naum' nuímírííms

Texlo de GOSCINNY Desenhos da UDERZD
. f. . 

. ..E

UNS
' os! 

ESTE§ ROMANOS
SAO
NEUROTlC
LJÍVIA AVENTURA DE ASTEFUX

Imera'

E OS
NORMAN DOS
Copyright 9 ¡969 by Dorooud SA.  - Pari¡
Titulo original:  Asterix et ! os Normondo

Direito¡ 960o o Brasil cedido¡ ô cod-...
.J Je M die 1 c À

 

. - x A'
 é'
 i Q; 

@ir Íjrivf/ 

. n. à 17v ,  f

 GAMA. 

4.x?  CONQUISTA RQViANA)

i' 50A. C. ““...
Asterix é o herói das aventuras goulesas.  Guerreiro de
espirito saga¡ e inteligência viva,  prova com suas ações
que tama...
'aflita-avaria "142 ›> -'

l n' l¡ Y

.  MAIS UM AGQAMWL D/ A Nasa f(  

50305 A ALDEIA aos rÃo

E' Pueumxrcx, 

o cAmElRo...
VOU ACABAR JQGANDO NA ÇABEÇA
DELE O MEU CATALOGO DA FABRICA

V MAS E os cARpoçAsL

. snu mcucnr-u'.  p"

[u
sru 5ou. u~: u...
*O* WM ÕW-W¡ : bseu PRIMEtRO você Pon:  DANLAL'.  '
10cm 535;¡ DE ELE NÃO csu' amu:  . npémm¡ _ MA> NÃO voor
ORGANAIAR uu ...
QUAL e',  ASTERIX ? 
ESTOU murro NA

    
   

      
  

7.4.7

J  'mzsucíio

JA' sua! 

      

BAsTA/ z' onsunoszrAí/ E...
s ~ - ,  ›_ ~v . 
_ . 
HENQL/ Amv ESSES
'^ Acavrcc/ Mavrm râmwasn
NA G›I'LIA, CAMINHENOS um

' Pouco mus PARA nuno «
LONGE...
pkcaon m “~uLv'a". -«o› ¡ " É E : mão PODEREMOS Duek AO
mJJE ta: :  ucmgr u    Fu',  AÃUNDO EMBASBACADO:  OS Not/ za#-
r- ...
vocfs Não TEM o Duarno po¡ ¡sso Mesmo!  '¡ N 'A m4,,  _7 ç_ 948,40 sw_ m 541m
DE M!  FWRNREM NUM-i @na vpmos 'A PRAIA!  ' ...
MAS E'UM DRAKKAR
NQRMAND ! os NORMANDOS
SAO 115m2¡ as PIRATAS
SEDENTOS DE SANGUE! !!

 

  
  
  

   
   
  
 

MASC' vgc...
ESTA' vgruomén vao. :
NA LUTECIA.  SEMPRE

E' 155o MESMO. 
EU aosmnm m: 

os ¡= «zoR. ..osNo. ..'bM<2.Í›L
O5 M0

 
  

M ....
,rms m1; Hrvrcessab/ n Dane ~L~uum Js/ TO_
Ao SOM DE SEL/ s _üív-IGUVE C4~ra5 bu5NREIeo5_

M4

vñtrêM-JS lx
PHAM í-'uAvtíx...
VENHAM Topos! 
ESCUTEM-ME! 

o _os NORMANDOS
ESTAO gm NOSSAS
PORTA s! vAo DESTRUIR
Tybo A FOGO E SANGUE! 
SAO MILHARES ? E...
No Aowmme/ vro gpnp¡ ! V007 m¡ 75115210. «ssa F.  “out E'INS'I'RIITIVO NAS
bas Ananda/ voos,  uma uMn aATIo/ a CMT TAF -¡ ...
M) RCAMPAMEHTO NODMANDO.  CKETÃF
AKABA UM ESZXMODE CDM CPE/ WE. ..

  
 

   

V:  E (uy:  os GAuLEsrs! 
comu NQL-. ELES I...
(M130. cnanoxoux.  ' d 539m5. Ençuuablxf
VOKT VAI MÉSÀAQ 'i 'ITNImJ UM PÍÍE(NY¡NHO
Nos vam-uz f

 
     
    
  

QuE PENA...
:vença-mr “Mzxnwxu,  l
sumo . asrsucx E DBELIY
. sua vwunr-: Aof

¡' Po. ? a *MEUS DEUSES! 
' OD ¡os NOQMAFSDO. 

/  f;  f...
E' PENA Qu: 
:nua-non:  TENHA
mo. . ATE/ QUE ERA , 
:uai-somo

ami bem:  PRA ur: 
vamos : MA: -
ÀLuUNb JIIVALIS

PRA REFRL...
V à
n A$PE(TO na¡ N65 o PEGA/ MOS como . se F42 com Os Í pgomo/  .. j
NÃO E'soM_ uAssAtuunos,  PARA w Penn:  que voam,  o ...
wsmos »nomes PARA couuecere o .  WW NM

equívoco!  sou Cu

MEDO l FAÇA-NOS MEDO,  .m.  :sr/ V
F  A ! L/ COM MEDO 3

_ ENTÃ...
«Lu souunnwo ctxjrrukanç*
PELOS NORM'N1'V3G! ... QL¡L L' mu(
CLES ACHARAM DF ¡Nrr R( st-KNIL

BEM!  .xsuuox r oecuxmão
AoA...
FSÍAMQS N05 AYROXIMANIXW DO ÀLTOÍLJIE QUEREM

MUIYO AS ÍUCIObO.  ELI

ACAMMMENTO uoemnuoo. .. se nos N30 , um BOLADO
IMFED...
ELES.  sÃoMAIs ; um ›_ Menos
SOLIDOS ou( qs oizoçwrzAoos, 
ROMANOS_VOS“E .  mas/ n MAIS l
não AcuA RE$IS7ENTES. ALEM

Asnz...
/

      

5m , r›ECuRvÃ0.. .
¡ E Sião Baucuzmx)

Ç 5 n 'Í (b).  w. 

4/ . _,~"V__›AI. AMkECICUS?  ' na Penna!  z

C "3TZ ...
'J 3  'r- ,  s
. w ?  «  - › › ,  LEGIONAPIO ousmus As_
. ,OM0. A ? ATRULHA JA . n, x' m¡ [A  _ ,  , VOSSAS oww/ Ns.  CENT...
Fl "  qu:  Eau( voc: 
' que: : mzemaeumuoo
l E ÍMPURÊANDO
PESSOAS coMn suuum? 
ou:  rqu:  Querz _
¡ uma: : nssommu'. 

_f_...
cuwu.  .Luana 'a'
o MEU s:  (mama
caem.  E oTEu'. 

QUEM E'você. Porz mora.  QUER LARGAR BATISCAF

! MEDIATAMENTE ,  POR c...
› ' '.  , ALEM Dtínxv-Mub
v** PÊQUEN*  PQFPARAR um RELATORIO
CÔNFUSÀO ÉNTHt 7 l v

,  ° “ _ _ z " .   ¡ , Em TRES was. ..
...
EhCMlYt-*F- não e : omni/ LL EL¡ E' CAMPtÃo bl'.  MEDO_
5^°U0UC'"°$7 DE Quc você s não ,  Por. : 'mon' connnos

QUE nosso ...
r

Cuaroronux_ ASYEÉIX e
cucucawx vÂo nom
COM A CUCA

CHLIA Dt

 E eL Eu N%$Nco›nm›2 W P02 TUTATISÍ

VAMOS 'A SUA
CAeANA l...
»dous bém-maio. 
loàarrxnrnnznlrmue. 

'A' ¡oémnx VAI ENCONTRAR

 

vocês vuum .  E NA
sua amos,  uam? 

.  ' .  7 *_
' - ...
ENOUAN ro Asrfezx_ E5 ra'

? e nao como ecran . V,   

DCS NCWM/ ND(7S.  .. 

dia¡ mma 'no . fve L_ cnmmm
; em C-"ss/ JA' ...
cunoromx Í
' somos Nos. ”

  
   

Elmvocí »nu un AUTCVSERVIMÃ suA
mano PAssAQ vo:  .mui.  DISPQSAÇÃO. .. cm . srm/ 

seus...
' . r
Cuncmmx.  vu¡ n30. semen!  ataca-EM ro:  ASTEQIx ' t. : sem ou:  Musncnmzurr  EHCUCADIX ESTA'

7¡ pgocuggg (OMPREENO...
mnxamuunaro oosumua~. à¡; ›   NÃO Ftaug ME fassm qu: 
'we-As mw ”°“. $W4^": : . , 3/35 1
Excemm V¡ À I .  ESPEJZAR ¡AM5! o...
'* vorÉ Não s cooosczanvo! 
AL/ as,  NENHUM D05

ou. uXoJ
ou.  Nim. ”
NÃozmuo. 
:m : nunk '___ '

  
      

s!  EUL| IE§C...
_ E você nem Mtpzuozx. 
' ngrcmx/ zssss BARBAROS
NAO semen NEM um Pouan
n:  Meoo! 

  
 
 
 
 

 
  
 

   
 

' »Aruomur ...
, uío s¡ vnsocuoem
(OM o cAMPuTo!  omDEM-
s:  APENAS oo »enorme

(SAULÊS _ po: :

ssssyequeno
cmuuzs um

GUERREIRO DA

o a...
ENTÃO.  A ' r" como você Asrzmx.  vou
QUE (qu:  ' * ' DEMOROU!  ExPucAR o QuE
FAZEMOS 'É ' _ ' .  JA' ESTAVA ACONTECEU. .....
nouwnoosíuosso “Ç
' M800. cunroronngvn¡ x
Luas cnusncz msoo v
PELA Pnnmkma vez!  /

QUALQUER çzxsn me mz _ _ , _.- - /  VA...
12-60'

; X30 ? N51

1
' °'Y'nz¡¡~ú-

pa? ? 

97. E_

É;  meu! 
wlir 7;
t

f

um muco DE . sujncrof
Poa FQVOQÍ «um unuoo v...
AIÍsTtWNosm vmóem o( Estamos m.  _ ' w
um sucesso!  couuecmmos o mem!  X R
AÓORA os NORMAP$OOS com E:  CEM Tuba' 'ao . 

