Plano de negócios educare consultoria em educação coporativa

3.194 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.194
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
146
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de negócios educare consultoria em educação coporativa

  1. 1. SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL DIVISÃO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - DEP SERVIÇO DE TECNOLOGIA EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA REDE EAD DE PÓS-GRADUAÇÃO – POLO SENAC/SE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO EDUCACIONAL JULIANA CABRAL SANTANA PLANO DE NEGÓCIO: EDUCARE - CONSULTORIA EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA JULHO – 2009 Aracaju – Sergipe
  2. 2. FICHA CATALOGRÁFICA ELABORADA PELA BIBLIOTECA DO SENAC/SE
  3. 3. SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL DIVISÃO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - DEP SERVIÇO DE TECNOLOGIA EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA REDE EAD DE PÓS-GRADUAÇÃO – POLO SENAC/SE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO EDUCACIONAL JULIANA CABRAL SANTANA PLANO DE NEGÓCIO: EDUCARE - CONSULTORIA EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA Plano de Negócios apresentado ao SENAC/SE, como parte dos requisitos exigidos para a obtenção do título de Especialista em Gestão Educacional Orientadora: Profa MSc Martha Suzana Cabral Nunes Coordenador da Rede EAD: Prof. MSc. Augusto César Vieira dos Santos Gerente da Rede EAD: Profa Esp. Dayse Góes Prado JULHO - 2009 Aracaju – Sergipe
  4. 4. SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL DIVISÃO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - DEP SERVIÇO DE TECNOLOGIA EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA REDE EAD DE PÓS-GRADUAÇÃO – POLO SENAC/SE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO EDUCACIONAL PLANO DE NEGÓCIO: EDUCARE - CONSULTORIA EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA Plano de Negócios apresentado pela aluna Juliana Cabral Santana, e aprovado em 16 de Julho de 2009 pela banca examinadora constituída pelos profissionais: ________________________________________________ Profa MSc Martha Suzana Cabral Nunes SENAC/SE ________________________________________________ Prof. MSc. Augusto César Vieira dos Santos SENAC/SE ________________________________________________ Prof. Esp. Adalberto Trindade de Souto SENAC/SE
  5. 5. Este exemplar corresponde à Versão Final do Plano de Negócios do Curso de Especialização em Gestão Educacional. ________________________________________________ Profa MSc Martha Suzana Cabral Nunes SENAC/SE
  6. 6. É concedida ao SENAC/SE permissão para disponibilizar, reproduzir cópias deste Plano de Negócios e emprestar ou vender tais cópias. ________________________________________________ Juliana Cabral Santana Aluna ________________________________________________ Profa MSc Martha Suzana Cabral Nunes SENAC
  7. 7. A todos os apaixonados por educação. Uma mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará a seu estado original. (Albert Einstein)
  8. 8. AGRADECIMENTOS A mim, por apesar de tantos obstáculos que enfrentamos durante o transcorrer do curso, por razões pessoais, e por motivos de força maior, pude concluir mais uma etapa na escalada do conhecimento, uma caminhada sem fim, e extremamente prazerosa. Ao Deus que mora dentro de mim e de todos os seres, que me permite o dom da vida, da inteligência, da saúde, do amor, do aprendizado, das oportunidades de ser uma pessoa próspera em conhecimentos, em oportunidades e em tudo de melhor que Ele me reserva. Deus é absolutamente tudo para mim! Ao meu noivo maravilhoso, que sempre me incentiva, apóia, reconhece, se mostra companheiro, verdadeiro e amoroso, acolhedor com minhas fragilidades, olhos de águia para minhas virtudes e corajosamente conselheiro para minhas imperfeições. A minha professora e orientadora Martha, uma educadora admirável, exemplo de inteligência, competência, e do tema deste trabalho, apesar de não conviver, nas oportunidades que tive o contato, pude perceber um ser humano, meigo, prestativo, generoso, seguro e leve. Obrigada pela paciência, pelos ensinamentos e pela atenção, que pessoa atenciosa! Obrigada especialmente ao Centro de Estudos Santa Anna, que me proporcionou a graça desta especialização e por acreditar em mim, como vem demonstrando durante estes três anos; esta escola tem sido uma escola de vida para todos que têm a oportunidade de trabalhar nela. É realmente gratificante.
  9. 9. LISTA DE QUADROS QUADRO 1. Demonstrativo de empresas que já adotaram a educação corporativa no Brasil....................................................................................... 18 QUADRO 2. Evolução do número de instituições que implantaram educação corporativa..................................................................................... QUADRO 3. Processo produtivo operacional................................................ 19 27 QUADRO 4. Plano de Marketing................................................................... 28 QUADRO 5. Investimentos............................................................................ 31 QUADRO 6. Parcerias a serem empreendidas............................................. 34 QUADRO 7. Fases do Empreendimento....................................................... 35
  10. 10. LISTA DE TABELAS TABELA 1. Custos Variáveis............................................................ TABELA 2. Custos Fixos.................................................................. TABELA 3. Projeção de custos de serviços................................... 29 30 30 LISTA DE FIGURA FIGURA 1. Ponto de Equilíbrio......................................................... SUMÁRIO 32
  11. 11. 1 APRESENTAÇÂO...................................................................................... 10 2 O EMPREENDIMENTO.............................................................................. 3 O MERCADO ............................................................................................. 13 16 4 CONCORRÊNCIA....................................................................................... 20 5 FORNECEDORES...................................................................................... 22 6 PROCESSO PRODUTIVO.......................................................................... 6.1 Processo de Implantação...................................................................... 6.2 Estratégias e Práticas............................................................................ 7 PLANO DE MARKETING/COMERCIAL.................................................... 8 CUSTOS..................................................................................................... 9 INVESTIMENTOS....................................................................................... 10 PLANO FINANCEIRO.............................................................................. 11 PARCEIROS............................................................................................. 12 FASES DO EMPREENDIMENTO............................................................. 13 VISÃO DE FUTURO................................................................................. 14 RESUMO DO EMPREENDIMENTO......................................................... REFERÊNCIAS.............................................................................................. 23 23 24 28 30 32 32 33 35 35 36 38
  12. 12. 10 1 APRESENTAÇÃO Estamos, indubitavelmente, atravessando no mundo organizacional uma fase de mudanças rápidas, impactantes. Isso em decorrência do nosso sistema econômico e também social, gerado pela revolução tecnológica e a globalização. A partir do final do século XX observamos aos poucos a transição de uma sociedade industrial para uma sociedade de conhecimento. Com o crescimento de uma sociedade globalizada, onde as fronteiras geográficas, mediadas pelo avanço tecnológico deixaram de existir, as empresas perceberam diante de um enorme manancial de demanda e oferta, obviamente os mais preparados para este novo modelo de mercado sobrevivem, os demais, simplesmente são consumidos por estes ou definham e somem. Neste contexto, a informação, o conhecimento é o oxigênio deste novo quadro que esta se delineando nas organizações. É fato: estamos na “Era do conhecimento”. Na Era Industrial onde se valorizava com ênfase os bens patrimoniais, os chamados ativos tangíveis tinham lugar indispensável e o reconhecimento do chamado capital intelectual era classificado como ativo intangível. Capital intelectual é o repertório que pertence a cada indivíduo, no que se refere às suas informações, gama de conhecimentos em diversas áreas, suas competências, habilidades, vivências, dentre outros bens intelectuais. Uma organização é composta basicamente por pessoas, que atendem, grosso modo, da mesma forma que um analista financeiro avalia cuidadosamente as fontes de investimentos rentáveis e seguras de uma empresa. É mister que se faça investimentos no ativo intangível da empresa, ou seja, no seu capital intelectual, pois é esse capital que faz a máquina da empresa girar. A gestão do capital intelectual, suas estratégias, suas metodologias de desenvolvimento e avaliação, são fontes onde se apóiam a educação corporativa. A educação corporativa tem como principio a gestão do capital intelectual das organizações, objetivando que essas, através do desenvolvimento de ações, metodologias e princípios educativos, construam e incorporem em seu cotidiano uma nova forma de gestão.
