ATENÇÃOATENÇÃO
 AS IMAGENS E DADOS A SEGUIR SÃOAS IMAGENS E DADOS A SEGUIR SÃO
DE AUTORIA:DE AUTORIA:
 BRIGADA MILITAR;B...
FAZENDAFAZENDA
COQUEIROSCOQUEIROS
AGRÍCOLA - PECUÁRIA – FLORESTALAGRÍCOLA - PECUÁRIA – FLORESTAL
INDUSTRIAL E ENERGÉTICAIN...
FAZENDA COQUEIROSFAZENDA COQUEIROS
5 km de Carazinho5 km de Carazinho
Carazinho
Serraria
5 km
FAZENDA COQUEIROSFAZENDA COQUEIROS
Queima de lavouraQueima de lavoura
fev/2006fev/2006
Acampamento
MST
Lavoura
Queimada
13...
ÁRVORES CORTADASÁRVORES CORTADAS
Crimes AmbientaisCrimes Ambientais
Área Devastada
 A Fazenda Coqueiros pertence aosA Fazenda Coqueiros pertence aos
irmãos Felix T. Guerra e Vera G. C.irmãos Felix T. Guer...
SITUAÇÃO ATUALSITUAÇÃO ATUAL
 2.200 hectares com2.200 hectares com florestas nativasflorestas nativas
preservadas;preserv...
ACAMPAMENTO
SERRARIA MST
SÍTIO MOACIR CAVOL
MATA CILIAR PRESERVADA
RIO DA VÁRZEA
ENTORNOENTORNO
ACAMPAMENTOACAMPAMENTO
SER...
SITUAÇÃO ATUALSITUAÇÃO ATUAL
 Pertence a família Guerra há 98 anos;Pertence a família Guerra há 98 anos;
 A exploração a...
SITUAÇÃO ATUALSITUAÇÃO ATUAL
 Grau de Utilização da Terra (GUT):Grau de Utilização da Terra (GUT):
superior a 95%superior...
SITUAÇÃO ATUALSITUAÇÃO ATUAL
 A FAZENDA COQUEIROS vem sendo alvo deA FAZENDA COQUEIROS vem sendo alvo de
invasões e todo ...
ABRIL 2006ABRIL 2006
QUEIMA DA SERRARIAQUEIMA DA SERRARIA
INCÊNDIO 6 CASAS
FOTO RBS
AGOSTO 2006AGOSTO 2006
QUEIMA DE 6 CASASQUEIMA DE 6 CASAS
AGOSTO 2006AGOSTO 2006
QUEIMA DE 6 CASASQUEIMA DE 6 CASAS
FOTO
AÉREA
Acampamento
MST
Serraria queimada
QUEIMA DE 2 CAMINHÕESQUEIMA DE 2 CAMINHÕES
27/10/2006 – Prejuízo R$27/10/2006 – Prejuízo R$
170.000,00170.000,00
Acampamen...
Prejuízo R$ 170.000,00Prejuízo R$ 170.000,00
OBJETIVO: SABOTAGEMOBJETIVO: SABOTAGEM
CAMINHÕES QUEIMADOSCAMINHÕES QUEIMADOS...
INVASÃO DA SEDE DAINVASÃO DA SEDE DA
FAZENDA COQUEIROSFAZENDA COQUEIROS
11 ABRIL 200711 ABRIL 2007
Fotos: BM
AGRESSÕESAGRESSÕES
CRIME AMBIENTAL
CONFRONTOS COM A BRIGADA MILITAR
INCÊNDIO EM
SITUAÇÃO ATUALSITUAÇÃO ATUAL
 MSTMST alugou um terreno ao lado daalugou um terreno ao lado da
FAZENDA, de propriedade de ...
MOTIVOS DA ESCOLHAMOTIVOS DA ESCOLHA
DA FAZENDADA FAZENDA
COQUEIROSCOQUEIROS
 EMBORAEMBORA PRODUTIVAPRODUTIVA
foi escolhi...
