O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Exposição "A história do livro no Brasil"

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 1 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Semelhante a Exposição "A história do livro no Brasil" (20)

Anúncio

Mais de Claudio Hideo Matsumoto (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

Exposição "A história do livro no Brasil"

  1. 1. C1 Araçatuba, terça-feira, 8 de maio de 2012 OBRA “Palhaços” , de Mário Fernando Bolognesi, originou o livro-objeto homônimo da artista plástica Ludmila Porto; peça integra mostra da Unesp EXPOSIÇÃO Unesp realiza mostra e debate sobre os livros e a leitura no País; em Araçatuba, evento será realizado nos dias 10 e 11 de maio, na biblioteca da Faculdade de Odontologia Araçatuba nalizando com a história da própria sições (que foram elaboradas também pelo pro- Talita Rustichelli editora. fessor João Luiz Cerccantini, da Unesp de As- talita.nayla@folhadaregiao.com.br Os 30 painéis, que possuem sis), afirma que os painéis trazem imagens de mais de 90 imagens, foram elabora- gráficas antigas, por exemplo, resgatadas pelo li- ma exposição composta por dos com base no livro homônimo, vro. "Além disso, ainda é abordada a questão da U duas mostras paralelas - uma que conta a história do livro no Brasil e a outra que transforma vencedor do Prêmio Jabuti na cate- goria Comunicação em 2011, organi- zado pelos professores doutores Már- linha muitas vezes 'humorística' adotada pelos brasileiros, até em publicações mais sérias", exemplifica. Há também fotografias de ilustra- obras literárias em material físico e in- cia Abreu, coordenadora da área de ções de obras consagradas de Machado de Assis telectual para obras de arte - circula e de capas de publicações notáveis, como a carti- por 23 cidades do interior paulista. lha "Caminho Suave", editada pela primeira vez O evento comemora os 25 anos Mostras têm como base o em 1948 e que foi utilizada na alfabetização de de trajetória da Editora Unesp, visan- livro “Impresso no Brasil”, mais de 30 milhões de brasileiros. do discutir a publicação de livros no Brasil e colocar em evidência parte vencedor da categoria ARTE do que foi realizado pela entidade des- de a sua fundação. Além da exposi- comunicação Paralelamente, há a mostra "Edição Fora de Série", com uma proposta além de contar a ção, há também um debate sobre os do Prêmio Jabuti 2011 história do livro em terras brasileiras. A partir de livros e a leitura no País, com profis- 15 livros considerados de grande relevância nos sionais da área. 25 anos da Editora, quatro artistas ligadas ao Ins- As mostras chegaram ontem em Letras da Fapesp (Fundação de Am- tituto de Artes da Unesp desenvolveram obras Ilha Solteira e podem ser vistas no mu- paro à Pesquisa do Estado de São de arte: os livros-objeto. De acordo com Lucia- nicípio até hoje (8), no hall de entrada Paulo), e Aníbal Bragança, coordena- na, com a transformação de cada uma dessas pu- do prédio central da Faculdade de En- dor-geral de Pesquisa e Editoração blicações em um objeto de arte, as artistas pro- genharia da cidade. Araçatuba recebe da Fundação Biblioteca Nacional. A porcionam provocações em diversas áreas do co- a exposição na quinta (10) e na sexta- publicação foi feita pela Editora nhecimento. Ainda segundo ela, os livros esco- feira (11), na Biblioteca da Faculdade Unesp também em 2011. lhidos são apenas uma parcela de todo o mate- de Odontologia. rial publicado considerado de grande importân- A primeira mostra, "Impresso no RESGATE cia na trajetória da editora. Brasil", conta a história do livro e da A coordenadora de Comunica- A partir do livro "Palhaços", de Mário Fer- leitura no País, começando com a ins- ção e Marketing da editora, Luciana nando Bolognesi, por exemplo, a artista Ludmi- talação