SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
“O Capitão AVAPE contra o                            Expediente
        Fantasma Autismo”
       Este manual foi elaborado pelo               Presidente da AVAPE:
    Grupo de Saúde Mental da AVAPE                         Sylvia Cury
    (Associação para Valorização de Pessoas
    com Deficiência), em parceria com o                 Editor de Arte:
    Projeto Distúrbios do Desenvolvimento                 Juarez Corrêa
    do Instituto de Psicologia da USP, com          juarezsbc@yahoo.com.br
    o objetivo de informar e esclarecer as
                                                            Redação:
    pessoas sobre o autismo.
                                                 Grupo de Saúde Mental AVAPE
       O autismo, para fins diagnósticos, é            (Dr. Claudio Gomes,
    encontrado no DSM IV-TR e na CID 10,                Dr. Marcio Falcão,
    dentro da classificação dos Transtornos         Dr. Francisco Assumpção,
    Invasivos do Desenvolvimento.                   Julianna Di Matteo, Roseli
                                                   Paicheco, Simone Cucolichio,
       O conceito mais utilizada desde 2001
                                                       Carolina Padovani).
    é “continuum autistico”, sendo também
    evidenciado como transtorno do espectro            Comitê Editorial:
    autista. Contudo, clinicamente, para pais     Dr. Claudio Gomes, Dr. Marcio
    e cuidadores, a linguagem coloquial de       Falcão, Dr. Francisco Assumpção,
    fácil entendimento usualmente utilizada      Eliana Victor, Juliana Di Matteo,
    é Autismo.                                       Roseli Paicheco, Simone
                                                  Cucolichio, Carolina Padovani,
       Por meio de uma linguagem simples
                                                 Valquíria Barbosa, Gisele Achkar,
    e acessível, o Manual expõe as principais
                                                        Giovana Batistella.
    características de diagnóstico do autismo,
    que podem ser observadas pelos pais e                Diagramação:
    cuidadores desde a primeira infância.                Mariana Dahrug
       Este volume abordará o que é o Autismo
    e como evidenciá-lo precocemente. E no             Avenida Brasil, 726
    próximo episódio, confira: “O Capitão          Jd. América - São Paulo/SP
    AVAPE contra o Fantasma Autismo - Parte              CEP 01430-000
    2: o combate”.                                     Tel: (11) 3055-5000
      Boa leitura,                                E-mail: avape@avape.org.br
                                                        www.avape.org.br
            Grupo de Saúde Mental da AVAPE

2
Era uma vez...
  Uma família muito unida e amorosa.
  Todos estavam radiantes com a chegada de mais um filho.
  Mas, quando nasceu, ou até os 36 meses de idade,
o menino recebeu a visita de um terrível fantasma,
que o brindou com três grandes dificuldades. Elas o
acompanhariam por toda a vida: – “Você terá problemas
para se relacionar com outras pessoas”. “Terá dificuldades
para se comunicar e terá atitudes esquisitas”.
  Era tanta dedicação e amor, que seus pais nada
perceberam. Até que...




                                                             3
...o menino foi crescendo e se mostrando
    muito solitário.
       Seu isolamento ficava ainda mais evidente quan-
    do as outras crianças o chamavam para brincar.
    Nestas situações, ele demonstrava muito pouco
    interesse para qualquer atividade.
      De vez em quando, repetia frases que os
    outros tinham acabado de dizer, e todos ficavam
    sem entender...




4
...em outras situações, as frases que ele
repetia tinham variações de altura e timbre...




  Uma de suas manias era arrumar e enfileirar
objetos. Ficava nesta atividade por longas horas,
sem “dar bola” para ninguém.




                                                    5
Várias vezes ele queria algo e não conseguia
    se expressar para pedir. Não conseguia olhar as
    pessoas nos olhos.
      Então, utilizava o outro para conseguir o que
    queria, puxando a pessoa até o objeto.




6
Se alguém mexia em alguma de suas coisas,
ele reagia de maneira até exagerada. Chorava
e gritava. Muitas vezes chegando a se agredir e
se machucar.




