Games, Transmídia e
Audiovisual Interativo
A Busca por
Modelos de Negócio Híbridos
A Busca por
Modelos de Negócio Híbridos...
TENDÊNCIAS
+Pessoas usando múltiplas telas
TENDÊNCIAS
+ convergência = novas possibilidades transmidiáticas
Economia Mjda Mjinformação Mj
Economia Mjda Mjexperiência Mj
Economia Mjda Mjcultura Mj Economia da gratuidade Mj
Economia...
CONFLUÊNCIA
Convergência tecnológica
Convergência de interesses
Convergência de processos
Combinação de modelos de
negócio...
inovação é recombinação
[Joseph Schumpeter]
Inovação em Serviços
característicasdos
clientesatuaise
potenciais
NOVO CONCEITO DE
SERVIÇO
NOVA INTERFACE COM
O CLIENTE
d...
Os negócios se transformam
game como audiovisual interativo?
game como audiovisual interativo?
NoseBoundFace Noir
Life is StrangeLa Noire Life is Strange
game como audiovisual interativo?
interação
imagem
som
ação
interação
isso é um game e/ou um filme interativo?
A inovação vem
como ondas
Nada do que foi será [Lulu Santos]
Design de Negócios Criativos
Prospecção
inovação ConcepçãoLançamento
Prototipagem
há diversas
ferramentas
Ateliê de Paul Cézanne. http://www.avignon-et-provence.com/aix-en-provence/cezanne-studio/#.UHwjmW...
Empreendedores
•trajetórias
•valores, objetivos
•estilos de vida
Números
•receita/despesa
•pto equilíbrio
•investimento
An...
menos é mais:
“AFINAL … o que você precisa saber?”
18http://talkintrashwithuhn.files.wordpress.com/2014/08/post-it-notes.j...
que lentes escolher?
o que observar?
Artistas
(+)
competências criativas
X
competências de negócio
Artistas
Designers
“Criativos”
Inovadores
Indústria
Competên...
Design visual
Modelos visuais favorecem a criatividade coletiva
menos é mais
Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos
análise da
cadeia de valor
mapa de
empatia
benchmarkingmodelo de
design do
...
Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos
análise da
cadeia de valor
Google TV ecosystem
http://www.broadstuff.com/archives/2207-Google-TV-and-the-beginning-of-the-Web-TV-Wars.html
http://www...
Cadeias e redes de valor
• Teia de valor
– Uma teia de firmas (ou indivíduos) “tece o valor”
• SELZ, Dorian, 1999, Value W...
Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos
análise da
cadeia de valor
mapa de
empatia
• Arquétipo é a
representação de um
“buyer (fã) persona”
Arquétipo
representação de um
cliente típico
• Descreve um conjun...
Mapa de Empatia (fã persona)
gamer personaExemplo
Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos
análise da
cadeia de valor
mapa de
empatia
benchmarkingbenchmarking
de valor
AgregaçãodeValor
Mapa de Valor "Cirque du Soleil"
Comparação e diferenciação “de valor”
AgregaçãodeValor
Atributos de Valo...
Modelos híbridos de negócio: Transmídia
Caso Sword Legacy
swordlegacy.com
linguagem 3D, a
la Disney anos 60
RPG single-player
história épica no
universo Arturiano
turn-based RPG
8 personagens
mitológicos
time configurável
sistema de estresse
time configurável
mecânicas únicas
sistema ...
Caso Sword Legacy: Narrativa no universo arthuriano
GAME
EVENTOS
Participação
em eventos
Jogo para PC
Parceria com
GURPS
M...
Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos
análise da
cadeia de valor
mapa de
empatia
benchmarkingbenchmarking
de valo...
Design da proposta de valor
Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos
análise da
cadeia de valor
mapa de
empatia
benchmarkingmodelo de benchmarki...
Canvas do Modelo de Negócio
Parceiros
O que os parceiros fazem melhor
que você ou a um menor custo (e
que pode alavancar s...
Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos
análise da
cadeia de valor
mapa de
empatia
benchmarkingmodelo de
design do
...
