Painel I: A participação na cidadania e a boa governança

O caso da reabilitação da Mouraria
(2011 – 2013)

João Wengorovi...
Onde fica a Mouraria?
Caracterização sumária da Mouraria (o ponto de partida)
1

Bairro(s) histórico(s) no centro de Lisboa com cerca de 6.600 h...
Breve caracterização da reabilitação da Mouraria (2011-2013)
Objectivos gerais

1

Melhorar a vida das pessoas que vivem o...
Mapa da reabilitação urbana (espaço público e edificado) – hardware

Praça da Mouraria
(ligação R. Benformoso/R. Palma)

1...
Reabilitação do espaço público – o exemplo do Largo do Intendente
Reabilitação do espaço público – o exemplo do Largo da Rosa
Reabilitação do edificado – exemplo de edifício para renda
convencionada (na Travessa Cruz aos Anjos)

120
A revitalização social – software

+ 25 projectos apoiados pelo
Programa de Desenvolvimento Comunitário da Mouraria
Áreas ...
Indicadores de avaliação do processo de reabilitação da Mouraria
• Diminuição da taxa de desemprego e/ou do número de bene...
Um indicador de sucesso (9/06/2012)

A primeira vez que um Chefe de Estado visitou a Mouraria depois do 25 de Abil
(neste ...
24/06/2012
Google Trends: constata-se que a Mouraria tem cada vez mais
pesquisas no Google

2005

2007

2009

2011

2013
O que pode ter contribuído para o sucesso até ao momento?
1

Mudança do Gabinete do Presidente da CML para o Largo Inteden...
Exemplos
Exemplo de processo que contribuiu decisivamente para a coesão entre
os diversos actores e a população – a Mouraria já sai...
Exemplo de projecto que contribuiu decisivamente para a melhoria da
auto-estima e adesão da população – Camilla Watson

Se...
Exemplo de projecto que contribuiu decisivamente para melhoria da
identidade e sentimento de pertença da população – jorna...
Exemplo de projecto (temporário) inovador no uso dos recursos
endógenos e na ligação entre a população e as forças policia...
Exemplo de projecto de promoção da ocupação do espaço público
Visitas guiadas à Mouraria – outra forma de ocupação do espaço público
O circuito turístico-pedonal da Mouraria
Mas não basta intervir ao nível do hardware no espaço público nem da
informação – por isso, promoveram-se também festivais...
Em diversos horários e para diversos públicos
O “Noor – Mouraria Light Walk” levou mais novos públicos a certos
locais da Mouraria do que os Santos Populares – dando um...
Recorreu-se a diversas estéticas e linguagens – do fado ao rock, do jazz
às “músicas do mundo”

Aline Frazão
…e até à ópera – no Verão, na rua (no Largo do Intendente e no Largo da
Achada), pela Companhia de Ópera do Castelo
Procurou também promover-se iniciativas para públicos mais jovens e
“alternativos” – o Yorn Intendente Skate Jam é um bom ...
Um dos objectivos centrais de todas as iniciativas levadas a cabo na
Mouraria é o de criação de emprego – tendo-se por iss...
A nova Escola de Fado do Mouraria poderá ser um excelente veículo
para dinamizar a memória do fado e ajudar a promover a
e...
…sendo que a reabilitada Casa da Severa, recentemente inaugurada,
poderá ser um dos locais onde poderão cantar/tocar
Os inúmeros novos negócios criados na Mouraria também são âncora
de emprego local, atracção de novos público e desenvolvim...
A Casa Independente
A Vida Portuguesa acaba de inaugurar no Largo do Intendente…
…bem como o Secadegas
A Garbags também é um excelente exemplo de empreendedorismo e
upcycling (e não recycling…)
A “Mãos à Dobra – Origami Shop” (Largo Trigueiros) é também um
exemplo da tendência recente para fixação na Mouraria de
em...
Ou a Officina…
O recém inaugurado Fab Lab (Mercado Chão do Loureiro) tem bastante
potencial para ajudar à fixação de novos empreendedores...
…assim como o projecto que deverá abrir no antigo Convento/Hospital
do Desterro em Março 2014 (Main Side/Lx Factory)
…será certamente um eixo de dinamização do território – como já é a
“Mouradia”, uma nova casa comunitária que é um verdade...
Depois…
No domínio das populações vulneráveis, o projecto “Casas Primeiro”
tem sido determinante na resposta à inserção social dos...
…e a “kantata de algibeira” um excelente exemplo de projecto destinado
à inclusão de pessoas em situação de vulnerabilidad...
…já o projecto “Companhia Limitada” é fundamental no domínio do
acompanhamento de pessoas idosas em situação de solidão ou...
Melhorar o bem-estar da população da Mouraria, designadamente, dos
idosos e através da tecnologia, é o objectivo do “MyNei...
A Ass. Bairros, uma espécie de confederação de associações locais, que
resulta do esforço realizado de capacitação do 3.º ...
…Ou seja, para que continuem a surgir novas e melhores respostas para
as necessidades sociais – como é o caso dos cacifos ...
Por último, temos tido o cuidado de proceder a uma avaliação
profissional do processo de reabilitação da Mouraria (Dinâmia...
Para mais informações (www.aimouraria.cm-lisboa.pt)

