SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
TÓPICO 18. CIDADES SUSTENTÁVEIS OP- 40 CIDADES SUSTENTÁVEIS
TEXTO 1- A Agenda 21 trata de questões relacionadas ao espaço de           ATIVIDADES-1
vivência e a construção de uma ecocidadania referenciada na participação 1- Do que trata a Agenda 21?
da elaboração e implementação de políticas públicas sustentáveis em        2- Dentre as ações da AGENDA 21, quais se referem ás
nível local. Entre as ações estão o Orçamento Participativo, Plano Diretor cidades?
e Estatuto da Cidade. A execução delas envolve instituições públicas,      3- Quem deve ser envolvido na execução da AGENDA
organizações não-governamentais e a comunidade local.                      21?


TEXTO 2- A Agenda 21 brasileira contempla o desenvolvimento de seis eixos: Agricultura                   ATIVIDADES-2
Sustentável, Cidades Sustentáveis, Infra-estrutura e Integração Regional, Gestão dos Recursos            1- Quais são os eixos de
Naturais, Redução das Desigualdades Sociais e Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento                atuação da AGENDA 21
Sustentável. Antigamente as grandes cidades dos países subdesenvolvidos eram pólo de atração             BRASILEIRA?
de imigrantes por causa das melhores oportunidades de emprego, acesso à vida cultural e social,          2- Como era a situação da
mas hoje está acontecendo o contrário, ou seja, a busca por cidades menores, com menos                   migração antigamente e hoje?
poluição, violência e tráfego, a busca hoje se resume em: qualidade de vida. Qualidade de vida           3- A que está associada a
essa que deve estar associada a um lugar onde haja revitalização urbana com a humanização dos            qualidade de vida buscada hoje
espaços coletivos, o incremento dos espaços de lazer, à instalação e habitações de interesse             pelos moradores das cidades e
social, à preocupação com os aspectos ecológicos, à valorização dos marcos históricos e                  migrantes?(Responda com 2
simbólico, com participação da comunidade para decidir sobre essas questões junto com o poder            palavras)
público, a isso chamamos cidade sustentável                                                              4- O que é cidade sustentável?
• As características das cidades sustentáveis são: educação ambiental e patrimonial, planejamento        5- Quais são as características
e gestão do uso do solo, monitoramento da qualidade ambiental, mobilização social, preservação           de uma cidade sustentável?
do patrimônio cultural e artístico, geração de trabalho e renda, erradicação da fome e da exclusão.

TEXTO 3- ESTATUTO DA CIDADE (Decreto-lei:10.257 de 10/07/01)                  ATIVIDADES-3 De acordo com o ESTATUTO DA CIDADE
1. Direito à terra urbana, à moradia, ao saneamento ambiental, à infra-       escreva certo ou errado:
estrutura urbana, ao transporte e aos serviços públicos, ao trabalho e ao     (    ) O Estatuto prevê que todos tenham acesso a
lazer, para as presentes e futuras gerações;                                  moradia, transporte, serviços públicos, trabalho e lazer
2. Gestão democrática por meio da participação da população e de              (     ) O Estatuto não prevê o direito a terra urbana para as
associações representativas dos vários segmentos da comunidade na             gerações futuras.
formulação, execução e acompanhamento de planos, programas e                  (      ) O Estatuto prevê uma gestão democrática das
projetos de desenvolvimento urbano;                                           cidades, por meio da participação da população na
3. Cooperação entre os governos, a iniciativa privada e os demais             formulação, execução e acompanhamento de planos,
setores da sociedade no processo de urbanização, em atendimento ao            programas e projetos de desenvolvimento urbano.
interesse social;                                                             (       ) O Estatuto prevê o controle do uso do solo para
4. Planejamento do desenvolvimento das cidades, da distribuição               que esse não seja utilizado de forma inadequada, ou seja,
espacial da população e das atividades econômicas do município e do           para que seu uso não gere tráfego, poluição, degradação
território sob sua influência, de modo a evitar e corrigir as distorções do   ambiental, destruição das áreas urbanizadas, especulação
crescimento urbano e seus efeitos negativos sobre o meio ambiente;            imobiliária
5. Oferta de equipamentos urbanos e comunitários, transporte e serviços       (       ) O Estatuto prevê que o uso do solo tenha alta
públicos adequados aos interesses e necessidades da população e às            produtividade agrícola.
características locais;                                                       (       ) O Estatuto prevê que sejam oferecidos transporte e
6. Ordenação e controle do uso do solo, de forma a evitar a utilização        serviços públicos adequados as necessidades da
inadequada dos imóveis urbanos; a proximidade de usos incompatíveis           população.
ou inconvenientes; o parcelamento do solo, a edificação ou o uso              (       ) O Estatuto prevê que o desenvolvimento das
excessivos ou inadequados em relação à infra-estrutura urbana; a              cidades seja planejado, de modo a evitar e corrigir as
instalação de empreendimentos ou atividades que possam funcionar              distorções do crescimento urbano e seus efeitos negativos
como pólos geradores de tráfego, sem a previsão da infra-estrutura            sobre o meio ambiente;
correspondente; a retenção especulativa de imóvel urbano, que resulte         (        ) O Estatuto prevê exista cooperação entre os
na sua subutilização ou não utilização; deterioração das áreas                governos, a iniciativa privada e a sociedade no processo
urbanizadas; a poluição e a degradação ambiental;                             de urbanização para que todos tenham seus interesses
7. Adoção de padrões de produção e consumo de bens e serviços e de            atendidos.
expansão urbana compatíveis com os limites da sustentabilidade                (        ) O Estatuto prevê a adoção de padrões de
ambiental, social e econômica do município e do território sob sua área       produção e consumo e de expansão urbana compatíveis
de influência;                                                                com a sustentabilidade ambiental, social e econômica.
8. Investimentos geradores de bem-estar geral e a fruição dos bens            (        ) O Estatuto prevê exclusivamente a proteção,
pelos diferentes segmentos sociais;                                           preservação e recuperação do meio ambiente natural.
9. Proteção, preservação e recuperação do ambiente natural e                  (         ) O Estatuto prevê a preservação do ambiente
construído, do patrimônio cultural,histórico,artístico,paisagístico e         natural e também do ambiente construído: como patrimônio
arqueológico;                                                                 cultural, histórico, artístico, paisagístico e arqueológico.
10. Regularização fundiária e urbanização de áreas ocupadas por               (          ) O Estatuto prevê a urbanização e desocupação
população de baixa renda mediante o estabelecimento de normas                 de áreas ocupadas por população de baixa renda.
especiais de urbanização, uso e ocupação do solo e edificação                 (          ) O Estatuto prevê a regulamentação da posse da
considerados a situação socioeconômica da população e as normas               terra (Fundiária)
ambientais

