Conceição Soares
PROPED/UERJ
Caxias - 2015
Grade com as
disciplinas!
Carga horária e
atividades
Conhecimentos
científicos
pedagogizados
Diretrizes
propostas
pela red...
Um monte de matérias,
trabalhos, provas, horários,
recuperação, tudo que tem
pela frente até a formatura.
Na perspectiva das pesquisas nos/dos/com os cotidianos:
Portanto, o ponto de partida para
nossa conversa é:
Currículos, nessa perspectiva, são:
Eu acrescento:
Comunicação:
Formação não como formatação, como
enquadrar na forma, mas:
A tessitura do conhecimento e a formação se dão em
contextos múltiplos e com diferentes articulações entre
eles. Alguns de...
No lugar de aprendizagem
significativa, aprendizagem
inventiva:
Rede:
A tessitura de conhecimentos em redes e com as redes
de comunicação:
1. A comunicação praticada com o cotidiano de uma
escola pública de ensino fundamental da Rede
Municipal de Vitória.
Pra mim, a nossa vida aqui nesse
mundo é como se fosse numa novela
da Rede Globo, cada um já vem com
seu papel. Se o diret...
Recursos comunicacionais que produzem a
identidade e o reconhecimento.
Que indicam os modos de ocupar os espaços
e os tempos.
Informam comportamentos esperados
Produzem histórias e memórias
Um destaque
O audiovisual como dispositivo de pesquisa-intervenção
sobre o currículo.
- A escola serve pra
gente aprender um
monte de coisas
novas, a ler, a
escrever e um monte
de coisas mais, tipo
navegar pe...
O que se aprende, como se aprende e o que se deveria
aprender na escola?
 Na escola se aprende muitas coisas.
 O melhor ...
2. Produzindo vídeos com a escola
Atividade de extensão da UERJ em conjunto com uma escola pública de
ensino fundamental d...
3. O audiovisual e as redes de conhecimentos sobre
gênero e sexualidade na formação de professoras:
uma pesquisa-intervenç...
Buscamos:
Contexto:
Eixo 1:
Os filmes e situações marcantes apresentados
estavam quase sempre associados à presença de
parentes já falecidos ou que fo...
Consumo de narrativas cinematográficas:
Eixo 1:
Algumas apresentaram o trailer dos filmes,
outras editaram algumas cenas, outras
apresentaram fotos e sinopses (vídeos e p...
Como na experiência anterior, a maioria
dos filmes apontados eram comédias
românticas e dramas com diferentes
histórias de...
Eixo 2: filmes selecionados pela
equipe da pesquisa, textos
teóricos e rodas de conversas
As famílias
homoparentais
e o bullying
DRAW MOVIE. Orações para Bobby.avi
CASOS DE OUTRAS FAMÍLIAS
Fernanda.m4v
Eixo 3: produção de vídeos
Ficção
Guarde só suas roupas no armário ppp4.0.mp4
• A vida é vontade. Toda vontade é
vontade de viver (Schopenhauer).
• É no presente que se vive, que a vida –
como vontade...
Obrigada.
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Caxias   currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Caxias currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas

233 visualizações

Publicada em

Slide Apresentado por Conceição Soares na Abertura do Ciclo de Palestras "Tecnologias Digitais na Escola: O Prazer de Conhecer" , realizado no auditório da Faculdade de Educação da Baixada Fluminense - FEBF/UERJ

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Caxias currículos em redes, tecnologias da comunicação e audiovisualidades nas práticas e nas pesquisas