Colóquio
Obrigado
Painel I - A participação na cidadania e a boa governança: João Meneses (GABIP Mouraria/CML) - Intervenção na Mouraria
Painel I - A participação na cidadania e a boa governança: João Meneses (GABIP Mouraria/CML) - Intervenção na Mouraria
Painel I - A participação na cidadania e a boa governança: João Meneses (GABIP Mouraria/CML) - Intervenção na Mouraria
Painel I - A participação na cidadania e a boa governança: João Meneses (GABIP Mouraria/CML) - Intervenção na Mouraria
Painel I - A participação na cidadania e a boa governança: João Meneses (GABIP Mouraria/CML) - Intervenção na Mouraria
Painel I - A participação na cidadania e a boa governança: João Meneses (GABIP Mouraria/CML) - Intervenção na Mouraria
Painel I - A participação na cidadania e a boa governança: João Meneses (GABIP Mouraria/CML) - Intervenção na Mouraria
Painel I - A participação na cidadania e a boa governança: João Meneses (GABIP Mouraria/CML) - Intervenção na Mouraria
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Painel I - A participação na cidadania e a boa governança: João Meneses (GABIP Mouraria/CML) - Intervenção na Mouraria

477 visualizações

Publicada em

III Conferência CIDAADS: Cidadania e boa governança. Redução da pobreza e projetos EDS Educar em transição – somos todos parceiros.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Painel I - A participação na cidadania e a boa governança: João Meneses (GABIP Mouraria/CML) - Intervenção na Mouraria