TEXTO 4- Cidade sustentável – onde há planejamento e gestão urbana                  ATIVIDADES-4
concentrados, na inclusão de todos os moradores aos bens sociais como               1-Que tipo de cidades são chamadas de cidades
saneamento ambiental, moradia, saúde, educação, lazer, transporte, trabalho         sustentáveis?
para as presentes e futuras gerações. Nela os equipamentos urbanos e                2- O que deve acontecer para que a cidade seja
comunitários como transporte e serviços públicos são adequados aos                  sustentável?
interesses e necessidades da população; há ordenação e controle do uso do           3- Para que a cidade seja sustentável é necessário
solo, de forma a evitar:                                                            que o uso do solo urbano seja ordenado e
 a utilização inadequada dos imóveis urbanos; a proximidade de usos                 controlado, marque as opções que contrariam essa
incompatíveis ou inconvenientes, como: prostíbulos, ponto de drogas, etc.; a        característica:
edificação ou o uso excessivo ou inadequado em relação à infra-estrutura            ( ) utilização adequada dos imóveis urbanos;
urbana; a instalação de empreendimentos ou atividades que possam funcionar          ( ) afastamento de prostíbulos e ponto de drogas;
como pólos geradores de tráfego e engarrafamentos;a retenção especulativa           ( ) a instalação de comércios em lugares que
de imóvel urbano, que resulte na sua subutilização ou não utilização; a             gerem tráfego e engarrafamentos.
deterioração das áreas urbanizadas; a poluição e a degradação ambiental;            ( ) não vender lotes ou casas de modo que essa
Para que isso acontece é necessário que haja investimentos geradores de             retenção seja especulativa e resulte na subutilização
bem-estar geral para a população e a facilidade de acesso de bens pelos             ou não utilização do solo urbano;
diferentes segmentos sociais, além de proteção, preservação e recuperação do        ( ) preservação das áreas urbanizadas;
meio ambiente natural e construído, do patrimônio cultural, histórico, artístico,   ( ) poluição e a degradação ambiental;
paisagístico e arqueológico

 TEXTO 5- Plano Diretor – é uma lei municipal aprovada na Câmara dos            ATIVIDADES-5
Vereadores que regulamenta o cumprimento da função social da                    1-O que é Plano Diretor?
propriedade no município tem que ter a participação da população, é uma         2- Em que documento está previsto a construção de
política urbana municipal com prioridade na cidade e seu solo urbano que        cidades sustentáveis?
procura evitar a especulação urbana e efetiva a função social da cidade.        3- Em que lei maior está previsto a construção do Plano
O Plano Diretor visa promover o planejamento urbano sustentável e sua           Diretor e o Código de Postura dos municípios?
meta é a qualidade de vida das pessoas que moram em cidades com mais            4- Marque (X) nos objetivos do Plano Diretor?
de 20.000 habitantes, além da proteção ambiental imprescindível a essa          ( ) promover o planejamento urbano sustentável
qualidade. O planejamento urbano sustentável deverá dar uma função              ( ) melhorar a qualidade de vida das pessoas que
social às propriedades ociosas, acabando com os vazios urbanos e a              moram em cidades com mais de 20.000 habitantes
especulação imobiliária. Toda cidade terá também seu Código de Postura,         ( ) proteção ambiental
que deverá ser aprovado pela Câmara Municipal. Todos eles são previstos         ( ) dar função social às propriedades ociosas
na Constituição Federal de 1988. Conhecer e participar das ações para a         acabando com os vazios urbanos e a especulação
construção de cidades sustentáveis como está previsto na Agenda 21              ( ) participar das ações para a construção de cidades
compõe com um projeto pedagógico comprometido com a formação cidadã.            sustentáveis

