Slides Economia

13.923 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.923
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
418
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides Economia

  1. 1. ECONOMIA • Prof . IRINEU GUTIERREZ JR. 2012
  2. 2. Economia “A ECONOMIA É A CIÊNCIA DA ESCOLHA FEITA PELAS PESSOAS CONDICIONADAS À ESCASSEZ.” O’Sullivan/Sheffrin/Sishijima, 2003 “O HOMEM É O ÚNICO ANIMAL QUE REALIZA INTERCÂMBIO; UM CACHORRO NÃO TROCA OSSOS COM OUTRO CACHORRO.” Adam Smith, 1776 “A TEORIA ECONÔMICA NÃO FORNECE UM CORPO DE CONCLUSÕES ESTABELECIDAS, IMEDIATAMENTE APLICÁVEIS EM POLÍTICA ECONÔMICA. TRATA-SE DE UM MÉTODO, NÃO DE UMA DOUTRINA, UM APARATO DA MENTE, UMA TÉCNICA DE PENSAR QUE AJUDA AQUELE QUE A DOMINA A TRAÇAR CONCLUSÕES ACERTADAS.” John Maynard Keynes, 1930 Agentes econômicos (Famílias(pessoas), empresas e Governos tomam decisões? Como influenciá-los? 2
  3. 3. O SER HUMANO E AS ESCOLHAS Ou isto ou aquilo Ou se tem chuva e não se tem sol, ou se tem sol e não se tem chuva! Ou se calça a luva e não se põe o anel, ou se põe o anel e não se calça a luva! Quem sobe nos ares não fica no chão, Quem fica no chão não sobe nos ares. É uma grande pena que não se possa estar ao mesmo tempo em dois lugares! Ou guardo o dinheiro e não compro o doce, ou compro o doce e não guardo o dinheiro. Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo... e vivo escolhendo o dia inteiro! Não sei se brinco, não sei se estudo, se saio correndo ou fico tranqüilo. Mas não consegui entender ainda qual é melhor: se é isto ou aquilo. Cecília Meireles 3
  4. 4. Alguns Princípios em Economia Como as Pessoas Tomam Decisões • Princípio 1: As pessoas enfrentam trade-offs – Uma hora a mais dedicada ao estudo significa uma hora a menos dedicada ao trabalho. – Pais têm que alocar seus recursos entre finalidades mutuamente excludentes. Por exemplo, eles podem investir em sua própria aposentadoria, na educação de seus filhos e, inclusive, no número de filhos. – A sociedade enfrenta um trade-off entre eqüidade e eficiência. Políticas que aumentam a eficiência da economia freqüentemente agravam a desigualdade social no curto prazo. Esse conflito pode ser traduzido pela famosa frase de Delfim Netto: “É preciso fazer o bolo crescer antes de distribuí-lo”. “A Economia é a Ciência da escolha.” 4
  5. 5. Alguns Princípios em Economia Como as Pessoas Tomam Decisões • Princípio 2: O custo de alguma coisa é quanto você tem de sacrificar para obtê-la (custo de oportunidade) – Como as pessoas enfrentam trade-offs, elas devem calcular os custos e benefícios de suas decisões. – As pessoas racionais calculam os custos de uma decisão econômica com base em seu custo de oportunidade, ou seja, no valor sacrificado para obter o que desejam. O custo de oportunidade não coincide necessariamente com o custo contábil de uma decisão. – Exemplos: compra de uma casa ou um apartamento? compra de um automóvel ou uma motocicleta? vendo um terreno ou um caminhão? 5
  6. 6. Alguns Princípios em Economia Como as Pessoas Interagem • Adam Smith (1776) fez a mais famosa observação de toda a teoria econômica: –“Embora visem somente seu próprio interesse, indivíduos e firmas agem como se fossem guiados por uma mão invisível de modo a maximizar o bem-estar social.” 6
