Revisão 7 vícios de linguagem

6.095 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.095
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revisão 7 vícios de linguagem

  1. 1. Revisão 7
  2. 2. É provável que você játenha vivido situaçõescomunicativas em que ouso abusivo dogerúndio tenha causadocerta estranheza oudesconforto…GerundismoPor exemplo, ao entrar em contato com Call Centers, é comum ouvir:“Aguarde. Vamos estar transferindo sua ligação para o setor responsável”
  3. 3. O uso repetitivo do gerúndiotem nome próprio: endorréia.Sim, a palavra é parente dadiarréia, para alegria doshumoristas. Mas a vítima dogerundismo não é o gerúndioisolado, in natura, é a estrutura“vou estar + gerúndio”(Luiz Costa Pereira Jr. ,revista Língua )
  4. 4. O gerúndio foi demitido!!Reportagem exibida peloJornal da Globo, em 15 deNovembro de 2007.Disponível em: http://br.youtube.com/watch?v=0DTp0pnI4-I
  5. 5. Existe uma falsaimpressão de que ogerúndio trazvantagensestilísticas sobreoutros processos, oque não é verdade.
  6. 6. Linguagem pseudo-intelectual
  7. 7. Este vício de linguagemsimula a formalidade eevita compromisso coma palavra dada.Ao informar que vamos estar fazendo, nósnão dizemos quando vamos concluir oprocesso, mas que ele está em andamento. Aoouvir um "vamos estar resolvendo o seuproblema", não sabemos quem vai resolver,nem se vai fazê-lo.
  8. 8. PublicidadePropaganda veiculada pela TVaberta. Setembro, 2007.Produzida por Invent Trade(www.inventrade.com.br)Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=EvTreCnI05Y
  9. 9. O gerúndio é uma praga da linguagem cotidianaReportagem da RedeTv! Exibida em26 de Janeiro de 2009.Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=UauI263bVvo&feature=related
  10. 10. O uso corretoO gerúndio só é corretamente usadoquando transmite a ideia de movimento,progressão, duração, continuidade.Veja exemplos em que o gerúndio éempregado corretamente:“Em virtude do atraso, estaremosrecebendo o pagamento em conta correntenos dias 08 e 09 de setembro”“O que você vai fazer durante o fim desemana? Vai estar viajando? ”“Ele está fazendo a prova agora.”(Por Tiago Dantas.Equipe Brasil Escola)O uso adequado dá-se quando queremos comunicar ideia de eventos ou açõessimultâneas
  11. 11. Explique a circunstância que assegura aadequação do uso do gerúndio nesse caso.
  12. 12. Evitar o uso do gerúndio traz clareza ao enunciado, observe:
  13. 13. (fonte: http://tudibao.com.br/2010/05/estaremos-falando-de-gerundismo-a-praga-do-portugues.html)
  14. 14. LeituraEste artigo foi feito especialmente para que você possa estar recortando e possa estar deixandodiscretamente sobre a mesa de alguém que não consiga estar falando sem estar espalhando essapraga terrível da comunicação moderna, o gerundismo.Você pode também estar passando por fax, estar mandando pelo correio ou estar enviando pelaInternet. O importante é estar garantindo que a pessoa em questão vá estar recebendo estamensagem, de modo que ela possa estar lendo e, quem sabe, consiga até mesmo estar se dandoconta da maneira comotudo o que ela costuma estar falando deve estar soando nos ouvidos de quemprecisa estar escutando.Sinta-se livre para estar fazendo tantas cópias quantas você vá estar achando necessárias, de modo aestar atingindo o maior número de pessoas infectadas por esta epidemia de transmissão oral.Mais do que estar repreendendo ou estar caçoando, o objetivo deste movimento é estar fazendo comque esteja caindo a ficha das pessoas que costumam estar falando desse jeito sem estar percebendo.Nós temos que estar nos unindo para estar mostrando a nossos interlocutores que, sim!, pode estarexistindo uma maneira de estar aprendendo a estar parando de estar falando desse jeito.Até porque, caso contrário, todos nós vamos estar sendo obrigados a estar emigrando para algumlugar onde não vão estar nos obrigando a estar ouvindo frases assim o dia inteirinho.Sinceramente: nossa paciência está estando a ponto de estar estourando. O próximo "Eu vou estartransferindo a sua ligação" que eu vá estar ouvindo pode estar provocando alguma reação violenta daminha parte. Eu não vou estar me responsabilizando pelos meus atos.Manifesto Antigerundista(Para você estar passando adiante)