                                                  7
Era difícil ensiná-lo alguma coisa nova. Ele
    não demonstrava interesse e parecia não
    ter iniciativa. Era necessário que alguém o
    estimulasse o tempo todo.
      Também utilizava os objetos de maneira
    inadequada, cheirando ou colocando-os na
    boca.



8
Sua dificuldade de relacionamento era tão
grande que nem mesmo percebia o que o outro
estava sentindo.
  Ele não compreendia as expressões do rosto
de alguém e toda a comunicação não-verbal.




                                               9
Ele não conseguia ficar parado. Chegava a sair
     correndo sem motivo e de forma inadequada, se
     colocando em situações de risco.
       Quando se machucava, parecia nem sentir dor.




10
Não conseguia utilizar os objetos de forma
correta. Chegava a ter dificuldades de usar
o banheiro, por medo de se sentar no vaso
sanitário.




                                               11
Não conseguia dormir. Ficava parado ou
     fazendo atividades repetitivas e sem finalidade,
     por muito tempo.




12
Sua alimentação era como um ritual. Ou se
interessava por alimentos de uma cor específica,
ou somente de uma forma.
  Tinha dificuldades em montar estratégias sim-
ples para resolver situações cotidianas e perdia
muito tempo para chegar a conclusões óbvias.




                                                   13
Mas um belo dia e sempre alerta...
       ...o Capitão AVAPE, com sua visão de raio-x,
     desconfia que tem alguma coisa estranha na
     casa dos Silva.
       Ele voa diretamente para lá.




14
...Chegando na casa, o Capitão AVAPE logo
detecta a presença do vilão Autismo.
   Intimidando o vilão, o capitão estabelece
o diagnóstico. Seus efeitos eram visíveis:
dificuldades de se relacionar com as pessoas,
uma linguagem sem finalidade, gestos esquisi-
tos e atitudes incompreensíveis...


Conseguirá o CAPITÃO AVAPE enfrentar
   o terrível vilão, na tentativa heróica
          de reabilitar a criança?
                                                15
Não perca o próximo episódio de


          O
    CAPITÃO AVAPE
       contra o
  FANTASMA AUTISMO
     Parte 2 – O combate




         Apoio Institucional

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.Erkv
 
Sequência didática quer brincar de pique esconde
Sequência didática   quer brincar de pique escondeSequência didática   quer brincar de pique esconde
Sequência didática quer brincar de pique escondeNaysa Taboada
 
Caderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico AutismoCaderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico AutismoSarah Olliver
 
Pedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoPedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoAurivan
 
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do AdolescenteA Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do AdolescenteValéria Barreto
 
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regular
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regularAutismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regular
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regularJanderly Reis
 
Plano de aula - Alimentação saudável
Plano de aula - Alimentação saudávelPlano de aula - Alimentação saudável
Plano de aula - Alimentação saudávelAna Luzia
 
Revista Viva as Diferenças! - Turma da Mônica
Revista Viva as Diferenças! - Turma da MônicaRevista Viva as Diferenças! - Turma da Mônica
Revista Viva as Diferenças! - Turma da MônicaLucas de Oliveira
 
Deficiencia Visual
Deficiencia VisualDeficiencia Visual
Deficiencia VisualCassia Dias
 
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da  escritaFicha de monitoramento dos níveis da  escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da escritaAndreá Perez Leinat
 
93 metodos para pessoas autistas
93 metodos para pessoas autistas93 metodos para pessoas autistas
93 metodos para pessoas autistasSimoneHelenDrumond
 
Planejamento Educação Infantil fase I
 Planejamento Educação Infantil fase I Planejamento Educação Infantil fase I
Planejamento Educação Infantil fase Ilucianoproenca21
 
Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...
Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...
Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...Alexandre Bandoch
 
Objetivos de aprendizagem - Códigos BNCC
Objetivos de aprendizagem - Códigos BNCCObjetivos de aprendizagem - Códigos BNCC
Objetivos de aprendizagem - Códigos BNCCAlba Marilia
 
Modelo do plano de aula AEE TEA
Modelo do plano de aula AEE TEAModelo do plano de aula AEE TEA
Modelo do plano de aula AEE TEALisraelle Silva
 

Mais procurados (20)

Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
Relatório descritivo de mateus amarante de aguiar.
 
