SlideShare uma empresa Scribd logo
Um VENTRE MATERNO
de poucas semanas encontra-se
NO fetointerior do útero de sua mãe.
no
Ria slides
Um embrião de poucas semanas encontra-se
no interior do útero de sua mãe.
Ria slides
Está no início do seu
desenvolvimento.

Ainda falta um longo caminho a percorrer.
Ria slides
É apenas um projeto de ser humano e neste estágio pode
ser confundido com um embrião de cão ou macaco.
Ria slides
Junto a ele encontra-se o saco vitelino,
que lhe proporciona os nutrientes de que necessita
nas primeiras semanas de vida.
Ria slides
Por volta da 8ª semana de gestação
o saco vitelino perde sua função.

É o cordão umbilical que passa a alimentá-lo
com nutrientes provenientes do corpo materno.
Ria slides
Enquanto tudo acontece, ele flutua,
tranqüilamente, no útero de sua mãe.

Ria slides
Na 16ª semana de gestação
ele já tem quase todos os órgãos
desenvolvidos.

Os olhos ainda estão fechados,
mas as mãos e os pés começam a mover-se,
embora sua mãe quase não perceba.
Ria slides
Graças à ecografia 4D, o futuro bebê mostra a quem
está de fora, em imagens de grande nitidez, até mesmo
suas expressões faciais.
Ria slides
Ele completa 24 semanas.
Dentre seus órgãos, somente os pulmões
não estão completamente formados.

Mesmo assim, se nascesse neste momento,
teria grandes chances de sobreviver.
Ria slides
Nesta etapa já mexe os braços e as pernas,
pisca os olhos, chupa os dedos e, inclusive, tem
seus primeiros acessos de soluço.
Ria slides
Está cada vez mais
consciente do espaço
que o rodeia.

Ria slides
Como todos os fetos, passa a maior parte do tempo
dormindo, e quando dorme nada consegue despertá-lo.

Chega até mesmo a sonhar.
Ria slides
Ele completa nove meses e está
pronto para nascer.

Em 40 semanas, o que era apenas uma sementinha
transformou-se em um ser humano.
Ria slides
O milagre da formação da vida
humana no interior do corpo materno
está perto de ser concluído.

Em poucos dias os pulmões
e a placenta se encarregarão de sinalizar
que é chegada a hora do parto.
Ria slides
O bebê dorme, tranqüilo, no ventre de sua mãe.

Não sabe que dentro em breve abandonará
a placidez de sua “casa” para passar por uma
das experiências mais traumáticas
de sua vida: o nascimento.
Ria slides
Sim, porque o parto
não é doloroso apenas
para a mãe.

Também é traumático e
estressante para o bebê.
Ria slides
MAS É ASSIM QUE ACONTECE
O MILAGRE DA VIDA

Ria slides
As imagens utilizadas neste pps fazem parte
do documentário produzido pelo National Geographic Channel:
En el Vientre Materno.
São imagens obtidas através de uma micro-câmara introduzida
no útero de uma gestante. Graças à modernas técnicas fotográficas é
possível acompanhar o fascinante processo de gestação de um bebê.
Se deseja ver fotos e vídeos deste documentário,
em espanhol, visite o endereço:
http://mujer.terra.es/muj/padres/embarazo/vientrematerno/

Autor do Slide: Ria Ellwanger riaellw@globo.com
Texto: baseado nas notas de rodapé das fotos do site acima citado
Música: Brahm’s Lullaby - violin
Este slide é exclusivo do site Ria Slides

Ria slides

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (6)

De embrião a bebé
De embrião a bebéDe embrião a bebé
De embrião a bebé
 
fecundação, gravidez e início da vida
fecundação, gravidez e início da vida fecundação, gravidez e início da vida
fecundação, gravidez e início da vida
 
Cavalo marinho 3 e noturno
Cavalo marinho 3 e noturnoCavalo marinho 3 e noturno
Cavalo marinho 3 e noturno
 
FecundaçãO
FecundaçãOFecundaçãO
FecundaçãO
 
Bio 12 genética - drosofila
Bio 12   genética - drosofilaBio 12   genética - drosofila
Bio 12 genética - drosofila
 
Bio 12 genética - hereditariedade ligada ao sexo (daltonismo)
Bio 12   genética - hereditariedade ligada ao sexo (daltonismo)Bio 12   genética - hereditariedade ligada ao sexo (daltonismo)
Bio 12 genética - hereditariedade ligada ao sexo (daltonismo)
 