Matriz de Criação de Valor (caso restaurante japonês)
Valor Esperado X Valor Proposto
COMO
Valor Proposto
O QUE
Valor Espe...
Plano de Ação: Lean Startup
O que descobrimos
nesta versão do
modelo de negócio?
Quais clientes ou
especialistas podemos
e...
Fique de olhoFique de olho
nas ondas de inovação
Muito obrigado
Games, Transmídia e
Audiovisual Interativo
A Busca por
Modelos de Negócio Híbridos
Audiovisual Interativo
Claudio D´Ipolit...
Games, Transmídia e Audiovisual Interativo. Claudio Dipolitto Rio Info 2015.
Games, Transmídia e Audiovisual Interativo. Claudio Dipolitto Rio Info 2015.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Games, Transmídia e Audiovisual Interativo. Claudio Dipolitto Rio Info 2015.

722 visualizações

Publicada em

Discussão sobre a emergência de modelos híbridos de negócio (de conteúdo e entretenimento), propiciados pelas "economias baseadas em intangíveis" e pela confluência de diversos fatores, tais como: convergência tecnológica, convergência de processos, convergência de interesses, combinação de formatos, combinação de estratégias, combinação de modelos de negócio e combinação de modelos de receita.

Publicada em: Negócios
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
722
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Games, Transmídia e Audiovisual Interativo. Claudio Dipolitto Rio Info 2015.

  1. 1. Games, Transmídia e Audiovisual Interativo A Busca por Modelos de Negócio Híbridos A Busca por Modelos de Negócio Híbridos Claudio D’Ipolitto, D.Sc. Firecast StudioFirecast Studio www.firecaststudio.com br.linkedin.com/in/claudiodipolitto
  2. 2. TENDÊNCIAS +Pessoas usando múltiplas telas
  3. 3. TENDÊNCIAS + convergência = novas possibilidades transmidiáticas
  4. 4. Economia Mjda Mjinformação Mj Economia Mjda Mjexperiência Mj Economia Mjda Mjcultura Mj Economia da gratuidade Mj Economias Mjdo Mj Intangível Mj Economia Mjdo Mjconhecimento Mj Economia Mjem Mjrede Mj Economia Mjda Mjatenção Mj Economia da reputação MjEconomias Mjdo Mj Intangível Mj Economia Mjde Mjserviços Mj Economia Mjcriativa Mj
  5. 5. CONFLUÊNCIA Convergência tecnológica Convergência de interesses Convergência de processos Combinação de modelos de negócio e de receita Convergência de interesses Combinação de formatos Combinação de estratégias
  6. 6. inovação é recombinação [Joseph Schumpeter]
  7. 7. Inovação em Serviços característicasdos clientesatuaise potenciais NOVO CONCEITO DE SERVIÇO NOVA INTERFACE COM O CLIENTE dascaracterísticas dosserviçosexistentese concorrentes Marketing característicasdos clientesatuaise potenciais SERVIÇO (DIMENSÃO 1) O CLIENTE (DIMENSÃO 2) NOVO SISTEMA DE OPÇÕES TECNO- LÓGICAS (DIMENSÃO 4) conhecimentodascaracterísticas dosserviçosexistentese concorrentes NOVO SISTEMA DE PRODUÇÃO/ENTREGA (DIMENSÃO 2) capacidades, habilidades e atitudes dos trabalhadores atuais e da concorrência HERTOG, P. DEN, BILDERBEEK, R., 1998, Conceptualizing (Service) Innovation and the Knowledge Flow between KIBS and their Clients. Project SI4S Topical Paper 11. STEP- Studies in Technology, Innovation and Economic Policy. Oslo.
  8. 8. Os negócios se transformam
  9. 9. game como audiovisual interativo?
  10. 10. game como audiovisual interativo? NoseBoundFace Noir Life is StrangeLa Noire Life is Strange
  11. 11. game como audiovisual interativo? interação imagem som ação interação isso é um game e/ou um filme interativo?