,...
PAPA Augaosceihssauuno Não si vAMos MAssA< : Algo:  E A NA-rA _I Y AH,  IISSO JNCHEGA! 
A YHAOIÇAO NORMANOA , VAMOS pneútu...
popa¡ mu] PARA meu vednmo rzcurAL. 
ENrRfNTO vou : meu:  mms oRoeM! 
aunque¡

um. ”

 

 
 
   
  
  
 

79005 55150 @E E'...
M45. A dokoo oo OÊAKEAL
J AMBMNY:  EsTRAIvwA/ nmic
IML/ DOU

ns NORMANDOS _sia mui. : L'.  AFJS a
: hu/ SMO o:  Atz.  BAST...
cassa. : AMvGa:  RETOPNW" à EU SAerA que 085p. ¡ »ou 1¡ EnSmMt
. amem ones : Ab Ettíamos , uma com”,  um sucuectcg-st A cA...
4". .

SINTO-ME TÃo
FFPAQUINHO, 
PA NORAMIX . '.. .

_NA o,  OBELIX,  você
NAO Pooa TOMAR A
PocÃo MA'6lCA. ' JA'
passe MAI...
TÍTUlOS PUBUCADOS : 

ASTERlX 0 GAlFLÊS
ASTERIX E CLEOPATRA

ASTERIX E o COMBATE nos CHEFES
ASTERIX ENTRE os BRETÕES
ASTER...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Asterix pt14 - asterix e os normandos

456 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
456
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Asterix pt14 - asterix e os normandos