  13. 13. 11 Esse novo modelo estratégico, pois a educação corporativa é fundamentada dentro de uma visão sistêmica da empresa, abrangendo todos os setores, e especial seus setores-chaves, vem sentenciar que essa nova concepção e prática é o maior diferencial competitivo, porque :  Potencializar, capacitar, desenvolver o capital intelectual, muitas empresas procuram talentos ou usam estratégias para reterem os seus. Quem tem mais conhecimento sai na frente.  Tem como abordagem de trabalho a inovação, que trata de aprendizagem dentro das constantes mudanças, busca de soluções, novidades, etc.  Disseminação de conhecimento, pois para que agregue valor e bom desempenho ele precisa ser nivelado.  Desenvolvimento de network.  Comunicação organizacional. Por acreditar em absoluto na proposta, por termos pesquisado, refletido, termos panorama nacional e internacional e especialmente da evolução e disseminação dela no mundo empresarial. Diante do estudo de experiências concretas de empresas internacionais, nacionais inclusive órgãos públicos, que citaremos detalhadamente mais adiante neste trabalho é que de maneira segura e entusiástica, Estamos fundando a Educare. É uma consultoria especializada em gestão da educação corporativa, ou seja, o processo de implantação, acompanhamento, consolidação e assessoria eventual. Nosso trabalho está estruturado da seguinte forma: A- Modelo e estratégia de educação corporativa. B- Estruturação no modelo de gestão e processos. C- Modelo de escola corporativa da organização. D- Desenvolvimento do modelo de competências. E- Plano de inovações. F- Métodos educacionais. G-Seleção e capacitação de educadores multiplicadores. A consultoria tem como política, um dos quatro pilares adotados por Edgar Morin: “Aprender a aprender”, e abordagem da pedagogia libertadora de Paulo Freire, frise-se no aspecto de conhecer a realidade do educando e traçar
  14. 14. 12 nossas estratégias a partir dela, pois acreditamos que o conhecimento será construído, reconstruído num processo dinâmico de cooperação e interação. A Educare existe para assessorar as organizações de modo que elas possam ser mais produtivas, mais competitivas, prosperem e possam deixar seus colaboradores satisfeitos e gratos de fazerem parte dela. E que toda comunidade possa ser beneficiada por meio de seus produtos, serviços e assim, a empresa persiga sempre a excelência. Nossa filosofia está focada no estudo, compreensão e valorização do ser humano. Acreditamos que qualquer novo modelo de prática de gestão, metodologias, concepção de trabalho, só são funcionais e efetivos quando essa filosofia é vivenciada na íntegra. Preço, público, estratégias de marketing, etc. são diferenciais que vamos buscar e desenvolver, onde serão apresentados nos itens específicos deste plano de negócio. A nossa marca, a alma da nossa empresa, é reconhecer a importância da valorização humana, como um princípio e como um fim em si mesmo. A partir disso todas as portas para os conhecimentos e soluções se abrem. Como diz um ditado Africano: “Quando um homem morre, é como se uma biblioteca inteira se incendiasse”. É com essa abordagem de trabalho que vamos crescer, encantar nossos clientes, a princípio pequenas e médias empresas. A Educare é uma empresa de cunho privado, constituída por três sócios. Possui profissionais na área de gestão e educação.
  15. 15. 13 2 O EMPREENDIMENTO Razão social: Educare – Consultoria de Educação Corporativa LTDA. Nome fantasia: Educare Educação Corporativa Endereço: Av. Augusto Maynard, nº 242, Bairro São José, Aracaju - Se Telefone: (79) 3214-1004 Fax: (79) 3214-1004 Email: educaçaocorporativa@educare.org.br Site: www.educare.org.br Contato: Professora Juliana Cabral Santana Trata-se de uma empresa privada, constituída por três sócios. As cotas estão divididas da seguinte forma: 80 cotas = R$ 15.000,00 - Juliana Cabral Santana 10 cotas = R$ 3.000,00 - Ananda Shakti 10 cotas = R$ 2.000,00 – Dandara Luz 100 cotas = representam R$ 20.000,00 (vinte mil reais) para abertura da empresa. Empresa devidamente cadastrada na Junta Comercial de SergipeJUCESE A Educare é uma consultoria que desenvolve projetos na área de educação corporativa. Dentro da sua linha de trabalho está a implantação de um modelo próprio de desenvolvimento da educação corporativa, procurando sempre rever ou alinhar as políticas institucionais para que o trabalho de fato gere bons frutos. As estratégias de educação corporativa da Educare estão alicerçadas a modelos de gestão de pessoas, uma filosofia de liderança, um trabalho para base, um modelo de gestão de conhecimento, gestão da comunicação e gestão da inovação. O trabalho tem um ponto de partida determinante que é o envolvimento, a conscientização e o engajamento sincero desde a alta gerência, a todos os que exerçam liderança.