  15. 15. As pessoas precisam estar entendendo a maneira como essevício maldito conseguiu estar entrando na linguagem do dia-a-dia.Tudo começou a estar acontecendo quando alguém precisouestar traduzindo manuais de atendimento por telemarketing.Daí a estar pensando que "Well be sending it tomorrow" possaestar tendo o mesmo significado que "Nós vamos estarmandando isso amanhã" acabou por estar sendo só um passo.Pouco a pouco a coisa deixou de estar acontecendo apenas no âmbito dos atendentes detelemarketing para estar ganhando os escritórios. Todo mundo passou a estar marcandoreuniões, a estar considerando pedidos e a estar retornando ligações.A gravidade da situação só começou a estar se evidenciando quando o diálogo mais coloquialdemonstrou estar sendo invadido inapelavelmente pelo gerundismo.A primeira pessoa que inventou de estar falando "Eu vou tá pensando no seu caso" semquerer acabou por estar escancarando uma porta para essa infelicidade lingüística estar seinstalando nas ruas e estar entrando em nossas vidas.
  16. 16. Você certamente já deve ter estado estando a estar ouvindo coisas como "O que cê vai táfazendo domingo?", ou "Quando que cê vai tá viajando pra praia?", ou "Me espera, que eu voutá te ligando assim que eu chegar em casa".Deus. O que a gente pode tá fazendo pra que as pessoas tejam entendendo o que essenegócio pode tá provocando no cérebro das novas gerações?A única solução vai estar sendo submeter o gerundismo à mesma campanha de desmoralizaçãoà qual precisaram estar sendo expostos seus coleguinhas contagiosos, como o "a nível de", o"enquanto", o "pra se ter uma idéia" e outros menos votados.A nível de linguagem, enquanto pessoa, o que você acha de tá insistindo em tá falando dessejeito?"Ricardo Freire.Ricardo Freire é um publicitário e escritor. Desde 2005 dedica-se apenas a matérias sobre turismo e Trabalhou na W/Brasil ena Talent , São dele os bordões "Não é assim uma Brastemp" e"Folha: não dá para não ler". É autor de livros e escrevesemanalmente para o jornal O Estado de S. Paulo.
  17. 17. AmbiguidadeÉ a possibilidade de duplainterpretação da mensagem.“Onde está a cachorra da sua mãe?"(Que cachorra? A mãe ou a cadela criada pela mãe?)"Este líder dirigiu bem sua nação”("Sua"? Nação da 2ª ou 3ª pessoa (o líder)?).Dica 1: O pronome possessivo "seu/sua" gera muita confusãopor ser geralmente associado ao receptor da mensagem.Dica 2: A preposição "como" também gera confusão com overbo "comer" na 1ª pessoa do singular.A ambiguidade normalmente é resultado da máorganização das palavras na frase.
  18. 18. BarbarismoQuebrei a garrafa de vrido(vidro)Fizesse as pazes com tua irmã? (Fizeste)Os cobertores já estão drobados (dobrados)Estou com um pobrema (problema)Assine aqui com sua rúbrica (rubrica)É a divergência entre pronúncia,grafia e morfologia
  19. 19. Cacófato"Ele beijou a boca dela.“"Bata com um mamão para mim, por favor.”"Deixe ir-me já, pois estou atrasado.”"Instrumento para socar alho."É um som desagradável ou obscenoformado pela união das sílabas depalavras contíguas.
  20. 20. No cumeNo alto daquele cumePlantei uma roseiraO vento no cume bateA rosa no cume cheiraQuando vem a chuva finaSalpicos no cume caemFormigas no cume entramAbelhas do cume saemQuando cai a chuva grossaA água do cume desceO barro do cume escorreo mato no cume cresceEntão quando cessa a chuvaNo cume volta a alegriaPois torna a brilhar de novoO sol que no cume ardiaFalcãoOuça em:http://www.youtube.com/watch?v=wC6BQTZj2eg
  21. 21. Pleonasmo(tautologia)É a repetição inútil e desnecessária dealgum termo ou ideia na frase. Nessecaso, não é uma figura de linguagem, esim um vício (defeito) de linguagem.Também denominado pleonasmo estilístico, há o uso do pleonasmo como figura delinguagem para enfatizar algo em um texto. Grandes autores usam muito deste recurso.Nos seus textos os pleonasmos não são considerados defeitos de linguagem, e simpleonasmos literários.
  22. 22. humorDisponível em: http://www.youtube.com/watch?v=1nJ-pRn-0m8Observe o uso criativo dosvícios de linguagem feitopelos humoristas LeandroHassum e MarciusMelhem, na temporada deshows 2007/2008.
  23. 23. O sistemaSérie escrita por Fernanda Young , por(veiculada em 02/11/2007, pela RedeGlobo)disponível em:http://www.youtube.com/watch?v=KJseoedxnDENeste episódio, as personagens de Selton Melloe Graziela Moretto satirizam a utilização devícios de linguagem no cotidiano:• Barbarismo• Pleonasmo• Solecismo• Cacófato
  24. 24. Identifique os vícios de linguagem1
  25. 25. 2
  26. 26. 3
  27. 27. Organização e pesquisaProfa. Cláudia Heloísa C. AndriaContato: clauheloisa@yahoo.com.brFontesrevistalingua.uol.com.brGoogle imagensyoutube.comKibeloco.com.brInventrade.com.brjovemcurioso.com/2013/01/pleonasmo-vicioso-mais-usados-pelas.html

×