  1. 1. naum' nuímírííms Texlo de GOSCINNY Desenhos da UDERZD
  2. 2. . f. . . ..E UNS ' os! ESTE§ ROMANOS SAO NEUROTlC
  3. 3. LJÍVIA AVENTURA DE ASTEFUX Imera' E OS NORMAN DOS
  4. 4. Copyright 9 ¡969 by Dorooud SA. - Pari¡ Titulo original: Asterix et ! os Normondo Direito¡ 960o o Brasil cedido¡ ô cod-bro - Companhia Editora Brasileiro Rua Filomena Nunca, 161 - 20.3 Rio do Janeiro - ZC-II -- 6B. Pedidos pelo Mambaí» Postal: Cambra - con-norma sairam Brosuolra Dlohibuiçño oxcluiva: Diabm SA. . tuo Filomena Nunes, !G2 ¡QÊ Rio do Junin - ZC-ZI - GB.
  5. 5. .J Je M die 1 c À . - x A' é' i Q; @ir Íjrivf/ . n. à 17v , f GAMA. 4.x? CONQUISTA RQViANA) i' 50A. C. ““ c É . á 7" 1 c A LB. ; P R o V 1' / v c r i2., ÁQV/ TÂ/ V/A 7;I"*'^, ; ' ' . m Estamos no ano 50 antes de Cristo. Toda a Gália foi ocupada pelos romanos. . . Toda? Não! Uma aldeia povoada por ir- redutíveis gauleses ainda resiste ao invasor. E a vida não é nada fócil para as guarnições de legionórios romanas nos : ampos fortificados de Babaorum, Aquarium, Laudanum e Petibonum. Lwif ~~ o CIA
  6. 6. Asterix é o herói das aventuras goulesas. Guerreiro de espirito saga¡ e inteligência viva, prova com suas ações que tamanho não é documento: em compensação é quem mais toma a poção mágica do Druida Panoramix. Obelix é o amigo inseparóvei de Asterix. Sua profissão é carregar menires. Mas nõa troco nada desse mundo por uma boa caçada do iavalis, ou uma aventura bem divor- tido com Asterix. Panoramix, o Druida, o Veneróvel, o Bruxo dos Bruxas, colhe o zimbro e prepara' poções fantásticas. Dentre estas, os gauleses adoram tomar aquela que os torna ínvencíveis. Abracurcix, o chefe da tribo. Majestoso, colérico, coroioso, respeitado pelos súditos e te« mido pelos inimigos. Só tem modo de uma coisa: que a céu caia em sua cabaço. Chatotorix é o bordo mais chato do Gália. Para a infelicidade geral da aldeia, ele se acha genial e vive cantando hinos e odes. Calado, porém, torna-so um ótimo companheiro.
  7. 7. 'aflita-avaria "142 ›> -' l n' l¡ Y . MAIS UM AGQAMWL D/ A Nasa f( 50305 A ALDEIA aos rÃo E' Pueumxrcx, o cAmElRo! " NADA( PARA Nos, PNEUMATIX. ? uñohreuuo Ar-: wxs um CÂÊÍÂ PÀQÀ OCHIFC i' . “Jg &ÇÍI- I - -' ~N 75:* I . ___, __, ,4,. ¡›. .Á, , -. _l_ . a# _ --, _ ~ f? ' . ' "fámenoalmenn É¡ «gw Rcccg¡ oomüoco . 7* pa FABRICA oe ? É _ A AEMAS e . ú, _ _ , _ NI. sem oúvu» fps 1 meu ¡euxo OCEANIX. .. ' IA . . , DA “ATC ' ELE NAO Z DEESUQEVER ? men 11 . dcucrt , ABRACuRClxÍ . . * esmsnuoos . PARA EVcTAB QUALQUER cxTRAvno . uno. MEU : emita oczmmous MORA na Lurzcmmzm um rumo, aeumaagnsso como V Qunuog «ensure/ nos com A com uoczsmunaos! 4 EDUCACAO DELLELE cnçzuun' ENCUCADIXPARECE QuE MEU __ . -/ x . mvAus com os Dum-Jos! ¡. SOBRINHO FÍCOUMOLE com A V ' . . "-› . VIDA DA cumps . ocsêmx o »v "v7 U ' _ A' W" A. . gftwgo Mamou meu came rznmsuvlm ' x"" “ ' mui: : ourno DE ou: FAÇA/ NOS meu. : uu HOMEM l nf_ Mâooo-_p
  8. 8. VOU ACABAR JQGANDO NA ÇABEÇA DELE O MEU CATALOGO DA FABRICA V MAS E os cARpoçAsL . snu mcucnr-u'. p" [u sru 5ou. u~: uw_«'/ 1 “ 'w “- z ' 5 far? ? VINDO. . . vzmm vou aPKtàfu m? Lu A ASÍERIA 'E OBELIX. .. CARRC' , Àkagsnmm T . *Lc* 5m vr. vazão! *e* ' "°' ' '= - «ñ/ - _ ; . . , /.__ _ _r aeu. .guruç. amx. ..scm sem / NWCA “UM , / ETUIROQJE Vocfb Não . _ ' ' -' A mu: ceu. uM women. amem veu çoIsAs ASSIM = ' ' PARA começ-uz A uma. ma AQw-. .t UM SUPER LSRWL . E'PR: c¡›o pan-mg uns r/ começ-Ae O cwà? < BONS TABEFEb NÃo! ¡ JAMAIS. m¡ 1' LmÂu, :amou Asrrmx. como VAMOSINICYAQ AS Aums PARA ToRNÃ-LO HOMEM. s: NÃO 9000409; DAR-LHE unas sampa: : _ " ncuzxomvnmos * . › 05mm, QUANTO A05 _ - “É” Oeoaunzan uM a meaauoo/ j somposJxcuo Guri VOCE . . BNU? EM = W^ 0;* '- TEM Razão! :ly HQMCNAaCM. r - í, _._» . x "' “É, vnups oa¡ uM f «, carona DECON' ' HANCAACLC' l á à 7 «K 'V P › d? ' : u 23
  9. 9. *O* WM ÕW-W¡ : bseu PRIMEtRO você Pon: DANLAL'. ' 10cm 535;¡ DE ELE NÃO csu' amu: . npémm¡ _ MA> NÃO voor ORGANAIAR uu &mu; CAN ma. s: EM NONRA os meu , . cAmARnoou mr bUBHÍNrCO ENCLCÀDI __ › v. MI¡ MAHEETAB 'A *th/ mw* CMT"" VMWSWWW* RDDFM m4 t < voçê mu¡ um ' °°°“'"° “Vu” ' 00W , Wi - , Amca «urban DAS Moças PNA couccoaz A HONRA “M56 Ms - uma amam oqww comum. DA PRÓXIMA N5U°^°“" PELOSALÃL). _ Asmmxf DANÇA? NAOÍNAOJNAOJESM MANEIÊA DE _ DANÇAR : :rena besos o TEMPO on vovó! VAMOS smu PIM oumnlvou Mosnux O QUE SC DANÇA NAS CATACUMBÀS ou LU rÉcIA . ' _ : já _T á: x 2 , p »i1 9 1g . uz- É ¡/ .a n . f, k ' - › '“ . l . A . à? t . *' r 1g . v” ' * a É; M_ . a 'a B
  10. 10. QUAL e', ASTERIX ? ESTOU murro NA 7.4.7 J 'mzsucíio JA' sua! BAsTA/ z' onsunoszrAí/ EL 1'_ BASTA DESSES IUTMOS BARBÀKOS' vouemos 'As cmcõzs DOS NOSSOS Aucewnms / 7 ¡rfuoruzfva! NuqcA ouv¡ COISA ¡own! voc: pegos 72mm AQUI: ACHO QUE voc: Devo: : : R PARA O OLIMPIX DA LLHECIA. .. / Lxgcs »rem NAS voucomxs você E NAO NOS cANToRes! ACuA? NO . . oumrnx? ,- / J/ É ñ 4_ o o > N! ' : s í -- sí? ? 3*; à É ¡ «'57 ›« . À i Í-c - 1 l _
  11. 11. s ~ - , ›_ ~v . _ . HENQL/ Amv ESSES '^ Acavrcc/ Mavrm râmwasn NA G›I'LIA, CAMINHENOS um ' Pouco mus PARA nuno « LONGE¡ PARA ONORTE. . uma Rss/ So o/ mz »as 1 Notre: DURA/ M Mums , sff , NÂO DEu oímo _ ' umco 5mm QuE »ms _' ENCQA-IPAMOS Não E'A Q âAuLES. , C ' "'Ac. ' ¡z- r os NQRMANDOS POSSUEM Deuses Tuna/ vas. - ToR. ancas DJGUCRERA , QUE SE REL/ ZA No Faso E No SANG-CIE; com. QUE RECEBE com UM BAMQUE ? E os GUERREIROS MORTOS EM COM8A7E. .. , _É_ ~ 'sá -. Luas : ma: MORA/ n os 'nowzus 0o NORTE , ;Ç oa NORMA unos . j' uma RAÇA roms z pes remo. : , u arcano/ reg Mneums s MSrEM/ oos GUERREIROS. .- . ..É SOÉE 71/00; SOÉÊÊÍUX. , . o ou: !sem au vo, A015 ~¡o 495mm A. ; (tranças , mto as Nonmnupos ronca-am Í TEMEM os com": MAS, como NINGUEM rsms 4.5 Aaron/ papers. As csrunons NORMANDAS mao são ssauens. .. AINDA NÃO PASSARAM çwços ? S 7/5' 7 "úÍÊ-IÍ s: você não com: : a som, uM 'rseníva em: : vnurocvotzt- LO ! como e' QUE f? unenmssna um CARRO bn Dogrcm EM CIMA DE uma cunvn É* ESYOU uaauoo/ Pmrrtwocwoo nescoamzosexsneoo M (r9255-50 msoimq E nvcawmzsenxfvsz. .- MEDO, os : Emos Noemmvoos e' ENYREGDM A IMSLÍTENYES EKPER/ NCIAS. " (E370 DIA, @AF CdCETÀECF/ EFE DOS NORMANDCLQIÍUNUHUS GUÉPPEI- NADA. CON rmuí A #ATER . SHUTO ¡sso wKo ma: cONnNunt num! E' o: Yssrívcn. NÃO Saes: : 74:00.' *rooo MUNDO mu: no Meca! Arewnamo os Povos MM¡ FRACOS O › CONNECEM E NOS NdsAuE mnuscnmos f. ; MAS, o' cACcTAaPARn Que TUDO! No's. QUE 5489405 “ . SERVE esse : moço me o Tubo! _ , É ¡. Que Nós usnazmos. , parece QuE o MEDO DA' _f Asas. me com . '.. . ELE nos PEnwTmA' vom¡ COMO "x DPÍSSAROSÍ “ h h (Í ›
