LITERATURA E PAISAGEM
Percursos literários e pedagógicos

Ana Lavrador
ana.lavrador@sapo.pt
Projeto

Atlas

das

Paisagens

Literárias

de

Portugal

Continental

(coord. IELT, FCSH, Lisboa)

Objetivos da comunicaç...
Projeto

Atlas

das

Paisagens

Literárias

de

Portugal

Continental

(coord. IELT, FCSH, Lisboa)



Suporte teórico: EC...
Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)


A LITERATURA E O TERRITÓRIO
...
Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)


A BASE DE DADOS DE EXCERTOS ...
Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)



APLICAÇÕES:



TURISMO / P...
Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)




SUB-PROJECTOS:
I – Roteir...
Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)


I - Percurso na Região Demar...
Projeto: Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)

I - O percurso da roga, na Re...
Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)
6. Miradouro de “S. Leonardo de...
Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)



II – Materiais pedagógicos,...
Projeto: Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)



II – Exemplos de atividade...
Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)



Mais exemplos de atividades...
Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental
(coord. IELT, FCSH, Lisboa)


Em preparação....




Itin...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Painel V – Mensagens sustentáveis: Ana Lavrador (e-Geo, IELT) – Literatura e paisagem: percursos literários e pedagógicos

523 visualizações

Publicada em

III Conferência CIDAADS: Cidadania e boa governança. Redução da pobreza e projetos EDS Educar em transição – somos todos parceiros.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
523
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Painel V – Mensagens sustentáveis: Ana Lavrador (e-Geo, IELT) – Literatura e paisagem: percursos literários e pedagógicos

