Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas

11.997 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.997
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
93
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas

  1. 1. Transportes através da membrana – 4 A – AULA 7• É uma “capa” dupla que envolve e protege todo o interior da célula.• Permeabilidade Seletiva: capacidade de selecionar as substâncias que entram e saem da célula.
  2. 2. MEMBRANA PLASMÁTICA • Estrutura: Mosaico Fluido (Moléculas de Proteínas em camada fluída de lipídios). Camada Glicocálix lipídicaHidrofílicaHidrofóbica Camada Proteína lipídica globular
  3. 3. Fosfolipídio
  4. 4. Transporte Através da Membrana• Soluções: íons+pequenas moléculas orgânicas (glicose, aminoácidos), dissolvidos em água.• Coloides: Macromoléculas Orgânicas ( Proteínas, polissacarídeos) dissolvidos na água. Obs: Aspecto mais gelatinoso.
  5. 5. Tipos de soluçõesHipertônica Hipotônica
  6. 6. Transporte Passivo Difusão Simples- Muitas substâncias penetram nas células ou delas saempor difusão passiva, o soluto penetra na célula quando suaconcentração é menor no interior celular do que no meioexterno, e sai da célula no caso contrário.- Neste processo não há consumo de energia.- Ocorre a favor do gradiente de concentração.- A passagem do soluto pode ocorrer tanto através dosporos como pela dupla camada lipídica.
  7. 7. DIFUSÃO SIMPLES
  8. 8. Transporte PassivoDifusão Facilitada - Algumas substâncias, como aglicose, galactose e alguns aminoácidos têm tamanhosuperior, o que impede a sua passagem através dos poros. Noentanto, estas substâncias passam através da matriz, portransporte passivo, contando, para isto, com o trabalho deproteínas carregadoras (proteínas transportadoras).
  9. 9. DIFUSÃO FACILITADA
  10. 10. Transporte PassivoOsmose - (osmos= empurrar) Duas soluções deconcentrações diferentes estão separadas por uma membranaque é permeável ao solvente e praticamente insolúvel aosoluto. Há, então, passagem do solvente de onde está emmaior quantidade (solução hipotônica) para onde está emmenor quantidade (solução hipertônica).
  11. 11. OsmoseA célula vegetal é vulnerável aos ambientes hipertônicos. A saídada água contida no seu vacúolo, provoca uma diminuição dovolume celular e, consequentemente, o afastamento da membranaplasmática relativamente à parede celular. Este fenômeno éconhecido por plasmólise. Plasmólise Deplasmólise Hipotônico Hipertônico
  12. 12. OsmoseCrenação ou plasmólise
  13. 13. Transporte Ativo•É a passagem de um soluto de um meiomenos concentrado, para um meio maisconcentrado ( contra o gradiente), que ocorrecom gasto de energia.
  14. 14. Transporte Ativo• Bomba de NA+ e K+ Este tipo de transporte se dá,quando íons como o sódio (Na+) e o potássio (K+), temque atravessar a membrana contra um gradiente deconcentração.•Encontramos concentrações diferentes, dentro e fora dacélula, para o sódio e o potássio.•Na maioria das células dos organismos superiores aconcentração do sódio (Na+) é menor dentro da célulado que fora desta.•O potássio (K+), apresenta situação inversa, a suaconcentração é maior dentro da célula do que foradesta.
  15. 15. Transporte Ativo•Juntos esses dois receberam o nome de bomba de sódio epotássio.•Todo este mecanismo de transporte ativo que mantém taisdistribuições iônicas é de suma importância para atransmissão do impulso nervoso.
  16. 16. Transporte Ativo
  17. 17. ORGANELASCITOPLASMÁTICAS 4 A – AULA 8
  18. 18. Retículo Endoplasmático:É responsável pelo transporte, distribuição earmazenamento de substâncias.Forma uma rede de canais que ocupam grande parte doCitoplasma. a) R.E. Liso ou Não granuloso. •Síntese de Lípidios • Desintoxicação de substâncias nocivas como o álcool e medicamentos em excesso.
  19. 19. b) R.E. Rugoso ou Granuloso •Produção de proteínas• Presença de ribossomosna face externa damembrana.
  20. 20. Ribossomos• Função síntese de proteínas• Encontrados em todas as células• Nos procariontes, livres no citoplasma ou na carioteca e retículo endoplasmático rugoso (eucariontes)
  21. 21. Funcionamento:- Isolados: não atuam na síntese de proteínas- Polirribossomos ou polissomos: atuam na síntese deproteínas
  22. 22. - No interior de mitocôndrias e cloroplastosfabricando proteínas necessárias para asreações que ocorrem nestas organelas.
  23. 23. Complexo de GolgiOrganela composta por sacos achatados ( vesículas)Normalmente encontrado próximo ao núcleo.Funções:• Formação o acrossomo;• Armazenamento e revestimento deproteínas produzidas no R.E.R.• Formação de lisossomos;•Produção de polissacarídeos•Preside a secreção celular.
  24. 24. Lisossomos Os lisossomos são bolsas circundadas por típica membrana de bicamada lipídica e cheias com grande número de pequenos grânulos, que são agregados protéicos de enzimas hidrolíticas (digestivas) capazes de digerir diversas substâncias orgânicas. São originados no complexo de Golgi e estão presentes em praticamente todas as células eucariontes.Lisossomos primários: AcrossomoLisossomos secundários: lisossomos+ vesículas.]Glioxissomos: semelhantes aolisossomos: transformar triglicerídeosem carboidratos.
  25. 25. Citólise ou Histólise• Enzima catepsina
  26. 26. Digestão extracelular Acrossomo dos espermatozóides
  27. 27. • Heterofagia: Quando o material digerido é proveniente do meio externo Ex: fagocitose.• Autofagia: O material digerido provém do meio celular Ex: Organelas velhas.
  28. 28. PeroxissomosSão encontrados em todas as células eucarióticas e sãoespecializados no processamento das reações oxidativas.Em termos físicos, semelhantes aos lisossomos, mas diferem-se emdois aspectos importantes:Além de conterem enzimas que degradam gorduras e aminoácidos,tem grandes também grandes quantidades de enzima catalase, queconverte o peróxido de hidrogênio( água oxigenada) em água e oxigênio.
  29. 29. Mitocôndrias•São organelas responsáveis pela respiração celular;•Apresenta um sistema duplo de membranas com a presença de DNA( autoduplicação)•Forma de bastonetes;•É o “motor” da célula, muito ativa nas células musculares;•Seu conjunto é denominado de CONDRIOMA
  30. 30. MITOCÔNDRIA
  31. 31. CENTRÍOLOSEstrutura dupla não membranosa em forma de cilindro,sendo um perpendicular ao outro. Os cilindros são formadospor microtúbulos.Função – Divisão celular. Durante esse processo oscentríolos orientam o deslocamento dos cromossomos, elestambém são responsáveis pela formação de cílios e flagelosdas células

×