  12. 12. pkcaon m “~uLv'a". -«o› ¡ " É E : mão PODEREMOS Duek AO mJJE ta: : ucmgr u Fu', AÃUNDO EMBASBACADO: OS Not/ za#- r- x _ _w _ A_ _1 D05 -íouueçaxa o ML : tel: aÍLÍM'v7L~É. -.ÂÍÍÂU) ' PALMAS PRA ELE"" sao os MAIS GL. : &Esnulnf mma. A ' MAL . r. ›:. L'-. '.-Ek'[rnu5 O *íCwkkLI-Lu' E_: u;r~srs. .«. n.›r . sun/ AM . ' ' ' ' 'í' ' a 1 QUE “MWM, Nns-. A RENDA PLZIVDILÀPYA: ..3 5 m5,. §R4AN, '5 “m, mppg romnQgMtjh, o' cum. - szRwnA No cnnmp : nos , A o POMRLLM) Nnv/ D Mwmmmo_ _ vrNcxr-c-s 'r Quan CRANILI: : , _ , 045,0 D¡ y[A'Õ]E _ç Gurgmgpuà_ "_ _g ~- HFM U4( 'O 1-” Í, p *rt »meu JoL/ ru¡ 537/01/5/¡11! 3* M Çiv/ .aacm o: csruaos_ : -À 'f' ESCOW' PW¡ ACASO: VAMOS , › . . LEVANÉ' v NA LU7ÊCIÀ, E Â ¡pgcux Guri¡ reseurcoso! o essa »ORA QUE AJUOÀLLO , q jÍ, Escomsun; As - › _ «sua 143mm. . o A LEVANYÓW-SEÀI) msçoulímu_ f q __. LUIsAs, POIS ads _. .. ' ' SOL LEv-¡NYE! _ _ . A SAHEMOS QUÊ aê _n . x81 A' _d › . _« _ › _ A51ERu. ; 64m. 55:5 mm sao - , , _. ' ENTÃO “E do ~ - , 4 ESRFCIM/ SjWS EM ' F " . Neem¡ os mm , , y e_oLI. E.ALEM urso, › - ' _ = Dllxthpmf ' ' ll ÚNHÍÀ COISA 005, . › . _~ ' j¡ DORMIR, _ rasas/ n c' Qotoctu ; . » ' " . à . r~ ix_ N Messages! an_ (EA/ Il 503515 SUAS 4' ' . *' L›I8EC4s. ..EvE~ruA- i L/ [Adúf QUE. mms/ u, _ v A-Ão LHES TIRA o QUE VEJO DESDE HA' MUITO roupa!
  13. 13. vocfs Não TEM o Duarno po¡ ¡sso Mesmo! '¡ N 'A m4,, _7 ç_ 948,40 sw_ m 541m DE M! FWRNREM NUM-i @na vpmos 'A PRAIA! ' < ' Ma; 551-4' CHOVE. mau¡ impera: um Dessas' eu : sfou ne v À : ., _ cHovzNDo/ youãgàúwoomsnmuunrs, FÉROAS/ , ' V " 1 ' ' “ Eínsrzmx ? A Mam¡ 557a' Í"" vamos! Qucm CADA VEZ ¡Vwjâ . _ CHEGARVORúLTI/ MO ESTtMULANTE. 1 ' . _ ao Rocugpo g» Júuo CÉSAR f Não yALE . ' voces D015 FIZERAM TRAPAÇAÍ suagsamqoeh/ ALE sua! ACDN TECE qg: osenuon ASTERIX Nao GOSTA DE PERDER! f own 4:4'! mf vem JuuocEsAR! N50 su o ou: possam INTERESSAÂO. .. anulnoémnx n: eu VAMOS Peocuenn Ela/ HA NOVA BANCA na Í Lurécua?
  14. 14. MAS E'UM DRAKKAR NQRMAND ! os NORMANDOS SAO 115m2¡ as PIRATAS SEDENTOS DE SANGUE! !! MASC' vgcê ACHA 7 semana PRECISA se Pkeocumn . muros Raw/ c o cousauuo a4 r É à usem . você cuswu UÉM Ná HOÍU¡ . . . ESTA' veuoo AQUELE Nnvno Lx? / Í Ju STA M E N r¡ l : '90: ISSO QUE os v: Mos s ecran um A Amam! NÃo , OBELIX vouremos ma. ; A MAS eus n são Pmnmç . s: A arm: Não nous APROVEIYAR essas ovonrunnmossmzm vu. : A PENA MORAR inscrita-MAR! SE APROXIMAM ESSES LUYECIOS são Loucos! mMECAMACDRRER 0647015 DOFIM mcokmlxx! EU Não como Mansltsrcu um Pouco PESADO, DEPOIS DAS DEZENAS DE osrtzas qu: cow!
  15. 15. ESTA' vgruomén vao. : NA LUTECIA. SEMPRE E' 155o MESMO. EU aosmnm m: os ¡= «zoR. ..osNo. ..'bM<2.Í›L O5 M0 M . '. 1 O o Au! ESTAVA TE PROCURANDO. Ç PENSE! enfrrmrz nessas¡- T0 Dosuçeiio QUE mam _ y _ NA LUTÊOA. .. H .7 QUE *ÍQUÉ masc: ou: ACONTECEU? , os NOQMANDOS ” VEM ATACAR-NOS. ' ALLMUIIO sem. manso : mai: VAMOS FALAR COM O CHEFE ABRnCURnx, r BE/ OMATIÉRIX EORELIK 123a ven o Qu: @usam 1.. A os NOQMANDOSSZ 54.55 '-. ' ogsemanmmzemmos os "'›? «maça/ nos pc vou I “^ - . PAnmoM-w* . r_ 'p-r . i ' '. . , ___ , Q . V _ ' r v J . ' k o - . .Í 'A" -. '~"' › "HQ i Y você Afim ou: E EM ? ooo «somou nes vao 05591349_- PREPARA? um POLKO CAmAmRIX? voc: DE Porão MÁGICA. .. 23.' _ E vocigsweosmyoo *IJ/ aa ~ DAQuuENCuCADN? mo k _. SCNTE SQUDADES DA L ' , ,. Lmeaziesrfse nxmoo sem Anon? ORtLvocÊ PRECISA $459( QuE, APESAR DE ESTOU MORAR NO nmemoe, Nós ENTRE ESTAMOS ? ou ocnrno Loucos! DOS Fatos! 9EM. $EeA'_QuE AGORA mommos saw: somas o meu : muco ? cum são Nogmmpos? FEkozÉs GUERRE/ ¡Kpõ É. COMO NOS¡ ÍGNORÀM O
  16. 16. ,rms m1; Hrvrcessab/ n Dane ~L~uum Js/ TO_ Ao SOM DE SEL/ s _üív-IGUVE C4~ra5 bu5NREIeo5_ M4 vñtrêM-JS lx PHAM í-'uAvtíx' U QUL FATíM os NLWMANOOu_ Dmãntvc. Its-Wien( . VCF AÇNA Qu? _› Poommos DAR UM y JEITO 9mm QUE nfs Qrszms/ xtzcnsssm? 05 NORMA/ VDO. ? DE S E MBAFC AM z. . . ' _/ VAMOS ACAMDAII NESTA ( PR/ uxxíromrcrm A CAV/ AR PARA HXAQ As rsmcgs_ QUERY) LINDOS ff FORTES BURACDS NORMANDOS/ ÍMÊJÀÓÉÀFÍ ÊP! YAF-. f o cut¡ g p¡gg; 9,33,¡ Demons! LELÊDF% mum--. Os , um M”. BELAGAF'MATAF * ' BATDAFÍ . . AO Aíwàñucucnurx, EM Lucas: DE mou? Aqui, sem rAzcu NADA, você ? optam m1¡ Pu/ ungumo (OM scus Amncjüs/ o', AHRACURC¡ x . nosso cuere, os NOQMANDOS / . DESEMBARCARAM. / v'›^. '¡«'›1.'¡4A/ OuvvRAM ¡550 _ PANUKAMI¡ , (MATO rouu( . BOUNAM¡ x , AVCN ruucnsetx . ALEGomx . Pitou). Y . ..L ELES TEM NOMES ENGRAÇADOS. UfN. '¡u'/ Ir. '. FOODS wuauun~t L M ' SIM! o CuErE ñ DELES s: casam CACETAF ! uñqnacuxfo cum-s_ DISSE QUE ç. wzcveuls- SEMOS F NOS vamos Pucvcm -Lol 5 Ç x. l ou¡ o ; w 1' : .50 Loucas/ t 't 'censo Awsnn aos 04111205,( DFVC unvEk ALQULM Lúurx) NESSA ALDuA!
  17. 17. VENHAM Topos! ESCUTEM-ME! o _os NORMANDOS ESTAO gm NOSSAS PORTA s! vAo DESTRUIR Tybo A FOGO E SANGUE! SAO MILHARES ? ELES/ l UMA MULTIDAO! E o DESEMBARQUE DA NORMAND l! ! _ MoD-_t NA Lurzcm . ' . n 7 V¡ _ / nuwcssn, ÍENHO UM JÀVÀLÍ i , ímã * f? '__No mimo! r, ' FINALMENTE, UMA Laine. : avançava DE - é l MEDO. .. z 'NORMAL 1._ , x ñ AGORA vamos - '/0005 ru ^ / _ NAO : Mounncm/ u? . ac-om QUE EsTAMos 'mz-unos. .. e QUANTO no AuSfAMEN gqyggvquggo NA ÚLTIMA LUTA NA ARMOHNA, MAS AINDA NÃO SABEMOS 'ro f enzyme COM os ROMANOS o QUE ELES QUEREM. .. ss sm: : EU ruvmzuuoruoo/ aerea . seremos PRLVEMDOS. .. _x ç V _ . o~oe E' o se vn¡ HAVLJTQJHO PIZIOQIDAOE/ CALMAJCALMAJNAO GOSTO DFNOQMANDOS , r g _ vous/ u pneu casa
  18. 18. No Aowmme/ vro gpnp¡ ! V007 m¡ 75115210. «ssa F. “out E'INS'I'RIITIVO NAS bas Ananda/ voos, uma uMn aATIo/ a CMT TAF -¡ vmutNh. .. : mas: como VNEM ONDE CKCTA' amr PELA REGIÃO a MEU CWFB - os maurmgvrr sl, mass os uu ; mma/ nao »ao "rcNmtz : smoma . ' . . nssAcon-Los. Os GAULESES . '.. . ' JER Como ELES são! AGU, 55,¡ ' ' _ Qui: !QUE os NOQMANDOb _ BOM _ÀTFN: ¡O¡ VIERAM M35_ AGU¡- INTFRFSSAZELLSNN) VEÀ GENYEL_ '^ ÁbTERIÀ : x N05 CALÃISAM MEDO JAMms "EMOS MEDO ou: :bue Í, _ Ama/ way ma: : x1/ l; E554 wncsm Í. . / ' / 4 'ri 'r NÃO. , Nâo. .. QuEQO peouz um Favor . . NÃo me os: BEM cpm o CUM# E GOSTARIA QuE VOCES MÉ AJUDáSYE ACONVEPKER *rmo D” mm que eu a po¡ CAUSA VOLTASSE ? PRA DO: : NOKMNNDOS ' Qu: você QUER PARTIR , N10 E"? cmrm NA LUTÉOII? hAQuI ~ó› LHES JÀyAL¡5 DAMÔSUMTABEF conosco? . m! ?m . . V É É» f J , Í. f_ . Mano! sou un Mcomso! o Maron! Msonoso ooMLmoo! (› rf -" i o D . ms r-Ão PRECIÇA SA/ ¡F/ ..TEPHO TEL' MCDOJNCUCÂDIX. Mcnos M500, Nos gsramps AQUI . gnu-J_ vou: FEM ME ; ASSIM nxrsmç? ? f __', à;