  12. 12. A inovação vem como ondas Nada do que foi será [Lulu Santos]
  13. 13. Design de Negócios Criativos Prospecção inovação ConcepçãoLançamento Prototipagem
  14. 14. há diversas ferramentas Ateliê de Paul Cézanne. http://www.avignon-et-provence.com/aix-en-provence/cezanne-studio/#.UHwjmW9Y218
  15. 15. Empreendedores •trajetórias •valores, objetivos •estilos de vida Números •receita/despesa •pto equilíbrio •investimento Análise do Ambiente PEST ▪ regulação ▪ sociedade Campo (Bourdieu) DESCULPE MAS ... o mundo é complexo Negócio •visão 3D •essência •missão •objetivos •estilos de vida •relações Setor/Indústria •estrutura, agentes •dinâmica, forças •conversão de capitais •investimento •captação SWOT Campo (Bourdieu) campo, agentes, poder capitais: cultural, social, econômico, simbólico Mercado •público, nicho Produto/ /Serviço Empresa •valores •estratégia •competências •recursos, estrutura Processo de Inovação •fontes e atividades •difusão/adoção •ecossistema QFD: matriz causa-efeito Dinâmica do Setor Capitais do Conhecimento humano ▪ estrutural relacional ▪ ambiental BMG Canvas Estrutura da Indústria: 5F[orças] clientes ▪ fornecedores concorrentes ▪ entrantes substitutos rede/teia de valor 4 Ps produto ▪ preço ‘ponto’ ▪ promoção •público, nicho •valor percebido •plano de mkt •projeções /Serviço •valor •decisões Processos •operações matriz de valor (oc.azul) customer development MVP: mínimo produto viável Dinâmica do Setor fatia x crescimento atratividade mapa de empatia
  16. 16. menos é mais: “AFINAL … o que você precisa saber?” 18http://talkintrashwithuhn.files.wordpress.com/2014/08/post-it-notes.jpg?w=594
  17. 17. que lentes escolher? o que observar?
  18. 18. Artistas (+) competências criativas X competências de negócio Artistas Designers “Criativos” Inovadores Indústria CompetênciaEssencial Criação Seguidores Indústria (-)CompetênciaEssencial (-) Competências de Negócio (+) para construção de ativos complementares (DEUTSCHER, 2014)
  19. 19. Design visual Modelos visuais favorecem a criatividade coletiva
  20. 20. menos é mais
  21. 21. Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos análise da cadeia de valor mapa de empatia benchmarkingmodelo de design do negócio benchmarking de valor proposta de valor modelo de negócio
  22. 22. Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos análise da cadeia de valor
  23. 23. Google TV ecosystem http://www.broadstuff.com/archives/2207-Google-TV-and-the-beginning-of-the-Web-TV-Wars.html http://www.broadsight.com/
  24. 24. Cadeias e redes de valor • Teia de valor – Uma teia de firmas (ou indivíduos) “tece o valor” • SELZ, Dorian, 1999, Value Webs - Emerging Forms of Fluid and Flexible Organizations, Ph.D. Dissertation, University of St. Gallen.
  25. 25. Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos análise da cadeia de valor mapa de empatia
  26. 26. • Arquétipo é a representação de um “buyer (fã) persona” Arquétipo representação de um cliente típico • Descreve um conjunto de preferências, hábitos, valores, locais … • Ajuda a formular uma hipótese sobre quem sãohipótese sobre quem são ou poderão ser os clientes • É um personagem fictício que representa o público imaginado.