Semelhante a No ventre-materno

O MILAGRE DA VIDA - No Útero
O MILAGRE DA VIDA - No ÚteroO MILAGRE DA VIDA - No Útero
O MILAGRE DA VIDA - No Útero
CNA - CLUBE NAMORO OU AMIZADE
 
Trabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTimaTrabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTima
fatimasousa
 
Trabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTimaTrabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTima
12344567890
 

Semelhante a No ventre-materno (20)

Gestação
GestaçãoGestação
Gestação
 
No ventre materno
No ventre maternoNo ventre materno
No ventre materno
 
Fecundação, desenvolvimento embrionário e parto
Fecundação, desenvolvimento embrionário e partoFecundação, desenvolvimento embrionário e parto
Fecundação, desenvolvimento embrionário e parto
 
No Ventre Materno
No Ventre MaternoNo Ventre Materno
No Ventre Materno
 
No Ventre Materno
No Ventre MaternoNo Ventre Materno
No Ventre Materno
 
No Ventre Materno
No Ventre MaternoNo Ventre Materno
No Ventre Materno
 
O MILAGRE DA VIDA - No Útero
O MILAGRE DA VIDA - No ÚteroO MILAGRE DA VIDA - No Útero
O MILAGRE DA VIDA - No Útero
 
Embriologia ventre materno
Embriologia ventre maternoEmbriologia ventre materno
Embriologia ventre materno
 
Feto
FetoFeto
Feto
 
No Ventre Materno
No Ventre MaternoNo Ventre Materno
No Ventre Materno
 
No ventre-materno
No ventre-maternoNo ventre-materno
No ventre-materno
 
Embriologia slides
Embriologia  slidesEmbriologia  slides
Embriologia slides
 
8ª aula embriologia 2
8ª aula   embriologia 28ª aula   embriologia 2
8ª aula embriologia 2
 
Fases da gestação
Fases da gestaçãoFases da gestação
Fases da gestação
 
Gravidez na adolescência e Aborto
Gravidez na adolescência e Aborto Gravidez na adolescência e Aborto
Gravidez na adolescência e Aborto
 
gestação do 7 ao 9 meses
gestação do 7 ao 9 mesesgestação do 7 ao 9 meses
gestação do 7 ao 9 meses
 
Word 9 d_6
Word 9 d_6Word 9 d_6
Word 9 d_6
 
Trabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTimaTrabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTima
 
Trabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTimaTrabalho Lurdes E FáTima
Trabalho Lurdes E FáTima
 
Gestação e Aborto
Gestação e AbortoGestação e Aborto
Gestação e Aborto
 

Mais de Victor Martins

Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retasRetas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Victor Martins
 
Qual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimentoQual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimento
Victor Martins
 
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Victor Martins
 
áGua – o solvente nelson e pedro
áGua – o solvente   nelson e pedroáGua – o solvente   nelson e pedro
áGua – o solvente nelson e pedro
Victor Martins
 
A farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcarA farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcar
Victor Martins
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmail
Victor Martins
 
Ficha informativa - gmail
Ficha informativa - gmailFicha informativa - gmail
Ficha informativa - gmail
Victor Martins
 
A história dos números
A história dos númerosA história dos números
A história dos números
Victor Martins
 

Mais de Victor Martins (20)

Como cria e partilhar um documento em google docs
Como cria e partilhar um documento em google docsComo cria e partilhar um documento em google docs
Como cria e partilhar um documento em google docs
 
Vt5 teste 1
Vt5  teste 1Vt5  teste 1
Vt5 teste 1
 
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retasRetas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
 
6 ano Matemática
6 ano Matemática6 ano Matemática
6 ano Matemática
 
Regras de operações com potências
Regras de operações com potênciasRegras de operações com potências
Regras de operações com potências
 
O desejo da bruxa
O desejo da bruxaO desejo da bruxa
O desejo da bruxa
 
Revisão 5º ano -mat
Revisão 5º ano -matRevisão 5º ano -mat
Revisão 5º ano -mat
 
Revisão do 5º ano
Revisão do 5º anoRevisão do 5º ano
Revisão do 5º ano
 
Problemas com fra es
Problemas com fra  esProblemas com fra  es
Problemas com fra es
 
