As coisas que nós fazemos em EDS: 
Comentário dos painéis digitais. 
Manuel C. Gomes (CIDAADS)
II Conferência CIDAADS
A ED...
A Década da EDS 
estabeleceu cinco objectivos 
que integram os valores 
inerentes ao 
desenvolvimento  
sustentável em tod...
Ao nível da educação, a resposta ao desafio da
Década passou pela criação de oportunidades
de reflexão mundial sobre temas...
Com excessiva modéstia, tem 
decorrido em Portugal a Década da 
Educação para
o Desenvolvimento Sustentável, 
proclamada p...
No panorama nacional, as actividades de implementação da Década têm sido 
dinamizadas sobretudo pela CN UNESCO, pela comun...
E importante aproximar a ciência da
sociedade e criarem‐se laços entre
cientistas, professores e alunos.
A transformação d...
As coisas que nós fazemos em EDS: 
Comentário dos painéis digitais. 
Rede Social Virtual na promoção e implementação de pr...
As coisas que nós fazemos em EDS: 
Comentário dos painéis digitais. 
Projecto Mil Escolas
A empresa Águas do Douro e Paiva...
As coisas que nós fazemos em EDS: 
Comentário dos painéis digitais. 
Projecto VITABalance-Med
A Fundação SANITUS
Com o obj...
Boa Década da EDS
Obrigado
Ilustrações: Dinis Mota (Revista Noesis nº 80)
Fotos: Ana Maria Bettencourt (Revista Noesis nº ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Painel I - As coisas que nós fazemos em EDS: Comentário dos painéis digitais

640 visualizações

Publicada em

II Conferência CIDAADS
A EDS na Sociedade do Conhecimento

Manuel C. Gomes (CIDAADS)

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Painel I - As coisas que nós fazemos em EDS: Comentário dos painéis digitais

