Resenha critica de_teci (2)

1.037 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.037
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resenha critica de_teci (2)

  1. 1. UNEB Universidade do Estado da Bahia, Departamento de Educação, Campus XI. ALVES, Lucineia. Educação a distância: conceitos e história no Brasil e no mundo. In.: Revista da Associação Brasileira de Educação a Distância. Volume 10 - 2011, páginas 80 a 92. Disponível em: <http://www.abed.org.br/revistacientifica/Revista_PDF_Doc/2011/Artigo_07.pdf > Acesso: 24 de abril de 2014. Lucineia Alves é Doutora e Mestra em Ciências pelo Instituto Oswaldo Cruz- Fiocruz- RJ. Especialista em ensino de Ciência pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Licenciada e Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Adaiane dos Anjos Carneiro, estudante do 4º semestre do curso de Pedagogia da Universidade do Estado da Bahia, Campus XI. Resenha Crítica do texto: Educação a Distância: conceitos e história no Brasil e no mundo. O artigo tem como objetivo apresentar uma breve revisão dos conceitos da Educação a Distância, elaborados por alguns autores e enumerar alguns acontecimentos e instituições que se tornaram marcos histórico para a consolidação da atual Educação a Distância no Brasil e no mundo. Esclarece que a importância desta modalidade de educação está crescendo globalmente e tem se tornado um instrumento fundamental de promoção de oportunidades para muitos indivíduos. Porém, atualmente, podem ser consideradas duas modalidades de educação: presencial e a distância. A modalidade presencial é a utilizada nos cursos regulares, onde professores e alunos encontram-se na sala de aula. Na modalidade à distância, professores e alunos estão separados fisicamente no espaço, sendo efetivada através do uso de tecnologias de informação e comunicação. A metodologia da Educação a Distância, permite o acesso ao sistema àqueles que vêm sendo excluídos do processo educacional superior públicos por morarem longe das universidades ou por indisponibilidade de tempo ou horários, contribuindo assim para a formação de profissionais sem
  2. 2. deslocá-los de seus municípios. Pode-se notar que existem vários conceitos de Educação a Distância e todos apresentam alguns pontos em comum. Porém, cada autor ressalta e/ou enfatiza alguma característica em especial na sua conceitualização. Ao fixar alguns marcos históricos foi perceptível que todos esses acontecimentos e instituições foram importantes para a consolidação da Educação a Distância, oferecida atualmente em todo o mundo. Os primeiros dados conhecidos da Educação a Distância no Brasil são do século XX. Entre as décadas de 1970 e 1980, fundações privadas e organizações não governamentais iniciaram a oferta de cursos supletivos à distância, no modelo de teleducação, com aulas via satélite, complementadas por kits de materiais impressos, demarcando a chegada da segunda geração de Educação a Distância no país. Somente na década de 1970, é que a maior parte das Instituições de Ensino Superior brasileiras mobilizou-se para a EAD com o uso de novas tecnologias de informação e comunicação. O artigo é finalizado trazendo reflexões sobre a Educação a Distância, que pode ser considerada a mais democrática das modalidades de educação, pois se utilizando de tecnologias de informação e comunicação transpõe obstáculos à conquista do conhecimento. E esta modalidade de educação, constitui-se em um instrumento capaz de atender um grande número de pessoas simultaneamente, chegando a indivíduos que estão distantes dos locais onde são ministrados os ensinamentos ou que não podem estudar em horários pré- estabelecidos. Pode-se concluir que a Educação a Distância está rompendo barreiras, criando um espaço próprio e complementando a modalidade presencial. De um modo geral, a autora apoia-se em diversos autores para emitir suas conclusões. Alerta-nos que a Educação A Distância, embora tenham acontecidos avanços importantes nos últimos anos, ainda há um caminho a percorrer para que a mesma possa ocupar um espaço de estaque no meio educacional. Enfatiza que é cada vez mais crescente a oferta de cursos formais e informais através da EAD. Sendo que o governo federal criou leis e estabeleceu normas para a Educação a Distância no Brasil e os cursos superiores da EAD apresentarem diplomas com a mesma equivalência dos cursos de ensino superior que utilizam a modalidade de ensino presencial.
  3. 3. Conclui que a Educação a Distância oferece oportunidades que pelo modelo presencial seria difícil ou impossível de atingir, pois possui uma ampla abrangência e grandiosa magnitude não somente no nosso país, mas em todo o mundo. O artigo fornece subsídios para entendermos melhor a história da Educação a Distância no Brasil e no mundo, tornando-se um instrumento fundamental de promoção de oportunidades para muitos indivíduos. É uma leitura simples que não exige conhecimentos prévios para ser entendida, além de não precisar de diversas releituras e pesquisas, quanto a conceito, e contexto apresentados. Com estilo claro e objetivo, a autora dá esclarecimentos sobre a história da EAD no Brasil e no mundo, tendo como referência diversos autores, impulsionando-nos a uma reflexão crítica, possibilitando-nos analisar, a fim de chegarmos a nossa própria fundamentação teórica. O artigo tem por objetivo discutir a história da EAD e oferecer sugestões para estudantes universitários e pesquisadores, a fim de que possam realizar planejar e desenvolver as próprias pesquisas, na graduação e pós-graduação, utilizando-se do rigor necessário à produção de conhecimentos confiáveis. É de grande auxílio, principalmente, para àqueles que desenvolvem trabalhos acadêmicos no campo da Pedagogia.

×