Planejamento e Avaliação Diagnostica EF-LP-2013

9.838 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre a utilização dos resultados de Língua Portuguesa da Avaliação em Processo no Planejamento 2013 - OT Planejamento, Diretoria de Ensino Leste 4, 14/02/2013.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.838
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
82
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planejamento e Avaliação Diagnostica EF-LP-2013

  1. 1. AVALIAÇÃO EM PROCESSO Língua Portuguesa PCNP responsável: Tânia Nunes Diretoria de Ensino Leste 4
  2. 2. Avaliação em Processo Em 2012 a abrangência da avaliação contemplou quatroanos/ séries distintos/as: o 6° e 7° do Ensino Fundamental (Ciclo II)e a 1ª e 2ª do Ensino Médio. Já em 2013, sua versão prevê a aplicação da avaliação atodas as séries do Ensino fundamental e Médio com o mesmoobjetivo de diagnosticar, por meio de instrumento padronizado, osaspectos da aprendizagem dos alunos que necessitam deatenção imediata. Esta avaliação tem por objetivo subsidiar a escola e osdocentes, com orientações para elaboração de pautas conjuntas,que resultem em planos de trabalho para os processos derecuperação da aprendizagem, não apenas nas disciplinas deLíngua Portuguesa e Matemática, mas em todas as disciplinas docurrículo..
  3. 3. Avaliação de Produção Textual Todas as séries farão a avaliação diagnóstica e tambémuma produção textual, atribuída na seguinte conformidade: 5ª série/6º ano – Gênero Conto 6ª série/7º ano – Gênero Narrativa de Aventura 7ª série/8º ano – Gênero Notícia 8ª série/9º ano – Gênero Receita Ensino Médio - Gênero Artigo de opinião Como nos anos anteriores, as escolas também receberãoo caderno de orientações ao professor , com sugestões deanálise da produção escrita e possíveis encaminhamentospedagógicos, para melhora da produção de texto realizadapelos alunos.
  4. 4. Grade de habilidades
  5. 5. Gabarito - Avaliação em Processo Apresentação :  15 questões objetivas compostas por quatro alternativas e uma produção textual todas as séries/anos do Ensino Fundamental;  • 15 questões objetivas compostas por quatro alternativas e uma produção textual para todas as séries do Ensino Médio.  A alternativa indicada pelo aluno, dirá em que nível ele se encontra, quanto a aquisição das competências e habilidades avaliadas.
  6. 6. Tabulação dos dados das séries
  7. 7. Tabulação dos dados da escola
  8. 8. Exemplo de uma sala de 6º ano/5ª série  Total : 40 alunos34 alunos no total não acertaram ou não souberamresponder a questão= 85% da sala não tem domínio da H20 (Distinguir umfato da opinião explícita)
  9. 9. Análise da questão
  10. 10. Avaliação em ProcessoSugestão de Análise em Língua Portuguesa P. 31 das Matrizes de Referência do Saresp
  11. 11. Questão 6Em qual das alternativas temos um fato?(A) A revista ajuda a fazer trabalhos escolares.(B) “a revista tem reconhecimento no cenárionacional...”(C) “...comprei a revista Superinteressante...”(D) A revista publica matérias interessantes sobrefutebol.
  12. 12. Análise da questão
  13. 13. Recomendações eOrientações Pedagógicas em Língua Portuguesa
  14. 14. Recomendação de análise da Produção EscritaOralidade: clareza na exposição das ideias argumentação coerente adequação da fala as diferentes situações de comunicaçãoLeitura: Compreensão do que foi lido Capacidade de expressar-se sobre o que leu; Reconhecimento e diferenciação dos diversos gêneros textuais já estudados Reconhecimento da adequação dos textos aos diferentes suportes sejam impressos ou digitais
  15. 15. Recomendação de análise da Produção EscritaProdução Escrita: Verifique a forma de registro doaluno(escolha lexical, uso aleatório depalavras, agrupamentos de letras,segmentação excessiva de palavras, trocasde letras, uso de sinais gráficos (garatujas) oudesenhos; marcas de oralidade utilização das convenções da escrita, ouseja, de maiúsculas e minúsculas, da corretaortografia e acentuação; utilização de hífens,aspas, travessões , paragrafia, etc
  16. 16. Sugestão de análise das Competências e Habilidades Construa sua própria grade de habilidades (séries/série), com maior defasagem em Língua Portuguesa, que foram apresentadas pela avaliação diagnóstica ; Tabule os dados para ajudar a definir as dificuldades mais encontradas, quem errou, por quê, como, as ideias apresentadas sobre o assunto, quais os equívocos mais comuns;
  17. 17. Sugestão de análise das Competências e Habilidades Elabore em conjunto com os professores planos de intervenção, para recuperação das habilidades com menor índice de acerto, apresentada pela avaliação diagnóstica; Os planos devem considerar metodologias e estratégias que sejam coerentes com o objetivo pedagógico e que permitam avaliar e checar a qualidade e a eficácia do próprio trabalho do professor;
  18. 18. Sugestão de trabalho na escola Ao elaborar os planos de intervenção, os professores devem selecionar e priorizar o tipo de atividade mais pertinentes a cada turma, quais os recursos materiais mais interessantes e necessários às suas aulas e também o tempo necessário para desenvolver o trabalho e principalmente refletir sobre o foco das avaliações internas e externas.
  19. 19. Sugestão de trabalho na escolaIdentificação dos alunos Aplicação de atividades individuais e deconforme a defasagem de grupo com níveis diferentes dehabilidades e/ou conteúdos dificuldade Novo planejamento : Resultado - Atividades sobre o conteúdo/habilidade de defasagem “A” Avaliações internas e externas - Atividades de Próxima sistematização sobre o avaliação que foi trabalhado “B” diagnóstica atividades - Atividades sobre o conteúdo /habilidade “C” e acompanhamento dos alunos - Proposição de atividades Registros de aula de novos desafios
  20. 20. Referências Bibliográficas Currículo do Estado de São Paulo: Linguagens, códigos e suas tecnologias/Secretaria da Educação: coordenação geral, Maria Inês Fini; coordenação de área, Alice Vieira. – São Paulo: SEE 2010 http://revistaescola.abril.com.br/planejamento-e- avaliacao/avaliacao/11-respostas-questoes-mais-comuns- recuperacao-594467.shtml?page=10 , acessado em 13 de fevereiro de 2013 Matrizes de Referência para a Avaliação Saresp:documento básico/Secretaria da Educação; coordenação geral, Maria Inês Fini.- São Paulo:SEE, 2009
  21. 21.  Obrigado Tânia Nunes delt4npe@see.sp.gov.br
  22. 22. Oficina Elaboração conjunta de um instrumento de coleta e análise dos dados referentes a avaliação diagnóstica, a partir de reflexões sobre:  Como melhorar os índices de acertos das habilidades exigidas, envolvendo todas a U.E.?  Apenas a utilização do material do Currículo é suficiente? Há necessidade de projetos e materiais didáticos complementares?  Como as avaliações internas estão sendo elaboradas? Com foco nos conteúdos ou com base na grade habilidades dos cadernos do aluno  Quais as inferências realizadas pelos professores na devolutivas das avaliações internas? Existe correção e análise em sala de aula ou apenas a atribuição de nota ?

×