da primeira tipografia, passan- do Vale, assistente do diretor-presiden- la Porto fez uma pequena instalação que lembra do pelos vários processos de desenvol- te da Editora Unesp, José Castilho um circo e um picadeiro, remetendo às lágrimas vimento e chegando aos dias atuais, fi- Marques Neto, na produção das expo- e risos do cotidiano. Já Ana Lúcia Ribeiro Pache- co utilizou o livro "O Horror Econômico", de Vi- Divulgação viane Forrester, para desenvolver "Mallarmé é uma Metralhadora", obra que pretende abordar o trabalho e a globalização. Para "A construção da Casa", que tem a busca intelectual como foco, Carolina Koya- ma utilizou a publicação "Gilberto Freyre: Um Vitoriano dos Trópicos", organizada por Maria Lucia Garcia Pallares-Burke. E a artista Sofia Jajam teve como base o livro "Modesta Proposta", de Jonathan Swift - uma paródia a textos científicos do século XVIII que pro- põem o canibalismo de criancinhas como solu- ção eficaz para eliminação da pobreza. Serviço "25 anos da Editora Unesp” Ilha Solteira: Mostras: hoje (8), das 7h às 22h, no hall de entrada da Faculdade de Engenharia (Avenida Brasil, nº 56, Centro). Araçatuba Mostras: quinta (10) e sexta-feira (11), das 8h às 21h. Mesa-redonda "Livros e Leituras no Bra- sil": quinta-feira (10), às 19h, na Biblioteca da Faculdade de Odontologia (Rodovia Marechal Rondon, Km 527/528). Gratuito. GLOBAL Livro-objeto "Mallarmé é uma Metralhadora", de Ana Lúcia Ribeiro Pacheco MEMÓRIA Um dos painéis mostra as primeiras tipografias brasileiras e as prensas manuais Mesa-redonda discute a leitura no Brasil A mesa-redonda "Livros e sé Castilho Marques Neto, e a Thiago Valente, ambos professo- EDITORA de vários outros pensadores e es- leituras no Brasil" acompanha as pesquisadora Eliane Aparecida res da Unesp de Assis. Fundada em 1987, a Edito- tudiosos do Brasil e do exterior. mostras comemorativas dos 25 Galvão Ribeiro Ferreira, da Além dos painéis das duas Haverá cerca ra Unesp se transformou em A fundação é responsável anos da Editora Unesp em todas Unesp de Assis. O evento acon- mostras e da mesa-redonda, de 800 títulos com Fundação Editora Unesp em também pela Unil (Universidade as cidades pelas quais circulam. tece às 19h de quinta-feira (10), uma livraria móvel comerciali- 1996, após aprovação do Conse- do Livro), voltada ao treinamen- Serão discutidos o desenvolvi- mento do mercado editorial, o com entrada gratuita, no auditó- rio da biblioteca da Faculdade zará publicações da Editora Unesp. desconto lho Universitário, a fim de ex- pandir sua atuação como uma to e aperfeiçoamento de profis- sionais e aspirantes do setor edi- estímulo à leitura no País, além de Odontologia (Rod. Marechal Haverá cerca de 800 títu- de 50% a toda a organização social, alcançando torial. Outro braço de sua atua- de colocar em pauta a história e Rondon, Km 527/528). los de diversas áreas do conheci- comunidade maior representatividade. Não ção social é a disponibilização a participação da editora da Uni- Em Ilha Solteira, a palestra mento (letras, artes, história, filo- são editados pela entidade ape- de textos produzidos na pós-gra- versidade Estadual Paulista. aconteceu na noite de ontem, sofia, ciências etc), com descon- nas trabalhos acadêmicos de pes- duação da universidade para do- Em Araçatuba, estará pre- com a participação do professor to de 50%, não só a alunos e to da área das exposições e per- soas ligadas diretamente à wnloads gratuitos, por meio do sente para o debate o diretor- João Luiz Cerccantini, um dos professores, mas a toda a comu- manecerá aberta no mesmo ho- Unesp, voltado ao público uni- projeto Coleção Propg Digital presidente da Editora Unesp, Jo- responsáveis pelo projeto, e nidade. A livraria funcionará per- rário de visitas. versitário, mas também livros (acesse www.culturaacademica.com.br).TR

×