  1. 1. LITERATURA E PAISAGEM Percursos literários e pedagógicos Ana Lavrador ana.lavrador@sapo.pt
  2. 2. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa) Objetivos da comunicação: Breve apresentação do Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (APLPC); Aplicações turísticas e pedagógicas do projeto APLPC.
  3. 3. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa)  Suporte teórico: ECOCRITICISMO P A I S A G E N S REPRESENTAÇÃO LITERÁRIA I N T E R D I C ciências sociais e I P da natureza L I filosofia N A R I artes D A D E
  4. 4. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa)  A LITERATURA E O TERRITÓRIO NUTs III -Nomenclatura das Unidades Territoriais, nível III Literatura dos séculos XIX, XX e XXI Descrições de paisagem Análise das paisagens Georeferenciação - NUT III 1.Minho Lima 2.Cávado 3.Ave 4.Grande Porto 5.Tâmega 6.Entre Douro e Vouga 7.Douro 8.Alto Trás os Montes 9.Baixo Vouga 10.Baixo Mondego 11.Pinhal Litoral 12.Pinhal Interior Norte 13.Pinhal Interior Sul 14.Dão Lafões 15.Serra da Estrela 16.Beira Interior Norte 17.Beira Interior Sul 18.Cova da Beira 19.Oeste 20.Grande Lisboa 21.Península de Setúbal 22.Médio Tejo 23.Lezíria do Tejo 24.Alentejo Litoral 25.Alto Alentejo 26.Alentejo Central 27.Baixo Alentejo 28.Algarve
  5. 5. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa)  A BASE DE DADOS DE EXCERTOS LITERÁRIOS Campos obrigatórios: • Nome do autor • Título e edição da obra • Número da página • Localização geográfica Campos secundários: • Local (ligação ao Google maps) • Relevo • Uso do solo • Património natural • Património cultural • Atividades humanas DESCRITORES
  6. 6. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa)  APLICAÇÕES:  TURISMO / PROMOÇÃO DAS REGIÕES  ORDENAMENTO E GESTÃO DO TERRITÓRIO  EDUCAÇÃO
  7. 7. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa)   SUB-PROJECTOS: I – Roteiros turísticos –percursos culturais e ambientais Percursos à medida da procura turística: • Tempo - que o visitante dispõe • Objectivos – ajustados aos interesses do turista • Contexto – especificidades das regiões/cidades
  8. 8. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa)  I - Percurso na Região Demarcada do Douro  A proposta: recriar o percurso (roga) de um grupo de vindimadores;  O livro: Vindima, publicado em 1945;  O autor: Miguel Torga (nascido em São Martinho de Anta, Douro), nomeado para o prémio Nobel da Literatura, por várias vezes, entre 1960 e 1994.
  9. 9. Projeto: Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa) I - O percurso da roga, na Região Demarcada do Douro – cerca de 40km 3 2 4 5 1 6 1. Santa Marta de Penaguião - Mapas e informações geográficas sobre o vale do rio Douro 2. Panóias (Lugar arqueológico) – Significados e funções dos vestígios arqueológicos 3. São Martinho de Anta – Visita à casa onde nasceu Miguel Torga, prova de vinhos e apresentação de rancho folclórico 4. Paços – Exercício de leitura da paisagem da Região Demarcada do Douro 5. “Quinta da Cavadinha” – Visita aos vinhedos e adega (almoço com vinhos e gastronomia da região) 6. Miradouro de “S. Leonardo de Galafura” (extra) – workshop de escrita criativa (ou outras formas de expressão)
  10. 10. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa) 6. Miradouro de “S. Leonardo de Galafura” S. Leonardo de Galafura À proa dum navio de penedos, A navegar num doce mar de mosto, Capitão no seu posto De comando, S. Leonardo vai sulcando As ondas Da eternidade, Sem pressa de chegar ao seu destino. Ancorado e feliz no cais humano, É num antecipado desengano Que ruma em direcção ao cais divino. Lá não terá socalcos Nem vinhedos Na menina dos olhos deslumbrados; Doiros desaguados Serão charcos de luz Envelhecida; Rasos, todos os montes Deixarão prolongar os horizontes Até onde se extinga a cor da vida. Por isso, é devagar que se aproxima Da bem-aventurança. É lentamente que o rabelo avança Debaixo dos seus pés de marinheiro. E cada hora a mais que gasta no caminho É um sorvo a mais de cheiro A terra e a rosmaninho! Miguel Torga, Diário IX
  11. 11. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa)  II – Materiais pedagógicos, para todos os níveis de Ensino: Básico, Secundário e Formação de Adultos Os materiais pedagógicos têm um formato comum: • Ficha guião modelo, para a atividade interdisciplinar (objetivos, ciclo de ensino, disciplinas/áreas de competência, duração, materiais, etapas de desenvolvimento dos trabalhos, alternativas, bibliografia, autoras e colaboradores) • Ficha com propostas específicas para a atividade, com os alunos/formandos
  12. 12. Projeto: Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa)  II – Exemplos de atividades propostas:  Percursos (identificar,  (re)conhecer, cuidar, ...); Visita pedestre a Sintra-Monserrate (colab. Clara Guedes) OBJECTIVOS:  Dar a conhecer autores e obras alusivas à região de Sintra;  Identificar elementos físicos e humanos da paisagem atendendo à sua origem e evolução;  Observar elementos do património histórico e cultural da região;  Reconhecer espécies da flora e da fauna;  Localizar lugares utilizando mapas a diferentes escalas;  Observar impactes ambientais das actividades humanas (positivos e negativos) e perspetivar eventuais soluções;  Observar efeitos de medidas de ordenamento relativos à preservação do ambiente e qualificação das paisagens “Todo o caminho da serra é um jardim, onde natureza e arte maravilhosamente se combinam, o mais belo passeio que se pode imaginar. Inicia-se com catos, plátanos e magnólias, para terminar com vidoeiros e espruces entre selváticos blocos de rocha. Gerânios de todas as espécies e cores floriam aí em grande quantidade, belos cardos brilhavam ao lado da murta, com a sua neve de flores brancas e odorosas. Caminhos isolados subiam caracolando por entre velhos muros cobertos de era e rochas que, ao caírem, haviam formado arcos naturais. Pode ver-se até bastante longe lá de cima, na direcção de Lisboa, até aos montes na outra margem do Tejo, o oceano Atlântico, distante e para os lados de Sintra, no fundo, a grande planície que se estende até ao Convento de Mafra”. Hans Christian Andersen, Uma visita em Portugal em 1866, (p.76)
  13. 13. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa)  Mais exemplos de atividades:  Outros Percursos realizados (suporte escrito ou Podcast):       Queirosiano - Os Maias Pessoano – What the tourist should see Sensoriais – casa/escola; jardim ... Webquests; Jogos didáticos.
  14. 14. Projeto Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental (coord. IELT, FCSH, Lisboa)  Em preparação....   Itinerários turísticos Ação de Formação (creditada)  Coletânea de fichas pedagógicas (papel / e-book)...

×