  19. 19. M) RCAMPAMEHTO NODMANDO. CKETÃF AKABA UM ESZXMODE CDM CPE/ WE. .. V: E (uy: os GAuLEsrs! comu NQL-. ELES IaNORAM o mL no. o' c 'A( E FAF/ COMO ? rlzcmos TODA ESSA VrAuLM ma» ENUIONTRAR um sauna DE síasmzos ? ¡m! JAADE _j vou», um' F 1 swro GnNAs DE tu-. ssA-Los» Ano oc amam. btPons NOS QELNLDNFRA' ! az/ nos Topos NO saurzusr: o! oow E : :ruim rooos esnnzmos lzsPznztT. rfCACEYAF/ Nlo / RESERVL JKA MESA DO BANQutrE. VI NA FLORESTA UM Ó-DMEM QUE SE VANÚLORIÀVA DE J)NNECEÍ? O MEDO. .. ouzm MEbM0_QLJE ERA O CAMPEAO. .. 13' PASsALS PELO FIO DA ESPADA E ' UMA LXPRESSÂO Qui". slomrlcA MATAK. POR mova! um vcousanoN/ u J F 'passo QUE WE: x sax-uns! o PROBLEMA abas q. : Quauoo 55m' com camas GAULESLS com maca_ out mr: ' JAAUUS RÚÍUSO UM crzaunozmuo . ' E curàmmmo MLDO Que DAMSAS, NÓS VOAQEMOS . - . _ ACUTAS UMCDAPUO. EXDFDlÇÃO PARA cus-ru. ! Ur-no EAF/ Grade DA ' MKINFLUÊNUA DOS ¡cuonnurcs! . aut se FORM( LIMA 59m: : f ! IvQu/ ANIO 13.30. Nn ; nc-cm oAuLCS-l. .. F Loco QUANDO VÃO ÇOrHEÇ/ IR Args-Lsms m¡ ? emmmgnn s' NAO , Encuumrx! vo¡ L FMA ! APRENOLRA' n Lu mu f Os (JALALESES NÃo do sammsrzxs. .. Qu: .'_~. LRA' TRATADO COMO ru. . w na um cacau-mu . wnuas : mm: r QLTORNAR 'A Lurrcm. .. mesmo! errou nocao PARA Rever: MEU cw. ”
  20. 20. (M130. cnanoxoux. ' d 539m5. Ençuuablxf VOKT VAI MÉSÀAQ 'i 'ITNImJ UM PÍÍE(NY¡NHO Nos vam-uz f QuE PENAWÍEU rm HAVIA MC PEDIDO QuF TE eusmnsse A SER HOMEM. .. A GUERREAR . ' Gosmcm of «Q PARA_ A unecm f . x 4 _ t if, Á ENSINAR A * ' . .Má ' S I GUERREAR . A ' . ' 2.3.23 ' fsnzumneJAsz, V_ L . .n f _N95 sm! . . h ¡ r ' à . ¡ . ãaítüfFw. -- , gh f. §'~" 5' u", _ . _ QÀÍFJJ: m# Í w - E¡ k "É ? clamam . ' Queesrou! POR CAUSA 0o MENIQÍO : :xo Quewou ' E PAPA trvmNTc-AQ um courcssmm( › ; um um 5:12 tim-asd. . ESSE ro 5'_ BEM Peznnmo ~“ ATENÇÃO'. n cuzre EKIGL QUE' o PkhUEMQS QUE somL' o HOMEM . aus cnuuecc o Memo! ... PNEUISxJ DEQIMLOANTLS que
  21. 21. :vença-mr “Mzxnwxu, l sumo . asrsucx E DBELIY . sua vwunr-: Aof ¡' Po. ? a *MEUS DEUSES! ' OD ¡os NOQMAFSDO. / f; f , un rox 1 os: : n67' (JUUH j SÃO issu mrzut' NÃO scnuon/ Não . xrnunsà/ A amu 174mm: @amoo sunt . MEDOÍ VIÍJAMCOMO amou rnemnuoo! ... A GLNYE TRtML QUANDU SENTI tam! itmvttaÍ T0130 . wmoo YRLML (mms DELES! OU QUANDO Pta». FERRE nos PÁNmNos . Nn DEPRESSA . I ELE VAI voAR! (Luonoo/ bom- sn¡ . m ? maus o( mL um PAuLAnvNuA_ FSPE¡'C› QuE voa: Nnop ! mma 7/ anna. .. no CONHKÁRIO FERIDO, 32min u cscAnso “E S(RA'O pkqMtnaj @UL DELE NÃo var scan-nz NEM ' snnnm um n 020m0 hu common _ ' , cnÁNvo, . f¡ 1.o A' . .
  22. 22. E' PENA Qu: :nua-non: TENHA mo. . ATE/ QUE ERA , :uai-somo ami bem: PRA ur: vamos : MA: - ÀLuUNb JIIVALIS PRA REFRLàÊAR Envia, QUE ncumk: ENIONYRARMOS JAVALI5,ROMANOS au NORMANDLJS BMEMO: ~su=5 oe Cum meu Kmnpm ss cncourçne- os cuamvnouons. .. oLuE/ Ioémrnc FaQEJou , ALGUMA (w513i ESSE cume ; vão E' sohooñâtvtz >EJA RKPIDO. A entre' comu¡ um Mcmlezvuuo NELE. .. o QuE . ue ESPANTA e' QUE Eucuoxovx TENHA IDO sozmuo. .. Eu ADORO msscac no 805mm HA' JAVALI a _ Romanos, Cunmpuwons E TALVE: ATE ÇNOIIMANDOS. . 8651,51 E UM . JM/ Au _ DIVlDrMOS ; SE FOR ¡POMANO OU NÚRMANDO. F MEU , .SE FOR CHAMPIGNON. EU TE . .. você ãroonuosva. . ¡oéunxfeu oensms¡ A rmzeua MENIRES PARA ser: um BOM cão os CAÇA. .. cwzo QUE N¡°-' NENHUM RAsroJ TERIA LEVADO ACHO QUE 05 o MENIR com NORMANDOb ; L5 _I LEVARAM , ENCUCADAxJ comeca 99.05 MENIRES PORQUE ELES ANoAM MNS DEVAGAR QuE os cosmos. .. No CARRO ÉSTAVAM PKEVENIR entaum¡ eo MEU AAENIK E ABRACUK~ goma LEMBRANÇA 05 cut. Noemnuoos mz: FERIRAM Nosso¡ ENCucADrX ? l CHEFE _
  23. 23. V à n A$PE(TO na¡ N65 o PEGA/ MOS como . se F42 com Os Í pgomo/ .. j NÃO E'soM_ uAssAtuunos, PARA w Penn: que voam, o 7 ' a cncsur. .. NENAs uma ernomuAe mr! “WGMÉ” 'E CUÀNKKI AQUH «ds ocnprunamos. POR com! VAMOS okzacsrar/ vêm Loao. o' ' ' ~ '› z í 'É x / , r s Oíwo/ REANIMEM o gxssnuo E ¡zcumm TODOS J' fo: mm r/ s, ou( vão mz: : DE umrff. . os Monumyoos SÃo n32: mmrsmgrzsl. .. rem uma C404 rio ¡KE/ A! . n: : via ME Mara/ À.. o um: : oa: :- VEM FALAR Coxa/ ao. ..
  24. 24. wsmos »nomes PARA couuecere o . WW NM equívoco! sou Cu MEDO l FAÇA-NOS MEDO, .m. :sr/ V F A ! L/ COM MEDO 3 _ ENTÃO Quu: DIJCR QuE ' * aeM, s›Nro suokes smos ' (Om) P035” “V” , vocE ESTA COM M500? A CqascA enganou e o ' “^^^ *m9* 04"¡ ' "a COMO E7550” ›. 'f' 1 Emma NADO. .. 'dmlkcff . _ _ _ L5 OMAGO m m¡ 15m 6mm. o MEDO E' Ent/ Ko, GAULESWFAÇA 'ME M100 : uma Qu( eu POSSA vom . ' /7 s: voor; se RECUSA A (cow- muz. Nos n: JOaAQEMOS_ no Mm oo s-Enunszo! scams oaízcrmpo n vom? E Nos mais uma DEMONSTRAÇÃO nos ? Eus PODERES! . uns 05016 5'_ Qu: você: : uma FALANDOÍ GNGNGNGNÍISSO MC ENERVA! Mt' : amv-al AMAGHEM-No MRA QuE ELE NÃo vo: marcam: .a NOIYI . ' ' 55o Loucos! Comum ! AMENTE Louros/ s: Amam mA : :u cauma urso NA Lurácmuwucuãm VAI Acnsmmk/ ou _NÊOÊ t u suvuco f rumo MUITO
  25. 25. «Lu souunnwo ctxjrrukanç* PELOS NORM'N1'V3G! ... QL¡L L' mu( CLES ACHARAM DF ¡Nrr R( st-KNIL BEM! .xsuuox r oecuxmão AoAcnmoAmsu-ro nos NORMANOOS VER SE Eucucamx 55m' LA' l'. macae ss-mc' a7" __- TALVEZ' QUCIQâM Liv/ Vc (OM F LF. s UM ÁQHGO DÁ AsfinlxJ-'CIQ onecnuççño percam; uM opaco DA ¡VOCAO MdGlCA, Não! vocÊ Não! :: nec Mano Bçmgu: NAO ? Recusa DELA , voce e anrrnun: FORTE uma: oesuuurun um ¡evoca! osmmoo, cr PANOIZAMIK , A PDCÃoNÃo vaca: : mms Etanol. .. veumw ven! @MAU/ run vou nuca( QUE . g m' v g ; vw masa numca? A . ñ _ nbvoge E ELE me 04247: C Poçno/ mam¡ . ' Qu: E 5144405 ouuuoo. BTMsosoluANco f ou: memos MAL 'as . favores. . ELE Am as Alzvonesmnuupn mms nas: ¡sso . IDEIAFIX/
  26. 26. FSÍAMQS N05 AYROXIMANIXW DO ÀLTOÍLJIE QUEREM MUIYO AS ÍUCIObO. ELI ACAMMMENTO uoemnuoo. .. se nos N30 , um BOLADO IMFEDIDEM o: : M942, YOIZÇAMOS A : manu . PLANO MELNORM E DEPO| S N05 EXPLICADEMOS. .. 4*** * o l h É x Eça' ; N m , 4;/ 14,. . H , MAS 6.' PQECISO QUE eu uma. nos QUE ESTAMOS AQuI! YALvEz meu peccusuwos : mean LA'. ' L. .. VENHAM DAc', COMPANHEIROS , HK DOIS CONVIDADOS PARA osAuoueçe DE _ Í Í x o . 7 ¡r/ ¡ ¡ , .- 4 ' 7 A' . ' D ' 1 -› ' ' Eu suar. : qu: você " 7' ncAsAlzm SENDO " RnzoAVEL! AGORA sm . ' Acom VAMOS ENTRAK . ' ts<uTE, oaEux. uÂo vnmos FICAR . DISCUTINDO NANTC ' b( csrk-Anmos/ g/ _ Au NÃOJW NÃo! você DISSE que »mon ouso! um »uma í UM W g QUEREMO* VER wmsmo A (sem: :amam: z errors PLANO! E' UM PLANO! !Jum f M_ "eu CHEFE EXVIÍCAVA 7_ pLAuo AO ATAQUE/ l u_l v'
