Assepsia cirúrgica

5.735 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.735
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Assepsia cirúrgica

  1. 1.  Inês costa; Cláudia Santos; SusanaCarvalhoFundamentos IEnfermagem IProf. Margarida FerreiraESSJP – Gulpilhares
  2. 2. Centra-se nas medidas para prevenir acontaminação completa demicrorganismos ou agentes passíveis decausar infecção.Esterilização Processo que permite a destruição detodos os microrganismos(patogénicos/não-patogénicos) de umdeterminado local/tecido. Ex: instrumentos cirúrgicos, panos decampo e compressas cirúrgicas [1]
  3. 3. 1. Objectos estéreis devem ser colocados emcampos estéreis, que por sua vez devem estarcolocados sobre uma superfície limpa.2. Quando um objecto esterilizado toca em algonão esterilizado, considera-se como não-esterilizado.3. Uma embalagem com produtos esterilizadosaberta, considera-se contaminada.4. Um item só é esterilizado se estiver dentro doprazo de validade, estipulado na suaembalagem.5. Em caso de duvida, acerca da esterilidade dealgum objecto esterilizado, considera-se, não-esterilizado.
  4. 4. 6. Um espirro, respiração abundante, outosse sobre o campo esterilizado, vaicontaminá-lo.
  5. 5. Devemos abrir asembalagens…
  6. 6.  [1] – inHttp://pt.scribd.com/doc/44608115/Assepsia-cirurgica

×