TEXTO 6- Planejamento urbano – são intervenções no espaço urbano,            ATIVIDADES-6
focadas na regulação de leis que estabelecem padrões adequados a             1-O que é Plano Diretor?
uma urbanização eficaz. Incluem as leis de parcelamento do solo,             2- O que é o Estatuto das cidades?
zoneamento de uso e ocupação específico, os códigos de obras, as             3- O que é uma ocupação predatória do solo?
diretrizes de ação pública para áreas de educação, cultura e ambiente.       4- Que lugares são considerados pelo poder público áreas
Estatuto da Cidade – Projeto de Lei aprovado no Congresso em 2001            de uso restrito?
que contêm instrumentos para o cumprimento da função social da               5- Por que essas áreas são desvalorizadas no mercado
cidade: maior poder público de intervenção sobre o mercado de terras         formal?
promovendo assentamentos informais; ampliação da gestão                      6- Sobre o texto acima, marque V ou F
democrática da cidade; realização dos Planos Diretores nos municípios,       ( ) Planejamento Urbano são intervenções no espaço
adoção de padrões de produção e consumo e de expansão urbana                 urbano que regulamentam de leis para uma urbanização
compatíveis a sustentabilidade ambiental; regularização fundiária e          eficaz.
urbanização de áreas ocupadas por população de baixa renda                   ( ) Dentro do Planejamento Urbano estão leis de ação
considerados as normas ambientais.                                           pública para áreas de educação, cultura e meio ambiente.
Ocupação predatória na cidade – corresponde à ocupação geradora              ( ) Estatuto da Cidade é um projeto de Lei que tem o
de problemas ambientais: beiras de córrego, dunas, mangues, restingas,       objetivo de fazer a cidade cumprir sua função social.
escarpas, serras, áreas de mananciais. São declaradas pelo poder             ( ) O Estatuto da Cidade prevê a realização dos Planos
público áreas de uso restrito para edificação e uso. Por serem               Diretores nos municípios.
desvalorizadas no mercado formal concentram a população segregada e          ( ) O Estatuto da Cidade prevê o crescimento sustentável
periférica que convive com as questões ambientais como enchentes,            das cidades através de mudanças no produção e
erosões, lixo, poluição das águas e carências de serviços urbanos.           diminuição do consumo.

 TEXTO 7- Orçamento Participativo – É uma lei de caráter público elaborada e aprovado no espaço público, através de discussões e
emendas feitas pelos vereadores na Câmara. A Constituição de 1988 define três instrumentos integrados para a elaboração do
orçamento, que visam o planejamento das ações do poder público. São eles:
1-) Plano Plurianual (PPA): prevê as despesas com programas, obras e serviços que durem mais de um ano. No 1º ano de governo, o
prefeito deve propor diretrizes, metas e objetivos que, após aprovação, terão vigência nos próximos três anos de sua gestão e no 1º
ano da gestão seguinte. É do PPA que saem as metas para cada ano de gestão.
 2-) Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO): a partir do PPA, define as metas e prioridades para o ano seguinte e regras sobre
mudanças nas leis de impostos, finanças e pessoal, além de estabelecer orientações de como elaborar o orçamento anual.
3-) Lei Orçamentária Anual (LOA): consiste no orçamento propriamente dito. Contêm os programas, projetos e atividades que
contemplam as metas e prioridades estabelecidas na LDO, juntamente com os recursos necessários para o seu cumprimento. Dessa
forma, define as fontes de receita e autoriza as despesas públicas, expressas em valores, detalhando-as por órgão de governo e por
função. Autoriza a abertura de créditos suplementares ou a realização de empréstimos pelo prefeito, sem autorização da Câmara.
ATIVIDADES-7
1-O que é o Orçamento Participativo?
2- Que instrumentos são integrados para o planejamento das ações do poder público?
Relacione:
(1) Plano Plurianual                            (2) Lei de Diretrizes Orçamentárias          (3) Lei Orçamentária Anual
( ) define leis de impostos, mudanças nas finanças e no pessoal.
( ) prevê as despesas do governo
( ) autoriza as despesas públicas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação de geografia territorialidade e paisagem
Avaliação de geografia territorialidade e paisagemAvaliação de geografia territorialidade e paisagem
Avaliação de geografia territorialidade e paisagem
Atividades Diversas Cláudia
 