  7. 7. Alguns Princípios em Economia Como as Pessoas Interagem • Questão: Como funciona a mão invisível? – Os preços são instrumentos através dos quais a mão invisível dirige a atividade econômica. Os preços refletem tanto o valor que a sociedade atribui a um bem quanto os custos em que ela incorre para produzi-lo.Como os indivíduos e empresas tomam suas decisões com base nos preços que observam no mercado, eles terminam por levar em conta, involuntariamente, os benefícios e custos sociais de suas ações.Conseqüentemente, os preços encaminham esses tomadores de decisões individuais para resultados que, muitas vezes, maximizam o bem-estar da sociedade como um todo. 7
  8. 8. PRINCÍPIOS ECONÔMICOS • 1) As pessoas enfrentam trade- offs • 2) O custo de alguma coisa é quanto você tem de sacrificar para obtê-la (custo de oportunidade) • 3) Pessoas racionais fazem cálculos econômicos na margem • 4) Indivíduos respondem a incentivos: se os termos do trade-off mudam, as escolhas também mudam. • 5) Trocas aumentam o bem-estar • 6) Mercados geralmente são uma boa forma de organizar a atividade econômica • 7) Políticas governamentais podem aumentar a eficiência dos mercados • 8) O padrão de vida de um país depende da produtividade do trabalho de seus habitantes. 8
  9. 9. Responda as questões a seguir: • Devemos solucionar as seguintes questões: 1- Como os agentes econômicos tomam decisões? Quais são estes agentes? 2- Decisões sujeitas a que tipo de restrições? 3- Como tais decisões ou escolhas afetam o sistema econômico? 4- Como pode o governo influenciar em tais decisões? 9
  10. 10. Microeconomia • Microeconomia – É o estudo de como os consumidores individuais e as firmas tomam decisões e interagem nos mercados entre si. – Costumamos dizer que aspectos microeconômicos são passíveis de ação pelos indivíduos e empresas. – Exemplos: salários de nossos funcionários, negociação com sindicatos regionais, nossos produtos, etc 10
  11. 11. Macroeconomia • Macroeconomia – É o estudo dos agregados econômicos. • Estuda-se o comportamento de variáveis como inflação, desemprego, consumo, investimento, nível de produto, preço do petróleo, crise americana, etc. • Costumamos dizer que os aspectos macroeconômicos fogem da ação direta dos indivíduos e das empresas. 11
  12. 12. O Fluxo Circular da Renda 12 Empresas Famílias Mercado de fatores de produção Mercados de bens e serviços DespesaReceita Salários, aluguéis, juros e lucros Renda Bens e serviços vendidos Bens e serviços comprados Trabalho, terra e capital Insumos para a produção
  13. 13. O Fluxo Circular da Renda • Empresas – Produzem e vendem bens e serviços – Empregam e usam os fatores de produção • Famílias / indivíduos – Compram e consomem bens e serviços – Vendem os fatores de produção * torna-se importante salientar a ação taxativa dos governos nesse processo! 13
  14. 14. O Fluxo Circular da Renda • Mercados de Bens e Serviços – As empresas vendem – As famílias/ indivíduos compram Mercados de Fatores de Produção – As famílias / indivíduos vendem – As empresas compram – Os governos (Municipal, Estadual e Federal) também contribuem para o ciclo econômico 14
  15. 15. Preços Reais X Preços Nominais • Quando comparamos o preço de uma mercadoria em um determinado momento com seu preço em outro momento, necessitamos, para que tal comparação seja coerente, que os valores sejam medidos em relação ao nível geral de preços. • Se o salário de um trabalhador aumenta de R$ 1000 para R$ 1500, mas o nível de preços também aumenta 50%, o salário real permanece constante, ou seja, o poder de compra do trabalhador não é alterado. 15
  16. 16. Preços Reais X Preços Nominais • Um índice de preços acumula a variação do nível geral de preços (taxa de inflação). 16 Ano Inflação Índice de Preços 1994 20% Base do Índice = 100 100.00 1995 10% 100+10% 110.00 1996 10% 110+10% 121.00 1997 15% 121+15% 139.15 1998 20% 139.15+20% 166.98 1999 10% 166.98+10% 183.68