  27. 27. ELES. sÃoMAIs ; um ›_ Menos SOLIDOS ou( qs oizoçwrzAoos, ROMANOS_VOS“E . mas/ n MAIS l não AcuA RE$IS7ENTES. ALEM Asnzeax t' Disso, NÃO TÊM ' 7. E POR. .. 'r7jrl'P¡s_¡( w à THoR! ' ' você vw? rena-z sum/ z LU sou o qu: :uzs ? eu uma umco QUE Não ESPÉCIC n: POÇÃO mu: BEBER/ AQUI MÁGICA. .. ? ooo manso' s: Drvzare , Menos MÍO MUITO LONGE. › voa? Po: : ACASO ' ; mudam veçuo. UIHA 04791/0144 VELA MIMMANIMIIRA (guga-g AANENnA E5” Jg'[” #em Mawursncio PMRUUM v' oa anuLLs E oo muno vencia. ” m m: 20mm¡ nos _. ' _ PAPAGAIO? V LUGAEES M416 › Amspwos oo IMPEPIO. .. EI. 945m1/ _ Por¡ ou: voc: colocou ? LOPES NO SEU
  28. 28. / 5m , r›ECuRvÃ0.. . ¡ E Sião Baucuzmx) Ç 5 n 'Í (b). w. 4/ . _,~"V__›AI. AMkECICUS? ' na Penna! z C "3TZ x , ' > ! XS . . I "í 9 _. . , à . 7, ouvuu 7_ / v w K n; Í ? zw 5M s W K í v. E tNYÃqOtIBAHuS, uma, não _eu esrzvs: Fnzzuoo PENSAVA que A 3 be CABEÇA num? cane IA 9mm A , PRAlA, DECUlZlÀO. ¡/7u _- H _. r . nã, . LÊ-Í ' "Y ““ 'V j¡ si; V você AGÇRA ESTAWO sxeszcuro. vaesrgn comuns? MAS NAO Fornos LA' E não vagos NADA . RETORNEMOS AO ACAIL4PAMENTO * PARA Pressmg con-ras( DA SITUAÇÍAO 'Í AOS NOSSOS a* . WM »runas/ am PMA qnsurdmo, ROMANO». °^“^ ? '15 em 'mas vms. . un' Isso. V y' - 'r ' ' N' : .54 a " ' ~ Brut” “Sw Ju 'o 5:. 4' “ÚIJÍOOCÉSAIOI : :ss . V k (um: “más” N "Z/ á "a v ' ¡r- ” ' no MKRMOR( . ,Vc-í . MAS NAO . E um T' Mu . _ -. , . g 1 ~ ven. e A mentos y as mês? “a ça sx RCITO. ~ ' ”'. _ _ MANEIRA m não , '- 5 DE -w " l--wb v Sm VCNUDO¡ Mnúuoet . oecunusof r n :2 , A ' ' I 1 . r _
  29. 29. 'J 3 'r- , s . w ? « - › › , LEGIONAPIO ousmus As_ . ,OM0. A ? ATRULHA JA . n, x' m¡ [A _ , , VOSSAS oww/ Ns. CENTUQIAO¡ . A HA' o s us ESTÃO umçm' o “ " ' ' ' mcmsaor: : 522mm' ~ RELATORIO_ , _. U N - 55m , camncna vamos ~_ › _ _ N _ . ' _. - mu. SA(O, FlVECAf: _._ LA : um: MANTER A oxqcm . _ , › . rua Jum7crc. ..voLraM A 'ta' A . _ ' ~ : Hum e ACABEM/ ' ; V_ . _. '~ COMABAGUNCA. _ . vz-I _ -¡¡I _. ?Éímvamxsvicm as : Awyqus o exészcuvo coNsuMm manso: qumnoaoc; rumo umoo : M SENTIDO PEJOBATIVO. Ms Qunuoo eum: você NÃo couur- ' ELES Esrãorão 'j 'É ENOAJEI. M A _ * CE 05t0u<05 QUE ocumaoos que NÃO . hI5sERAMQUE. ._. /* 335,33 “fx 'mm-WM 0¡ 3 Í 'í' _- r-*g/ l : a , AGORA VAI co- --. ' , Nuccee/ .__ n] _t , o " * 2 . _l Her. .., vou »I vwo o __ _ _ - . ~_ você Não 55m' Ark' Lú VER o M cumAo J ' . .- " - f vamo QuE . - * r v , v ~ . '~ ' ' : sumos OCUPAOOS. :spsacula sua
  30. 30. Fl " qu: Eau( voc: ' que: : mzemaeumuoo l E ÍMPURÊANDO PESSOAS coMn suuum? ou: rqu: Querz _ ¡ uma: : nssommu'. _f_ 7 4 Bm à A MIM. A LEGIÃO! ELES ATACQRAM o oecuRIAo! u mu. nem-A : NGAJAMIJJAL- , qusnumlosvuam ' REFORMA? Esse cama- QAOA . ' à › su, Posso : un-rca Pace . mas so' um ouve ma' mm m pouQU'N“°7 muaumuo. .. ' um. m( PARA 61346315 Aos Bcronçbcs, ARAYAU/ n 95008141 DE IN TKNSIDADE . . vnemo: naun ? um Amam¡ com ESSA AULRCAcÂoI DEIxeMwc! curtem-Me! aanuwo res-e? POI! com! «Ro se voos COME-R 'IRANQÚILAMENTE ÍSLUTEM o que ouuco arm. :u LUGAR oe me CATE' g REM COMO Sr eu u: : um 'musgo
  31. 31. cuwu. .Luana 'a' o MEU s: (mama caem. E oTEu'. QUEM E'você. Porz mora. QUER LARGAR BATISCAF ! MEDIATAMENTE , POR com? NÃo IOMOS APÊESKNTADOb. .. qu¡ M s' você 'r' ' / ANTES m: E' DIOAQLJIM E' você z” Esses uomu-lLssxneuomr SIN/ WMM” 1' - eaLuMcALE-m' 7 Íííyl. g uma você v4¡ ¡- ~: CAcEnAF! CHEFE NORMANDO! Eucnsuuf-Lo! PRICBAMOS curou¡ sem m: UM-rukvs . › Yafenwuçação , › . onunssa. .. vocEs-QuEREM-ME-ouzse- o- UE-E-QUE-VIERAM- -gF'3?Í7 FAZER- _ v E AQUI? ? voíéfagímim . VIH/ ALI AO caEmE .7 voc s NAO VIERAM AQUI ATACAR os MA| S RESPEITADOS DO MUNDO PARA DISCUTIR RECEITAS DE cuumfnrA. NÃO ? LP HIM_ FLGÀMOS k) CREME E O PlttPñüllMfis COMO SE FOSS-E VARA osrvxwmuuou. MAS. ElHlUü/ ÍJ DOhMOHANQOS_ CÚLOCAIHOS UM JIL_ mzecz _ AIGLÀMAS p TLMCE» (nu-Aus ' hcmzznmgn NA TLNOA_ E ' IS<CL NAO _ , _ ¡uU¡_/ V(, “- “xo | MA¡S| M¡)R'IANYES VoLES A¡'rom. '.. _PAwEM vxmzu' #Aus-AR _, Qu¡ E' Yoww O qu_ ; uma r: m. FAZER BnuuLuo! DISTURBIO. .. _ Bgçmuun_ _ BM¡ uma; o . JH, rtac. uurAn, /i % à a f. , z _ x . g e R_
  32. 32. › ' '. , ALEM Dtínxv-Mub v** PÊQUEN* PQFPARAR um RELATORIO CÔNFUSÀO ÉNTHt 7 l v , ° “ _ _ z " . ¡ , Em TRES was. .. Vl Ennio¡ ou( ' / Kgnumsmàh J - , «'- "f ” -›_ . _. . _~ AQWYÉELÀJ L5IM, CoM ' ~' ' ESSE 50¡ KNQUANTO Issamu YCNDA oo nen/ va » ' V o cnMPeÃo : uai Das coisas. cnc( rar. .. . ~ ' QUANDO N05 Ensmnw ruoo. ?mantermos . vocês . cnoruemum , encarna/ x a7/- . mnJt/ W' Campeão cessa non E A M . vaca-nela: ewísozanoo DANÇA LUTEIFIANA. . MAs uma FAISE nssum. .. “m” 55' ' - - 5 oo uau-resco , n 1o / A 7M! ^ "m" “t” Eu museu Posso Fusluunmaou DÁDZIMÍDAD/ oug/ 4D 0"' D D ' / / . É ea; MUITO som DAoz/ Mfoaozoum! ,. Õ°““'°"“'°'°””"' . p. , N . ' ' v . . . ' ' - ' DAEE. 0554.11', os NoRM-Noos PcEusAM: DIZER , - _ ELVOCÊS DOIS Aí! :Aíânxvgãf: Y' Que : ou caraatesco. .., i I f ~ › N r - 7 E e m7' rorooue ¡eo! cumommxmosso . l . _ _ y UM POUCO
  33. 33. EhCMlYt-*F- não e : omni/ LL EL¡ E' CAMPtÃo bl'. MEDO_ 5^°U0UC'"°$7 DE Quc você s não , Por. : 'mon' connnos QUE nosso . wma SAIBAMÍ com m. : mm No: : ENSINAR encucApux E' ' A o qu: Eb b: CAMvEAo Í / / ' ' ' _ ~ BOA vma/ xo: ou *A se eu: RECUSAR nos o JOGAREMOS ao ALTO oo PLNHASCO. :uma vÉ-Lo se você 'nvcsse 560a¡- DO o Meu couseLuo. .. '* sm. Não vamos @Greene msso se zucmzaeaalzÃo os «mms oesceuoemes DAquL HA 'ALGUNS secuLos. .. Nós TEMOS um. : mas. : un NOSSA ALoeaA QuE Pooennrrazee o Neadcto. MAG oaeccso u: Buscar-LA . SL LNES ENSINARMOS o age e' ameno. voces LIBERYAIIÃO o NOSSO campeao e msrnaio '-3 MAS_ me Que Devo uz P voce vn¡ se DVVERTCIZ. COMZR _ , _ JAVALIS AO CREME_ HCAQA' J E' com A CUCA caem DE CALvA ' pe Acoeoq/ uas uM o: voces ncmuj como serem . '.. . se o como não voam¡ . Mc's aesecepos CALVA no cknmo no , :: EFE/ AJ › Bsssunoasss A esnvn E' seno: : PARA MIM. .. ~ seAmovenA DA mmua rmquen!
  34. 34. r Cuaroronux_ ASYEÉIX e cucucawx vÂo nom COM A CUCA CHLIA Dt E eL Eu N%$Nco›nm›2 W P02 TUTATISÍ VAMOS 'A SUA CAeANA l L5, L. “n a! , x ! l- U 4 LLEVÀDIX . ONDE gsm' '= b ' CHMoroRcx ? ELE Não E›IA'LM CASAÍ '/41 reuzmeuvz ' (NÊIÊSÊQSÊZÊT/ E . n, . Nao QL' n YávA QUE CHEGAgl/ ¡MOS A LÀMCNTAK A AUSENCIA Do Nosso Í BARDOH. e : :um s( VM' Que eu: :: o mae 49;¡ D05 sumos! m¡ É. | ~.A . l-. .o eu SM. .. são os vnones Que penouume Ao › CHUE, om'. n. . ELE PkocucA o BAKDO/ sua, ACHO : :uz eu- esrA' um ELE Levou 10005 Os SEL: :- INSYRUMENYOS MuSKÀIb E QUASE ? OPAS AS ÊOuPv-SCHELE Fo¡ EMBORA MESMO. . *me UMA ¡DELA!
