059 1 meio ambiente e gestão ambiental

798 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
798
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
69
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

059 1 meio ambiente e gestão ambiental

  1. 1. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva MEIO AMBIENTE E GESTÃO AMBIENTAL
  2. 2. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Meio ambiente é tudo o que envolve ou cerca os seres vivos.
  3. 3. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Odum e Sarmiento distinguem três tipos de ambientes: 1) O fabricado ou desenvolvido pelos humanos: constituídos pelas cidades, pelos parques industriais, e corredores de transportes como rodovias, ferrovias, portos e aeroportos; 2) O ambiente domesticado: envolve áreas agrícolas, florestas plantadas, açudes, lagos artificiais etc.; 3) O ambiente natural: como exemplo, as matas virgens e outras regiões auto-sustentadas, que não dependem de nenhum fluxo de energia controlada diretamente pelos humanos, como ocorre nos dois outros ambientes.
  4. 4. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Comunidade biológica: Organismos da mesma espécie vivendo juntos formam as populações e as populações de várias espécies vivendo numa mesma área constituem uma comunidade biológica.
  5. 5. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Ecossistema ou sistema ecológico: Os organismos e os elementos físicos e químicos do meio em que vivem formam um ecossistema ou sistema ecológico.
  6. 6. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Os recursos naturais são bens e serviços originais ou primários dos quais todos os demais dependem.
  7. 7. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Recursos Naturais Sob a denominação genérica de recursos naturais deve-se entender tanto os componentes do meio ambiente que já são tradicionalmente considerados como tal (solo, água, minérios, madeira etc.) quanto os serviços ou as funções ambientais. Os recursos naturais não podem ser considerados entidades independentes, pois o que ocorre com um, influencia o outro.
  8. 8. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Os recursos naturais são tradicionalmente classificados em renováveis e não-renováveis. Fonte: Adaptado de TIVY, J. O'HARE, G. Human impact on the ecosystem. Edimburgo: Oliver & Boyd, 1991.
  9. 9. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva As espécies vivas deixam de ser recursos renováveis se a sua exploração comprometer a capacidade de reprodução, o que pressupõe que apenas uma certa quantidade anual poderia ser extraída para uso humano. Essa quantidade denomina-se Rendimento Sustentável. Rendimento Sustentável
  10. 10. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva A CRISE AMBIENTAL
  11. 11. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva É comum apontar a Revolução Industrial como um marco importante na intensificação dos problemas ambientais.
  12. 12. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Os problemas ambientais e principalmente os sociais geram duas correntes extremadas de pensamento: o malthusianismo e o cornucopianismo.
  13. 13. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva O adjetivo malthusiano, que deriva do nome do autor Thomas Robert Malthus (1766-1834), é utilizado para indicar pessoas pessimistas quanto ao futuro devido ao descompasso entre recursos e necessidades e à dificuldade de conter o crescimento populacional, principalmente das populações pobres.
  14. 14. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva O neomalthusiano continua pessimista quanto ao futuro da humanidade, ainda prega a necessidade de controle da população e acha que os pobres são os responsáveis pela degradação ambiental.
  15. 15. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva  Garret Hardin  O casal Paul e Anne Ehrlich  Os relatórios do Clube de Roma Alguns autores neomalthusianos:
  16. 16. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva No outro extremo encontram-se os que demonstram um otimismo exagerado em relação aos recursos necessários à vida humana. Estes se baseiam na crença de que qualquer problema de escasses no presente ou no futuro próximo será solucionado mais adiante, de modo que sempre haverá possibilidade de substituições de insumos e processos produtivos. Esta postura é denominada cornucopiana.
  17. 17. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Alguns autores com postura cornucopiana:  Adam Smith  Julian Simon
  18. 18. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Poluição As sobras das atividades humanas será denominada aqui genericamente de poluição.
  19. 19. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva A poluição é um fenômeno que pode ser visto sob vários aspectos e ser classificado segundo diversos critérios
  20. 20. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Os poluentes podem ser gerados:  por fontes naturais: a fumaça liberada em queimadas espontâneas, as cinzas vulcânicas e as tempestades marítimas carregadas de sais;  por fontes antropogênicas: que causam os maiores problemas ambientais (desequilíbrio constante da natureza)
  21. 21. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva A GESTÃO AMBIENTAL
  22. 22. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Gestão ambiental Os termos administração ou gestão do meio ambiente, ou simplesmente gestão ambiental, serão aqui entendidos como as diretrizes e as atividades administrativas e operacionais, tais como planejamento, direção, controle, alocação de recursos e outras realizadas com o objetivo de obter efeitos positivos sobre o meio ambiente, quer reduzindo ou eliminando os danos ou problemas causados pelas ações humanas, quer evitando que eles surjam.
  23. 23. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva As últimas décadas do século XX foram particularmente ricas em denúncias e debates sobre problemas ambientais detectados por pesquisadores dos mais variados campos do conhecimento. Essa conscientização gera área de conhecimento e trabalho da Gestão Ambiental
  24. 24. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Qualquer proposta de gestão ambiental inclui no mínimo três dimensões.
  25. 25. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Apesar da variedade de posicionamentos, pode-se pensar em duas grandes vertentes situadas em pólos extremos de uma linha contínua, repleta de matizes: antropocêntrica extremada ecocêntrica extremada
  26. 26. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Em uma ponta da linha encontram-se as posições antropocêntricas extremadas, nas quais a natureza só tem valor como instrumento dos seres humanos e estes possuem direitos absolutos sobre ela. A preocupação com o meio ambiente se dá na medida em que este se torna um problema para os humanos.
  27. 27. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Na outra ponta estão as posições ecocêntricas extremadas que atribuem aos elementos da natureza um valor intrínseco e independente de qualquer apreciação humana; e os humanos, sendo apenas um desses elementos, não possuem nenhum direito a mais que outros seres. Todos os organismos, inclusive os seres humanos, fazem parte da natureza em igualdade de condições.
  28. 28. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Entre esses extremos, encontram-se as abordagens socioambientais que reconhecem o valor intrínseco da natureza, mas admite que ela deve ser usada para atender às necessidades humanas presentes e futuras e, por isso, buscam sistemas de produção e consumo sustentáveis, entendidos como aqueles que procuram atender às necesidades humanas respeitando as limitações do meio ambiente, limitações que não são estáticas e que o ser humano pode e deve ampliá-la para atender a todos.
  29. 29. CAPÍTULO 1 Gestão Ambiental Empresarial – José Carlos Barbieri – Editora Saraiva Esta disciplina adota essa perspectiva, o que significa manter-se distante das posturas extremas comentadas anteriormente.

×