Equipe Shinobii

123 visualizações

Publicada em

Apresentação do Patrimônio Público de Caraguatatuba pela EMEF Maria Thereza Souza de Castro.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
123
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Equipe Shinobii

  1. 1. Desafio 2 Grupo Shinobii
  2. 2.  Com 325 metros de altura, o morro oferece uma vista privilegiada de toda a enseada de Caraguatatuba e São Sebastião, além de boa parte de Ilhabela. Há uma plataforma de voo para quem salta de asa delta e parapente e é um dos locais mais apreciados por quem pratica voo livre.  Materiais: Ferro; Concreto; Pedras; tintas branca, vermelha, preto.
  3. 3.  O Relógio do Sol que está na Praça Cândido Mota foi construído há 39 anos, quando das comemorações do centenário da cidade. O monumento representa o marco zero da cidade e tem cravado o mapa da cidade. Os dizeres, em latim "Hohas non numero nisi serenas", significa "Só marco as horas serenas da vida“.  Materiais: Ferro; Concreto; Pedras; Tinta branca; Azulejos de época
  4. 4.  Na mesma Praça encontra-se um dos mais característicos monumentos da cidade, primeiro da fase republicana e um dos mais significativos para os que aqui residem.  Um obelisco, marco inicial de uma nova fase de saneamento básico em Caraguatatuba, com distribuição de água encanada, ainda que não tratada, cuja inauguração deu-se pelo Presidente do Estado de São Paulo, Altino Arantes, em 1919, em visita ao Litoral Norte Paulista.  A partir de então, os costumes da cidade passaram por uma revolução: “as latas de banha” usadas no transporte de água para as residências foram sendo substituídas pelas torneiras domésticas.  Materiais: Ferro; Concreto; Pedras; Tintas branca, azul; Torneira de metal.
  5. 5.  O primeiro coreto foi construído na década de 1930 por Dona Belmira Nepomuceno. A pracinha necessitava de um espaço para as apresentações dos festejos populares. Em 1971, na gestão do então Prefeito Silvio Luiz dos Santos, o antigo coreto foi demolido e substituído por um novo.  Em 2005, foi reformado ganhando um novo visual. Toda a reforma teve como objetivo preservar um dos mais importantes patrimônios históricos da cidade que durante décadas tem sido o local de encontro da comunidade, onde ocorrem muitos eventos culturais, como a apresentação da Banda Municipal Carlos Gomes.  Materiais: Ferro; Concreto; Pedras; tintas branca, azul; Grades de metal; Madeira; Telhas.
  6. 6.  Em 1941, juntamente com o término da construção do Grupo Escolar, foram plantadas duas Palmeiras Imperiais, no terreno do antigo Grupo Escolar, hoje Polo Cultural Professora Adaly Coelho Passos, pelo Sr. Francisco D'Onófrio, a pedido do então Prefeito, Bráulio Pereira Barreto.  Atualmente, há somente uma palmeira, que mede mais de 20 metros de altura e é apreciada por quem passa pelo local. A outra, localizada na esquina com a rua Paul Harris, caiu às 9h30 do dia 15 de março de 2010, devido às fortes ventanias em dois dias seguidos (o conhecido Vento Noroeste), que segundo o CPTEC Inpe (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) chegaram há 120km/h.

×