SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Informação — PROVA Final DE CICLO

MATEMÁTICA	

Dezembro de 2013

Prova 62 | 2014

2.º Ciclo do Ensino Básico

O presente documento divulga informação relativa à prova final do 2.º Ciclo da disciplina de
Matemática, a realizar em 2014, nomeadamente:
•• Objeto de avaliação
•• Caracterização da prova
•• Critérios gerais de classificação
•• Material
•• Duração
Realizam a prova os alunos que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo
Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho. Deve também ser considerado o Despacho Normativo
n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho Normativo n.º 15 971/2012, de 14 de dezembro.
Os itens das provas anteriores desta disciplina, disponíveis em www.gave.min-edu.pt, podem constituir
exemplos de itens das provas a realizar em 2014.

Objeto de avaliação
A prova tem por referência o Programa de Matemática do Ensino Básico, aplicando-se supletivamente
as Metas Curriculares de Matemática (consultar aqui), e permite avaliar a aprendizagem passível de
avaliação numa prova escrita de duração limitada.
Nesta prova, serão avaliados os conteúdos dos quatro temas previstos no Programa, exceto o tópico
números inteiros negativos, do tema Números e operações.
De acordo com o Programa, os alunos devem ser capazes de estabelecer conexões entre diferentes
conceitos e relações matemáticas e também entre estes e situações não matemáticas. Neste sentido, a
prova reflete uma visão integradora e articulada dos diferentes conteúdos programáticos da disciplina.

Caracterização da prova
A prova é constituída por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno 2), sendo o uso da calculadora permitido
apenas no Caderno 1.
O aluno realiza a prova no enunciado.
Os itens podem ter como suporte um ou mais documentos, como, por exemplo, textos, tabelas de
dados, gráficos e mapas.
A sequência dos itens pode não corresponder à sequência dos temas do Programa ou à sequência dos
seus conteúdos.
Os itens podem envolver a mobilização de conteúdos relativos a mais do que um dos temas/tópicos
do Programa.
A prova é cotada para 100 pontos.

Prova 62	

1/3
A valorização dos temas na prova apresenta-se no Quadro 1.
Quadro 1 — Valorização dos temas
Cotação
(em pontos)

Temas
Números e operações (ver nota)

35 a 45

Geometria

35 a 45

Álgebra

5 a 15

Organização e tratamento de dados

5 a 15

Nota: elo facto de a prova ser realizada antes do final do ano letivo, não serão contemplados conteúdos
P
relacionados com o tópico Números inteiros negativos, nomeadamente, noções de valor absoluto e de
simétrico e representação na reta numérica, comparação e ordenação e adição e subtração.

A tipologia de itens, o número de itens e a cotação por item apresentam-se no Quadro 2.
Quadro 2 — Tipologia, número de itens e cotação
Número de itens

Cotação por item
(em pontos)

Itens de seleção

Escolha múltipla
Associação
Ordenação
Completamento

5a8

3a5

Itens de construção

Completamento
Resposta curta
Resposta restrita

13 a 21

3a8

Tipologia de itens

A resposta aos itens de construção pode limitar-se, por exemplo, a uma palavra, a uma expressão, a
uma frase ou a um número (itens de resposta curta), ou pode envolver a apresentação de cálculos, de
uma justificação, de uma construção gráfica ou geométrica ou de um raciocínio demonstrativo (itens
de resposta restrita).

Critérios gerais de classificação
A classificação a atribuir a cada resposta resulta da aplicação dos critérios gerais e dos critérios
específicos de classificação apresentados para cada item.
As respostas ilegíveis ou que não possam ser claramente identificadas são classificadas com zero
pontos.
No presente ano letivo, na classificação das provas, apenas será considerada correta a grafia que
seguir o que se encontra previsto no Acordo Ortográfico de 1990 (atualmente em vigor).

