Teoria Evolutivas

5.675 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.675
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.748
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
247
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teoria Evolutivas

  1. 1. TEORIAS EVOLUTIVAS - LAMARCK - DARWIN Colégio Espírito Santo 7º ano – Ciências Naturais Prof.ª Adriana Caetano Sarmento
  2. 2. EVOLUÇÃO Processo pelo qual os seres vivos se diversificaram ao longo do tempo dando origem às espécies atuais ou já extintas, sendo consequência da adaptação destes ao ambiente onde vivem. O gafanhoto é verde porque vive na grama ou vive na grama porque é verde?
  3. 3. TEORIAS FIXISTAS Criacionismo: Deus é o criador de todas as espécies. Espontaneismo: os seres vivos se originam de matéria inerte em condições especiais. Catastrofismo: evolução por meio de catástrofes causadas por intervenção divina.
  4. 4. IDEIA TRANSFORMISTA Admite que as espécies se modificam ao longo do tempo, em resposta a diferentes pressões do meio ambiente. Lamarck Darwin
  5. 5. JEAN BAPTISTE LAMARCK  Nasceu em 1 de agosto de 1744, na cidade de Bazentin, na França.  Morreu no ano de 1829, em Paris.  Lamarck foi um dos pioneiros do Evolucionismo. Defendia que os seres vivos provinham de outros seres vivos e cada espécie ocupava um lugar na “escala natural”. Sua teoria da evolução (1809) evidencia dois princípios:  Lei do uso e do desuso;  Lei transmissão dos caracteres adquiridos.
  6. 6. Mudanças ambientais Necessidade de adaptação Modificações nos indivíduos “O meio provoca mudanças dirigidas nos indivíduos, visando a adaptação.” Segundo o Lamarckismo, a girafa, pelo hábito de se alimentar de folhas altas, teve o pescoço gradualmente alongado. Essa mudança teria sido transmitida às gerações seguintes.
  7. 7. As características adquiridas não são transmitidas August Weissmann, em laboratório, realizou experimentos usando ratos, cortando as suas caldas por seguidas gerações, concluindo que nem por isso os seus descendentes nasciam anuros.
  8. 8. CHARLES ROBERT DARWIN  Nasceu em 12 de fevereiro de 1809, em Shrewsbury, Inglaterra.  Morreu em 19 de abril de 1882, em Downe, Kent, Inglaterra.  Estudou medicina e teologia, mas foi na botânica e geologia que obteve reconhecimento. Darwin viajou cinco anos pelo mundo, a bordo do “Beagle”.  Percorreu o mundo coletando fósseis, animais e plantas.  Após vinte anos de estudo publicou “ A origem das espécies”, que serviu de base para comprovar sua teoria.
  9. 9. Os aspectos principais da teoria de Darwin:  As diversas formas de vida surgiram de ancestrais comuns por modificações na descendência.  O mecanismo de modificação é a seleção natural.  Indivíduos de uma mesma espécie apresentam variações. Organismos com variações favoráveis às condições do ambiente onde vivem têm maiores chances de sobreviver e deixar descendentes.  Assim, ao longo das gerações, a atuação da seleção natural sobre os indivíduos melhora ou mantém o grau de adaptação destes ao meio.
  10. 10. Durante sua viagem, na Argentina, Darwin encontrou fósseis de mamíferos já extintos e observou que eram muito semelhantes aos atuais. E percebeu que dentre os atuais também havia diferenças dependendo do local onde eram encontrados. Animal extinto Animal atual
  11. 11. Variabilidade Mudanças ambientais Seleção de características vantajosas “O meio seleciona características casuais dos seres vivos, visando a adaptação da população”.
  12. 12. Comparação das teorias de Lamarck e Darwin em relação ao pescoço das girafas Lamarckismo – o esforço conduziu ao crescimento dos pescoços e esta característica foi passada à descendência. Darwinismo – As girafas de pescoço mais comprido conseguiram alimentar-se melhor do que as outras e, como tal, deixaram mais descendentes.
  13. 13. Melanismo industrial Refere-se a substituição das mariposas (Biston betularia) de coloração clara por mariposas de coloração escura na região industrial de Manchester. Antes da revolução industrial: -Pouca poluição atmosférica -Grande quantidade de líquens nas árvores -Maior frequência de mariposas claras Após a revolução industrial: -Grande quantidade de poluição atmosférica -Diminuição da quantidade de líquens nas árvores -Maior frequência de mariposas escuras •A alteração na população de mariposas deve-se a atividade predatória diferencial dos pássaros.
  14. 14. REFERÊNCIAS PESQUISADAS [PPT] TEORIAS EVOLUTIVAS sjose.com.br/download/billy/teorias_evolutivas2.ppt [PPT] AS TEORIAS DE LAMARCK E DARWIN BIOLOGIA, 3º ano www7.educacao.pe.gov.br [PPT] EVOLUÇÃO I e II www.colegiomichel.com.br/home/200ANOSDARWIN.ppt

×