Sequência didática quer brincar de pique esconde
Sequência didática   quer brincar de pique escondeSequência didática   quer brincar de pique esconde
Sequência didática quer brincar de pique esconde
 
Espectro Autismo
Espectro AutismoEspectro Autismo
Espectro Autismo
 
Caderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico AutismoCaderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico Autismo
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Pedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoPedagogia - Autismo
Pedagogia - Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do AdolescenteA Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente
 
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regular
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regularAutismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regular
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regular
 
Plano de aula - Alimentação saudável
Plano de aula - Alimentação saudávelPlano de aula - Alimentação saudável
Plano de aula - Alimentação saudável
 
Revista Viva as Diferenças! - Turma da Mônica
Revista Viva as Diferenças! - Turma da MônicaRevista Viva as Diferenças! - Turma da Mônica
Revista Viva as Diferenças! - Turma da Mônica
 
Deficiencia Visual
Deficiencia VisualDeficiencia Visual
Deficiencia Visual
 
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da  escritaFicha de monitoramento dos níveis da  escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
 
93 metodos para pessoas autistas
93 metodos para pessoas autistas93 metodos para pessoas autistas
93 metodos para pessoas autistas
 
Planejamento Educação Infantil fase I
 Planejamento Educação Infantil fase I Planejamento Educação Infantil fase I
Planejamento Educação Infantil fase I
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 
Projeto Copa do Mundo
Projeto Copa do MundoProjeto Copa do Mundo
Projeto Copa do Mundo
 
Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...
Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...
Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...
 
Objetivos de aprendizagem - Códigos BNCC
Objetivos de aprendizagem - Códigos BNCCObjetivos de aprendizagem - Códigos BNCC
Objetivos de aprendizagem - Códigos BNCC
 
Modelo do plano de aula AEE TEA
Modelo do plano de aula AEE TEAModelo do plano de aula AEE TEA
Modelo do plano de aula AEE TEA
 

Semelhante a O Capitão AVAPE contra o Fantasma Autismo

Manual autismo i
Manual autismo iManual autismo i
Manual autismo iweb351
 
Historia em quadrinhos sobre autismo
Historia em quadrinhos sobre autismoHistoria em quadrinhos sobre autismo
Historia em quadrinhos sobre autismoPri Domingos
 
Conselhos para pais de autistas
Conselhos para pais de autistasConselhos para pais de autistas
Conselhos para pais de autistasSarah Olliver
 
Conselhos para Pais de Autistas
Conselhos para Pais de Autistas Conselhos para Pais de Autistas
Conselhos para Pais de Autistas Sarah Olliver
 
Autismo orientação para os pais
Autismo   orientação para os paisAutismo   orientação para os pais
Autismo orientação para os paisRosane Domingues
 
Autismo ziraldo ilustrado
Autismo ziraldo ilustrado Autismo ziraldo ilustrado
Autismo ziraldo ilustrado Agraciada Silva
 
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidade
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidadeCartilha ziraldo-autismo-uma-realidade
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidadeMaria Santos
 
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidade
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidadeCartilha ziraldo-autismo-uma-realidade
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidadebarbaraveloso
 
Cartilha - Autismo uma Realidade - Ziraldo
Cartilha - Autismo uma Realidade - ZiraldoCartilha - Autismo uma Realidade - Ziraldo
Cartilha - Autismo uma Realidade - Ziraldomarcelosilveirazero1
 
119168916 autismo
119168916 autismo119168916 autismo
119168916 autismoPelo Siro
 
Apresentação autismo para maiores de 11anos
Apresentação autismo para maiores de 11anosApresentação autismo para maiores de 11anos
Apresentação autismo para maiores de 11anoscatialipa
 