Itens de seleção
Nos itens de escolha múltipla, a cotação do item só é atribuída às respostas que apresentem de forma
inequívoca a opção correta. Todas as outras respostas são classificadas com zero pontos.
Nos itens de ordenação, a cotação do item só é atribuída às respostas em que a sequência esteja
integralmente correta e completa. Todas as outras respostas são classificadas com zero pontos.
Prova 62	

2/3
Nos itens de associação e nos de completamento, são atribuídas pontuações às respostas total ou
parcialmente corretas, de acordo com os critérios específicos.

Itens de construção
Nos itens de completamento e nos de resposta curta, a cotação do item só é atribuída às respostas
totalmente corretas. Poderão ser atribuídas pontuações a respostas parcialmente corretas, de acordo
com os critérios específicos.
Nos itens de resposta restrita, os critérios de classificação apresentam-se organizados por níveis de
desempenho ou por etapas. A cada nível de desempenho ou a cada etapa corresponde uma dada
pontuação.
Nos itens que impliquem a realização de cálculos ou justificações, os alunos têm de apresentar, de
forma completa, as fórmulas que utilizaram, os cálculos que efetuaram, o resultado a que chegaram
e a unidade de medida, de acordo com o solicitado. Nestes itens, a apresentação apenas do resultado
final é classificada com zero pontos.
Nos itens de construção, os critérios gerais apresentam situações passíveis de desvalorização,
nomeadamente: ocorrência de erros de cálculo numérico; apresentação de cálculos intermédios
com um número de casas decimais diferente do solicitado ou com um arredondamento incorreto;
apresentação do resultado final numa forma diferente da pedida ou mal arredondado; utilização de
simbologia ou de expressões incorretas do ponto de vista formal.
A versão integral dos critérios gerais de classificação será publicada antes da realização da prova, em
simultâneo com as instruções de realização.

Material
O aluno apenas pode usar, como material de escrita, caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul
ou preta.
O uso de lápis só é permitido nas construções que envolvam a utilização de material de desenho.
O aluno deve ser portador de material de desenho e de medição (lápis, borracha, régua graduada,
compasso e transferidor) e calculadora.
É permitida a utilização de calculadora do tipo não alfanumérico, não programável.
Não é permitido o uso de corretor.

Duração
A prova tem a duração de 90 minutos, a que acresce a tolerância de 30 minutos, distribuídos da
seguinte forma:
•• Caderno 1 — 30 minutos, a que acresce a tolerância de 10 minutos;
••  aderno 2 (não é permitido o uso da calculadora) — 60 minutos, a que acresce a tolerância de
C
20 minutos.
Entre a resolução do Caderno 1 e a do Caderno 2, haverá um período de 5 minutos, para que sejam
recolhidas as calculadoras e distribuídos os segundos cadernos, não sendo, contudo, recolhido o
Caderno 1. Durante este período, bem como no período de tolerância relativo à resolução do Caderno 1,
os alunos não poderão sair da sala. Os dois cadernos apenas serão recolhidos no final do tempo previsto
para a realização da prova.

Prova 62	

3/3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Prova final 62 mat 2 ciclo
Prova final 62 mat 2 cicloProva final 62 mat 2 ciclo
Prova final 62 mat 2 cicloPaula Martins
 
Matriz de Exame de Matemática - EXAME MÓDULO A9 - FUNÇÕES DE CRESCIMENTO
Matriz de Exame de Matemática - EXAME MÓDULO A9 - FUNÇÕES DE CRESCIMENTOMatriz de Exame de Matemática - EXAME MÓDULO A9 - FUNÇÕES DE CRESCIMENTO
Matriz de Exame de Matemática - EXAME MÓDULO A9 - FUNÇÕES DE CRESCIMENTOCarlos Ferreira
 
Critérios de Correção Prova Final 2013 9ºAno - 92 Matemátca - 1ªChamada
Critérios de Correção Prova Final 2013 9ºAno - 92 Matemátca - 1ªChamadaCritérios de Correção Prova Final 2013 9ºAno - 92 Matemátca - 1ªChamada
Critérios de Correção Prova Final 2013 9ºAno - 92 Matemátca - 1ªChamadaTiago Barata
 