  16. 16. 14 Todas as estratégias mencionadas são intencionalmente planejadas para uma mudança na cultura organizacional, para que sejam melhorados e otimizados novos conhecimentos, melhorias de processos, comunicação eficaz e relacionamentos profissionais mais saudáveis e satisfatórios. Em todos estes pontos estão inseridos, de forma implícita ou explícita, métodos educativos. Este sistema de trabalho caracteriza-se fortemente pela interação, a difusão do conhecimento de forma generalizada. Em verdade, a educação corporativa traduz-se como uma nova forma de gestão. O mercado econômico dá muita ênfase à vantagem competitiva. Esse também é um dos objetivos da educação corporativa, e todo empresariado busca certamente lucratividade. Portanto, não é por acaso que no mundo inteiro e, particularmente em nosso país, estamos evidenciando uma enorme disseminação de empresas que já implantaram a educação corporativa. O desenvolvimento do nosso projeto está dividido nas seguintes fases: implementação, acompanhamento, avaliação e assessoria. Todas estas etapas são construídas com e pela empresa. A educação corporativa é um processo perene, e quem dá andamento e continuidade são as pessoas-chaves que já estarão primorosamente capacitadas. Após a avaliação de todas as etapas, o trabalho da Educare dá-se como concluído. Ficamos a disposição para qualquer solução e expansão de atividades demandadas pela empresa. Inicialmente o trabalho será ofertado às pequenas e médias empresas, para que a Educare possa ter uma maior visão e qualidade em seus serviços e conquistar o know-how que pretende. E a escolha desse público faz parte da visão estratégica, uma vez que, aplicando um bom trabalho, dentro de dimensões onde se possa ter controle e mensurar os bons resultados, sem dúvida é uma excelente conquista, nossa notória mudança positiva e a comprovação do retorno do investimento, dos nossos clientes. Sem dúvida é um caminho de crescimento para consultoria. O ponto central do trabalho está em sensibilizar e mobilizar pessoas. Para tanto é essencial a arte de saber lidar com pessoas, tocá-las em sua humanidade, possibilitar uma amplitude de visão de vida. Dessa forma, nosso maior diferencial competitivo está em nossa filosofia que vem de um ditado hindu :
  17. 17. 15 “A pessoa mais importante: a que está diante de você. A coisa mais importante: o que de melhor você puder fazer por esta pessoa”. O homem da sociedade atual tem, sabendo ou não, necessita de afetividade, de atenção, enfim, de conhecer, provar a sua essência, a sua própria e tão complexa condição humana. Em absoluto estamos traçando um mero discurso romântico ou utópico. Mas sim, de possibilidades reais, de experiências concretas, pesquisadas, observadas e vividas. E isso não exclui ou soa como um verniz para métodos pouco aprofundados, ao contrário, nossa metodologia é altamente estruturada, fundamentada e os métodos educativos apenas por si mesmos como ferramentas não surtirão o mesmo efeito, sem o princípio de que o grande segredo está nas pessoas, portanto, cuidar bem delas e poderá levar uma empresa a ser bem sucedida. Já é considerada uma tendência de mercado a educação corporativa, e ela vem ser um verdadeiro divisor de águas no mundo organizacional . Apesar de não ser algo tão recente, ao mesmo em suas configurações e conceitos, apresentados nas bibliografias disponíveis. É ainda algo a ser melhor compreendido, aprendido, apreendido pelos profissionais que se propõem a trabalhar com ela. No auge da Era do conhecimento ter uma empresa que não saiba a importância do “saber aprender”, é inevitável a sua falência. Como diz Mundim e Ricardo (2006), “O conhecimento é igual a leite, tem prazo de validade”. Essa afirmação numa época em que avanços tecnológicos ocorrem em velocidade alucinante, nos chama ainda mais a atenção do despertar para uma nova realidade, a aprendizagem nas empresas não é um processo estanque, mas dinâmico e perene. Então é um mercado extremamente promissor, para quem se propor a desenvolvê-lo com seriedade, dedicação e competência.
  18. 18. 16 3 O MERCADO É um mercado que se configura e reconfigura a cada dia, como conceito e algumas práticas isoladas, não poderia ser considerado com uma novidade. Mas na sua proposta altamente motivante pela forma de trabalho, pelo princípio de gestão focado no desenvolvimento de pessoas como ponto de partida, como meio e como fim, para o bom desempenho e para galgar resultados positivos em aspectos produtivos e de lucratividade, aí sim mediante tais considerações poderemos afirmar que é um mercado que desponta como uma nova visão, que une a educação e o empreendedorismo. De maneira velada a educação está presente em todos os ambientes e tipos de atividades. Na família, nas instituições religiosas, nas organizações não governamentais em seus mais variados objetivos, nas organizações culturais, nos nossos trabalhos, estudos, nos nossos relacionamentos, na nossa relação conosco mesmo, enfim, procurando de maneira cuidadosa, não há atividade humana que não esteja imbuída de um processo de ensino e aprendizagem do mais complexo ao mais simplório. Como podemos bem observar através de experiências particulares, o processo educativo chegou primeiro às empresas de maneira bastante informal, onde, quando era inserido um novo “funcionário”, um colega ou seu supervisor, tinha como tarefa “passar-lhe o serviço”. Durante o desenvolvimento histórico e conseqüentemente social da humanidade, dentro das empresas foram surgindo as políticas de recursos humanos, como forma de atender a uma nova necessidade, o trabalho mecânico, isolado, rotineiro apenas (modelo taylorista/fordista) não era o suficiente para os empresários, eram necessárias ações motivadoras, onde o” funcionário “ se sentisse não uma máquina, mas um ser humano, e desta forma sendo mais valorizado, independente das formas adotadas pudesse ser mais motivado. No auge da industrialização, mais tarde com a reengenharia, sistema de qualidade, etc., o momento era a conscientização das empresas em treinar seu pessoal, como garantia de crescimento delas. Então os famosos T&D (treinamento e desenvolvimento) ganharam maior evidência. Contratam-se as melhores consultorias, enviam-se os empregados para os melhores centros de cursos e treinamentos. Por conta de determinadas áreas do