Semelhante a O Capitão AVAPE contra o Fantasma Autismo (20)

Manual autismo i
Manual autismo iManual autismo i
Manual autismo i
 
Historia em quadrinhos sobre autismo
Historia em quadrinhos sobre autismoHistoria em quadrinhos sobre autismo
Historia em quadrinhos sobre autismo
 
Autismo aula power point
Autismo aula power pointAutismo aula power point
Autismo aula power point
 
Conselhos para pais de autistas
Conselhos para pais de autistasConselhos para pais de autistas
Conselhos para pais de autistas
 
Conselhos para Pais de Autistas
Conselhos para Pais de Autistas Conselhos para Pais de Autistas
Conselhos para Pais de Autistas
 
Autismo orientação para os pais
Autismo   orientação para os paisAutismo   orientação para os pais
Autismo orientação para os pais
 
Cartilha autismo para pais
Cartilha autismo para paisCartilha autismo para pais
Cartilha autismo para pais
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo ziraldo ilustrado
Autismo ziraldo ilustrado Autismo ziraldo ilustrado
Autismo ziraldo ilustrado
 
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidade
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidadeCartilha ziraldo-autismo-uma-realidade
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidade
 
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidade
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidadeCartilha ziraldo-autismo-uma-realidade
Cartilha ziraldo-autismo-uma-realidade
 
Cartilha - Autismo uma Realidade - Ziraldo
Cartilha - Autismo uma Realidade - ZiraldoCartilha - Autismo uma Realidade - Ziraldo
Cartilha - Autismo uma Realidade - Ziraldo
 
340
340340
340
 
119168916 autismo
119168916 autismo119168916 autismo
119168916 autismo
 
Livro+sobre+autismo
Livro+sobre+autismoLivro+sobre+autismo
Livro+sobre+autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Apresentação autismo para maiores de 11anos
Apresentação autismo para maiores de 11anosApresentação autismo para maiores de 11anos
Apresentação autismo para maiores de 11anos
 
10 autistas famosos
10  autistas famosos10  autistas famosos
10 autistas famosos
 
Autistas famosos
Autistas famososAutistas famosos
Autistas famosos
 

Último

Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 

Último (20)

Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 

O Capitão AVAPE contra o Fantasma Autismo

  • 1.
  • 2. “O Capitão AVAPE contra o Expediente Fantasma Autismo” Este manual foi elaborado pelo Presidente da AVAPE: Grupo de Saúde Mental da AVAPE Sylvia Cury (Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência), em parceria com o Editor de Arte: Projeto Distúrbios do Desenvolvimento Juarez Corrêa do Instituto de Psicologia da USP, com juarezsbc@yahoo.com.br o objetivo de informar e esclarecer as Redação: pessoas sobre o autismo. Grupo de Saúde Mental AVAPE O autismo, para fins diagnósticos, é (Dr. Claudio Gomes, encontrado no DSM IV-TR e na CID 10, Dr. Marcio Falcão, dentro da classificação dos Transtornos Dr. Francisco Assumpção, Invasivos do Desenvolvimento. Julianna Di Matteo, Roseli Paicheco, Simone Cucolichio, O conceito mais utilizada desde 2001 Carolina Padovani). é “continuum autistico”, sendo também evidenciado como transtorno do espectro Comitê Editorial: autista. Contudo, clinicamente, para pais Dr. Claudio Gomes, Dr. Marcio e cuidadores, a linguagem coloquial de Falcão, Dr. Francisco Assumpção, fácil entendimento usualmente utilizada Eliana Victor, Juliana Di Matteo, é Autismo. Roseli Paicheco, Simone Cucolichio, Carolina Padovani, Por meio de uma linguagem simples Valquíria Barbosa, Gisele Achkar, e acessível, o Manual expõe as principais Giovana Batistella. características de diagnóstico do autismo, que podem ser observadas pelos pais e Diagramação: cuidadores desde a primeira infância. Mariana Dahrug Este volume abordará o que é o Autismo e como evidenciá-lo precocemente. E no Avenida Brasil, 726 próximo episódio, confira: “O Capitão Jd. América - São Paulo/SP AVAPE contra o Fantasma Autismo - Parte CEP 01430-000 2: o combate”. Tel: (11) 3055-5000 Boa leitura, E-mail: avape@avape.org.br www.avape.org.br Grupo de Saúde Mental da AVAPE 2
  • 3. Era uma vez... Uma família muito unida e amorosa. Todos estavam radiantes com a chegada de mais um filho. Mas, quando nasceu, ou até os 36 meses de idade, o menino recebeu a visita de um terrível fantasma, que o brindou com três grandes dificuldades. Elas o acompanhariam por toda a vida: – “Você terá problemas para se relacionar com outras pessoas”. “Terá dificuldades para se comunicar e terá atitudes esquisitas”. Era tanta dedicação e amor, que seus pais nada perceberam. Até que... 3
  • 4. ...o menino foi crescendo e se mostrando muito solitário. Seu isolamento ficava ainda mais evidente quan- do as outras crianças o chamavam para brincar. Nestas situações, ele demonstrava muito pouco interesse para qualquer atividade. De vez em quando, repetia frases que os outros tinham acabado de dizer, e todos ficavam sem entender... 4
  • 5. ...em outras situações, as frases que ele repetia tinham variações de altura e timbre... Uma de suas manias era arrumar e enfileirar objetos. Ficava nesta atividade por longas horas, sem “dar bola” para ninguém. 5
  • 6. Várias vezes ele queria algo e não conseguia se expressar para pedir. Não conseguia olhar as pessoas nos olhos. Então, utilizava o outro para conseguir o que queria, puxando a pessoa até o objeto. 6
  • 7. Se alguém mexia em alguma de suas coisas, ele reagia de maneira até exagerada. Chorava e gritava. Muitas vezes chegando a se agredir e se machucar. 7
  • 8. Era difícil ensiná-lo alguma coisa nova. Ele não demonstrava interesse e parecia não ter iniciativa. Era necessário que alguém o estimulasse o tempo todo. Também utilizava os objetos de maneira inadequada, cheirando ou colocando-os na boca. 8
  • 9. Sua dificuldade de relacionamento era tão grande que nem mesmo percebia o que o outro estava sentindo. Ele não compreendia as expressões do rosto de alguém e toda a comunicação não-verbal. 9
  • 10. Ele não conseguia ficar parado. Chegava a sair correndo sem motivo e de forma inadequada, se colocando em situações de risco. Quando se machucava, parecia nem sentir dor. 10
  • 11. Não conseguia utilizar os objetos de forma correta. Chegava a ter dificuldades de usar o banheiro, por medo de se sentar no vaso sanitário. 11
  • 12. Não conseguia dormir. Ficava parado ou fazendo atividades repetitivas e sem finalidade, por muito tempo. 12
  • 13. Sua alimentação era como um ritual. Ou se interessava por alimentos de uma cor específica, ou somente de uma forma. Tinha dificuldades em montar estratégias sim- ples para resolver situações cotidianas e perdia muito tempo para chegar a conclusões óbvias. 13
  • 14. Mas um belo dia e sempre alerta... ...o Capitão AVAPE, com sua visão de raio-x, desconfia que tem alguma coisa estranha na casa dos Silva. Ele voa diretamente para lá. 14
  • 15. ...Chegando na casa, o Capitão AVAPE logo detecta a presença do vilão Autismo. Intimidando o vilão, o capitão estabelece o diagnóstico. Seus efeitos eram visíveis: dificuldades de se relacionar com as pessoas, uma linguagem sem finalidade, gestos esquisi- tos e atitudes incompreensíveis... Conseguirá o CAPITÃO AVAPE enfrentar o terrível vilão, na tentativa heróica de reabilitar a criança? 15
  • 16. Não perca o próximo episódio de O CAPITÃO AVAPE contra o FANTASMA AUTISMO Parte 2 – O combate Apoio Institucional