SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
E se a Empresa está dependente de um
Banco e este lhe retira o apoio?
CJA Business Consulting SET17
A PME e O Risco Banco
Quando falamos de Risco Banco, a norma é estarmos a
falar de risco dos depósitos.
Para a esmagadora maioria da PME não é disso que
estamos a falar. Estamos a falar de risco de acesso ao
crédito.
CJA Business Consulting SET17
A PME e O Risco Banco
Grande parte das PME, por razões históricas ou por
inércia, são fidelizadas e estão dependentes de um
banco.
É um risco grave, que importa minorar. Quantas
histórias se conhecem de os bancos terem falhado com
as Empresas no pior momento?
CJA Business Consulting SET17
A PME e O Risco Banco
Se a diversificação de risco, neste caso a diversificação
das fontes de financiamento, sempre foi uma boa regra
de gestão, no atual ambiente de concentração e
convulsão no sistema bancário, é ainda muito mais
premente gerir este RISCO.
CJA Business Consulting SET17
A PME e O Risco Banco
A CJA Business Consulting ajuda a sua Empresa a criar
uma estratégia e relações fortes com a banca, de modo
a que quando um dos seus bancos falhar, num apoio de
tesouraria em época de dificuldades, ou no apoio ao
investimento em época de expansão, a sua Empresa
tenha SEMPRE SOLUÇÕES
CJA Business Consulting SET17
A PME e O Risco Banco
CONTACTE-NOS
CJA Business Consulting
www.cja-bc.com
carlos.jeronimo.augusto@cja-bc.com
TLM 911161776
CJA Business Consulting SET17

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a A PME e O Risco Banco

O que posso ganhar com o apoio especializado
O que posso ganhar com o apoio especializadoO que posso ganhar com o apoio especializado
O que posso ganhar com o apoio especializadoCJA Business Consulting
 
Gestão Financeira em Tempos de Crise
Gestão Financeira em Tempos de CriseGestão Financeira em Tempos de Crise
Gestão Financeira em Tempos de CriseCRA-BA
 
Oquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 ago
Oquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 agoOquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 ago
Oquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 agoCJA Business Consulting
 
Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...
Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...
Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...CJA Business Consulting
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos INTEGRAL
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos INTEGRALO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos INTEGRAL
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos INTEGRALCJA Business Consulting
 
5 Estratégias para um Crescimento Ininterrupto
5 Estratégias para um Crescimento Ininterrupto5 Estratégias para um Crescimento Ininterrupto
5 Estratégias para um Crescimento IninterruptoEscola Nacional de Seguros
 
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 6 - Ano 2014)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 6 - Ano 2014) Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 6 - Ano 2014)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 6 - Ano 2014) Gunnebo Brasil
 
Quanto ganham os profissionais mais cobiçados na crise
Quanto ganham os profissionais mais cobiçados na criseQuanto ganham os profissionais mais cobiçados na crise
Quanto ganham os profissionais mais cobiçados na criseRafael Bittar de Noce
 
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas V
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas VPrincípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas V
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas VCJA Business Consulting
 
O_guia_definitivo_sobre_gestao_de_riscos_financeiros_3a68e872d0.pdf
O_guia_definitivo_sobre_gestao_de_riscos_financeiros_3a68e872d0.pdfO_guia_definitivo_sobre_gestao_de_riscos_financeiros_3a68e872d0.pdf
O_guia_definitivo_sobre_gestao_de_riscos_financeiros_3a68e872d0.pdfAnaFlviaCiracodeOliv
 
Fórum Estratégico de Risco de Crédito
Fórum Estratégico de Risco de CréditoFórum Estratégico de Risco de Crédito
Fórum Estratégico de Risco de CréditoInformaGroup
 
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas I
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas IPrincípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas I
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas ICJA Business Consulting
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Rozangela Silva
 

Semelhante a A PME e O Risco Banco (20)