Trabalho ..
Trabalho ..Trabalho ..
Trabalho ..
sonia
 
Programa do XXI MUTECO RIO +20
Programa do XXI MUTECO RIO +20Programa do XXI MUTECO RIO +20
Programa do XXI MUTECO RIO +20
GeotrilhasRN
 

Mais procurados (20)

Apresentação O conceito de Cidade, 12 eixos do programa Cidades Sustentáveis
Apresentação O conceito de Cidade, 12 eixos do programa Cidades Sustentáveis Apresentação O conceito de Cidade, 12 eixos do programa Cidades Sustentáveis
Apresentação O conceito de Cidade, 12 eixos do programa Cidades Sustentáveis
 
Coleção Saber na Prática - Vol. 3, Agricultura Urbana
Coleção Saber na Prática - Vol. 3, Agricultura Urbana Coleção Saber na Prática - Vol. 3, Agricultura Urbana
Coleção Saber na Prática - Vol. 3, Agricultura Urbana
 
Políticas ambientais e as representações sociais cornélio procópio
Políticas ambientais e as representações sociais  cornélio procópioPolíticas ambientais e as representações sociais  cornélio procópio
Políticas ambientais e as representações sociais cornélio procópio
 
“O crescimento urbano de Florianópolis no contexto da modernização agrícola: ...
“O crescimento urbano de Florianópolis no contexto da modernização agrícola: ...“O crescimento urbano de Florianópolis no contexto da modernização agrícola: ...
“O crescimento urbano de Florianópolis no contexto da modernização agrícola: ...
 
Aula 6 planejamento urbano e amb
Aula 6   planejamento urbano e ambAula 6   planejamento urbano e amb
Aula 6 planejamento urbano e amb
 
O estatuto das cidades uma esperança de inclusão
O estatuto das cidades   uma esperança de inclusãoO estatuto das cidades   uma esperança de inclusão
O estatuto das cidades uma esperança de inclusão
 
Avaliação de geografia territorialidade e paisagem
Avaliação de geografia territorialidade e paisagemAvaliação de geografia territorialidade e paisagem
Avaliação de geografia territorialidade e paisagem
 
Agricultura Urbana e Sustentabilidade Local - Janeiro 2010
Agricultura Urbana e Sustentabilidade Local - Janeiro 2010Agricultura Urbana e Sustentabilidade Local - Janeiro 2010
Agricultura Urbana e Sustentabilidade Local - Janeiro 2010
 
Cartilha colhendo novo_baixa
Cartilha colhendo novo_baixaCartilha colhendo novo_baixa
Cartilha colhendo novo_baixa
 
Agroecologia, Saberes e Práticas - Um guia rápido para desenvolver a agroeco...
Agroecologia, Saberes e Práticas - Um guia rápido para desenvolver a agroeco...Agroecologia, Saberes e Práticas - Um guia rápido para desenvolver a agroeco...
Agroecologia, Saberes e Práticas - Um guia rápido para desenvolver a agroeco...
 
O passo-a-passo de uma Revolução – compostagem e agricultura urbana na gestão...
O passo-a-passo de uma Revolução – compostagem e agricultura urbana na gestão...O passo-a-passo de uma Revolução – compostagem e agricultura urbana na gestão...
O passo-a-passo de uma Revolução – compostagem e agricultura urbana na gestão...
 
Agricultura urbana na prática
Agricultura urbana na práticaAgricultura urbana na prática
Agricultura urbana na prática
 
Sustentabilidade Ambiental
Sustentabilidade AmbientalSustentabilidade Ambiental
Sustentabilidade Ambiental
 
Revista Gestão Agroecológica do Camping do PAERVE
Revista Gestão Agroecológica do Camping do PAERVE Revista Gestão Agroecológica do Camping do PAERVE
Revista Gestão Agroecológica do Camping do PAERVE
 
Seminário Comugesan - A natureza na cidade
Seminário Comugesan - A natureza na cidadeSeminário Comugesan - A natureza na cidade
Seminário Comugesan - A natureza na cidade
 
Trabalho ..
Trabalho ..Trabalho ..
Trabalho ..
 