Critérios de Correção Prova Final 2013 - 91 Português - 1ªChamada
Critérios de Correção Prova Final 2013 - 91 Português - 1ªChamada Critérios de Correção Prova Final 2013 - 91 Português - 1ªChamada
Critérios de Correção Prova Final 2013 - 91 Português - 1ªChamada Tiago Barata
 
Ie ex macs835_2014
Ie ex macs835_2014Ie ex macs835_2014
Ie ex macs835_2014Filipe Gomes
 
Projeto Testes Intermédios 2012/2013 (Matemática)
Projeto Testes Intermédios 2012/2013 (Matemática)Projeto Testes Intermédios 2012/2013 (Matemática)
Projeto Testes Intermédios 2012/2013 (Matemática)Alexandre Ribeiro
 
Pf mat62 ch1_2013_cc
Pf mat62 ch1_2013_ccPf mat62 ch1_2013_cc
Pf mat62 ch1_2013_ccAna Pereira
 
Ti mat9 abr2013_v1_cc
Ti mat9 abr2013_v1_ccTi mat9 abr2013_v1_cc
Ti mat9 abr2013_v1_ccFernanda Neto
 
Critérios Prova de Matemática - 6º ano.
Critérios  Prova de Matemática - 6º ano. Critérios  Prova de Matemática - 6º ano.
Critérios Prova de Matemática - 6º ano. ikas81
 
Ti fqa11 abr2012_cc
Ti fqa11 abr2012_ccTi fqa11 abr2012_cc
Ti fqa11 abr2012_ccEnsinoFQ
 
Pf port61 ch1_2013_cc
Pf port61 ch1_2013_ccPf port61 ch1_2013_cc
Pf port61 ch1_2013_ccAna Pereira
 
Informações exames 2013 2ºciclo
Informações exames 2013 2ºcicloInformações exames 2013 2ºciclo
Informações exames 2013 2ºciclorukka
 
Pf port91-ch1-2012-cc
Pf port91-ch1-2012-ccPf port91-ch1-2012-cc
Pf port91-ch1-2012-ccPeroVaz
 
Pf port91-ch2-2012-cc
Pf port91-ch2-2012-ccPf port91-ch2-2012-cc
Pf port91-ch2-2012-ccPeroVaz
 
Pf mat62-ch1-2012-cc
Pf mat62-ch1-2012-ccPf mat62-ch1-2012-cc
Pf mat62-ch1-2012-ccRute Durao
 

Mais procurados (18)

Prova final 62 mat 2 ciclo
Prova final 62 mat 2 cicloProva final 62 mat 2 ciclo
Prova final 62 mat 2 ciclo
 
Matriz de Exame de Matemática - EXAME MÓDULO A9 - FUNÇÕES DE CRESCIMENTO
Matriz de Exame de Matemática - EXAME MÓDULO A9 - FUNÇÕES DE CRESCIMENTOMatriz de Exame de Matemática - EXAME MÓDULO A9 - FUNÇÕES DE CRESCIMENTO
Matriz de Exame de Matemática - EXAME MÓDULO A9 - FUNÇÕES DE CRESCIMENTO
 
Provas finais
Provas finaisProvas finais
Provas finais
 
Informação prova física 12º
Informação prova física 12ºInformação prova física 12º
Informação prova física 12º
 
Critérios de Correção Prova Final 2013 9ºAno - 92 Matemátca - 1ªChamada
Critérios de Correção Prova Final 2013 9ºAno - 92 Matemátca - 1ªChamadaCritérios de Correção Prova Final 2013 9ºAno - 92 Matemátca - 1ªChamada
Critérios de Correção Prova Final 2013 9ºAno - 92 Matemátca - 1ªChamada
 