MOTIVOSMOTIVOS
(continuação)(continuação)
 A FazendaA Fazenda
Coqueiros possuiCoqueiros possui
matas nativasmatas nativas...
Acampamentos: OAcampamentos: O
cerco à Fazendacerco à Fazenda
CoqueirosCoqueiros
 1- Acampamento Serraria1- Acampamento S...
Sítio Moacir CavolSítio Moacir Cavol
(4,5ha)(4,5ha) ERA ASSIM…ERA ASSIM…
ERA ASSIM…ERA ASSIM…
FICOUFICOU
ASSIM…ASSIM…
Açude Seco;Açude Seco;
aves, gadoaves, gado
mortos;mortos;
Casa depredadaCasa depredada
MST
MST
FICOU ASSIM…FICOU ASSIM…
Casa depredadaCasa depredada
Árvores e pasto cortadosÁrvores e pasto cortados
AcampamentosAcampamentos
 1 –1 – SERRARIA - 2006SERRARIA - 2006
 2 - JANDIR - 20042 - JANDIR - 2004
 3 – SARANDI – 2004...
MUTILAÇÃOMUTILAÇÃO ANIMAISANIMAIS
VIVOSVIVOSGado Rastreado
Corte com foice
ABIGEATÁRIO PRESOABIGEATÁRIO PRESO
PELA BM - 2007PELA BM - 2007
INVASÃO ABRIL 2007INVASÃO ABRIL 2007
corte de pneuscorte de pneus
JUNHO 2007JUNHO 2007
Tiro
MST
Corte de Pinus
DEVASTAÇÃODEVASTAÇÃO
FLORESTALFLORESTAL
NA ANNONI PELO MSTNA ANNONI PELO MST
Fazenda
Annoni
devastada
Fazenda
Coqueiros
pr...
ASSENTAMENTOSASSENTAMENTOS
 Fugitivos denunciam:Fugitivos denunciam:
estupros, uso de drogas, armas deestupros, uso de dr...
Cachaça que “sobrou”
apreendida pela BM na
Fazenda Coqueiros
MARÇO 2006
Barreira da BM emBarreira da BM em
SarandiSarandi
Menor de 13 anosMenor de 13 anos “casadacasada”, sem
documentação, recol...
LIMITAÇÕES DA BMLIMITAÇÕES DA BM
 A BM regional nos 3 últimos anos temA BM regional nos 3 últimos anos tem
atuado deatuad...
MST x BMMST x BM
COQUET
EL
PNEUS
CORTADOS
ENFRENTAMENTO
A PÉ
LANÇAS
CONTAMINADA
TRINCHEIRAS ETRINCHEIRAS E
LANÇAS ARTESANAISLANÇAS ARTESANAIS
BARREIRAS COMBARREIRAS COM
ESTACAS PONTIAGUDASESTACAS PONTIAGUDAS
E PEDRASE PEDRAS
Agressão das Marchas àAgressão das Marchas à
BM (ponte do Rio Turvo)BM (ponte do Rio Turvo)
outubro 2007outubro 2007
USO DE EXPLOSIVOSUSO DE EXPLOSIVOS
ESTOPI
IDENTIFICAÇÃOIDENTIFICAÇÃO
 É NECESSÁRIO OÉ NECESSÁRIO O REEQUIPAMENTO DASREEQUIPAMENTO DAS
POLÍCIAS MILITAR E CIVILPOLÍC...
O que estáO que está
sendo feitosendo feito
pelopelo
DIVULGAÇÃODIVULGAÇÃO
NA MÍDIANA MÍDIA
17-05-07
Entrega de CD sobre Fa...
O que estáO que está
sendo feitosendo feito
pelopelo
DIVULGAÇÃO NODIVULGAÇÃO NO
FÓRUM DA LIBERDADEFÓRUM DA LIBERDADE
PUC-R...
DIVULGAÇÃO EMDIVULGAÇÃO EM
EVENTOSEVENTOS
 PARTICIPAÇÃO NOPARTICIPAÇÃO NO
I FÓRUM RURALI FÓRUM RURAL
PELO DIREITO DEPELO ...
