Msf microsoft solutions framework - Apresentação

1.062 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.062
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
38
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Msf microsoft solutions framework - Apresentação

  1. 1. MSF- MICROSOFTSOLUTIONS FRAMEWORKCesarEduardo FreitasItalo Alves
  2. 2. A ORIGEM DO MSF (MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK) Baseado na experiência da empresa na construção de softwares como Office e Windows e em serviços de consultoria, em 1994 surgiu o MSF: Um conjunto de boas práticas compiladas pela Microsoft para desenvolver aplicações. Reuniu os princípios mais eficazes de outros populares modelos em um único processo, visando atingir os seguintes objetivos.► Soluções em tecnologia de forma mais rápida e eficiente► Diminuição de riscos► Obtenção de resultados com maior qualidade
  3. 3. PESQUISA SOBRE TAXA DE SUCESSO EM DESENVOLVIMENTODE SOFTWARE.
  4. 4. DISCIPLINA X METODOLOGIA► Metodologia : fornece direções especificas para resolver problemas conhecidos. Ela passa algo mais concreto para alcançar seus objetivos, mas limita as possibilidades de manobras, ou alternativas.► Disciplina: fornece uma orientação de como atingir seu objetivo,porém não passa instruções específicas . Você que define o passo a passo para chegar ao seu objetivo. Permite a análise do andamento de um processo, fornecendo orientação mesmo em situação novas.► A Microsoft não classifica o MSF como uma metodologia, mas sim como uma disciplina. O que isso quer dizer ? Basicamente que o MSF serve como um grande guia e uma coleção de boas práticas. Porém, o MSF não se aprofunda em detalhes.
  5. 5. OBJETIVO DO MSF (MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK)Auxiliar em como organizar pessoas e projetos para planejar, construire implementar soluções tecnológicas , aumentando, assim, as chancesde sucesso durante o Ciclo de vida do desenvolvimento software.
  6. 6. QUAIS SÃO OS FOCOS DO MSF► Alinhar metas de negócios e tecnologia: ► Entender porque o projeto existe da perspectiva do negócio. ► Considerar os diferentes pontos de vistas dos Stakeholders do projeto: cliente, desenvolvedor, responsáveis pelos testes etc..► Estabelecer metas de projetos, funções e responsabilidades claras:► Implementar um iterativo: Processo baseado na etapa, no ponto de verificação.► Gerenciar o risco de forma proativa.► Responder a mudanças com eficácia.
  7. 7. DIVISÃO DO MSFO MSF é divido em modelos e disciplinas: Modelo de equipe: quem faz o que. Modelo de processo: quando e como fazer. Disciplina de Gerenciamento de projeto: Como as coisas estão acontecendo, com que custo, tempo etc.. Disciplina de Gerenciamento de riscos: Disciplina de Gerenciamento de competências: Capacitar um membro da equipe para realizar o que foi determinado, além do aprendizado com os projetos já desenvolvidos.
  8. 8. QUAIS SÃO OS ELEMENTOS CHAVES DO MSF► Princípios fundamentais e mindsets de MSF: visam orientar e guiar equipes e membros das equipes sobre como trabalhar juntos para fornecer uma solução.► Modelo de equipe do MSF permite: ► Aos projetos serem redimensionados ► Garante que as equipes encontrem uma variedade de necessidades das partes interessadas ► Estabelece funções e responsabilidades definidas de acordo com o objetivo.► Modelo de processo do MSF: ► Busca resultados rápidos e de alta qualidade em um ciclo de vida comprovado de projeto que identifica as principais atividades do projeto
  9. 9. PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS E MINDSETS Os princípios e mindsets são a base para os diversos modelos, processos e disciplinas do MSF e representam os anos de experiência da empresa no desenvolvimento de softwares. São eles:► Promover a comunicação: Para que sua equipe seja eficiente é necessário que as informações sejam compartilhadas entre os membros da equipe.► Trabalhar para uma visão compartilhada: ► Exercendo a visão compartilha, as pessoas desenvolvem um senso de comunidade que engloba toda à organização e dá coerência a diversas atividades. ► É exatamente onde as pessoas assumem um comprometimento mútuo e coletivo com o objetivo de se sentirem conectadas a um empreendimento importante. ► Na sua forma mais simples a visão compartilhada responde a pergunta: O que desejamos criar ?