Qual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimentoQual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimento
 
Rochas magnificas
Rochas magnificas Rochas magnificas
Rochas magnificas
 
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
 
áGua – o solvente nelson e pedro
áGua – o solvente   nelson e pedroáGua – o solvente   nelson e pedro
áGua – o solvente nelson e pedro
 
A farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcarA farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcar
 
dissolução da farinha
dissolução da farinhadissolução da farinha
dissolução da farinha
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmail
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmail
 
Ficha informativa - gmail
Ficha informativa - gmailFicha informativa - gmail
Ficha informativa - gmail
 
Como resolver equações
Como resolver equaçõesComo resolver equações
Como resolver equações
 
A história dos números
A história dos númerosA história dos números
A história dos números
 

Último

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 

No ventre-materno

  • 1. Um VENTRE MATERNO de poucas semanas encontra-se NO fetointerior do útero de sua mãe. no Ria slides
  • 2. Um embrião de poucas semanas encontra-se no interior do útero de sua mãe. Ria slides
  • 3. Está no início do seu desenvolvimento. Ainda falta um longo caminho a percorrer. Ria slides
  • 4. É apenas um projeto de ser humano e neste estágio pode ser confundido com um embrião de cão ou macaco. Ria slides
  • 5. Junto a ele encontra-se o saco vitelino, que lhe proporciona os nutrientes de que necessita nas primeiras semanas de vida. Ria slides
  • 6. Por volta da 8ª semana de gestação o saco vitelino perde sua função. É o cordão umbilical que passa a alimentá-lo com nutrientes provenientes do corpo materno. Ria slides
  • 7. Enquanto tudo acontece, ele flutua, tranqüilamente, no útero de sua mãe. Ria slides
  • 8. Na 16ª semana de gestação ele já tem quase todos os órgãos desenvolvidos. Os olhos ainda estão fechados, mas as mãos e os pés começam a mover-se, embora sua mãe quase não perceba. Ria slides
  • 9. Graças à ecografia 4D, o futuro bebê mostra a quem está de fora, em imagens de grande nitidez, até mesmo suas expressões faciais. Ria slides
  • 10. Ele completa 24 semanas. Dentre seus órgãos, somente os pulmões não estão completamente formados. Mesmo assim, se nascesse neste momento, teria grandes chances de sobreviver. Ria slides
  • 11. Nesta etapa já mexe os braços e as pernas, pisca os olhos, chupa os dedos e, inclusive, tem seus primeiros acessos de soluço. Ria slides
  • 12. Está cada vez mais consciente do espaço que o rodeia. Ria slides
  • 13. Como todos os fetos, passa a maior parte do tempo dormindo, e quando dorme nada consegue despertá-lo. Chega até mesmo a sonhar. Ria slides
  • 14. Ele completa nove meses e está pronto para nascer. Em 40 semanas, o que era apenas uma sementinha transformou-se em um ser humano. Ria slides
  • 15. O milagre da formação da vida humana no interior do corpo materno está perto de ser concluído. Em poucos dias os pulmões e a placenta se encarregarão de sinalizar que é chegada a hora do parto. Ria slides
  • 16. O bebê dorme, tranqüilo, no ventre de sua mãe. Não sabe que dentro em breve abandonará a placidez de sua “casa” para passar por uma das experiências mais traumáticas de sua vida: o nascimento. Ria slides
  • 17. Sim, porque o parto não é doloroso apenas para a mãe. Também é traumático e estressante para o bebê. Ria slides
  • 18. MAS É ASSIM QUE ACONTECE O MILAGRE DA VIDA Ria slides
  • 19. As imagens utilizadas neste pps fazem parte do documentário produzido pelo National Geographic Channel: En el Vientre Materno. São imagens obtidas através de uma micro-câmara introduzida no útero de uma gestante. Graças à modernas técnicas fotográficas é possível acompanhar o fascinante processo de gestação de um bebê. Se deseja ver fotos e vídeos deste documentário, em espanhol, visite o endereço: http://mujer.terra.es/muj/padres/embarazo/vientrematerno/ Autor do Slide: Ria Ellwanger riaellw@globo.com Texto: baseado nas notas de rodapé das fotos do site acima citado Música: Brahm’s Lullaby - violin Este slide é exclusivo do site Ria Slides Ria slides