MANIFESTO À COMUNIDADE ESTADUAL
Considerando os últimos acontecimentos regionais, com ampla divulgação em toda imprensa, a...
FURTO DE ENERGIA
ELÉTRICA
ALIMENTOS PAGOS
COM RECURSOS PÚBLICOS
ALIMENTOS PAGOSALIMENTOS PAGOS
COM RECURSOSCOM RECURSOS
PÚBLICOSPÚBLICOS
ARROZ “ARROZ “IMPORTADOIMPORTADO””
PAGO COM VERBASPAGO COM VERBAS
PÚBLICASPÚBLICAS
ARROZ
URUGUAIO
TRANSPORTADO EMTRANSPORT...
ALIMENTOS PAGOSALIMENTOS PAGOS
COM VERBASCOM VERBAS
PÚBLICASPÚBLICAS
Fonte:BM
BEBIDAS PAGAS COMBEBIDAS PAGAS COM
RECURSOS PÚBLICOSRECURSOS PÚBLICOS
ALIMENTOS PAGOS COMALIMENTOS PAGOS COM
RECURSOS PÚBLICOSRECURSOS PÚBLICOS
BiscoitosBiscoitos
MuitoMuito
INFORMAÇÕESINFORMAÇÕES
 Fone: (54)Fone: (54) 3331293333312933
 E-mail:E-mail: srcsrc@sindicatoruralczo.org.br@sindicator...
Fazenda coqueiros
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fazenda coqueiros

469 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
469
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fazenda coqueiros

  1. 1. ATENÇÃOATENÇÃO  AS IMAGENS E DADOS A SEGUIR SÃOAS IMAGENS E DADOS A SEGUIR SÃO DE AUTORIA:DE AUTORIA:  BRIGADA MILITAR;BRIGADA MILITAR;  POLÍCIA CIVIL;POLÍCIA CIVIL;  PROPRIETÁRIOS DA FAZENDAPROPRIETÁRIOS DA FAZENDA COQUEIROS;COQUEIROS;  PRODUTORES RURAIS;PRODUTORES RURAIS;  IMPRENSA;IMPRENSA;  SINDICATO RURAL DE CARAZINHO.SINDICATO RURAL DE CARAZINHO.
  2. 2. FAZENDAFAZENDA COQUEIROSCOQUEIROS AGRÍCOLA - PECUÁRIA – FLORESTALAGRÍCOLA - PECUÁRIA – FLORESTAL INDUSTRIAL E ENERGÉTICAINDUSTRIAL E ENERGÉTICA
  3. 3. FAZENDA COQUEIROSFAZENDA COQUEIROS 5 km de Carazinho5 km de Carazinho Carazinho Serraria 5 km
  4. 4. FAZENDA COQUEIROSFAZENDA COQUEIROS Queima de lavouraQueima de lavoura fev/2006fev/2006 Acampamento MST Lavoura Queimada 130 ha INCÊNDIO CRIMINOSO FLORESTAS PRESERVADAS
  5. 5. ÁRVORES CORTADASÁRVORES CORTADAS Crimes AmbientaisCrimes Ambientais Área Devastada
  6. 6.  A Fazenda Coqueiros pertence aosA Fazenda Coqueiros pertence aos irmãos Felix T. Guerra e Vera G. C.irmãos Felix T. Guerra e Vera G. C. Barcellos, por sucessão.Barcellos, por sucessão.  Possui uma mini-hidrelétrica (redePossui uma mini-hidrelétrica (rede privada com 04 transformadores).privada com 04 transformadores).  A usinaA usina tem concessão federaltem concessão federal pelapela ANEELANEEL e está regularizada nae está regularizada na FEPAM-RSFEPAM-RS.. HISTÓRICOHISTÓRICO
  7. 7. SITUAÇÃO ATUALSITUAÇÃO ATUAL  2.200 hectares com2.200 hectares com florestas nativasflorestas nativas preservadas;preservadas;  580 ha reflorestados com pinus580 ha reflorestados com pinus  60 ha reflorestados com eucaliptus;60 ha reflorestados com eucaliptus;  Restante é cultivado com:Restante é cultivado com:  soja, milho, trigo, cevada;soja, milho, trigo, cevada;  pastagens de forrageiras de inverno epastagens de forrageiras de inverno e nativas, para pecuária de corte.nativas, para pecuária de corte. TOTAL: 7.000 haTOTAL: 7.000 ha
  8. 8. ACAMPAMENTO SERRARIA MST SÍTIO MOACIR CAVOL MATA CILIAR PRESERVADA RIO DA VÁRZEA ENTORNOENTORNO ACAMPAMENTOACAMPAMENTO SERRARIASERRARIA