  10. 10. PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS E MINDSETS Mais poderes aos membros do time:  É uma boa solução para ambientes que estão em constante mudanças.  Com mais autoridade, os membros da equipe conseguem desenvolver soluções criativas para problemas de forma mais fácil  Aceitando o fato de terem as responsabilidades compartilhadas para tomarem decisões e seguirem direções quando necessário. Entreguar o valor incremental:  Cada membro da equipe tem que certifica-se que está entregando algo que esteja compátivel com o nível de qualidade do projeto.  Determinar os melhores incrementos para fornecer o valor ou “frequência de entrega”.
  11. 11. PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS E MINDSETS Permanecer ágil: Alterações podem ocorrer com frequência e no pior momento possível. Por isso é importante ter uma maneira ágil de lidar com elas, minimizando, assim, as interrupções que as alterações geram. Investir na qualidade: A qualidade deve ser incorporada de forma proativa; ela não acontece por acaso. Aprender com todas as experiências: Os membros da equipe devem entender e apreciar que a utilização da experiência acontece em todos os níveis:  Nível de projeto: para refinar um processo amplo:  Nível individual: para melhor a interação entre os membros de equipe.  Nível de organização: para saber quais métricas de qualidade serão utilizadas em cada projeto.
  12. 12. PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS E MINDSETS Associe-se a clientes internos e externos: Quando um cliente está trabalhando com a equipe as chances de sucesso do projeto aumentam,pois: Ajuda a reduzir incertezas. Reduz o tempo levado para resolver questões sobre requisitos. Aumenta a compreensão da equipe pra entender os valores mais importates do projeto.
  13. 13. O MODELO DE EQUIPE DO MSF O modelo de equipe do MSF segmenta atividades e responsabilidades típicas de entrega de solução em sete grupos de pressão. Esses grupos são interdependentes e multidisciplinares. As funções podem ser combinadas para pequenas situações de equipe e serem expandidas para grandes situações de equipe. As funções não implicam ou sugerem nenhum tipo de organograma ou de conjunto de títulos de trabalho, pois variam bastante de acordo com a organização e a equipe.
  14. 14. O MODELO DE EQUIPE DO MSFEste modelo estabele funções, divide o projeto em grupos, porém trabalha semum esquema hierárquico. Nesse sistema todos devem compartiharresponsabilidades e tomadas de decisões para que o resultado obtido atinja onível de qualidade esperado.
  15. 15. O MODELO DE EQUIPE DO MSF Gerente de Programa: Define a arquitetura do sistema e o gerenciamento do projeto como um todo: cronograma, tarefas que estão sendo realizadas, gerenciamento de riscos e etc.. Gerente de Produto: Garante a satisfação do cliente. Representa o cliente dentro do processo. Desenvolvimento: Quem realmente implementa o sistema. Experiência do usuário: Fica ao lado do usuário buscando um aumento de efetividade dele com o sistema. Gerenciamento de liberação: Trabalha para que a versão final do produto seja implementada no ambiente do cliente. Teste: Melhor definida como qualidade, pois objetiva garantir que o sistema atende as restrições do projeto, que é estável, tem um ótimo desempenho e etc..
  16. 16. O MODELO DE EQUIPE DO MSF: ÁREAS FUNCIONAIS Gerente de Programa: Define a arquitetura do sistema e o gerenciamento do projeto como um todo: cronograma, tarefas que estão sendo realizadas, gerenciamento de riscos e etc.. Gerente de Produto: Produto tem valor de negócio, marketing do sistema, advogado do cliente e planejamento de produto. Desenvolvimento: Consultoria tecnológica, modelagem e arquitetura da implementação, desenvolvimento da aplicação e da infraestrurura relacionada. Experiência do usuário: Acessibilidade, internacionalização,material para treinamento, modelagem de interface com o usuário. Gerenciamento de liberação: Infraesturura, suporte as sistema, Logística, gerenciamento de release comercial. Teste: Planejamento, execução e relatório de testes.
  17. 17.  É importante realçar que, apesar de serem seis funções, não é necessário seis ou mais pessoas. Uma função pode ser desempenhado por várias pessoas ou uma pessoa pode acumular mais de uma função. Por exemplo: Gerente de produto pode acumular as funções de teste e experiência com o usuário, pois são perfis mais comerciais. Algumas combinações não são recomendadas, tais como Gerente d Produto e Gerente de Programa, pois em geral são conflitantes. Nesse caso um defende a equipe e outro defende o cliente. A composição da equipe vai depender do tipo de projeto, custo ou outros fatores. Porém, é importante que todos os papéis sejam representados.