Sustentabilidade 2013
Sustentabilidade 2013Sustentabilidade 2013
Sustentabilidade 2013
 
Manual de educação ambiental vol 4
Manual de educação ambiental vol 4Manual de educação ambiental vol 4
Manual de educação ambiental vol 4
 
Programa do XXI MUTECO RIO +20
Programa do XXI MUTECO RIO +20Programa do XXI MUTECO RIO +20
Programa do XXI MUTECO RIO +20
 
Agricultura Urbana no Mundo
Agricultura Urbana no MundoAgricultura Urbana no Mundo
Agricultura Urbana no Mundo
 

Semelhante a Tópico 18. cidades sustentáveis op 40 cidades sustentáveis

Estatuto da cidade comentado lfb
Estatuto da cidade comentado lfbEstatuto da cidade comentado lfb
Estatuto da cidade comentado lfb
Carlos Elson Cunha
 
6 Pd Plei N° 018 210906 Plano Diretor Do Csa
6 Pd Plei N° 018   210906   Plano Diretor Do Csa6 Pd Plei N° 018   210906   Plano Diretor Do Csa
6 Pd Plei N° 018 210906 Plano Diretor Do Csa
guest8c6fe
 
Agenda recife do futuro
Agenda recife do futuro Agenda recife do futuro
Agenda recife do futuro
Jamildo Melo
 
02 plano diretor arrumado
02 plano diretor arrumado02 plano diretor arrumado
02 plano diretor arrumado
Aylce da Silva
 
Agenda Recife do Futuro
Agenda Recife do Futuro Agenda Recife do Futuro
Agenda Recife do Futuro
armandosenador
 
Plano Diretor de Niterói
Plano Diretor de NiteróiPlano Diretor de Niterói
Plano Diretor de Niterói
Felipe Peixoto
 
Lei 1611 2006 - plano diretor de rio branco - pdo
Lei  1611 2006 - plano diretor de rio branco - pdoLei  1611 2006 - plano diretor de rio branco - pdo
Lei 1611 2006 - plano diretor de rio branco - pdo
Aurinete Malveira
 

Semelhante a Tópico 18. cidades sustentáveis op 40 cidades sustentáveis (20)

Comparativo entre distintos planos diretores urbanos
Comparativo entre distintos planos diretores urbanosComparativo entre distintos planos diretores urbanos
Comparativo entre distintos planos diretores urbanos
 
Estatuto da cidade
Estatuto da cidadeEstatuto da cidade
Estatuto da cidade
 
Apresentação do Plano Diretor Estratégico de São Paulo
Apresentação do Plano Diretor Estratégico de São PauloApresentação do Plano Diretor Estratégico de São Paulo
Apresentação do Plano Diretor Estratégico de São Paulo
 
Volume i política urbana
Volume i política urbanaVolume i política urbana
Volume i política urbana
 
Plano diretor lei n 4.669
Plano diretor lei n 4.669Plano diretor lei n 4.669
Plano diretor lei n 4.669
 
Estatuto da cidade comentado lfb
Estatuto da cidade comentado lfbEstatuto da cidade comentado lfb
Estatuto da cidade comentado lfb
 
Plano diretor de formiga
Plano diretor de formigaPlano diretor de formiga
Plano diretor de formiga
 
6 Pd Plei N° 018 210906 Plano Diretor Do Csa
6 Pd Plei N° 018   210906   Plano Diretor Do Csa6 Pd Plei N° 018   210906   Plano Diretor Do Csa
6 Pd Plei N° 018 210906 Plano Diretor Do Csa
 
Agenda recife do futuro
Agenda recife do futuro Agenda recife do futuro
Agenda recife do futuro
 
Agenda Recife do Futuro
Agenda Recife do FuturoAgenda Recife do Futuro
Agenda Recife do Futuro
 
02 plano diretor arrumado
02 plano diretor arrumado02 plano diretor arrumado
02 plano diretor arrumado
 
Plano diretor florianopolis 2014
Plano diretor florianopolis 2014Plano diretor florianopolis 2014
Plano diretor florianopolis 2014
 
Seminario plano diretor sp - 6º periodo
Seminario plano diretor sp  - 6º periodoSeminario plano diretor sp  - 6º periodo
Seminario plano diretor sp - 6º periodo
 
Seminario plano diretor sp.pdf
Seminario plano diretor sp.pdfSeminario plano diretor sp.pdf
Seminario plano diretor sp.pdf
 
Plano diretor.compressed
Plano diretor.compressedPlano diretor.compressed
Plano diretor.compressed
 
Estatuto da cidade
Estatuto da cidadeEstatuto da cidade
Estatuto da cidade
 
Agenda Recife do Futuro
Agenda Recife do Futuro Agenda Recife do Futuro
Agenda Recife do Futuro
 
20151108 folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade
20151108   folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade20151108   folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade
20151108 folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade
 
Plano Diretor de Niterói
Plano Diretor de NiteróiPlano Diretor de Niterói
Plano Diretor de Niterói
 
Lei 1611 2006 - plano diretor de rio branco - pdo
Lei  1611 2006 - plano diretor de rio branco - pdoLei  1611 2006 - plano diretor de rio branco - pdo
Lei 1611 2006 - plano diretor de rio branco - pdo
 

