Apresentação Balanced Scorecard

7.441 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.441
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
227
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Balanced Scorecard

  1. 1. BALANCED SCORECARD - NR CONSTRUÇÃO E INCORPORAÇÃO LTDA GESTÃO DO CONHECIMENTO Adriana Reis Claudir Goehl Grace Spada Juliana Vicenzo Simone Cardoso Indaiatuba, Julho de 2009
  2. 2. BALANCED SCORECARD INTRODUÇÃO As empresas buscam de maneira intensiva, meios para se adequarem e reagirem as constantes mudanças ambientais. Para tanto, necessitam reestruturar sua forma de gestão, de modo a obter um adequado planejamento de suas atividades. O grande problema é que várias empresas têm dificuldades para se adaptarem a um novo cenário e isto implica submeter-se a mudanças bruscas no setor empresarial, diante disto a eficiência do seu planejamento estratégico é afetada, havendo a necessidade de adquirirem novos conceitos e técnicas de gestão. Indaiatuba, Julho de 2009
  3. 3. BALANCED SCORECARD OBJETIVO Demonstrar a importância da utilização do Balanced Scorecard, para uma maior confiabilidade das projeções de custos, rentabilidade, marketing, finanças, busca de novos mercados, etc. E identificar os meios de uma adequada estratégia para que os gestores possam tirar o máximo de benefício em prol da informação e assim contribuir para a otimização do desempenho das organizações. Indaiatuba, Julho de 2009
  4. 4. BALANCED SCORECARD O QUE É? • É uma consagrada forma de planejar e controlar empresas de qualquer porte. Unindo uma implantação rápida com controles altamente eficientes, tem revolucionado nos últimos anos a administração de empresas, permitindo níveis de eficiência antes impossíveis. • Para que haja sucesso na construção do Balanced Scorecard, é necessário a participação e comprometimento da alta administração e seu corpo de executivos. Sem isso, o BSC não dará certo, pois é uma iniciativa que busca a sinergia através de um processo sistemático, o consenso e a clareza sobre como traduzir a missão e a estratégia da organização em objetivos e medidas operacionais. Indaiatuba, Julho de 2009
  5. 5. BALANCED SCORECARD COMO FUNCIONA? Obtêm-se o consenso sobre os motivos para desenvolver o scorecard, identificando e chegando a um acordo quanto aos principais propósitos do projeto Definir-se a pessoa que será o responsável pelo projeto, pela organização, filosofia, metodologia e pelo desenvolvimento do scorecard. Indaiatuba, Julho de 2009
  6. 6. BALANCED SCORECARD CONTRUÇÃO DO BSC? Para a construção adequada do BSC são apresentadas quatro etapas que se seguidas produzirão um BSC útil e ajudarão a alcançar os objetivos do programa: 1- definição da arquitetura de indicadores; 2- O consenso em função dos objetivos estratégicos; 3- escolha e elaboração dos indicadores; 4- elaboração do plano de implementação; Indaiatuba, Julho de 2009
  7. 7. BALANCED SCORECARD EMPRESA NR CONSTRUÇÕES • A empresa surgiu em 1980 quando 3 amigos resolveram comprar um terreno e construir duas casas geminadas, onde na seqüência foram construídas 8 casas. • Com o término das vendas, foi dado início a construção de 42 casas em Alphavile, dando inicio a construtora NR. Indaiatuba, Julho de 2009
  8. 8. Financeiro • Objetivo Constancia no crescimento da construção civil • Indicador Lucro real 7,5% Crescimento de vendas 25% Crescimento de locações 67,5% Indaiatuba, Julho de 2009
  9. 9. Financeiro • Metas Aumento de 20% ao ano • Ações Melhoria no processo de compra Obra industrializada Indaiatuba, Julho de 2009
  10. 10. Cliente • Objetivo Rentabilidade e satisfação do cliente • Indicador Taxa de retorno 15% ao ano 80 % de retenção de clientes Indaiatuba, Julho de 2009
  11. 11. Cliente • Metas Aumento de 20% ao ano • Ações Melhoria na captação dos representantes qualificação informação e materiais Indaiatuba, Julho de 2009
  12. 12. Processo Interno • Objetivo Constante melhoria da qualidade na construção civil • Indicador Imóveis bem construídos Lançamento de novos loteamentos Indaiatuba, Julho de 2009
  13. 13. Processo Interno • Metas Em 1 ano • Ações Eliminar possíveis fatores naturais Excelência nas Obras e nos empreendimentos Indaiatuba, Julho de 2009
  14. 14. Aprendizado e Crescimento • Objetivo Desenvolver e qualificar a força de trabalho na construção civil • Indicador Conhecimento relacional (network) Conhecimento específico Conhecimento legal (jurídico) Indaiatuba, Julho de 2009
  15. 15. Aprendizado e Crescimento • Metas - Crescimento 10% no 1º ano 30% no 2º ano 70% no 3º ano • Ações Seleção qualificada de empresas tercerizadas Indaiatuba, Julho de 2009
  16. 16. Objetivos Perspectiva Mapa da Estratégia Indicadores Metas Ações estratégicos • Constancia no • Lucro real 7,5% • Aumento de • Melhoria no crescimento da • Crescimento de 20% ao ano processo de compra construção civil vendas 25% • Obra industrializada Lucro • Crescimento de Financeira locações 67,5% Receita • Rentabilidade e • Taxa de retorno • Aumento de • Melhoria na satisfação do 15% ao ano 20% ao ano captação dos cliente. • 80 % de retenção representantes Qualidade de clientes qualificação Clientes do informação e Produto materiais •Constante • Imóveis bem • Em 1 ano • Eliminar possíveis Excelênci melhoria da construídos fatores naturais a na qualidade na • Lançamento de • Excelência nas Processos Fabricaçã construção civil novos loteamentos Obras e nos Internos o empreendimentos Habilidade • Desenvolver e • Conhecimento • 10% no 1º ano • Seleção qualificada s Técnicas qualificar a força relacional de empresas • 30% no 2º ano de trabalho na (network) • 70% no 3º ano tercerializadas Aprendizado e construção civil • Conhecimento Capacitaçã crescimento o pessoal específico • Conhecimento Indaiatuba,legal (jurídico) Julho de 2009
  17. 17. Bibliografia KAPLAN, Robert S. e NORTON, David P. A estratégia em ação. Rio de Janeiro: Campus, 1997. www.resolvenet.com.br/cons_balance.asp acessado em 01/07/2009. Indaiatuba, Julho de 2009

×