Critérios de Correção Prova Final 2013 - 91 Português - 1ªChamada
Critérios de Correção Prova Final 2013 - 91 Português - 1ªChamada Critérios de Correção Prova Final 2013 - 91 Português - 1ªChamada
Critérios de Correção Prova Final 2013 - 91 Português - 1ªChamada
 
Ie ex macs835_2014
Ie ex macs835_2014Ie ex macs835_2014
Ie ex macs835_2014
 
Projeto Testes Intermédios 2012/2013 (Matemática)
Projeto Testes Intermédios 2012/2013 (Matemática)Projeto Testes Intermédios 2012/2013 (Matemática)
Projeto Testes Intermédios 2012/2013 (Matemática)
 
Pf mat62 ch1_2013_cc
Pf mat62 ch1_2013_ccPf mat62 ch1_2013_cc
Pf mat62 ch1_2013_cc
 
Ti mat9 abr2013_v1_cc
Ti mat9 abr2013_v1_ccTi mat9 abr2013_v1_cc
Ti mat9 abr2013_v1_cc
 
Critérios Prova de Matemática - 6º ano.
Critérios  Prova de Matemática - 6º ano. Critérios  Prova de Matemática - 6º ano.
Critérios Prova de Matemática - 6º ano.
 
Ti fqa11 abr2012_cc
Ti fqa11 abr2012_ccTi fqa11 abr2012_cc
Ti fqa11 abr2012_cc
 
Pf port61 ch1_2013_cc
Pf port61 ch1_2013_ccPf port61 ch1_2013_cc
Pf port61 ch1_2013_cc
 
Informações exames 2013 2ºciclo
Informações exames 2013 2ºcicloInformações exames 2013 2ºciclo
Informações exames 2013 2ºciclo
 
Pf port91-ch1-2012-cc
Pf port91-ch1-2012-ccPf port91-ch1-2012-cc
Pf port91-ch1-2012-cc
 
Pf port91-ch2-2012-cc
Pf port91-ch2-2012-ccPf port91-ch2-2012-cc
Pf port91-ch2-2012-cc
 
Ti mat 11
Ti mat 11Ti mat 11
Ti mat 11
 
Pf mat62-ch1-2012-cc
Pf mat62-ch1-2012-ccPf mat62-ch1-2012-cc
Pf mat62-ch1-2012-cc
 

Destaque

Teste solidos e fig plano
Teste solidos e fig planoTeste solidos e fig plano
Teste solidos e fig planomarcommendes
 
Prova de matemática 6 ano prof thiago versao 5 6 copias
Prova de matemática 6 ano  prof thiago versao 5   6 copiasProva de matemática 6 ano  prof thiago versao 5   6 copias
Prova de matemática 6 ano prof thiago versao 5 6 copiasabbeg
 
Lista de exercícios 6º ano
Lista de exercícios 6º anoLista de exercícios 6º ano
Lista de exercícios 6º anoEduardo Garcia
 
F.A. sólidos geométricos 5º mat.
F.A. sólidos geométricos 5º mat.F.A. sólidos geométricos 5º mat.
F.A. sólidos geométricos 5º mat.Cristina Jesus
 
Teste Matemática 6ºano: áreas, perimetros,volumes
Teste Matemática 6ºano: áreas, perimetros,volumesTeste Matemática 6ºano: áreas, perimetros,volumes
Teste Matemática 6ºano: áreas, perimetros,volumesProfjoaopaulo Silva
 
Contagem Faces Arestas E Vertices Ram
Contagem Faces Arestas E Vertices RamContagem Faces Arestas E Vertices Ram
Contagem Faces Arestas E Vertices RamRamMad
 
Solidos exercicios resolvidos
Solidos exercicios resolvidosSolidos exercicios resolvidos
Solidos exercicios resolvidosHelena Borralho
 

Destaque (9)

Exercícios de poliedros
Exercícios de poliedrosExercícios de poliedros
Exercícios de poliedros
 
Teste solidos e fig plano
Teste solidos e fig planoTeste solidos e fig plano
Teste solidos e fig plano
 