  17. 17. Oferta, Demanda e Equilíbrio de Mercado • Um mercado é um conjunto de compradores e vendedores que interagem, resultando na possibilidade de trocas voluntárias, nas quais ambos buscam a maximização de utilidade. Tais trocas implicam na formação de preços, que quando comparados entre si formam o que chamamos de sistema de preços relativos. Este sistema é um poderoso indicador de como os recursos devem ser alocados de forma mais eficiente. 17
  18. 18. Oferta, Demanda e Equilíbrio de Mercado • Tipos de Mercado – Perfeitamente Competitivos • Produtos homogêneos; • Os compradores e vendedores são numerosos, de modo que cada um não tenha influência sobre o preço: Compradores e vendedores são tomadores de preços. 18
  19. 19. Oferta, Demanda e Equilíbrio de Mercado • Tipos de Mercado – Monopólio • Um vendedor, e o vendedor controla o preço. – Oligopólio • Poucos vendedores; • Nem sempre competem agressivamente • Produtos podem ser diferenciados ou não. 19
  20. 20. Oferta, Demanda e Equilíbrio de Mercado • Outras Variáveis que Afetam a Demanda – Renda; – Gostos e Preferências; – Preço dos Bens Relacionados; • Substitutos • Complementares – Expectativas. 20
  21. 21. Oferta, Demanda e Equilíbrio de Mercado • Demanda – Existe uma relação inversa entre o preço e a demanda. Um aumento no preço provoca uma variação da quantidade demandada, representada por um deslocamento ao longo da curva de demanda. – Existe uma relação direta entre a demanda e a renda (no caso dos bens normais), gostos e preferências e os preços dos bens complementares e uma relação inversa no caso dos preços dos bens substitutos. Uma alteração em qualquer um desses parâmetros provoca uma variação da demanda, representada pelo deslocamento da curva de demanda. 21
  22. 22. Oferta, Demanda e Equilíbrio de Mercado • Quanto às expectativas de mercado: • A expectativa de um aumento futuro no preço aumenta a demanda presente; • A expectativa de uma redução futura no preço reduz a demanda presente; • A expectativa de que haja um racionamento aumenta a demanda presente; • A expectativa de uma renda maior no futuro aumenta a demanda presente. 22
  23. 23. Oferta, Demanda e Equilíbrio de Mercado • Outras Variáveis que Afetam a Oferta – Preço dos Insumos (custos de produção) – Tecnologia – Expectativas 23
  24. 24. Oferta, Demanda e Equilíbrio de Mercado • Oferta – Existe uma relação direta entre o preço e a oferta. Um aumento no preço provoca uma variação da quantidade ofertada, representada por um deslocamento ao longo da curva de oferta. – Existe uma relação inversa entre os custos de produção e a oferta e uma relação direta entre a tecnologia e a oferta. Uma redução nos custos de produção e/ou uma melhoria tecnológica provocam uma variação da oferta, representada pelo deslocamento da curva de oferta para a direita. 24
  25. 25. Exercício para serem discutidos em grupo: devem ser entregues para avaliação de indicador. - Pede-se grupos em torno de 4 alunos...Pede-se grupos em torno de 4 alunos... • 1 – O que estudamos em microeconomia? Cite três exemplos além dos já citados. • 2 – O que estudamos em macroeconomia? Cite três exemplos. • 3 – Simplifique e explique “ O Fluxo Circular da Renda”. • 4 – O que você entende por “ação taxativa” exercida pelos governos? • 5 – Cite exemplos entre preços reais X nominais. • 6 – Defina oferta e demanda. • 7 - Cite exemplos de monopólio e oligopólio no Brasil. • 8 – O que é equilíbrio de mercado? Cite exemplos. • 9 – Por que tais tipos de mercado não são ideais para economia? • 10 – O que acontece com os preços analisando-se produtos sazonais?

×