  9. 9. SITUAÇÃO ATUALSITUAÇÃO ATUAL  Pertence a família Guerra há 98 anos;Pertence a família Guerra há 98 anos;  A exploração adota oA exploração adota o SISTEMA DESISTEMA DE PLANTIOPLANTIO DIRETODIRETO, que tem diversas, que tem diversas vantagens técnicas, econômicas evantagens técnicas, econômicas e ambientais.ambientais.  AA FAZENDA COQUEIROSFAZENDA COQUEIROS satisfaz todassatisfaz todas as exigências legaisas exigências legais, atingindo a sua, atingindo a sua função social – regularidadefunção social – regularidade documental, respeito às leis do meio-documental, respeito às leis do meio- ambiente e às que regulam as relaçõesambiente e às que regulam as relações de trabalho.de trabalho.
  10. 10. SITUAÇÃO ATUALSITUAÇÃO ATUAL  Grau de Utilização da Terra (GUT):Grau de Utilização da Terra (GUT): superior a 95%superior a 95% (Incra exige mais de 80%)(Incra exige mais de 80%)  Grau de Eficiência na Exploração:Grau de Eficiência na Exploração: Superior a 180%Superior a 180% (Incra exige acima de(Incra exige acima de 100%)100%)  Portanto éPortanto é PRODUTIVAPRODUTIVA..
  11. 11. SITUAÇÃO ATUALSITUAÇÃO ATUAL  A FAZENDA COQUEIROS vem sendo alvo deA FAZENDA COQUEIROS vem sendo alvo de invasões e todo o tipo de ilícitos penais, desdeinvasões e todo o tipo de ilícitos penais, desde 02 de abril de 2.004, tendo sido registradas:02 de abril de 2.004, tendo sido registradas:  + 08 de invasões de grande porte (acima de 150+ 08 de invasões de grande porte (acima de 150 invasores),invasores),  + de 110 ocorrências policiais, incluindo+ de 110 ocorrências policiais, incluindo + de 15 incêndios criminosos e+ de 15 incêndios criminosos e + de 100 cabeças de gado+ de 100 cabeças de gado abatidasabatidas INCÊNDIO SERRARIA FOTO RBS
  12. 12. ABRIL 2006ABRIL 2006 QUEIMA DA SERRARIAQUEIMA DA SERRARIA INCÊNDIO 6 CASAS FOTO RBS
  13. 13. AGOSTO 2006AGOSTO 2006 QUEIMA DE 6 CASASQUEIMA DE 6 CASAS
  14. 14. AGOSTO 2006AGOSTO 2006 QUEIMA DE 6 CASASQUEIMA DE 6 CASAS FOTO AÉREA Acampamento MST Serraria queimada
  15. 15. QUEIMA DE 2 CAMINHÕESQUEIMA DE 2 CAMINHÕES 27/10/2006 – Prejuízo R$27/10/2006 – Prejuízo R$ 170.000,00170.000,00 Acampamento Jandir - MST
  16. 16. Prejuízo R$ 170.000,00Prejuízo R$ 170.000,00 OBJETIVO: SABOTAGEMOBJETIVO: SABOTAGEM CAMINHÕES QUEIMADOSCAMINHÕES QUEIMADOS CARREGADOS COM SEMENTES ECARREGADOS COM SEMENTES E ADUBOS – 27/10/2006ADUBOS – 27/10/2006
  17. 17. INVASÃO DA SEDE DAINVASÃO DA SEDE DA FAZENDA COQUEIROSFAZENDA COQUEIROS 11 ABRIL 200711 ABRIL 2007 Fotos: BM
  18. 18. AGRESSÕESAGRESSÕES CRIME AMBIENTAL CONFRONTOS COM A BRIGADA MILITAR INCÊNDIO EM
  19. 19. SITUAÇÃO ATUALSITUAÇÃO ATUAL  MSTMST alugou um terreno ao lado daalugou um terreno ao lado da FAZENDA, de propriedade de JandirFAZENDA, de propriedade de Jandir Viebrantz, base de agressões, com oViebrantz, base de agressões, com o objetivo de:objetivo de: FORÇAR OSFORÇAR OS PROPRIETÁRIOS APROPRIETÁRIOS A OFERECEREM A FAZENDAOFERECEREM A FAZENDA COQUEIROS AOCOQUEIROS AO INCRA.INCRA.