  35. 35. »dous bém-maio. loàarrxnrnnznlrmue. 'A' ¡oémnx VAI ENCONTRAR vocês vuum . E NA sua amos, uam? . ' . 7 *_ ' - “ VOCES vnunâmeru. - , r V, ' ' ' v 1 v y -7 . .. . . t! “n, 'r _ MASOQUE. Eu uma j _t_ f -, naum/ Ame vqc: , M” E r' ' : f ~_' ENSWEI Os M8705 DE « . -. new/ EBM ENSlNA-LO A . mp0 PARA An** _. ¡ ñs' . ' MENiREâz ÉNVÂO ELE _Í Ç sggmg aagoos/ VENEWÀ-CÉELK- _f - 4-4' '. 556a: OSMENIIZE5- 7 z' / , "4 ' m0' J D' ? '35 C^V^L05 . ur su! o . uonxnd o oummxl ELE : :os VMA A Lu rácm! , x , _ ÃVÂL_ _Í es: : Ram: a ' DE REPENTE FICOU vnvo! : u : notam x : 5 fcAmmacguf se cunrovomx »ecoa um CAVALO. TEM A INTENÇÃO p: uz PARA
  36. 36. ENOUAN ro Asrfezx_ E5 ra' ? e nao como ecran . V, DCS NCWM/ ND(7S. .. dia¡ mma 'no . fve L_ cnmmm ; em C-"ss/ JA' à ? naum oz CHARWDQIK. , . . ..oarui CAÇA . VAVAL/ S ? AQ-í 41.1742 d FOAVEH_ rua ISAAC: mfo Í N SANIMMI. . ! Dcmrtx . ' vou *rc LNSIN^K_â : cama ? M2005 E voce se TRAnmroRMAun' NUM CACHORRO MUITO L ' NÃo 'Quan Ma». CAISUAF. E 'CL/ tuo QUE uniu¡ v3» ___ ; Gti AHIOHÀ cuYcuqf-. JA E . x 7a. ¡ Fo-(CA 7»'ERe-. o› nuxsuírunL/ * ' . .rx . ' '_ ›, ' 'r “jfàí/ aLM/ onecotun ' . E: 'oeumk ANDAR . fsoL Luccromunus. [ como (s-: cm . . . VAMO LVÕLTAR' PARA FAZER umgeznmrzco EM TRES . ..OUEuk ESPANFA, SEM u( v Dim/ Num' A M4200!, A; mruutuns pomnmzs que' TÊM A Misoazr: os CQUZAREM COM FLE. 0000044; cama 1.' CALMA! mao SE A PAVGEC M . '.. . você se TR-IN_SFOR- Mou NUM FAN msrrco ruIzrx-mdnuous-J mu , uoc'arux? ssr; .uos NA msm. l 455m1 QuE SEI SEúuE uai Mc's cnuzuwos com um »somem : :nos uRROS ) Assu STARAM os sm . ' v¡ MSS-AP um ' ' ' . . v. nv sauna Passou ocAvALo b: CMTOTOQnÍ Í rAvALcIno _ MAS' A _ _ Por: mmILEAnY/ :MENIC N05 qcuconrunmos Í _nuuçng pELA MANURA Qunnoo ; LA s: A$SLHTOU « wuuneraruduão : msn: (uma mnvnva, vamu ›/ r P/ ROU Dc DAR , °'“"c"¡^ 'ame U" ¡ _MJQARQUE N50 ERA - ' 7 Bmzno ? um MENIR. um 64x' ho . '
  37. 37. cunoromx Í ' somos Nos. ” Elmvocí »nu un AUTCVSERVIMÃ suA mano PAssAQ vo: .mui. DISPQSAÇÃO. .. cm . srm/ seus-Ion. . ou. sm. ' v: um 81mm. Dou Turmas! / “ m, ... . . ELE COMEU 5.60M NÃO »asus msauzses cueaarmm - na oaxou o ' ' . .. o s: CHAICITOQX 'rim A TMN** ; MUITO DFNHEUw- A LHE PAGAR own estarem” r' ' cAvnLonmzA meu: w I a_ ' 'NYCNFMF D¡ P^“^“ ^ PROPOS CANTAR PARA PARA Que ea: se CALASSE os mcJuizos. . . . '» . :_ vamu¡ Cmrtwno . PAGAR A REFBCÃO ~- - MAS eu. : vususrru. .. ENTÃO ' _ '7' ELE N40 05V¡ "-5749 ro¡ a mmun pssanncá (catecg: A_ cnnmyão! s . o cunroromx! AMM/ CLARO ELES ! OUHOU ! esperas não msm mssm sem MIM NA Amém Í MAS mio camara . ' Paecuso PENSAR' NA MmuA CARREIRA f
  38. 38. ' . r Cuncmmx. vu¡ n30. semen! ataca-EM ro: ASTEQIx ' t. : sem ou: Musncnmzurr EHCUCADIX ESTA' 7¡ pgocuggg (OMPREENOE . a uma: : ARTE! QUEMME Mnwroul' ; mas AVANÇADO QUE os camas. EM penso¡ VlHEM-SE ›EM Mam! vou ELE pesam _ Aurmxeb mms GOZAOOQ DE _ ›' 7 mtu: Sucêssonu Lurccm! o: você. ” . =*r_c›oos. ' m. : Não PREOSA ucucaonxzÚxoLusLe Fo¡ Aonsuomno Au. compaecuaoN/ ocês _ Vou mma? " m¡ umqmm. Gyano JOVEM É” os , ?nos NORMANDOS¡ QUEREAA QUE ru vntaurnu os , 1 í RAM NA mzovúuccn. ANTES or TAOVELEVADO GOSTO/ r an» Quêlizgt M"" HOMENS oo uonnz. .. naum ' _ CONQLHSYAR A “Fnümw g ARIISTICO ? _/ ' ENCHtR o â- ' SEJA/ A CAMINHO. ) ' “* 1' CQÃNIO na. : ' ' «_ ' CANA. . “ (7 A _. _. . . , ñ I SEM ¡Emp g SEM pot-UMÊNYD El. CHATOTORLY. .. _ j! VAMXJIAMOS. UM 5;- pe¡ LuTICrA Eu vou”, voc: : não _Pope u. : EM P” “n55” sueuctn) Í E' POR , CfV$UE9O 509113050 voumt m" 3074;¡ , uno gnmnosmrua/ _ pqA U/ 'FÚA f” V°”-- own pmoémnx _f/ . ? às 06995759- voc: qua: qu: j' : JueREM qu: l _ caem( : caixa cumu. - Euume , Eu ' ' - DO. x ' _¡ ~2 cmrole : :mms t'- ' '“ Çouvenmoos/ ?R9 FI . ~~ v' , r -' , ~ N q! _ l , f ' J* ' « . .É 73'- . (500 ° ' gy- . . a' 'A . _ _ ¡«. » Q, .› U _L V x . à. AL) C l p E di. ; V H . ' , gb / »V3 T . x * ' f? r . -- Pao Mans cuammmx 350v¡ P184 AFASTAR DA 657134404 TODOS OS CHATOS. ..
  39. 39. mnxamuunaro oosumua~. à¡; › NÃO Ftaug ME fassm qu: 'we-As mw ”°“. $W4^": : . , 3/35 1 Excemm V¡ À I . ESPEJZAR ¡AM5! os csçná snLsnãuas , , QÉFENS SERÃO __ _ com CRFMFÍ , r › _ _ - EXECUTADOSLÉ/ AO . .ÊÊ ÊÊÊKÊWÍÊ; ° GOZANDOÍNÃO vou pqgkgaa? V* CHM-ANOS ~P$S°$ _ a NAVIOS. › _ , DQAkkAR DE Eau Am/ uANbo REM PARA o BANQUEÊ DE com¡ TURKSTAS_ AQUI E O LEVEM *' oBELu, MAS você -. COM OGU-rpa PARA r A' Devm ESPERAR K PRENDAM ESSE CARA -- 'V “Rc” SE' ° CNE )NÃO! PA? A vocês nous soou Auoen DE MAS, ANTES. com Fms 'ou . ,a í, _ . « N ' " . , ~ . . ~ . , A mms/ oca VGA _ . - -- b N^0 si: PREOCUPE PURAMENTE bloáflCos . PBEFERC Que UM muco ? OR ma . A __ _. mnomuwmmjm VAMOS TE DÉÍXAR VOAR Eu ANDE DE * _ , - ' _ - ' - " _ ¡ Gemas? EMQLLCQDAJDEPOIS 'DA __ #E M BEMFQQUW¡ 3 V J ›-s UMA uuINADA PRA LA - _, . _ HOT**- Fn- . ,. . _ ' r/ / 'coragem . eucucAonr/ Mosrtz: Aos uoczMANoos / DE BIUNCA~ 7 canas!
  40. 40. '* vorÉ Não s cooosczanvo! AL/ as, NENHUM D05 ou. uXoJ ou. Nim. ” NÃozmuo. :m : nunk '___ ' s! EUL| IE§CAUSAR BEALunÃo ATfquE ENFIM MEDO. ,.W3LE smvocrs NAO tn'vaa. ..vnu ESSES Gmuesss ME ommMAo Amnni. . mes mw UM DtÇImRAM ›ÉR : - fr MEDmuo f &Azoavms ! - N (mito que nã Nós E 'QUE vomecuns . ' , ›" _É . , V, » , Í_ OUJEM SgLVUU (UNIAÊ A FUÚLATE que essa Mk L EMBQA _cwauoo Man-u 2-1 mm¡ aos. , . ..M45- ELE NÃOC'J: STOU. DOI› wonomuum 'Inc »a LÍESMÀ ÍDCIÀ. COM TODOS áqJUFLEà CKúNlnjà › ELE o . ._ _ , g I , ubrgpm m¡ POIS Qurlim DMI_ UM suzwço NÃo 543m g QUE FAZER COM Acnsscn . ' . f __ ~ " Lgugque @meu commevo DE cia/ unos A um "ou o _, o] , o' . â: É _n_ , A MLMNWHA__ __ ¡: «uma Que m IIII[Í_'Í, ¡ "lo yl. , "h
  41. 41. _ E você nem Mtpzuozx. ' ngrcmx/ zssss BARBAROS NAO semen NEM um Pouan n: Meoo! ' »Aruomur 1.: ESTENOGRAF/ LEvcm-No “A msm DE DECOLAGEM . ' EM CASA . Qunuoo num z 55m, _ BOM. BASTA b: ílcsAoAs. msssmos cArzsms_ MINHA mma Moema ' “as . .casas seQms. ot-No§ uma oeuomfrtznção no TEU voo. você DEVIA mes¡ QuE em GERAL AS CRIANÇAS sÃo mms Boaocns que os 518284905 . AFIRMATIF. AUTOQIIAC a DADA. REPITO . AFIRMATIF. AUTOQRAÇÃO DADA. .. Denrerroine ESrA/ EM sons cquolcõe¡ os Voo. Pope
  42. 42. , uío s¡ vnsocuoem (OM o cAMPuTo! omDEM- s: APENAS oo »enorme (SAULÊS _ po: : ssssyequeno cmuuzs um GUERREIRO DA o aueí ? não _ saem QUE TINHA E(O PonAQw. ..