Mais de Atividades Diversas Cláudia

Mais de Atividades Diversas Cláudia (20)

Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
 
FILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.docFILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.doc
 
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
 
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 eAtividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
 
Atividades sobre fake news
Atividades sobre fake newsAtividades sobre fake news
Atividades sobre fake news
 
1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor
 
2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha
 
3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo
 
4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje
 
5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios
 
6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
 
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
 
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
 
Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4
 
Prova de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestreProva de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestre
 
Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1
 
Prova de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 anoProva de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 ano
 
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
 

Tópico 18. cidades sustentáveis op 40 cidades sustentáveis

  • 1. TÓPICO 18. CIDADES SUSTENTÁVEIS OP- 40 CIDADES SUSTENTÁVEIS TEXTO 1- A Agenda 21 trata de questões relacionadas ao espaço de ATIVIDADES-1 vivência e a construção de uma ecocidadania referenciada na participação 1- Do que trata a Agenda 21? da elaboração e implementação de políticas públicas sustentáveis em 2- Dentre as ações da AGENDA 21, quais se referem ás nível local. Entre as ações estão o Orçamento Participativo, Plano Diretor cidades? e Estatuto da Cidade. A execução delas envolve instituições públicas, 3- Quem deve ser envolvido na execução da AGENDA organizações não-governamentais e a comunidade local. 21? TEXTO 2- A Agenda 21 brasileira contempla o desenvolvimento de seis eixos: Agricultura ATIVIDADES-2 Sustentável, Cidades Sustentáveis, Infra-estrutura e Integração Regional, Gestão dos Recursos 1- Quais são os eixos de Naturais, Redução das Desigualdades Sociais e Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento atuação da AGENDA 21 Sustentável. Antigamente as grandes cidades dos países subdesenvolvidos eram pólo de atração BRASILEIRA? de imigrantes por causa das melhores oportunidades de emprego, acesso à vida cultural e social, 2- Como era a situação da mas hoje está acontecendo o contrário, ou seja, a busca por cidades menores, com menos migração antigamente e hoje? poluição, violência e tráfego, a busca hoje se resume em: qualidade de vida. Qualidade de vida 3- A que está associada a essa que deve estar associada a um lugar onde haja revitalização urbana com a humanização dos qualidade de vida buscada hoje espaços coletivos, o incremento dos espaços de lazer, à instalação e habitações de interesse pelos moradores das cidades e social, à preocupação com os aspectos ecológicos, à valorização dos marcos históricos e migrantes?(Responda com 2 simbólico, com participação da comunidade para decidir sobre essas questões junto com o poder palavras) público, a isso chamamos cidade sustentável 4- O que é cidade sustentável? • As características das cidades sustentáveis são: educação ambiental e patrimonial, planejamento 5- Quais são as características e gestão do uso do solo, monitoramento da qualidade ambiental, mobilização social, preservação de uma cidade sustentável? do patrimônio cultural e artístico, geração de trabalho e renda, erradicação da fome e da exclusão. TEXTO 3- ESTATUTO DA CIDADE (Decreto-lei:10.257 de 10/07/01) ATIVIDADES-3 De acordo com o ESTATUTO DA CIDADE 1. Direito à terra urbana, à moradia, ao saneamento ambiental, à infra- escreva certo ou errado: estrutura urbana, ao transporte e aos serviços públicos, ao trabalho e ao ( ) O Estatuto prevê que todos tenham acesso a lazer, para as presentes e futuras gerações; moradia, transporte, serviços públicos, trabalho e lazer 2. Gestão democrática por meio da participação da população e de ( ) O Estatuto não prevê o direito a terra urbana para as associações representativas dos vários segmentos da comunidade na gerações futuras. formulação, execução e acompanhamento de planos, programas e ( ) O Estatuto prevê uma gestão democrática das projetos de desenvolvimento urbano; cidades, por meio da participação da população na 3. Cooperação entre os governos, a iniciativa privada e os demais formulação, execução e acompanhamento de planos, setores da sociedade no processo de urbanização, em atendimento ao programas e projetos de desenvolvimento urbano. interesse social; ( ) O Estatuto prevê o controle do uso do solo para 4. Planejamento do desenvolvimento das cidades, da distribuição que esse não seja utilizado de forma inadequada, ou seja, espacial da população e das atividades econômicas do município e do para que seu uso não gere