  20. 20. MOTIVOS DA ESCOLHAMOTIVOS DA ESCOLHA DA FAZENDADA FAZENDA COQUEIROSCOQUEIROS  EMBORAEMBORA PRODUTIVAPRODUTIVA foi escolhida comofoi escolhida como alvo prioritário doalvo prioritário do MST e do MPAMST e do MPA (Movimento dos(Movimento dos Pequenos ProdutoresPequenos Produtores Assentados) ambosAssentados) ambos componentes dacomponentes da VIAVIA CAMPESINACAMPESINA..  Zero Hora 13/12/2006Zero Hora 13/12/2006
  21. 21. MOTIVOSMOTIVOS (continuação)(continuação)  A FazendaA Fazenda Coqueiros possuiCoqueiros possui matas nativasmatas nativas inteiramenteinteiramente preservadaspreservadas (6.000(6.000 araucárias, entrearaucárias, entre outras + de 100.000outras + de 100.000 folhosas).folhosas).
  22. 22. Acampamentos: OAcampamentos: O cerco à Fazendacerco à Fazenda CoqueirosCoqueiros  1- Acampamento Serraria1- Acampamento Serraria 2006 – lote2006 – lote contíguo a Serraria (5 ha)contíguo a Serraria (5 ha) 250 acampados250 acampados.. Sítio Moacir Cavol (4,5 ha) SerrariaAcampamento Serraria Invasão 2006
  23. 23. Sítio Moacir CavolSítio Moacir Cavol (4,5ha)(4,5ha) ERA ASSIM…ERA ASSIM…
  24. 24. ERA ASSIM…ERA ASSIM…
  25. 25. FICOUFICOU ASSIM…ASSIM… Açude Seco;Açude Seco; aves, gadoaves, gado mortos;mortos; Casa depredadaCasa depredada MST MST
  26. 26. FICOU ASSIM…FICOU ASSIM… Casa depredadaCasa depredada Árvores e pasto cortadosÁrvores e pasto cortados
  27. 27. AcampamentosAcampamentos  1 –1 – SERRARIA - 2006SERRARIA - 2006  2 - JANDIR - 20042 - JANDIR - 2004  3 – SARANDI – 20043 – SARANDI – 2004
  28. 28. MUTILAÇÃOMUTILAÇÃO ANIMAISANIMAIS VIVOSVIVOSGado Rastreado Corte com foice
  29. 29. ABIGEATÁRIO PRESOABIGEATÁRIO PRESO PELA BM - 2007PELA BM - 2007
  30. 30. INVASÃO ABRIL 2007INVASÃO ABRIL 2007 corte de pneuscorte de pneus
  31. 31. JUNHO 2007JUNHO 2007 Tiro MST Corte de Pinus
  32. 32. DEVASTAÇÃODEVASTAÇÃO FLORESTALFLORESTAL NA ANNONI PELO MSTNA ANNONI PELO MST Fazenda Annoni devastada Fazenda Coqueiros preservada
  33. 33. ASSENTAMENTOSASSENTAMENTOS  Fugitivos denunciam:Fugitivos denunciam: estupros, uso de drogas, armas deestupros, uso de drogas, armas de fogo, alcoolismo, menores grávidas.fogo, alcoolismo, menores grávidas.
