Fomentar a Empregabilidade e a
Formação em Vila do Conde
Proponentes
Ana Isabel Igreja
Bruno Maia
Desemprego registado nos concelhos de Vila do Conde e Póvoa de Varzim
Fevereiro 2013
Total Póvoa de Varzim = 4527
Total Vi...
Distribuição do total de desempregados em Vila do
Conde (5777) por nível de escolaridade
Distribuição do total de desempregados em Vila
do Conde (5777) por grupos etários
Como pode a Câmara Municipal de V. Conde fomentar a
empregabilidade e contrariar o desemprego?
A curto prazo:
- Medidas de...
Ações curto-médio prazo:
Intervir prontamente em todas as oportunidades de investimento no setor
industrial.
Ex:. empresa ...
Ações de médio prazo, a potenciar o investimento e a empregabilidade a longo prazo:
Parceria entre a Câmara Municipal de V...
Ações para delineamento a médio prazo:
Organismo de Cooperação e Suporte Empresarial:
* Gabinete de apoio ao Empreendedori...
Ana Isabel Igreja
____________________
Bruno Maia
Obrigada pela atenção dispensada!
Ao dispor
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fomentar a empregabilidade e a formação em vila

336 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
336
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fomentar a empregabilidade e a formação em vila

  1. 1. Fomentar a Empregabilidade e a Formação em Vila do Conde Proponentes Ana Isabel Igreja Bruno Maia
  2. 2. Desemprego registado nos concelhos de Vila do Conde e Póvoa de Varzim Fevereiro 2013 Total Póvoa de Varzim = 4527 Total Vila do Conde = 5777 Fonte: IEFP, I.P.
  3. 3. Distribuição do total de desempregados em Vila do Conde (5777) por nível de escolaridade
  4. 4. Distribuição do total de desempregados em Vila do Conde (5777) por grupos etários
  5. 5. Como pode a Câmara Municipal de V. Conde fomentar a empregabilidade e contrariar o desemprego? A curto prazo: - Medidas de Apoio ao Emprego do Instituto de Emprego e Formação Profissional: * Medida Passaporte Emprego: contrato de trabalho com jovens entre os 18 e os 24 anos inscritos nos centros de emprego comparticipação de 80% a 100% da bolsa do estagiário durante 12 meses + encargos com a alimentação + seguro de acidentes de trabalho. * Contrato Emprego Inserção (+): contrato de trabalho com desempregados beneficiários de subsídio de desemprego ou do rendimento social de inserção: entidade pública comparticipa uma bolsa complementar mensal de 20% o IAS (83.84 €). * Medida Cei – Património: contrato de trabalho até 12 meses, com desempregados beneficiários do subsídio de desemprego ou rendimento social de inserção, bem como daqueles inscritos no centro de emprego há pelo menos 4 meses consecutivos, sem subsídio. Os encargos ficam a cargo integralmente do IEFP, I.P.
  6. 6. Ações curto-médio prazo: Intervir prontamente em todas as oportunidades de investimento no setor industrial. Ex:. empresa suíça a trabalhar na área dos semicondutores e no fabrico de sensores tecnologicamente avançados que tem vindo a Portugal recrutar engenheiros e especialistas da Nanium e que pretende fixar-se no nosso pais. E porque não Vila do Conde? Localização geográfica excelente: proximidade ao Aeroporto Sá Carneiro, ao Porto de Leixões e à A28 Infra-estruturas: A Nanium., por exemplo, tem disponível para produção uma área muito grande, bem como um pavilhão para produção independente de todos os outros (extensão do módulo 2) e um edifício de escritório também independente (da ex Infineon). Tudo está “como novo” e para além disso, pronto a ser ocupado com atividades de fabrico da área dos semicondutores. Para além disso, há outras possibilidades nas imediações da Nanium, como o edifício da ex Itarion Solar e a ex Mindelo.. Recursos humanos qualificados: disponibilidade imediata, pois infelizmente mais de metade dos trabalhadores despedidos pela ex Qimonda ainda não arranjaram trabalho. Sugestão: Contactar AICEP/ME/MN para abordagem relativa ao investimento e ponderação de uma deslocação à sede da empresa para uma manobra de charme no sentido de lhes dar informações do que é Vila do Conde, e do que o município tem para lhes oferecer
  7. 7. Ações de médio prazo, a potenciar o investimento e a empregabilidade a longo prazo: Parceria entre a Câmara Municipal de Vila do Conde e os Centros de Formação do IEFP, I.P. bem como com as Entidades Formadores Externas com grande credibilidade pela formação que apresentam e elevado nível de empregabilidade que auferem após término desta – ex:. CENFIM – e outras empresas locais que possam disponibilizar espaços para formação – de forma a trazer para mais próximo da população formação de qualidade e a custos para os formandos, reduzidos (através de protocolos estabelecidos entre a CMVDC e as restantes entidades mencionadas acima). Criação de mão de obra qualificada nas áreas potenciadoras (soldadura; metalomecânica; automação; etc.) ATRAÇÃO DE INVESTIMENTO AUMENTAR A EMPREGABILIDADE
  8. 8. Ações para delineamento a médio prazo: Organismo de Cooperação e Suporte Empresarial: * Gabinete de apoio ao Empreendedorismo e incubação de ideias: Exemplo 1: Projeto: Exportação de camisolas poveiras TEMOS: Recursos humanos disponíveis + espaços empresariais capazes de serem recuperáveis + alunos da ISEIG para a gestão da empresa (sempre com supervisão) Exemplo 2: * “Cooperativa” - gestora de serviços múltiplos: Direcionado às pessoas com vários anos de trabalho, mas que agora ainda não têm a formação necessária para entrar no mercado de trabalho atual devido à sua situação económica recente. Estaria assim ao dispor da população, com um preço mais acessível, serviços de electricista, mecânico, serralheiro, pedreiro, canalizador, etc. Ao mesmo tempo apostar-se-ia junto delas para a formação focada na área da gestão financeira, empreendedorismo, por exemplo, de forma a que os mesmos conseguissem rentabilizar os lucros obtidos neste serviço de forma a que, posteriormente, conseguissem investir numa formação certificada, aumentando a possibilidade de ingressar no mercado de trabalho.
  9. 9. Ana Isabel Igreja ____________________ Bruno Maia Obrigada pela atenção dispensada! Ao dispor

×