfo i 2014
Qts 12 cfo i 2014
 
Ensayo ciencias, 4º básico
Ensayo ciencias, 4º básicoEnsayo ciencias, 4º básico
Ensayo ciencias, 4º básico
 
Poluição sdsdsds
Poluição sdsdsdsPoluição sdsdsds
Poluição sdsdsds
 

Semelhante a Lei 8142

Lei 8.142 de 1990 - RESUMO.pptx
Lei 8.142 de 1990 - RESUMO.pptxLei 8.142 de 1990 - RESUMO.pptx
Lei 8.142 de 1990 - RESUMO.pptxRhoberttaG1
 
Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990 aula 8
Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990 aula 8Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990 aula 8
Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990 aula 8Als Motta
 
SUS - lei 8.142 [participação da comunidade na gestão do sus; transferências ...
SUS - lei 8.142 [participação da comunidade na gestão do sus; transferências ...SUS - lei 8.142 [participação da comunidade na gestão do sus; transferências ...
SUS - lei 8.142 [participação da comunidade na gestão do sus; transferências ...Juliana Alves Roque
 
Lei 8142 e controle social
Lei 8142 e controle socialLei 8142 e controle social
Lei 8142 e controle socialAprova Saúde
 
2. sistema único de saúde (SUS)
2. sistema único de saúde (SUS)2. sistema único de saúde (SUS)
2. sistema único de saúde (SUS)Leonardo Savassi
 
Lei nº 8.142
Lei nº 8.142Lei nº 8.142
Lei nº 8.142dantispam
 
Questionario 8142
Questionario 8142Questionario 8142
Questionario 8142nairejose
 
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9Als Motta
 
Teoria_Decreto_7508_Conhec_Gerais_Legislacao_Estruturante.pdf
Teoria_Decreto_7508_Conhec_Gerais_Legislacao_Estruturante.pdfTeoria_Decreto_7508_Conhec_Gerais_Legislacao_Estruturante.pdf
Teoria_Decreto_7508_Conhec_Gerais_Legislacao_Estruturante.pdfElenirLimadeFreitas
 
Apresentação do regulamento
Apresentação do regulamentoApresentação do regulamento
Apresentação do regulamentoHeloísa Ximenes
 
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providênciasPL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providênciasClaudio Figueiredo
 
AULA 01 - LEI 8142.pptx
AULA 01 - LEI 8142.pptxAULA 01 - LEI 8142.pptx
AULA 01 - LEI 8142.pptxLanaMonteiro8
 
2 cartilha orgsus_031211280112-2
2 cartilha orgsus_031211280112-22 cartilha orgsus_031211280112-2
2 cartilha orgsus_031211280112-2Gestão Saúde
 
7580 - powerpoint 12333333333333333333333
7580 - powerpoint 123333333333333333333337580 - powerpoint 12333333333333333333333
7580 - powerpoint 12333333333333333333333moraesandressadrive2
 
Bases legais do sus leis orgânicas da saúde
Bases legais do sus   leis orgânicas da saúdeBases legais do sus   leis orgânicas da saúde
Bases legais do sus leis orgânicas da saúdeJefferson Ayres
 
Resolução 028 2013 - novo regimento
Resolução 028 2013 - novo regimentoResolução 028 2013 - novo regimento
Resolução 028 2013 - novo regimentoFred Oliveira
 
Resolução 028 2013 - novo regimento
Resolução 028 2013 - novo regimentoResolução 028 2013 - novo regimento
Resolução 028 2013 - novo regimentoFred Oliveira
 

Semelhante a Lei 8142 (20)

Lei 8.142 de 1990 - RESUMO.pptx
Lei 8.142 de 1990 - RESUMO.pptxLei 8.142 de 1990 - RESUMO.pptx
Lei 8.142 de 1990 - RESUMO.pptx
 
Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990 aula 8
Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990 aula 8Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990 aula 8
Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990 aula 8
 
SUS - lei 8.142 [participação da comunidade na gestão do sus; transferências ...
SUS - lei 8.142 [participação da comunidade na gestão do sus; transferências ...SUS - lei 8.142 [participação da comunidade na gestão do sus; transferências ...
SUS - lei 8.142 [participação da comunidade na gestão do sus; transferências ...
 
Lei 8142 e controle social
Lei 8142 e controle socialLei 8142 e controle social
Lei 8142 e controle social
 
2. sistema único de saúde (SUS)
2. sistema único de saúde (SUS)2. sistema único de saúde (SUS)
2. sistema único de saúde (SUS)
 
Lei nº 8.142
Lei nº 8.142Lei nº 8.142
Lei nº 8.142
 
Lei n° 8142
Lei n° 8142Lei n° 8142
Lei n° 8142
 
Questionario 8142
Questionario 8142Questionario 8142
Questionario 8142
 
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
 
Teoria_Decreto_7508_Conhec_Gerais_Legislacao_Estruturante.pdf
Teoria_Decreto_7508_Conhec_Gerais_Legislacao_Estruturante.pdfTeoria_Decreto_7508_Conhec_Gerais_Legislacao_Estruturante.pdf
Teoria_Decreto_7508_Conhec_Gerais_Legislacao_Estruturante.pdf
 
Apresentação do regulamento
Apresentação do regulamentoApresentação do regulamento
Apresentação do regulamento
 
Livreto decreto 7508 de 28 06-2011
Livreto decreto 7508 de 28 06-2011Livreto decreto 7508 de 28 06-2011
Livreto decreto 7508 de 28 06-2011
 
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providênciasPL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
PL 022 - regulamenta o conselho municipal de saúde e dá outras providências
 