  19. 19. 17 conhecimento, se faziam necessárias viagens, ou para enviar funcionários ou para trazer consultores. Muitas empresas questionavam a funcionalidade efetiva do T&D, devido ser um setor que passou a gerar muitos custos para a empresa e nem sempre o investimento empregado se traduzia em garantia de mudanças. Essas mudanças não eram questionadas apenas pelos gestores, mas também pelos próprios colaboradores, uma vez que muitas práticas inovadoras, estimulantes que recebiam em cursos e treinamentos não eram compatíveis com sua rotina na empresa ou com a política de Rh vivenciada. Óbvio que o conhecimento adquirido nunca se perde para o indivíduo, mas numa situação como está ilustrada, o conhecimento tornava-se isolado e em alguns casos impraticável ou praticável em parte. Porém, há inúmeras evidências de empresas com ótimos resultados em T & D também. As empresas reconhecem a importância indiscutível, particularmente no momento atual, da educação continuada. Mas também faz parte de suas realidades que esta área da empresa tornou-se um centro de custos, e que realmente era necessário trabalhar a educação continuada, de uma forma mais abrangente, que pudesse conciliar as necessidades das metas institucionais com uma cultura organizacional motivadora e soluta, uma pedagogia empresarial organizada de forma sistemática que abrangesse todos os setores, cada um na sua aprendizagem de sua particularidade, mas norteada pelos mesmos valores. Nesse âmbito que se vai delineando um modelo próprio de uma política organizacional dentro da empresa. Diante de experiências muito bem sucedidas, claro, que depois de seus ajustes, diante de erros e acertos, é notoriamente crescente o número de empresas que implantaram a educação corporativa. Fato que vem ocorrendo pelos avanços que este modelo de gestão tem obtido nas empresas. O empresário quer, com fatos e dados, comprovar o resultado de seu investimento, e se a educação corporativa não apresentasse mudanças concretas positivas e especialmente aumento de produtividade e lucro, não estaria se disseminando tanto em âmbito nacional e internacional. O que demonstra que, mesmo se apresentando como uma idéia relativamente nova, a educação corporativa é um mercado bastante próspero de alto
  20. 20. 18 e imensurável alcance, uma vez que não há restrição alguma a sua implantação em qualquer segmento. Outro fator altamente relevante, é que os modelos de gestão e de desenvolvimento de pessoas estão tornando-se saturados. Grande questão das lideranças é como fazer com que os colaboradores “queiram fazer” o que é importante para empresa que eles façam? É nisso que se sobressai a educação corporativa, torna-se conciliadora do objetivo do empregador e do empregado, para que ambos fiquem satisfeitos e se obtenha o sucesso desejado, por isso um dos pontos fortes está na gestão de pessoas que utilize estratégias de desenvolver boas habilidades de lidar com pessoas. Esse é um dos pontos fortes da Educare Consultoria. No Brasil podemos listar empresas que implantaram a educação corporativa. Quadro 1. Demonstrativo de Empresas que já adotaram a Educação Corporativa no Brasil A B C D Abril Abrange Acco Albert Einstein Alcatel Algar AmBev Amil Banco do Brasil Bank Boston Bematech Bic Bnds Bom preço Braskem Bristol e Myers e Squib Caixa Carrefour Casas Pernambucanas Caterpillar Citygroup Correios Dana Datasul F G H I K Globo GM GVT Habib’s IBM Inepar Itaú Kraft foods M O P R Leader Magazine Marinha do Brasil Mcdonald´s Metrô-Sp Motorola Oracle Ortabitall Origin Petrobras Previdên cia Real-ABN Rede Bahia Renner S T U V X Sabesp Sadia Santander Santista Sebrae-RS Semco Tam Telemar Telemig celular Tigre Transportadora Ucip Ultragaz Unibanco Unimed Unisys Valle Visa Vivac Volks Votoranti Xerox Facchini Fiat FIEP Fiesc Fleury Ford L E Elektro Eletronart Elevar Elma Chips Embasa Embraer Embratel Ericson
  21. 21. 19 Siemens Americanas m Souza Cruz cimentos Fonte: Slide Congresso Brasileiro de Treinamento & Desenvolvimento,2006. Isso para ilustrar empresas conhecidas nacionais e multinacionais que dão respaldo e relevância à educação corporativa. Segundo a professora Kira Tarapanaff (2002), o primeiro registro de educação corporativa (na modalidade de universidade corporativa) refere-se a 1945, a uma empresa chamada General Eletric, localizada em New Jersey, caracterizada como referência por ser um caso de sucesso. Um estudo realizado em 1998 levantou que 54% das universidades corporativas dos EUA não utilizavam a designação de “ universidade”, mas outras como institutos de aprendizagem. Este artigo traz ainda informações bastante interessantes, relatando a rapidez com que a educação corporativa se proliferou Nos Estados Unidos (QUADRO 1): Quadro 2. Evolução do Número de Instituições que Implantaram Educação Corporativa nos Estados Unidos Ano 1988 1995 1997 2000 2001 Numero instituições educacionais corporativas 400 800 1200 1600 2000 Fonte: Na Inglaterra, há universidades corporativas de alto nível como Unipart, Britiph Steel e a Aerospeau. A Grã-Bretanha e Alemanha têm 12 universidades corporativas cada uma. Suécia, Finlândia, Dinamarca e Holanda possuem 5 cada. A França cerca de 30, de acordo com Kira Tarapanaff (2002). Esse relato mostra apenas universidades corporativas já consolidadas e de grande parte reconhecidas mundialmente. Há ainda as empresas que aderiram à Educação corporativa, onde o número médio baseia-se entre 700 a 1600, a depender do país. Atualmente os melhores centros de educação corporativa estão nos Estados Unidos e no Canadá. Já foram citadas as empresas que mais se destacam no Brasil dentro da educação corporativa (QUADRO 1). No estado de Sergipe podemos citar empresas como a Vale e a Petrobrás, Banco do Brasil, que seguem modelos já normatizados. Na Assembléia Legislativa do Estado existem escolas para educação continuada. O
  22. 22. 20 Tribunal de Contas também pode ser citado como exemplo, onde as práticas de educação continuada estão configuradas nos moldes do treinamento e desenvolvimento, na produção de cursos e treinamentos. Existem consultorias e centros profissionalizantes que ofertam cursos e treinamentos. Mas é desconhecida uma consultoria específica que trabalhe com a educação corporativa. O que é um grande senso de oportunidade de negócios para a consultoria Educare, que tem um grande potencial de clientes e áreas de atuação, uma vez que este serviço não está restrito a nenhum segmento em especial, pelo contrário, está disponível e se faz necessário a qualquer um. O norte e o nordeste também contam com um número quase simbólico de consultorias especializadas nesta área, o que aumenta nossa abrangência. A Educare tem seu escritório bem localizado para receber clientes, fornecedores, e desenvolver sua estrutura interna de trabalho. Mas nosso trabalho é praticamente em campo, indo ao encontro dos clientes, e dos clientes em potenciais. 4 CONCORRÊNCIA No Brasil ainda não se tem um grande número de consultorias especializadas em Educação Corporativa, que trabalhem com foco em gestão de pessoas e aprendizagem na empresa baseada nas estratégias institucionais. Disponíveis na internet existem consultorias que adotam o termo educação corporativa, mas em seus serviços trabalham com o contexto da oferta de treinamentos isolados, e em sua essência nada de concreto sobre o assunto (pesquisa incidental realizada em 24 jun. 2009). Outras consultorias substituíram essa nomenclatura, abstraindo o termo cursos In-company. De maneira que na pesquisa foram encontradas 12 consultorias que de fato trabalham realmente com a concepção e práticas de educação corporativa: quatro em São Paulo, uma em Brasília, uma no Pará, uma em Santa Catarina, duas no Rio de Janeiro, uma no Mato Grosso e uma em Belo Horizonte. Destas, onze são de porte médio, já estabelecidas no mercado, e uma com larga experiência, consultores altamente capacitados, uma vasta clientela, em sua grande maioria empresas renomadas nacionalmente e multinacionais. No Estado de