CRISE? O 0%, o 1%, os 100% e os 1000%
CRISE? O 0%, o 1%, os 100% e os 1000% CRISE? O 0%, o 1%, os 100% e os 1000%
CRISE? O 0%, o 1%, os 100% e os 1000%
 
O que posso ganhar com o apoio especializado
O que posso ganhar com o apoio especializadoO que posso ganhar com o apoio especializado
O que posso ganhar com o apoio especializado
 
Gestão Financeira em Tempos de Crise
Gestão Financeira em Tempos de CriseGestão Financeira em Tempos de Crise
Gestão Financeira em Tempos de Crise
 
Oquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 ago
Oquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 agoOquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 ago
Oquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 ago
 
Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...
Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...
Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos INTEGRAL
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos INTEGRALO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos INTEGRAL
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos INTEGRAL
 
Sociedades Garantidoras de Crédito
Sociedades Garantidoras de Crédito Sociedades Garantidoras de Crédito
Sociedades Garantidoras de Crédito
 
5 Estratégias para um Crescimento Ininterrupto
5 Estratégias para um Crescimento Ininterrupto5 Estratégias para um Crescimento Ininterrupto
5 Estratégias para um Crescimento Ininterrupto
 
4A conheça a empresa
4A   conheça a empresa4A   conheça a empresa
4A conheça a empresa
 
Bens escassos Parte 3 tipologia
Bens escassos Parte 3 tipologiaBens escassos Parte 3 tipologia
Bens escassos Parte 3 tipologia
 
Palestra CNASI 2017
Palestra CNASI 2017Palestra CNASI 2017
Palestra CNASI 2017
 
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 6 - Ano 2014)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 6 - Ano 2014) Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 6 - Ano 2014)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 6 - Ano 2014)
 
Quanto ganham os profissionais mais cobiçados na crise
Quanto ganham os profissionais mais cobiçados na criseQuanto ganham os profissionais mais cobiçados na crise
Quanto ganham os profissionais mais cobiçados na crise
 
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas V
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas VPrincípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas V
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas V
 
Agregado Crédito Médio e Longo Prazo
Agregado Crédito Médio e Longo Prazo Agregado Crédito Médio e Longo Prazo
Agregado Crédito Médio e Longo Prazo
 
O_guia_definitivo_sobre_gestao_de_riscos_financeiros_3a68e872d0.pdf
O_guia_definitivo_sobre_gestao_de_riscos_financeiros_3a68e872d0.pdfO_guia_definitivo_sobre_gestao_de_riscos_financeiros_3a68e872d0.pdf
O_guia_definitivo_sobre_gestao_de_riscos_financeiros_3a68e872d0.pdf
 
A importancia do capital de giro para clinicas odontologicas
A importancia do capital de giro para clinicas odontologicasA importancia do capital de giro para clinicas odontologicas
A importancia do capital de giro para clinicas odontologicas
 
Fórum Estratégico de Risco de Crédito
Fórum Estratégico de Risco de CréditoFórum Estratégico de Risco de Crédito
Fórum Estratégico de Risco de Crédito
 
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas I
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas IPrincípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas I
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas I
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
 

Mais de CJA Business Consulting

DESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORES
DESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORESDESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORES
DESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORESCJA Business Consulting
 
Tópicos Sobre Apoio Especializado III Documentação
Tópicos Sobre Apoio Especializado III DocumentaçãoTópicos Sobre Apoio Especializado III Documentação
Tópicos Sobre Apoio Especializado III DocumentaçãoCJA Business Consulting
 
Tópicos Sobre Apoio Especializado II Papel
Tópicos Sobre Apoio Especializado II PapelTópicos Sobre Apoio Especializado II Papel
Tópicos Sobre Apoio Especializado II PapelCJA Business Consulting
 
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas II
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas IIPrincípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas II
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas IICJA Business Consulting
 