AULA 01 - LEI 8142.pptx
AULA 01 - LEI 8142.pptxAULA 01 - LEI 8142.pptx
AULA 01 - LEI 8142.pptx
 
Controle social
Controle socialControle social
Controle social
 
2 cartilha orgsus_031211280112-2
2 cartilha orgsus_031211280112-22 cartilha orgsus_031211280112-2
2 cartilha orgsus_031211280112-2
 
7580 - powerpoint 12333333333333333333333
7580 - powerpoint 123333333333333333333337580 - powerpoint 12333333333333333333333
7580 - powerpoint 12333333333333333333333
 
Bases legais do sus leis orgânicas da saúde
Bases legais do sus   leis orgânicas da saúdeBases legais do sus   leis orgânicas da saúde
Bases legais do sus leis orgânicas da saúde
 
Resolução 028 2013 - novo regimento
Resolução 028 2013 - novo regimentoResolução 028 2013 - novo regimento
Resolução 028 2013 - novo regimento
 
Resolução 028 2013 - novo regimento
Resolução 028 2013 - novo regimentoResolução 028 2013 - novo regimento
Resolução 028 2013 - novo regimento
 

Lei 8142

  • 1. LEI Nº 8.142, DE 28 DE DEZEMBRO DE 1990. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei: Art. 1° O Sistema Único de Saúde (SUS), de que trata a Lei n° 8.080, de 19 de setembro de 1990, contará, em cada esfera de governo, sem prejuízo das funções do Poder Legislativo, com as seguintes instâncias colegiadas: I - a Conferência de Saúde; e II - o Conselho de Saúde. § 1° A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada quatro anos com a representação dos vários segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis correspondentes, convocada pelo Poder Executivo ou, extraordinariamente, por esta ou pelo Conselho de Saúde. § 2° O Conselho de Saúde, em caráter permanente e deliberativo, órgão colegiado composto por representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais de saúde e usuários, atua na formulação de estratégias e no controle da execução da política de saúde na instância correspondente, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros, cujas decisões serão homologadas pelo chefe do poder legalmente constituído em cada esfera do governo. § 3° O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) terão representação no Conselho Nacional de Saúde. § 4° A representação dos usuários nos Conselhos de Saúde e Conferências será paritária em relação ao conjunto dos demais segmentos. § 5° As Conferências de Saúde e os Conselhos de Saúde terão sua organização e normas de funcionamento definidas em regimento próprio, aprovadas pelo respectivo conselho. Art. 2° Os recursos do Fundo Nacional de Saúde (FNS) serão alocados como: I - despesas de custeio e de capital do Ministério da Saúde, seus órgãos e entidades, da administração direta e indireta; II - investimentos previstos em lei orçamentária, de iniciativa do Poder Legislativo e aprovados pelo Congresso Nacional; III - investimentos previstos no Plano Qüinqüenal do Ministério da Saúde; IV - cobertura das ações e serviços de saúde a serem implementados pelos Municípios, Estados e Distrito Federal. Parágrafo único. Os recursos referidos no inciso IV deste artigo destinar-se-ão a investimentos na rede de serviços, à cobertura assistencial ambulatorial e hospitalar e às demais ações de saúde. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS} e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde e dá outras providências. Page 1 of 2L8142 8/9/2009https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8142.htm
  • 2. Art. 3° Os recursos referidos no inciso IV do art. 2° desta lei serão repassados de forma regular e automática para os Municípios, Estados e Distrito Federal, de acordo com os critérios previstos no art. 35 da Lei n° 8.080, de 19 de setembro de 1990. § 1° Enquanto não for regulamentada a aplicação dos critérios previstos no art. 35 da Lei n° 8.080, de 19 de setembro de 1990, será utilizado, para o repasse de recursos, exclusivamente o critério estabelecido no § 1° do mesmo artigo. § 2° Os recursos referidos neste artigo serão destinados, pelo menos setenta por cento, aos Municípios, afetando-se o restante aos Estados. § 3° Os Municípios poderão estabelecer consórcio para execução de ações e serviços de saúde, remanejando, entre si, parcelas de recursos previstos no inciso IV do art. 2° desta lei. Art. 4° Para receberem os recursos, de que trata o art. 3° desta lei, os Municípios, os Estados e o Distrito Federal deverão contar com: I - Fundo de Saúde; II - Conselho de Saúde, com composição paritária de acordo com o Decreto n° 99.438, de 7 de agosto de 1990; III - plano de saúde; IV - relatórios de gestão que permitam o controle de que trata o § 4° do art. 33 da Lei n° 8.080, de 19 de setembro de 1990; V - contrapartida de recursos para a saúde no respectivo orçamento; VI - Comissão de elaboração do Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS), previsto o prazo de dois anos para sua implantação. Parágrafo único. O não atendimento pelos Municípios, ou pelos Estados, ou pelo Distrito Federal, dos requisitos estabelecidos neste artigo, implicará em que os recursos concernentes sejam administrados, respectivamente, pelos Estados ou pela União. Art. 5° É o Ministério da Saúde, mediante portaria do Ministro de Estado, autorizado a estabelecer condições para aplicação desta lei. Art. 6° Esta lei entra em vigor na data de sua publicação. Art. 7° Revogam-se as disposições em contrário. Brasília, 28 de dezembro de 1990; 169° da Independência e 102° da República. FERNANDO COLLOR Alceni Guerra Este texto não substitui o publicado no D.O.U. de 31.12.1990 Page 2 of 2L8142 8/9/2009https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8142.htm