A linguagem
probabilística

 CURSO DE INFORMÁTICA EDUCATIVA I
 PROJETO DE EXECUÇÃO
 ALUNA: CÍNTIA DA SILVA BARBOZA
Aula 1: Conhecendo a
probabilidade

 A aula será iniciada com uma conversa sobre lançamento
de moedas e dados, nasciment...
A teoria das
probabilidades


A Mega-Sena é um jogo muito popular. Para
apostar neste jogo, é preciso escolher no mínimo ...
A teoria das
probabilidades
 antecipadamente que
Como não é possível saber

números serão sorteados, só se pode torcer pa...
A teoria das
probabilidades

Para podermos responder a questões como essa, é
preciso compreender a teoria das probabilida...
História sobre a teoria
da probabilidade


As questões envolvendo a teoria elementar das probabilidades já
eram objeto de...
Aula 2 e 3: Aplicação do
roteiro de ação 5


 Nesse momento desenvolverei o roteiro de ação 5
proposto pelo Curso de Ape...
Aula 2 e 3: Aplicação do
roteiro de ação 5

Aula 2 e 3: Aplicação do
roteiro de ação 5

Aula 4 e 5: Exposição do
conteúdo

 Após a aplicação do roteiro de ação darei início a
linguagem
das
probabilidades
apre...
Aula 6: Software
Probabilidade com urnas
 aos alunos explorar o
Este software possibilita

cálculo de probabilidades envo...
Aula 6: Software
Probabilidade com urnas

Aula 6: Software
Probabilidade com urnas

Aula 6: Software
Probabilidade com urnas

Aula 6: Software
Probabilidade com urnas

Aula 6: Software
Probabilidade com urnas

Aula 6: Software
Probabilidade com urnas

Aula 6: Software
Probabilidade com urnas

Aula 6: Software
Probabilidade com urnas

Avaliação

Os momentos de avaliação não podem se
restringir ao final do bimestre, sendo assim os alunos
serão avaliados c...
Referência Bibliográfica


 Roteiro de ação 5 – Análise Combinatória – 3º série – Ensino Médio – 1º
Bimestre - Curso de ...
Referência Bibliográfica


 Disponível em, <http://m3.ime.unicamp.br/>. Acessado em 01/10/2013.

 Disponível em, <http:...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto_execuo_CíntiadaSilvaBarboza2013

212 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Projeto_execuo_CíntiadaSilvaBarboza2013