  23. 23. 21 Sergipe, a pesquisa não apresentou nenhuma consultoria em educação corporativa. No ramo de atuação de consultoria de uma maneira geral não há restrições geográficas para a conquista de clientes, uma vez que a grande parcela do tempo de trabalho é realizada na sede do cliente, e o escritório torna-se um ponto de apoio e divulgação. Nos Estados citados na pesquisa realizada, observa-se que nesses Estados não existem muitas consultorias o que para as existentes abre-se um leque de que abrangência de clientes locais ainda maior. No Estado de Sergipe não há praticamente concorrência, e no nosso plano de expansão que é o eixo norte-nordeste, a área apresenta-se bastante carente deste serviço. Porém, a nível nacional temos um concorrente com Knowhow de alto gabarito, como o Instituto MVC, em São Paulo e outros também com boa experiência e já projetados no mercado, como Colaborae, no Rio de Janeiro, o que para Educare é sem dúvida um grande desafio, mas também um potencial de oportunidade, visto que inicialmente não temos condições financeiras, tecnológicas e de pessoal para competir e superar nossos maiores concorrentes, há a hipótese caso seja viável, de nos tornarmos credenciados de uma destas consultorias e representá-las no norte-nordeste. Outro caminho é inicialmente focar no Estado de Sergipe, depois Alagoas, João Pessoa, Natal e ir abrindo caminhos e ganhando espaço. Além do nosso diferencial competitivo estar fundamentado na nossa metodologia, criaremos um atendimento de excelência e uma prestação de serviços de alta qualidade, palpável através de bons resultados, juntamente com um preço bem mais acessível que o da concorrência. Como também, a vantagem da proximidade da questão cultural e geográfica dos clientes em relação à concorrência, o que torna mais viável os pontos competitivos apresentados. 5 FORNECEDORES
  24. 24. 22 Os fornecedores estão classificados em: mão-de-obra e prestadores de serviço, material de pesquisa e cursos de aperfeiçoamento. Mão-de-obra:  Secretária – graduada em secretariado  Consultores de educação corporativa - com formação em administração, pedagogia, psicologia e serviço social.  Consultores de negócios – relações públicas, publicidade e propaganda.  Estagiários de cada uma das áreas de formação para suporte operacional. Prestadores de serviço:  Assessoria contábil  Assessoria jurídica  Suporte técnico em informática Material de pesquisa:  Nacional / Internacional – fácil acesso de aquisição pela internet, vídeos, livros, periódicos. Centros de aperfeiçoamento:  Para capacitação, permanente atualização, aperfeiçoamento, através da participação de treinamento, cursos e eventos da área e das áreas afins. Faremos uma exigente seleção quanto aos nossos consultores, utilizaremos como critério inicialmente a formação de uma equipe de profissionais com pouco tempo de formados, já que trabalharemos com uma metodologia própria, baseada na concepção da educação corporativa, junto com os princípios e valores
  25. 25. 23 da organização, que estarão minuciosamente detalhados no item 6 processo produtivo deste plano de negócios. Essa preferência por profissionais recém-chegados ao mercado de trabalho, tem como fundamento criar uma maior facilidade de assimilação da essência da educação corporativa, e evitar vícios de conceitos e práticas da educação continuada como era trabalhada anteriormente. Os fornecedores são determinantes para o sucesso do empreendimento, é através deles que o trabalho se traduzirá em sucesso, que para a Educare significa a plena satisfação do cliente, este tendo palpável o retorno do seu investimento. Portanto, o desenvolvimento da equipe alinhada à metodologia e à filosofia de trabalho, capacitados tecnicamente e especialmente habilidosa no trato com as pessoas, é o objetivo claro da consultoria, o que requer investimento de tempo, de conhecimento e recursos financeiros. E um acompanhamento contínuo, aliás, permanente. Como se trata de prestação de serviços, estaremos lidando com pessoas, e o ser humano é um universo bastante complexo, cada pessoa tem um jeito muito peculiar de ver, ler e sentir a vida e especialmente de se relacionar, o que pode ser um ponto de vulnerabilidade, o que justifica o acompanhamento (gerenciamento) dos trabalhos junto aos clientes. 6 PROCESSO PRODUTIVO 6.1 Processo de Implantação  Sondagem – Que consiste em conhecimento do funcionamento da empresa, do seu produto, de seus fornecedores e clientes, da sua cultura organizacional. Com base no conhecimento da empresa, é que poderemos estudar a melhor abordagem para cada atividade a ser realizada, bem como a escolha apropriada das mesmas. Conhecer o modelo de gestão, também com o propósito de saber as estratégias que utilizaremos para a conscientização da importância do trabalho em conjunto com as lideranças. Essa sondagem processa-se de maneira natural, informal, em visitas à empresa em horários distintos, para termos
  26. 26. 24 uma noção do todo e sempre observando os pontos que já foram mencionados;  Apresentação da proposta - importância e benefícios da educação corporativa (sensibilizar e conscientizar, mostrando o custo/benefício de cada atividade e a visão estratégica);  Diagnóstico - Elaboração do planos de intervenção e dos focos de atenção e de trabalho - o Projeto de Trabalho com a Empresa;  Plano de ação - elaboração. 6.2 Estratégias e Práticas Liderança servidora (liderança humanizada) - Treinamento de todo corpo gerencial da empresa. Realizado em pousadas ou hotéis que tenham um espaço aprazível, preferencialmente em meio à natureza, com o intuito de deixar os participantes mais descontraídos, passarem um final de semana voltados a qualidade de vida, se mostrando como “pessoa” e também conhecendo seus colegas. Os temas abordados:  Conceito de liderança;  Princípios da liderança servidora;  Aplicação prática da liderança servidora (momento para feed-backs individuais com freqüência, se colocar sempre a disposição da equipe, como um todo e a cada um em particular, dedicar um tempo diário, 10 a 15 minutos para saber como vão as coisas em cada setor, se estão precisando de algo, perceber as necessidades de aprendizagem e de estímulo pessoal dos colaboradores e provêlas, celebrar cada pequena vitória, etc );  Brainstorming- definidos os valores da empresa e da política de RH;  Diferença entre liderança x gerenciamento;  A importância da comunicação assertiva na liderança;  A construção das metas de liderança de cada setor e da organização.