  43. 43. ENTÃO. A ' r" como você Asrzmx. vou QUE (qu: ' * ' DEMOROU! ExPucAR o QuE FAZEMOS 'É ' _ ' . JA' ESTAVA ACONTECEU. .. . counnuamos . . PREOCUDADO/ A emma; _, _. ~ _ - ' ' . vocÊ sozmyo. ' 4' sem Nryauem. VAMOS ÊECOMECÂR KOShAS CONVEISÂ* ções? ENTÃO oune an- e_ cocsn cxrnamnzwuakr. : QuE voce IA mama 't' l JA v¡ QuE V MIGPUME V n¡ Lsoaçlwacês SÃO não M: uma! . 5595"- ¡ east. Bzfeuno m¡ A os stus ¡Awnísncos r: CHATOMWX- com _Gus 'rRauSBonDC-u Mangas_ EMGRACAOOSÍH¡. 'H¡Í/ uz"u¡. ' A carona! VOL-ro r l ELES VIERAM DE MUIYO LONGE PARA ouvuzgm UMA - BOA caução éàuu-. SA. você Não va¡ qusuea DF. ieílCloNAiLog_ uu tzscnmn? um snow-MAN, CoMo 012mm m: aesv-õss? qu: ízesvmsnànuoaoc. .. L' mvwo/ 5 você nom Qu: mu: No oeuunsco o som vm sauz LEC›4L.7/ SE O SOM DIFAQ, NCM sc¡ o QUE vou nzcu. . 25m: : um rouca! vou ApízEsEwf-Lo ANTES no Púsuco .
  44. 44. nouwnoosíuosso “Ç ' M800. cunroronngvn¡ x Luas cnusncz msoo v PELA Pnnmkma vez! / QUALQUER çzxsn me mz _ _ , _.- - / VA'. QuE TAMBEM VAI seu . _ , e . w S - w, V ' cuAmTORlK! _ . . . , A uLruuA! , , ; 1'_ _ j_ ~ _ . ç MOSTRE o qu: voc¡ › V* , , -, . 7.- __ . p_ H, r . ., ,v v d_ __› SABE FAZER! ( A rznrán ! um pouco V FRIA. .. vou ' Satan/ nim. , J J* 1,¡ , q CERVEJA GA E 'A5 MULHEREÉ, As ñ_ As MULHERES QUE TEArf/
  45. 45. 12-60' ; X30 ? N51 1 ' °'Y'nz¡¡~ú- pa? ? 97. E_ É; meu! wlir 7; t f um muco DE . sujncrof Poa FQVOQÍ «um unuoo vn¡ ¡uvauzomcmtz AGORA mms uMA DE sum» mmposncõLsl A I'O5SIBILIDADC DE ESCUTAR g par; qu; ' 'eu' Mai: uma v! .' FA: mrus NÃO JDK( HOS IQCMEEEM. Mtui¡ . w narra «MLM _ 51H70 tnunrl, x « runs r: mtu Lynümun) 17cm' k , 3" RLVIAZANDU. " r. - V ' 'I a “q”.
  46. 46. AIÍsTtWNosm vmóem o( Estamos m. _ ' w um sucesso! couuecmmos o mem! X R AÓORA os NORMAP$OOS com E: CEM Tuba' 'ao . , . 3,* y _ 1 u. Mano? .Tamo M500? Nos rtp-Aos M5907. , › j * QVDÍNE ' 'POR TEOR¡ a oamqnoo. cam: 5108521511001¡ NEM $610 QUE ›' onoz c' our. Eu sumo NEssA susrcíxzm? NÂO sc¡ m: NADA , vou coNrmuArz meu REcnrAL ou Não ? NAO POSSO prum: : A Pmré: NA MAO! _R_ › r -1 ; í ”/ -__ . S I N50 TENHA mtoo pa; mLAvsm-ç! . É. L_ x. Go um Memo! g _âb A k . .-xfk _Í omvocés ; usem aus eu Não MEREÇO. com uM oaauco como esse , não saem, qumqum um n: oa' Bem l ' se : :u Twesse_ um Pf-DAÇO oz MAIMORE PEDIRIA UM COMO EKPIZIMRRMEU ~ O szecouuecmenrtncnmés'. . ' › seu. NOR mauoowoac COM SEUS HOMENS PARÁ o NAVIO t: QUE A . .senna 50's: aevEgA DAQUI un' means sccuLos! N50 vnu A PENA! rox um Exu-o! UM ? atum-of um ; maço SEM DQccc DEN - E vocsHoseLux. QUE ACHOU '? ENTENDI, ._ESTOU Louro PRA voqAR E om: ALGUMAS conrenencm: soam: o mtoo. .. MAs ANTES ouçno FAZER ALGO Von voces. .. ASSIM FICAREMOS QmTEs. ..
  47. 47. PAPA Augaosceihssauuno Não si vAMos MAssA< : Algo: E A NA-rA _I Y AH, IISSO JNCHEGA! A YHAOIÇAO NORMANOA , VAMOS pneútuve; ^^gyonÍLog M¡ QANQUETE pg AlNDA NÃO ACABARAM ortucçs: UM cuuor A pgmnoA DC com! você» ou; nuuíolut' Ó MÉLHORL¡ 7 , A ' f# , êéNtêurveu y_ voces' JME' scnvem o : :no o. : u ' ' ›' g C°M 'S570' SASYA' n' SX ' A 5U"05'f7'5 cozmuA Noam/ num. .. sv j . ._ * BASTA E BASTA! '. *f *Canna e comeu'. *-› _ 7, «r ' '_¡, _:_'~¡; g_- ) j V (ñ - UM pouco_ V 7 7 - *n _*í V"" '“-~~V - . af -_› . k. _ __ › NÃO; SEIH pmoAs! Assim n ¡sent! NÃO _j umnoruam Noummuon? ! AcAeA um Isso! _x É_ A_ - _ _rv A _ vou ExPucAR sdMAus UMA vez! ENÃO EXPLICO MA¡s_. ' PEGUEM o NAVIO E VAO EMBORA! ÉNCÍAKHDIÍ TEM BAIÃO! ELES são cachos! Eu , eul caem QuE nosso DMIGO ncou CLARO ou: ELE Ecunro, our resrúnoo! rAcA como eu r COLOQUE musa NO ouvxoo Quauoo a. : CANTAR. , _7' v i '4./ __, _. _ / d § " '. . %f§ 4.3123' / susmzn/ k) _ _T 44:4 "f *al ' _v “_“'H. _Iu-/ . , 7 r Cu M( PCRGUNFO _ . _ *v Exvnrro oemns, xt Nnocuruunsmc¡ mrzQus Aaoun _ VAMOS Luma? D: vzizoAoe ? fumus Tom QUALQUER por: Quê f oAIzAoA/ j) I. _r
  48. 48. popa¡ mu] PARA meu vednmo rzcurAL. ENrRfNTO vou : meu: mms oRoeM! aunque¡ um. ” 79005 55150 @E E' 'WE ESTÃO com ucoa! 'r'u úINoo. ..NAOCNTlNDO 5:55 25"? ) GRACAS A Ndsuss mms NADA! ' 5'¡ 'x ' sAeeM o Qui: e: " voos» vnl ' oovim wa! SABEMOS vam! vAMos BALANGAR As AsruuAs . ' voam PARA A norzuAuom Í / íl ' nas vÃo 5.1352 QUE' NA eafLrA. 'ruoo ACABA com CANCÕE S . ' LHAYOTOTUX. as? ? Em momsum '5 5 'A DE r-gssncmn J E , a 0 o nasua: . . Ano¡
  49. 49. M45. A dokoo oo OÊAKEAL J AMBMNY: EsTRAIvwA/ nmic IML/ DOU ns NORMANDOS _sia mui. : L'. AFJS a : hu/ SMO o: Atz. BASTANTE RÍPIDU. ELES ALCANÇtIM SEU Nnwo. .. ¡vurAFÍ mas: »uma . x muro DE vuua/ 1. ›_. v . _-, 1 ÉQuE ? fumo F QUE jMeoo D( ncAc x1 xaznuuonlkcm . - _ CIMA. . A . › *N -A Aun( *â A f' . . ' Sumcuer . ' e. . J S O OS HOMENS, CHEFE . .. ELES sem rAzeR : não pconuoo PARA que: RAPULHOÍASSIM você NÃo entre-muro. .. Ltvo um susTD ELES FICAM com MEDO. oa Mouactz! MA$ PELO MENOS NAO 3T AWOXUI¡ PRENDEMO: A VOAÊ. . CREM) QUE ñ NOSSA vunoelgt DE Enuoo< 15v( E1170 DEMAIS. .. , AcREDIrA QUE DEU DAgqE NELE f SMIIVEM Toma CASO , DEVE/ nos FNSAR ALERT/ as. ” 1 'É 4.: -"' . :: EW-q l ¡ Ju¡ , 1_ . '*T ¡ l
  50. 50. cassa. : AMvGa: RETOPNW" à EU SAerA que 085p. ¡ »ou 1¡ EnSmMt . amem ones : Ab Ettíamos , uma com”, um sucuectcg-st A cAçAa. .. como rasummooess. .. Vmg_ Amam] ' COMÉCAREMOS rcms cosmos. : :Q3553 srmAsmcu-z- l 'y , _ meu, A5 uArauLHAs -rxmossocuert. _ ' ~ ¡OMMMS 5_ ¡Quntúuli un . " _ _ v _ _ _ 5'” *PBWWÚ 55 . - ' , ._ FINALMENTE os TRANMTOENGJ num › . '§. _x, ,_JAvAL¡s! osso amoo. como rooo_ Arno. não "a DGFALRE EM . Srt/ Senna. você nevm 'ri-Los vnsro! ELES , ones mu¡ A UIVAVAMÍCORRMM LUTÉCIA e 9mm: oAeA mu! _ Qcazessmuaos! ! oEuaA vAM f ~ ' "“ vsnoamrrzo r - «QCAJOSAJGAUJL ' (l _ A. Pnuganncxmosm nmmA. -› íconueccuoo o MEDO COM EFEIYO; as nrazmnrmas : cansam 6001847512 o ma: Ama-um qu: Po¡ qu: mcnmos cozznzosos em, cum/ magnum amu/ os ; seus LUGARES : :da uma soA meu: FAzL-: u - A vsaonoeunn coaAcem e' saw: : RESERVADOS No amena: : o: oouv. .. ' snsc: comuna o maca! _ SIMPLES/ H ENTE PEIIÚLINTEI SE As fem: »v4 vIv/ FrcANrE “ ARMdnrrA . TeAMuvARAM , - ' (usam o Mouânro o: eNcucAmx ; ze rom/ ae à Lurícm ~ um Genro( BANQUEYE DE DESPEOIDÀ For-LHE atacar/ oo, BANQUHE oa qruAL CuAromRIY PART/ cmd. ma-auz. AFINAL, E' GEAUJS Ao nosso BAEDO qu: T1100 recua-u REM. 0/1, sm!
  51. 51. 4". . SINTO-ME TÃo FFPAQUINHO, PA NORAMIX . '.. . _NA o, OBELIX, você NAO Pooa TOMAR A PocÃo MA'6lCA. ' JA' passe MAIS os mL ve- 25s ou: você CAIU DENTRO DELA QUAN DO ERA BEBE.
  52. 52. TÍTUlOS PUBUCADOS : ASTERlX 0 GAlFLÊS ASTERIX E CLEOPATRA ASTERIX E o COMBATE nos CHEFES ASTERIX ENTRE os BRETÕES ASTERlX NOS JOGOS OLÍMPICOS ASTERIX E o CALDEIRÃO ASTERIX NA HISPÃNIA ASTERIX E A CIZÂNIA ASTERIX ENTRE os HELVÊTICOS ASTERIX EM UMA VOLTA PELA GÃLIA ASTBRIX E o ESCUDO ARVBRNO ASTERIX GLADIADOR ASTERIX E A FOICE m: OURO . AsTEmx a os NORMANDOS ASTERIX E os GODOS . ASTERIX E o DOMÍNIO DOS DEUSE . ASTERIX LEGIONÁRIO. íííííííí *'°°$"'“9°! °'. ".°$°9°? '?'5"1“. “PT' 14

×