Projetos
Por que trabalhar com projetos? <ul><li>AS ATIVIDADES REALIZADAS EM SALA PASSAM A TER UM MAIOR SIGNIFICADO PARA OS ALUNOS,...
<ul><li>PROMOVE O ESTABELECIMENTO DE ESTRATÉGIAS DE ORGANIZAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE TAREFAS ENTRE OS ALUNOS, BEM COMO  DE AD...
Nos projetos... <ul><li>o produto final é marcado desde o início do trabalho e isso traz certas conseqüências importantes:...
Professor nos projetos <ul><li>Coordena o processo, sem impor uma única lógica: a sua </li></ul><ul><li>Deixa de planejar ...
<ul><li>Dialoga com os colegas, com a coordenação, com especialistas no assunto </li></ul><ul><li>Transforma-se em aprendi...
Alunos nos projetos <ul><li>Colocam suas experiências pessoais, sua bagagem cultural a serviço do projeto </li></ul><ul><l...
Conteúdos nos projetos (Objetos de Conhecimento) <ul><li>São instrumentos culturais valiosos para a compreensão e interven...
O que justifica a realização de Projetos Didáticos?   <ul><li>Princípios pedagógicos </li></ul><ul><ul><li>O conhecimento ...
<ul><li>Muitos trabalhos em forma de projetos foram destaque nos últimos 4 anos em Piratuba. </li></ul>
Escolas + Realidade Eventos Seminários Piratuba  Ontem e Hoje Resgate da  cultura e colonização  italiana Piratuba  A cida...
Divulgação do trabalho realizado no município Qualidade de ensino Contextualização Registro diferenciado das atividades
APRENDIZAGEM DO ALUNO TRABALHO RESPONSÁVEL DO PROFESSOR REGISTRO E ORGANIZAÇÃO DIVULGAÇÃO UNIÃO COM O SISTEMA DE ENSINO
COMO SERÃO REALIZADOS? SECRETARIA ESCOLAS PROFESSORES
QUEM COORDENA? COORDENADORA DE  PROJETOS DIRETORAS PROFESSORES ORIENTADORAS  PEDAGÓGICAS
Como fazer? <ul><li>Olhos e ouvidos abertos para o que ocorre na sala de aula e fora dela </li></ul><ul><li>Observar a rea...
Planejamento <ul><li>O ATO de Planejar exige do educador </li></ul><ul><ul><li>Ação organizada </li></ul></ul><ul><ul><ul>...
Passos  básicos  do projeto escrito <ul><li>Tema </li></ul><ul><li>Problema </li></ul><ul><li>Justificativa </li></ul><ul>...
Os desafios devem encarados como forma de crescimento individual e coletivo. Trabalho em equipe, mas com funções descentra...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba

2.809 visualizações

Publicada em

Através desse trabalho, os professores da rede municipal de ensino de Piratuba podem ter informações sobre a importância do trabalho com projetos, os passos básicos de um projeto, o papel do profe

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.809
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
90
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba

  1. 1. Projetos
  2. 2. Por que trabalhar com projetos? <ul><li>AS ATIVIDADES REALIZADAS EM SALA PASSAM A TER UM MAIOR SIGNIFICADO PARA OS ALUNOS, POIS TODAS ELAS ESTÃO ARTICULADAS VISANDO A UM “PRODUTO FINAL” , QUE É DESEJADO E COMPARTILHADO POR TODO O GRUPO </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>A PERSPECTIVA DE ALCANCAR UM PRODUTO FINAL GERA UMA MAIOR MOTIVAÇÃO E INTERESSE POR PARTE DOS ALUNOS </li></ul><ul><li>ASSIM, EM GERAL, O PROJETO RESULTA NUMA APRENDIZAGEM SIGNITICATIVA (OU SEJA, PRAZEROSA, QUE TEM SIGNIFICADO PARA OS ALUNO, QUE TEM RELAÇÃO COM SUA VIDA, QUE LHE DESAFIA, QUE TRAZ, DE FATO, UMA AMPLIAÇÃO DE CONHECIMENTOS ...) </li></ul>
  3. 3. <ul><li>PROMOVE O ESTABELECIMENTO DE ESTRATÉGIAS DE ORGANIZAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE TAREFAS ENTRE OS ALUNOS, BEM COMO DE ADMINISTRAÇÃO DE ESPAÇO E TEMPO, EM FUNÇÃO DAS ETAPAS PREVISTAS PARA O DESENVOLVIMENTO DO PROJETO </li></ul><ul><li>ESTIMULA OS ALUNOS A FAZER ESCOLHAS E COMPROMETER-SE COM SUAS ESCOLHAS, ASSUMINDO RESPONSABILIDADES </li></ul><ul><li>POSSIBILITA A REALIZAÇÃO DE UM TRABALHO COLETIVO E INTERDISCIPLINAR </li></ul>
  4. 4. Nos projetos... <ul><li>o produto final é marcado desde o início do trabalho e isso traz certas conseqüências importantes: elemento motivador e direcionador das atividades + mergulho num tópico mais especificado </li></ul><ul><li>é possível um trabalho interdisciplinar sem “forçar barras”... </li></ul><ul><li>serão tratadas apenas as áreas de conhecimento que naturalmente se integram aos objetivos pretendidos ou questões levantadas, considerando-se o produto final que se deseja alcançar </li></ul>
  5. 5. Professor nos projetos <ul><li>Coordena o processo, sem impor uma única lógica: a sua </li></ul><ul><li>Deixa de planejar a partir de tempos recortados, organizando seu tempo de forma global </li></ul><ul><li>Cria um espaço coletivo de investigação, de estudo, de convivência (formula perguntas para os alunos questionarem suas próprias hipóteses, traz informações) </li></ul>Na elaboração dos projetos, o professor deve conhecer as informações lingüísticas e disciplinares que serão inseridas na estrutura do projeto
  6. 6. <ul><li>Dialoga com os colegas, com a coordenação, com especialistas no assunto </li></ul><ul><li>Transforma-se em aprendiz que se envolve no processo de forma ativa </li></ul><ul><li>Precisa, durante o processo, ir conhecendo mais sobre a temática, ampliando suas possibilidades de intervenção </li></ul><ul><li>Observa, tem curiosidade, sabe interpretar </li></ul><ul><li>Cria estratégias variadas para possibilitar uma avaliação significativa do processo de aprendizagem </li></ul>Professor nos projetos
  7. 7. Alunos nos projetos <ul><li>Colocam suas experiências pessoais, sua bagagem cultural a serviço do projeto </li></ul><ul><li>Dão sua opinião, lidam com vários pontos de vista </li></ul><ul><li>Dialogam com os colegas, com professores, com seus familiares </li></ul><ul><li>Argumentam e fazem pesquisa </li></ul><ul><li>Aprendem a buscar informações em diferentes fontes </li></ul><ul><li>Entrevistam especialistas no assunto </li></ul><ul><li>Propõem encaminhamentos </li></ul><ul><li>Aprendem não só a lidar com a informação, mas aprendem a conviver em grupo </li></ul><ul><li>Participam do processo de tomada de decisões </li></ul><ul><li>Registram seu trabalho </li></ul><ul><li>Avaliam seu processo </li></ul><ul><li>Vão tornando-se mais autônomos e responsáveis pelo seu próprio processo de construção de conhecimentos </li></ul>