  27. 27. 25 Estratégia da comunicação: Jornal da empresa Conteúdo: Informação sobre a empresa, metas, mudanças, enfim, o que de fato é importante disseminar sobre a empresa;  Informação sobre qualidade de vida. Temas variados, serviço aos colaboradores.  Reflexão sobre os valores que a empresa deseja instituir.  Coluna conheça > fato e apresentação e colaboradores de uma forma descontraída. Instituição de reuniões setoriais Formato: Registrado formalmente, período: 1 vez por semana, 1h metade da reunião são discutidos de forma democrática e amistosa os ajustes de melhoria que cada setor precisa. A outra metade do tempo é para estudo de grupo, temos relativos as necessidades do setor técnica e humanamente falando. A reunião é conduzida pelo líder do setor. Objetivo: Que os colaboradores de um mesmo setor ampliem o hábito de comunicação, de interação e da sua autonomia na busca de soluções de problemas ou melhorias. Precisa ser constante, caso contrário, torna-se ineficaz. Implantação ou estímulo ao uso da intranet, como ambiente de estudo e informação  para enviar sugestões  um ambiente disponível para estudos, onde serão disponibilizados textos, artigos, estrategicamente escolhidos. Os estudos serão sistematizados, dirigidos dentro das reuniões setoriais . De forma que todos terão acesso e serão estimulados a participar. Uso de circulares internos quando exijam uma maior formalidade. São destinados a todos os colaboradores.
  28. 28. 26 A apresentação desse planejamento estratégico da instituição. Reunião trimestral, com todos os colaboradores, conduzida pelo presidente diretor. A finalidade é que os colaboradores sintam-se prestigiados pela participação de uma reunião com a liderança maior da empresa, promove integração e torna as equipes conscientes dos seus papéis diante das metas institucionais. Programas motivacionais e integrativos  Ambientação Apresentar novo colaborador a empresa, seus objetivos, normas, a todos os setores e colegas e os procedimentos de cada setor. Isso realizado por um colaborador que seja bastante carismático no grupo feito de maneira afetuosa e acolhedora.  Integração  Reuniões setoriais (já citadas)  Aniversariantes do mês  Palestras motivacionais - último sábado de cada mês  Festas (datas comemorativas tradicionais)  Projeto social Arrecadação e doação de donativos à instituições de caridade.  Oficinas sobre valores humanos - trimestralmente Programas de desenvolvimento  Desenvolvimento de equipes: Realizado em três etapas: 1- comunicação. 2- relacionamentos interpessoais. 3- gerenciando conflitos e gerando soluções;  Treinamentos de conhecimento específico para atualização, capacitação, desenvolvimento, isso para demandas apontadas pelos gerentes ou colaboradores nas mais variadas áreas de conhecimento da empresa;
  29. 29. 27  Formação de facilitadores de treinamento incluindo didática, metodologia, técnicas de treinamento, desenvolvimento dos conteúdos, planos de aula;  Para colaboradores que tenham essa predisposição e sejam indicados suas lideranças;  Atendimento de excelência;  Programa de estudo contínuo em gestão para as lideranças e líderes em potencial. Programas de estudos  Biblioteca e videoteca  Disponibilizar livros, periódicos, vídeos, informações, oportunidades acesso ao conhecimento.  Incentivo à leitura para permanente atualização dos colaboradores.  Email  Envio de textos, slides , vídeos , temas para aprendizagem.  Sala de estudos  Ambiente destinado a estudos, nos horários livres. Programa de inovação Criar um espaço com datas estabelecidas para brainstormins com cada setor e entre os setores, para discussão de resolução de conflitos, desafios, idéias, ações que tragam um novo jeito de pensar e agir na empresa de modo que a eleve. Coordenado pelas lideranças, promovidos mensalmente. Programa de Sugestões Implantar programa de sugestões, fazendo o estudo de viabilidade e dando o retorno disso aos seus pensadores, essa é uma grande diferença, pois muitas empresas possuem programa de sugestões, porém, quando as idéias não têm viabilidade, ficam inertes, sem retorno, sem uma explicação/satisfação plausível para quem a deu.
  30. 30. 28 Premiar em dinheiro ou viagens com acompanhantes (a critério da empresa) as sugestões implantadas, batizá-las com o nome de quem as deu, é uma forma de reconhecimento, demonstra prestígio, gratidão. Quadro 3. Processo produtivo parte operacional Consultora Máster Consultora Sênior Consultora Sênior Estagiários Sócia majoritária – Coordena a empresa em parceria com as demais sócias, presta toda consultoria às empresas dentro da educação corporativa. Coordena a parte financeira e administrativa, presta toda consultoria às empresas dentro da educação corporativa. Cuida da divulgação da empresa e captação de clientes e também presta assessoria. Suporte técnico e administrativo aos consultores. Pesquisas, serviços burocráticos, criação, elaboração de documentos, material didático, organização de eventos, etc. 7 PLANO DE MARKETING/COMERCIAL Uma política de marketing precisa ter como fundamento clareza dos objetivos a serem alcançados pela instituição. Atualmente a realidade de mercado é muito competitiva, e se faz necessário repensar e otimizar a maneira de atrair o cliente. Temos um desafio ainda maior, pois a publicidade e a propaganda de uma consultoria dentro do nosso segmento deve ser direcionada. Nosso objetivo principal é captar o maior número de clientes possível e ter um serviço de tão boa qualidade que esses clientes nos indiquem a outros. Quadro 4. Plano de Marketing AÇÕES Captação de clientes PRAZOS Oferecimento a duas empresas conhecidas o Agosto/2009 VALOR a R$ 1.000,00
  31. 31. 29 serviço de consultoria gratuitamente, apenas a janeiro de 2010. empresa arca com despesas de material, etc. A proposta se baseia em comprovar a eficácia do nosso serviço, e a empresa validando de fato, com indicadores de desempenho que criaremos especificamente para mensurar isso, ela em troca nos indica à sua carteira de clientes e fornecedores. Mídia em sites, mala-direta por email, carta, rádio. Outubro/2009 R$600,00 Visita às empresas, ofertaremos palestras e/ou Outubro/2009 treinamentos sem ônus aos colaboradores, com o intuito de apresentar nosso trabalho e nossa proposta. R$ 600,00 Troca de mala-direta cm fornecedores/prestadores de serviço Fidelizar cliente R$0,00 (zero) nossos Outubro/2009 Através da metodologia Preço Qualidade em atendimento e serviços prestados Descontos especiais trabalharam conosco a clientes que já Estabelecer uma rede de relacionamentos saudáveis e amistosos. Em todo serviço que realizarmos, uma prática perene da empresa, incorporada em sua filosofia R$ 500,00 Enviar cartões, emails, em datas especiais para as pessoas mais influentes na empresa Enviar lembranças em datas comemorativas Divulgação da marca da empresa em eventos, em nosso portifólio Criação da nossa network A partir de R$200,00 outubro/2009 Metas de trabalho A partir de ---outubro/2009 3 empresas por mês O plano de marketing/comercial da Educare (QUADRO 4) está bem vinculado com a nossa forma de estabelecer parcerias, as quais serão tratadas em item posterior deste plano de negócio.