tráfego, poluição, degradação território sob sua influência, de modo a evitar e corrigir as distorções do ambiental, destruição das áreas urbanizadas, especulação crescimento urbano e seus efeitos negativos sobre o meio ambiente; imobiliária 5. Oferta de equipamentos urbanos e comunitários, transporte e serviços ( ) O Estatuto prevê que o uso do solo tenha alta públicos adequados aos interesses e necessidades da população e às produtividade agrícola. características locais; ( ) O Estatuto prevê que sejam oferecidos transporte e 6. Ordenação e controle do uso do solo, de forma a evitar a utilização serviços públicos adequados as necessidades da inadequada dos imóveis urbanos; a proximidade de usos incompatíveis população. ou inconvenientes; o parcelamento do solo, a edificação ou o uso ( ) O Estatuto prevê que o desenvolvimento das excessivos ou inadequados em relação à infra-estrutura urbana; a cidades seja planejado, de modo a evitar e corrigir as instalação de empreendimentos ou atividades que possam funcionar distorções do crescimento urbano e seus efeitos negativos como pólos geradores de tráfego, sem a previsão da infra-estrutura sobre o meio ambiente; correspondente; a retenção especulativa de imóvel urbano, que resulte ( ) O Estatuto prevê exista cooperação entre os na sua subutilização ou não utilização; deterioração das áreas governos, a iniciativa privada e a sociedade no processo urbanizadas; a poluição e a degradação ambiental; de urbanização para que todos tenham seus interesses 7. Adoção de padrões de produção e consumo de bens e serviços e de atendidos. expansão urbana compatíveis com os limites da sustentabilidade ( ) O Estatuto prevê a adoção de padrões de ambiental, social e econômica do município e do território sob sua área produção e consumo e de expansão urbana compatíveis de influência; com a sustentabilidade ambiental, social e econômica. 8. Investimentos geradores de bem-estar geral e a fruição dos bens ( ) O Estatuto prevê exclusivamente a proteção, pelos diferentes segmentos sociais; preservação e recuperação do meio ambiente natural. 9. Proteção, preservação e recuperação do ambiente natural e ( ) O Estatuto prevê a preservação do ambiente construído, do patrimônio cultural,histórico,artístico,paisagístico e natural e também do ambiente construído: como patrimônio arqueológico; cultural, histórico, artístico, paisagístico e arqueológico. 10. Regularização fundiária e urbanização de áreas ocupadas por ( ) O Estatuto prevê a urbanização e desocupação população de baixa renda mediante o estabelecimento de normas de áreas ocupadas por população de baixa renda. especiais de urbanização, uso e ocupação do solo e edificação ( ) O Estatuto prevê a regulamentação da posse da considerados a situação socioeconômica da população e as normas terra (Fundiária) ambientais TEXTO 4- Cidade sustentável – onde há planejamento e gestão urbana ATIVIDADES-4 concentrados, na inclusão de todos os moradores aos bens sociais como 1-Que tipo de cidades são chamadas de cidades saneamento ambiental, moradia, saúde, educação, lazer, transporte, trabalho sustentáveis? para as presentes e futuras gerações. Nela os equipamentos urbanos e 2- O que deve acontecer para que a cidade seja comunitários como transporte e serviços públicos são adequados aos sustentável? interesses e necessidades da população; há ordenação e controle do uso do 3- Para que a cidade seja sustentável é necessário
  • 2. solo, de forma a evitar: que o uso do solo urbano seja ordenado e a utilização inadequada dos imóveis urbanos; a proximidade de usos controlado, marque as opções que contrariam essa incompatíveis ou inconvenientes, como: prostíbulos, ponto de drogas, etc.; a característica: edificação ou o uso excessivo ou inadequado em relação à infra-estrutura ( ) utilização adequada dos imóveis urbanos; urbana; a instalação de empreendimentos ou atividades que possam funcionar ( ) afastamento de prostíbulos e ponto de drogas; como pólos geradores de tráfego e engarrafamentos;a retenção especulativa ( ) a instalação de comércios em lugares que de imóvel urbano, que resulte na sua subutilização ou não utilização; a gerem tráfego e engarrafamentos. deterioração das áreas urbanizadas; a poluição e a degradação ambiental; ( ) não vender lotes ou casas de modo que essa Para que isso acontece é necessário que haja investimentos geradores de retenção seja especulativa e resulte na subutilização bem-estar geral para a população e a facilidade de acesso de bens pelos ou não utilização do solo urbano; diferentes segmentos sociais, além de proteção, preservação e recuperação do ( ) preservação das áreas urbanizadas; meio ambiente natural e construído, do patrimônio cultural, histórico, artístico, ( ) poluição e a degradação ambiental; paisagístico e arqueológico TEXTO 5- Plano Diretor – é uma lei municipal aprovada na Câmara dos ATIVIDADES-5 Vereadores que regulamenta o cumprimento da função social da 1-O que é Plano Diretor? propriedade no município tem que ter a participação da população, é uma 2- Em que documento está previsto a construção de política urbana municipal com prioridade na cidade e seu solo urbano que cidades sustentáveis? procura evitar a especulação urbana e efetiva a função social da cidade. 