Curso de introdução digital- Proinfo
Diretoria de Ensino-Região de Suzano
Projeto integrado de aprendizagem
Mídias e Educa...
O papel das novas tecnologias, com o
tema corpo, saúde e beleza na
Educação física
Educação e mídias
• Todo professor de Ensino Médio percebe o
• impacto que certos modelos de beleza corporal,
• insistente...
Corpo, saúde e beleza
• Basta prestar atenção às capas das revistas
• voltadas para o público adolescente e jovem
(em espe...
A busca de padrões
• Hoje o padrão de beleza busca a perfeição exibida nas
imagens “retocadas” por
• softwares. Nada de ce...
Mercado do corpo
• Esta exibição do corpo incrementou a
“industria da beleza”. Cosméticos, roupas e
• acessórios, a indust...
Mídias + propagandas
= doenças da atualidade
É preciso reinventar o processo de
ensino e aprendizagem
Autonomia
• Sendo assim as novas tecnologias, devem ser
usadas no processo de ensino e aprendizagem,
para mostrar aos alun...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Curso de introdução digital proinfo

153 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
153
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso de introdução digital proinfo

  1. 1. Curso de introdução digital- Proinfo Diretoria de Ensino-Região de Suzano Projeto integrado de aprendizagem Mídias e Educação física Clayton Verissimo Dos Santos
  2. 2. O papel das novas tecnologias, com o tema corpo, saúde e beleza na Educação física
  3. 3. Educação e mídias • Todo professor de Ensino Médio percebe o • impacto que certos modelos de beleza corporal, • insistentemente propagados pelas mídias • (televisão, revistas etc.), exercem sobre os alunos, que, com frequência, julgam-se obesos, querem emagrecer e tornar-se musculosos. Para isso, aderem a regimes “milagrosos”, praticam exercícios de forma equivocada e eventualmente fazem uso de substâncias proibidas, como anabolizantes e remédios que inibem o apetite, com prejuízos para a própria saúde. Sabemos que tais situações muitas vezes são compartilhadas pelos alunos com os professores de Educação Física, os quais precisam estar preparados para lidar com isso.
  4. 4. Corpo, saúde e beleza • Basta prestar atenção às capas das revistas • voltadas para o público adolescente e jovem (em especial para as meninas), à venda em qualquer banca de jornal, e constatar o que sugerem ou prometem explicitamente: “Emagreça comendo de tudo!”, “Defina seus músculos com apenas 15 minutos de ginástica!”, “Corpo novo em três meses!” etc. A personagem central das capas é sempre uma mulher jovem (raramente de etnia negra), bela, magra e sorridente, em geral trajando biquíni, fotografada das coxas para cima, em pose sensual. Também as figuras masculinas são, em geral, homens jovens e brancos, às vezes com o torso nu e pernas expostas, para exibir uma musculatura bem delineada
  5. 5. A busca de padrões • Hoje o padrão de beleza busca a perfeição exibida nas imagens “retocadas” por • softwares. Nada de celulite, estrias ou pelancas. Homens fortes, mulheres magras, • sem rugas e dentes perfeitos. Ainda que para atingir este padrão sejam necessárias • dietas restritivas, anabolizantes, remédios para emagrecer e exercícios exaustivos. • Os prejuízos a saúde advindos dessas praticas, como as lesões e o “efeito sanfona” • (que e a perda e a recuperação do peso perdido de maneira reincidente), são justificados somente pelos objetivos estéticos.
  6. 6. Mercado do corpo • Esta exibição do corpo incrementou a “industria da beleza”. Cosméticos, roupas e • acessórios, a industria de material esportivo, tratamentos estéticos e a medicalização da • beleza (através das intervenções cirúrgicas) contribuíram para a transformação da beleza • em produto e forneceram material para a criação dos estereótipos.
  7. 7. Mídias + propagandas
  8. 8. = doenças da atualidade
  9. 9. É preciso reinventar o processo de ensino e aprendizagem
  10. 10. Autonomia • Sendo assim as novas tecnologias, devem ser usadas no processo de ensino e aprendizagem, para mostrar aos alunos os riscos pela busca de padrões de beleza a qualquer custo, permitindo à eles identificarem as propagandas milagrosas, que prometem um corpo perfeito de maneira não saudável.

×