A importância das unidades de recuperação de crédito
A importância das unidades de recuperação de créditoA importância das unidades de recuperação de crédito
A importância das unidades de recuperação de créditoCJA Business Consulting
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIIIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIIICJA Business Consulting
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIICJA Business Consulting
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VI
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VI
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VICJA Business Consulting
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos V
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos V
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VCJA Business Consulting
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IV
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IVO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IV
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IVCJA Business Consulting
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos III
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IIIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos III
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IIICJA Business Consulting
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos I
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos I
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos ICJA Business Consulting
 

Mais de CJA Business Consulting (18)

Oferta Mais Portugal 2020
Oferta Mais Portugal 2020Oferta Mais Portugal 2020
Oferta Mais Portugal 2020
 
Acção DOWN
Acção DOWNAcção DOWN
Acção DOWN
 
DESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORES
DESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORESDESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORES
DESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORES
 
Tópicos Sobre Apoio Especializado III Documentação
Tópicos Sobre Apoio Especializado III DocumentaçãoTópicos Sobre Apoio Especializado III Documentação
Tópicos Sobre Apoio Especializado III Documentação
 
Tópicos Sobre Apoio Especializado II Papel
Tópicos Sobre Apoio Especializado II PapelTópicos Sobre Apoio Especializado II Papel
Tópicos Sobre Apoio Especializado II Papel
 
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas II
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas IIPrincípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas II
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas II
 
A importância das unidades de recuperação de crédito
A importância das unidades de recuperação de créditoA importância das unidades de recuperação de crédito
A importância das unidades de recuperação de crédito
 
RATING PME
RATING PMERATING PME
RATING PME
 
Linha de crédito PME Crescimento 2014
Linha de crédito PME Crescimento 2014Linha de crédito PME Crescimento 2014
Linha de crédito PME Crescimento 2014
 
Acção DOWN
Acção DOWNAcção DOWN
Acção DOWN
 
Agregado Crédito Curto Prazo
Agregado Crédito Curto PrazoAgregado Crédito Curto Prazo
Agregado Crédito Curto Prazo
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIIIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIII
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VII
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VI
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VI
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VI
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos V
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos V
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos V
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IV
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IVO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IV
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IV
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos III
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IIIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos III
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos III
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos I
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos I
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos I
 

A PME e O Risco Banco

  • 1. E se a Empresa está dependente de um Banco e este lhe retira o apoio? CJA Business Consulting SET17
  • 2. A PME e O Risco Banco Quando falamos de Risco Banco, a norma é estarmos a falar de risco dos depósitos. Para a esmagadora maioria da PME não é disso que estamos a falar. Estamos a falar de risco de acesso ao crédito. CJA Business Consulting SET17
  • 3. A PME e O Risco Banco Grande parte das PME, por razões históricas ou por inércia, são fidelizadas e estão dependentes de um banco. É um risco grave, que importa minorar. Quantas histórias se conhecem de os bancos terem falhado com as Empresas no pior momento? CJA Business Consulting SET17
  • 4. A PME e O Risco Banco Se a diversificação de risco, neste caso a diversificação das fontes de financiamento, sempre foi uma boa regra de gestão, no atual ambiente de concentração e convulsão no sistema bancário, é ainda muito mais premente gerir este RISCO. CJA Business Consulting SET17
  • 5. A PME e O Risco Banco A CJA Business Consulting ajuda a sua Empresa a criar uma estratégia e relações fortes com a banca, de modo a que quando um dos seus bancos falhar, num apoio de tesouraria em época de dificuldades, ou no apoio ao investimento em época de expansão, a sua Empresa tenha SEMPRE SOLUÇÕES CJA Business Consulting SET17
  • 6. A PME e O Risco Banco CONTACTE-NOS CJA Business Consulting www.cja-bc.com carlos.jeronimo.augusto@cja-bc.com TLM 911161776 CJA Business Consulting SET17