  32. 32. 30 8 CUSTOS Os custos mensurados para desenvolvimento das propostas da Educare são discriminados abaixo: Tabela 1. Custos variáveis Itens Valor R$ 652,50 R$ 100,00 R$ 4.350,00 R$ 5.102,50 Impostos Material didático Folha de pagamento Total Tabela 2. Custos Fixos Itens Aluguel Internet Assessoria contábil Assessoria jurídica Assistência técnica Valor R$600,00 R$130,00 R$ 485,00 R$ 485,00 em informática e equipamentos eletrônicos Material de escritório Água Luz Telefone Visita à clientes Produtos de limpeza Manutenção predial Publicidade e Propaganda Total R$250,00 R$ 150,00 R$ 60,00 R$ 120,00 R$ 300,00 R$ 250,00 R$ 60,00 R$ 60,00 R$ 400,00 R$ 3.350,00 Tabela 3. Projeção de custos de serviços – simulação com uma empresa com 8 lideranças e 120 colaboradores Serviço Implantação Custo Sondagem – 4 visitas Diagnóstico e Projeto Plano de Ação Total Treinamento lideranças (simulação de 8 participantes) Facilitador R$400,00 R$ 400,00 R$ 200,00 R$ 1.000,00 R$ 800,00 Valor do serviço Repasse de : (50%) R$ 1.500,00 Repasse de:
  33. 33. 31 Material didático - R$ 20,00 (unidade) Hospedagem – R$ 160,00 (pessoa) Alimentação – R$ 90,00 (pessoa) Certificados – R$ 2,00 (pessoa) Total Instituições de reunião setorial Trabalho intelectual para seleção de pautas, plano de estudos, escolhas de textos, condução (orientação dela), avaliação do andamento. Assessoria de 6 meses Total Jornal da empresa Trabalho intelectual para seleção de matérias e informações de acordo com plano estratégico da empresa. Assessoria de 6 meses Total Estudo via intranet Trabalho intelectual para seleção de textos, artigos, vídeos, apresentações, fóruns,etc. Assessoria de 6 meses Total R$ 160,00 R$ 1.280,00 R$ 720,00 R$ 26,00 (30%) R$ 2.976,00 R$3.860,80 Repasse de: (30%) R$ 1.200,00 Repasse de: (30%) R$600,00 R$ 780,00 Repasse de: (40%) R$300,00 Orientação aos Programas Motivacionais Assessoria de 6 meses Total Orientação aos Programas de Inovação Assessoria de 6 meses R$ 1.560,00 R$ 420,00 Repasse de: (25%) R$ 800,00 R$1.000,00 Repasse de: (25%) R$1.000,00 Total R$ 800,00 Total Geral de custos do serviço =R$ 7.676,00 (sete mil seiscentos e setenta e seis reais) Total Geral de venda = R$ 10. 120,80 (dez mil, cento e vinte reais e oitenta centavos). Total Geral de custo fixo +custo variável = R$ 8.452,50 (oito mil, quatrocentos e cinqüenta e dois reais e cinqüenta centavos). 9 INVESTIMENTOS
  34. 34. 32 As fontes de recursos dos investimentos iniciais na Educare Consultoria serão de recursos próprios, rateados entre os sócios. Estão discriminados no quadro 5 os investimentos necessários à abertura e funcionamento da empresa. Quadro 5. Investimentos Item Qtde 1 Valor unitário (R$) 600,00 Valor total (R$) 600,00 Aluguel de uma casa de dois quartos na Av. Augusto Maynard Notebook (para escritório e para consultores) – 4 (quatro) Impressora e copiadora à jato de tinta – colorida – (uma) Birôs - 5 (cinco) 1 Arquivo 1 Aparelho telefônico 1 linha telefônica 2 ar-condicionados Cadeiras- 5 (cinco) 4 1.000,00 4.000,00 1 400,00 400,00 5 1 1 1 2 5 200,00 200,00 50,00 60,00 500,00 50,00 Total 1.000,00 200,00 50,00 60,00 1.000,00 250,00 R$ 7.560,00 Rateamento do investimento: Sócia Juliana Cabral Santana R$ 4.000,00 Sócia Ananda Shakti R$ 2.000,00 Sócia Dandara Luz R$ 1.560,00 10 PLANO FINANCEIRO Para o planejamento financeiro das ações da Educare foi necessária a elaboração da Planilha Ponto de Equilíbrio (FIGURA 1). Ela forneceu as informações necessárias para a análise de viabilidade do negócio. Dados R Valor do Contrato $3.860,80 0 0 CT $3.350 PEO Q
  35. 35. 33 Custo Variável p/empresa 1789 4 Custo Fixo mensal $3.350 1 15.057 10.327 0 1 Pontos de Equilíbrio Quantidade de EqulíbrioPE Receita de EquilíbrioPE 5.139 0 1 3 $5.139 5.139 0 13898,8 8 3 Cálculo do Lucro Quantidade prevista de contratos Receita total mensal Custo variável total mensal Custo Fixo total mensal Lucro Mensal 3 $11.582 $5.103 $3.350 $3.129 Figura 1. Ponto de Equilíbrio O cálculo do Ponto de Equilíbrio baseou-se inicialmente na oferta de um dos serviços do portifólio da Educare que é o treinamento de lideranças. Com os custos fixos e os custos variáveis calculados sobre o negócio, e considerando-se o valor unitário cobrado para o treinamento de lideranças, pode-se perceber que se for fechado um contrato por mês para este serviço, serão cobertos os custos fixos, sendo esta sua quantidade de equilíbrio. Com a previsão de 3 contratos firmados, o lucro da empresa será de R$ 3.129,00. 11 PARCEIROS O objetivo do estabelecimento de parcerias é a criação de uma network, ou seja, uma rede de relacionamentos que podem se configurar tanto no investimento em relacionamentos pessoais, como também profissionais, onde estes investimentos podem se dar de formas espontâneas, como é o caso de amizades pessoais, correspondendo e cultivando gestos afetuosos, dando atenção através de telefonemas, emails, encontros de lazer, etc. Já com os relacionamentos profissionais como trata-se de uma postura mais formal, prevalece o profissionalismo como motivador dos relacionamentos, porém, expressando de maneira equilibrada um pouco de pessoalidade, essa pessoalidade pode ser demonstrada através de atitudes gentis, como telefonar, enviar cartões, lembranças
  36. 36. 34 em datas comemorativas, convite para confraternizações ou eventos da empresa, emails com mensagens, enfim, ações em que a Educare Consultoria possa se fazer simpaticamente presente junto aos seus fornecedores (internos e externos) e seus clientes (internos e externos). O estabelecimento de uma rede de relacionamentos é uma excelente conquista para uma organização, visto que entre empresas e pessoas que mutuamente se admiram e/ou têm interesses comerciais vinculados, naturalmente pratica-se a política da indicação, de convite a eventos onde a empresa pode ganhar visibilidade e ir aos poucos ampliando sua rede de relacionamentos. Como também propostas de empreendimentos, negócios. Todos os colaboradores da Educare são em primeiro plano nossos maiores parceiros, desde a formação da sociedade em si, que favoreceu a abertura da empresa, e especialmente os consultores que trabalharão diretamente como os nossos clientes, reforçando, portanto, a nossa política interna de RH, de ter como princípio fundamental à valorização do ser humano, enfatizando