  34. 34. Cachaça que “sobrou” apreendida pela BM na Fazenda Coqueiros MARÇO 2006
  35. 35. Barreira da BM emBarreira da BM em SarandiSarandi Menor de 13 anosMenor de 13 anos “casadacasada”, sem documentação, recolhida ao Conselho Tutelar Sarandi. Líder Alagoano Empresa VIASUL Venâncio Aires transportando ativistas
  36. 36. LIMITAÇÕES DA BMLIMITAÇÕES DA BM  A BM regional nos 3 últimos anos temA BM regional nos 3 últimos anos tem atuado deatuado de maneira positivamaneira positiva..  Faltam equipamentosFaltam equipamentos modernos paramodernos para serviços de inteligência, monitoramento eserviços de inteligência, monitoramento e também para a tropa atuar com segurançatambém para a tropa atuar com segurança contra barreiras, armamentos, fogo,contra barreiras, armamentos, fogo, escuridão, etc…escuridão, etc…
  37. 37. MST x BMMST x BM COQUET EL PNEUS CORTADOS ENFRENTAMENTO A PÉ LANÇAS CONTAMINADA
  38. 38. TRINCHEIRAS ETRINCHEIRAS E LANÇAS ARTESANAISLANÇAS ARTESANAIS
  39. 39. BARREIRAS COMBARREIRAS COM ESTACAS PONTIAGUDASESTACAS PONTIAGUDAS E PEDRASE PEDRAS
  40. 40. Agressão das Marchas àAgressão das Marchas à BM (ponte do Rio Turvo)BM (ponte do Rio Turvo) outubro 2007outubro 2007
  41. 41. USO DE EXPLOSIVOSUSO DE EXPLOSIVOS ESTOPI
  42. 42. IDENTIFICAÇÃOIDENTIFICAÇÃO  É NECESSÁRIO OÉ NECESSÁRIO O REEQUIPAMENTO DASREEQUIPAMENTO DAS POLÍCIAS MILITAR E CIVILPOLÍCIAS MILITAR E CIVIL COM APARATOCOM APARATO MODERNO E INFORMATIZADO PARAMODERNO E INFORMATIZADO PARA IDENTIFICAÇÃO DOS INVASORES.IDENTIFICAÇÃO DOS INVASORES.
  43. 43. O que estáO que está sendo feitosendo feito pelopelo DIVULGAÇÃODIVULGAÇÃO NA MÍDIANA MÍDIA 17-05-07 Entrega de CD sobre Faz. Coqueiros
  44. 44. O que estáO que está sendo feitosendo feito pelopelo DIVULGAÇÃO NODIVULGAÇÃO NO FÓRUM DA LIBERDADEFÓRUM DA LIBERDADE PUC-RS 16-18/ABRIL 2007PUC-RS 16-18/ABRIL 2007 Dr. Denis Rosenfield
  45. 45. DIVULGAÇÃO EMDIVULGAÇÃO EM EVENTOSEVENTOS  PARTICIPAÇÃO NOPARTICIPAÇÃO NO I FÓRUM RURALI FÓRUM RURAL PELO DIREITO DEPELO DIREITO DE PROPRIEDADE –PROPRIEDADE – SÃO GABRIEL –SÃO GABRIEL – 2006.2006. SEMINÁRIO SOBRE SEGURANÇA RURAL SR Passo Fundo - 2007
  46. 46. MANIFESTO À COMUNIDADE ESTADUAL Considerando os últimos acontecimentos regionais, com ampla divulgação em toda imprensa, as entidades abaixo signatárias vêm a público manifestar sua preocupação ante o clima de ameaça à tranqüilidade social e econômica, onde declarações públicas de determinados grupos apontam para a transgressão das leis vigentes, em especial a Constituição Federal do Brasil, colocando em risco o Estado Democrático e de Direito: 1) Em profundo respeito à legislação vigente, em especial a Constituição Federal do Brasil, as entidades vêm a público manifestar a defesa incondicional da livre iniciativa e do direito de