OT Inglês

549 visualizações

Publicada em

Apresentação utilizada pelo PCNP Sabino na orientação técnica para professores de inglês do Ciclo II e Ensino Médio, realizada no Núcleo Pedagógico, em 08/10/12.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

OT Inglês

  1. 1. SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO - LESTE 4 NÚCLEO PEDAGÓGICO
  2. 2. O Ensino de Língua Estrangeira no Contexto Escolar: Letramentos Múltiplos PÚBLICO ALVO: PROFESSORES DE LEM PCNP RESPONSÁVEL – MÁRIO SABINO DA SILVA
  3. 3. INTRODUCTION Reflexão em grupo sobre algumas “crenças” no ensino de LI na escola. "Moita Lopes (1996) salienta a ideologia da falta deaptidão dos alunos de escolas públicas para aprenderlíngua estrangeira; no caso, o inglês. Tal ideologiaconstitui-se da crença de que os alunos de contextos maiscarentes, por possuírem uma vivência pobre em estímulosvoltados à aprendizagem de LE, acabam tendo poucaaptidão para a aprendizagem de línguas na escola.Essa visão encontra-se sustentada na concepção dedéficit linguístico de Bernstein, publicado em 1971. Paraele, as crianças da classe trabalhadora são expostas, emseu contexto social, a um código linguístico restrito,enquanto as crianças das classes mais favorecidas sãoexpostas a códigos mais elaborados. Isso justificaria ofato de as crianças pobres terem mais dificuldadede aprendizagem."
  4. 4. PERGUNTAComo professor de uma escola pública estadual, ecom base na sua prática pedagógica e experiênciaspessoais, você concorda com a afirmação de Moita Lopes? Justifique.
  5. 5. “Eles não aprendem português quanto mais inglês”. Expressa a ideologia da falta de aptidãopara aprender Línguas Estrangeiras em alunosde escola pública.
  6. 6. O Ensino de Língua Estrangeira no Contexto Escolar: Um Breve Histórico e as Orientações Metodológicas
  7. 7. A inclusão do ensino de LEMnas escolas brasileiras ocorreu,oficialmente, em 1855 quando seimplementou, no currículo dasescolas secundárias, a oferta defrancês inglês e alemão, em caráterobrigatório, e de italiano, em caráterfacultativo.
  8. 8. 1- Orientação de Ênfase Estruturalista - SABER.• Sistema de regras• Estrutura da língua• Estudo do léxico• Preenchimento de lacunas• Exercícios de aplicação de regras• Descontextualizados
  9. 9. 2- Orientação de Ênfase Comunicativa – FAZER• Funções comunicativas• Cumprimentar, trocar informações pessoais, perguntar e responder sobre acontecimentos• Teatralização da vida• Trabalha com as quatro habilidades – ler, falar, ouvir e escrever• Desenvolvimento da fluência no centro das atenções
  10. 10. 3- Orientação de Ênfase nos Letramentos Múltiplos. Desse modo, a ênfase comunicativa que, naprática, mal se instalou nas escolas, ou, quandomuito, ficou reduzida ao ensino de algumas funçõescomunicativas, fortemente influenciada peloestruturalismo, cede atualmente, espaço para umaterceira orientação que enfatiza os LetramentosMúltiplos.
  11. 11. Letramentos Múltiplos• Sustenta-se nas relações existentes entre os princípios – saber e fazer• Visão de ensino de línguas que seja capaz de promover autonomia intelectual• Maior capacidade de reflexão dos aprendizes• Contribui para a formação cidadã dos educandos
  12. 12. PROPOSTA ATUAL: Promover o conhecimento e o reconhecimento de si e do outro, traduzido em diferentes formas de interpretação do mundo, concretizadas nas atividades de produção oral eescrita, desenvolvidas em cada uma das etapas da escolarização.
  13. 13. Bibliografia BRASIL. Orientações Curriculares para o Ensino Médio – volume 1 – Linguagens, códigos esuas tecnologias. Brasília, MEC/SEB, 2006.BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental– Língua Estrangeira. Brasília, MEC/SEF, 1998.KERN, R. Literacy and language teaching. Oxford: Oxford University Press, 2000.SÃO PAULO. Proposta Curricular de Língua Estrangeira Moderna – Inglês 1º grau. São Paulo,SE/Cenp, 1988.SEDYCIAS, J. (Org). O ensino do espanhol no Brasil – passado, presente e futuro. São Paulo:Parábola Editorial, 2005.
  14. 14. CURSO DE INGLÊS ONLINE
  15. 15. As inscrições para a nova fase de atividades estão abertas e foram prorrogadas até 28/09/2012, no Espaço de projetos do Brasil na plataforma Schools Online: http://schoolsonline.britishcouncil.org/brazil-projects. Já temos professores inscritos dos países: Índia, Romênia, Taiwan, Reino Unido, Brasil.Investigando os Fenômenos da Natureza- Relatar para osdemais participantes como eles ocorrem no seu país e destacar o impacto negativo de suas interferênciasna natureza.Conhecer para preservar: Animais em Extinção - Osalunos selecionarão 5 animais em extinção de seu país ou de sua região, estudarão sobre eles e criarãocampanhas para sua preservação.Contos Folclóricos- Elaboração e apresentação de slides com um conto folclóricoregional. Os alunos irão pesquisar e escolher o conto preferido, posteriormente, escrevê-lo, ilustrá-loe compartilhá-lo.
  16. 16. Programa Inglês com Música
  17. 17. JOVENS EMBAIXADORES
  18. 18. SELEÇÃO DE COORDENADORESACOMPANHANTES DOS JOVENS EMBAIXADORES
  19. 19. Programa Ensino de Inglês como uma Língua Estrangeira http://www.capes.gov.br/
  20. 20. http://www.fulbright.org.br
  21. 21. www.conversationclube.blogspot.com.br
  22. 22. II Ciclo de palestras sobre o ensino de LEM: Usando o teatro para trazer o livro à vida Em 2012, a SEE e a Rede do Saber dão prosseguimento ao Ciclo dePalestras sobre o Ensino de LEM, com vários encontros para discutir técnicas eestratégias para o ensino de Línguas Estrangeiras Modernas nas nossas escolas.Além disso, as palestras pretendem promover o aperfeiçoamento linguístico dosparticipantes, com reflexos positivos no ensino de idiomas na rede.ASSISTAM A VIDEO CONFERÊNCIA NO LINK ABAIXOhttp://www.rededosaber.sp.gov.br/portais/Videoteca/tabid/179/language/pt-BR/Default.aspx

×