Prova de matemática 6 ano prof thiago versao 5 6 copias
Prova de matemática 6 ano  prof thiago versao 5   6 copiasProva de matemática 6 ano  prof thiago versao 5   6 copias
Prova de matemática 6 ano prof thiago versao 5 6 copias
 
Atividades espaço e forma
Atividades espaço e formaAtividades espaço e forma
Atividades espaço e forma
 
Lista de exercícios 6º ano
Lista de exercícios 6º anoLista de exercícios 6º ano
Lista de exercícios 6º ano
 
F.A. sólidos geométricos 5º mat.
F.A. sólidos geométricos 5º mat.F.A. sólidos geométricos 5º mat.
F.A. sólidos geométricos 5º mat.
 
Teste Matemática 6ºano: áreas, perimetros,volumes
Teste Matemática 6ºano: áreas, perimetros,volumesTeste Matemática 6ºano: áreas, perimetros,volumes
Teste Matemática 6ºano: áreas, perimetros,volumes
 
Contagem Faces Arestas E Vertices Ram
Contagem Faces Arestas E Vertices RamContagem Faces Arestas E Vertices Ram
Contagem Faces Arestas E Vertices Ram
 
Solidos exercicios resolvidos
Solidos exercicios resolvidosSolidos exercicios resolvidos
Solidos exercicios resolvidos
 

Semelhante a 6 ano Matemática

Mat9_caderno-preparacao-exame-nacional.pdf
Mat9_caderno-preparacao-exame-nacional.pdfMat9_caderno-preparacao-exame-nacional.pdf
Mat9_caderno-preparacao-exame-nacional.pdfSusanaCastanho2
 
Matriz Profissional funções polinomiais A2
Matriz Profissional  funções polinomiais A2 Matriz Profissional  funções polinomiais A2
Matriz Profissional funções polinomiais A2 Carlos Ferreira
 
Matriz Profissional estatística A3
Matriz Profissional  estatística A3 Matriz Profissional  estatística A3
Matriz Profissional estatística A3 Carlos Ferreira
 
Ti inf teste_fqa11_dez2013
Ti inf teste_fqa11_dez2013Ti inf teste_fqa11_dez2013
Ti inf teste_fqa11_dez2013EnsinoFQ
 
Matriz Profissional funções periódicas e não periódicas B1
Matriz Profissional  funções periódicas e não periódicas B1Matriz Profissional  funções periódicas e não periódicas B1
Matriz Profissional funções periódicas e não periódicas B1Carlos Ferreira
 
Pf mat62 ch1_2013_cc
Pf mat62 ch1_2013_ccPf mat62 ch1_2013_cc
Pf mat62 ch1_2013_ccAna Pereira
 
Critérios Prova de Matemática- 9º ano.
Critérios  Prova de Matemática- 9º ano.Critérios  Prova de Matemática- 9º ano.
Critérios Prova de Matemática- 9º ano.ikas81
 
Prova final de ciclo de matemática
Prova final de ciclo de matemáticaProva final de ciclo de matemática
Prova final de ciclo de matemáticaMariaJoão Agualuza
 
Informacao pefmateriaistecnologias313
Informacao pefmateriaistecnologias313Informacao pefmateriaistecnologias313
Informacao pefmateriaistecnologias313Artur (Ft)
 
Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015margaridabt
 
Critérios de classificação 6º ano
Critérios de classificação   6º anoCritérios de classificação   6º ano
Critérios de classificação 6º anolucar2010
 

Semelhante a 6 ano Matemática (18)

Mat9_caderno-preparacao-exame-nacional.pdf
Mat9_caderno-preparacao-exame-nacional.pdfMat9_caderno-preparacao-exame-nacional.pdf
Mat9_caderno-preparacao-exame-nacional.pdf
 
Matriz Profissional funções polinomiais A2
Matriz Profissional  funções polinomiais A2 Matriz Profissional  funções polinomiais A2
Matriz Profissional funções polinomiais A2
 