propriedade; 2) Entendemos que o setor agropecuário é de vital importância na sustentação da economia regional e, de sua estabilidade, tranqüilidade e de seus investimentos dependem diretamente todos os demais segmentos econômicos; 3) A ação irresponsável de falsas lideranças, estimulando invasões, em flagrante atentado a direitos constitucionais, caracteriza clara intenção de afronta ao estado de direito; 4) Este clima de incerteza e apreensão, que se agrava no meio rural, já começa a se transferir também para o setor urbano, na medida em que a impunidade instalada no campo estimula a generalização de invasões. 5) Manifestar também o apoio ao Poder Judiciário e ao Ministério Público, às suas decisões e ações no respeito à Constituição Brasileira; 6) Enaltecer os setores de Segurança Pública, responsáveis em fazer cumprir as leis e as decisões judiciais, em manter a ordem pública na realização de seu trabalho; 7) As entidades signatárias do presente entendem que este cenário de incertezas não pode manter-se indefinidamente, sob pena de prejuízos irreparáveis à estabilidade sócio-econômica regional e a própria manutenção da ordem constitucional. Carazinho (RS), 26 de Outubro de 2007. ACIC – ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE CARAZINHO ARLSHT - LOJA MAÇÔNICA HONRA E TRABALHO - CARAZINHO CDL – CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE CARAZINHO SCV – SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA - CARAZINHO SR – SINDICATO RURAL DE CARAZINHO STR – SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS DE CARAZINHO SINDICATO RURAL DE PASSO FUNDO FARSUL – FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA DO RIO GRANDE DO SUL Manifesto publicado naManifesto publicado na Zero Hora – 26-10-2007 –Zero Hora – 26-10-2007 – p.3p.3
  47. 47. FURTO DE ENERGIA ELÉTRICA ALIMENTOS PAGOS COM RECURSOS PÚBLICOS
  48. 48. ALIMENTOS PAGOSALIMENTOS PAGOS COM RECURSOSCOM RECURSOS PÚBLICOSPÚBLICOS
  49. 49. ARROZ “ARROZ “IMPORTADOIMPORTADO”” PAGO COM VERBASPAGO COM VERBAS PÚBLICASPÚBLICAS ARROZ URUGUAIO TRANSPORTADO EMTRANSPORTADO EM CAMINHÃO BOIADEIROCAMINHÃO BOIADEIRO IGY6855 – MAA/LARA/RSIGY6855 – MAA/LARA/RS 24/03/2006 – 20:59 hs24/03/2006 – 20:59 hs
  50. 50. ALIMENTOS PAGOSALIMENTOS PAGOS COM VERBASCOM VERBAS PÚBLICASPÚBLICAS Fonte:BM
  51. 51. BEBIDAS PAGAS COMBEBIDAS PAGAS COM RECURSOS PÚBLICOSRECURSOS PÚBLICOS
  52. 52. ALIMENTOS PAGOS COMALIMENTOS PAGOS COM RECURSOS PÚBLICOSRECURSOS PÚBLICOS BiscoitosBiscoitos
  53. 53. MuitoMuito
  54. 54. INFORMAÇÕESINFORMAÇÕES  Fone: (54)Fone: (54) 3331293333312933  E-mail:E-mail: srcsrc@sindicatoruralczo.org.br@sindicatoruralczo.org.br  www.sindicatoruralczo.org.brwww.sindicatoruralczo.org.br  Carazinho – RSCarazinho – RS  Atualizado em 26/10/2007.Atualizado em 26/10/2007.

×