  18. 18. COMO É PROCESSO?O modelo de administração do MSF une a administração do projeto com a representação do processo: Gestão do projeto: Concentra em otimizar o processo de fornecimento de soluções e o uso eficiente dos recursos do projeto. Representação do processo concentra-se : Definição, compilação e na implantação de uma solução em tecnologia.O modelo de processos do MSF prevê 5 fases: Envisioning, Planning, Developing e Stabilizing.
  19. 19. ► Envisioning: Tem como produto principal um documento de visão eescopo. Este documento formaliza de forma suscinta o que será oprojeto. Marco de término: É a aprovação da visão por todas as partesenvolvidas. Neste ponto todos têm um entendimento geral do projeto edos recursos necessários. Com base nesta visão é tomada a decisãosobre a continuidade ou não do projeto.
  20. 20. ► Planning : Tem como produto o plano do projeto, que é composto de subprodutos, dos quais destacamos: ► Especificação funcional . ► Cronograma da etapa de desenvolvimento. Marco de término: é a aprovação do plano de projeto, composto pelos diversos subprodutos. Neste momento já se tem uma visão detalhada do projeto, bem como maior precisão nos prazos e recursos necessários. Mais do que isso, toda a execução do projeto estará devidamente planejada.
  21. 21. ► Developing: Quando construímos a solução propriamente dita. Esta fase gerará diversas versões intermediárias, que servirão como pontos de checagem e testes. É bom realçar que nessa fase o software já está sendo testado.► Marco de término: Quando o escopo está completo, ou seja, todas as funcionalidades planejadas estejam implementadas.
  22. 22. ► Stabilizing:Nesse momento são lançadas as versões betas para testes sistêmicos e acertos de bugs e de funcionalidades não adequadas a necessidade do usuário.► Marco de término: Termina quando existe um consenso sobre a qualidade final do produto. A equipe de estabilização libera o produto para ser colocado em produção.
  23. 23. ► Deploying(Entrega):É o processo de implantação realizado pelo pessoal de operações.► Marco de término: Entrega está completa.
  24. 24. O MSF UTILIZA DE UM MODELO ITERATIVO. O QUE ISSO QUER DIZER? Significa que para minimizar riscos de projetos grandes são gerados múltiplas versões fazendo que o usuário tenha um papel importante para versão final.
  25. 25. GERENCIAMENTO DE RISCOSO MSF fala que se deve Identificar, analisar e tratar riscos proativamente.Identifique e gerencie riscos durante todas as faces do projeto.
  26. 26. DISCIPLINAS: GERENCIAMENTO DE PROJETOSO gerenciamento de projeto acontece durante todo o desenvolvimentodo sistema, em pararelo com as etapas do modelo de processo e écompartilhada por todas as funções.
  27. 27. FERRAMENTAS MFS: O MFS está versão 5.0 que é integrado ao Visual Studio Team System e que foram criadas duas versões: MSF for Agile Software Development - modelo indicado se seu projeto pode ser realizado com um mínimo de pontos de checagem, maximizando a interação com o cliente e a velocidade de desenvolvimento. MSF for CMMI Process Improvement - modelo indicado se seu projeto necessita de documentar os passos dados durante o processo de desenvolvimento para ser compatível com CMMI nível III.
  28. 28. CONCLUSÃO O MSF (Microsoft Solutions Framework) permite uma fácil compreensão, além de ser bastante flexível em sua aplicação e suporta múltiplas abordagens, sendo possível sua adaptação para apoiar qualquer projeto, independentemente da sua dimensão ou complexidade.
  29. 29. BIBLIOGRAFIA: .HTTP://TECHNET MICROSOFT.COM/EN-US/LIBRARY/BB497060.ASPXHTTP://MSDN.MICROSOFT.COM/PT-BR/LIBRARY/JJ161047.ASPX (VISÃO GERAL);HTTP://MICROSOFT.COM/MSFREAD MORE: HTTP://WWW.LINHADECODIGO.COM.BR/ARTIGO/78/CONHECA-O-MICROSOFT-SOLUTIONS-FRAMEWORK-MSF.ASPX#IXZZ2N3KWT9GJ

×