a transparência, o respeito, a gentileza, a solidariedade. Sempre dando feedbacks, enaltecendo especialmente os positivos, reconhecendo os bons trabalhos. E também financeiramente, pois em cada negócio fechado, todos os colaboradores envolvidos no processo receberão um percentual de 2% e os consultores recebem 30% em cada serviço que diretamente conduzirem. Quadro 6. Parcerias a serem empreendidas Parceria Editora de livros sobre psicologia,liderança, Desenvolvimento de pessoas Produtora de DVD´s Hotéis/Pousadas Gráficas Ações propostas gestão, Descontos em livros para aprimoramento RH, dos estudos da equipe e atualização. Em troca, indicação para nossos clientes montarem seu acervo de suas bibliotecas, que são uma das ações implementadas na empresa. Descontos em dvd´s para aprimoramento dos estudos da equipe e atualização. Em troca, indicação para nossos clientes montarem seu acervo de suas videotecas, que são uma das ações implementadas na empresa. Convênio para levar eventos para estes locais. Em troca da oferta de tarifas e preços de serviços e consumação reduzidos. Convênio, onde indicaremos os serviços da gráfica aos nossos clientes, em troca de
  37. 37. 35 descontos e de mala-direta dos clientes deles Rádios Divulgação em troca ofertaremos consultoria e treinamento para os colaboradores da emissora. Sites de provedores locais Divulgar a Educare, em troca escreveremos semanalmente uma coluna com temas atuais e relevantes sobre organizações, RH, liderança, para gestores e empresários (leitores de modo em geral que seja interessados) Sites de assuntos associados ao serviço Divulgar a Educare, em troca escreveremos semanalmente uma coluna com temas atuais e relevantes sobre organizações, RH, liderança, para gestores e empresários (leitores de modo em gera) Jornais impressos locais Divulgar a Educare, em troca escreveremos semanalmente uma coluna com temas atuais e relevantes sobre organizações, RH, liderança, para gestores e empresários (leitores de modo em geral que seja interessados). Faculdades e Universidades de Convênio para estágios nestas áreas e Pedagogia e Administração / Gestão também, acesso à palestras, divulgação de eventos e já ir implantando novas idéias, especialmente apresentando a educação corporativa à este público, que poderão ser nossos futuros fornecedores (consultores) ou clientes. A Educare Consultoria também propõe a todos os seus pretensos parceiros a troca de mala-direta, a divulgação em sites, em eventos e em seu portifólio junto aos clientes. São propostas de parceria inicialmente modestas, mas que representam o caminho por onde construímos laços de maior confiança e ampliamos as parcerias. Elas serão efetivadas após termos realizado no mínimo cinco trabalhos de consultoria. 12 FASES DO EMPREENDIMENTO Quadro 7. Fases do Empreendimento Etapas Implementação Crescimento Consolidação Liberação Período (mês e ano) Janeiro /2010 Dezembro /2013 Dezembro/2015 Dezembro/2017
  38. 38. 36 13 VISÃO DO FUTURO A visão de futuro da Educare Consultoria é de que dois anos após seu funcionamento e prestação de serviços, já tenha conquistado um bom número de clientes e a fidelização dos mesmos, o objetivo é que durante este tempo, tenhamos trabalhado com êxito no mínimo com 50 empresas. Dentro de cinco anos já possuir sede própria, uma boa sala num centro empresarial. Ter estabelecido uma rede de relacionamentos com mais de 300 empresas. Ter Know-how nos serviços oferecidos. Ampliar o número de consultores de três para dez, todos prestando assessoria diretamente às empresas. Obter um excelente reconhecimento no segmento de consultoria em educação corporativa, em atendimento de excelência, nos tornarmos referência absoluta no Estado de Sergipe. E conquistar o mercado do eixo norte-nordeste. 14 RESUMO DO EMPREENDIMENTO A Educare é uma consultoria especializada em Educação Corporativa, é uma empresa que acredita no potencial latente de todo ser humano rumo ao crescimento contínuo, tanto pessoal quanto profissional. Tem como fundamento de trabalho métodos e ações educativas voltadas para a aprendizagem na empresa e da empresa que aprende. E essa visão de aprendizagem se dá de forma ampla, contemplando a aprendizagem técnica, o cuidado com a comunicação, algo vital em nossas vidas, estímulo à criatividade e inovações, a conscientização da importância do aprimoramento contínuo, tanto para os colaboradores e ainda mais para as empresas, evidenciar através das nossas estratégias a suma importância do investimento no capital intelectual como fonte de investimento e diferencial competitivo.
  39. 39. 37 Concebe a educação corporativa como uma nova forma de gestão arrojada e eficaz, uma vez que trabalha de forma estratégica e integrada. Ganham todos, colaboradores e empresas com a elevação do ativo intangível. Nossa metodologia privilegia o cultivo da auto-estima, reconhecimento, como força motriz da motivação e esta é um dos pilares de uma boa aprendizagem. O objetivo da empresa é em cinco anos tornar-se referência absoluta em nosso segmento, tendo uma carteira de mais de 300 clientes e expandir nossa atuação para todo os Estados do eixo norte-nordeste. É uma empresa que acredita em sua proposta, acredita ser totalmente viável e vislumbra um caminho de muita realização e sucesso. Pois a educação corporativa só tende a cada vez mais ser conhecida, procurada e reconhecida.
  40. 40. 38 REFERÊNCIAS BALERINI, Cristina. Disseminando Conhecimento. Informal Consultoria, São Paulo, SP, 2003. JUNQUEIRA, LA Costacurta. Universidade Corporativa: Acertos, Erros e Visão. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE TEINAMENTO & DESENVOLVIMENTO, São Paulo. Anais... São Paulo: Instituto MVC, 2006. MARQUES, Andréa. A Informação como fator diferenciador para o Sucesso Estratégico das Organizações. Informal Consultoria, São Paulo,SP, 2002. MUNDIM, Ana Paula; RICARDO, Eleonora Jorge, (orgs.). Educação Corporativa: Fundamentos e Práticas.1. ed. Rio de Janeiro, RJ: Editora Qualimark, 2004. SILVA, Deborah Ribeiro. Educação Corporativa. Artigo – Centro Universitário Álvares Penteado – UniFECAP, Rio de Janeiro,RJ, 2007. TARAPANOFF, Kira. Panorama da Educação Corporativa no Contexto Internacional. 2002. Pesquisa – Universidade de São Paulo, USP. Internet: www.terraforum.com.br. Acesso em: 05 maio 2009.

×