  1. 1. As coisas que nós fazemos em EDS:  Comentário dos painéis digitais.  Manuel C. Gomes (CIDAADS) II Conferência CIDAADS A EDS na Sociedade do Conhecimento 28 de Outubro de 2011
  2. 2. A Década da EDS  estabeleceu cinco objectivos  que integram os valores  inerentes ao  desenvolvimento   sustentável em todas as  facetas da aprendizagem. Os cinco objectivos da Década – Valorizar a função fundamental da educação e da aprendizagem na  persecução comum do desenvolvimento sustentável. – Facilitar o estabelecimento de redes, o intercâmbio e a interacção entre  as partes interessadas na EDS. – Criar oportunidades para aperfeiçoar e promover o conceito de DS,  proporcionando a transição para esse desenvolvimento através de todos  os tipos de aprendizagem e sensibilização da opinião publica. – Fomentar a melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem no domínio da EDS. – Desenvolver, a todos os níveis, estratégias para reforçar as competências  dos cidadãos em matéria de EDS. Objectivos adaptados do documento da UNESCO, Framework for the UNDESD International Implementation Scheme (pag.24), que pode ser consultado em http://unesdoc.unesco.org/images/0014/001486/148650E.pdf
  3. 3. Ao nível da educação, a resposta ao desafio da Década passou pela criação de oportunidades de reflexão mundial sobre temas como a globalização, a degradação dos recursos ambientais, as alterações climáticas, os direitos humanos, bem como pelo reforço dos investimentos na diminuição do analfabetismo e da pobreza, na promoção da paz e na valorização do património cultural. Destacam‐se várias instituições que olharam a proclamação da Década como  uma oportunidade para a melhoria do mundo e para o aumento da  qualidade e equidade da educação, transformando‐a em instrumento de  superação das crises contemporâneas.
  4. 4. Com excessiva modéstia, tem  decorrido em Portugal a Década da  Educação para o Desenvolvimento Sustentável,  proclamada pelas Nações Unidas  (2005‐2014). Com a excepção da Comissão  Nacional da UNESCO e de algumas  fundações e organizações não‐governamentais,  as tentativas de estabelecer uma  orientação para a sustentabilidade nas políticas  públicas de ambiente e educação  acabaram por fracassar. Um vazio que se sente  mais numa altura em que os ‘riscos  sistémicos’ da insustentabilidade se tornaram  visíveis com as alterações  climáticas. Texto de Viriato Soromenho‐Marques (in Revista Noesis nº 80) Ilustrações de Dinis Mota
  5. 5. No panorama nacional, as actividades de implementação da Década têm sido  dinamizadas sobretudo pela CN UNESCO, pela comunidade científica e por ONG. A  elas se deve a criação de espaços de divulgação, reflexão e de monitorização da  concretização da Década.
  6. 6. E importante aproximar a ciência da sociedade e criarem‐se laços entre cientistas, professores e alunos. A transformação da escola em pólo de  incorporação e difusão dos valores do  desenvolvimento sustentável e em  motor de mobilização da sociedade,  através dos alunos, das suas famílias e  da restante comunidade educativa, é  fundamental para a implementação da  Década.
  7. 7. As coisas que nós fazemos em EDS:  Comentário dos painéis digitais.  Rede Social Virtual na promoção e implementação de projetos e ações no âmbito da EDS Projecto de investigação no âmbito do Programa Doutoral Multimédia em Educação da Universidade de Aveiro Uma ferramenta ao serviço da EDS e da educação na cidadania, no 3.º ciclo do ensino básico operacionalizar as experiências educativas mencionadas no currículo de ciências naturais, bem como sensibilizar a comunidade escolar para a  sustentabilidade, Uma ferramenta ao serviço da EDS e da educação na cidadania, no ensino secundário A proteção do ambiente, o desenvolvimento sustentável e a cidadania, são temas relevantes nos programas de biologia e geologia do  ensino secundário e contribuem para o desenvolvimento da literacia científica da comunidade escolar  Escola Profissional Monsenhor João Maurício de Amaral Ferreira Desenvolve projectos e actividades de Educação Ambiental no âmbito do seu Plano Anual de Actividades e do Projecto Eco-Escolas Aprendizes de Sustentabilidade no Colégio Valsassina Prepara as crianças e os jovens para enfrentarem os desafios contemporâneos e promove uma visão integrada dos pilares do desenvolvimento sustentável. Alimentar o Conhecimento Reforça a importância de de conhecer o que se come Educação para o Ambiente: o processo de aprendizagem dos pais através dos filhos Pais adotam novos hábitos a favor do ambiente nas aprendizagens com filhos. Educação sustentável num contexto de disponibilidade de informação A educação sustentável deve ser complementada com a parte prática. Esta não pode ser leccionada no ambiente informático I ECO-Sustentabilidade Articulação de níveis de ensino e articulação de saberes
  8. 8. As coisas que nós fazemos em EDS:  Comentário dos painéis digitais.  Projecto Mil Escolas A empresa Águas do Douro e Paiva, S.A., no âmbito das  suas  preocupações sociais  implementa o  Programa Integrado de Educação Ambiental com o objectivo de reforçar as competências pedagógicas  e científicas na área dos recursos hídricos..  Projecto - Cidadania e sustentabilidades para o séc. XXI: Caminhos para uma comunidade sustentável nos Açores O projecto visa potenciar e desenvolver novos olhares sobre a realidade dos Açores e promover a  intervenção local, através da formação de professores  para a  EDS e das potencialidades da  fotografia neste domínio e, promover estilos de vida saudáveis. Caixa Geral de Depósitos Como a CGD reduz e compensa a sua pegada ecológica; Instituição  premiada como a mais sustentável de Portugal; Afirma que a floresta não  é só paisagem O que a SETA faz em EDS Alia as saídas de campo com carácter científico à formação de vários  públicos
  9. 9. As coisas que nós fazemos em EDS:  Comentário dos painéis digitais.  Projecto VITABalance-Med A Fundação SANITUS Com o objectivo de  difundir um novo conceito  educativo de saúde global
  10. 10. Boa Década da EDS Obrigado Ilustrações: Dinis Mota (Revista Noesis nº 80) Fotos: Ana Maria Bettencourt (Revista Noesis nº 80) 

×