  1. 1. A linguagem probabilística   CURSO DE INFORMÁTICA EDUCATIVA I  PROJETO DE EXECUÇÃO  ALUNA: CÍNTIA DA SILVA BARBOZA
  2. 2. Aula 1: Conhecendo a probabilidade   A aula será iniciada com uma conversa sobre lançamento de moedas e dados, nascimento de um filho, os jogos da Mega-Sena , situações do cotidiano dos alunos. Após essa breve introdução, falaremos sobre os primeiros registros ligados à teoria da probabilidade com auxílio do Datashow.  O tema loterias será utilizado com o objetivo de levar o aluno a perceber que os conhecimentos matemáticos são necessários a diversas situações e que contribuirão para compreender e interpretar informações, facilitando a tomada de decisões.
  3. 3. A teoria das probabilidades  A Mega-Sena é um jogo muito popular. Para apostar neste jogo, é preciso escolher no mínimo seis e no máximo quinze números entre os números 01 a 60, que são chamados de dezenas. A escolha de apenas seis dezenas é chamada aposta simples. A Caixa Econômica Federal, que administra essa loteria, sorteia seis dezenas distintas e premia as apostas que contém 4 (quadra), 5 (quina) ou todas as 6 (sena) dezenas sorteadas.
  4. 4. A teoria das probabilidades  antecipadamente que Como não é possível saber números serão sorteados, só se pode torcer para que saiam aqueles que escolhemos e podemos nos questionar: Qual é a chance de acertarmos a sena? brasilescola.com
  5. 5. A teoria das probabilidades  Para podermos responder a questões como essa, é preciso compreender a teoria das probabilidades. Por essa teoria, um acontecimento isolado constitui um acaso, mas a análise de grande número de ocorrências desse acontecimento permite prever as chances de ele ocorrer de novo. ecreato.co
  6. 6. História sobre a teoria da probabilidade  As questões envolvendo a teoria elementar das probabilidades já eram objeto de estudo desde a Antiguidade. Mas foi no início do século XV que as discussões em relação aos jogos de azar passaram a ter um tratamento matemático mais sistemático Atualmente, as aplicações do cálculo de probabilidade ultrapassam largamente as relacionadas com jogos de azar (dados, cartas, loterias, rifas etc.), por onde a teoria das probabilidades começou a ganhar força e aos quais ela é associada habitualmente. É comum o uso das probabilidades em áreas como Política, Medicina, Biologia etc. Vejamos o vídeo abaixo:  http://www.youtube.com/watch?v=rBc5Sp9q6xo
  7. 7. Aula 2 e 3: Aplicação do roteiro de ação 5   Nesse momento desenvolverei o roteiro de ação 5 proposto pelo Curso de Aperfeiçoamento oferecido por CECIERJ (Formação Continuada em Matemática – Análise Combinatória – 3º ano/ 1º Bimestre).
  8. 8. Aula 2 e 3: Aplicação do roteiro de ação 5 
  9. 9. Aula 2 e 3: Aplicação do roteiro de ação 5 
  10. 10. Aula 4 e 5: Exposição do conteúdo   Após a aplicação do roteiro de ação darei início a linguagem das probabilidades apresentando experimento aleatório, espaço amostral e evento. Aqui os alunos resolverão alguns exercícios do livro adotado.  Os alunos, após tomarem conhecimento de como efetuarem o cálculo da probabilidade, bem como sua relação com frações e porcentagem, no laboratório de informática realizarão as tarefas propostas no software Probabilidade com urnas disponível no link http://m3.ime.unicamp.br/recursos/1245
  11. 11. Aula 6: Software Probabilidade com urnas  aos alunos explorar o Este software possibilita cálculo de probabilidades envolvido em experimentos de extrações de bolinhas indistinguíveis, exceto pela cor, de uma urna. A primeira atividade, que introduz o conceito de independência entre eventos, consiste em realizar as extrações com reposição. Na segunda atividade, as extrações são realizadas sem reposição, sendo trabalhado o conceito de dependência entre eventos. A terceira atividade introduz um tipo específico de dependência entre os eventos através da chamada Urna de Polya. (http://m3.ime.unicamp.br/recursos/1245)
  12. 12. Aula 6: Software Probabilidade com urnas 
  13. 13. Aula 6: Software Probabilidade com urnas 
  14. 14. Aula 6: Software Probabilidade com urnas 
  15. 15. Aula 6: Software Probabilidade com urnas 
  16. 16. Aula 6: Software Probabilidade com urnas 
  17. 17. Aula 6: Software Probabilidade com urnas 
  18. 18. Aula 6: Software Probabilidade com urnas 
  19. 19. Aula 6: Software Probabilidade com urnas 
  20. 20. Avaliação  Os momentos de avaliação não podem se restringir ao final do bimestre, sendo assim os alunos serão avaliados continuamente. Ao longo das aulas, muitas oportunidades de avaliação surgirão e poderão ser aproveitadas. Teremos como avalia-los através da discussão inicial sobre a ideia de possuem sobre o conteúdo, através da participação da aula expositiva e através da interação com o software.
  21. 21. Referência Bibliográfica   Roteiro de ação 5 – Análise Combinatória – 3º série – Ensino Médio – 1º Bimestre - Curso de Aperfeiçoamento oferecido por CECIERJ.  Livro Matemática Paiva, volume 2/ Manoel Paiva – 1º edição – São Paulo, 2009. Editora Moderna.  Matemática Ciência, Linguagem e Tecnologia – Jackson Ribeiro – 1ª Edição – São Paulo, 2011. Editora Scipione.  Matemática – Kátia Stocco Smole e Maria Ignez Diniz – 6ª Edição – São Paulo, 2010. Editora Saraiva.  Matemática Ciência e Aplicações, volume 2 – Gelson Iezzi, Osvaldo Dulce, David Degenszajin, Roberto Périgo, Nilze de Almeida – 6ª Edição – São Paulo, 2010. Editora Saraiva.
  22. 22. Referência Bibliográfica   Disponível em, <http://m3.ime.unicamp.br/>. Acessado em 01/10/2013.  Disponível em, <http://revistaescola.abril.com.br/matematica/praticapedagogica/probabilidade-sorte-esta-lancada-617964.shtml >. Acessado em 01/10/2013.  Disponível em, < http://educacao.uol.com.br/planos-de-aula/fundamental/matematicafracao-probabilidade-e-porcentagem.htm>. Acessado em 01/10/2013.  Disponível em, http://pitagorascamila.blogspot.com.br/2012/10/teorema-de-pitagorasno-mundo.html> . Acessado em 02/10/2013.  Disponível em, http://www.sbem.com.br/files/viii/pdf/13/MR10.pdf>. Acessado em 02/10/2013.  Disponível em, http://plgomes.blogspot.com.br/2009/12/neoconstrutivismo.html>. Acessado em 02/10/2013.

×