3- Em que lei maior está previsto a construção do Plano O Plano Diretor visa promover o planejamento urbano sustentável e sua Diretor e o Código de Postura dos municípios? meta é a qualidade de vida das pessoas que moram em cidades com mais 4- Marque (X) nos objetivos do Plano Diretor? de 20.000 habitantes, além da proteção ambiental imprescindível a essa ( ) promover o planejamento urbano sustentável qualidade. O planejamento urbano sustentável deverá dar uma função ( ) melhorar a qualidade de vida das pessoas que social às propriedades ociosas, acabando com os vazios urbanos e a moram em cidades com mais de 20.000 habitantes especulação imobiliária. Toda cidade terá também seu Código de Postura, ( ) proteção ambiental que deverá ser aprovado pela Câmara Municipal. Todos eles são previstos ( ) dar função social às propriedades ociosas na Constituição Federal de 1988. Conhecer e participar das ações para a acabando com os vazios urbanos e a especulação construção de cidades sustentáveis como está previsto na Agenda 21 ( ) participar das ações para a construção de cidades compõe com um projeto pedagógico comprometido com a formação cidadã. sustentáveis TEXTO 6- Planejamento urbano – são intervenções no espaço urbano, ATIVIDADES-6 focadas na regulação de leis que estabelecem padrões adequados a 1-O que é Plano Diretor? uma urbanização eficaz. Incluem as leis de parcelamento do solo, 2- O que é o Estatuto das cidades? zoneamento de uso e ocupação específico, os códigos de obras, as 3- O que é uma ocupação predatória do solo? diretrizes de ação pública para áreas de educação, cultura e ambiente. 4- Que lugares são considerados pelo poder público áreas Estatuto da Cidade – Projeto de Lei aprovado no Congresso em 2001 de uso restrito? que contêm instrumentos para o cumprimento da função social da 5- Por que essas áreas são desvalorizadas no mercado cidade: maior poder público de intervenção sobre o mercado de terras formal? promovendo assentamentos informais; ampliação da gestão 6- Sobre o texto acima, marque V ou F democrática da cidade; realização dos Planos Diretores nos municípios, ( ) Planejamento Urbano são intervenções no espaço adoção de padrões de produção e consumo e de expansão urbana urbano que regulamentam de leis para uma urbanização compatíveis a sustentabilidade ambiental; regularização fundiária e eficaz. urbanização de áreas ocupadas por população de baixa renda ( ) Dentro do Planejamento Urbano estão leis de ação considerados as normas ambientais. pública para áreas de educação, cultura e meio ambiente. Ocupação predatória na cidade – corresponde à ocupação geradora ( ) Estatuto da Cidade é um projeto de Lei que tem o de problemas ambientais: beiras de córrego, dunas, mangues, restingas, objetivo de fazer a cidade cumprir sua função social. escarpas, serras, áreas de mananciais. São declaradas pelo poder ( ) O Estatuto da Cidade prevê a realização dos Planos público áreas de uso restrito para edificação e uso. Por serem Diretores nos municípios. desvalorizadas no mercado formal concentram a população segregada e ( ) O Estatuto da Cidade prevê o crescimento sustentável periférica que convive com as questões ambientais como enchentes, das cidades através de mudanças no produção e erosões, lixo, poluição das águas e carências de serviços urbanos. diminuição do consumo. TEXTO 7- Orçamento Participativo – É uma lei de caráter público elaborada e aprovado no espaço público, através de discussões e emendas feitas pelos vereadores na Câmara. A Constituição de 1988 define três instrumentos integrados para a elaboração do orçamento, que visam o planejamento das ações do poder público. São eles: 1-) Plano Plurianual (PPA): prevê as despesas com programas, obras e serviços que durem mais de um ano. No 1º ano de governo, o prefeito deve propor diretrizes, metas e objetivos que, após aprovação, terão vigência nos próximos três anos de sua gestão e no 1º ano da gestão seguinte. É do PPA que saem as metas para cada ano de gestão. 2-) Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO): a partir do PPA, define as metas e prioridades para o ano seguinte e regras sobre mudanças nas leis de impostos, finanças e pessoal, além de estabelecer orientações de como elaborar o orçamento anual. 3-) Lei Orçamentária Anual (LOA): consiste no orçamento propriamente dito. Contêm os programas, projetos e atividades que contemplam as metas e prioridades estabelecidas na LDO, juntamente com os recursos necessários para o seu cumprimento. Dessa forma, define as fontes de receita e autoriza as despesas públicas, expressas em valores, detalhando-as por órgão de governo e por função. Autoriza a abertura de créditos suplementares ou a realização de empréstimos pelo prefeito, sem autorização da Câmara. ATIVIDADES-7 1-O que é o Orçamento Participativo? 2- Que instrumentos são integrados para o planejamento das ações do poder público? Relacione: (1) Plano Plurianual (2) Lei de Diretrizes Orçamentárias (3) Lei Orçamentária Anual ( ) define leis de impostos, mudanças nas finanças e no pessoal. ( ) prevê as despesas do governo ( ) autoriza as despesas públicas