Text narrativo

2.490 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.490
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.110
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Text narrativo

  1. 1. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 Os textos narrativos servem para contar histórias. Podemos fazer isso através da oralidade, quando contamos algo que imaginamos, ou através da escrita. Os relatos de algo que aconteceu na realidade também são textos narrativos e têm todas as características que vais ver agora. Os modelos mais comuns de texto narrativo que já conheces são os contos (tradicionais e de autor), as lendas, as fábulas.
  2. 2. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 introdução A primeira parte, a que podes chamar introdução, serve para nos apresentar a situação inicial, que deve incluir o quando, o quem e o onde. Por vezes, nesta primeira parte temos já informação sobre o quê. Observa: Há muito tempo, vivia na China, um Imperador muito rico e poderoso. Quando: Há muito tempo O quê: vivia Onde: na China Quem: um Imperador muito rico e poderoso É muito importante que, quando começas a ler um texto narrativo, procures identificar desde logo estas informações, porque elas vão ajudar-te a compreender melhor o texto. Se, pelo contrário, te preparas para escrever um texto narrativo, deves definir bem estas informações para as incluíres logo no início do texto.
  3. 3. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 desenvolvimento No desenvolvimento da história há duas partes: Problema inicial Trata-se do acontecimento desencadeador da ação. Se pensares em histórias tradicionais que conheces, vais facilmente identificar esse problema (pode ser o príncipe que se apaixona e quer casar, a bruxa que quer fazer mal a alguém, um pobre que tem de enriquecer, ou outro problema qualquer). Acontecimentos É nesta parte que se pretende resolver o problema inicial da história. Normalmente aqui entram outras personagens que podem ajudar a personagem principal a resolver o problema ou complicar-lhe a vida. Se estiveres a escrever uma história, deves imaginar cada acontecimento, definindo bem onde e quando se passa, bem como quem participa. Esta é a parte mais longa da história.
  4. 4. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 conclusão Trata-se da parte do texto em que se mostra a solução para o problema inicial. Observa: Então a rainha foi declarar ao príncipe que era realmente uma princesa verdadeira, porque em cima de vinte colchões e de vinte acolchoados de penas sentia a ervilha que lá pusera para a experimentar. Só uma princesa verdadeira podia ter uma pele tão sensível.
  5. 5. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 Exercício 1 Escolhe a opção correta para cada afirmação. (clica e descobre!) Encontro a situação inicial da história Introdução Desenvolvimento Conclusão A solução do problema inicial encontra-se Introdução Desenvolvimento Conclusão Encontro vários acontecimentos da história Introdução Desenvolvimento Conclusão A apresentação da personagem principal é feita Introdução Desenvolvimento Conclusão As personagens secundárias que ajudam/complicam aparecem Introdução Desenvolvimento Conclusão Clica aqui para aprenderes mais sobre o texto narrativo
  6. 6. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 Para poderes escrever uma história, tens de definir previamente vários conteúdos. principal as mais importantes, que estão envolvidas com o problema inicial, e que se mantém ao longo da história secundária que apareçam pelo meio, para ajudar, ou não, as personagens mais importantes Personagem Conteúdo Espaço o local onde a história acontece Tempo quando é que a história acontece e quanto tempo ela demora Ação apresentação dos vários acontecimentos Narrador quem conta a história (pode ou não ser personagem)
  7. 7. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 Nos textos narrativos há alguns aspetos de gramática que deves ter em conta. Uso de verbos que indicam ações no pretérito perfeito e no pretérito imperfeito A mãe colheu... O sol faiscava... Uso de verbos para introdução das falas das personagens, no pretérito perfeito E a mãe respondeu: (...) Um dia queixou-se: (...) Uso de verbos no presente, nas falas das personagens - Pai, pai, estou farta! - Estas são as feridas do amor (...) Uso de dois pontos, parágrafo e travessão nas falas das personagens ...acordou e disse: - Minha mãe, ... Uso de adjetivos e verbos no pretérito imperfeito nas descrições ...tinha por olhos duas brilhantes safiras... Uso de advérbios na narração Ele gritou bastante. O aluno chegou agora. Uso de conectores para ligar ideias, frases e parágrafos A andorinha chegou mas não havia beirais...
  8. 8. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 Exercício 2 Lê o texto. Quais os verbos no pretérito perfeito? (clica e descobre!) A mãe obedeceu. Na manhã seguinte, acordou e disse: — Minha mãe, quero ver se o orvalho da noite manchou aquelas florinhas. O sol faiscava nos arvoredos e nas plantas. Apenas chegou encheu-se de contentamento, os largos molhos de hortênsias estavam cobertos de formosíssimos tons rosados, roxos, vermelhos, amarelos e azuis. E por entre aqueles ramalhetes cintilantes de vida, António passou alguns momentos de felicidade (...).

×