Era uma vez um belo príncipe chamado D.Pedro. Este
era filho de D.Afonso IV e de D.Beatriz de Castela.
D.Pedro nasceu em 1...
Tudo começou com o casamento de D.Pedro
com uma princesa espanhola chamada Constança.
Eles não se casaram por amor, uma ve...
Foi nessa altura que D.Pedro conheceu D.Inês
de Castro , uma das aias de D.Constança.
D.Pedro quando viu D.Inês de Castro,...
O romance vivido por D.Pedro e D.Inês de
Castro não foi nada bem vindo ao povo português
e a seus pais porque tinham medo ...
Assim, quando D.Constança morreu, D.Afonso
continuou a julgar e a interferir no amor
indestrutível de D.Pedro e D.Inês.
Para acabar com a ligação amorosa de D.Pedro
e D.Inês de Castro , D.Afonso tentou afastá-los,
proibindo D.Inês de viver em...
D.Afonso IV estava muito preocupado porque
via que o povo tinha medo da influência de D.Inês,
além do mais não estava nada...
D.Inês foi assassinada em Coimbra ,num lugar
agora designado de “Quinta das Lágrimas”.
Depois da execução de D.Inês, D.Ped...
Quando D.Pedro se tornou rei, era muito
cauteloso com o povo, que gostava bastante dele.
Mas apesar disso, uma das primeir...
Após dois anos da morte de D.Inês de Castro,
D.Pedro mandou elevá-la a rainha e obrigou toda a
corte a beijar-lhe a mão, o...
D.Pedro, apesar de ter perdido o grande amor
da sua vida, voltou a casar-se e teve vários filhos
ilegítimos. Dois deles ch...
D.Pedro mandou depois construir no Mosteiro
de Alcobaça dois sublimes túmulos para D.Inês de
Castro e para ele próprio, es...
D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02
D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02

861 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
861
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
515
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02

  1. 1. Era uma vez um belo príncipe chamado D.Pedro. Este era filho de D.Afonso IV e de D.Beatriz de Castela. D.Pedro nasceu em 1320 e teve muitas dificuldades durante o seu reinado , principalmente por causa das pestes e maus anos agrícolas. Como viveu muitas guerras na conquista de África, queria agradar o povo.
  2. 2. Tudo começou com o casamento de D.Pedro com uma princesa espanhola chamada Constança. Eles não se casaram por amor, uma vez que o casamento foi organizado pelos pais de D.Pedro.
  3. 3. Foi nessa altura que D.Pedro conheceu D.Inês de Castro , uma das aias de D.Constança. D.Pedro quando viu D.Inês de Castro, logo se apaixonou.
  4. 4. O romance vivido por D.Pedro e D.Inês de Castro não foi nada bem vindo ao povo português e a seus pais porque tinham medo que D.Inês, filha de um poderoso nobre espanhol, pudesse ter má influência sobre o príncipe.
  5. 5. Assim, quando D.Constança morreu, D.Afonso continuou a julgar e a interferir no amor indestrutível de D.Pedro e D.Inês.
  6. 6. Para acabar com a ligação amorosa de D.Pedro e D.Inês de Castro , D.Afonso tentou afastá-los, proibindo D.Inês de viver em Portugal, mas isso não resultou porque D.Pedro foi viver para a fronteira de Portugal e Espanha, onde frequentemente se encontrava com a sua amada. Diz-se que se casaram por essa altura.
  7. 7. D.Afonso IV estava muito preocupado porque via que o povo tinha medo da influência de D.Inês, além do mais não estava nada contente com as guerras e a fome que se viviam no reino. E com todos estes argumentos, influenciado por três conselheiros, D.Afonso achou que a melhor solução seria mandar matar a dócil D.Inês
  8. 8. D.Inês foi assassinada em Coimbra ,num lugar agora designado de “Quinta das Lágrimas”. Depois da execução de D.Inês, D.Pedro revoltou-se contra o seu pai declarando-lhe guerra. Felizmente, a paz voltou graças à rainha-mãe, que evitou o conflito militar entre pai e filho.
  9. 9. Quando D.Pedro se tornou rei, era muito cauteloso com o povo, que gostava bastante dele. Mas apesar disso, uma das primeiras coisas que fez foi vingar a morte da sua amada D.Inês de Castro, executando de modo cruel os ex-conselheiros do seu pai arrancando-lhes o coração. D.Pedro depois da morte de D.Inês tornou-se numa pessoa triste e fria de sentimentos.
  10. 10. Após dois anos da morte de D.Inês de Castro, D.Pedro mandou elevá-la a rainha e obrigou toda a corte a beijar-lhe a mão, ou o que restava dela...
  11. 11. D.Pedro, apesar de ter perdido o grande amor da sua vida, voltou a casar-se e teve vários filhos ilegítimos. Dois deles chegaram a reis: D.Fernando (legítimo, fruto do casamento de D.Pedro com D.Constança) e D.João I, Mestre de Avis ( filho ilegítimo , fruto da relação de D.Pedro com D.Teresa Lourenço) .
  12. 12. D.Pedro mandou depois construir no Mosteiro de Alcobaça dois sublimes túmulos para D.Inês de Castro e para ele próprio, estando colocados frente a frente e, deste modo, no dia do Juízo Final, olharse-iam de frente e juntos subiriam ao céu. D.Pedro morreu em 1367.

×