  8. 8. Conteúdos nos projetos (Objetos de Conhecimento) <ul><li>São instrumentos culturais valiosos para a compreensão e intervenção da realidade </li></ul><ul><li>São trabalhados de forma contextualizada, com sentido e significado na aprendizagem dos alunos </li></ul><ul><li>Têm sua função social e importância melhor percebidas pelos alunos </li></ul><ul><li>Os conteúdos aprendidos são determinados pela necessidade e não por critérios artificiais </li></ul><ul><li>Alguns conteúdos são trabalhados de forma sistemática e aprofundada. Outros são trabalhados no nível de um contato mais superficial </li></ul><ul><li>Os conteúdos nem “acabam” nem se desvalorizam nos projetos. Adquirem, sim, um novo significado </li></ul>
  9. 9. O que justifica a realização de Projetos Didáticos? <ul><li>Princípios pedagógicos </li></ul><ul><ul><li>O conhecimento é instrumento de compreensão e intervenção da realidade </li></ul></ul><ul><ul><li>A aprendizagem é um processo global, que não se restringe aos limites apenas dos conteúdos e disciplinas curriculares </li></ul></ul><ul><ul><li>Os problemas a serem enfrentados devem determinar os conteúdos a serem estudados, portanto, devem ser tratados como meios de ampliação da formação dos educandos, das suas competências </li></ul></ul><ul><li>Principais contribuições </li></ul><ul><ul><li>O rompimento do esquema estanque das disciplinas tradicionais </li></ul></ul><ul><ul><li>A possibilidade de vivenciar múltiplas práticas lingüísticas, relacionadas a temas gerais de interesse da comunidade escolar e extra-escolar </li></ul></ul><ul><ul><li>A produção coletiva do conhecimento, com participação ativa dos alunos, através da reflexão crítica sobre a realidade </li></ul></ul>
  10. 10. <ul><li>Muitos trabalhos em forma de projetos foram destaque nos últimos 4 anos em Piratuba. </li></ul>
  11. 11. Escolas + Realidade Eventos Seminários Piratuba Ontem e Hoje Resgate da cultura e colonização italiana Piratuba A cidade do Bem viver Resgate da Cultura cabocla Piratuba Terra Boa
  12. 12. Divulgação do trabalho realizado no município Qualidade de ensino Contextualização Registro diferenciado das atividades
  13. 13. APRENDIZAGEM DO ALUNO TRABALHO RESPONSÁVEL DO PROFESSOR REGISTRO E ORGANIZAÇÃO DIVULGAÇÃO UNIÃO COM O SISTEMA DE ENSINO
  14. 14. COMO SERÃO REALIZADOS? SECRETARIA ESCOLAS PROFESSORES
  15. 15. QUEM COORDENA? COORDENADORA DE PROJETOS DIRETORAS PROFESSORES ORIENTADORAS PEDAGÓGICAS
  16. 16. Como fazer? <ul><li>Olhos e ouvidos abertos para o que ocorre na sala de aula e fora dela </li></ul><ul><li>Observar a reação dos alunos a sua proposta </li></ul><ul><li>Elaboração do planejamento POR ESCRITO </li></ul>
  17. 17. Planejamento <ul><li>O ATO de Planejar exige do educador </li></ul><ul><ul><li>Ação organizada </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Por quê? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Para quê? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Para quem? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>O quê? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Em que espaço? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Em que tempo? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Como avaliar? </li></ul></ul></ul>
  18. 18. Passos básicos do projeto escrito <ul><li>Tema </li></ul><ul><li>Problema </li></ul><ul><li>Justificativa </li></ul><ul><li>Objetivo geral </li></ul><ul><li>Objetivos espec íficos </li></ul><ul><li>Ações </li></ul><ul><li>Cronograma </li></ul><ul><li>Recursos humanos </li></ul><ul><li>Recursos materiais </li></ul><ul><li>Avalia ç ão </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul>PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRATUBA SECRETARIA DE PROJETO (O quê?). RESULTADO ESPERADO : (qual o benefício?) 1) ATIVIDADE : (O que fazer) 2) OBJETIVO : (para quê?) 3) JUSTIFICATIVA : (por quê?) 4) PROCEDIMENTO : (Como?) 5) PRAZO : (Quando?) 6) AGENTES : (Quem?) 7) RECURSOS : (Com que meios)
  19. 19. Os desafios devem encarados como forma de crescimento individual e coletivo. Trabalho em equipe, mas com funções descentralizadas é fundamental para o sucesso de qualquer projeto. Mãos à obra! Faça a diferença!

×