C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária

2.066 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.066
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária

  1. 1. Segurança e Prevenção Rodoviária <br />1<br />Trabalho realizado por:<br />César Sousa, Nº06, 9ºEGonçalo Ferreira, Nº11, 9ºEIsabel, Nº12, 9ºE<br />
  2. 2. Introdução<br /><ul><li>Neste trabalho vamos abordar o tema “Segurança e Prevenção Rodoviária”, falar sobre as causas da maioria dos acidentes rodoviários e sobre os passos para prevenir acidentes.</li></ul>2<br />
  3. 3. Os acidentes rodoviários podem ser causados por diversos factores como:<br />- Má construção das estradas;<br />- Álcool;<br />- Distracção ao falar ao telemovél;<br />- Más ultrapassagens pelos condutores;<br />- Etc.<br />Apesar de haver várias causas para os acidentes rodoviários nós só vamos falar da principal: O ÁLCOOL!!!<br />3<br />
  4. 4. ÁLCOOL<br />Álcool e a Condução<br />As bebidas alcoólicas, particularmente o vinho, são das masi antigas e consumidas em todo o mundo, sendo Portugal um dos países em que o seu consumo, por habitante, é mais elevado. A ingestão do Álcool, mesmo que seja em pequenas doses, é causa, directa ou indirecta, de inúmeros acidentes de viação provocando milhares de vítimas. É capaz de afectar o condutor fisicamente e mentalmente de maneira a que tenha um acidente.<br />O Álcool no organismo<br />Assim que o condutor tenha bebido Álcool só 5% é que é eliminado, o restante vai para o sangue e passa por todos os orgãos e uma vez que chega ao cérebro, o condutor afectado nas capacidades sensoriais, perceptivas, cognitivas e motoras, incluindo o controlo muscular e o equilibrio do corpo.<br />4<br />
  5. 5. Eliminação do Álcool do organismo<br />O processo de eliminação do Álcool é lento, por exemplo, um indivíduo que tenha atingido uma TAS (Taxa de Alcoolemia no Sangue) de 2.00g às 24.00h num dia, só no dia seguinte às 20.00h é que o organismo eliminou completamente o Álcool do sangue. Existem contudo, substância e factores que perturbam essa eliminação, nomeadamnete o café, o tabaco, certos medicamentos e a fadiga. <br />Factores que interferem na TAS<br />Há diversos factores que interferem na TAS, mas, nesses factores todos podem-se destacar:<br />- O peso;<br />- A idade;<br />- O sexo;<br />- Etc.<br />5<br />
  6. 6. Os principais efeitos do Álcool<br />Existem vários efeitos do Álcool podendo afectar a condução nas estradas. Alguns deles são:<br />- Perturbação das capacidades sensoriais, particularmente a visão, quer de perto, quer de longe;<br />- A visão estereoscópia é prejudicada;<br />- A visão nocturna e crepuscular fica reduzida;<br />- O tempo de recuperação após encadeamento aumenta;<br />- Perturbação das capacidades perseptivas;<br />- Aumento do tempo de reacção;<br />- Lentificação da resposta reflexa;<br />- Diminuição da resistência à fadiga<br />- Etc.<br />6<br />
  7. 7. O Álcool e o Tempo de Reacção<br />Um condutor tem de estar apto e reconhecer prontamente a situação de perigo potencial, por exemplo, em caso de fazer uma travagem brusca. Se um condutor beber Álcool o seu tempo de reacção aumenta e é muito provavel colidir com um objecto.<br />O Álcool e a Distância de Paragem<br />Um condutor que beba Álcool, tendo o tempo de reacção aumentado, e como a distância de paragem é o somatório da distância de reacção com a distãncia de travagem, a distância de paragem aumenta.<br />O Álcool e a Fadiga<br />O Álcool potencia o estado de fadiga quando este já se faz sentir.<br />7<br />
  8. 8. O Álcool e a Coordenação Psicomotora<br />Sob o efeito do Álcool a coordenação psicomotora do condutor é afectada o que se pode traduzir em travagens bruscas desnecessárias, grandes golpes do volante e manobras feitas com recurso ao acelarador.<br />O Álcool e o risco de envolvimento em acidente mortal<br />À medida que a concentração do Álcool no sangue aumenta, o risco de envolvimento em acidente mortal aumenta rapidamente:<br />- 0.50g o risco aumenta 2x;<br />- 0.80g o risco aumenta 4x;<br />- 0.90g o risco aumenta 5x;<br />- 1.20g o risco aumenta 16x;<br />- Etc.<br />8<br />
  9. 9. O Álcool e os Jovens<br /> A maioria dos acidentes rodoviários são provocados por jovens que ingeriram Álcool , normalmente de noite, em situação de lazer. O egocentrismo da própria juventude, à procura de novas experiências e uma maior sensação de invulnerabilidade, levam os jovens a ingerir Álcool.<br />O Álcool e os Medicamentos<br />Alguns medicamentos agem ao nivel do sistema nervoso, alternado faculdades particularmente importantes para a condução.Combinando o Álcool com os medicamentos, aumento o risco de um condutor ter um acidente.<br />Entre conduzir e beber à que escolher!<br />9<br />
  10. 10. Existem alguns passos para a reduzir a maioria dos acidentes rodoviários:<br />Verificar as condições do uso do carro para identificar as possiveis falhas no motor ou em qualquer outro equipamento;<br />Evitar a faixa da esquerda. As faixas do meio e da direita oferecem mais espaço para desviar ou escapar de eventuais obstáculos ou colisões;<br />Procure esatr atento não só no carro da frente;<br />Não fechar os olhos enquanto se conduz;<br />Ajustar os retrovisores de maneira a ter uma visão quase panorâmica do que se passa atrás;<br />Reduzir a velocidade nas curvas, principalmente se forem apertadas;<br />Utilize sempre os faróis acesos de noite para que os outros carros possam ver o seu e vice-versa;<br />10<br />
  11. 11. Evite conduzir de noite, principalmente se tiver com sono ou cansado. Se durante a viagem, de noite, começar a ter sono, procure um lugar para descansar;<br />Na estrada, esteja atento a todos os carros à sua volta.<br />Conclusão<br /><ul><li>Com este trabalho aprendemos que nunca devemos beber quando conduzimos e como evitar acidentes rodoviários.</li></ul>11<br />
  12. 12. Bibliografia<br />12<br />

×