Matriz Profissional estatística A3
Matriz Profissional  estatística A3 Matriz Profissional  estatística A3
Matriz Profissional estatística A3
 
Ti inf teste_fqa11_dez2013
Ti inf teste_fqa11_dez2013Ti inf teste_fqa11_dez2013
Ti inf teste_fqa11_dez2013
 
Matriz Profissional funções periódicas e não periódicas B1
Matriz Profissional  funções periódicas e não periódicas B1Matriz Profissional  funções periódicas e não periódicas B1
Matriz Profissional funções periódicas e não periódicas B1
 
Pf mat62 ch1_2013_cc
Pf mat62 ch1_2013_ccPf mat62 ch1_2013_cc
Pf mat62 ch1_2013_cc
 
Critérios Prova de Matemática- 9º ano.
Critérios  Prova de Matemática- 9º ano.Critérios  Prova de Matemática- 9º ano.
Critérios Prova de Matemática- 9º ano.
 
Prova final de ciclo de matemática
Prova final de ciclo de matemáticaProva final de ciclo de matemática
Prova final de ciclo de matemática
 
Informacao pefmateriaistecnologias313
Informacao pefmateriaistecnologias313Informacao pefmateriaistecnologias313
Informacao pefmateriaistecnologias313
 
Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015
 
Exame 6º ano 2015
Exame 6º ano 2015Exame 6º ano 2015
Exame 6º ano 2015
 
1
11
1
 
Informação exame fq 9º ano-2014-1ª fase
Informação exame fq 9º ano-2014-1ª  faseInformação exame fq 9º ano-2014-1ª  fase
Informação exame fq 9º ano-2014-1ª fase
 
Pf correcao-2013
Pf correcao-2013Pf correcao-2013
Pf correcao-2013
 
Pf mat42 f1_2013_cc
Pf mat42 f1_2013_ccPf mat42 f1_2013_cc
Pf mat42 f1_2013_cc
 
Critérios de classificação 6º ano
Critérios de classificação   6º anoCritérios de classificação   6º ano
Critérios de classificação 6º ano
 
Pf correcao-2012
Pf correcao-2012Pf correcao-2012
Pf correcao-2012
 
Pf correcao-ch2-2013
Pf correcao-ch2-2013Pf correcao-ch2-2013
Pf correcao-ch2-2013
 

Mais de Victor Martins

Como cria e partilhar um documento em google docs
Como cria e partilhar um documento em google docsComo cria e partilhar um documento em google docs
Como cria e partilhar um documento em google docsVictor Martins
 
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retasRetas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retasVictor Martins
 
Regras de operações com potências
Regras de operações com potênciasRegras de operações com potências
Regras de operações com potênciasVictor Martins
 
Qual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimentoQual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimentoVictor Martins
 
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12Victor Martins
 
áGua – o solvente nelson e pedro
áGua – o solvente   nelson e pedroáGua – o solvente   nelson e pedro
áGua – o solvente nelson e pedroVictor Martins
 
A farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcarA farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcarVictor Martins
 
dissolução da farinha
dissolução da farinhadissolução da farinha
dissolução da farinhaVictor Martins
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailVictor Martins
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailVictor Martins
 
Ficha informativa - gmail
Ficha informativa - gmailFicha informativa - gmail
Ficha informativa - gmailVictor Martins
 
Como resolver equações
Como resolver equaçõesComo resolver equações
Como resolver equaçõesVictor Martins
 

Mais de Victor Martins (20)

Como cria e partilhar um documento em google docs
Como cria e partilhar um documento em google docsComo cria e partilhar um documento em google docs
Como cria e partilhar um documento em google docs
 
Vt5 teste 1
Vt5  teste 1Vt5  teste 1
Vt5 teste 1
 
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retasRetas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
 