  1. 1. Conceição Soares PROPED/UERJ Caxias - 2015
  2. 2. Grade com as disciplinas! Carga horária e atividades Conhecimentos científicos pedagogizados Diretrizes propostas pela rede Listas de conteúdos Organização da aprendizagem
  3. 3. Um monte de matérias, trabalhos, provas, horários, recuperação, tudo que tem pela frente até a formatura.
  4. 4. Na perspectiva das pesquisas nos/dos/com os cotidianos:
  5. 5. Portanto, o ponto de partida para nossa conversa é:
  6. 6. Currículos, nessa perspectiva, são:
  7. 7. Eu acrescento:
  8. 8. Comunicação:
  9. 9. Formação não como formatação, como enquadrar na forma, mas:
  10. 10. A tessitura do conhecimento e a formação se dão em contextos múltiplos e com diferentes articulações entre eles. Alguns desses contextos:
  11. 11. No lugar de aprendizagem significativa, aprendizagem inventiva:
  12. 12. Rede:
  13. 13. A tessitura de conhecimentos em redes e com as redes de comunicação:
  14. 14. 1. A comunicação praticada com o cotidiano de uma escola pública de ensino fundamental da Rede Municipal de Vitória.
  15. 15. Pra mim, a nossa vida aqui nesse mundo é como se fosse numa novela da Rede Globo, cada um já vem com seu papel. Se o diretor, que é o cara lá de cima, gostar, se a gente fizer tudo direitinho, a gente volta com um papel principal, melhor. Mas, se a gente fizer tudo errado, a gente volta com um papel pior. Conversa entre professores sobre suas crenças e visões de mundo.
  16. 16. Recursos comunicacionais que produzem a identidade e o reconhecimento.
  17. 17. Que indicam os modos de ocupar os espaços e os tempos.
  18. 18. Informam comportamentos esperados
  19. 19. Produzem histórias e memórias
  20. 20. Um destaque
  21. 21. O audiovisual como dispositivo de pesquisa-intervenção sobre o currículo.
  22. 22. - A escola serve pra gente aprender um monte de coisas novas, a ler, a escrever e um monte de coisas mais, tipo navegar pela internet, essas coisas...(...) No futuro eu quero ter todas as coisas que eu sonhei e ser feliz.
  23. 23. O que se aprende, como se aprende e o que se deveria aprender na escola?  Na escola se aprende muitas coisas.  O melhor lugar para se aprender é na sala de aula. As melhores aulas são aquelas em que o professor brinca e conversa com a gente. É muito mais divertido.  O professor é muito importante. Ele explica, ajuda, dá conselho, incentiva.  As melhores coisas são o recreio, as aulas de arte e as aulas de educação física.  Informática é bom, poderia ter mais aulas de informática, mas na hora de aprender as matérias a gente se distrai muito.  Muitas vezes quando estamos conversando com os amigos na sala de aula nós estamos discutindo sobre as matérias. Podia ter mais debates e trabalhos em grupo.  A gente gosta da hora do recreio e da saída, porque a gente pode conversar com os amigos. A gente conversa sobre várias coisas. Principalmente sobre namoros e programas de TV. Na aulas podiam falar sobre essas coisas também.  É melhor fazer amigos na escola do que na internet, porque lá as pessoas mentem.  Gostaríamos que na escola tivesse aulas de dança, mais esportes – principalmente futebol -, música e teatro.  Gostaríamos de discutir na escola assuntos como sexo, droga, violência, profissões, economia, televisão e outras coisas que acontecem no mundo.
  24. 24. 2. Produzindo vídeos com a escola Atividade de extensão da UERJ em conjunto com uma escola pública de ensino fundamental da Rede Municipal do Rio de Janeiro, em 2010.
  25. 25. 3. O audiovisual e as redes de conhecimentos sobre gênero e sexualidade na formação de professoras: uma pesquisa-intervenção, UERJ, 2013/2014.
  26. 26. Buscamos:
  27. 27. Contexto:
  28. 28. Eixo 1:
  29. 29. Os filmes e situações marcantes apresentados estavam quase sempre associados à presença de parentes já falecidos ou que foram para longe, às amizades perdidas, a momentos inesquecíveis da infância ou adolescência que não voltam mais, à companhia do pai e/ou da mãe, ao primeiro namorado, à primeira vez sozinha no cinema e ao nervosismo às vésperas do vestibular, entre outros momentos especiais.
  30. 30. Consumo de narrativas cinematográficas:
  31. 31. Eixo 1:
  32. 32. Algumas apresentaram o trailer dos filmes, outras editaram algumas cenas, outras apresentaram fotos e sinopses (vídeos e power point). Pelo menos nessa turma, ou nessa geração, não haverá professoras que não estão preparadas para lidar com as tecnologias, como usualmente escutamos falar.
  33. 33. Como na experiência anterior, a maioria dos filmes apontados eram comédias românticas e dramas com diferentes histórias de amor e superação (da pobreza, no medo, da doença, do abandono, de maus-tratos, etc.), sempre temperados com fantasia, magia e final feliz.
  34. 34. Eixo 2: filmes selecionados pela equipe da pesquisa, textos teóricos e rodas de conversas
  35. 35. As famílias homoparentais e o bullying
  36. 36. DRAW MOVIE. Orações para Bobby.avi
  37. 37. CASOS DE OUTRAS FAMÍLIAS Fernanda.m4v
  38. 38. Eixo 3: produção de vídeos
  39. 39. Ficção
  40. 40. Guarde só suas roupas no armário ppp4.0.mp4
  41. 41. • A vida é vontade. Toda vontade é vontade de viver (Schopenhauer). • É no presente que se vive, que a vida – como vontade de potência - se realiza (Nietzschie). • Um afeto alegre é o que potencializa o a expansão da vida (Espinoza). • Toda alegria é alegria de viver (Rosset).
  42. 42. Obrigada.

×