  1. 1. Painel I: A participação na cidadania e a boa governança O caso da reabilitação da Mouraria (2011 – 2013) João Wengorovius Meneses Lisboa, 25 Outubro 2013
  2. 2. Onde fica a Mouraria?
  3. 3. Caracterização sumária da Mouraria (o ponto de partida) 1 Bairro(s) histórico(s) no centro de Lisboa com cerca de 6.600 habitantes Local associado a insegurança e a atividades como tráfico e consumo de 2 droga, prostituição e a um elevado número de pessoas em situação ou em risco de exclusão ou pobreza 3 Local onde se diz que o fado nasceu 4 Elevada percentagem de pessoas idosas 5 6 Um dos locais do país com maior percentagem e variedade de imigrantes (oriundos da China, Bangladesh, África, Europa de Leste, Brasil, etc) Espaço público degradado/sujo e existência de vários edifícios devolutos/degradados Contudo, é também um local com vários recursos endógenos positivos: herança 7 histórica, cultural e arquitectónica rica, um alto nível de atividade comercial, localização central, excelentes acessibilidades, espaços públicos (largos e praças) de pequena e grande dimensão, terceiro sector expressivo e interveniente, etc.
  4. 4. Breve caracterização da reabilitação da Mouraria (2011-2013) Objectivos gerais 1 Melhorar a vida das pessoas que vivem ou trabalham na Mouraria Atrair novas pessoas para a Mouraria: residentes, visitantes, turistas, 2 investidores, comerciantes, etc. – procurando evitar um fenómeno de gentrificação e especulação imobiliária Como? Através de duas alavancas: 1 No domínio urbano/físico (hardware): tornando o espaço público mais agradável e fruível, melhorando as acessibilidades e promovendo a reabilitação de edifícios degradados para fins habitacionais, sociais ou culturais Investimento total: 11 M€ [QREN, PIPARU, CML] 2 Domínio social/imaterial (software): promovendo o combate à exclusão social e à pobreza, melhorando a qualidade de vida, atraindo novos públicos Investimento total: 2,5M€ [OP/CML/PDCM, GLEM, BIP/ZIP]
  5. 5. Mapa da reabilitação urbana (espaço público e edificado) – hardware Praça da Mouraria (ligação R. Benformoso/R. Palma) 11 Reabilitação de edifício (onde deverá ficar instalada a futura mesquita da Mouraria) 12 Oficina da Guitarra Portuguesa 13 Futuro 13 12 11
  6. 6. Reabilitação do espaço público – o exemplo do Largo do Intendente
  7. 7. Reabilitação do espaço público – o exemplo do Largo da Rosa
  8. 8. Reabilitação do edificado – exemplo de edifício para renda convencionada (na Travessa Cruz aos Anjos) 120
  9. 9. A revitalização social – software + 25 projectos apoiados pelo Programa de Desenvolvimento Comunitário da Mouraria Áreas de investimento Dinamização económica, empreendedorismo e empregabilidade População idosa e envelhecimento activo Populações vulneráveis (prostituição, dependências, sem-abrigo) Capacitação das instituições locais do terceiro sector Fado e dinamização lúdico-cultural local
  10. 10. Indicadores de avaliação do processo de reabilitação da Mouraria • Diminuição da taxa de desemprego e/ou do número de beneficiários do RSI – ILUSTRATIVO – • Aumento do investimento privado – em novos estabelecimentos comerciais ou no imobiliário •Melhoria do bem-estar/qualidade de vida da população idosa • Dimunição da taxa de abandono e insucesso escolar • Diminuição da população em risco de exclusão (prostituição, toxicodependência, sem-abrigo) • Melhoria do sentimento/percepção de segurança • Melhoria dos níveis de higiene do espaço público • Aumento do número de turistas e visitantes • Aumento do número de novas famílias residentes • Aumento do número de iniciativas de índole cultural no território • Aumento do n.º de pedidos de licenças para obras de reabilitação e atividade comercial • Dimuinuição do número de edifícios devolutos e degradados • Aumento da presença positiva nos media • Aumento do número de trabalhos académicos sobre a Mouraria • Aumento do n.º de visitas de estudo, designadamente por parte de comitivas estrangeiras • Conquista de prémios, por exemplo de urbanismo (ex.: The Urban Academy)
  11. 11. Um indicador de sucesso (9/06/2012) A primeira vez que um Chefe de Estado visitou a Mouraria depois do 25 de Abil (neste caso um passeio a pé de duas horas pelas ruas)
  12. 12. 24/06/2012
  13. 13. Google Trends: constata-se que a Mouraria tem cada vez mais pesquisas no Google 2005 2007 2009 2011 2013
  14. 14. O que pode ter contribuído para o sucesso até ao momento? 1 Mudança do Gabinete do Presidente da CML para o Largo Intedente 2 Processo aberto e participativo de diagnóstico, planeamento e execução (ex.: Candidatura ao Orçamento Participativo na fase inicial foi fundamental) 3 Parceria profunda e alargada entre actores do sector público e do 3.º sector (fill in the gaps philosophy), procurando recorrer ao máximo a recursos locais 4 5 Combinação de: procedimentos formais e informais, processos “debaixopara-cima” e “de-cima-para-baixo”, e atores locais com atores exógenos Acção simultânea na reabilitação urbana (hardware) e revitalização social (software) 6 Ocupação do espaço público (diferentes escalas) – sentimento segurança 7 Criação de gabinete temporário, específico e transversal – o GABIP Mouraria 8 Investimento inicial na auto-estima e sentimento de pertença dos habitantes 9 Abertura à inovação social