No ventre materno
No ventre maternoNo ventre materno
No ventre materno
 
No ventre-materno
No ventre-maternoNo ventre-materno
No ventre-materno
 
Regras de operações com potências
Regras de operações com potênciasRegras de operações com potências
Regras de operações com potências
 
O desejo da bruxa
O desejo da bruxaO desejo da bruxa
O desejo da bruxa
 
Revisão 5º ano -mat
Revisão 5º ano -matRevisão 5º ano -mat
Revisão 5º ano -mat
 
Revisão do 5º ano
Revisão do 5º anoRevisão do 5º ano
Revisão do 5º ano
 
Problemas com fra es
Problemas com fra  esProblemas com fra  es
Problemas com fra es
 
Qual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimentoQual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimento
 
Rochas magnificas
Rochas magnificas Rochas magnificas
Rochas magnificas
 
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
 
áGua – o solvente nelson e pedro
áGua – o solvente   nelson e pedroáGua – o solvente   nelson e pedro
áGua – o solvente nelson e pedro
 
A farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcarA farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcar
 
dissolução da farinha
dissolução da farinhadissolução da farinha
dissolução da farinha
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmail
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmail
 
Ficha informativa - gmail
Ficha informativa - gmailFicha informativa - gmail
Ficha informativa - gmail
 
Como resolver equações
Como resolver equaçõesComo resolver equações
Como resolver equações
 

Último

cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 

Último (20)

cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 

6 ano Matemática

  • 1. Informação — PROVA Final DE CICLO MATEMÁTICA Dezembro de 2013 Prova 62 | 2014 2.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova final do 2.º Ciclo da disciplina de Matemática, a realizar em 2014, nomeadamente: •• Objeto de avaliação •• Caracterização da prova •• Critérios gerais de classificação •• Material •• Duração Realizam a prova os alunos que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho. Deve também ser considerado o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho Normativo n.º 15 971/2012, de 14 de dezembro. Os itens das provas anteriores desta disciplina, disponíveis em www.gave.min-edu.pt, podem constituir exemplos de itens das provas a realizar em 2014. Objeto de avaliação A prova tem por referência o Programa de Matemática do Ensino Básico, aplicando-se supletivamente as Metas Curriculares de Matemática (consultar aqui), e permite avaliar a aprendizagem passível de avaliação numa prova escrita de duração limitada. Nesta prova, serão avaliados os conteúdos dos quatro temas previstos no Programa, exceto o tópico números inteiros negativos, do tema Números e operações. De acordo com o Programa, os alunos devem ser capazes de estabelecer conexões entre diferentes conceitos e relações matemáticas e também entre estes e situações não matemáticas. Neste sentido, a prova reflete uma visão integradora e articulada dos diferentes conteúdos programáticos da disciplina. Caracterização da prova A prova é constituída por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno 2), sendo o uso da calculadora permitido apenas no Caderno 1. O aluno realiza a prova no enunciado. Os itens podem ter como suporte um ou mais documentos, como, por exemplo, textos, tabelas de dados, gráficos e mapas. A sequência dos itens pode não corresponder à sequência dos temas do Programa ou à sequência dos seus conteúdos. Os itens podem envolver a mobilização de conteúdos relativos a mais do que um dos temas/tópicos do Programa. A prova é cotada para 100 pontos. Prova 62 1/3
  • 2. A valorização dos temas na prova apresenta-se no Quadro 1. Quadro 1 — Valorização dos temas Cotação (em pontos) Temas Números e operações (ver nota) 35 a 45 Geometria 35 a 45 Álgebra 5 a 15 Organização e tratamento de dados 5 a 15 Nota: elo facto de a prova ser realizada antes do final do ano letivo, não serão contemplados conteúdos P relacionados com o tópico Números inteiros negativos, nomeadamente, noções de valor absoluto e de simétrico e representação na reta numérica, comparação e ordenação e adição e subtração. A tipologia de itens, o número de itens e a cotação por item apresentam-se no Quadro 2. Quadro 2 — Tipologia, número de itens e cotação Número de itens Cotação por item (em pontos) Itens de seleção Escolha múltipla Associação Ordenação Completamento 5a8 3a5 Itens de construção Completamento Resposta curta Resposta restrita 13 a 21 3a8 Tipologia de itens A resposta aos itens de construção pode limitar-se, por exemplo, a uma palavra, a uma expressão, a uma frase ou a um número (itens de resposta curta), ou pode envolver a apresentação de cálculos, de uma justificação, de uma construção gráfica ou geométrica ou de um raciocínio demonstrativo (itens de resposta restrita). Critérios gerais de classificação A classificação a atribuir a cada resposta resulta da aplicação dos critérios gerais e dos critérios específicos de classificação apresentados para cada item. As respostas ilegíveis ou que não possam ser claramente identificadas são classificadas com zero pontos. No presente ano letivo, na classificação das provas, apenas será considerada correta a grafia que seguir o que se encontra previsto no Acordo Ortográfico de 1990 (atualmente em vigor). Itens de seleção Nos itens de escolha múltipla, a cotação do item só é atribuída às respostas que apresentem de forma inequívoca a opção correta. Todas as outras respostas são classificadas com zero pontos. Nos itens de ordenação, a cotação do item só é atribuída às respostas em que a sequência esteja integralmente correta e completa. Todas as outras respostas são classificadas com zero pontos. Prova 62 2/3
  • 3. Nos itens de associação e nos de completamento, são atribuídas pontuações às respostas total ou parcialmente corretas, de acordo com os critérios específicos. Itens de construção Nos itens de completamento e nos de resposta curta, a cotação do item só é atribuída às respostas totalmente corretas. Poderão ser atribuídas pontuações a respostas parcialmente corretas, de acordo com os critérios específicos. Nos itens de resposta restrita, os critérios de classificação apresentam-se organizados por níveis de desempenho ou por etapas. A cada nível de desempenho ou a cada etapa corresponde uma dada pontuação. Nos itens que impliquem a realização de cálculos ou justificações, os alunos têm de apresentar, de forma completa, as fórmulas que utilizaram, os cálculos que efetuaram, o resultado a que chegaram e a unidade de medida, de acordo com o solicitado. Nestes itens, a apresentação apenas do resultado final é classificada com zero pontos. Nos itens de construção, os critérios gerais apresentam situações passíveis de desvalorização, nomeadamente: ocorrência de erros de cálculo numérico; apresentação de cálculos intermédios com um número de casas decimais diferente do solicitado ou com um arredondamento incorreto; apresentação do resultado final numa forma diferente da pedida ou mal arredondado; utilização de simbologia ou de expressões incorretas do ponto de vista formal. A versão integral dos critérios gerais de classificação será publicada antes da realização da prova, em simultâneo com as instruções de realização. Material O aluno apenas pode usar, como material de escrita, caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. O uso de lápis só é permitido nas construções que envolvam a utilização de material de desenho. O aluno deve ser portador de material de desenho e de medição (lápis, borracha, régua graduada, compasso e transferidor) e calculadora. É permitida a utilização de calculadora do tipo não alfanumérico, não programável. Não é permitido o uso de corretor. Duração A prova tem a duração de 90 minutos, a que acresce a tolerância de 30 minutos, distribuídos da seguinte forma: •• Caderno 1 — 30 minutos, a que acresce a tolerância de 10 minutos; •• aderno 2 (não é permitido o uso da calculadora) — 60 minutos, a que acresce a tolerância de C 20 minutos. Entre a resolução do Caderno 1 e a do Caderno 2, haverá um período de 5 minutos, para que sejam recolhidas as calculadoras e distribuídos os segundos cadernos, não sendo, contudo, recolhido o Caderno 1. Durante este período, bem como no período de tolerância relativo à resolução do Caderno 1, os alunos não poderão sair da sala. Os dois cadernos apenas serão recolhidos no final do tempo previsto para a realização da prova. Prova 62 3/3