  27. 27. Mapa de Empatia (fã persona)
  28. 28. gamer personaExemplo
  29. 29. Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos análise da cadeia de valor mapa de empatia benchmarkingbenchmarking de valor
  30. 30. AgregaçãodeValor Mapa de Valor "Cirque du Soleil" Comparação e diferenciação “de valor” AgregaçãodeValor Atributos de Valor Soleil Ringling Pequenos
  31. 31. Modelos híbridos de negócio: Transmídia
  32. 32. Caso Sword Legacy swordlegacy.com
  33. 33. linguagem 3D, a la Disney anos 60 RPG single-player história épica no universo Arturiano
  34. 34. turn-based RPG 8 personagens mitológicos time configurável sistema de estresse time configurável mecânicas únicas sistema de estresse
  35. 35. Caso Sword Legacy: Narrativa no universo arthuriano GAME EVENTOS Participação em eventos Jogo para PC Parceria com GURPS Modelos híbridos de negócio: Transmídia EVENTOS HQ LIVRO FACEBOOK Posts sobre o universo do Rei Arthur História da saga principal do universo Série de 4 capítulos com a história de cada personagem chave em eventos de COSPLAY TV Série de 13 capítulos por temporarada Rei Arthur
  36. 36. Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos análise da cadeia de valor mapa de empatia benchmarkingbenchmarking de valor proposta de valor
  37. 37. Design da proposta de valor
  38. 38. Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos análise da cadeia de valor mapa de empatia benchmarkingmodelo de benchmarking de valor proposta de valor modelo de negócio
  39. 39. Canvas do Modelo de Negócio Parceiros O que os parceiros fazem melhor que você ou a um menor custo (e que pode alavancar seu modelo de negócio?) Atividades-Chave Quais são as atividades-chave e quão difícil é executá-las (você ou terceiros)? Proposta de Valor (Benefício) Que problema de seu cliente você está resolvendo (ou que oportunidade está criando para ele) e por que ele vai preferir você e não seu concorrente? Relacionamentos Que tipo de relacionamento seu cliente espera que você estabeleça e mantenha com ele? Clientes/Públicos Quem são seus clientes (públicos, fans, admiradores, benefic iados)? Que necessidades, desejos, aspirações e potenciais eles têm? 6 4 Recursos-Chave Quais são os recursos-chave e quão difícil é obtê-los ou desenvolvê-los (para você ou terceiros)? Canais de Distribuição Através de que meios seu cliente quer ser alcançado e atendido por você? 9 1 6 7 4 3 2 Estrutura de Custos (Despesas) Quais são os custos para a viabilização de seu modelo de negócio? A estrutura de custo é consistente com a ideia central de seu modelo de negócio? Fluxos de Receita e Precificação Que valor seus clientes/públicos/fans estão realmente dispostos a pagar e como irão fazer o pagamento? Caso eles não paguem diretamente, quem pagará por eles, quanto e como? Que receitas não-financeiras (simbólicas, de reputação, sociais, ambientais) existem? 7 3
  40. 40. Design do Negócio: Processo, Modelos e Métodos análise da cadeia de valor mapa de empatia benchmarkingmodelo de design do negócio benchmarking de valor proposta de valor modelo de negócio
  41. 41. Matriz de Criação de Valor (caso restaurante japonês) Valor Esperado X Valor Proposto COMO Valor Proposto O QUE Valor Esperado Serviços básicos Serviços adicionais Cardápio japonês Show do chef (preparo na mesa) Localização e estacionamento Mesas para 8 pessoas 1 chef para 2 mesas Chef japonês Decoração, mesas Hibachi Bar p/ “espera ativa e sem stress”mesa) stress” RESULTADOS PARA O CLIENTE Experiência de um restaurante exótico X X X X X Rapidez X X X X Fácil acesso X Ambiência “japonesa” X X X X Experiência positiva X X X X X X Tranquilidade eTranquilidade e confiabilidade X X X X Preço “justo” X X X X RESULTADOS PARA A EMPRESA Produtividade/custo X X X X X X X Utilização de capacidade X X X X Vantagem competitiva Barreiras à entrada X X X X
  42. 42. Plano de Ação: Lean Startup O que descobrimos nesta versão do modelo de negócio? Quais clientes ou especialistas podemos entrevistar para melhorar a próxima versão dos modelos de negócio?modelos de negócio? Que dúvidas ainda temos? Como seguimos testando e refinando nossa hipótese de negócio?
  43. 43. Fique de olhoFique de olho nas ondas de inovação Muito obrigado
  44. 44. Games, Transmídia e Audiovisual Interativo A Busca por Modelos de Negócio Híbridos Audiovisual Interativo Claudio D´Ipolitto, D.Sc.

×