Matriz de referencia_provinha_brasil

8.400 visualizações

Publicada em

Orientações para Provinha Brasil

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.400
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
191
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Matriz de referencia_provinha_brasil

  1. 1. MATRIZ DE REFERÊNCIA SEGUNDO SEMESTRE – 2009
  2. 2. Presidência da República Federativa do BrasilMinistério da EducaçãoSecretaria ExecutivaPresidência do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio TeixeiraDiretoria de Avaliação da Educação Básica
  3. 3. ELABORAÇÃO:Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)Diretoria de Avaliação da Educação Básica (Daeb)Coordenação Geral do Sistema Nacional de Avaliação da Educação BásicaCOLABORADORES:Ministério da Educação (MEC)Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC)Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita da Universidade Federal de Minas Gerais (Ceale)Centro de Formação Continuada de Professores da Universidade de Brasília (Ceform)Centro de Formação Continuada, Desenvolvimento de Tecnologias e Prestação de Serviçospara as Redes Públicas de Ensino da Universidade Federal de Ponta Grossa (Cefortec)Centro de Estudos em Educação e Linguagem da Universidade Federal de Pernambuco (Ceel)Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz deFora (Caed)CONSULTORES:Hilda Aparecida Linhares da Silva MicarelloVera Masagão Ribeiro
  4. 4. PROVINHA BRASIL Matriz de Referência para Avaliação da Alfabetização e do Letramento Inicial Apropriação do Sistema de Escrita: habilidades relacionadas à 1º EIXO identificação e ao reconhecimento de princípios do sistema de escrita. Habilidade (descritor) Detalhamento da habilidade (descritor) Habilidades relacionadas à capacidade de diferenciar letras de outrosD1: Reconhecer letras. sinais gráficos, identificar pelo nome as letras do alfabeto ou reconhecer os diferentes tipos de grafia das letras. Identificar o número de sílabas que formam uma palavra por contagemD2: Reconhecer sílabas. ou comparação das sílabas de palavras dadas por imagens. Identificar em palavras a representação de unidades sonoras como:D3: Estabelecer relação entre o vogais nasalizadas;unidades sonoras e suas o letras que possuem correspondência sonora única (ex.: p,b, t,representações gráficas. d, f); o letras com mais de uma correspondência sonora (ex.:“c” e “g”); o sílabas. 2º EIXO LEITURA Habilidade (descritor) Detalhamento da habilidade (descritor) Identificar a escrita de uma palavra ditada ou ilustrada, sem que issoD4: Ler palavras. seja possível a partir do reconhecimento de um único fonema ou de uma única sílaba. Localizar informações em enunciados curtos e de sentido completo,D5: Ler frases. sem que isso seja possível a partir da estratégia de identificação de uma única palavra que liga o gabarito à frase. Localizar informação em diferentes gêneros textuais, com diferentesD6: Localizar informação tamanhos e estruturas e com distintos graus de evidência daexplícita em textos. informação, exigindo, em alguns casos, relacionar dados do texto para chegar à resposta correta. Antecipar o assunto do texto com base no suporte ou nasD7: Reconhecer assunto de características gráficas do gênero, ou ainda, em um nível maisum texto. complexo, reconhecer o assunto, fundamentando-se apenas na leitura individual do texto. Antecipar a finalidade do texto com base no suporte ou nasD8: Identificar a finalidade do características gráficas do gênero, ou ainda, em um nível maistexto. complexo, identificar a finalidade, apoiando-se apenas na leitura individual do texto.D9: Estabelecer relação entre Identificar repetições e substituições que contribuem para a coerência epartes do texto. a coesão textual. Inferir informação.D10: Inferir informação.Observações: – A Matriz de Referência da Provinha Brasil foi revisada para a edição de 2009. – Em função de limitações técnicas para a correção de questões abertas, não há itens de escrita no “Teste 2” e, dessa forma, o terceiro eixo não foi contemplado no segundo ciclo da avaliação, não estando descrito na Matriz de Referência. – Por questões técnicas, o Descritor 9 não foi contemplado no 2º teste. 3 2ºS/09-Teste02

×