Mídias sociais de acordo com o IPU

116 visualizações

Publicada em

Resumo dos principais tópicos do documento

Publicada em: Mídias sociais
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
116
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mídias sociais de acordo com o IPU

  1. 1. MÍDIAS SOCIAIS DE ACORDO COM O IPU
  2. 2. IPU – INTER-PARLIAMENTARY UNION Organização Internacional de Parlamentos  Foco principal Promover o diálogo entre os parlamentos do mundo e trabalhar para a paz e cooperação entre as pessoas buscando o firme estabelecimento da democracia representativa.  Ações Estabelecer padrões e orientações com as quais os parlamentos possam medir suas performances e serem mais efetivos
  3. 3. Em 2013 o IPU lançou um guia para orientar a atuação dos Parlamentos nas mídias sociais.
  4. 4. O guia está organizado em oito capítulos: 1. Escopo e propósito do guia 2. O que são as mídias sociais? 3. Governança e controle 4. Compliance (seguir as regras) e questões legais 5. Planejamento 6. Estratégias para engajamento 7. Exemplos de uso de mídias sociais 8. Exemplos de engajamento além das mídias sociais. Anexo - Check list de mídias sociais
  5. 5. ESCOPO E PROPÓSITO DO GUIA  Mídias Sociais – nova oportunidade – comunicação e envolvimento com o público  Em 2012 – 1/3 dos parlamentos já usava e 1/3 planejava usar  Guia – equilíbrio entre as mídias sociais e meios tradicionais  Guia – orientação para os gerentes de mídias sociais no Parlamento  Público-alvo: servidores dos Parlamentos
  6. 6. O QUE SÃO AS MÍDIAS SOCIAIS?  Acesso individual, envolvimento e interação (internet, nuvem)  Consumir, criar e adicionar conteúdo  Independentes de plataforma (tablets, smartphones, laptops, etc)  Experiência bidirecional e interatividade
  7. 7. Prós Contras Espaço para o diálogo Etiqueta e protocolos são diferentes de outras mídias Aproximam do público Riscos de reputação, se não for autêntico, honesto e transparente Constróem credibilidade e confiança Precisa ser percebido como relevante pela audiência, não para si mesmo Maior transparência Requer conteúdo cuidadosamente adaptado Distribuição viral Potencial de se mover rapidamente e além de seu controle Relação custo-benefício O envolvimento é difícil de prever e não há garantia de que um diálogo produtivo vá ocorrer Melhor entendimento da opinião pública Mídias sociais não são atalhos para eficácia, princípios de boa comunicação ainda se aplicam Monitoramento em tempo real
  8. 8. O QUE SÃO AS MÍDIAS SOCIAIS?  Gêneros  Finalidade  Normas  Modo de uso
  9. 9. GOVERNANÇA E CONTROLE  O uso das mídias sociais no parlamento está sujeito a obrigações legislativas, estruturas de governança e requisitos operacionais de risco  Autorização para divulgar, acesso adequado e códigos de ética (importante não burocratizar demais)  Proteção contra divulgações inadequadas – resistir à tentação de correr para responder  Sobreposição entre o pessoal e o institucional  Uso no plenário e nas comissões  Apoio ao uso das mídias sociais por parlamentares
  10. 10. COMPLIANCE E QUESTÕES LEGAIS  Garantir apartidarismo  Direitos autorais, propriedade intelectual e licenças  Privacidade e Confidencialidade  Acesso público à informação  Conteúdo ofensivo, obsceno ou difamatório
  11. 11. PLANEJAMENTO Divide a atuação nas mídias sociais em duas vertentes:  contínua  campanhas ou eventuais (on-off) Planejamento é critico para o sucesso, por isso devem ser garantidas/definidas/consideradas questões como público alvo, linguagem, gestão e avaliação dos conteúdos.
  12. 12. ESTRATÉGIAS PARA ENGAJAMENTO Divide em dois níveis:  curto prazo  longo prazo Estabelece premissas de como iniciar, manter e finalizar um engajamento a partir da:  linguagem  moderação  estratégia de resposta  estratégia de crise  aferição da efetividade.
  13. 13. EXEMPLOS DE USO DE MÍDIA SOCIAIS  Perfis que integram varias plataformas e que permitem a participação dos usuários no desenvolvimento de seus conteúdos.  Formas criativas de usar as plataformas mais populares - #AskGove
  14. 14. ENGAJAMENTO ALÉM DAS MÍDIAS SOCIAIS  Manter engajamento interno  E-democracia – Câmara dos Deputados  Jogos que explicam o funcionamento do parlamento  Envio de sms de textos e mensagens de voz para os parlamentares (para países em que o acesso a internet é muito restrito)
  15. 15. CHECK LIST DE MÍDIAS SOCIAIS  Antes de começar  Se torne familiar  Comece pequeno e cresça com cuidado  Seja ativo  Melhore constantemente

×