  15. 15. Exemplos
  16. 16. Exemplo de processo que contribuiu decisivamente para a coesão entre os diversos actores e a população – a Mouraria já saiu vencedora de três “propostas OP” (num valor global de 1,55 M€)
  17. 17. Exemplo de projecto que contribuiu decisivamente para a melhoria da auto-estima e adesão da população – Camilla Watson Senhor Joaquim
  18. 18. Exemplo de projecto que contribuiu decisivamente para melhoria da identidade e sentimento de pertença da população – jornal “Rosa Maria” (Associação Renovar a Mouraria)
  19. 19. Exemplo de projecto (temporário) inovador no uso dos recursos endógenos e na ligação entre a população e as forças policiais
  20. 20. Exemplo de projecto de promoção da ocupação do espaço público
  21. 21. Visitas guiadas à Mouraria – outra forma de ocupação do espaço público
  22. 22. O circuito turístico-pedonal da Mouraria
  23. 23. Mas não basta intervir ao nível do hardware no espaço público nem da informação – por isso, promoveram-se também festivais e espectáculos de rua (música, teatro, ópera, cinema, etc.)
  24. 24. Em diversos horários e para diversos públicos
  25. 25. O “Noor – Mouraria Light Walk” levou mais novos públicos a certos locais da Mouraria do que os Santos Populares – dando um contributo importante para mitigar o preconceito da insegurança nocturna
  26. 26. Recorreu-se a diversas estéticas e linguagens – do fado ao rock, do jazz às “músicas do mundo” Aline Frazão
  27. 27. …e até à ópera – no Verão, na rua (no Largo do Intendente e no Largo da Achada), pela Companhia de Ópera do Castelo
  28. 28. Procurou também promover-se iniciativas para públicos mais jovens e “alternativos” – o Yorn Intendente Skate Jam é um bom exemplo
  29. 29. Um dos objectivos centrais de todas as iniciativas levadas a cabo na Mouraria é o de criação de emprego – tendo-se por isso criado um gabinete apenas para apoio à empregabilidade (o “Mouraria + Emprego”)
  30. 30. A nova Escola de Fado do Mouraria poderá ser um excelente veículo para dinamizar a memória do fado e ajudar a promover a empregabilidade de novos artistas www.youtube.com/watch?v=9YervpjO0zw&feature=youtube_gdata_player
  31. 31. …sendo que a reabilitada Casa da Severa, recentemente inaugurada, poderá ser um dos locais onde poderão cantar/tocar
  32. 32. Os inúmeros novos negócios criados na Mouraria também são âncora de emprego local, atracção de novos público e desenvolvimento local
  33. 33. A Casa Independente
  34. 34. A Vida Portuguesa acaba de inaugurar no Largo do Intendente…
  35. 35. …bem como o Secadegas
  36. 36. A Garbags também é um excelente exemplo de empreendedorismo e upcycling (e não recycling…)
  37. 37. A “Mãos à Dobra – Origami Shop” (Largo Trigueiros) é também um exemplo da tendência recente para fixação na Mouraria de empreendedores “creative class” (Richard Florida)
  38. 38. Ou a Officina…
  39. 39. O recém inaugurado Fab Lab (Mercado Chão do Loureiro) tem bastante potencial para ajudar à fixação de novos empreendedores na Mouraria e dar origem a novos negócios
  40. 40. …assim como o projecto que deverá abrir no antigo Convento/Hospital do Desterro em Março 2014 (Main Side/Lx Factory)
  41. 41. …será certamente um eixo de dinamização do território – como já é a “Mouradia”, uma nova casa comunitária que é um verdadeiro manifesto pela reabilitação low cost Antes…
  42. 42. Depois…
  43. 43. No domínio das populações vulneráveis, o projecto “Casas Primeiro” tem sido determinante na resposta à inserção social dos sem abrigo
  44. 44. …e a “kantata de algibeira” um excelente exemplo de projecto destinado à inclusão de pessoas em situação de vulnerabilidade através da música (de um coro)
  45. 45. …já o projecto “Companhia Limitada” é fundamental no domínio do acompanhamento de pessoas idosas em situação de solidão ou sem mobilidade
  46. 46. Melhorar o bem-estar da população da Mouraria, designadamente, dos idosos e através da tecnologia, é o objectivo do “MyNeighbourhood” (projecto piloto a decorrer também em outras cidades/bairros europeus)
  47. 47. A Ass. Bairros, uma espécie de confederação de associações locais, que resulta do esforço realizado de capacitação do 3.º sector da Mouraria, será cada vez mais fundamental na continuação da inovação social
  48. 48. …Ou seja, para que continuem a surgir novas e melhores respostas para as necessidades sociais – como é o caso dos cacifos para sem-abrigo, recentemente instalados em Arroios 12 cacifos para os sem-abrigo da zona poderem guardar os seus pertences. O projecto inédito, que a Associação Conversa Amiga (ACA) leva a cabo com a colaboração da Câmara Municipal de Lisboa e a empresa Cabena, que os fabricou, pretende melhorar as condições de vida desta população, oferecendo uma maior dignidade a uma existência necessariamente precária.
  49. 49. Por último, temos tido o cuidado de proceder a uma avaliação profissional do processo de reabilitação da Mouraria (Dinâmia/CET) e do registo empírico dessa(s) mudança(s) – recorrendo ao documentário Mónica Santana Baptista Maria Joana Figueiredo
  50. 50. Para mais informações (www.aimouraria.cm-lisboa.pt) Colóquio
  51. 51. Obrigado

×